Você está na página 1de 13

WALTEC EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS LTDA.

Rua José Deeke, 1585 - C.Postal 616


CEP 89031-401 - Blumenau - SC
C.G.C.M.F. 83 241 349/0001-42 I.E. 250 449 420
Fone: (047) 3331-0222 - Fax: (047) 3331-0211
http://www.waltec.com.br - engenharia@waltec.com.br

INSTRUÇÕES DE MONTAGEM E OPERAÇÃO

Controlador com a opção “M”

CONTROLADOR DO FATOR DE POTÊNCIA

BLR-CX

Página 1 de 13
Conteúdo
1 INSTALAÇÃO 3

2 CONTROLES 3

3 COMISSIONAMENTO 5

4 FUNÇÕES DE ALARME 7

5 REGISTRO DE DADOS 8

6 OPÇÃO “L”: CONTROLE DE VENTILAÇÃO + ALTERAÇÃO DA TARIFAÇÃO 8

7 OPÇÃO “LT”: CONTROLE DE VENTILAÇÃO + ALTERAÇÃO DA TARIFAÇÃO EM FUNÇÃO DA 8


TEMPERATURA

8 OPÇÃO “M”: COM INDICAÇÃO DE VALORES DE MEDIÇÃO 9

9 OPÇÃO “K”: FILTROS COMBINADOS 10

10 AJUSTES 10

11 DIAGRAMA DE CONEXÃO 11

12 DADOS TÉCNICOS 13
Página 2 de 13

1 Instalação
Na instalação observar a norma ABNT NBR 5410 e a norma de segurança NR-10!

Antes de tocar nos elementos de controle, com a tampa de identificação da empresa removida, eliminar qualquer carga
estática na pessoa para evitar eventuais danos nos componentes!

1) Verificar a tensão auxiliar, tensão de medição e de comando, a freqüência e o circuito de corrente do regulador (vide
dados na etiqueta) com os dados da rede.

2) Montar o regulador no painel, utilizando os dois dispositivos de fixação.

3) Utilizar a ferramenta adequada para os conectores do tipo mola!

4) Conectar o fio de aterramento no terminal da caixa de metal - PE –

5) Efetue as ligações de acordo com o esquema elétrico. Atenção especial deve ser tomada em relação a bitola da fiação
do circuito de corrente! Uma supervisão de tensão incorporada na tensão auxiliar garante uma desconexão segura dos
capacitores no caso de uma sub-tensão < 70%. A condição fundamental para esta função é que as tensões de medição
e de comando (A – La ou Lb) estão conectadas na mesma fase. Isto garante também uma desconexão dos contatores
no caso de uma sub-tensão.

6) O circuito de corrente do regulador é designado para transformadores de corrente x/5A ou x/1A.


(máximo fator de relação ajustável = 4000 – somente disponível com a opção “M”).

NOTA: A ligação INCORRETA da alimentação auxiliar pode causar a queima do equipamento. Neste caso a
WALTEC não se responsabiliza pelo dano causado ao equipamento.

2 Controles

Atrás da tampa com o nome da empresa existem 2 botões [+] e [-] e a seletora de funções múltiplas [H3].

Na opção “L“ (controle do exaustor) existem 2 chaves do tipo DIP [S1/S2].

Na opção “M” (função de multímetro) o controle e efetuado com os 2 botões na parte frontal.

Uma alteração dos parâmetros na posição selecionada é efetuada com os 2 botões [+] e [-].

S1 S2 H3 +

Somente após a saída da posição selecionada os parâmetros ajustados serão memorizados!

Chave seletora de funções múltiplas [H3]

0 Função de controle desligada – desligamento automático de todos os estágios após 20 s.


Introdução de um valor de limite de perda de capacitância a ser detectada de 10 – 60%, levando em consideração o
valor da capacitância no primeiro chaveamento (capacitor defeituoso).
O display mostra alternadamente “OFF” e o percentual ajustado, por exemplo “10”.

1 ϕ desejado na faixa de – i 0.70...1...c 0.70 – com os botões [+] e [-].


Ajuste do fator de potência cosϕ
Ajuste na fábrica: 1.00
Página 3 de 13
2 Ajuste do tempo de intervalo de chaveamento - 5 s......1200 s - com os botões [+] e [-].
Para uma escolha rápida > 2 s manter o botão pressionado.
Ajuste na fábrica: 40 s.

3 Regulador em modo automático – O display mostra o fator de potência instantâneo da instalação


com i = indutivo ou c = capacitivo.

Se o LED sobre o ponto + ou – está piscando, isto indica o desvio em relação ao fator de potência ajustado.
O regulador procura um capacitor adequado para corrigir este desvio.

Indicação do cosϕ instantâneo da instalação (indicação a cada 3 s).

A indicação dos valores de medição é somente possível com a opção “M” (vide página 9).

4 Operação Manual – Pressionando brevemente o botão [+] ou [-] os estágios serão conectados ou desconectados de
acordo com o tempo de intervalo de chaveamento ajustado. Esta operação é possível desde que a tensão de medição
Um = > 50V!

O display mostra alternadamente “H” por 1 segundo e o fator de potência por 5 segundos.

5 Escolha do número de saídas - estágios ativados -

Indicação no display, por exemplo, para 10 estágios = “CL10” (CL = Condensator Limit).

Não exceder o número de saídas, para evitar o alarme de defeito (AL__).


No caso da alteração deste ajuste, todos os valores de regulação armazenados dos estágios serão automaticamente
apagados e estágios ativos desligados (vide 8). A regulação recomeçará novamente.

6 Indicação automática de estágios defeituosos – estágios vazios ou capacitores defeituosos.


Esta indicação é rotativa, a indicação, por exemplo, “Cd_5” com “Cd_9” indica que os estágios 5 e 9 estão
defeituosos. A indicação no display “Cd_0” significa que todas as saídas habilitadas estão em funcionamento.

O cancelamento da indicação dos estágios defeituosos é efetuado pressionando simultaneamente os botões [+] e [-]
por um tempo mínimo de 20 segundos. A regulação automática continua ativa durante esta operação!
(Cd = Condensator defect).

7 Indicação do número de chaveamentos de cada estágio – Indicação no display -


Por exemplo: “OC_4” e após 2 s “248” indica que o contator do estágio 4 foi acionado 248 vezes.

A memorização ocorre sempre após 10 chaveamentos. Para obter informações sobre os outros estágios, utilizar os
botões [+] e [-].

Os dados memorizados referentes os chaveamentos de todos os estágios podem ser deletados pressionando
simultaneamente os botões [+] e [-] por um tempo mínimo de 20 segundos. A regulação automática continua ativa
durante esta operação!

8 Indicação do valor de regulação do estágio. O valor indicado no display é um valor empírico (a relação do TC é
desconhecida) decorrente de um cálculo referido a potência de cada estágio, mas que não corresponde ao um valor
em kvar!

Por exemplo, o display mostra “CC10” para a saída 10 e em seguida “L 74” e “F 84”. O valor “F” (First) é o valor
que o regulador obteve do capacitor no primeiro chaveamento e “L” (Last) é o valor obtido durante o último
chaveamento. Neste caso pode-se observar uma perda de capacitância.

Caso o valor de limite, ajustado na posição 0 = x %, for atingido por perda de capacitância ou qualquer outro defeito,
o regulador exclui este estágio do processo de regulagem e o alarme “AL” será acionado. As informações dos demais
estágios podem ser obtidas com os botões [+] ou [-].

Os dados memorizados de todos os estágios podem ser deletados pressionando simultaneamente os botões [+] e [-]
por um tempo mínimo de 20 segundos. A partir deste instante o regulador vai verificar novamente os valores dos
capacitores e memorizar os mesmos. A regulação automática continua ativa durante esta operação! (CC = Capacitor
Capacitance).

Nota: Reguladores com a opção “M” mostram os valores dos capacitores em kvar reais, porque a relação do TC é
conhecida.
Página 4 de 13
9 Seleção do modo de sinalização de alarme

Seleção com os botões [+] ou [-] (em caso de alarme o display mostra “AL__”)

O display mostra “A__0” : Alarme desativado – nenhuma indicação de alarme

O display mostra “A__1” : O alarme “AL” é cancelado automaticamente no momento da inversão da


regulação (o alarme é acionado somente no caso de sub- ou sobre-compensação
após o tempo de 75 vezes o tempo de intervalo de chaveamento ajustado).

O display mostra “A__2” : O alarme é memorizado, indicação “AL__”.


O reset é possível somente em A__3.

O display mostra “A__3” : Reset do alarme do regulador e da temperatura. Pressionar o botão [+] por um
tempo mínimo de 5 segundos. A confirmação é mostrada no display com “ArES”.
Após o reset do alarme selecionar novamente o modo de sinalização!

Um alarme acionado devido a um defeito num estágio só pode ser cancelado


seguindo as instruções na Pos. 6.

A Seleção de um 20 fator de potência -

Opção “L” : Para ativar esta função é necessária uma tensão de 150 – 240 VAC nos terminais NT/NT1

Opção “LT” : A ativação ocorre automaticamente quando a temperatura do ambiente em redor do aparelho atinge
57° C.

B Seleção de um tempo de chaveamento assimétrico –

Com os botões [+] e [-] selecionável de 1 – 254

Indicação no display, por exemplo: “Y_10”. O tempo que foi programado de acordo com as instruções na Pos. 2 é
multiplicada por 10 (ligação rápida, desligamento lento dos estágios).
– A função com ligação lenta e desligamento rápido sob consulta –

O regulador é fornecido com o ajuste “Y_1” (tempos iguais para ligar e desligar)

C Seleção de um tempo de bloqueio na inversão de carga – liga → desliga ou desliga → liga

Com os botões [+] e [-] selecionável de 0 – 254 s

Indicação no display, por exemplo: “L_30”. Na inversão de carga (liga → desliga ou desliga → liga) este tempo de
bloqueio é adicionado ao tempo de intervalo de chaveamento, programado na Pos. 2. Desta maneira se consegue uma
redução nos acionamentos dos contatores em caso de mudanças rápidas de cargas.

O regulador é fornecido com a regulagem: “L_30”

D Seleção do fator de relação do transformador de corrente (somente possível com a opção “M”)

Indicação no display “_not” indica regulador sem opção “M”

E Seleção do fator de relação do transformador de potencial (somente possível com a opção “M”)

Indicação no display “_not” indica regulador sem opção “M”

F Seleção o modo de chaveamento

Com os botões [+] e [-] selecionável; após qualquer alteração desenergizar o regulador e energizar o mesmo
novamente.

Indicação no display “Auto” : Reconhecimento automático da potência de cada capacitor ligado. Chaveamento
inteligente para atingir o cosϕ ajustado sem obedecer a um programa de
chaveamento fixo. Medição das tensões nas fases L2 e L3 e medição da corrente
na fase L1.
Página 5 de 13
Indicação no display “1111” : Reconhecimento automático da potência de cada capacitor ligado. O chaveamento
para atingir cosϕ ajustado ocorre de forma linear, i.e. ligar de 1 12 e desligar de
12 1. Dessa forma o último estágio ligado será o primeiro a ser desligado.
Medição das tensões nas fases L2 e L3 e medição da corrente na fase L1.

Indicação no display “EAut” : O chaveamento é idêntico como no modo “Auto”, porém a medição da tensão Um
é para serviço monofásico L1 e N.

Indicação no display “E111” : O chaveamento é idêntico como no modo “1111”, porém a medição da tensão Um
é para serviço monofásico L1 e N.

Para reguladores fornecidos avulsos a seleção do modo de chaveamento é : “Auto”

3 Comissionamento
1) Conectar a tensão auxiliar, a tensão de medição e a tensão de controle bem como o TC
– retire qualquer ponto de curto-circuito no circuito de corrente-

Se a tensão de medição for monofásica, ajustar o modo de chaveamento com a chave seletora de funções [H3] na
posição “F” e para confirmar desligue o regulador e ligue o mesmo em seguida.

A indicação “I – 0” indica que não há corrente circulando ou a corrente no secundário do TC é < 10 mA. Estágios
ativos serão desligados automaticamente após 5 minutos. Caso o regulador está em modo de operação manual não
ocorre o desligamento.

A indicação “U – 0” indica a falta da tensão de medição ou a mesma é < 50V. No caso da falta de uma fase
somente, a tensão pode ultrapassar o valor de 50 V devido a indução na fiação. U – 0 não aparece no display.

Uma regulagem só ocorre se a corrente reativa no secundário do TC for > 10 mA e a tensão de medição > 50 V.

No caso de uma tensão de medição < 50 V todos os estágios ligados serão desligados após 2 segundos, indiferente
se o regulador está no modo automático ou manual.

O alarme do regulador não será ativado.

2) Pré-ajustes pela fábrica (vide tabela na página 10)

Nota: Os fatores de relação dos TC’s e TP’s só podem ser alterados no regulador com a opção “M” !
Caso uma alteração é desejada isto pode ser efetuada com a chave seletora de funções [H3].
Indicação no display - Alteração dos dados com os botões [+] e [-].

Somente após a saída da posição selecionada os parâmetros ajustados serão memorizados!

3) Chave seletora de funções [H3] na posição 3 = Operação automática

4) Após o restabelecimento da tensão, aguardar o tempo de bloqueio de 90 segundos. Não ocorre nenhum chaveamento
durante este tempo.

5) Verificar e /ou alterar o fator de potência cosϕ desejado com a chave seletora [H3] na posição 1

6) Verificar e/ou alterar o tempo de intervalo de chaveamento com a chave seletora [H3] na posição 2

7) Verificar e/ou alterar o número de estágios com a chave seletora [H3] na posição 5 (ajuste pela fábrica para o
máximo de saídas existentes). Se nem em todas as saídas existem capacitores conectados, o regulador reconhecerá
isto. O mesmo fará três chaveamentos para verificar que efetivamente não há capacitores e estes saídas serão
excluídas do processo de chaveamento. As saídas excluídas ou defeituosas podem ser visualizadas com a chave
seletora [H3] na posição 6 e o display mostrará “Cd _”. O regulador verifica estas saídas excluídas após o período
de 1 dia, após a falta de energia ou após o cancelamento das saídas excluídas (pressionando simultaneamente os
botões [+] e [-] por um tempo mínimo de 20 segundos) e vai habilitar as mesmas, caso o regulador detecta
capacitores nestas saídas.

8) Verificar e/ou alterar com a chave seletora [H3] na posição 9 o modo de sinalização de alarme desejado.

9) Posicionar a chave seletora [3] novamente na posição 3 = funcionamento automático.


Página 6 de 13

10) O display mostra o fator de potência (cosϕ) da instalação


(por exemplo: i 0.87 para carga indutiva ou c 0.94 para carga capacitiva)

11) Após o tempo de bloqueio de 90 segundos, o ponto no lado direito sobre o símbolo “+” piscará com a presença de
carga indutiva e com o regulador corretamente conectado.

12) Com todas as ligações corretas o regulador conectará no ritmo do tempo de intervalo de chaveamento ajustado os
estágios sucessivamente (com carga indutiva) até alcançar o fator de potência ajustado. Cada saída acionada será
sinalizada mediante um LED. Cada estágio energizado obrigatoriamente altera o cosϕ indicado no display. Se o
fator de potência da instalação difere do fator de potência ajustado, o ponto sobre o símbolo “+” (abaixo do valor
ajustado) ou o ponto sobre o símbolo “-“ (acima do valor ajustado) piscará.

13) No regulador BLR-CX o ajuste da sensibilidade (C/k) não é necessário, pois os estágios serão monitorados
automaticamente. No modo automático o regulador não obedece a um programa de chaveamento fixo. Capacitores
com potências diferentes podem ser utilizados nos estágios. Durante o processo de regulação diária, o regulador
verifica os valores dos capacitores e memoriza os mesmos. Como a relação do TC é desconhecida, estes valores são
apenas proporcionais (podem ser verificados com a chave seletora [H3] na posição 8).Não se trata de valores em
kvar (exceto com a opção “M”). O regulador busca um capacitor adequado para alcançar o fator de potência
ajustado.

Na utilização de potências iguais o regulador procura fazer uma distribuição homogênea das ligações.

Para aplicações especiais um programa de chaveamento fixo com a seqüência 1:1:1:...1 está disponível com a chave
seletora [H3] na posição F.

14) Se um dos pontos decimais no display sobre os símbolos “+” ou “-“ pisca, isto significa que o regulador está
procurando um estágio adequado. Caso o regulador não encontra um estágio adequado, nenhum chaveamento
ocorrerá e o ponto continua piscando e vai parar somente quando o cosϕ ajustado foi alcançado.

15) Para testar uma instalação sem carga indutiva a operação manual (chave seletora [H3] na posição 4) deve ser
selecionada e a tensão de medição deve ser > 50 V. Os capacitores podem ser ligados ou desligados com a ajuda dos
botões [+] e [-]. O chaveamento dos capacitores altera o valor do cosϕ exibido no display.

Durante este teste o regulador não verifica os valores dos capacitores (vide item 13 acima).

Uma vez terminada a operação manual, posicione a chave seletora [H3] novamente na posição 3 = Modo Automático

Após o termino do comissionamento recolocar a tampa de identificação da empresa para evitar a interferência de
pessoas não autorizadas.

4 Funções de alarme
No caso de alarme do fator de potência “AL” piscará no display

No regulador existe um contato reversível que no caso de alarme fecha o contato M-MO e abre M-MS. A capacidade de
comutação é de 3A com 250VAC.

1) Se o fator de potência ajustado não for atingido devida à capacitância insuficiente ou elementos de chaveamentos
defeituosos, o alarme será disparado após 75 vezes o tempo de intervalo de chaveamento ajustado com a chave
seletora [H3] na posição 2.

O símbolo “AL” aparece a cada 5 segundos alternadamente com outras indicações.

O reset pode ser efetuado com a chave seletora [H3] na posição 9 e no modo de sinalização A_3.

2) O alarme será ativado também quando um estágio for identificado como defeituoso.

O símbolo “AL” aparece a cada 5 segundos alternadamente com outras indicações.

O reset apenas pode ser feito com a chave seletora [H3] na posição 6.

3) Na falta da tensão auxiliar nenhum aviso será mostrado no display, o mesmo permanece escuro. O contato M-MO
do relé de alarme será fechado.
Página 7 de 13

5 Registro de dados
Com o uso do software “WINBSTO” é possível memorizar e analisar posteriormente os dados num PC, tais como cosϕ,
número de chaveamentos, data e hora dos chaveamentos, status de cada estágio, intervalos de chaveamentos do exaustor e
alarmes acionados.

Cada operação de chaveamento ocasiona o envio de dois blocos de dados, o primeiro antes da operação e o segundo depois da
operação. Dessa forma pode-se verificar o efeito da compensação de cada estágio (alteração do valor do cosϕ).

Na parte posterior do equipamento existe um conector de 14 pólos com uma porta interface a nível de TTL.

Com um cabo adaptador com um conversor TTL/RS232 integrado (disponível como acessório opcional – comprimento do
cabo = 0,2 m – cabo N0 8), o registro dos dados num PC é possível.

É possível também a memorização dos dados com um coletor de dados do tipo “DS21/22/23” num período de tempo maior.

A análise dos dados armazenados pode ser efetuada no PC mediante um programa de texto, como Word, por exemplo.

6 Opção “L”: Controle de ventilação + alteração da tarifação


Essa opção possui duas funções.

1) Controle da ventilação

Atrás da placa de identificação da empresa existem duas chaves do tipo DIP (S1 + S2) que permitem programar 4
temperaturas.

Se esta temperatura programada for ultrapassada no regulador, o contato LF / LF1 é fechado. A capacidade de comutação do
contato é de 5 A em 250 VAC (ligação do exaustor).

A ativação da ventilação ocorre quando em uma janela de tempo de 8 minutos o limite de temperatura programada ultrapasse
este tempo em 48 s. A ventilação permanece agora ativa por 8 minutos. Caso o limite da temperatura programada no próximo
ciclo está < 48 s, o sistema de ventilação será desligado após 8 minutos. Caso o tempo for superior a 48 s, a ventilação
permanece ativada por mais 8 minutos etc.

O tempo de operação do exaustor é sempre programado para o mínimo de 8 minutos. O desligamento sempre ocorre
automaticamente após 8 minutos. É possível desativar esta função com a chave seletora [H3] na posição 9 e no modo de
sinalização A_3.

Se durante a operação do exaustor ocorrem os dois alarmes (fator de potência e temperatura), o display mostra “AH ”
alternadamente com outras indicações. Os dois relés de alarme serão acionados, e o reset é possível como descrito
anteriormente.

Temperatura 20° 25° 30° 35°


DIP S1 OFF ON OFF ON
DIP S2 OFF OFF ON ON

2) 20 Fator de Potência (Acionamento em períodos de tarifas alta e baixa)

Com a chave seletora [H3] na posição A existe a opção para escolher um segundo fator de potência – i 0.70...1...c 0.70 para o
período de tarifa baixa “NT”.

(No regulador básico existe esta indicação, porém sem função).

Para ativar esta função deve-se conectar uma tensão de 150-240VCA / 45-65Hz nos terminais NT / NT1. Na falta desta tensão
o regulador retorna automaticamente para o 10 fator de potência ajustado (chave seletora [H3] na posição 1 = tarifa alta “HT”).
Página 8 de 13

7 Opção “LT”: Controle de ventilação + alteração da tarifação


em função da temperatura
A opção “LT” possui a opção “L” e adicionalmente o aparelho vai ativar o fator de potência da faixa 2 (período baixo), quando
a tempertura ultrapasse os 570 C em redor do regulador (Histerse = aprox. 40 C). Esta operação permite o resfriamento do
painel e uma vez a tempertura baixou, o aparelho vão ativar novamente o fator de potência da faixa 1 (período alta).

8 Opção “M”: Com indicação de valores de medição


Nesta versão não existem os botões [+] e [-] atrás da placa de identificação da empresa. O controle será executado através dos
dois teclados na parte frontal do regulador (mesmas funções como os botões [+] e [-]).

A indicação correta dos valores de medição requer a introdução do fator de relação de transformação do TC e o fator de
relação de transformação do TP. Ajuste com a chave seletora [H3] nas posições “D“ e “E“ respectivamente.

Todo o valor de medição tem uma comutação automática de, por exemplo, kW para MW através do ponto no mostrador como,
(por exemplo, de 9999 → 10.0)

Os valores de medição são atualizados a cada 3 segundos.

D Escolha do fator de relação do TC

Fator 1.......4000 selecionável com as teclas [+] e [-] na parte frontal

Exemplo: 800/5A = Fator 160 – o valor será indicado no display –

O regulador é fornecido com o fator: 100

E Escolha do fator de relação do TP

Fator 1.0.......350.0 selecionável com as teclas [+] e [-] na parte frontal

Exemplo: 20kV/100V = Fator 200 – o valor será indicado no display –

O regulador é fornecido com o fator: 1.0

Os seguintes dados de medição podem ser visualizados com as teclas [+] e [-] na parte frontal

Display C cosϕ da instalação

U Tensão de medição (é a mesma da instalação)

I Corrente da fase em que o TC está instalado

P Potência ativa total

S Potência aparente total

q Potência reativa total

F Freqüência
Página 9 de 13

9 Opção “K”: Filtros combinados


Programa de chaveamento com filtros combinados

Em instalações com filtros combinados deve-se assegurar que as potências energizadas com filtros dessintonizados, por
exemplo, grau de sintonia12%, devem ser obrigatoriamente maiores do que as das potências com um grau de sintonia mais
baixo, por exemplo, 7%.

Para esta finalidade existe o programa “Filtros combinados”.

Esta opção deve ser mencionada na encomenda para ser incorporada na fábrica.

É importante lembrar que as potências com o grau de dessintonia maior devem ser conectadas nas saídas ímpares e as
potências com o grau de dessintonia menor nas saídas pares.

10 Ajustes
(os ajustes dependem da instalação)

Hex [H3] Ajuste de fábrica Ajuste próprio Hex [H3] Ajuste de fábrica Ajuste próprio
H0 OFF/10 A 1.00
H1 1.00 B Y__1
H2 40 C 30
H5 Saídas máximas D 100
H9 A__0 E 1.0
F AUTO
S1 + S2 ON = 35°C
Página 10 de 13

11 Diagrama de conexão
a) Exemplo de ligação com a tensão de medição Um1 e Um2 nas fases L2-L3 e a medição da corrente na fase L1.
Controle da ventilação, comando para a mudança da tarifação (20 cosϕ) e tensão auxiliar.
Nota: Se a tensão de medição Um1 e Um2 for nas fases L1-L3 a medição da corrente deve ser na fase L2.
Se a tensão de medição Um1 e Um2 for nas fases L1-L2 a medição da corrente deve ser na fase L3.

Utilizando esta versão de conexão, o programa de chaveamento “Auto” ou “1111” obrigatoriamente deve ser
selecionado com a chave seletora [H3] na posição F (medição em duas fases)!
Página 11 de 13

b) Exemplo de ligação com a tensão de medição Um1 e Um2 monofásica, L1-N e a medição da corrente na fase L1.
Controle da ventilação, comando para a mudança da tarifação (20 cosϕ) e tensão auxiliar.
Nota: Se a tensão de medição Um1 e Um2 for L2-N a medição da corrente deve ser na fase L2.
Se a tensão de medição Um1 e Um2 for L3-N a medição da corrente deve ser na fase L3.

Utilizando esta versão de conexão, o programa de chaveamento “EAut” ou “E111” obrigatoriamente deve ser
selecionado com a chave seletora [H3] na posição F (medição monofásica)!

Página 12 de 13
12 DADOS TÉCNICOS
• Tensão de medição (Um1; Um2): 50-530 VAC, 1VA

• Freqüência: 45-65 Hz

• Corrente (k-s1 ; l –s2): 0-5A, sensibilidade 10mA, carga 15mOhm


sobrecarga: 20% contínuo, 50A por 1s

• Alimentação auxiliar (La; Lb; N): La-N: 207-253VAC; fusível máximo gL 6A


Lb-N: 100-132VAC; fusível máximo gL 6A

• Consumo: Alimentação auxiliar 6 VA, tensão de medição 1VA

• Relés de saídas (1.......12): Contatos NA, capacidade de comutação de cada contato 250VAC / 5A,
fusível máximo gL 6A

• Contato de alarme (M-MO-MS): Contato reversível, livre de potencial, normalmente fechado,


capacidade de comutação de cada contato 250VAC / 5A, fusível máximo gL 6A

• Controle do ventilador (LF-LF1): Contato NA, capacidade de comutação 250VAC / 5A

• Interface: TTL, na parte posterior

• Temperatura ambiente: Operação: 0o C.....+ 70o C, estocagem: -20o C.....+ 85o C

• Umidade: Máxima 95%, não condensado

• Classe de sobre-tensão: II, grau de poluição 3 (DIN VDE 0110, Parte 1/IEC 60664-1)
• Normas: DIN VDE 0110, Parte 1 (IEC 60664-1:1992)
VDE 0411, Parte 1 (DIN EN 61010-1 / IEC 61010-1:2001)
VDE 0843, Parte 20 (DIN EN 61326 / IEC 61326:1997 + A1:1998+A2:2000)

• Conformidade e listagem: CE; UL; cUL

• Terminais: Tipo mola, seção máxima 2,5mm2

• Caixa: Caixa de instrumentos DIN

• Grau de proteção: Frontal IP50 (opcional IP54), parte posterior IP20

• Massa: Aproximadamente 800 g

• Dimensões: 144x144x58 AxLxP, recorte 138+0,5 x 138+0,5 mm

Ligação da tensão auxiliar


- La

- Lb Supply 207- 253V


voltage

100-132V
-N

Exemplo: Se a tensão da rede for 220V sem neutro, a tensão de 220Vdeve ser conectada nos terminais N e La.

MB_PT_CX_07_novo_SW111.doc Página 13 de 13