Você está na página 1de 2

COMPADRISMO um escroque, trapaceiro e corrupto.

Desde menino ele era


O compadrismo é uma autêntica instituição nacional, fraco e, para sua infelicidade, tem problemas com a
nascida dessa nossa tendência para a aproximação e a bebida, com meia dúzia de tragos o degenerado cai. Ele
camaradagem. Também a nossa política anda impregnada não pode ter um relacionamento normal com ninguém e,
desses mesmos sentimentos, que têm levado o Brasil à junto com você, são os piores advogados da região, sem
beira do abismo, porque o governo tem de ser muito contar que ele trai a esposa com três mulheres, uma das
pessoal e individualista, cheio de vantagens e proteções, quais é sua esposa. Sim senhor, eu conheço o Sr.
de abraços e intimidades. Carvalho.
(A. da Silva Mello) O advogado de defesa quase caiu morto.
Então, o juiz chama os dois advogados para irem
1. Deduz-se da leitura do texto que: à banca e diz:
a) o compadrismo deve ser abolido para que a política - Se algum de vocês, perguntar a esta velha se ela
brasileira tenha atuação positiva. me conhece, eu mando prender os dois!
b) o compadrismo é uma instituição nacional que se limita
à política. 3. Das afirmações seguintes:
c) os governos devem ser pessoais e individualistas para I. A finalidade do texto é denunciar o poder judiciário
que não se contaminem pelo compadrismo. mostrando que tanto advogados quanto juízes são todos
d) as vantagens e as proteções governamentais são frutos corruptos.
da recusa do compadrismo em nossa política. II. Considerando a frase: “Você sempre mente, acha que
e) o compadrismo é uma instituição americana e tem feito sabe de tudo, é muito arrogante, abusivo, trai sua esposa
a desgraça política de muitas nações do continente. e, pior de tudo, é que manipula as pessoas”, podemos
deduzir através do enunciado que a velha estava convicta
2. Ao dizer que o compadrismo é uma autêntica instituição do que dizia.
nacional, o autor não indica a que nação se refere, mas os III. A preposição “PARA" no enunciado: “o advogado
leitores sabem que ele se refere ao Brasil; esse acusador chamou sua primeira testemunha, uma mulher
conhecimento deriva do fato de que: idosa, para testemunhar.” denota finalidade.
a) o autor é brasileiro. a) Estão corretos os itens I e II.
b) o texto foi produzido no Brasil e para ser lido aqui. b) Estão corretos os itens I e III.
c) a língua utilizada no texto é a portuguesa. c) Estão corretos os itens II e III.
d) só o Brasil possui o compadrismo. d) Todos estão corretos.
e) as informações do texto se referem ao Brasil. e) Apenas o item I está correto.

3. O tipologia do texto I pode ser classificada como: 4. Sobre formação de palavras, analise os seguintes
a) narrativo; trechos e, em seguida, assinale a alternativa incorreta:
b) argumentativo; I - “Desde menino ele era fraco e, para sua infelicidade...”
c) informativo; II - “Ele não pode ter um relacionamento normal com
d) publicitário; ninguém.”
e) descritivo. III - “Claro que conheço o dr. Carvalho.”
IV - “O advogado se aproxima e...”
TEXTO II a. Em I há a palavra foi formada pelo processo de
CUIDADO COM VELHINHAS NOS TRIBUNAIS derivação prefixal e sufixal.
Os advogados nunca devem fazer uma b. Em II a palavra sublinhada é formada pelo acréscimo de
pergunta a uma avó se não estiverem preparados para sufixo.
a resposta. c. Em III a palavra “claro” não exerce a função típica de
Durante um julgamento em uma pequena cidade, adjetivo, o que a torna um exemplo de derivação
o advogado acusador chamou sua primeira testemunha, imprópria.
uma mulher idosa, para testemunhar. d. Em IV a palavra em destaque é exemplo de derivação
O advogado se aproxima e, para verificar seu regressiva, uma vez que “aproximar” possui mais fonemas
estado mental, ele pergunta: que “aproxima”.
- Sra. Antônia, sabe quem eu sou? e. I, II e III são exemplos de derivação. (comentários )
Ela, com a calma que os anos dão, respondeu:
- Sim, dr. Vargas. Eu o conheço desde criança, e 5. Nos trechos: "Você sempre mente, acha que sabe de
francamente, lhe digo que você acabou sendo uma grande tudo, é muito arrogante, abusivo, ..." e "O advogado de
decepção para os seus pais. Você sempre mente, acha defesa quase caiu morto.", quais figuras de linguagem
que sabe de tudo, é muito arrogante, abusivo, trai sua foram identificadas respectivamente?
esposa e, pior de tudo, é que manipula as pessoas, você a. quantidade e modo;
acha que é o melhor de todos quando na verdade não é b. zeugma e anacoluto;
ninguém. Sim senhor, eu o conheço muito bem. c. hipérbole e modo;
Um pesado silêncio invadiu a sala... O advogado d. hipérbole e metáfora;
ficou perplexo, sem saber exatamente o que fazer. e. metáfora e aliteração.
Reagindo depois de um momento, ele apontou para a sala
e perguntou à velha: 6. Em: “- Sra. Antônia, sabe quem eu sou?” a acentuação
- A Sra. conhece o advogado de defesa? gráfica se dá porque:
Novamente e com a mesma calma, ela respondeu: a. é paroxítona e termina em ditongo;
- Claro que conheço o dr. Carvalho, desde criança. b. é proparoxítona: A-tô-ni-a;
A mãe dele, que ficou viúva recentemente, também não se c. é oxítona terminada em “a”;
orgulha dele; ele se parece muito com você, além de ser
d. é substantivo próprio;
e. não sei da resposta. 14. Assinale a frase em que há erro de regência verbal:
a) a notícia carece de fundamento;
7. Nas orações: “A mae dele, que ficou viuva b) o chefe procedeu ao levantamento das necessidades
recentemente, tambem nao se orgulha dele.” Requererá: da seção;
a) 5 acentos; c) os médicos assistiram o simpósio e acharam-no muito
b) 4 acentos; interessante;
c) 3 acentos; d) é necessário que todos obedeçam às diretrizes
d) 2 acentos; estabelecidas;
e) 1 acento; e) daqui posso ver-lhe o passo oblíquo e trôpego.

8. No trecho: “Reagindo depois de um momento, ele 15. Indique onde há erro de regência nominal:
apontou para a sala e perguntou à velha:” ocorreu um a) Ele é muito apegado em bens materiais.
fenômeno conhecido por crase. Assinale a alternativa em b) Estamos fartos de tantas promessas.
que este fenômeno ocorreria pela mesma razão do c) Ela era suspeita de ter assaltado a loja.
enunciado e estaria de acordo com a norma padrão da d) Ele era intransigente nesse ponto do regulamento.
língua. e) A confiança dos soldados no chefe era inabalável.
a. Luiza foi à feira ontem.
b. Ontem assistimos à novela.
c. Caio encontrou à caneta.
d. Chegaremos às 10h e perguntaremos à ela se tudo foi
resolvido.
e. Perguntamos à Vossa Senhoria o porquê disso.

9. “O advogado se aproxima e, para verificar seu estado


mental” a preposição conota:
a. adição;
b. dúvida;
c. finalidade;
d. concessão;
e. proporção.

10. Leia o fragmento seguinte e responda à questão que


lhe convier. “Durante um julgamento em uma pequena
cidade.” e “eu o conheço muito bem” os conectivos dão,
de modo respectivo, os sentidos de:
a - modo e lugar;
b - lugar e tempo;
c - tempo e modo;
d - intensidade e modo;
e - lugar e modo.

11. “A mãe dele, que ficou viúva recentemente, também


não se orgulha dele.” A conjunção "também" denota:
a) Tempo;
b) Conclusão;
c) adição;
d) Proporção;
e) Fim.

12. Em: “Então, o juiz chama os dois advogados para irem


à banca...” - , o acento grave:
a. É facultativo;
b. É obrigatório;
c. Está empregado incorretamente;
d. É opcional;
e. O verbo “ir” é intransitivo indireto por isso exige o uso.

13. Sobre concordância verbal, assinale a alternativa


incorreta.
a. Faz cinco anos que moramos aqui.
b. Faltou Caroline e Matheus apenas.
c. Faltaram Caroline e Matheus apenas.
d. Tristeza e desolação marcou o enterro dos jovens
mortos no acidente.
e. Choveram grandes quantidades de granizo.