Você está na página 1de 1

“Em face do sofrimento humano, o ser humano busca respostas, compreensão e sentido.

As
diversas expressões religiosas procuram, por meio de suas doutrinas, apontar caminhos e
oferecer respostas aos dramas e tragédias humanas. A partir desta questão, escolha UM ponto
da sua confissão de fé, e indique como ele pode contribuir para o enfrentamento do
sofrimento”

O sofrimento, na filosofia existencialista é visto como condição necessária para a existência.


Por conseguinte, Kierkegaard apresenta o sofrimento com pratica ontológica de existir , além
da dor física, pois é uma gênese dialética entre ser e vencer o sofrimento, só a critica trata do
cuidar de si, Assim, o sofrimento não tem um viés sofrível e ganha um sentido existencial;
“sofrer é compreender a profundidade das coisas, limitando o esquecimento de si mesmo, e é
ao mesmo tempo, o modo da compreensão de si” (KIERKEGAARD, 1988), no entanto as coisas
não se dão unicamente no sofrimento mas esse é um caminho para chegar a compreensão do
que acontece sendo uma caminho para a superação deste de modo dialético. Na fé
protestante admite-se o sofrimento nesse mundo (...nesse mundo tereis aflições mas tende
bom ânimo, eu venci o mundo... João 16:33), assim a fé na pessoa salvífica de Jesus pode dar
animo para o vencer as frustações uma vez que se acredita tanto em uma outra vida onde em
tese não haverá mais sofrimento para os que seguem e creem e a crença na Cruz onde ele já
teria sofrido e pago o preço.