Você está na página 1de 3

Universidade Estadual de Campinas

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas


Revista Temáticas
ISSN:1413-2486

Parecer técnico padrão para submissão de artigos

AS MULHERES NO CAMPO POLÍTICO: GRAMÁTICAS DISCURSIVAS EM


TORNO DE GÊNERO NO CONTEXTO DO IMPEACHMENT

A emissão dos pareceres é resultado de avaliação dos artigos com base em

critérios específicos elaborados por seus organizadores, considerando as normas de

publicação da revista, a qualidade dos trabalhos e sua contribuição ao debate do dossiê

em questão, conforme o texto de apresentação da chamada pública para a seleção de

artigos.

A seleção dos artigos e respectivos critérios para tal são de responsabilidade dos

organizadores e organizadoras, tendo liberdade e autonomia para efetuar o trabalho da

maneira como lhes aprouver. Entretanto, há um conjunto de regras e normas técnicas da

revista que devem ser respeitadas no ato da elaboração dos pareceres, conforme segue.

A avalição deverá ser composta a partir da consideração dos itens abaixo:

1- O título se adequa ao tema do trabalho apresentado: [ x ] sim / [ ] não.

2- Contém resumo: [ x ] sim / [ ] não.

3- O resumo se adequa ao formato padrão da revista: [ x ] sim / [ ] não.

4- O artigo contém pelo menos três palavras-chave: [ x ] sim / [ ] não.


5- O tema se adequa à proposta apresentada na chamada para seleção de artigos:

[ x ] sim / [ ] não.

6- A estrutura do artigo se adequa às normas de publicação da revista: [ x ] sim /

[ ] não.

7- Há clareza e organização de argumentação e desenvolvimento do texto: [ x ] sim

/ [ ] não.

8- Referências bibliográficas devidamente explicitadas e citadas conforme as

normas da ABNT (contidas no edital da chamada de artigos da revista

Temáticas): [ ] sim / [ x ] não.

9- O artigo possui embasamento teórico-científico adequado: [ x ] sim / [ ] não.

10- O artigo contribui com os debates conectados aos temas propostos na

composição do dossiê: [ x ] sim / [ ] não.

A - Considerações críticas sobre do texto apresentado:

B- Sugestões de alterações em aspectos formais e não-formais do texto:


- Inserir vínculo institucional em nota de rodapé vinculada ao nome de cada autor;
- Nas notas de rodapé de identificação de vinculação institucional, pode-se acrescentar o
endereço de email de cada autor. É de praxe essa prática para a comunicação do leitor e
autor. No entanto, dada especificidade desta edição, deixamos a cargo dos autores
acrescentar o endereço de email ou não.

- Verificar construção textual em:


. Concordância nominal: “(...) Quais são as principais terminologias utilizados nas
reportagens e nas postagens de leitores/as? (...)” (p.2-3);
. Acentuação de crase: “(...) A presidenta é ainda comparada com à Maria I, a qual, no
século XVIII, tornou-se a primeira mulher a ocupar o trono de Portugal e primeira
rainha do Brasil, tendo sido afastada do governo por estar fora de si e por “negar” a
realidade. (...)” (p.7).
. A escrita do termo “outra” e a crase: “Outa temática bastante presente nos comentários
é a analogia entre incompetência, a reserva de cotas e a falta mulheres e pessoas negras
na equipe ministerial de Temer: “Era só o que faltava nesse país.... cotas nos
ministérios.....” ou “Chama aquela peladona da escola de samba”. A posição do governo
interino de tentar incluir mulheres em seu governo foi um dos principais pontos de
crítica à Temer nos comentários dos internautas. (...)” (p.12).
- Acentuação do verbo perder: “(...) Nas matérias analisadas, percebemos a retomada de
aspectos íntimos da vida da presidenta eleita Dilma Rousseff, tais como seu peso e suas
metas para perde-lo, suas roupas e porte. Tais aspectos passam a ser mais importantes
do que a posição política de Dilma, a primeira mulher a ocupar a presidência no Brasil.
(...)” (p.13).

- Adequação das referências bibliográficas, segundo as normas da ABNT;

Parecer Final:

[ ] Artigo recomendado para publicação.


[ ] Artigo não recomendado para publicação.
[ x ] Artigo recomendado para publicação, com indicações de alteração.

Observações: