Você está na página 1de 2

Onde esta

Escrito onde, como e quem eu devo ser?

Ou nunca ousar

Um dia olhei e percebi

Que da janela não podia ver nem meio céu

Mas eu saí e descobri

Que é tão grande que não cabe em tinta e papel

Então eu fui (Pai está me ouvindo?)

Tentar voar (Pai está comigo?)

E mesmo achando que a qualquer momento vou (ia) cair

Eu consegui (Pai está me vendo?)

Saborear (Está me entendo?)

As coisas mais incriveis e impossiveis de sentir

Sei que é mais seguro no chão

Mas quero arriscar

e os mais doces prazeres virão

Não importa onde eu vou as memorias vão sempre voltar

Mas sempre haverá as perguntas a se questionar

Ah diga quem um dia poderá me olhar e aceitar

Vai vir alguém

Compartilhar os sonhos que eu vou conquistar

Eu vivo mais

Aprendo mais
E eu percebo o quanto tenho ainda a aprender

Por onde eu for (Pai eu não me calo)

O que eu fizer (Eu jamais me abalo)

Por cada metro que eu andar, tem mais a percorrer

Quem vai me condenar, só por querer voar

Não vou jamais me contentar...

Só com meio céu

Pai eu já te ouço

Pai eu já te vejo

Pai eu já te sinto

Pai eu vou voar