Você está na página 1de 16

CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 01 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

1ª QUESTÃO (12 escores)

ESCOLHA A ÚNICA RESPOSTA CERTA, ASSINALANDO-A COM UM “X” NOS PARÊNTESES À ESQUERDA
E TRANSCREVENDO-A PARA A TABELA DE RESPOSTAS. SÓ SERÃO CONSIDERADAS AS
OPÇÕES ASSINALADAS NA TABELA DE RESPOSTAS AO FINAL DESTA QUESTÃO.

ESCOLHA A ÚNICA RESPOSTA CERTA, ASSINALANDO-A COM UM “X” NOS PARÊNTESES À ESQUERDA.

01. Em relação ao fluxo de energia na biosfera, considere que

- A representa a energia captada pelos produtores;


- B representa a energia liberada (perdida) pelos seres vivos;
- C representa a energia retida (incorporada) pelos seres vivos.

A relação entre A, B e C na biosfera está representada corretamente em:

( A ) A < B < C.
( B ) A < C < B.
( C ) A = B = C.
( D) A = B + C.
( E ) A + C = B.

02. A cadeia alimentar de um ecossistema aquático está representado abaixo.

Algas → microcrustáceos → moluscos → peixes → mergulhões

O nível trófico ocupado por microcrustáceos é classificado corretamente como:

( A ) consumidor primário.
( B ) consumidor secundário.
( C ) produtores.
( D ) decompositores.
( E ) consumidor terciário.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 02 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

Observe o poema abaixo e responda ao item 03.

O capim nasce da terra / Tão viçoso tão verdinho /


Tem no solo minerais / Que alimentam ele todinho
Depois vira um alimento / Vem os bichos no momento
Comem o capim no caminho
Um alegre veadinho / Vem ali para pastar
Aparece é um leão / Com uma fome de matar
O leão vem e detona / É assim que funciona
A cadeia alimentar

(SALES, Allan. Disponível em: <http://allancordelista.blogspot.com.br/2008/02/cadeia-alimentar-letra-de msica-dapea.html>.


Acesso em: 21 mar. 2016).

03. No texto acima, o capim, o veado e o leão, respectivamente, são exemplos de:

( A ) produtor, consumidor primário e consumidor secundário.


( B ) consumidor primário, consumidor secundário e produtor.
( C ) produtor, consumidor secundário e decompositor.
( D ) produtor, consumidor primário e consumidor terciário.
( E ) decompositor, produtor e consumidor primário.

04. O solo pode ser conceituado como um manto superficial formado por rocha desagregada e,
eventualmente, cinzas vulcânicas, em mistura com matéria orgânica em decomposição, contendo,
ainda, água e ar em proporções variáveis e organismos vivos.
(Disponível em:<http://tinyurl.com/plpxund> Acesso em: 05.mar.2016).

Como exemplos de matéria orgânica, é correto citar:

( A ) sal de cozinha e vidro.


( B ) sal de cozinha e água.
( C ) amido e folhas.
( D ) amido e água.
( E ) vidro e folhas.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 03 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

Analise as relações entre os seres vivos na teia alimentar esquematizada abaixo para responder
ao item 05.

(São Paulo. SEE. Caderno do Professor: Ciências, Ensino fundamental – 7ºAno. Volume 2 – 2014/2017)

05. Assinale alternativa que representa corretamente as relações indicadas na figura acima é:

( A ) a coruja, a águia e a serpente ocupam nesta teia alimentar um único nível trófico.
( B ) o sapo, quando se alimenta apenas da joaninha, situada na região central da figura, ocupa a
posição de consumidor secundário.
( C ) os seres vivos do segundo nível trófico são os decompositores.
( D ) as folhagens, frutos e flores dos vegetais são os consumidores primários que mantêm a teia
alimentar.
( E ) o rato, o caracol e a lagarta são herbívoros.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 04 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

06. “Nas últimas décadas, a sociedade parece ter finalmente despertado para os problemas ambientais
causados pelo grande aumento na exploração de recursos naturais pela humanidade. Estamos
tomando consciência de que é preciso fazer algo para evitar a degradação completa do ambiente em
nosso planeta. Nesse contexto, os conhecimentos básicos de Ecologia são fundamentais para
tentarmos reverter alguns dos graves problemas que nós mesmos provocamos”.
(AMABIS; MARTHO, 2010)

Associe os termos de ecologia apresentados na coluna 1 aos seus respectivos conceitos


apresentados na coluna 2.

1. Ecossistema ( ) Conjunto de condições necessárias para uma população se desenvolver e


manter o tamanho populacional.
2. População ( ) Conjunto de populações de diferentes espécies que vivem numa mesma
região, mantendo relações entre si.
3. Habitat ( ) Área do espaço geográfico caracterizada por um conjunto de
ecossistemas terrestres, com vegetação, solo e fisionomia típicos e um tipo
de clima predominante.
4. Biocenose ( ) Unidade em que seres vivos e fatores abióticos interagem, formando um
sistema estável.
5. Bioma ( ) Ambiente em que vivem determinadas espécies ou comunidades
biológicas, caracterizado por suas propriedades bióticas e abióticas.
6. Nicho ( ) Conjunto de seres de uma mesma espécie que vive em determinada área
ecológico geográfica.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

( A ) 1 – 2 – 5 – 3 – 4 – 6.
( B ) 6 – 2 – 1 – 5 – 4 – 3.
( C ) 5 – 4 – 1 – 6 – 3 – 2.
( D ) 3 – 5 – 6 – 1 – 2 – 4.
( E ) 6 – 4 – 5 – 1 – 3 – 2.

07. A cobra-coral - Erythrolamprus aesculapii - tem hábito diurno, alimenta-se de outras cobras e é
terrícola, ou seja, caça e se abriga no chão. A jararaca - Bothrops jararaca - tem hábito noturno,
alimenta-se de mamíferos e é terrícola. Ambas ocorrem, no Brasil, na floresta pluvial costeira.
(Disponível em: www.sprweb.com.br Acesso em 12 mar. 2016).

As serpentes acima:

( A ) disputam o mesmo nicho ecológico.


( B ) constituem uma população.
( C ) compartilham o mesmo habitat.
( D ) realizam competição intraespecífica.
( E ) são comensais.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 05 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

S
SEEM
MCCH
HUUV
VAA,, IIN
NTTEER
RIIO
ORRD
DEE S
SÃÃO
OPPA
AUULLO
OVVIIV
VEE P
PIIO
ORRS
SEEC
CAA EEM
M770
0AAN
NOOS
S
Não é apenas a capital paulista que vive a maior crise no abastecimento de água da sua história. O rico
interior do estado de São Paulo enfrenta a pior seca dos últimos 70 anos. Não chove desde o final do
ano passado.

As marcas nos pilares da ponte mostram o nível do rio antes da seca que castiga o interior paulista.
(Disponível em: http://oglobo.globo.com/brasil. Acesso em 10 mar. 2016)

08. A escassez de água doce não é um problema localizado; ela assola diversas regiões do planeta. Nas
alternativas a seguir, são citadas algumas das principais causas do problema. A alternativa que
apresenta a causa menos provável para a escassez de água doce é:

( A ) poluição do ar causada pelas atividades humanas e aquecimento global.


( B ) aumento na quantidade de fitoplâncton nos oceanos.
( C ) consumo humano exagerado e desperdício na indústria, na agricultura e no uso doméstico.
( D ) mudanças climáticas com alterações no regime de chuvas e umidade relativa do ar.
( E ) desmatamento, pois as árvores contribuem, por meio da transpiração, para a formação de
nuvens.

A introdução de espécies exóticas em ambientes naturais nos quais elas não existiam é, geralmente,
mediada pela atividade humana e pode afetar tanto a biodiversidade quanto as atividades econômicas.
O peixe-leão (Pterois volitans), por exemplo, nativo dos oceanos Pacífico e Índico, introduzido no
litoral leste dos Estados Unidos, chegou à América Central e à América do Sul.
Essa espécie se reproduz facilmente, não tem predadores nessas novas regiões e se alimenta
vorazmente.

(Disponível em: http://tinyurl.com/kqodyjf Acesso em:13.mar.2016).

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 06 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

A presença do peixe-leão no Caribe é muito preocupante, pois ele reduziu a população do peixe-
papagaio (Sparisoma abilgardi), um herbívoro fundamental para o controle da quantidade das algas, as
quais em excesso podem invadir os espaços dos corais, causando um desequilíbrio ecológico nessa
região.

09. Na cadeia alimentar descrita no texto, o peixe-leão comporta-se como

( A ) produtor.
( B ) decompositor.
( C ) consumidor primário.
( D ) consumidor secundário.
( E ) consumidor primário e secundário.

Leia as afirmativas sobre a diversidade de espécies para responder ao item 10.

I. As florestas temperadas apresentam maior diversidade de espécies do que as florestas tropicais.


II. As savanas apresentam maior diversidade de espécies do que as florestas tropicais.
III. Com o aumento da altitude, aumenta a diversidade de espécies.
IV. Com o aumento da latitude, aumenta a diversidade de espécies.

10. Está correto o que se afirma em:


( A ) I e II apenas.
( B ) I e III apenas.
( C ) II e IV apenas.
( D ) III e IV apenas.
( E ) nenhuma afirmação está correta.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 07 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

Leia o texto abaixo e responda ao item 11.

(UEPA/2014) Um convidado em um programa de televisão comentou sobre questões ambientais o


seguinte: ... “os grandes problemas da conservação da natureza estão, na realidade, intimamente
ligados aos da sobrevivência do próprio ser humano na Terra e que certos filósofos não hesitam em
afirmar que a humanidade está mal encaminhada. Não nos cabe fazer julgamentos, mas de acordo
com todos os biólogos, o ser humano comete um erro capital pensando poder isolar-se da natureza.
Existe, já há muito tempo, um divórcio entre o ser humano e o ambiente, com seu clima e seus
biomas”.
Adaptado de: Sônia Lopes – BIO. A caminho de uma reconciliação entre os humanos e a natureza. 2008

Quanto às palavras em destaque no texto, leia as afirmativas abaixo:

I. Nas Florestas Tropicais, a vegetação é exuberante com folhas largas e perenes.


II. A Tundra é um bioma que no degelo apresenta árvores que perdem as folhas no inverno.
III. Nas regiões com Florestas Temperadas evidenciam-se as quatro estações do ano.
IV. O Cerrado é composto basicamente de plantas herbáceas e árvores de pequeno porte.
V. Há discreta variação climática e de temperatura nos diversos biomas mundiais.

11. A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:

( A ) I, II e III.
( B ) I, III e IV.
( C ) II, III e IV.
( D ) III, IV e V.
( E ) I, II, III, IV e V.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 08 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

12. (UFG) Analise o mapa e as características descritas a seguir.

I. Baixíssima biodiversidade; baixas temperaturas o ano todo; umidade moderada.

II. Alta biodiversidade endêmica; temperatura alta a moderada; umidade sazonal.

III. Altíssima biodiversidade; temperatura e umidade altas o ano todo.

Dentre os biomas 1, 2, 3, 4 e 5 indicados no mapa, quais são os que correspondem, respectivamente,


às características I, II e III?

( A ) 1, 5, 4.
( B ) 2, 4, 3.
( C ) 3, 2, 5.
( D ) 4, 1, 2.
( E ) 5, 3, 1.

- TABELA DE RESPOSTAS -
SÓ SERÃO CONSIDERADAS AS OPÇÕES ASSINALADAS NESTA TABELA

ITENS
OPÇÕES
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12
A X X
B X X
C X X X
D X X X
E X X

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 09 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

2ª QUESTÃO (06 escores)

VERDADEIRO OU FALSO

COLOQUE UM “X” NO RETÂNGULO COM V, QUANDO A SENTENÇA FOR DE SENTIDO


VERDADEIRO, OU NO RETÂNGULO COM F, QUANDO A SENTENÇA FOR DE SENTIDO FALSO.

13. Os quadros abaixo demonstram os fenótipos humanos relacionados aos grupos sanguíneos a que os
indivíduos podem pertencer; apresentam também relações possíveis entre doadores e receptores de
sangue durante uma transfusão. Sobre o tema dos grupos sanguíneos e adotando como referência
os dados dos quadros, julgue as afirmativas abaixo.

QUADRO I QUADRO II
Grupo sanguíneo Recebe de Doa para
Fenótipos Genótipos

A AeO A e AB
Rh positivo RR ou Rr
B BeO B e AB

AB A, B, AB e O AB
Rh negativo rr
O O A, B, AB e O

(Disponível em: < http://www.scribd.com/doc/96357135/Lista-Invest-Maio>. Acesso em: 22 fev. 2016.)

V F Em uma transfusão leva-se em consideração o aglutinogênio de quem doa e as aglutininas


de quem recebe. Logo, conforme mostra o quadro I, uma pessoa de sangue A poderá
receber doação de uma de sangue O.

V F O sangue A tem aglutinina anti-A e aglutinogênio B. O sangue O não tem aglutinogênio e


possui ambas as aglutininas, anti-A e anti-B.

V F Em uma transfusão, o anti-A do sangue O não pode afetar as hemácias do receptor, já que
os dados do quadro I permitem supor que pequenas quantidades de sangue (O) terão
pequenas taxas de aglutinogênios e não afetarão as hemácias do receptor.

V F Em grandes quantidades, transfusões de sangue (O) que apresenta o anti-A tornam-se


perigosas, uma vez que os coágulos formados pelas hemácias do receptor podem obstruir
pequenos vasos, causando lesões cerebrais e renais, podendo levar o receptor à morte.

V F O tipo de herança determinante dos tipos sanguíneos humanos também é determinante


das diferentes colorações que podem apresentar a pelagem dos coelhos. Esse tipo de
herança relaciona-se à existência de dois ou mais alelos, determinando cada característica.

V F Um tipo de aglutinogênio das hemácias humanas é semelhante a um fator descoberto no


macaco Rhesus; trata-se do fator Rh (quadro II). Indivíduos Rh_ possuem esse
aglutinogênio na superfície das hemácias e pessoas Rh+não o possuem.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 10 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

3ª QUESTÃO (07 escores)

CORRESPONDÊNCIA

EXISTEM A SEGUIR VÁRIOS CONCEITOS EM COLUNAS. COLOQUE NOS PARÊNTESES DA


COLUNA DA DIREITA O NÚMERO QUE JULGAR CORRESPONDER AO CONCEITO DA COLUNA DA
ESQUERDA. LEVE EM CONTA QUE PODERÁ HAVER REPETIÇÃO DE NÚMEROS.

14. Na disciplina de Biologia, é comum encontrarmos “termos” capazes de definir um processo ou uma
característica de uma substância e/ou ser. Na área da Genética, muitos “termos” são auto -
explicativos. Às vezes, uma imagem também pode nos remeter imediatamente a um determinado
conceito. Relacionamos abaixo uma série de “termos” e imagens comuns de serem usados (as) em
genética. Há, também, conceitos a que eles fazem referência. Logo, você deve fazer a
correspondência correta desses “termos” e/ou imagens aos seus conceitos.

“TERMOS” e IMAGENS CONCEITOS

1. (4) São moléculas de DNA que possuem fragmentos de


BRANCA VERMELHA
DNA derivados de duas ou mais fontes, geralmente de
espécies diferentes.

ROSA

ROSAS BRANCA VERMELHA

2. Terapia gênica. (5) Quando dois alelos diferentes de um gene se expressam


no indivíduo heterozigoto, não havendo relação de
dominância.

3. Enzimas de restrição (-) Quando os indivíduos heterozigotos apresentam o mesmo


Fenótipo dos homozigotos dominantes.

4. DNA recombinante. (6) A polidactilia e a cor do pelo no cão beagles são


representativos desse termo.

5. (2) Forma de tratamento que consiste na transferência de


material genético exógeno para dentro de células de um
indivíduo, objetivando conferir um benefício.

6. Penetrância. (1) Quando o fenótipo dos indivíduos heterozigotos é


intermediário ao fenótipo dos homozigotos.

(3) Enzimas atuam como verdadeiras “tesouras moleculares.


”Em geral, cortam o DNA viral em vários pedaços,
tornando-o inativo para a bactéria.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 11 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

4ª QUESTÃO (34 escores)

DÊ O QUE SE PEDE

15. (UNIFESP) Uma planta A e outra B, com ervilhas amarelas e de genótipos desconhecidos, foram
cruzadas com plantas C, que produzem ervilhas verdes. O cruzamento A x C originou 100% de
plantas com ervilhas amarelas, e o cruzamento B x C originou 50% de plantas com ervilhas amarelas
e 50% verdes.
Sabendo disso, determine os genótipos das plantas A, B e C, respectivamente. (apresente a
interpretação que lhe permitiu chegar aos resultados) (05 escores)

VV vv Vv vv
(A) Amarela X (C) Verde (B) Amarela X (C) Verde

V__ V__ vv
100% amarela √ 50% amarela 50% verde √

A: VV√ B: Vv√ C: vv√______________________________________________________

16. (UFBA) A fenilcetonúria é uma alteração metabólica com padrão de herança autossômica recessiva,
cuja manifestação pode ser controlada por dieta específica, quando diagnosticada precocemente –
“teste do pezinho”.
O heredograma abaixo registra a ocorrência de fenilcetonúria em uma família. Analise-o e responda
aos subitens (a) e (b) abaixo. (06 escores)

LOPES, sônia. Conect Bio – caderno de competências. (Disponível em: https://djalmasantos.wordpress.com/2011/05/13/testes-


de-citologia/ >. Acesso em: 22 fev. 2016.)

a) Indique o genótipo do indivíduo com fenilcetonúria e o genótipo dos pais. (03 escores)

Um casal normal (III.3 x III.4) gerou um filho (IV.1) com fenilcetonúria, o que indica que
a doença é uma condição recessiva√ (ff)√ e que os pais são Heterozigotos√ (Ff)._______

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 12 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

b) Estime a probabilidade desse indivíduo, casando-se com uma mulher normal para essa
característica, ter descendentes afetados pela fenilcetonúria. (apresente a interpretação que lhe
permitiu chegar aos resultados) (03 escores)

Para que o indivíduo com fenilcetonúria tenha descendentes afetados, casando-se com
uma mulher sem a doença, ela deve ser heterozigótica√ (Ff) e não homozigótica√ (FF).
Nesse caso, a probabilidade de que a criança seja afetada é:_______________________

Gametas mãe
F f
Gametas pai

f Ff ff
Afetado

f Ff Ff
Afetado

P (casal gerar criança afetada) = P (mulher ser heterozigota) x P( criança afetada)_______


=1/2 x ½_________________________________________________________________
= 1/4√___________________________________________________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 13 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

17. Com base no heredograma a seguir, calcule a probabilidade de o indivíduo II-5 ser portador do alelo
recessivo, que condiciona o caráter em estudo (afetado). (Apresente o seu raciocínio para chegar
à resposta) (03 escores)

LOPES, sônia. Conect Bio – caderno de competências. (Disponível em: https://djalmasantos.wordpress.com/2011/05/13/testes-


de-citologia/ >. Acesso em: 22 fev. 2016.)

A probabilidade de o indivíduo II-5 ser portador do alelo a, ou seja, a probabilidade de ele


ser heterozigoto é de 2/3√, pois √__________________________________

Gametas mãe
A a
Gametas pai

A AA Aa

aa
a Aa não deve ser
considerado

P (Aa) = 2/3√____________________________________________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 14 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

18. (UFRJ) Uma determinada doença é transmitida por um gene autossômico (não está nos
cromossomos sexuais) que codifica uma enzima. Indivíduos doentes caracterizam-se pela ausência
de atividade enzimática no sangue (0 unidade/ml). A atividade da enzima, em indivíduos normais, é
de 100 unidades/ml do sangue. Um homem e uma mulher, cada um com uma atividade enzimática
de 50 unidades/ml, tiveram quatro filhos. Em um dos filhos, a atividade enzimática é de 100
unidades/ml, em outro, ela é de 50 unidades/ml, e, nos outros dois, a atividade é ausente 0
unidades/ml. Sabendo disso, responda aos subitens (a) e (b). (06 escores)

a) Obedecida à proporção mendeliana clássica, qual seria a distribuição fenotípica entre os filhos do
casal? (05 escores)

100 u/ml = normal (AA)


0 u/ml = aa
50 u/ml = Aa

A proporção fenotípica encontrada nos filhos do casal e para o caráter em questão foi

foi de:

1 AA (Fenótipo =100 u/ml) √ : 2 Aa (Fenótipo =50 u/ml) √ : 1 aa (fenótipo = 0 u/ml) √

1 : 2 : 1____________

Se fosse dominância completa, a proporção fenotípica esperada seria diferente√ e

corresponderia à frequência de 3 com Fenótipo =100 u/ml : 1com o fenótipo 0 u/ml.√

b) Como você explica a diferença entre a proporção obtida nesse caso e a proporção prevista na
teoria mendeliana clássica? (01 escore)

Trata-se de um caso de ausência de dominância√.______________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 15 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

19. (UERJ/2015) Observe a cadeia alimentar representada no esquema abaixo. (06 escores)

a) Nomeie o nível trófico no qual é encontrada a maior concentração de energia, indique a letra que o
representa no esquema e justifique sua resposta. (03 escores)

A maior quantidade de energia é encontrada nos produtores√, representados pelos


vegetais e indicados pela letra [A]√. A produção de matéria orgânica pela vegetação
ocorre por meio da fotossíntese√.____________________________________________

b) Nomeie, também, o nível trófico responsável pela reciclagem da matéria no meio ambiente, indique
a letra que o representa no esquema e justifique sua resposta. (03 escores)

A reciclagem da matéria no meio ambiente é realizada por fungos√, indicados pela letra
[F] √. Esses organismos são heterótrofos por absorção e secretam enzimas capazes de
decompor a matéria orgânica√.______________________________________________

20. (UNICAMP/2013) Cerca de 70% da superfície da Terra é coberta por água do mar e abaixo dessa
superfície a água atinge uma profundidade média de 3,8 quilômetros. Os ecossistemas marinhos
abrigam grande biodiversidade, mas parte dela vem sendo ameaçada pela pesca predatória. Na
tentativa de controlar o problema, medidas governamentais têm sido adotadas, como a proibição da
pesca em período reprodutivo e a restrição do uso de redes de malhas finas.

Monte uma cadeia alimentar típica dos oceanos, considerando a presença de quatro níveis tróficos.
(04 escores)
fitoplâncton√ → zooplâncton√ → peixes√ → tubarões√._________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE1/2016 – BIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1ª CHAMADA 16 Visto:

GABARITO
Assinado por:
Prof. Belan /
Prof. Ailton

21. (UFTM/2012) As florestas tropicais úmidas encontram-se sobre solo pobre em nutrientes, ao
contrário do que ocorre com as florestas temperadas, que ocorrem em solos mais ricos. Em
contrapartida, essas florestas tropicais são muito mais exuberantes que as temperadas e já foram
denominadas de “pulmões do mundo”, ou seja, as principais responsáveis pela renovação de oxigênio
na atmosfera terrestre. Esse conceito, no entanto, está equivocado. (04 escores)

a) Como se pode explicar que, apesar de solos mais pobres, as florestas tropicais sejam mais densas e
exuberantes do que as florestas temperadas? (02 escores)

A exuberância das florestas tropicais, como a floresta Amazônica, pode ser explicada pela
rápida reciclagem de nutrientes no solo√. Essa reciclagem é determinada pelas
temperaturas elevadas que aceleram os processos de decomposição de folhas, frutos e
animais que morrem no solo florestal√.________________________________________

b) Por que é incorreto afirmar que as florestas tropicais são o “pulmão do mundo”? (02 escores)

As florestas tropicais não podem ser consideradas o “pulmão do mundo” por serem
ecossistemas equilibrados que já atingiram o estágio climático em que a produção de
matéria orgânica pela fotossíntese√ é compensada pelo consumo pela respiração√ dos
organismos autótrofos e heterótrofos que compões a mata.________________________

“DISCIPLINA, ESTUDO, CONFIANÇA”.

FIM DA PROVA

SSAA / STE / CMCG 2016