Você está na página 1de 12

Visto:

CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 01

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

1ª QUESTÃO (08 escores)

MÚLTIPLA ESCOLHA

ESCOLHA A ÚNICA RESPOSTA CERTA, ASSINALANDO-A COM UM “X” NOS PARÊNTESES À ESQUERDA
E TRANSCREVENDO-A PARA A TABELA DE RESPOSTAS. SÓ SERÃO CONSIDERADAS AS
OPÇÕES ASSINALADAS NA TABELA DE RESPOSTAS AO FINAL DESTA PROVA.

01. Em grande parte da nossa vida, somos estimulados e respondemos aos elementos do ambiente. A
cada estímulo externo (como o cheiro de um alimento ou o som de uma buzina) e mesmo interno
(como dor ou sensação de fome), o organismo reage de certo modo. Para compreendermos como
isso tudo ocorre, temos que entender o funcionamento básico do sistema nervoso e suas inter-
relações. Analise o esquema a seguir que representa, de maneira simplificada, as inter-relações do
sistema nervoso.

(Disponível em:<https://djalmasantos.wordpress.com>. Acesso em: 09 set. 2016.)

Tendo por base a análise realizada e as discussões promovidas em sala de aula, assinale a alternativa
correta:

( A ) 1 representa uma fibra sensorial do sistema nervoso somático.


( B ) 2 representa uma fibra motora do sistema nervoso simpático.
( C ) 1 e 4 representam fibras motoras do sistema nervoso autônomo.
( D ) 3 e 4 representam fibras do sistema nervoso autônomo.
( E ) 3 representa uma fibra motora e 4 uma fibra sensorial.

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 02

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

02. A respeito da sinapse representada a seguir, é correto afirmar que:

(Disponível em:<https://djalmasantos.wordpress.com>. Acesso em: 09 set. 2016.)

( A ) só está presente no sistema nervoso central e relaciona-se à passagem de impulso de um


neurônio para outro.
( B ) o impulso nervoso está presente no sistema nervoso central e ele passa de 2 para 1.
( C ) a liberação das substâncias presentes em 3 determina a passagem de impulso de um
neurônio para outro.
( D ) as substâncias presentes em 3 são produzidas exclusivamente nas células desse sistema.
( E ) é possível haver contato físico entre 1 e 2.

03. (COVEST - modificada) A unidade estrutural e funcional do sistema nervoso é o neurônio que é
especializado na comunicação rápida, e tem como função básica o recebimento, o processamento e o
envio de informações. O neurônio é constituído por basicamente três partes: os dendritos, o corpo
celular e o axônio. Observando o esquema a seguir, que representa uma “parte” de um axônio de
um neurônio em repouso, podemos afirmar que, nestas condições:

(Disponível em:<https://djalmasantos.wordpress.com>. Acesso em: 09 set. 2016.)

( A ) Se a membrana do neurônio for atingida por um estímulo, as quantidades de


íons Na+ e K+ dentro e fora da membrana se igualam.
( B ) Devido à diferença de cargas entre as faces externa e interna, o neurônio está
polarizado.
( C ) A ocorrência do impulso nervoso depende de estímulos de natureza elétrica.
( D ) A quantidade de íons K+ é menor na parte interna do neurônio, devido à sua saída por osmose.
( E ) As concentrações dos íons Na+ e K+ se fazem sem gasto de energia, sendo exemplo de
transporte ativo.

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 03

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

04. A maior parte das atividades humanas está sob o controle de nossa vontade, enquanto outras
ocorrem de forma autônoma. Analise a representação abaixo. Na sua análise considere o
neurotransmissor geralmente liberado em cada caso e assinale a alternativa que completa as lacunas
1, 2 e 3, nesta ordem.

Disponível em:<https://djalmasantos.wordpress.com>. Acesso em: 09 set. 2016.

( A ) (1) SNP somático (2) noradrenalina (3) acetilcolina.


( B ) (1) SNP voluntário (2) tiroxina (3) adrenalina.
( C ) (1) SNP visceral (2) adrenalina (3) tiroxina.
( D ) (1) SNP somático (2) somatotrofina (3) noradrenalina.
( E ) (1) SNP visceral (2) acetilcolina (3) somatotrofina.

05. (UEPB) Leia os versos da canção abaixo.

“Mandacaru quando fulora na seca


É um sinal que a chuva chega no sertão
Toda menina que enjoa da boneca
É sinal que o amor já chegou no coração…”
(Música: Xote das Meninas – Luiz Gonzaga e Zé Dantas)

Os versos acima retratam o fenômeno biológico da floração. Sobre esse processo, analise as
afirmações abaixo:
I. Quanto ao fotoperíodo, os vegetais podem ser classificados como plantas neutras, plantas de dias
curtos (PDC) e plantas de dias longos (PDL).
II. O comprimento do dia, e não o da noite, é o fator decisivo para a floração vegetal.
III. Os fitocromos são importantes na germinação de sementes, no desenvolvimento normal/
estiolamento, mas não interferem na floração, que é controlada pelos florígenos.
IV. Os fitocromos participantes da floração ficam nas folhas, logo, plantas com folhas florescem
quando submetidas ao fotoperíodo adequado, ou seja, aquele que desencadeia a produção dos
florígenos.
V. Segundo a música acima citada, o mandacaru é um exemplo de planta de dia longo, sendo esta
uma das causas do seu sucesso adaptativo às condições climáticas do Nordeste brasileiro.
Estão corretas:

( A ) I, III e V.
( B ) I e V, apenas.
( C ) I, II e III.
( D ) III e V, apenas.
( E ) I, IV e V.

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 04

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

06. Um professor combinou com seus alunos de visitar uma região onde ocorria extração de minério a
céu aberto, com a intenção de mostrar-lhes os efeitos ambientais produzidos por aquela atividade.
Durante o trajeto, o professor ia propondo desafios a partir das situações do diadia, vivenciadas ao
longo do passeio. Uma questão proposta pelo professor relacionava-se à grande quantidade de poeira
e fuligem depositada sobre a vegetação em torno da área da mineração. Sabendo que a poeira e a
fuligem quando em grande concentração na atmosfera pode bloquear a radiação solar. Em relação a
esse fato, o professor alertou para os prejuízos provocados nas funções das plantas dando ênfase a
uma função em particular. Nesse caso, a função vegetal que estaria diretamente prejudicada é a

( A ) fotossíntese.
( B ) germinação.
( C ) gutação.
( D ) geotropismo.
( E ) via simplástica.

07. Ainda visitando a região de extração de minério a céu aberto os alunos notaram que arbustos de uma
mesma espécie, localizados mais próximos da mineração, eram menores do que aqueles mais
afastados. Tal fato foi comunicado ao professor que imediatamente esboçou, conforme esquema
abaixo, um gráfico de compensação fótica para a espécie desse arbusto:

(Disponível em:<http://questoesbiologicas.blogspot.com.br/2012/10/biologia-ufrn.html>. Acesso em: 09 set. 2016.)

Com base na análise do gráfico de compensação fótica pode-se afirmar que a situação dos arbustos
menores está melhor expressa em:

( A ) I.
( B ) II.
( C ) III.
( D ) IV.
( E ) I e IV .

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 05

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

08. É comum ouvir frases rotineiras relacionadas ao desenvolvimento vegetal e à maturação dos frutos.
Analise as frases a seguir e indique a única situação em que a justificativa NÃO se relaciona à prática
popular.
( A ) “Plantas que crescem rápido demais não são boas.” Essa frase se explica pela ação excessiva do
hormônio giberelina, que atua no alongamento celular.
( B ) “Não deixe um fruto podre perto de outros, pois os outros irão apodrecer também.” Essa prática
indica a ação do etileno, liberado pelo fruto maduro, que induzirá a maturação dos frutos
próximos.
( C ) “Não coma uva sem sementes, pois esses frutos não são naturais e fazem mal à saúde.” Essa
expressão não possui fundamento, pois frutos partenocárpicos (desenvolvidos sem que ocorra a
fecundação) podem ser cultivados com o uso de fitormônios como as giberelinas.
( D ) “Para que a planta cresça bem é preciso ser podada regularmente”. O corte induz a
planta a produzir o ácido abscísico, importante regulador do crescimento das gemas
laterais e apical.
( E ) “A semente só germina no tempo certo”. A semente precisa encontrar as condições ideais para
que possa germinar, assim pode ocorrer o controle hormonal ou a necessidade de agentes
externos (como aquecimento ou ingestão por animais) para que o embrião da planta seja
ativado.”

2ª QUESTÃO (12 escores)

CORRESPONDÊNCIA

EXISTEM A SEGUIR VÁRIOS CONCEITOS EM COLUNAS. COLOQUE NOS PARÊNTESES DA


COLUNA DA DIREITA O NÚMERO QUE JULGAR CORRESPONDER AO CONCEITO DA COLUNA DA
ESQUERDA. CASO NÃO HAJA CORRESPONDÊNCIA, DÊ UM TRAÇO. LEVE EM CONTA QUE PODERÁ
HAVER REPETIÇÃO DE NÚMEROS. TRANSCREVA PARA A TABELA DE RESPOSTAS. SÓ SERÃO
CONSIDERADAS AS OPÇÕES ASSINALADAS NA TABELA DE RESPOSTAS AO FINAL DESTA
PROVA.

09. O sistema nervoso controla e regula as atividades e funções do nosso organismo em parceria com o
sistema endócrino. Relacione as estruturas do sistema nervoso com suas definições e/ou funções.
ÓRGÃOS: DEFINIÇÕES:
1. Cérebro. ( 1 ) Parte mais volumosa do encéfalo, localizada na parte
superior do crânio, em que são processadas as
informações conduzidas pelas fibras nervosas.
2. Cerebelo. ( 4 ) Cada uma das membranas de tecido conjuntivo que
revestem o encéfalo e a medula espinhal.
3. Hipotálamo. ( 5 ) É constituído pelo encéfalo e a medula espinhal.
4. Meninge. ( 2 ) Região especializada do encéfalo, localizada na parte
posterior do crânio, que coordena as ações musculares
e o equilíbrio corporal.
5. Sistema nervoso central. ( - ) Estrutura que atua como centro de integração das
informações que chegam ao encéfalo, direcionando-as
para as diversas partes do córtex cerebral.
6. Sistema nervoso periférico. ( 3 ) Porção do encéfalo responsável pelas funções de
manutenção da homeostase e que integra o sistema
nervoso ao sistema endócrino.
( 6 ) Parte do sistema nervoso formado pelos nervos e
gânglios nervosos.

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 06

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

10. (UEL - PR) "Nos vegetais superiores, a regulação do metabolismo, o crescimento e a morfogênese
muitas vezes dependem de sinais químicos de uma parte da planta para outra, conhecidos como
hormônios, os quais interagem com proteínas específicas, denominadas receptoras”.
(TAIZ, L.; ZEIGER, E. "Fisiologia vegetal". 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre hormônios vegetais, faça a correspondência entre
os hormônios vegetais e seus mecanismos de ação.

HORMONIOS VEGETAIS: MECANISMOS DE AÇÃO:


1. Auxina. ( 4 ) Afeta o crescimento e a diferenciação das raízes;
estimula a divisão e o crescimento celular; estimula a
germinação e a floração; retarda o envelhecimento.
2. Giberelina. ( 3 ) Promove o amadurecimento dos frutos; antagoniza ou
reduz os efeitos da auxina; promove ou inibe,
dependendo da espécie o crescimento e o
desenvolvimento de raízes, folhas e flores.
3. Citocinina. ( 1 ) Estimula o alongamento de caule e raiz; atua no
fototropismo, no geotropismo, na dominância apical e
no desenvolvimento dos frutos.
4. Etileno. ( 2 ) Promove a germinação de sementes e brotos; estimula
a elongação do caule, o crescimento das folhas, a
floração e o desenvolvimento de frutos.
( - ) Afeta o crescimento e a diferenciação das raízes e ao
mesmo tempo promove o amadurecimento dos frutos.

3ª QUESTÃO (30 escores)

DÊ O QUE SE PEDE

A reportagem da revista abaixo auxilia na elaboração e na resolução dos itens 11 a 14.

(Disponível em:<http://www.kotonette.com/2009/06/revista-mundo-estranho-junho-2009-ed-n.htm >. Acesso em: 10 set.2016)

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 07

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

Anatomia de um Monstro:

Músculos superpoderosos, grandes caninos retráteis, ausência de respiração… Essas são algumas das
características fantásticas do corpo dos vampiros. Veja como seria o funcionamento do organismo desse ser
sobrenatural:
Cérebro:
O sistema nervoso de um vampiro é similar ao de um humano, mas há grandes diferenças na quantidade de
neurotransmissores. Por exemplo, seu cérebro tem baixos níveis de serotonina, o que acaba influenciando no
comportamento agressivo.
Olhos:
As pupilas dos vampiros são hiperdilatadas, garantindo ótima visão noturna – como a de um lobo – além daquela
aparência assustadora, com os olhos negros e profundos. É por causa dessa hiperdilatação que eles ficam
ceguetas na claridade. Uma inflamação da parte branca dos olhos tinge esta área de vermelho, aumentando o
visual ameaçador.
Olfato e Audição:
Com o dobro de células sensoriais no ouvido e nas narinas em comparação aos humanos, eles são capazes de
perceber a presença de uma pessoa a centenas de metros. E, se a presa já estiver sangrando, ele detecta o alvo
mais facilmente ainda, como um tubarão.
Caninos:
Seus caninos sofrem transformações radicais. Na hora do ataque, os dentes aumentam de tamanho, ficando
perfeitos para cravar na jugular de suas presas. Como os dentões são retráteis, a criatura pode viver entre os
humanos sem ser desmascarada. Um maior fluxo de sangue para a região é que faria o canino crescer na hora do
ataque.

Pele:

Criaturas da noite por excelência, os vampiros nunca se expõem à luz solar. Isso explica, em parte, por que sua
pele é branca como mármore. A falta de melanina também colabora para a palidez da pele, que é fria, em torno
dos 16ºC.
Ossos e Músculos:

Com cerca de 90% dos músculos formados por fibras que permitem explosões máximas de energia – quase o
dobro do que em humanos –, os vampiros teriam a agilidade de um guepardo, um dos felinos mais velozes do
mundo, e a força de um urso.
Sistema Digestivo:

Como eles só se alimentam de sangue – que é todo absorvido no estômago e intestino –, a parte final do
sistema digestivo fica sem função e atrofia, livrando o bicho das idas ao banheiro. Se o vampiro ingerir algum
rango normal, passa mal e vomita tudo junto com o sangue.

Unhas:

As unhas da criatura seriam pontiagudas, afiadas e duras como vidro, deixando no chinelo as garras de
qualquer predador.
Órgãos Sexuais:

Os dentuções não se reproduzem sexualmente, pois ficam estéreis na hora da transformação. Além disso, por
falta de uso, seus órgãos internos – inclusive os sexuais – se atrofiam e perdem a função.

DNA Mutante:

A longevidade dos vampiros não se deve a um pacto com o Diabo, mas, sim, ao DNA capaz de resistir ao
envelhecimento. Ele também teria uma capacidade sobrenatural de mutação, permitindo ao bicho se
metamorfosear em outras criaturas, como ratos e morcegos.

Sistema Circulatório:

A maior diferença entre vampiros e humanos está no sistema circulatório. Apesar de o coração não bater, o
sangue é vital para seu organismo. Veja por que.

1. Depois que um vampiro ataca, o sangue sugado por ele vai direto para o estômago e, daí, para o intestino.
Esses órgãos são envolvidos por uma extensa rede de vasos por onde o líquido é drenado.

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 08

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

2. Como o coração não funciona, o transporte do sangue precisa ser feito de outra forma. Uma hipótese
levantada pelos vampirólogos é que isso aconteceria por meio de células e de agentes químicos místicos com o
poder de fazer o plasma se mover.

3. Um desses agentes, o Flobotnobacteria augeria, teria a capacidade de se aglomerar em tecidos necrosados,


regenerando-o. Para curar um corte na pele, por exemplo, o F. augeria faria o sangue se concentrar na região,
fechando a ferida.

4. Mesmo atrofiado, o coração é vital, pois todo o sangue passa por ali no trajeto pelo corpo. Isso explica por
que ele morre com uma estaca no peito. O F. augeria reage ao ferimento como se fosse um tecido necrosado e
acumula ao redor da estaca. Com isso, mina a passagem de sangue para o resto do corpo, provocando sua
decomposição.

(Disponível em:<http://twilighthatersbrasil.wordpress.com/2009/06/20/mundo-estranho-apresenta-vampiros-de-carne-e-
osso/>. Acesso em: 10 set.2016)

11. Tendo como base seus conhecimentos de fisiologia humana e, sabendo que um dia os vampiros
também foram humanos, relacione o fato de o coração deles não funcionar (ser atrofiado) ao não
funcionamento do sistema respiratório (ausência de respiração). (04 escores)

O fato de o coração não funcionar impossibilita o bombeamento de sangue para os pulmões


√a fim de acontecer a hematose;√ ou seja, a troca de sangue venoso, pobre em oxigênio√,
por sangue arterial, rico em oxigênio√.__________________________________________

12. Para um vampiro, sangue é alimento. Num ser humano normal, como o sistema circulatório se
relaciona com o sistema digestório? (02 escores)

Os nutrientes obtidos a partir da digestão são absorvidos√ pelo sangue no intestino de uma
pessoa normal. √___________________________________________________________

13. Além da falta de uso, a falta de irrigação sanguínea pode ocasionar o mau funcionamento dos órgãos
reprodutores dos vampiros. Cite duas causas da falta de circulação sanguínea que podem acarretar
sua esterilidade (órgãos sexuais atrofiados). (02 escores)

Os nutrientes√ obtidos da digestão e os hormônios sexuais produzidos pelas glândulas


endócrinas não chegam a esses órgãos, via sangue. √______________________________

14. Explique a função dos neurotransmissores no cérebro, tanto de humanos quanto de vampiros (já que
são sistemas similares). (02 escores)

Os neurotransmissores permitem a propagação do impulso nervoso√ nas sinapses.√ _____

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 09

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

15. As flores das angiospermas se diferenciam das chamadas flores das gimnospermas por alguns
aspectos evolutivos que vão interferir na sua polinização. Observe as imagens abaixo, visualizando as
diferenças entre os órgãos reprodutivos destes dois grupos de plantas.

1 5
A B

2
6
3 4

3
8
9
7

Figura x Figura y

(Disponível em:<https://djalmasantos.wordpress.com>. Acesso em: 09 set. 2016.)

Tendo por base a análise das duas imagens realizada e as discussões sobre o tema, promovidas
em sala de aula e nas aulas práticas de laboratório, responda aos itens a), b) c) e d).

a) O que representam, respectivamente, as imagens A e B? (02 escores)

A: estróbilo masculino.√___________________________________________________
B: estróbilo feminino.√____________________________________________________

b) A que grupo de plantas pertencem as estruturas A e B? (01 escore)

Pertencem ao grupo das Gimnospermas. √____________________________________

c) Quais os números da figura y que representam a parte feminina da flor? (04 escores)

Os números 1, √ 2, √ 3√ e 4. √_____________________________________________

d) Por que a estrutura reprodutiva da figura x não é polinizada por animais? (02 escores)

Porque ela não é colorida,√ nem exala perfume.√ ______________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 10

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

16. (UFMG) O esquema a seguir refere-se ao reino Metaphyta ou Plantae:

(Disponível em:<http://www.kotonette.com/2009/06/revista-mundo-estranho-junho-2009-ed-n.htm >. Acesso em: 10. set. 2016)

Considerando que 1 representa as algas, indique os nomes dos grupos vegetais indicados pelos
números 2, 3, 4 e 5. (04 escores)

Grupo 2 são as briófitas; √


Grupo 3 são as pteridófitas; √
Grupo 4 são as gimnospermas; √
Grupo 5 são as angiospermas.√

17. (FUVEST) O esquema a seguir representa um experimento em que plantas foram colocadas em
tubos, com igual quantidade de água, devidamente vedadas para evitar a evaporação. A planta do
tubo A foi mantida intacta, a do tubo B teve suas folhas totalmente cobertas por uma camada de
vaselina. Cada tubo mostra o nível da água no início do experimento (Ni) e no final (Nf).

(Disponível em:<http://simuladaodombosco.com.br/curso/estudemais/biologia/grandes_grupos.php#questao1>. Acesso em: 10.


set. 2016)

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 11

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

a) Por que os níveis da água ficaram diferentes nos tubos A e B? (02 escores)

A planta A, que teve suas folhas cobertas por vaselina,√ transpirará muito menos do que
a planta B. √____________________________________________________________

b) Que estruturas da epiderme foliar tiveram seu funcionamento afetado pela vaselina? (01 escore)

Os estômatos. √_________________________________________________________

c) Qual o papel dessas estruturas da epiderme para que a planta realize fotossíntese? (01 escore)

Estômatos são estruturas epidérmicas responsáveis pela captação de gás carbônico√,


matéria-prima necessária para a fotossíntese.__________________________________

18. Estudos realizados no laboratório de Biologia do CMCG mostraram que nos caules da planta do feijão
há forte correlação entre a taxa de crescimento desse órgão e a quantidade de hormônio difusível.
Assim, a distribuição desigual desse hormônio no caule é um dos fatores que podem ocasionar a sua
curvatura, como mostra a figura a seguir.

(Disponível em:<http://simuladaodombosco.com.br/curso/estudemais/biologia/grandes_grupos.php#questao1>. Acesso em 10.


set. 2016)

Sabendo que as plantas em geral produzem uma série de hormônios que regulam suas atividades
metabólicas e que diferentes órgãos de uma planta respondem de forma muito particular à
concentração dos hormônios vegetais, responda aos subitens a), b) e c) a seguir.

a) Qual o hormônio diretamente envolvido na curvatura do caule? (01 escore)

AIA (ácido indol-acético) ou auxina. √_______________________________________

b) Qual o fator externo, representado pelo número I, que induz a curvatura do caule? (01 escore)

Iluminação.√___________________________________________________________

c) Que nome recebe o movimento de curvatura, representado na figura anterior? (01 escore)

Fototropismo positivo.√___________________________________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


Visto:
CMCG AE3/2016 – BIOLOGIA 2º ANO DO ENS. MÉDIO 1ª CHAMADA 12

GABARITO Assinada por:


ProfªAdriane/Prof. Ailton

FOLHA DE RESPOSTAS

1ª QUESTÃO

- TABELA DE RESPOSTAS -
SÓ SERÃO CONSIDERADAS AS OPÇÕES ASSINALADAS NESTA TABELA

ITENS
OPÇÕES
01 02 03 04 05 06 07 08
A X X
B X X
C X X
D X
E X

FOLHA DE RESPOSTAS

2ª QUESTÃO: CORRESPONDÊNCIA

item 09 item 10

( 1 ) ( 4 )
( 4 ) ( 3 )
( 5 ) ( 1 )
( 2 ) ( 2 )
( - ) ( - )
( 3 )
( 6 )

Correção gramatical e/ou apresentação da prova: 0,0 ponto.

FIM DA PROVA

SSAA / STE / CMCG 2016