Você está na página 1de 23

Princípios da Administração Cientifica

Um princípio é uma previsão antecipada do que deverá ser


feito quando ocorrer essa situação.
Para Taylor a Administração deve obedecer:

Planeamento
Preparo (preparar maquinas e
materiais)
Controle
Execução
Administração Cientifica
Principais Fundamentos:

•Ênfase nas tarefas, isto é, nas actividades quotidianas do operário

Introdução do conceito – Ciência da Administração-

(Aplicação dos métodos da ciência - mensuração observação, aos


problemas da Administração, a fim de alcançar maior eficiência industrial)

•Eliminar o desperdício nas indústrias- aplicação de métodos e técnicas da


engenharia industrial

•Elevar os níveis de produtividade com menores custos de produção e


melhor margens de lucro

•Enfrentar a crescente concorrência em todos os mercados.


Apreciação critica à teoria da Administração cientifica
Administração Científica
Consequências desta teoria:
• Mecanicismo – o operário é considerado um componente
mecânico
•Desprovido de desejos.
• Super-especialização – o operário sabe fazer poucas coisas, logo
não buscará outros empregos. Assim, aumenta a produção e aliena
(domina) o empregado.
• Visão microscópica do homem – visualiza cada empregado
Individualmente, ignorando que o trabalhador é um ser humano e
social.
Teoria Clássica da Administração

Henri Fayol, Luther Gulick, Urwick


Henri Fayol
Fundador da Teoria clássica
Formou-se em engenharia de minas e
desenvolveu a sua carreira numa empresa
metalúrgica.
A sua principal obra é o livro
“Administração Geral e Industrial”,
publicado em 1916
Fayol ao contrário de Taylor partiu, do
todo organizacional e da sua estrutura para
garantir eficiência a todas as partes
envolvidas

(1841-1925)
Contexto Histórico

Fayol viveu as consequências da Revolução


Industrial, e mais tarde da Primeira Grande
Guerra Mundial.
Henri Fayol
Funções Básicas da Empresa
Fayol salienta que toda empresa apresenta seis funções, a saber:
1. Funções técnicas: relacionadas com a produção de bens ou
de serviços da empresa
2. Funções Comerciais: relacionadas com a compra, venda e
trocas
3. Funções Financeiras: relacionadas com a procura e gestão
de capitais
4. Funções de segurança: relacionadas com a protecção
preservação dos bens e das pessoas.
5. Funções de contabilidade: relacionadas com controles,
inventários, registros, balanços, custos e estatísticas
6. Funções Administrativas: Relacionadas com a integração
de cúpula das outras cinco funções. As funções
administrativas coordenam e sincronizam as demais funções
da empresa,
Conceito de Administração para Fayol
Fayol define o acto de administrar como:

1. Prever ( visualizar o futuro e traçar o programa de acção)


2. Organizar (recursos físicos e materiais)
3. Comandar (dirigir)
4. Coordenar (harmonizar esforços)
5. Controlar (verificar que tudo ocorra de acordo com as regras
estabelecidas)

Esses são os elementos da administração que constituem o chamado


processo administrativo
Funções Administrativas

As funções administrativas (prever, organizar,


comandar, coordenar e controlar) são consideradas
funções universais da Administração.
Estas estão presentes no trabalho do administrador em
qualquer nível ou área de actividade da empresa
Proporcionalidade das Funções Administrativas

Para Fayol existe uma proporcionalidade da função


administrativa, isto é, ela reparte-se por todos os níveis
da hierarquia da empresa e não é exclusivo da alta
cúpula, isto é o director o gerente o chefe e o supervisor
- cada qual em seu nível, desempenham actividades de
previsão, organização, comando e controle
Diferença entre Administração e Organização

Fayol faz uma distinção entre ambas as palavras. Para


ele, Administração é um todo do qual a organização é
uma das partes.
Administração é então um conjunto de processos
interligados e unificados - abrange aspectos que a
organização por si só não envolve, como os da previsão,
comando e controle. A organização abrange somente o
estabelecimento da estrutura e da forma sendo, portanto
estática e limitada
Princípios Gerais de Administração para Fayol

A Administração deve basear-se em leis, ou em


princípios, que ele considera os procedimentos. Os
princípios são maleáveis e adaptam-se a qualquer
circunstância, tempo ou lugar:
Os 14 Princípios:
1. Divisão do trabalho
2. Autoridade e responsabilidade
3. Disciplina
4. Unidade de comando
5. Unidade de direcção
Princípios Gerais de Administração para Fayol

6. Subordinação dos interesses individuais aos gerais


7. Remuneração do pessoal
8. Centralização
9. Cadeia Escalar
10. Ordem
11. Equidade
12. Estabilidade do pessoal
13. Iniciativa
14. Espírito de equipe
Princípios Gerais de Administração para Fayol

Divisão do trabalho: As tarefas devem ser divididas e os


funcionários devem se especializar em um número limitado de
tarefas. A especialização das tarefas e das pessoas aumenta a
eficiência
Autoridade e Responsabilidade: enquanto autoridade é o direito
de dar ordens e o poder de esperar obediência; a responsabilidade
é uma consequência natural da autoridade
Disciplina: é essencial para que a organização funcione bem e
depende da obediência, aplicação, energia, comportamento e
respeito aos acordos estabelecidos
Princípios Gerais de Administração para Fayol

Unidade de Comando: cada pessoa deve receber ordens de


apenas um único superior. È o principio da autoridade única
Unidade de direcção: todas as actividades direccionadas a um
único objectivo devem ser coordenadas por um único plano e por
um único responsável
Subordinação dos interesses individuais aos gerais: Os interesses
gerais da empresa devem sobrepor-se aos interesses particulares
das pessoas
Remuneração do pessoal: deve haver justa e garantida satisfação
para os empregados e para a organização em termos de
retribuição
Princípios Gerais de Administração para Fayol

Centralização: refere-se á concentração da autoridade no topo da


hierarquia
Cadeia escalar: A comunicação deve fluir seguindo a linha de
autoridade que vai do topo para a base da organização. Deve
também existir uma comunicação lateral entre os que ocupam
posições equivalentes em vários departamentos para que os
superiores se mantenham informados
Ordem: um lugar adequado para cada coisa e cada coisa em seu
lugar. È a ordem material humana
Equidade: Amabilidade, justiça para alcançar a lealdade do
pessoal
Princípios Gerais de Administração para Fayol

Estabilidade do pessoal: A rotatividade do pessoal é prejudicial


para a eficiência da organização. Quanto mais tempo uma pessoa
permanecer no cargo, tanto melhor para a empresa
Iniciativa: todas as pessoas devem ser encorajadas a ter iniciativa
dentro dos limites impostos pela necessidade de autoridade e
disciplina
Espírito de equipe. A harmonia e união entre as pessoas devem
ser incentivadas para impedir desavenças e dissidências
Teoria da Administração

Tópicos Fundamentais :
Os autores clássicos pretenderam criar uma Teoria da
Administração baseada na estrutura organizacional dando
importância: À divisão trabalho, especialização, coordenação, e
actividades de linha e de staff
Teoria da Administração
Cont. Tópicos Fundamentais
Administração como ciência - pretendia-se elaborar uma ciência
da administração baseada em critérios e métodos científicos
Formula uma Teoria da organização -A essência da teoria clássica
é a preocupação com a estrutura e organização
Divisão do Trabalho -Divisão horizontal (quanto melhor a
departamentalização de uma organização mais eficiente se torna
(Gulick); divisão vertical (a ideia básica é que as organizações
com linhas de autoridade bem definidas seriam mais eficientes)
Coordenação – Indica que há um objectivo a alcançar e que deve
guiar os actos de todos (quanto maior a organização ou a empresa,
maior a necessidade de coordenação, tendo em vista assegurar a
organização como um todo)
Conceito de linha e de staff- Denominados órgãos de staff ou
assessoria fornecem orientações conselhos consultoria aos
órgãos da linha, com vista a eficiência da empresa
Apreciação crítica

• Abordagem simplificada da organização formal


• Ausência de trabalhos experimentais
• extremo racionalismo na concepção da
administração
• Teoria da máquina
• Abordagem incompleta da organização
• Abordagem de sistema fechado
“Mais do que máquinas,
precisamos de Humanidade”
CharlesChaplin

Interesses relacionados