Você está na página 1de 28

31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Quer aprender a Dimensionar Hidrantes e Mngotinhos?! CLIQUE AQUI BUSCA 

Página inicial Sobre Contato

Quer Aprender os 4 Passos Simples para Elaborar um Projeto Contra Incêndio?

 Insira seu email aqui

RECEBER AGORA! 

 Início Saídas de emergência: como dimensionar



Saídas de emergência: como
dimensionar
 WELLINGTON  2 DE JANEIRO DE 2018  30 COMENTÁRIOS  SEM CATEGORIA

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 1/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

 TEMPO DE LEITURA: 5 MINUTOS

O elemento mais conhecido na segurança contra incêndio e pânico chama-se: Saída de Emergência.

Tenho certeza que todos já assistiram algum filme de ação onde no momento final o prédio é evacuado por causa
de uma bomba escondida e então todos os ocupantes correm para a famosa placa verde iluminada com a palavra:
SAÍDA.

Mas e se a rota de saída não tiver sido dimensionada corretamente? Certamente o filme seria de tragédia e não de
ação.

Então fazemos uma pergunta rápida ao leitor: Você sabe dimensionar uma saída de emergência?

Ok. Vamos lhe mostrar a saída para essa pergunta.

Saída de emergência, segundo a NBR 9077 da ABNT, é o caminho contínuo, devidamente protegido, a ser
percorrido pelo ocupante da edificação (em caso de incêndio ou outro sinistro) até atingir a via pública ou espaço
aberto protegido do incêndio.

A definição é bem simples como podemos observar. Mas qual seria os componentes de uma saída de emergência?

Para sabermos quais os componentes, preciso que você desenvolva comigo o que chamo de VISÃO DA VÍTIMA.

Obs: essa é a segunda visão que pedimos que você utilize. A primeira visão foi explicada no primeiro vídeo dos 04
passos simples para elaborar um PPCI. Se ainda não viu, pare um momento assista lá e volte aqui

Para utilizar a visão da vítima é bem fácil, basta se colocar no lugar desta, em meio a uma situação de pânico.
Façamos o seguinte exercício:

Imagine que você está em um apartamento no 7º andar de um prédio visitando seus familiares.
De repente soa o alarme de incêndio do prédio.
Todos correm para a porta para saírem do apartamento.
Quando você abre a porta do apartamento, consegue visualizar a porta da escada de emergência. O trajeto até
alcançar a escada é chamado de ACESSO.
Você chega até a ESCADA DE EMERGÊNCIA e começa a descer.
Ao chegar ao térreo você abre a porta da escada e enxerga a saída do prédio a 4 metros de distância. Esse
espaço que liga a escada de emergência até a área externa chama-se DESCARGA.
Finalmente você consegue sair da edificação e agora está em segurança em um ESPAÇO LIVRE EXTERIOR (ELE).

Pronto! Agora você já sabe quais são os componentes de uma saída de emergência: acesso ou rota de saída
horizontal, escada ou rampa, descarga e espaço livre exterior.

Utilizando a Visão da Vítima se torna muito mais fácil o entendimento desses elementos e como funciona toda a
trajetória de uma saída de emergência não é mesmo?

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 2/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Logo uma das funções do PPCI é dimensionar os acessos, as escadas e as descargas corretamente, de acordo com a
POPULAÇÃO e o TIPO DE OCUPAÇÃO da edificação.

Para isso usaremos a tabela 05 da NBR 9077 que estabelece a quantidade de pessoas por metro quadrado que a
edificação deve ter, de acordo com a destinação do prédio.

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 3/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Além da população a tabela nos traz o conceito de CAPACIDADE DA UNIDADE DE PASSAGEM.

Unidade de passagem é a largura mínima para a passagem de uma fila de pessoas (tal valor é fixado em
0,55m).
Capacidade da unidade de passagem é o número de pessoas que passam pela unidade de passagem em 1
minuto.

Então utiliza-se a fórmula abaixo para dimensionar as saídas de emergência:

N=P/C

Onde:

N: número de unidades de passagem

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 4/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

P: população

C: capacidade da unidade de passagem

Façamos um exercício para entendermos:

Vamos dimensionar qual a largura mínima que um hotel com 3 pavimentos, cada um com 3100 m², deve ter nos
acessos e escadas de saída de emergência.

1ª PASSO: CALCULAR A POPULAÇÃO.

Primeiro CLASSIFICA-SE a edificação com base na tabela 1 da NBR 9077, conforme imagem abaixo.

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 5/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Agora que já sabemos qual a classificação do hotel (B-1), vamos descobrir quantos HABITANTES POR METRO
QUADRADO ocupam o prédio, utilizando a tabela 5.

Pronto! Agora podemos determinar qual a POPULAÇÃO do prédio.

Como todos os pavimentos possuem 3100 m², basta dividir este valor por 15 m².

P = 3100 / 15

P = 207 pessoas

2º PASSO: CALCULAR OS ACESSOS E ESCADAS.

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 6/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Para essa etapa iremos precisar saber quais as CAPACIDADES de unidade de passagem do nosso hotel.

Na tabela podemos observar que a capacidade para acessos é igual a 60 enquanto que a capacidade para escadas é
igual a 45.

Agora usamos a fórmula: N = P / C

ACESSO

N = 207 / 60

N = 3,45

N = 4 unidades de passagem

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 7/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Por fim calculamos a largura mínima do acesso:

Lmín = 4 unidades de passagem x 0,55 metros

Lmín = 2,20 metros

ESCADA

N = 207 / 45

N = 4,6

N = 5 unidades de passagem

Calculando a largura mínima da escada:

Lmín = 5 unidades de passagem x 0,55 metros

Lmín = 2,75 metros

Viu como é FÁCIL?

Esta é apenas uma etapa no dimensionamento de saídas de emergência. Existem outras etapas muito interessantes
como: quantidade de saída de emergências que a edificação deve ter, distância máxima a ser percorrida por
qualquer pessoa até alcançar a saída de emergência, etc,

Para VOCÊ continuar aprendendo as outras etapas basta continuar acompanhando nosso site e cadastrando seu
email na lista de agraciados com conteúdo VIP :).

DICA FINAL:

1 – O dimensionamento dos acessos é realizado em função dos pavimentos que servirem à população, ou seja, se
um acesso atender 2 pavimentos, deve-se considerar a população dos 2 pavimentos no dimensionamento.

2 – O dimensionamento das escadas, rampas e descargas, é realizado em função do pavimento de maior


população, o qual determina as larguras mínimas correspondentes aos demais pavimentos.

Gostaram do artigo? Esperamos suas dúvidas, críticas e sugestões.

 Sobre Wellington

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 8/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Capitão do Corpo de Bombeiros, atuante na área técnica de prevenção e combate a incêndios há


mais de 5 anos, Analista de Projetos de PCI, especialista em Engenharia de Segurança e
Prevenção Contra Incêndio e Pânico em edificações…

 Artigos relacionados

Bombas de Incêndio, Entenda como Funcionam


NBR x Legislações Estaduais

Saiba quais Tipos de Extintores escolher

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 9/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

3 Erros Mais Comuns em PPCIs Que Você Deve Evitar a Qualquer Custo

Iluminação de Emergência

Carga de Incêndio Como Calcular? – PARTE 1

 ARTIGO ANTERIOR
Hidrante, eu preciso instalá-lo na minha edificação?

PRÓXIMO ARTIGO
Iluminação de Emergência 
http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 10/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

30 Comentários

Francisco Viana
 3 meses atrás

 Link permanente

Parabéns aos senhores criadores deste artigo.


Estas informações são preciosíssimas para a engenharia e também salva vidas.

 RESPONDER

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Olá Francisco,

Que bom que você gostou, para aumentar o nível de conhecimentos dos nossos
amigos é só compartilhar o artigo para que possamos ajudar mais pessoas.

Abraço,
Wellington Nadson

 RESPONDER

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 11/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Adilson Pereira
 3 meses atrás

 Link permanente

Bom dia Wellington

Em 1º lugar quero parabenizar a iniciativa por disponibilizar os seus conhecimentos, portanto meus
sinceros agradecimentos.

Bom, aproveito aqui as palavras da colega dizendo que também enfrento dificuldades e gostaria de
saber se vc poderia me dar dicas de como eu começaria a projetar o PPCI. Sou Engenheiro civil com
pós em engenharia de Segurança e queria muito me especializar nesta área. Qual seria o primeiro
passo a dar? Quais normas especificas eu teria que adquirir ? ou somente o COSCIP, atenderia? qual
melhor so ? -abç

 RESPONDER

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Opa, tudo certo Adilson?

Ficamos felizes que o conteúdo esteja lhe ajudando.

Uma dica, continue nos acompanhando que estamos trabalhando aqui para publicar matérias
que possam sanar a maioria dessas dúvidas que passam por sua mente.

Se cadastre para receber os 4 Passos para um PPCI Aprovado, pois eles já podem lhe dá um
norte, e toda vez que lançarmos matérias novas você será avisado de primeira mão.

Ah! Estamos preparando algo muito show para os nossos cadastrados, portanto não fique de
fora.
http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 12/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Um abraço

 RESPONDER

Grande Goés
 3 meses atrás

 Link permanente

Parabéns pelo trabalho, tem ajudado muitos alunos de engenharia de segurança do trabalho, bem
simples e explicativo.

 RESPONDER

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Oi Góes,

Fico feliz que tenha lhe ajudado, e se lhe ajudou de verdade, compartilha o
blog para que mais pessoas possam ter essa oportunidade de aprendizado

Abraço,
Wellington Nadson

 RESPONDER

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 13/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Lucas Sim Oliveira


 3 meses atrás

 Link permanente

Boa tarde meu amigo. parabéns pelo trabalho. Me tire uma dúvida. No caso para posto de
combustível, que possui área aberta, não necessita de saída de emergência. Mas as construções que
fazem parte do posto, como restaurante, escritório, depósito… como fazer esse dimensionamento?
seria no caso dimensionar cada ocupação? Obrigado!

 RESPONDER

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Olá Lucas,

Neste caso, se as demais edificações fazerem parte do posto de combustível sendo


consideradas como área de conveniência,
o correto é dimensionar as saídas de emergência considerando a classificação da maior área de
risco, neste caso o do posto de
combustível.

Mas sempre é bom saber a área total construída, para que você possa fazer o cálculo
populacional. Sabendo a quantidade
de pessoas que poderão frequentar o local com segurança, você poderá usar a fórmula que lhe
dará a quantidade em metros
linear de saídas de emergência para a classificação do local.

Com a quantidade de metros necessários para o local, é só distribuí-la observando o layout do


empreendimento.

Qualquer coisa estamos aqui.

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 14/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Abraço,
Wellington Nadson

 RESPONDER

Edson Mahfuz
 3 meses atrás

 Link permanente

olá,
parabéns pela iniciativa. este é um tema importante e quase nunca temos informação à mão, na
hora de lançar um projeto arquitetônico.

gostaria de tirar uma dúvida: seguindo as suas instruções, calculei a largura da escada de um
edifício de escritórios de 3 andares (subsolo não conta, certo?), cada um com 715 m2. para uma
população de 360 pessoas/60 cheguei a 5,1 unidades de passagem, arredondadas para 6. 6 x
0,55m= 3,3m de largura.

a dúvida é: essa é a largura de cada lance de escada, a largura total ou até mesmo pode ser
distribuída entre duas escadas. fiquei sem saber qual a largura mínima de cada lance de escada.

agradeço antecipadamente.

atenciosamente,

edson mahfuz arquiteto

 RESPONDER

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 15/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Olá Esdon, sua dúvida é muito pertinente, creio que irá ajudar aos demais

Vamos lá,
Segundo a NBR 9.077 da ABNT que trata das saídas de emergência,
As ESCADAS são dimensionadas em função do pavimento de maior população,
o qual determina as larguras mínimas para os lanços correspondentes
aos demais pavimentos,considerando-se o sentido da saída.

As larguras mínimas das saídas, em qualquer caso, deve ser a seguinte:


1,10 m, correspondendo a duas unidades de passagem de 55 cm, para as ocupações em geral.

Na sua dúvida, o cálculo realizado foi como se as 360 pessoas frequentariam por exemplo só
um pavimento o que não é o caso. Você deve pegar a população do maior pavimento, como os
pavimentos
possuem a mesma dimensão, é só utilizar os 715m² para dimensionar as escadas dos 3
pavimentos.

Fazendo dessa forma, precisamos saber qual é a população permitida à área do pavimento.
Respondendo, 7 pessoas por m², o que nos dá um total de 102 pessoas por pavimento.

Essas 102 pessoas precisaram de uma quantidade de unidade de passagem que garantam a
evacuação
de 100 pessoas por minuto.

Utilizando o cálculo dos 102/60, obtemos 1,7 de unidades de passagem.

1,7 x 0,55cm = 0,935 arrendondando para 1m de saída.

Más como mencionei logo acima, a largura mínima da saída de emergência deve
ser 1,10m.

Agora você já sabe que cada lance de escada deve ter 1,10m para garantir a evacuação
com segurança.

Ps.: O subsolo só não conta se não for habitado, caso seja, o mesmo entra no
cálculo da população bem como interferi no dimensionamento das saídas de emergência.

No mais é só

Abraço,
Wellington Nadson

 RESPONDER

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 16/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Edson Mahfuz
 3 meses atrás

 Link permanente

A explicação não poderia ser mais clara. Agradeço muito. Vou indicar o teu site para os meus
colegas.

Um abraço.

 RESPONDER

Daniel Fachin
 3 meses atrás

 Link permanente

Oi.
Permaneço com a dúvida.
Qual é a definição de “largura das saídas”? A NBR não define!!
É o somatório total das saídas?
Se a tabela da NBR indicar largura = 1,65m significa que cada saída deve possuir 1,65m ou a metade
de 1,65m que nos levaria a adotar o mínimo de 1,10m?
Parabéns pelo artigo.

 RESPONDER

Wellington

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 17/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

 3 meses atrás

 Link permanente

Olá Daniel,

Neste caso as Larguras das Saídas se refere ao valor encontrado pela fórmula N=P/C, no qual
encontramos os valores das somas dos acessos, escadas e descargas. Este valor encontrado
para cada um é distribuído levando em consideração a distância a percorrer dentro do
empreendimento obedecendo a disposição do seu layout.

Abraço!

 RESPONDER

Raduan
 3 meses atrás

 Link permanente

Boa tarde wellington!

Em primeiro lugar parabéns pela iniciativa, em transmitir seus conhecimentos que será sem dúvida
bastante útil.
Preciso de um esclarecimento sobre dimensionamento de sistemas de hidrante que alimentam
com uma só bomba dois blocos ligados entre si.
A RT juntamente com a bomba esta instalada no primeiro bloco a uma altura acima de 12 metros,
alimentando verticalmente 4 Hidrante sentido descendente, através de tubulações diâmetro de 2
pol. formando um U no subsolo e subindo no sentido ascendente no segundo bloco alimentando
também 4 hidrantes, indo até ao segundo reservatório que esta interligado ao primeiro, neste caso
não tendo bomba.
Considerando os hidrantes H1, H2, H7,H8 como sendo os mais desfavoráveis, para efeito de calculo
e dimensionamento da bomba, devo deduzir a altura descendente do primeiro bloco em mca no
calculo final, somente considerando as perdas de carga.

Grato

 RESPONDER

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 18/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Olá Raduan,

Esse tipo de dimensionamento que vocês fez referência é um caso bem interessante, obrigado
por compartilhar conosco.

Bem, primeiro, você deve verificar a legislação contra incêndio onde este empreendimento se
encontra, para checar se ela
permite ou não a utilização de um sistema de bombas compartilhado para os dois blocos.

Quanto ao cálculo, você deve sempre deduzir a altura geométrica em mca quando o sistema
hidráulico que você estiver utilizando for
de reserva técnica elevada e bomba afogada, pois esta diferença influenciará na sua altura
manométrica total.

Espero ter esclarecido, um abraço e qualquer coisa estamos por aqui.

 RESPONDER

Hugo Souza
 3 meses atrás

 Link permanente

Olá Wellington! Largura de escada…


Estou projetando um Templo Evangélico em São José do Rio Preto-SP. Estamos na classificação F-2
(1 pessoa/m²), porém, o templo tem uma área de dois pavimentos anexa a ele, isolando
completamente área de culto da “área externa” (1º pav – banheiros, cozinha, etc.; 2º pav –
banheiros, salas de aula e salas administrativas). Minhas dúvidas:

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 19/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

– A IT 11 diz que devo considerar beirais e platibandas no cálculo de população. Considero isso no
1º ou no 2º pavimento?
– Em virtude da classificação, a escada de saída dessa área superior está resultando em uma largura
de 2,20 m e não disponho deste espaço. Devo considerar 1 pessoa/m² para evacuação da área
superior mesmo não sendo “local de reunião”?
– As salas administrativas não são usadas no momento de culto (grande fluxo); considero esta área
no cálculo mesmo assim?

Agradeço muito a sua atenção. Deus abençoe!

 RESPONDER

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Olá Hugo,

Obrigado por compartilhar suas dúvidas…

Vamos à 1ª das três dúvidas enviadas pelo meu amigo, como neste caso o dimensionamento
tratado é sobre as saídas de emergências, você deve observar qual dos dois tem maior área de
pavimento, pois o que possuir maior área será o referencial para o cálculo das saídas, caso os
pavimentos tenham mesmo tamanho de área, você poderá utilizar qualquer pavimento para
o dimensionamento das escadas. Quanto ao quesito dos beirais e platibandas, os mesmos são
considerados como um “prolongamento da área coberta”, por isso a observância da utilização
dos mesmos enquadrados como área construída da edificação.

2ª das três dúvidas, esse prédio administrativo (que ao meu ver na classificação da ocupação
acabará sendo enquadrada com educacional pelas salas de aulas) terá uma capacidade de
público no segundo pavimento de 300 pessoas?… Se a resposta for SIM, com certeza a largura
da escada deverá ser de 2,20m.
Porém, se a mesma for enquadrada como educacional, ela terá a exigência de 1 pessoa por
1,50m² de área de sala de aula, o que reduz consideravelmente as exigências de dimensões da
sua saída de emergência. Mais lembre-se para que este prédio possa ser enquadrado com uma
edificação isolada da principal (o templo), deve ser obedecido o cálculo disposto pela IT 07 –
Separação entre edificações (isolamento de risco).

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 20/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

3ª das três dúvidas, a resposta deste dependerá se a edificação administrativa se enquadrará ou


não como sendo um risco isolado, ou seja, se você responder a segunda questão acima saberá a
resposta da 3ª.

Espero ter ajudado, caso tenha ficado mais alguma dúvida estarei aqui, um abraço!

 RESPONDER

Hugo Souza
 3 meses atrás

 Link permanente

No mesmo assunto:
A IT 07 não me permitiu separar a edificação pois tenho duas partes GEMINADAS. Deixe-me
ser mais claro e já acrescentar mais questões:

Parte 1 (Nave com mezanino) – Dimensiono a largura da escada do mezanino somente com
a população da área do mezanino ou considero a nave como “pavimento de maior área”?

Parte 2 (Prédio de 2 pavimentos iguais anexo, por toda a extensão na nave) – Existe uma
escada neste anexo que não envolve as pessoas da nave (em utilização as duas partes são
completamente distintas). Para dimensionar a largura desta escada eu considero somente a
área da parte superior do anexo? Se eu não considerar o beiral para esta escada (e
considerá-lo para as portas de saída do térreo), a respectiva largura cai para 1,65 m. Devo
considerar área de banheiro, corredor e salas que eu sei que estarão vazias?

Muito obrigado pela atenção!

 RESPONDER

Wellington
 3 meses atrás

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 21/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

 Link permanente

Resposta da parte 1,

A NBR 9.077 no item 4.4.1.1 no diz que a largura das saídas deve ser dimensionada em
função do número de pessoas que por elas deva transitar, sendo que na alínea b é
mencionado que as escadas são dimensionadas em função do PAVIMENTO DE MAIOR
POPULAÇÃO, o qual determina as larguras mínimas para os lanços correspondentes aos
DEMAIS PAVIMENTOS, considerando-se o sentido da saída.

Pelo item mencionado logo acima temos a impressão que você deveria dimensionar a
escada considerando a Nave, porém ao meu ver, essa alínea b mencionada só seria
levada em consideração para edificações com um maior número de pavimentos.

Já se tratando de um mezanino, o cálculo da escada deveria ser feita utilizando a


população que irá ocupar este local.

Resposta Parte 2, A escada do anexo levará em conta a população que irá frequentar o
pavimento superior, neste caso não fazemos suposições que as salas estarão vazias,
mais sim de que um dia estas poderão ser utilizadas em sua capacidade total. No item
4.3.4 é mencionado os locais que são excluídos do cálculo da população para este
dimensionamento: as áreas de sanitários nas ocupações E e F são excluídas das áreas de
pavimento.

Mais uma vez espero ter esclarecido.

 RESPONDER

Hugo Souza
 3 meses atrás

 Link permanente

O projeto estava pronto e eu não tinha conhecimento do cálculo de largura! Com


sua ajuda consegui colocar escadas corretas sem ferir o layout que estava pronto…

Muito obrigado Capitão…

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 22/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Que bom que deu tudo certo Hugo, disponha.

Erisson Lima
 3 meses atrás

 Link permanente

Parabéns meu amigo,

Muito boa a explicação, estava com umas duvidas e foram rapidamente sanadas com suas
explicações.

Muito obrigado por compartilhar o seu conhecimento.

 RESPONDER

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Disponha Erisson.

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 23/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

 RESPONDER

Gabriela
 3 meses atrás

 Link permanente

Nossa! Artigo excelente! E obrigada por responder às dúvidas de todos porque algumas delas
podem ser a de outras pessoas também.

Ai vai a minha haha vi ali em cima um rapaz perguntando sobre templo e instiuição de ensino e vc
respondeu “Porém, se a mesma for enquadrada como educacional, ela terá a exigência de 1 pessoa
por 1,50m² de área de sala de aula, o que reduz consideravelmente as exigências de dimensões da
sua saída de emergência”. O 1,50m eu achava que era em relação a todo o pavimento e por conta
disso a metragem das escadas estava passando dos 14m e não conseguiamos descobrir em lugar
algum a resposta desse número absurdo. Segue abaixo o cálculo:
Dados necessários -> edificação tipo E-1 -> Grupo N: H12 Grupo W: Edificação muito grande: Q ->
Área do maior pavimento=3.920,74m²
1 pessoa por 1,50m² Acessos e descarga = 100u Escadas = 60u Portas = 100u

Cálculo:
N=P/C
População = 3.920,74/1,50 = 2.614 pessoas
Acessos e portas:
N=2614/100 = 26,14 = 27 unidades de passagem = 14,85m
Escadas:
N=2614/60 = 43,56 = 44 unidades de passagem = 24,20m

A 2ª dúvida é: De acordo com a 9077 devo usar ao menos 2 escadas à prova de fumaça. Já a
Instrução Técnica n°11/2014 gerou o resultado de 1 escada enclausurada. Qual das duas eu deveria
considerar?

 RESPONDER

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 24/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Wellington
 3 meses atrás

 Link permanente

Olá Gabriela, fico muito feliz que o nosso conteúdo esteja lhe ajudando.

Vamos as respostas as suas dúvidas:

Quanto a qual norma utilizar, se o seu Estado não possuísse legislação e nem instrução técnica,
o aconselhado seria a utilização da NBR, porém como São Paulo possui os dois, você deverá
utilizar a instrução técnica específica de saída de emergência, ok?…

No caso do dimensionamento mencionado por você logo acima, a NBR 9077 nos diz que as
saídas de emergências de uma edificação são dimensionadas em função da população que irá
frequentá-la.
Logo, o grande influenciador das possíveis dimensões a serem adotadas são o correto cálculo
da sua população.

Lembre-se que para os tipos de ocupação E, as áreas de sanitários são excluídas da área de
pavimento.

Continuando, a sua população deste pavimento irá fraquentar que local? as salas de aulas
correto? (creio que sim. não é mesmo)… Logo, não há necessidade de considerar corredores e
outras áreas para saber a população do pavimento. Vamos usar um pouco do raciocínio do
Desempenho e não o da Prescrição blz?…

Sendo assim, você pega a área de cada sala e faz o cálculo do público máximo para ela
conforme a Tabela 5 da NBR 9077. No final você soma toda as populações das salas e
dimensiona os acessos, portas e escadas em cima dela.

Atente para a distância máxima a percorrer, bem como para a quantidade mínima de saídas
exigidas por norma. E como foi dito, são quantidades mínimas, se no seu cálculo após instalado
a quantidade mínima de saídas e ainda houver necessidade de anteder o número de unidades
de passagens calculado, logicamente você deverá acrescentar mais saídas até satisfazer esse
valor.

Espero ter esclarecido um pouco para vc.

Abraços,
Wellington Nadson

 RESPONDER

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 25/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Felipe Rodrigues
 2 meses atrás

 Link permanente

Boa Tarde Wellington,

Primeiramente gostaria de parabenizar pelo conteúdo do blog, sem dúvida nenhuma, está
ajudando muita gente!
Estou fazendo um Projeto de Prevenção de Incêndio para um Hostel que será montado na minha
cidade, habitação do tipo B-1, e surgiram algumas dúvidas em relação ao cálculo das saídas de
emergência e da população máxima permitida no estabelecimento.

Segundo a IT 08 do CBMMG é utilizado o valor de 1 pessoa a cada 15m² por área de pavimento que
atende a população excetuando cozinhas e seus anexos, onde é utilizado o valor de 1 pessoa a cada
7m².

A área total construída do imóvel, de apenas um pavimento, é de 207,48m² e a área ocupada pela
cozinha é de 18m², logo a área “A” = 207,48 – 18 = 189,48 m² .
Sendo assim, os cálculos serão os seguintes:

População “A” = 189,48 / 15 = 12,632 pessoas


População “B”= 18 / 7 = 2,57 pessoas
Logo, P = 12,632 + 2,75 = 15,19, aproximadamente 15 pessoas.

Os cálculos estão corretos?


E esse valor de P encontrado é o valor para a população máxima permitida na ocupação?

Desde já agradeço.

 RESPONDER

Wellington
 2 meses atrás

 Link permanente

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 26/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

Olá Felipe, tudo bom, ficamos felizes que o conteúdo esteja agregando valor.

O seu raciocínio está correto, apenas chamo sua atenção para um detalhe,
observe que apesar de matematicamente os seus cálculos estarem certos, quando
se trata de dimensionamento da população da edificação e das saídas de emergências,
os valores encontrados devem ser arredondados.

No seu caso, você encontrou na área “A” o valor de 12,632 pessoas, mas sabemos que
existem 12 pessoas neste local, e não 12 e uma fração. Da mesma forma na área da cozinha.

Logo, para efeitos de dimensionamentos, você terá 12 pessoas mais 2, totalizando uma
população
de 14 pessoas no máximo para o empreendimento.

Um abraço e me coloco a disposição,


Wellington Nadson

 RESPONDER

Flora Agni
 2 meses atrás

 Link permanente

“Existem outras etapas muito interessantes como: quantidade de saída de emergências que a
edificação deve ter”
Poderia explicar como se calcula quantas saídas uma edificação deve ter?
Obrigada!!
Amei este site!!

 RESPONDER

Rômulo
http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 27/28
31/03/2018 Saídas de emergência: como dimensionar

 2 semanas atrás

 Link permanente

Boa tarde, Wellington Nadson.

Trabalho em uma escola em Fortaleza e gostaria de saber o tamanho padrão de comprimento e


altura do portão para saída de emergência dos alunos

 RESPONDER

Rômulo
 2 semanas atrás

 Link permanente

No caso tenho aqui 500 alunos dia.

 RESPONDER

Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 Comentário

http://fireprotection.com.br/saidas-de-emergencia-como-dimensionar/ 28/28

Você também pode gostar