Você está na página 1de 3

Arte e cultura da Argentina

A Argentina é um importante polo cultural, com reconhecido prestígio


e grandes representantes nas mais diversas formas de expressão
artística. Conheça abaixo um pouco mais sobre as principais
características da cultura argentina:
 Música argentina
Tango // Rock nacional // Folclore // Cumbia e
cuarteto // Reggae // Playlist
 Cinema argentino
Reconhecimento e prêmios // Breve história // Filmes mais vistos
 Teatro argentino
 Literatura argentina
 Histórias em quadrinhos argentinas
 Pintura argentina

Música argentina
TANGO

A origem do tango data do final do século XIX, produto de uma mistura


de vários ritmos provenientes dos subúrbios de Buenos Aires e de
cidades do outro lado do Río de la Plata, no Uruguai. Esteve associado
desde sua origem com bordéis e cabarés, âmbito de contenção da
população imigrante massivamente masculina. Não passou muito
tempo até que o tango se estendesse também aos bairros proletários
e logo passasse a ser aceito “nas melhores famílias”, principalmente
depois que a dança teve sucesso na Europa.
A melodia provinha de flauta, violino e violão, sendo que a flauta foi
posteriormente substituída pelo bandoneón (espécie de sanfona). Os
imigrantes acrescentaram ainda todo o seu ar nostálgico e melancólico
e, desse modo, o tango foi se desenvolvendo e adquirindo um sabor
único. Simultaneamente, uma linguagem paralela ia se formando
dessa mistura de raças e ritmos, o denominado lunfardo.
Carlos Gardel foi o primeiro grande divulgador do tango no exterior,
alcançando enorme repercussão no começo da década de 1930. Depois
de alguns anos de esquecimento fora da Argentina, o interesse pelo
gênero ressurgiu graças a Ástor Piazzolla, quem lhe deu uma
perspectiva totalmente inovadora. O tango também deve muito aos
grandes mestres e suas orquestras brilhantes, evocando nomes
como Aníbal Troilo, Homero Manzi, Enrique Santos Discépolo,
Osvaldo Pugliese, Mariano Mores, entre tantos outros.
Hoje em dia, o tango ocupa um lugar de honra no coração de
argentinos de diversas gerações. Com epicentro em Buenos Aires, as
referências a esse ritmo estão presentes em luxuosos, tradicionais ou
modernos shows de tango e milongas, em canais de TV e em rádios,
em sapatarias especializadas, em cursos para todos os níveis, na
música eletrônica e, enfim, na constante reinvenção do tango.
Cultura da Argentina
A cultura da Argentina é diversa, graças ao caráter pluricultural do país,
uma de suas variedades geográficas é a combinação das muitas
identidades étnicas — principalmente a europeia — que compõem sua
população. Entre elas existe o Tango (Hola ) como é chamado em
regiões ocidentais.
A cultura Argentina tem como origem a mescla de outras que se
encontraram durante o período das imigrações. Quanto às ideologias,
destacam-se o pensamento e a linguagem social-democrata, bem
como a fé na liberdade, na democracia e no respeito aos direitos
humanos.
Há no país uma grande diversidade de atividades culturais e artísticas
de renome internacional — teatro, pintura, escultura, música e
literatura. As cidades mais importantes, notadamente Buenos Aires,
são palco diário de conferências, concertos, exposições, museus,
cursos, peças de teatro e balé. Os cinemas são abundantes nas
grandes cidades. A música popular — como o tango —, a música
tradicional e até o rock são interpretados e dançados em locais de
ampla afluência pública.
A cozinha argentina oferece ao visitante a possibilidade de saborear
pratos típicos tendo como ingrediente principal a carne que goza de
uma sólida reputação em todo mundo por sua qualidade. Os
restaurantes típicos, chamados parrillas, oferecem as mais diversas
probabilidades de provar a típica carne assada, além de oferecer ao
visitante pratos variados, assim como os pratos clássicos do resto do
país.
Uma das maiores paixões dos argentinos é o futebol, com alguns
estádios conhecidos com capacidade de mais de 60.000 pessoas. O
polo argentino é conhecido internacionalmente, tanto pela excelência
de seus jogadores como pela qualidade dos cavalos. Tenis, paddle,
hockey, rugby são atividades praticadas pela população. A prática do
esqui em suas diversas modalidades acontecem durante toda a época
do inverno, entre os meses de junho e setembro. Esportes aquáticos,
como barco a vela e a motor, windsurfe, esqui aquático se praticam
nos rios, lagos e em todo o litoral. Além da possibilidade de praticar
equitação, trekking, montanhismo, mountain bike, asa-delta, rafting,
canoagem, mergulho, entre outros por todo país.