Você está na página 1de 2
 

Elaborado em

   

Rotina

DUPLA CHECAGEM DE MEDICAÇÕES DE RISCO EM UNIDADE DE TERAPIA

DUPLA CHECAGEM DE MEDICAÇÕES DE RISCO EM UNIDADE DE TERAPIA

Fev/13

Revisão em Junho de

006

INTENSIVA

 

2015

 

AÇÃO

AGENTE

PROCEDIMENTOS

 

NOTAS

 
     

Deixa

as

  • 01 Enfermagem

Verifica prescrição médica

e

identifica

as

medicações

medicações definidas para a dupla checagem.

separadas

das

     

demais.

 
  • 02 Enfermagem

Solicita o enfermeiro no leito.

 
     

Seguir

os

10

certos

da

  • 03 Enfermeiro

Confere a prescrição médica junto com o técnico de enfermagem à beira leito.

administração

de

 

medicamentos.

 
  • 04 Enfermeiro

Confere a pulseira de identificação do paciente e a placa de identificação do leito.

 
     

Seguir

os

10

certos

da

  • 05 Enfermeiro

Acompanha o preparo da medicação.

 

administração

 

de

medicamentos.

     

Realizar rodízio

Avalia o paciente para escolha do local e via de

de

aplicação

  • 06 Enfermeiro

administração da medicação.

para

as

medicações

 

subcutâneas.

 
  • 07 Enfermagem

Administra a medicação prescrita.

   
     

Os

dois

Enfermeiro e

Técnico

de

  • 08 enfermagem

Realiza a checagem da medicação na prescrição

profissionais deverão checar

médica.

a

prescrição

   

médica.

 

NOTA: As medicações definidas para a dupla checagem são:

 

Anticoagulantes (Clexane, Heparina, Fondaparinux)

 

Antibióticos (Vancomicina e Polimixina)

 

Insulina (regular e NPH)

Glicoses

Cloreto de potássio (KCL)

 
Sugestão de rodízio para aplicação de medicação por via subcutânea: Manhã: região abdominal; Tarde: face externa

Sugestão de rodízio para aplicação de medicação por via subcutânea:

Manhã: região abdominal;

Tarde: face externa da coxa;

Noite: face externa do braço.

Sugestão de rodízio para aplicação de medicação por via subcutânea: Manhã: região abdominal; Tarde: face externa