Você está na página 1de 16

CESPE - Prova Secretaria de Educação/MS – Professor de Química - 2007

Questões relacionadas à PF apenas. Quando as questões versarem sobre tema não


pertinente a prova para Perito isto será comentado.

As questões iniciais da prova (1 a 26) não eram relevantes para nossos propósitos, sendo
assim omitidas.

Letra C
I é errada, pois a medida de uma propriedade física em nada afeta as propriedades químicas
geralmente. II e III sã corretas. IV é incorreta, pois ocorre justamente o contrário.
Letra B
A é incorreta, pois CaO é predominantemente iônico, dada a grande diferença de
eletronegatividade entre Ca e O. B é verdadeira, trazendo corretas reação e variação de
entalpia. C é incorreta, pois a reação não é de oxirredução, já que não há mudança de número
de oxidação. D é também falsa, pois a cal extinta é uma base, gerando solução com pH acima
de 7 e portanto pOH abaixo de 7.
Letra D
A é correta – se a concentração é de 0,01 g/L e cada g contém 0,01 mol (massa molar = 100
-4
g/mol) então a concentração é de 0,01.0,01 = 10 mol/L. B está correta. C é também correta,
+
pois neste caso haverá mais H deslocando o equilíbrio para a direita. D é incorreta – em 5 g
temos 0,05 mol, que deveriam produzir 0,05 mol de CO 2, ou 0,05.22,4 = 1,12 L de CO2.
Portanto a pureza é inferior a 100%.

Letra B
B é correta, pois os polímeros têm massas molares distribuídas para cada molécula, sendo
usada então uma massa molar média. Já A (o monômero é C 3H6), C (o monômero é a glicose,
não a sacarose) e D (polímeros não é sinônimo de substâncias compostas).
Letra D
A reação mostrada em A é uma polimerização e não um craqueamento, cujo exemplo é dado
em B. Na destilação fracionada o topo apresenta os compostos mais leves e a base os menos
voláteis. Com isso vemos que só D poderia ser correta, e de fato o é.
Letra C
A é falsa, pois as fórmulas moleculares são C8H18, C8H18 e C7H9. B é incorreta, pois, como
podemos confirmar com os dados fornecidos, quanto mais ramificações e aromáticos, maior a
octanagem da gasolina. C é correta. D é falsa, pois a octanagem apenas tem a ver com
potência da gasolina, que continua sendo poluente com qualquer octanagem.

Letra A
Uma solução 2 mol/L de ácido nítrico tem 126 g/L. Se usarmos o ácido comercial então
teremos que 126g deve corresponder a 69%, de forma que serão necessários 182,6 g. Isto
corresponde a 182,6/1,4 = 130,4 mL de ácido.
Letra B
B é incorreta, pois o ácido nítrico é o oxidante – veja que ele sofre redução, passando o N de
Nox +5 para -2. O restante é correto.

Letra D
Todos os itens são corretos.
Letra A
A é verdadeira, enquanto que B (não há metais no ar), C (não há, por exemplo, radônio) e D
(usa-se nitrogênio líquido e não oxigênio, que é um oxidante forte).
Letra A
A é verdadeira, pois pela tabela temos presentes Ar, He, Cr, Ne e Xe. Em B as informações
estão trocadas (O2 tem duplas e N2 tem triplas). Em C o erro reside no fato de CO 2 ser linear e
3
não angular. D é falsa, pois a estrutura tetraédrica tem carbonos hibridizados em sp .

Letra B
São corretas I e III. II é incorreta, pois por conta do CO 2 o pH é inferior a 7 e não igual a 7. IV é
incorreta, como mostram todos os dados sobre concentração de CO 2 disponíveis.
Letra C
Com exceção de C – incorreta, pois o número de oxidação passa para +4 e não +2 – as
alternativas estão todas corretas.

Letra B
A é falsa – a reação se dá sob aquecimento o que indica que é endotérmica e além disso nada
tem a ver tendência de reação com ser exo ou endotérmica. B é verdadeira. C é falsa – é
produzido 1 mol, ou 22,4L, para cada mol de Cu produzido. D é incorreta, pois existem elétrons
desemparelhados nestas substâncias.
Letra D
As 3 primeiras afirmações estão incorretas: I pois o modelo era meramente baseado nas
observações feitas por Dalton sobre a matéria, não fruto de experimentos do mesmo (mais
tarde ele publicou tais resultados, entre os quais a Lei de Dalton), II porque não existia no
modelo de Dalton a ideia de número atômico ainda e II em razão do modelo de Thomson
afirmar que a matéria era um contínuo de carga positiva onde estavam incrustados os elétrons.
As duas últimas são corretas. Esta questão foge do conteúdo para a PF.
Letra A
A fórmula molecular correta da piperina não pode ser a apresentada, pois a estrutura mostrada
tem 17 C e não 18. O restante das afirmações é correto.
Letra A
-
A é obviamente correta, pois o gráfico indica claramente que [CH3COOH] = [CH3COO ] em
pH=4,76. B é uma piada – obviamente que o correto é titulação e não centrifugação. C é
incorreta, pois o ponto de equivalência é onde a concentração do ácido iguala-se a do titulante,
mas isto não quer dizer que não exista ácido. D é incorreta, uma vez que o azul de bromotimol
também não é adequado.
Letra D
Somente D é incorreta – e bastante incorreta, pois o etanol é bastante polar.

Letra C
A combustão do etanol é:
C2H5OH + 3 O2 -> 2 CO2 + 3 H2O
Para calcular o dH da reação fazemos o cálculo usando a diferença entre as entalpias de
formação de produtos e reagentes:
dH = 2.(-394) + 3.(-286) – (-278) – 3.0 = -1368 kJ
Letra C
Esta questão não é importante para PCF. De qualquer forma, C é a única incorreta – a reação
correta seria a fusão de átomos de hidrogênio produzindo hélio.

Letra A
A é correta. B é totalmente incorreta – a supressão do advérbio “não” deixaria correta a
afirmação. C é falsa, pois metais formam óxidos básicos. D é também incorreta, pois os
compostos entre metais e halogênios são de caráter essencialmente iônico.

Letra C
C é falsa. Quem duvida experimente jogar uma barra de alumínio e um pedaço de sódio
metálico na água e depois me conte...
Letra D
A é falsa, pois oxidação ocorre sempre no ânodo, que é é o eletrodo negativo, fazendo B
2+ 2+
incorreta. C é falsa – o correto seria Zn°/Zn //Cu /Cu°. D é correta.

Letra D
Tudo que foi dito está correto.
Letra D
As primeiras são incorretas – eletrólitos se dissolvem em íons e conduzem eletricidade, e uma
solução é saturada quando não é possível mais o solvente dissolver nenhum soluto. As duas
últimas estão certas.