Você está na página 1de 8
O método de pesquisa survey Henrique Freitas Mirian Oliveira ‘Amarolinda Zanela Saccol Jean Moscarola (Os métodos de pesquisa podem ser quantitativos (survey, exper mento etc.) ou qualitativos (estudo de caso, focus group etc.), deven- do sua escolha estar associada aos objetivos da pesquisa. Ambos os tipos possuem, naturalmente, vantagens e desvantagens. Nao ha obri- gacio alguma de se eleger apenas um método; cada desenho de pes~ quisa ou investigacao pode fazer uso de diferentes métodos de forma combinada, 0 que se denomina de multimétodo, ou seja, aliando o qualitativo ac quantitativo (e no s6 tendo mais de uma fonte de cole- ta de dados). Aborda-se aqui, especificamente, o método de pesquisa survey, principalmente via questionério ou guias de entrevista. Serao enfocadas as caracteristicas gerais desse método e alguns aspectos relacionados a amostragem, elaboracao do instrumento ¢ estratégia de aplicagéo, bem como & questao (controversa por natureza) da vali- dade e da confiabilidade. Serao feitas, também, algumas considera~ des sobre a analise dos dados e uma reflexdo final. DEFINICAO E CARACTERISTICAS GERAIS ‘A pesquisa survey pode ser descrita como a obtencao de dados ou informagées sobre caracteristcas, ages ou opiniées de determinado grupo de pessoas, indicado como representante de uma populacé ‘melo de um instrumento de pesquisa, normalmente urn questionério (Tanur apud Pinsonneault & Kraemer, 1993). Fink (1995a; 195d) discorre so- bre o que é esse método, sua utiidade e quando deve ser utilzado, bem como sobre os principais aspectos relacionados com uma survey. Como principais caracteristicas do método de pesquisa survey podem ser cita- das: 0 interesse é produzir descrig6es quantitativas de uma populacao; € faz uso de um instrumento predefinio. A survey ¢ apropriada como método de pesquisa quando: + se deseja responder questées do tipo “o qué?”, “por que?”, “como?” e “quanto?", ou seja, quando o foco de interesse € sobre “o que esti acontecendo” ou “como e por que isso esta acontecendo"; ‘+ ndo se tem interesse ou ndo ¢ possivel controlar as variéveis dependen- tes e independentes; Ese trabao fl elaborado com o apoio de bls de pe dutrameno concadida pel Conseho Nacional 4 Deservohimerio Cnt o Teonolgio (CNPq), € ‘amb com oepio da Funda de Amparo Pesqusa do Plo Grande do Sul Faporg) Recebida em outubo/1998 2 varsio om evereir!1208 Henviue Frees, ovr em Acninisacto pela ‘Unvorsié Pile Menaés France rence Franca). Pesauisado vista, SC, de University of Batimare (Estados Unidos), ¢ Professor Aunt do Grupo de Estudos em Sistas denfomagd e Apoio &Decsao (GESID do Proyama de Pés-Gradvagao em ‘minsragéo (PPGA) da Escalade Adminisago da Unersidae Federal do Ro Grande do Sul (UGS) © Pesouisador do Conselh Nacional de Deservohimenio Cinta Tecrogco(CNPa). malt hetas®@ponoweb com br Mian Olvera, Mes em Engenharia e Dosora em ‘Admiisag pela Universidade Federal do Ro ‘Grande do Su, 6 Protessorae Pesquisadora a Faculdade de Admiitrardoo Ciécias Econdicas. da Pontificia UniverstadeCattice do Fo Grande do Su E-mal:miiano@puces.br ‘Amaroinda Zanele Sacco! Meste em Adinistag80 lo Programa de Pés-Graduagio en Admirisaga a Escola de Adninisraqio da Univesiade Federal {oF Grande do Sui, ¢Prolessorao Pesquisadora da ‘Unersidage do Vale do Sins (Urisios). mal: aczanea @mercado nisinos br Jean Moscroa,Dodor em Adina pla ‘Universté de Pans (Franca), autor do Sstama Spine, {6 Dieor de Ecole de Commarea, Vertes, Economie et (Gaston da Universi de Savole(Arnecy, Fran) Revista de Administragio, Sto Paulo v.36, 3, p.105-112, julho!setembro 2000 105 rotas & comunicages ‘+ o ambiente natural é a melhor situagdo para estudar 0 fenomeno de interesse: * 0 objeto de interesse ocorre no presente ou no passado recente. Pinsonneault & Kraemer (1993) classifica a pesquisa survey quanto ao seu préposito em: + explanatéria — tem como objetivo testar uma teoria e as relagbes causais; estabelece a existéncia de relacdes causais, mas também questiona por que a relacdo existe; + exploratéria— o objetivo é familiarizarse com 0 t6pi- co ou identificar os conceitos iniciais sobre um t6pico, dar énfase na determinago de quais conceitos devem ser medidos e como devem ser medidos, buscar desco- brir novas possibilidades e dimensdes da populacao de interesse; descritiva — busca identificar quais situacées, eventos, atitudes ou opinides estéo manifestos em uma popula- Bo; descreve a distribuigao de algum fenémeno na po- pulacao ou entre os subarupos da populagéo ou, ainda, faz uma comparacao entre essas dstribuigdes, Neste tipo de survey a hipotese nao é causal, mas tem o propésito de verificar se a perceprao dos fatos esta ou nao de acordo com a realidade. Quanto 20 niimero de momentos ou pontos no tem- po em que os dados s80 coletados, a pesquisa pode ser (Gampieri et ali, 1991) + longitudinal — a coleta dos dados ocorre ao longo do tempo em periodos ou pontos especificados, buscando estudar a evolucéo ou as mudancas de determinadas varidvets ou, ainda, as relacdes entre elas; * corte-transversal (cross sectional) — a coleta dos da- dos ocorre em um s6 momento, pretendendo descrever analisar estado de uma ou varias variavets em um dado momento. Outro ponto a ser observado é a adequacéo dos respon-