Você está na página 1de 9

Escola SENAI Félix Guisard – CFP 3.

01
Roteiro 1 de execução de Simulação de Sistema Flexível de Manufatura
Objetivos:
- Simular Sistemas Flexíveis de Manufatura;
- Analisar resultados de Simulações de SFM;

Elaborando o Modelo 1

- Abra a aplicação FlexSim, por meio do ícone do Desktop. Assim que o software
carregar, será possível visualizar os menus e as barras de ferramentas, bem como as
Janelas de Visualização dos Modelos

Iniciando um novo Modelo

- Clique no Ícone New Model, para que um novo arquivo seja criado com o modelo
vazio

O FlexSim permite ao usuário selecionar apropriadamente as unidades para o


Modelo. Por padrão, a Janela de seleção de Unidades vai aparecer para cada novo
arquivo, sendo possível a seleção de tempo, tamanho e fluídos. As unidades
escolhidas serão usadas em todo tempo de execução do modelo. Para este primeiro
roteiro, utilize:
- Time Units (Unidade de Tempo): Seconds.
- Length Units (Unidade de Tamanho): Meters.
- Fluid Units (Unidade de Fluídos): Liters.
Passo 1: Criar os objetos

- Insira um Source e o nomeie como Fonte;

- Insira um Queue, 3 Processors, 3 Conveyors e um Sink no Modelo. Coloque os


nomes nos objetos conforme mostrado abaixo. Para renomear um objeto, dê um
clique-duplo em cada um, mudando o nome do objeto na parte superior da Tela de
Propriedades, pressionando Apply e OK.
Passo 2: Conecte as portas

- Clique no modo de conexão direta (ícone ) ou pressione e segure a tecla A.


- Você pode realizar a conexão de duas maneiras:
- 1ª maneira: clique no objeto de origem e depois no de destino;
- 2ª maneira: clique e arraste a seta indicativa do objeto de origem para o de
destino;

- Da mesma forma, as conexões podem ser desfeitas clicando no botão ou


pressionando a tecla Q enquanto arrasta a função do objeto de origem para o de
destino;
- Realize a conexão da seguinte forma:
• Conecte o Source ao Queue;
• Conecte o Queue ao Processor1, Processor2, e Processor3;
• Conecte o Processor1, Processor2 e Processor3 à sua esteira correspondente;
• Conecte cada uma das três esteiras ao Sink.

Passo 3: Atribuir a taxa de chegada de peças

Neste modelo inicial precisamos alterar o tempo entre chegada de peças e o tipo
de produtos, afim de gerar três categorias diferentes.
- Para isso, faça:

• Dê um clique-duplo no Source para abrir suas Propriedades;


• Na Aba Source, selecione Statistical Distribution da lista Inter-arrivaltime. Uma
janela de distribuição estatística vai aparecer;
• Defina o item Distribution para exponential;
• Defina o item Location para 0;
• Defina o item Scale para 20;
• Defina o item Stream para 0.
O próximo passo que devemos realizar é atribuir um número associado aos
itens que aparecem no modelo. Estes números serão distribuídos uniformemente entre
1 e 3. A maneira mais simples de se fazer isso é alterar o tipo do item acessando a
aba Flow, clicando no disparador OnCreation no Source. Não feche ainda a tela de
propriedades.

Passo 4: Defina o tipo do item e a sua cor

- Clique na Aba Triggers, adicionando uma função, clicando no ícone ) do


Disparador OnCreation. Por fim, selecione o item Set Item Type and Color. A janela a
seguir irá aparecer.

- Uma distribuição do tipo duniform é similar a distribuição uniform, exceto que, ao


invés de retornar um número real entre os parâmetros definidos, apenas valores
inteiros serão retornados. Os valores padrão serão usados nesse roteiro;
- Clique em OK para aplicar as mudanças e fechar a tela Properties.
- O próximo passo será detalhado para o Queue. Sendo que essa ferramenta é
responsável por reter os itens até que possam ser processados, há duas tarefas a
realizar. Primeiro, devemos definir a capacidade da Queue a armazenar 25 itens.
Posteriormente, defina as opções de fluxo para enviar os itens 1 para o Processador
1, os itens 2 para o Processador 2, os itens 3 para o Processador 3.

Passo 5: Definir a capacidade do Queue

Para definir o Máximo de itens suportado pela Queue, dê um clique-duplo sobre ele,
para abrir o menu Propriedades. Faça os seguintes passos:
- Altere Maximum Content (Capacidade Máxima) para 25.

- Não feche ainda a Janela de Propriedades.


Passo 6: Definindo o Fluxo na Queue

- Você deve definir o fluxo no Queue dando um clique-duplo no objeto, para que abra
novamente as propriedades na tela;
- Alternativamente, você deve abrir a janela de propriedades do objeto;

- Clique na Aba flow, alterando as seguintes opções:

- No item Send To Port, selecione By Expression


Desde que tenhamos atribuído um número igual a 1, 2 ou 3, pode-se agora
usar um tipo de capacidade como item.type
Note que a saída padrão é item.type. Deixe-a com o valor padrão. O
processador 1 deve estar conectado a porta 1, processador 2 na porta 2 e
processador 3 na porta 3. Clique fora da janela para aplicar o gatilho (trigger) de
operação.
Clique no botão OK para aplicar e fechar a janela de propriedades do Queue.
O próximo passo é definir os tempos de processamento. The next step is to set the
processor times.

Passo 7: Definindo o tempo de processo

- Deve-se definir o Tempo de trabalho dos processadores clicando no Queue,


abrindo suas propriedades na janela adequada.
- Para este exemplo faremos a seguinte alteração:

• Dê um clique-duplo no Processador1 para abrir a janela de Propriedades;


• Na aba Processor, clique em Process Time, selecionando Statistical
Distribution da lista do item Time. A distribuição estatística e suas
propriedades irão aparecer em uma nova janela;
• Defina o item Distribution para exponencial;
• Defina o item Location to 0;
• Defina o item Scale para 30;
• Defina o item Stream para 0;
• Repita o processo para os outros dois processadores.


A velocidade padrão das esteiras transportadoras é definida em 1 unidade de
tamanho por tempo. Sendo assim não é necessário modificar as esteiras nesse
momento.
A partir deste passo estamos prontos para rodar o modelo.

Passo 8: Reinicialização e Execução do Modelo:

- É uma boa prática reiniciar o modelo sempre que houverem alterações nos
parâmetros do processo. Para que isso ocorra, clique no botão antes de
executar um modelo;

- Clique no botão para iniciar a simulação.

Você deve ver os itens sendo fornecidos ao Queue e na sequência se deslocando aos
processadores. Dos processadores, os itens do processo devem se mover para as
esteiras (conveyors) e então para o sink. Pode-se ainda mudar a velocidade de
simulação do modelo clicando no botão deslizante no Painel de Simulação do Modelo.

Step 9: Viewing simple statistics

A figura acima mostra como é possível observar pequenas estatísticas para cada
objeto. Se nada for exibido ou caso apareçam só os nomes dos dispositivos, é
possível modificar as características de visualização (View Settings) para mostrar
as estatísticas. Para alterar as View Settings, clique em algum local da área de
trabalho (sem componentes) e na janela Quick Properties, clique em Show Names
and Stats.

É possível ver ainda mais estatísticas de cada objeto dando um clique simples
sobre um objeto, abrindo no painel à direita do modelo a área de Estatísticas
(Statistics).
Passo 10: Salve o Modelo

Salve o modelo clicando no botão de salvar, na barra de ferramentas principal.


Salve com a extensão fsm.