Você está na página 1de 4

Disciplina: Estruturas em Concreto Protendido.

Identificação da tarefa: Tarefa 3. Unidade 3


Pontuação: 15 pontos.
Tarefa 3

1) De acordo com o diagrama da flecha versus carregamento da viga da


Figura 1 a seguir, explique, com suas palavras, o que representa cada um
dos pontos marcados de 1 a 9 neste diagrama. (Máximo 15 linhas)
Figura 1. Diagrama carga x flecha de viga protendida subarmada com
armadura aderente (modificado de Bastos, 2015)

Onde:
api: contraflecha da viga devida à protensão inicial;
ape: contraflecha da viga devida à protensão efetiva;
ag1: flecha devido ao peso próprio.

Resposta
Podemos observar ser uma viga simplesmente apoiada, com carregamento
crescente.
Pontos 1 e 2: viga em repouso com a existência de uma contraflecha,
sem atuação de carregamento.
Pontos 3 e 4: Acontece o carregamento e início da protensão, vindo a diminuir
a contraflecha até zerar no ponto 4.
Ponto 5: Tem início da tensão zerada.
Ponto 6: Surgimento da primeira fissura.
Ponto 7: A partir desde ponto a viga se comporta como concreto armado
convencional.
Pontos 8: A partir desde ponto as deformações são permanentes, fazendo com
que o aço entre na fase de escoamento.
Ponto 9: A viga atinge sua capacidade máxima de carregamento e os momento
fletores.

2) A força efetiva de protensão varia em todo o comprimento do cabo e é


menor do que a que foi aplicada pelo dispositivo de protensão. Dá-se o
nome de perda de protensão à diminuição desta força. Quais são os
principais fatores que influenciam nas perdas de protensão? (Máximo 10
linhas)

Resposta:
São 4 perdas que contribuem para a diminuição da protensão.
Perdas por atrito: nada mais são que os atritos dos cabos nas bainhas.
Perdas por acomodação: incide após o escorregamento dos fios e acomodação
das cunhas nos furos porta cunhas.
Perdas por encurtamento do concreto: devido a protensão pode ocorrer a
deformação no concreto.
Perdas progressivas: são provocadas pela fluência e retração do concreto e
pela relaxação da armadura. Ambas expõem o princípio de protensão às
intempéries. A retração do concreto leva a uma perda de tensão na armadura
em função do ambiente de cura e depende do intervalo de tempo entre a
concretagem e a transferência da protensão.

3) Calcule as perdas por atrito nas seções B, C e D da viga contínua da


Figura 2 com cabos pós-tracionados.

Figura 2. Esquema da viga contínua (Bastos, 2015)


Dados:
µ = 0,20
k = 0,002/m
σPi = - 1.400 Mpa
Ap = 9,87 cm2

Resposta:
REFERÊNCIAS

BASTOS, P. S. S. Concreto Protendido. Bauru: Universidade Estadual


Paulista, 2015.