Você está na página 1de 2

1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO INSTITUTO ADOÇÃO CONCEITO DE

ADOÇÃO

1.1 A adoção no Código Civil de 1916

1.2 A adoção na Constituição Federal de 1988

1.3 A adoção no Código Civil de 2002

2 ADOÇÃO E O PRINCÍPIO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA

2.1 PRINCIPAIS ASPECTOS NA APLICABILIDADE DA ADOÇÃO

2.2 A ADOÇÃO E O PRINCÍPIO DO MELHOR INTERESSE DA CRIANÇA

2.3 PRINCÍPIO NORTEADOR DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO
ADOLESCENTE

3 A NOVA LEI: AVANÇOS E RETROCESSOS

3.1 ADOÇÃO E O PODER JUDICIÁRIO

3.2 AS PRINCIPAIS MUDANÇAS NO PROCESSO DE ADOÇÃO NO BRASIL
TRAZIDAS PELA LEI 12.010/09

3.3 A ADOÇÃO NO DIREITO COMPARADO

A. (Coleção temas jurídicos) ALENCAR. 1º a 5º da Constituição da República Federativa do Brasil. Mônica Maria Torres de. M. comentários aos arts. 2000. MORAES. MINAYO. Alexandre de. Maria Cecília. . família e juventude: uma questão de direitos. doutrina e jurisprudência.. Direitos Humanos Fundamentais: teoria geral. São Paulo: Cortez. 1999. 2004. M. Direito de família em pauta. MATOS. C (orgs). Política social. 3. Rolf. ed. In: SALES. Petrópolis: Vozes. Porto Alegre: Livraria do Advogado. Ciência. de & LEAL.MADALENO. técnica e arte: o desafio da pesquisa social. C. M. 2008. Transformações econômicas e sociais no Brasil dos anos 1990 e seu impacto no âmbito da família. São Paulo: Atlas.