Você está na página 1de 16

ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT

ENS 1 E 2 GRAUS

PROJETO DE EXECUÇÃO SOBRE QUÍMICA E O


MEIO AMBIENTE
REPELENTE ECOLÓGICO

PARNAMIRIM/RN
NOVEMBRO/2017

1
ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT
ENS 1 E 2 GRAUS

PROJETO DE EXECUÇÃO SOBRE QUÍMICA E O


MEIO AMBIENTE
REPELENTE ECOLÓGICO

PESQUISADORAS: AUANNA MYRELLA, FERNANDA


FERREIRA, MARIA EDUARDA SANTIAGO, STEYSSYLLY
DANYELLA, VITORIA TAYNAR.

ORIENTADOR: WILDSON ARCANJO


TURMA: 2° ANO D – VESPERTINO

PARNAMIRIM/RN
NOVEMBRO/2017

2
“Cada pessoa deve trabalhar para o seu aperfeiçoamento e, ao
mesmo tempo, participar da responsabilidade coletiva por toda a
humanidade.”
Marie Curie – Cientista, química e física.

3
SUMÁRIO

1- RESUMO.................................................................................5

2- ABSTRACT..............................................................................6

3- OBJETIVOS.............................................................................7

4- JUSTIFICATIVA.......................................................................8

5- INTRODUÇÃO.........................................................................9

6- DESENVOLVIMENTO.............................................................10

7- CONCLUSÃO..........................................................................12

8- CRONOGRAMA......................................................................13

9- BIBLIOGRAFIA........................................................................14

10- ANEXOS................................................................................16

4
1- RESUMO

O presente projeto de pesquisa reflete uma das grandes


dificuldades enfrentadas pelos alunos da Escola Estadual
Santos Dumont, que atualmente sofrem com a grande
quantidade de mosquitos no ambiente escolar. Pensando no
bem estar e saúde de todos, formulamos um repelente
natural feito com cravo-da-índia. Para a realização do
experimento utilizou-se os seguintes materiais: Cravo-da-
índia, álcool de cereais e óleo corporal. O resultado foi o
mais eficaz possível. O projeto estimulou o pensamento
crítico dos alunos, contribuiu para a preservação da saúde e
incentivou atitudes de prevenção de mosquitos, para
garantir o bem estar coletivo, criando cuidados com o meio
ambiente e com a própria saúde.

Palavra-Chave: Mosquitos, Repelente, Cravo-da-índia,


Meio Ambiente, Saúde.

5
2- ABSTRACT

The present research project reflects one of the great


difficulties faced by the students of the Santos Dumont
State School, who currently suffer from the large number of
mosquitoes in the school environment. Thinking about the
well-being and health of all, we formulated a natural
repellent made with clove. For the accomplishment of the
experiment the following materials were used: Clove,
cereal alcohol and corporal oil. The result was as effective
as possible. The project stimulated the critical thinking of
students, contributed to the preservation of health and
encouraged mosquito prevention attitudes to ensure
collective wellbeing, creating care with the environment
and with health itself.

Keyword: Mosquitoes, Repellent, Clove, Environment,


Cheers.

6
3- OBJETIVOS

O projeto tem como principal objetivo utilizar o meio


ambiente e outros recursos para desenvolver a
sustentabilidade, interdisciplinaridade e o pensamento
crítico. Visando contribuir para a preservação da saúde e
incentivar atitudes de prevenção de mosquitos e outros
insetos; Reconhecer como os hábitos de higiene ajudam a
manter a saúde e a prevenir doenças; ter cuidado com o
armazenamento do lixo. E por fim, trabalhar junto à
comunidade escolar, esclarecendo dúvidas a respeito desse
assunto.

7
4- JUSTIFICATIVA

Tendo em vista a grande quantidade de mosquitos na


Escola Estadual Santos Dumont, e apesar das vistorias para
não deixar lixos em locais inapropriados, o aparecimento
desses mosquitos ainda é muito visado. Neste contexto,
resolvemos abraçar e disseminar essa causa, com o fim de
amenizar o incômodo dos alunos no cotidiano escolar.
Dessa forma, visando patrocinar o processo de
sensibilização de modo que percebam a gravidade do
problema (e o quanto ainda poderá se agravar) e ao mesmo
tempo embutira responsabilidade de que cada um é cidadão
devendo colaborar ativamente no processo de prevenção,
controle e irradicação de mosquitos e outros insetos. Nós
desenvolvemos este projeto com o principal objetivo de
sensibilizar e conscientizar todos sobre a necessidade das
medidas preventivas para garantir o bem estar coletivo,
criando atitudes de cuidado com o meio ambiente e com a
própria saúde.

8
5- INTRODUÇÃO

Na escola, a educação ambiental pode ser definida de


acordo com o processo em que se busca despertar a
preocupação individual e coletiva para a questão ambiental,
contribuindo para o desenvolvimento de uma consciência
crítica e estimulando o enfrentamento das questões
ambientais e sociais.
Na escola, a educação ambiental deve ser abordada de
maneira crítica, envolvendo a realidade com os problemas
socioambientais. Nesse sentido, o presente projeto teve
como objetivo abordar a educação ambiental na escola, na
disciplina de Química, através do tema dengue, que é um
grave problema no Brasil. A abordagem foi realizada
através da problematização e debate sobre como controlar
e amenizar a proliferação do Aedes Aegypti, trazendo aos
alunos a questão da educação ambiental e responsabilidade
social que cada cidadão tem na sociedade.
O tema da dengue, além de envolver a questão
ambiental, também possibilitou a abordagem de conceitos
da disciplina de Química, já que uma das medidas de
proteção contra o mosquito transmissor da dengue é o uso
de repelentes e, atualmente receitas de repelentes à base de
extratos de plantas estão sendo muito divulgadas na mídia
e utilizadas pela população; nesse contexto, um repelente à
base de óleo essencial de cravo-da-índia foi formulado.

9
6- DESENVOLVIMENTO

O método mais conhecido para a prevenção da Dengue


é combater os focos de acúmulo de água, que favorecem a
proliferação do mosquito Aedes aegypti. Além da
prevenção através do controle mecânico acima citado,
também existe o controle químico de prevenção, através da
utilização de repelentes.

A formulação de um Repelente Natural:

Na primeira aula, o tema da Dengue foi explorado. O


controle e a prevenção da doença foram problematizados e
debatidos entre as alunas. A partir das sugestões propostas,
o projeto foi apresentado, chegando-se à conclusão de que
seria formulado um repelente à base de óleo de cravo-da-
índia.
Na segunda aula, foram abordados os conceitos de
Química, que seriam utilizados na experiência. Misturas
homogêneas (soluções) e heterogêneas; Processos de
separação (destilação / centrifugação); Densidade, entre
outros.

10
O experimento demonstrativo:

Para a realização desse experimento utilizou-se os


seguintes materiais: Cravo-da-índia, álcool de cereais e óleo
corporal, borrifador, peneira e um funil.
Uma quantidade de 40 gramas de cravo da índia foi
implantada dentro da garrafa de álcool de cereais, com o
auxílio de um funil.
Foi preciso deixá-lo ali por 4 dias, agitando algumas
vezes ao dia – quanto mais agitado e infuso, mais
concentrado fica. Dessa forma o álcool extrai o óleo
essencial do cravo.
Após o tempo determinado, o óleo corporal foi
acrescentado. Depois disso, coamos tudo e colocamos
dentro do borrifador. O repelente, enfim, finalizado.

11
7- CONCLUSÃO

O presente trabalho apresentou a educação ambiental


na escola através do tema da dengue de modo transversal
com a disciplina de Química, estimulando o pensamento
crítico do aluno em relação às questões socioambientais e
possibilitando o ensino de conceitos químicos, tais como
misturas homogêneas e heterogêneas, processos de
separação de misturas, densidade, ponto de fusão e ponto
de ebulição, solubilidade, entre outros. De maneira
dinâmica e contextualizada, importante na construção do
próprio conhecimento.

12
8- CRONOGRAMA

13
9- BIBLIOGRAFIA

Material da Internet:

Desviantes – 9 Receitas de Repelente Natural.


Disponível em:
http://desviantes.com.br/blog/post/9-receitas-de-
repelente-natural/
Data de asseso: 01 de Novembro de 2017

G1 – Globo São Paulo. Aprenda a fazer repelente


natural do Aedes Aegypti com cravo da índia.
Disponível em:
http://g1.globo.com/sao-paulo/itapetininga-
regiao/noticia/2015/12/aprenda-fazer-repelente-natural-
do-aedes-aegypti-com-cravo-da-india.html
Data de asseso: 01 de Novembro de 2017

Mundo Boa Forma – 12 Benefícios do Cravo-da-índia,


para que serve e propriedades.
Disponível em:
http://www.mundoboaforma.com.br/12-beneficios-do-
cravo-da-india-para-que-serve-e-propriedades/
Data de asseso: 04 de Novembro de 2017

14
Química Sustentável – Como os repelentes naturais
funcionam.
Disponível em:
http://googleweblight.com/?lite_url=http://qsustentavel.
blogspot.com.br/2015/12/como-os-repelentes-naturais-
funcionam.html%3Fm%3D1&lc=ptBR&s=1&m=455&
host=www.google.com.br&ts=1509538016&sig=ANTY
_L1R1p_r638mv8vC7j_2nre76vZ9Hw
Data de acesso: 09 de Novembro de 2017

Tua Saúde – Repelente Caseiro.


Disponível em:
https://www.tuasaude.com/repelente-caseiro/
Data de acesso: 09 de Novembro de 2017

15
10- ANEXOS

• Material utilizado no experimento:

16