Você está na página 1de 32
Controlador Programável MicroLogix 1500 com Compact ™ I/O para Expansão MicroLogix ™ 1500 Características
Controlador Programável MicroLogix 1500 com Compact ™ I/O para Expansão MicroLogix ™ 1500 Características

Controlador Programável MicroLogix 1500 com Compact I/O para Expansão

MicroLogix

1500

Características Gerais do Sistema

Assuma o Controle Fique Completamente Satisfeito com os Produtos da Marca Allen-Bradley Desde 1903, a

Assuma o Controle

Fique Completamente Satisfeito com os Produtos da Marca Allen-Bradley

Desde 1903, a marca Allen-Bradley da

Rockwell Automation vem conquistando uma

reputação mundial como sendo a marca mais

confiável em automação industrial. É uma

reputação fundamentada em uma estratégia

muito simples: fornecer aos clientes produtos

de altíssima qualidade e confiabilidade.

A família de controladores MicroLogix 1500

demonstra o comprometimento com os altos

padrões de inovação tecnológica e

performance.

O mais importante, porque a sua satisfação

absoluta é importante para nós, os nossos

produtos apresentam os níveis mais elevados

de suporte e serviço ao cliente no setor. O seu

representante local da Rockwell Automation é

a sua fonte para suporte de pedidos e vendas

especializadas, além de:

• Treinamento técnico em produtos

• Suporte na garantia

• Contratos de serviço

Controladores MicroLogix 1500:

Expansão de Suas Escolhas para um Maior Controle

Houve uma época em que um controlador de grande porte era necessário para aplicações que requisitavam 100 ou mais pontos de E/S.

Agora isto não é mais preciso.

O MicroLogix 1500 é a

adição mais poderosa e com capacidade de expansão da família MicroLogix. Este controlador dinâmico pode manipular muitas aplicações que necessitavam de controladores maiores e de custo mais elevado.

Recursos de Alta Tecnologia para Muitas Aplicações

O MicroLogix 1500 possui

mais características robustas do que você pode imaginar para um controlador desse tamanho. Ele suporta mais de 7 K de memória do usuário não-volátil para acomodar

programas

complexos de

aplicação. Além

disso, os blocos

terminais do controlador são removíveis, com proteção contra toque acidental dos dedos,

estilo NEMA. E como pode ser montado sobre um trilho DIN ou em um painel, o MicroLogix 1500 ocupa apenas uma fração do espaço de controladores maiores, enquanto reduz os custos gerais da aplicação.

A comunicação é flexível para o MicroLogix 1500, também. A compatibilidade com a DH485 e a DeviceNet está disponível através

flexível para o MicroLogix 1500, também. A compatibilidade com a DH485 e a DeviceNet ™ está
flexível para o MicroLogix 1500, também. A compatibilidade com a DH485 e a DeviceNet ™ está
de módulos de comunicação que podem ser adicionados e o DF1 ™ Full-Duplex e o

de módulos de comunicação que podem ser adicionados e o DF1 Full-Duplex e o Half-Duplex Escravo são perfeitos para aplicações SCADA. A conectividade com a Ethernet ® e com a ControlNet está disponível através de uma ampla faixa de produtos de ponte.

Finalmente, como todos os controladores MicroLogix,

Largura de Pulso (PWM). Para completar, você uma interrupção temporizada selecionável

(STI) e quatro interrupções de evento, estão disponibilizadas, fazendo com que o

MicroLogix 1500 é programado usando

o

programação do

o

o MicroLogix 1500 é programado usando o programação do o ambiente de MicroLogix 1500 seja ideal

ambiente de

MicroLogix 1500 seja ideal para muitas aplicações de alta velocidade.

RSLogix 500 .

O conjunto

de instruções

é

compatível

com

todos os

MicroLogix,

Flexibilidade de Aplicação através do Compact I/O

A mágica por trás do MicroLogix 1500 é que ele usa o Compact I/O, uma nova plataforma de E/S ”Estilo-CLP”, para a expansão da E/S. O Compact I/O incorpora a tecnologia mais avançada em projetos para uma performance de alta

qualidade e facilidade de uso, enquanto mantém

o tamanho reduzido do MicroLogix 1500.

Com expansão para até 128 pontos de E/S,

o Compact I/O apresenta um projeto inovador, reduzindo o custo geral do sistema. Sua

configuração modular, de dupla densidade,

reduz os requisitos do tamanho do painel.

E

como estes módulos podem ser adicionados

e

removidos pela parte da frente da unidade,

o

tempo de instalação e manutenção é reduzido significantemente.

assim como com os controladores SLC.

Peformance de Alta Velocidade

Como muitas aplicações de manufatura de grande porte ocorrem a um ritmo rápido, o MicroLogix 1500 é construído para fornecer velocidade. Por exemplo, o tempo de

varredura típico do controlador

é de menos de 1 milissegundo

por 1 K do programa do usuário. O MicroLogix 1500 possui dois contadores de alta velocidade de 20 KHz, cada um com oito modos de operação e duas saídas de alta velocidade que podem ser configuradas como Saídas de Trem de Pulso de 20 kHz ou como saídas de Modulação por

Trem de Pulso de 20 kHz ou como saídas de Modulação por O Compact I/O cobre

O Compact I/O cobre uma ampla gama de aplicações através de E/S de 24 Vcc sink/source e E/S de 120/240 Vca, relé e E/S analógica.

cobre uma ampla gama de aplicações através de E/S de 24 Vcc sink/source e E/S de
 

Sumário

 

Sumário

Conteúdo…

 

Página

Para assistência na seleção do Controlador Programável MicroLogix correto para sua aplicação, consulte o guia de seleção MicroLogix, na capa de trás desta publicação.

Sistema MicroLogix 1500

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

5

Módulos de Expansão de E/S

 

8

 

Cabos e Fontes de Alimentação de Expansão

 

13

     

4

Opções de Comunicação

 

15

Dispositivos de Interface em Rede

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

18

 

Funções de Alta Velocidade

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

21

Software de Programação

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

22

Instruções de Programação

 

24

Dispositivos de Interface de Operação

 

25

Acessórios

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

26

Documentação d oUsuário

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

28

Dimensões

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

29

 

Sistema MicroLogix 1500

Sistema MicroLogix 1500

Sistema MicroLogix 1500  
 

O

MicroLogix 1500 é uma plataforma de

controlador completamente nova com desempenho e recursos de tecnologia avançada. Muitos desses novos recursos permitem que esse pacote seja usado em aplicações onde anteriormente era

necessário utilizar controladores muito maiores.

 

O

controlador MicroLogix 1500

 

caracteriza-se por ser um projeto de duas

partes de tamanho reduzido. O controlador

Recursos:

e

a base se encaixam para formar a unidade

5

de

controlador completa. O controlador é

Memória do usuário maior

 
 

substituído de forma independente da base, permitindo a maximização das suas opções

Memóriadousuáriomaiordoque7K(cód.cat.1764-LSP)

Memória do usuário de 12 K (cód. cat. 1764-LRP) (1)

 

de

E/S incorporadas, ao mesmo tempo em

que reduz os custos de estoque. Uma unidade de controlador que é substituída

Instruções matemáticas com inteiros de 32 bits com sinal

de

forma independente também significa

que substituições podem ser feitas sem afetar as conexões de fiação existentes.

O

MicroLogix 1500 usa Compact I/O,

E/S incorporada, fornecendo entradas e saídas aperfeiçoadas de alta velocidade.

Três opções de base, incluindo a escolha de recursos de configurações elétricas:

um projeto sem gaveta e modular de alto desempenho que permite acesso frontal, remoção e inserção, reduzindo o custo do sistema e o estoque.

entrada CA ou CC alimentação CA ou CC saídas a relé ou de estado sólido

E o sistema MicroLogix 1500 também utiliza o software de programação RSLogix 500 da Rockwell Software e possui um conjunto universal de instruções para as famílias de controladores MicroLogix 1000, MicroLogix 1200 e SLC. Um sistema operacional instalado em flash

EEPROM é facilmente atualizável, pois

e

Dois potenciômetros analógicos incorporados controlador. Uma volta de 3/4 ajusta um inteiro entre 0 e 250

Capacidade PID Incorporada

Duas saídas de alta velocidade que podem ser configuradas como PTO de 20 kHz (Saídas de Trem de Pulso) ou como saídas PWM (Modulação por Largura de Pulso) com perfis de

aceleração/desaceleração

(1)

não é necessário substituir o hardware.

Porta de comunicação adicional RS-232, permitindo o acesso à programação do controlador, enquanto estiver conectado a outros dispositivos ou redes (cód. cat. 1764-LRP) (1)

 

A

portabilidade dos programas permite que

os

programas do usuário sejam carregados,

descarregados e transportados através dos

Proteção do descarregamento do arquivo de dados, salvando os dados críticos do usuário para que estes não sejam sobrescritos durante as transferências de lógica

Módulos de Memória. As capacidades do Relógio em Tempo Real (RTC) permitem um melhor controle do processo.

O

dispositivo plug-in opcional Ferramenta

Proteção do arquivo de dados estático, prevenindo que os dados do usuário sejam alterados através da comunicação (1)

de

Acesso aos Dados (DAT) oferece a

capacidade de monitorar e ajustar digitalmente locais de 48 bits e 48 inteiros. Duas teclas de função adicionais atuam como botões de alternância e momentâneo. Os recursos de segurança protegem os dados de alterações realizadas por operadores.

Capacidade de escrita e leitura ASCII, com tipo de arquivo

string

(1)

As instruções de logging de dados armazenam até 50 K de registros de dados

 

(1) Disponibilidade em abril de 2000. Entre em contato com o seu representante local Rockwell Automation para mais informações.

Sistema MicroLogix 1500

6

Especificações Gerais da Unidade Base

Descrição

1764-24BWA

1764-24AWA

1764-28BXB

Número de E/S

12

entradas

16

entradas

12

saídas

12

saídas

Alimentação da Linha

85/265 Vca

 

de 20,4 a 30 Vcc

Ativação Máxima da Fonte de Alimentação

120

Vca = 25 A durante 8 ms

24

Vcc = 4 A durante 150 ms

240

Vca = 40 A durante 4 ms

 

Saída de Alimentação do Usuário

24

Vcc à 400 mA, 400 µf máx.

Nenhum

Tipo do Circuito de Entrada

24

Vcc, sink/source

120 Vca

24

Vcc, sink/source

Tipo do Circuito de Saída

Relé

6

Relés

6

Transistores FET

Temperatura de Operação

ambiente de +0 a +55 °C (+32 a +131 °F)

 

Umidade de Operação

de 5 a 95 % de umidade relativa (sem condensação)

 

Vibração

Operação: de 10 a 500 Hz, 5 G, 0,015 pol. pico-a-pico Operação do Relé: 2 G

 

Choque (sem a Ferramenta de Acesso aos Dados instalada)

Operação: 30 G montado em painel (15 G montadoem Trilho DIN) Operação do Relé: 7,5 G montado em painel (5 G montadoem Trilho DIN) Não Operação: 40 G montado em painel (30 G montadoem Trilho DIN)

 

Choque (com a Ferramenta de Acesso aos Dados instalada)

Operação: 20 G montado em painel (15 G montadoem Trilho DIN) Operação do Relé: 7,5 G montado em painel (5 G montadoem Trilho DIN) Não Operação: 30 G montado em painel (20 G montadoem Trilho DIN)

 

Certificação

UL 508 C-UL sob CSA C22.2 no. 142 Classe I, Div. 2, Grupos A, B, C, D (UL 1604, C-UL sob CSA C22.2 no. 213) Compatível com a CE para todas as diretrizes aplicáveis

 

Manual do Usuário

Publicação 1764-6.1PT, Manual do Usuário dos Controladores Programáveis MicroLogix™ 1500

Unidade Base Especificações de Entrada

Descrição

1764-24AWA

1764-24BWA e 1764-28BXB

Entradas 0 a 7

Entradas 8 e Superiores

Faixa de Tensão no Estado Energizado Faixa da Tensão de Operação

de 79 a 132 Vca

de 14 a 30,0 Vcc à 30 °C (86 °F) de 14 a 26,4 Vcc à 55 °C (131 °F)

de 10 a 30,0 Vcc à 30 °C (86 °F) de 10 a 26,4 Vcc à 55 °C (131 °F)

Frequência de Operação

47

Hz a 63 Hz

de 0 Hz à 20 KHz

de 0 Hz à 1 KHz (1)

 

(1764-24BWA)

(1764-24BWA)

Corrente no Estado Energizado:

     

mínima

 

5,0 mA à 79 Vca

2,5 mA à 14 Vcc

2,0 mA à 10 Vcc

nominal

12,0 mA à 120 Vca

7,3 mA à 24 Vcc

8,9 mA à 24 Vcc

máxima

16,0 mA à 132 Vca

12,0 mA à 30 Vca

12,0 mA à 30 Vca

Corrente de Fuga no Estado Desenergizado

2,5 mA mínima

1,5 mA mínima

Impedância Nominal

12

Kà 50 Hz

3,3 K

2,7 K

10

Kà 60 Hz

Corrente de Ativação (máx.) à 120 Vca

250 mA

Não Aplicável

Não Aplicável

Sistema MicroLogix 1500

(1) Depende do tempo de varredura.

Tabela de Classificaçáo do Contato a Relé 1764-24AWA, -24BWA, -28BXB

Tensão Máxima (V)

Corrente (A)

Corrente Contínua

Tensão/Corrente

 

Make

Break

Make

Break

240

Vca

7,5 A

0,75 A

2,5 A

1.800 VA

180 VA (2)

120

Vca

15 A

1,5 A

125

Vcc

0,22 A (1)

1,0 A

28

VA

24 Vcc

1,2 A (1)

2,0 A

28

VA

(1) Para aplicações de tensão CC, a faixa de corrente make/break para contatos a relé pode ser determinada dividindo 28 VA pela tens ão CC aplicada. Por exemplo, 28 VA/48 Vcc = 0,58 A. Para aplicações de tensão CC menor do que 14 V, as faixas make/break para os contatos a relé não podem exceder 2 A. (2) A carga total controlada pelo 1764-24AWA e pelo 1764-24BWA é limitada a 1440VA (break).

Especificações de Saída – Corrente Contínua Máxima

7

Especificação

1764-24AWA/BWA

1764-28BXB

Corrente por Comum

 

8 A

8 A

Corrente por Controlador

à 150 Vca no Máximo

24

A

18

A

à 240 Vca no Máximo

20

A

18

A

Especificações de Saída do 1764-28BXB FET

Especificação

Operação Geral (Saídas 2 a 7)

Operação em Alta Velocidade (1) (Apenas Saídas 2 e 3)

Tensão da Fonte do Usuário

Mínima

20,4 Vcc

20,4 Vcc

Máxima

26,4 Vcc

26,4 Vcc

Faixa da Corrente por Ponto

Carga máxima

1

A à 55 °C (131 °F)

100 mA

1,5 A à 30 °C (86 °F)

Corrente de Pico por Ponto

Corrente de Pico

4,0 A durante 10 ms

Não Aplicável

Corrente por Comum

Total máximo

6

A

6

A

Resposta Desligada (Off) para Ligada (On)

Máxima

0,1 ms

6

µs

Resposta Ligada (On) para Desligada (Off)

Máxima

0,1 ms

18 µs

(1) As saídas 2 e 3 são projetadas para fornecer uma funcionalidade aumentada para as outras saídas FET (4 a 7). Elas podem ser usadas como as outras saídas de transistor FET, mas além disso, dentro de uma faixa de corrente limitada, elas podem ser operadas a uma alta velocidade. As saídas 2 e 3 também fornecem uma função de saída de trem de pulso (PTO) ou saída de modulação por largura do pulso (PWM).

8 Módulos de Expansão de E/S Módulos de Expansão de E/S Os módulos de expansão

8

Módulos de Expansão de E/S

Módulos de Expansão de E/S

Os módulos de expansão sem gaveta 1769 Compact I/O de dupla densidade oferecem funcionalidade superior e de valor elevado a um preço competitivo. Com uma ampla variedade de módulos,

eles complementam e ampliam os recursos

e a flexibilidade dos controladores

MicroLogix 1500, maximizando a quantidade e os tipos de E/S. (Até oito

módulos de expansão Compact I/O

podem ser conectados a um controlador MicroLogix 1500.) O Compact I/O fornece uma plataforma excelente para avanços futuros, de forma que você pode

escolher o nível de controle de acordo com

o crescimento da sua aplicação.

Os módulos analógicos Compact I/O possuem uma resolução máxima de 14 bits com sinal positivo, tornando-se uma excelente opção em aplicações onde a necessidade de se detectar pequenas alterações na entrada analógica é vital.

Da mesma forma, os módulos analógicos Compact I/O podem ser usados em aplicações onde a precisão é crucial. Os módulos compartilham uma faixa de alta precisão de ±0,35 % de fundo de escala no modo de corrente. No modo de tensão, o 1769-IF4 fornece ±0,2 de precisão de fundo de escala e o 1769-OF2, ±0,5 % à 25 °C.

de fundo de escala e o 1769-OF2, ±0,5 % à 25 ° C. Recursos: • Sistema
de fundo de escala e o 1769-OF2, ±0,5 % à 25 ° C. Recursos: • Sistema
de fundo de escala e o 1769-OF2, ±0,5 % à 25 ° C. Recursos: • Sistema
de fundo de escala e o 1769-OF2, ±0,5 % à 25 ° C. Recursos: • Sistema

Recursos:

Sistema modular, permitindo a combinação de módulos para se ajustar à aplicação

Funcionalidade dos módulos de E/S abrange uma ampla gama de aplicações

Projeto sem gavetas, eliminando os custos adicionais do sistema e de estoque

Tamanho reduzido, ajustando-se aos requisitos de espaço do painel

Inserção e remoção pela parte frontal, reduzindo o tempo de montagem e substituição

Projeto de invólucro de intertravamento de macho e fêmea único, garantindo uma conexão mecânica forte entre os módulos

Barramento de E/S de alta performance

Codificação através de software para evitar posicionamento incorreto dentro do sistema

E/S analógica, relé CA/CC, tensões de 24 Vcc e 120/240 Vca

Os módulos atuais disponíveis incluem:

1769-IA16

Módulo de Entrada de 16 pontos, 120 Vca

1769-IA8I

Módulo de Entrada Isolada Individualmente de 8 pontos, 120 Vca

1769-OA8

Módulo de Saída de 8 pontos, 120/240 Vca

1769-IM12

Módulo de Entrada de 12 pontos, 240 Vca

1769-IQ16

Módulo de Entrada Sinking/Sourcing de 16 pontos, 24 Vcc

1769-OB16

Módulo de Saída Sourcing de 16 pontos, 24 Vcc

1769-OV16

Módulo de Saída Sinking de 16 pontos, 24 Vcc

1769-OW8

Módulo de Saída a Relé de 8 pontos, CA/CC

1769-OW8I

Módulo de Saída Isolada Individualmente de 8 pontos, CA/CC

1769-

Módulo Combinado de Saída a Relé de 4 pontos e de Entrada de 6 pontos

IQ6XOW4

1769-IF4

Módulo de 4 Canais de Entrada analógica em tensão/corrente

1769-OF2

Módulo de 2 Canais de Saída analógica em tensão/corrente

Módulos de Expansão de E/S

Especificações de Entrada Discreta

de Expansão de E/S Especificações de Entrada Discreta 9 Especificação 1769-IM12 1769-IA16 1769-IQ16

9

Especificação

1769-IM12

1769-IA16

1769-IQ16

1769-IA8I

 

Categoria da Tensão

200/240 Vca

100/120 Vca

 

24

Vcc (sink/source)

100/120 Vca

 

Faixa de Tensão

de 159 a 265 Vca à 47 Hz para 60 Hz

de 79 a 132 Vca à 47 Hz para 63 Hz

de 10 a 30 Vcc à 30 °C (8 6°F) de 10 a 26,4 Vcc à 60 °C (1 4 0°F)

de 79 Vca a 132 Vca à para 63 Hz

47Hz

Número de Entradas

12

16

 

16

8

Número de Comuns por Módulo

2

(1)

2

(1)

2

8

Tensão no Estado Energizado (mín)

159

Vca

79

Vca

 

10

Vcc

79

Vca

Tensão no Estado Desenergizado (máx.)

40

Vca

20

Vca

5

Vcc

20

Vca

Corrente no Estado Energizado (mín.)

5,0 mA mín. à 159 Vca 8,0 mA nominal à 230 Vca

5,0 mA (mín). à 79 Vca

2,0 mA à 10 Vcc

5,0 mA à 79 Vca

 

12

mA (nominal) à 120 Vca

8,0 mA nominal à 24 Vcc

 

Corrente de Fuga no Estado Desenergizado (máx.)

2,5 mA

2,5 mA

1,5 mA

2,5 mA

 

Corrente de Ativação (máx.)

250

mA (2)

205

mA (3)

250 mA

250

mA (3)

Impedância Nominal

27

Kà 50 Hz

12

Kà 50 Hz

3

K

12

Kà 50 Hz

23

Kà 60 Hz

10

Kà 60 Hz

 

10

Kà 60 Hz

Atraso do Sinal

Atraso na Energização: 20 ms máx. Atraso na Desenergização: 20 ms, no máx.

Atraso na Energização:

 

8

ms máx.

 

Atraso na Desenergização:

8

ms, no máx.

Compatibilidade de Entrada

IEC Tipo 1+

 

Consumo de Corrente do Barramento

100

mA à 5 Vcc (0,500 W)

115

mA à 5 Vcc (0,575 W)

 

90

mA à 5 Vcc (0,45 W)

Distância Nominal da Fonte de Alimentação

8

(A distância máxima que um módulo de E/S pode ser colocado a partir da fonte de alimentação é de 8 módulos.)

 

Isolamento do Barramento e dos Grupos de Entrada

1.836

Vca durante 1 s. ou

1.517

Vca durante 1 s. ou

1.200

Vca durante 1 s. ou

1.517

Vca durante 1 s. ou

2.596

Vcc durante 1 s.

2.145

Vcc durante 1 s.

1.697

Vcc durante 1 s.

2.145

Vcc durante 1 s.

 
 

265

Vca de tensão de

132

Vca de tensão de trabalho

 

75

Vcc de tensão de trabalho

132

Vca de tensão de

trabalho (Isolamento reforçado IEC Classe 2)

(Isolamento reforçado IEC Clas s e2)

(Isolamento reforçado IEC Classe 2)

trabalho (Isolamento reforçado IEC Classe 2)

 

(1) Este módulo tem dois terminais conectados internamente.

(2) Um resistor de limitação de corrente pode ser usado para limitar a corrente de ativação; entretanto, as características de operação do circuito de entrada CA serão afetadas. Se um resistor de 15 K(1,5 W mínimo) for colocado em série com a entrada, a corrente de ativação é reduzida para 35 mA. Nesta configuração, a tensão mínima no estado energizado aumenta para 176 Vca. Antes de adicionar um resistor a uma área classificada, certifique-se de considerar a temperatura de operação do resistor e os limites de temperatura do ambiente.

A temperatura de operação do resistor deve manter-se abaixo da temperatura do ambiente.

(3) Um resistor de limitação de corrente pode ser usado para limitar a corrente de ativação; entretanto, as características do circuito de entrada CA serão afetadas. Se um resistor

de 6,8 K(2,5 W mínimo) for colocado em série com a entrada, a corrente de ativação é reduzida para 35 mA. Nesta configuração, a tensão mínima no estado energizado aumenta para 92 Vca. Antes de adicionar um resistor a uma área classificada, certifique-se de considerar a temperatura de operação do resistor e os limites de temperatura do ambiente.

A temperatura de operação do resistor deve manter-se abaixo da temperatura do ambiente.

Módulos de Expansão de E/S

10

Especificações da Saída Discreta

Especificação

1769-OA8

1769-OB16

1769-OV16

1769-OW8

1769-OW8I

Categoria da Tensão

de 100 a 240 Vca

24

Vcc

CA/CC relé normalmente aberto

Faixa da Tensão de Operação

de 85 a 265 Vca à 47 para 63 Hz

de 20,4 a 26,4 Vcc (source)

de 20,4 a 26,4 Vcc (sink)

5

a 265 Vca

 

5

a 125 Vcc

Número de Saídas

8

16

8

Número de Comuns por Módulo

2

1

1

28

 

Consumo de Corrente do Barramento (máx.)

145

mA à 5 Vcc (0,725 W)

200 mA à 5 Vcc (1,0 W)

 

125

mA à 5 Vcc (0,625 W)

 

100

mA à 24 Vcc (2,4 W)

Dissipação Térmica (1)

2,12 Total Watts

2,11 Total Watts

2,06 Total Watts

2,83 Total Watts

Fuga no Estado Desenergizado (máx.)

2,0 mA à 132 Vca 2,5 mA à 265 Vca

1,0 mA à 26,4 Vcc (2)

1,0 mA à 26,4 Vcc (2)

0

mA

Corrente Contínua por Ponto (máx.)

0,25 A à 60 °C (140 °F) 0,5 A à 30 °C (86 °F)

0,5 A à 60 °C (140 °F) 1,0 A à 30 °C (86 °F)

 

2,5 A

 

Corrente Contínua por Comum (máx.)

n/a

8

A

2,5 A

Corrente Contínua por Módulo (máx.)

2,0 A à 60 °C (140 °F) 4,0 A à 30 °C (86 °F)

4,0 A à 60 °C (140 °F) 8,0 A à 30 °C (86 °F)

 

16 A

 

Corrente de Pico (máx.)

10,0 A

2,0 A (Repetibilidade: uma vez a cada 2 segundos

n/a

 

(Repetibilidade: uma vez a cada

 

segundos com uma duração de 25 ms.) (3)

2

durante 10 ms) (4)

 

Distância Nominal da Fonte de Alimentação

8

(A distância máxima que um módulo de E/S pode ser colocado a partir da fonte de alimentação é de 8 módulos.)

Isolamento do Barramento para o Grupo de Saída

1.836

Vca durante 1 s. ou

1.200

Vca durante 1 s. ou

1.836

Vca durante 1 s. ou

2.596

Vcc durante 1 s.

1.697

Vcc durante 1 s.

2.596

Vcc durante 1 s.

 

265

Vca tensão de trabalho

75

Vcc tensão de trabalho

 

(Isolamento reforçado IEC Classe 2)

(Isolamento reforçado IEC Classe 2)

(Isolamento reforçado IEC Classe 2)

(1) O calor máximo em Watts gerado por um módulo de E/S com todos os pontos energizados. (2) Resistor de Carga Típico – Para limitar os efeitos da corrente de fuga através das saídas de estado sólido, um resistor de carga pode ser conectado em paralelo com a carga. Use um resistor de 5,6 Kohm, ½ watt para as saídas a transistor, operação de 24 Vcc. (3) Supressão de Pico – A conexão de supressores de pico na carga externa aumenta a vida útil das saídas triacs. Para mais informações, consulte a publicação 1770-4.1 da Allen-Bradley Industrial Automation Wiring and Grounding Guidelines. (4) Supressão de Pico Recomendada – Use um diodo 1N4004 com fiação reversa na carga para as saídas a transistor para chavear cargas indutivas de 24 Vcc. Para mais informações, consulte a publicação 1770-4.1 da Allen-Bradley Industrial Automation Wiring and Grounding Guidelines. n/a = não aplicável

Módulos de Expansão de E/S

Especificações de Entrada e Saída do 1769-IQ6XOW4

Especificações

1769-IQ6XOW4

Categoria da Tensão

entradas de 24 Vcc (sink/source) saídas a relé normalmente aberto CA/CC

Faixa da Tensão de Operação

entradas 10 a 30,0 Vcc à 30 °C (86 °F) entradas 10 a 26,4 Vcc à 60 °C (140 °F) saídas 5 a 265 Vca saídas 5 a 125 Vcc

Número de Entradas

6

Número de Saídas

4

Número de Comuns por Módulo

2

(um para as entradas, um para as saídas)

Consumo de Corrente do Barramento (máx.)

105

mA à 5 Vcc (0,525 W); 50 mA à 24 Vcc (1.200 W)

Dissipação Térmica

2,75 Total Watts

Impedância Nominal

3

K(entradas)

Compatibilidade com Entrada IEC

Tipo 1+ (entradas)

Atraso de Sinal (máx.) – carga resistiva

energizado = 10 ms; desenergizado = 10 ms (saídas)

Corrente no Estado Energizado (mín.)

10

mA à 5 Vcc (saídas)

Corrente Contínua por Ponto (máx.)

 

2,5 A (saídas)

Corrente Contínua por Comum (máx.)

8

A (saídas)

Distância Nominal da Fonte de Alimentação

(A distância máxima que um módulo de E/S pode ser colocado a partir da fonte de alimentação é de 8 módulos.)

8

Isolamento do Barramento para o Grupo de Entrada

1.200

Vca durante 1 s. ou 1.697 Vcc durante 1 s.

75

Vcc de tensão de trabalho (Isolamento reforçado IEC Classe 2)

Isolamento do Barramento para o Grupo de Saída

1.836

Vca durante 1 s. ou 2.596 Vcc durante 1 s.

265

Vca de tensão de trabalho (Isolamento reforçado IEC Classe 2)

11

Módulos de E/S Analógica

Compact I/O oferece duas opções de E/S analógica:

1769-IF4 – 4 canais de entrada em tensão ou em corrente

1769-OF2 – 2 canais de saída em tensão ou em corrente

Cada canal de entrada/saída dos módulos 1769-IF4 e 1769-OF2 pode ser configurado individualmente tanto para corrente analógica (4 a 20 mA ou 0 a 20 mA) ou tensão (±10 Vcc, 0 a 10 Vcc, 0 a 5 Vcc ou 1 a 5 Vcc). Isso fornece flexibilidade à aplicação, reduz o estoque e a curva de aprendizagem.

a 10 Vcc, 0 a 5 Vcc ou 1 a 5 Vcc). Isso fornece flexibilidade à

Módulos de Expansão de E/S

12

Especificações de Entrada 1769-IF4

Especificação

1769-IF4

Faixas de Operação Normal Analógica

Tensão: ±10 Vcc, 0 a 10 Vcc, 0 a 5 Vcc, 1 a 5 Vcc Corrente: 0 a 20 mA, 4 a 20 mA

Número de Entradas

4

diferenciais ou simples

Consumo de Corrente do Barramento (máx.)

120 mA à 5 Vcc, 150 mA à 24 Vcc (2,4 W)

Resolução (máx.)

14

bits mínimo (unipolar) 14 bits com sinal positivo (bipolar), com filtro selecionado de 50 ou 60 Hz

Taxa de Rejeição do Modo Normal

Tensão: –10 dB à 50 Hz, –12 dB à 60 Hz Corrente: –15 dB à 50 Hz, –18 dB à 60 Hz

Impedância de Entrada

Terminal em Tensão: 200 KΩ, Terminal em Corrente: 250

Precisão Geral (1)

Terminal em Tensão: ±0,2 % fundo de escala à 25 °C Terminal em Corrente: ±0,35 % fundo de escala à 25 °C

Sem linearidade (em porcentagem de fundo de escala)

±0,03 %

Repetibilidade (2)

±0,03 %

Erro no Módulo em uma Faixa deTemperatura Completa (0 a +60 °C [+32 °F a +140 °F])

Tensão: ±0,3 % Corrente: ±0,5 %

Configuração do Canal de Entrada

Através da tela do software de configuração ou do programa do usuário

Calibração da Entrada em Campo

Não requerido

Diagnóstico do Canal

Valores acima ou abaixo da faixa são reportados por bit

Distância Nominal da Fonte de Alimentação

8

8

(A distância máxima que um módulo de E/S pode ser colocado a partir da fonte de alimentação é de

módulos.)

Isolação da Placa de Fundo e dos Grupos de Entrada

Verificado por um dos seguintes testes dielétricos: 1.200 Vca durante 1 s. ou 1.697 Vcc durante 1 s.

50

Vca/75 Vcc de tensão de trabalho (Isolamento reforçado IEC Classe 2)

(1) Inclui expressões de offset, ganho, não-linearidade e repetibilidade. (2) A repetibilidade é a capacidade do módulo de entrada para registrar a mesma leitura em medições sucessivas para o mesmo sinal de entrada.

Especificações de Saída 1769-OF2

Especificação

1769-OF2

Faixas Analógicas

Tensão: ±10 Vcc, 0 a 10 Vcc, 0 a 5 Vcc, 1 a 5 Vcc Corrente: 0 a 20 mA, 4 a 20 mA

Número de Saídas

2

simples

Consumo de Corrente do Barramento (máx.)

120 mA à 5 Vcc, 200 mA à 24 Vcc.

Índice de Conversão (todos os canais) máx.

2,5 ms

Resposta ao Degrau para 63 % (1)

2,9 ms

Carga de Corrente na Saída em Tensão

5

mA (máx.)

Carga Resistiva na Saída em Corrente

0

a 500 (inclui resistência da fiação)

Faixa da Carga na Saída em Tensão

>

1 k

à 5 Vcc

>

2 kà 10 Vcc

Carga Indutiva Máx. (Saídas em Corrente)

0,1 mH

Carga Capacitiva Máx. (Saídas em Tensão)

1

µF

Calibração em Campo

Nenhum requerido

Precisão Geral (2)

Terminal em Tensão: ±0,5 % de fundo de escala à 25 °C, Terminal em Corrente: ±0,35 % de fundo de escala à 25 °C

Sem linearidade (em porcentagem de fundo de escala)

±0,05 %

Repetibilidade (3) (em porcentagem de fundo de escala)

±0,05 %

Erro na Saída em uma Faixa de Temperatura Completa (0 a 60 °C [32 °F a +140 °F])

Tensão: ±0,8 % Corrente: ±0,55 %

Proteção contra Curto-circuito e Circuito Aberto

Sim

Proteção de Sobretensão na Saída

Sim

Diagnóstico do Canal

Valores acima ou abaixo da faixa são reportados por bit fiação de saída com problemas ou alta resistência de carga são reportadas por bit (somente no modo de corrente)

Distância Nominal da Fonte de Alimentação

8

8

(A distância máxima que um módulo de E/S pode ser colocado a partir da fonte de alimentação é de

módulos.)

Isolação da Placa de Fundo e dos Grupos de Saída

Verificado por um dos seguintes testes dielétricos: 1.200 Vca durante 1 s. ou 1.697 Vcc durante 1 s. 50 Vca/50 Vcc de tensão de trabalho (Isolamento reforçado IEC Classe 2)

(1) A resposta ao degrau é o período de tempo entre quando o conversor D/A foi instruído para ir da faixa mínima para a completa até que o dispositivo esteja a 63 % da faixa completa. (2) Inclui expressões de offset, ganho, não-linearidade e repetibilidade. (3) Repetibilidade é a capacidade que o módulo de saída tem para reproduzir as leituras de saída quando o mesmo valor do controlador é aplicado consecutivamente, sob as mesmas condições e a na mesma direção.

 

Cabos e Fontes de Alimentação de Expansão

Cabos e Fontes de Alimentação de Expansão

Expansão do Sistema MicroLogix 1500

Expansão do Sistema MicroLogix 1500

 

O

uso da fonte de alimentação de

expansão de E/S aumenta a capacidade do sistema, pois permite o acréscimo de

 

módulos de expansão de E/S, como por exemplo, 1769-IF4 e 1769-OF2.

 

Visite o site do MicroLogix para obter

uma folha de dados eletrônica para ajudá-

13

lo

a validar a expansão do sistema, usando

fontes de alimentação 1769 e os cabos de comunicação do barramento. Na Internet, acesse http://www.ab.com/micrologix. Digite MicroLogix 1500; acesse Tools and Tips, Expansion I/O System Qualifier.

 

Com o Número de Revisão (FRN) 3 ou posterior do Sistema Operacional MicroLogix 1500, é possível conectar um banco adicional de E/S para o controlador.

 

Em um sistema MicroLogix 1500, pode-se usar no máximo um cabo de expansão 1769, permitindo a conexão de dois bancos de módulos de E/S (um conectado diretamente ao controlador e outro conectado através de um cabo). Cada banco de E/S (1) requer uma fonte de alimentação própria (Banco 0 usa a fonte de alimentação incorporada do controlador).

Somente uma fonte de alimentação (incorporada ou de expansão) pode ser usada em um banco de E/S. A fonte de alimentação de expansão não pode ser conectada diretamente a um controlador que possui uma fonte de alimentação incorporada, como MicroLogix 1500. Ela deve ser conectada através de um dos cabos de expansão. (Veja as fotos na página 14.)

Verificação do Firmware do MicroLogix 1500

Para usar um controlador MicroLogix 1500 com uma fonte de alimentação de Expansão de E/S 1769, verifique se você possui os seguintes itens:

Controlador MicroLogix 1500 (Cód. Cat. 1764-LSP, Série A, Revisão C ou superior)

Versão do Sistema Operacional: Número de Revisão do Firmware (FRN) 3 ou superior

É possível verificar o FRN observando a palavra S:59 (FRN do Sistema Operacional) no arquivo de status. Se o seu controlador for de uma revisão anterior, é necessário atualizar o sistema operacional para FRN 3 ou superior para usar um cabo de expansão e uma fonte de alimentação. Na internet, acesse http://www.ab.com/micrologix para descarregar a atualização do sistema operacional. Digite MicroLogix 1500; acesse Tools and Tips.

(1) Um banco de E/S é um grupo de módulos de E/S conectados diretamente um ao outro. Os bancos são separados por cabos.

Cabos e Fontes de Alimentação de Expansão

14

Posicionamento Vertical

Posicionamento Horizontal

Terminação 1769-ECL
Terminação
1769-ECL
Banco 0 Expansão de E/S Cabo de Expansão (1) 1769-CRLx Banco 1 Expansão de E/S
Banco 0
Expansão de E/S
Cabo de Expansão
(1)
1769-CRLx
Banco 1
Expansão de E/S

Banco 0 Expansão de E/S

Cabo de Expansão 1769-CRRx (1)

Banco 1 Expansão de E/S

(1) O x nesse código de catálogo pode ser um 1 ou um 3, representando o comprimento do cabo: 1 = 305 mm (1 pé) e 3 = 1 m (3,28 pés).

Especificações das Fontes de Alimentação de Expansão

Especificação

1769-PA2

1769-PB2

Dimensões

 

118

mm (altura) x 87 mm (profundidade) x 70 mm (largura); altura, incluindo pontos de terra na gaveta,

é de 138 mm 4,65 pol. (altura) x 3,43 pol. (profundidade) x 2,76 pol. (largura); altura, incluindo os pontos de terra na gaveta é de 5,43 pol.

Temperatura de Armazenamento

–40 °C a +85 °C (–40 °F a +185 °F)

 

Temperatura de Operação

0

°C a +60 °C (32 °F a +140 °F)

Umidade de Operação

5

% a 95 % (sem condensação)

Distância Nominal da Fonte de Alimentação

8

(A distância máxima que um módulo de E/S pode ser colocado a partir da fonte de alimentação é de

8

módulos.)

Certificação

certificação C-UL sob CSA C22.2 No. 142 UL 508 listado Compatível com a CE para todas as diretrizes aplicáveis

 

Ambiente Classificado

Classe I, Divisão 2, Ambiente Classificado, Grupos A, B, C, D (UL 1604, C-UL sob CSA C22.2 No. 213)

Tensão da Fonte Nominal

120/240 Vca (sem jumpers)

24

Vcc

Faixa de Tensão

 

85

a 265 Vca (jumper ou mini-seletora não requeridos)

19,2 a 31,2 Vcc

47

a 63 Hz

Requisito Máximo da Linha

 

100

VA à 120 Vca

50

VA à 24 Vcc

130

VA à 240 Vca

 

Passagem Máxima

 

25

A à 132 Vca

30

A à 31,2 Vcc

40

A à 265 Vca

 

Proteção contra Curto-circuito

Fusível com Acesso Frontal (Número de Peça de Reposição: Wickmann 19195-3.15A Wickmann 19343-1.6A ou Wickmann 19181-4A)

Fusível com Acesso Frontal (Número de Peça de Reposição:

Wickmann 19193-6.3A)

Proteção de Sobretensão de +5 V

 

Sim

Proteção de Sobretensão de +24 V

 

Sim

Faixa de Tensão do Usuário de + 2 4Vcc

20,4 Vcc a 26,4 Vcc

NA

Especificações do Cabo de Expansão

Especificação

Temperatura de Operação

0

°C a +60 °C (32 °F a +140 °F)

Umidade de Operação

5

% a 95 % (sem condensação)

Ambiente Classificado

Classe I, Divisão 2, Ambiente Classificado, Grupos A, B, C, D (UL 1604, C-UL sob CSA C22.2 No. 213)

Opções de Comunicação Todos os controladores programáveis MicroLogix 1500 fornecem várias opções de

Opções de Comunicação

Todos os controladores programáveis

MicroLogix 1500 fornecem várias opções

de comunicação que se adaptam a uma

variedade de aplicações.

O acréscimo de uma segunda função

completa a porta de comunicação RS-232

(cód. cat.1764-LRP)

(1)

permite que dois

dispositivos de comunicação sejam conectados simultaneamente ao controlador (por ex.: dispositivo ASCII, dispositivo da interface de operação, modem ou dispositivo de programação).

O protocolo DF1 Full-Duplex permite

que o MicroLogix 1500 se comunique diretamente com outro dispositivo, como um microcomputador ou um dispositivo para interface de operação. O protocolo DF1 Full-Duplex (também conhecido

como protocolo ponto-a-ponto DF1) é útil onde a comunicação RS-232 ponto-a- ponto é requisitada.

A capacidade de comunicação multiponto

da DH485 permite que você conecte em

rede até 32 controladores MicroLogix ou SLC 500, dispositivos para Interface de Operação e Programação e/ou microcomputadores, usando envio de mensagens ponto-a-ponto.

Além disso, o MicroLogix 1500 pode se comunicar com uma rede DeviceNet.

A DeviceNet faz o link entre botões,

detectores, atuadores, CLPs e outros dispositivos industriais, digitalmente, em uma rede aberta.

Os controladores MicroLogix 1500 também suportam comunicação DF1 Half-Duplex Escravo para ser usada em sistemas SCADA como uma Unidade de

Terminal Remoto (RTU). Este protocolo

de rede aberta permite que os controladores

MicroLogix se comuniquem em modo escravo nas redes DF1 mestre/escravo.

O DF1 suporta até 25 4dispositivos em

modo escravo com um único mestre.

Além disso, o MicroLogix 1500 suporta

o Modbus Escravo, um protocolo SCADA/RTU. (1)

Opções de Comunicação

Estação deTrabalho Controlador SLC MicroLogix MicroLogix MicroLogix MicroLogix 1000 1200 1500 1200 Inversor
Estação deTrabalho
Controlador
SLC
MicroLogix
MicroLogix
MicroLogix
MicroLogix
1000
1200
1500
1200
Inversor
Filtro
CC
Mestre SCADA
FLEX I/O
Modem rádio/discado
MicroLogix
MicroLogix
MicroLogix
1500
1200
1000
Sistema de
Inversor de
Freqüência
Motores CA
Variável
Reliance

Recursos:

15

Uma porta RS-232 (disponível em todas as unidades bases)

Porta RS-232 adicional (disponível quando o Cód. Cat. 1764-LRP é usado) (1)

Taxas de transmissão 300, 600, 1200, 4800, 9,600, 19,200 e

38,400

RTS/CTS Sinais de Handshake por Hardware – canal 0

RTS/CTS/DCD Sinais de Handshake por Hardware – canal 1 (1)

Conexão para as redes DH485 e DeviceNet através do 1761-NET-AIC e 1761-NET-DNI, respectivamente

Conexão a modems para comunicação remota

Envio de mensagens ASCII fornece a capacidade de discagem (1)

O MicroLogix 1500 permite que você escolha a rede que melhor se ajusta às suas necessidades.

Se a sua aplicação requisitar:

Use esta rede

Conexão de dispositivos de vários fornecedores localizados no nível baixo diretamente aos controladores de chão-de-fábrica

DeviceNet através do

1761-NET-DNI

Compartilhamento de dados entre 64 dispositivos

Diagnóstico melhorado para coleta de dados aperfeiçoada e detecção de falhas

Redução da fiação e do tempo de start-up, comparando-se com os sistemas tradicionais

Dados em toda a fábrica e em nível de célula, compartilhando com a manutenção do programa

DH485 através do

1761-NET-AIC

Compartilhamento de dados entre os 32 controladores

Carga e descarga do programa e monitoração de todos os controladores

Compatibilidade com múltiplos dispositivos para Interface de Operação e Programação da marca Allen-Bradley

Conexão a modems discados para manutenção remota de programa ou coleta de dados

DF1 Full-Duplex

DF1 Half-Duplex

Conexão com a linha dedicada ou modems de rádio para uso em sistemas SCADA

Escravo

Funções da Unidade de Terminal Remoto (RTU)

Conexão aos modems para coleta de dados remota no sistema SCADA

Funções da Unidade de Terminal Remoto (RTU)

Modbus RTU

Escravo (1)

(1) Disponibilidade planejada para abril de 2000. Entre em contato com seu representante local da Rockwell Automation para informações.

Opções de Comunicação

16

Mensagens Locais

O MicroLogix 1500 tem capacidade para comunicar-se utilizando mensagens locais ou remotas. Com uma mensagem local, todos os dispositivos podem ser acessados sem o uso de dispositivo separado atuando como uma ponte. As mensagens remotas usam uma rede remota, onde os dispositivos podem ser acessados através da passagem ou roteamento de um dispositivo.

Os quatro exemplos a seguir representam os tipos diferentes de redes remota e local.

Exemplo 1 – Rede DH485 Local com Interface AIC+ (1761-NET-AIC) AIC+ AIC+ TERM TERM A
Exemplo 1 – Rede DH485 Local com Interface AIC+ (1761-NET-AIC)
AIC+
AIC+
TERM
TERM
A
A
A-B
PanelView
B
B
COM
COM
SHLD
SHLD
CHS GND
CHS GND
TX
TX
TX
TX
TX
PWR
TX
PWR
DC SOURCE
DC SOURCE
CABLE
CABLE
EXTERNAL
EXTERNAL
Rede DH485
SLC 5/04
PanelView 550
AIC+
AIC+
AIC+
AIC+
TERM
TERM
TERM
TERM
A
A
A
A
B
B
B
B
COM
COM
COM
COM
SHLD
SHLD
SHLD
SHLD
CHS GND
CHS GND
CHS GND
CHS GND
TX
TX
TX
TX
TX
TX
TX
TX
TX
PWR
TX
PWR
TX
PWR
TX
PWR
DC SOURCE
DC SOURCE
DC SOURCE
DC SOURCE
CABLE
CABLE
CABLE
CABLE
EXTERNAL
EXTERNAL
EXTERNAL
EXTERNAL
MicroLogix 1000
MicroLogix 1200
MicroLogix 1500
Microcomputador

Exemplo 2 – Rede DeviceNet Local com Interface DeviceNet (1761-NET-DNI)

DNI SLC 5/03 DNI SLC 5/03 DANGER DANGER Mestre Rede DeviceNet DNI DNI DNI DNI
DNI
SLC 5/03
DNI
SLC 5/03
DANGER
DANGER
Mestre
Rede DeviceNet
DNI
DNI
DNI
DNI
Microcomputador
DANGER
DANGER
DANGER
DANGER
MicroLogix 1000
MicroLogix 1200
MicroLogix 1500

Opções de Comunicação

Exemplo 3 – Rede Local DF1 Half-Duplex

Rockwell Software WINtelligent LINX, RSLinx 2,0 (ou superior), SLC 5/03, SLC 5/04 e SLC 5/05
Rockwell Software WINtelligent
LINX, RSLinx 2,0 (ou superior),
SLC 5/03, SLC 5/04 e SLC 5/05 ou
controladores CLP-5 configurados
para DF1 Half-Duplex Mestre.
RS-232
(Protocolo DF1 Half-Duplex)
Modem
MicroLogix
MicroLogix
MicroLogix
1000 (Escravo)
1200 (Escravo)
1500 (Escravo)
SLC 5/03 (Escravo)
SLC 5/04 com Módulo de
Interface 1747-KE (Escravo)

NOTA

Recomenda-se que uma isolação (1761-NET-AIC) seja fornecida entre o controlador e o modem, quando uma porta sem isolação for usada.

17

Exemplo 4 – Envio de Mensagem Remota AIC+ AIC+ TERM TERM A A B A-B
Exemplo 4 – Envio de Mensagem Remota
AIC+
AIC+
TERM
TERM
A
A
B
A-B
PanelView
B
COM
COM
SHLD
SHLD
CHS GND
CHS GND
TX
TX
TX
TX
TX
PWR
TX
PWR
DC SOURCE
DC SOURCE
CABLE
CABLE
EXTERNAL
EXTERNAL
SLC 5/04
PanelView 550
Rede DH485
AIC+
AIC+
AIC+
AIC+
TERM
TERM
TERM
A
A
A
B
B
B
COM
COM
COM
SHLD
SHLD
SHLD
TERM
CHS GND
CHS GND
CHS GND
A
B
COM
TX
TX
TX
TX
TX
TX
SHLD
CHS GND
TX
TX
TX
PWR
TX
PWR
TX
PWR
DC SOURCE
DC SOURCE
DC SOURCE
CABLE
CABLE
CABLE
TX
PWR
DC SOURCE
EXTERNAL
EXTERNAL
EXTERNAL
CABLE
EXTERNAL
MicroLogix 1000
MicroLogix 1200
MicroLogix 1500
SLC 5/04
Rede DH+
SLC 5/04
CLP-5
 

Dispositivos de Interface em Rede

 

Dispositivos de Interface em Rede

Módulo para Interface com a DeviceNet

1761-NET-DNI

Os destaques dos recursos da Interface DeviceNet são:

A lista impressionante de recursos de processamento, memória e hardware do Controlador Programável Micrologix 1500 caracteriza essa família de controladores como sendo a opção ideal para aplicações de médio porte. Além disso, com a Interface DeviceNet 1761-NET-DNI e o Conversor de Interface Avançada 1761-NET-AIC

Envio de mensagens peer-to-peer entre controladores Allen-Bradley e outros dispositivos, usando o protocolo DF1 Full-Duplex

Programação e monitoração online na rede DeviceNet

 

Com uma DNI conectada a um modem, é possível discar para qualquer combinação DNI-controlador na DeviceNet

Outros produtos DeviceNet podem enviar explicit (Get or Set) messages com a DIN, a qualquer momento

18

 

O controlador pode iniciar uma explicit message para qualquer

 

(AIC+), é possível conectar os Controladores Programáveis MicroLogix às redes DH485 e DeviceNet.

Para informações detalhadas sobre como usar os módulos de interface de rede, consulte o AIC+ Advanced Interface Converter User Manual, publicação 1761-6.4, e o DeviceNetInterface User Manual, publicação 1761-6.5. Para adquirir estes manuais ou descarregar uma versão eletrônica gratuita, visite-nos no http://www.theautomationbookstore.com. Para o acesso rápido às publicações relacionadas, visite o site do MicroLogix http://www.ab.com/micrologix. Versões eletrônicas de nossos manuais estão disponíveis para consulta e descarregamento.

dispositivo compatível com UCMM (Gerenciador de Mensagens Não Conectado), na DeviceNet

DNI SLC 5/03 DANGER Mestre Rede DeviceNet DNI DNI DNI
DNI
SLC 5/03
DANGER
Mestre
Rede DeviceNet
DNI
DNI
DNI

MicroLogix

1000

MicroLogix

1200

MicroLogix

1500

DNI SLC 5/03 DANGER DNI DANGER
DNI
SLC 5/03
DANGER
DNI
DANGER

Microcomputador

Os micro-CLPs MicroLogix estendem os benefícios do controle distribuído para o nível do dispositivo de seu processo, com a funcionalidade adicional da DeviceNet.

 

A

DeviceNet faz o link entre botões, detectores, atuadores, CLPs e

outros dispositivos industriais digitalmente. Ela reduz os custos de

instalação e manutenção de múltiplos fios discretos com um único cabo que manuseia a comunicação e a distribuição de alimentação.

A

traz a resposta mais rápida, custo baixo e confiança para a conectividade aberta na DeviceNet para todos os controladores MicroLogix e a maioria dos controladores da marca Allen-Bradley.

O

aproveite as vantagens dos avanços mais recentes em comunicação. A DeviceNet usa a tecnologia produtor/consumidor que reduz de forma significativa o volume de tráfego na rede, melhorando a eficiência e o throughput de dados. Como resultado, a informação atravessa a rede com mais rapidez.

Interface 1761-NET-DNI Série B (DNI)

atravessa a rede com mais rapidez. Interface 1761-NET-DNI Série B (DNI) MicroLogix na DeviceNet permite que

MicroLogix na DeviceNet permite que você

Dispositivos de Interface em Rede

Funcionalidade Avançada do Escravo de E/S

Através da DNI, os controladores MicroLogix podem funcionar como nós escravos com o custo reduzido da DeviceNet. A DNI apresenta à DeviceNet até 64 palavras de dados (32 de entrada, 32 de saída, configuráveis). A DNI pode realizar o polling ou aceitar os dados enviados a partir do controlador MicroLogix para manter seus dados de E/S mapeados e atualizados em relação aos dados reais do controlador, enquanto que a DNI controla toda a comunicação DeviceNet.

Toda a E/S local permanece sob o controle direto do controlador MicroLogix, entretanto ainda pode ser visualizada pelo mestre da DeviceNet.

Ao usar comandos de envio de mensagem padrão, é possível ler ou escrever dados facilmente em outros controladores, conforme mostrado no diagrama de rede da página 18.

Entradas Saídas Status Mapeamento dos blocos de inteiros para palavras de E/S DNI realizado com
Entradas
Saídas
Status
Mapeamento dos blocos de inteiros
para palavras de E/S DNI realizado
com o software DeviceNet Manager
Dados da DNI
Temporizadores
Saídas da DeviceNet
Saídas do Mestre
0
Contadores
1
Tamanho
2
Ajustável
3
4
Área de
to
Inteiros
Mapeamento
16
Entradas da DeviceNet
Entradas do Mestre
0
1
Tamanho
2
ajustável
Área de
3
Mapeamento
to
40
DeviceNet Network
64 palavras no máx.
64 palavras no máx.

Mapeamento dos arquivos de inteiros em lógica ladder

Envio de Mensagens Simples e Confiáveis, Peer-to-Peer

19

A DNI traz uma funcionalidade completamente nova para a DeviceNet, habilitando o envio de mensagens peer-to-peer

entre dispositivos que usam o protocolo DF1 Full-Duplex.

A DNI assume os comandos do DF1 Full-Duplex, fecha-os no protocolo da DeviceNet e os envia para a DNI alvo. A DNI

alvo remove as informações da DeviceNet e passa o comando do DF1 para o dispositivo final.

Esta capacidade funciona entre controladores, PCs e controladores e para carga/descarga de programas. A E/S e as mensagens de dados são priorizadas, o que minimiza os problemas de determinismo da E/S, tipicamente encontrados em redes que suportam a E/S e o envio de mensagens simultaneamente.

Habilite Sua Estratégia de Controle Agora

Informações úteis e o software de configuração da DNI gratuito também estão disponíveis no http://www.ab.com/micrologix. Para maiores informações sobre o padrão da DeviceNet, visite http://www.odva.org.

Especificações da Interface DeviceNet Série B (1761-NET-DNI)

Descrição

Especificações

Requisitos da Fonte de Alimentação de 24 Vcc

de 11 a 25 Vcc

Consumo de Corrente

de 200 a 250 mA

400

mA, no máximo, de corrente de ativação (30 milissegundos, no máx.)

Isolação Interna

500

Vcc

Temperatura Ambiente de Operação

de 0 a +60 °C (de +32 a +140 °F)

Temperatura de Armazenamento

de –40 a +85 °C (de –40 a +175 °F)

Certificação

UL 1604 C-UL C22.2 No. 213 Classe 1, Divisão 2, Grupos A, B, C, D Marca CE para todas as diretivas aplicáveis ODVA em conformidade 2.0-A12

DeviceNet

número máximo de nós = 64 comprimento máximo = 500 m à 125 Kbaud ou 100 m à 500 Kbaud

Dispositivos de Interface em Rede

20

Conversor de Interface Avançada AIC+

O AIC+ é um dispositivo de conexão em rede da Allen-Bradley que permite acesso à rede

DH485 a partir de qualquer dispositivo compatível com DH485 que tenha uma porta RS-232, incluindo todos os controladores MicroLogix, SLC 5/03 e 5/04 e os terminais PanelView 550 e 900. Além disso, o dispositivo fornece isolação entre todas as portas, visando uma rede mais estável e proteção para os dispositivos conectados. A unidade pode ser montada sobre trilho DIN ou painel e é sólida para suportar condições ambientais severas.

O Conversor de Interface Avançada fornece uma solução simples, de custo reduzido, para

conectar dispositivos RS-232 a uma rede DH485. O AIC+ também fornece:

Duas conexões isoladas RS-232 – uma D-shell de 9 pinos e uma mini DIN de 8 pinos

Uma conexão Phoenix de 6 pinos para RS-485

Energização via conector mini DIN de 8 pinos a partir de um controlador MicroLogix ou de uma conexão de alimentação externa

Compatibilidade com redes SLC DH485 existentes, que usam 1747-AICs

Capacidade de taxa de transmissão automática, para facilidade na configuração do sistema

LEDs de diagnóstico para atividade de rede

do sistema • LEDs de diagnóstico para atividade de rede Algumas aplicações típicas incluem: • Conexão

Algumas aplicações típicas incluem:

Conexão de um microcomputador a uma rede DH485

Conexão de controladores MicroLogix para uma rede DH485

Conexão de controladores SLC 5/03 ou SLC 5/04, usando o protocolo DF1 Half- Duplex “mestre/escravo”. Isto permite conectar áreas de automação remotas para um controlador mestre carregar informações de diagnóstico e status.

AIC+ AIC+ TERM TERM A A A-B PanelView B B COM COM SHLD SHLD CHS
AIC+
AIC+
TERM
TERM
A
A
A-B
PanelView
B
B
COM
COM
SHLD
SHLD
CHS GND
CHS GND
TX
TX
TX
TX
TX
PWR
TX
PWR
DC SOURCE
DC SOURCE
CABLE
CABLE
EXTERNAL
EXTERNAL
SLC 5/04
PanelView 550
Rede DH485
AIC+
AIC+
AIC+
AIC+
TERM
TERM
TERM
TERM
A
A
A
A
B
B
B
B
COM
COM
COM
COM
SHLD
SHLD
SHLD
SHLD
CHS GND
CHS GND
CHS GND
CHS GND
TX
TX
TX
TX
TX
TX
TX
TX
TX
PWR
TX
PWR
TX
PWR
TX
PWR
DC SOURCE
DC SOURCE
DC SOURCE
DC SOURCE
CABLE
CABLE
CABLE
CABLE
EXTERNAL
EXTERNAL
EXTERNAL
EXTERNAL
MicroLogix
MicroLogix
MicroLogix
Microcomputador
1000
1200
1500

Especificações do Conversor de Interface Avançada (1761-NET-AIC)

Descrição

Especificações

Requisitos de Fonte da Alimentação de 24 Vcc

20,4 – 28,8 Vcc

Consumo de Corrente

120

mA

200

mA, no máximo, de corrente de ativação

Isolação Interna

500

Vcc

Temperatura Ambiente de Operação

de 0 a +60 °C (de +32 a +140 °F)

Temperatura de Armazenamento

de –40 a +85 °C (de –40 a + 175 °F)

Certificação

UL 1604 C-UL C22.2 No. 213 Classe 1, Divisão 2, Grupos A, B, C, D Marca CE para todas as diretivas aplicáveis

Rede DH485, DF1 ou do usuário

número máximo de nós = 32 por rede multiponto comprimento máximo = 1.219 m (4.000 pés) por rede multiponto número máximo de redes multiponto “acopladas” = 2

 

Funções de Alta Velocidade

Funções de Alta Velocidade

Recursos:

 

Contadores de Alta Velocidade

 

Dois contadores de alta velocidade de 20 kHz, com oito modos de operação. As saídas podem ser controladas quando o contador alcançar os valores pré-definidos e programados como máximo e mínimo.

Valores pré-definidos máximo e mínimo programáveis e setpoints de underflow e overflow.

 

Processamento de interrupção automática, baseado em contagem acumulada

21

Saídas de Alta Velocidade

 

Duas saídas de 32 bits a 20 kHz, configuráveis como:

Saídas de Trem de Pulso (PTO) com perfis de curva S ou trapezoidais incorporados permitem uma desaceleração e aceleração suaves. Saídas por Modulação de Largura de Pulso (PWM) com perfis de curva S ou trapezoidais incorporados permitem uma desaceleração e aceleração suaves. (1)

Entradas Retentivas (Captura de Pulso)

 

As entradas retentivas permitem que pulsos muito breves sejam capturados e mantidos durante o processamento da varredura de entrada.

Interrupções Temporizadas Selecionáveis

 

Interrupções Temporizadas Selecionáveis (STI) permitem que os eventos sejam programados de forma independente da varredura do programa

Interrupções de Eventos

 

Quatro interrupções de eventos (EII) permitem que qualquer uma das oito entradas de alta velocidade sejam usadas como interrupções de entrada

Dados de inteiros de 32 bits com sinal (faixa de contagem de ±2.147.483.647)

Parâmetros que são editados durante o tempo de operação (a partir do programa de controle do usuário)

(1) Disponibilidade planejada para abril de 2000. Entre em contato com seu representante local da Rockwell Automation para informações.

 

Software de Programação

 

Software de Programação

Software de Programação RSLogix500

Software de Programação RSLogix500

As seguintes seções descrevem as opções de programação para os controladores MicroLogix 1500. Com o Software de Programação RSLogix 500™, você pode criar, modificar e monitorar os programas de aplicação para as famílias de Controladores Programáveis SLC, MicroLogix 1000 e 1200.

22

 

O

pacote de programação de lógica ladder do

 

RSLogix 500 ajuda a maximizar a performance, economizar tempo de desenvolvimento de projeto e melhorar a produtividade. Este produto foi desenvolvido

a performance, economizar tempo de desenvolvimento de projeto e melhorar a produtividade. Este produto foi desenvolvido

para operar nos sistemas operacionais

Microsoft de 32 bits, Windows

®

95,

Windows ® 98, e Windows NT™. Ao suportar as famílias de controladores SLC 500 e MicroLogix, da Allen-Bradley, o RSLogix 500 foi o primeiro software de programação de CLP a oferecer produtividade incontestável com uma interface de usuário líder no setor.

Editores Flexíveis, Fáceis de Usar

 

Os editores de programas flexíveis permitem que você crie aplicativos, sem se preocupar em obter a sintaxe correta à medida que você cria seu programa. Um Verificador de Projeto constrói uma lista de erros na qual você pode navegar para fazer as correções, de acordo com sua conveniência.

A

edição do tipo arrastar e soltar permite que você mova ou copie

instruções de linha para linha, dentro de um projeto, linhas a partir

de

uma sub-rotina ou de projeto para outro, ou elementos de tabelas

de

dados a partir de um arquivo de dados para outro.

Os menus universais de contexto para ferramentas de software são rapidamente acessados, clicando no botão direito do mouse nos endereços, símbolos, instruções, linhas ou quaisquer outros objetos

da

aplicação. Esta facilidade fornece toda a funcionalidade necessária

para cumprir uma tarefa dentro de um único menu.

Software de Programação

Configuração da E/S de Apontar e Clicar

O Configurador de E/S, fácil de usar, permite que você clique ou arraste e

solte um módulo a partir de uma lista completa, para definir uma ranhura para ele em sua configuração. A configuração avançada, requisitada para módulos especializados e analógicos, é facilmente acessível. Formulários convenientes aceleram a entrada de dados de configuração. Um recurso de

configuração de E/S automática também está disponível.

Editor de Desempenho Superior de Banco de Dados

Use o Symbol Group Editor para construir e classificar grupos de símbolos, de maneira que você possa, facilmente, selecionar partes de sua documentação gravada para ser usada de projeto para projeto.

Use a lista Symbol Picker para endereçar instruções, facilmente, na sua lógica, clicando os endereços ou símbolos para atribui-lo para suas instruções de lógica.

Ferramentas de Diagnóstico e Localização de Falhas

Examine simultaneamente o status de bits, temporizadores, contadores,

entradas e saídas, em uma janela, com o Custom Data Monitor. Cada projeto

de aplicação que você criar pode ter sua própria janela Custom Data Monitor.

Revise, facilmente, as definições específicas dos bits de status, para a programação da aplicação, incluindo informações de Tempo de Varredura,

informações de Registrador Matemático, configuraçóes de interrupçóes, além

de outros recursos oferecidos pelas telas de Status.

Gráfico de Seleção

oferecidos pelas telas de Status. Gráfico de Seleção Configuração da E/S de Apontar e Clicar 23

Configuração da E/S de Apontar e Clicar

23

de Seleção Configuração da E/S de Apontar e Clicar 23 Editor de Desempenho Superior de Banco

Editor de Desempenho Superior de Banco de Dados

e Clicar 23 Editor de Desempenho Superior de Banco de Dados Ferramenta de Diagnóstico e Localização

Ferramenta de Diagnóstico e Localização de Falhas

Código de Catálogo

Descrição

9324-RL0300ENE (1) (2)

Programação do RSLogix 500 para as famílias MicroLogix e SLC 500 em CD-ROM. Inclui o RSLinx Lite.

9324-RL0100ENE (1) (2)

Programação do RSLogix 500 Starter para as famílias MicroLogix e SLC 500 em CD-ROM. Este pacote tem uma versão funcionalmente limitada do RSLogix 500.

Cabos de Programação

Consulte a página 27 para informações sobre os cabos de programação.

(1) Para usar o software de programação RSLogix 500, seu sistema deve ser um Pentium 100 MHz ou superior, Windows® 95, Windows® 98 ou Windows NT™. (2) Também disponível em francês, alemão, italiano, espanhol e português.

24 Instruções de Programação Instruções de Programação A tabela a seguir mostra o conjunto de

24

Instruções de Programação

Instruções de Programação

A tabela a seguir mostra o conjunto de instruções do MicroLogix 1500 relacionado de acordo com os grupos funcionais.

As instruções de programação avançadas

do MicroLogix 1500 abrangem a nova instrução de registro de dados que permite que você defina as variáveis do controlador

que podem ser gravadas como um registro. Os elementos de cada registro podem ser uma combinação de dados de inteiros ou inteiros duplos (código de catálogo

dados de inteiros ou inteiros duplos (código de catálogo Grupo Funcional Descrição Tipo Relé (Bit) As
dados de inteiros ou inteiros duplos (código de catálogo Grupo Funcional Descrição Tipo Relé (Bit) As

Grupo Funcional

Descrição

Tipo Relé (Bit)

As instruções tipo relé (bit) monitoram e controlam o status dos bits. XIC, XIO, OTE, OTL, OTU, OSR, ONS, OSF

Temporizador e

As instruções de temporizador e contador controlam as

Contador

operações baseadas em tempo ou no número de eventos.

Comparação

TON, TOF, RTO, CTU, CTD, RES

As instruções de comparação comparam os valores usando uma operação de comparação específica. EQU, NEQ,
As instruções de comparação comparam os valores usando
uma operação de comparação específica.
EQU, NEQ, LES, LEQ, GRT, GEQ, MEQ, LIM

Matemáticas

As instruções de matemática realizam operações aritméticas. ADD, SUB, MUL, DIV, NEG, CLR, SQR, SCL, SCP

Conversão

As instruções de conversão decodificam os dados e realizam as conversões entre os valores decimais e binários. DCD, ENC, TOD, FRD

Lógica

Mover

Arquivo

Sequenciador

Controle de

Programa

Entrada e Saída

Interrupção do

Usuário

Controle de

Processo

Comunicação

Contador de Alta Velocidade

Saídas de Alta Velocidade

ASCII (1)

Log de Dados

As instruções lógicas realizam operações lógicas de bit-wise nas palavras. AND, OR, XOR, NOT

As instruções de movimentação modificam e movem palavras. MOV, MVM

As instruções de arquivo realizam operações nos dados do arquivo. COP, FLL, BSL, BSR, FFL, FFU, LFL, LFU

As instruções de sequenciador são usadas para controlar máquinas de montagem automática que possuem operações repetitivas e consistentes. SQC, SQO, SQL

As instruções de fluxo de programa alteram o fluxo de execução do programa ladder. JMP, LBL, JSR, SBR, RET, SUS, TND, MCR, END

As instruções de entrada e saída permitem a atualização seletiva dos dados sem esperar as varreduras de entrada e saída. IIM, IOM, REF

As instruções de interrupção do usuário permitem a interrupção do seu programa com base em eventos definidos. STS, INT, UID, UIE, UIF

A instrução de controle de processo permite um controle de malha fechada.

PID

As instruções de comunicação lêem ou escrevem os dados para outra estação. MSG, SVC

As instruções de contador de alta velocidade configuram, controlam e monitoram o contador do hardware do controlador. HSL, RAC

As instruções de saída de alta velocidade permitem que você controle e monitore as funções PTO e PWM que controlam as saídas físicas de alta velocidade. PTO, PWM

As instruções ASCII usam o canal de comunicação para receber ou transmitir dados e manipular dados de string. ACB, ACL, AHL, ARD, AEX, ACI, AIC, SWP, AWT, AWA, ASC, ASR

A instrução de log de dados permite definir variáveis e gravar

seus valores.

DLG

(1) Disponibilidade em abril de 2000. Entre em contato com o seu representante local Rockwell Automation para informações.

1764-LRP)

(1)

.

 

Dispositivos de Interface de Operação

Dispositivos de Interface de Operação

Interface de Operação MicroView™

 

Os dispositivos para interface de operação fornecem um controle do chão-de-fábrica de desempenho superior e das capacidades de monitoração de dados.

A

Interface de Operação MicroView é uma

interface de operação de baixo custo em um único pacote projetada para entrada, monitoração e exibição de dados e download

de receitas. Este dispositivo contém uma janela de display de 2 linhas x 16 caracteres.

e exibição de dados e download de receitas. Este dispositivo contém uma janela de display de
 
   

Interface de Operação DTAM™ Micro

25

A

Interface de Operação DTAM

Micro fornece outra interface de

operação para a linha MicroLogix.

O

DTAM Micro é uma interface de

operação de custo reduzido. Este dispositivo contém uma janela de display de 2 linhas x 20 caracteres.

Até 244 telas de aplicação podem ser armazenadas na memória. Este dispositivo contém uma janela de display de 2 linhas x 16 caracteres.