Você está na página 1de 13

Rousen Godinho / 2018

Simulado Lei de Diretrizes e Bases da Educação atualizada

Simulado LDB atualizada

1. Conforme a Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional, Art. 26-A. Nos estabelecimentos de ensino
fundamental e de ensino médio, públicos e privados, torna-se obrigatório o estudo da história e cultura
afro-brasileira e indígena.
Assinale a alternativa CORRETA que completa o § 1º O conteúdo programático a que se refere este artigo
incluirá diversos aspectos da história e da cultura que caracterizam:
a) a difusão de valores fundamentais ao interesse social, aos direitos e deveres dos cidadãos, de respeito
ao bem comum e à ordem democrática e consideração das condições de escolaridade dos alunos em cada
estabelecimento.
b) o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura,
da escrita e do cálculo e a compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia,
das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade.
c) a formação da população brasileira, a partir desses dois grupos étnicos, tais como o estudo da história
da África e dos africanos, a luta dos negros e dos povos indígenas no Brasil, a cultura negra e indígena
brasileira e o negro e o índio na formação da sociedade nacional, resgatando as suas contribuições nas
áreas social, econômica e política, pertinentes à história do Brasil.
d) Nenhuma das alternativas.

2. Sobre a educação de jovens e adultos marque a alternativa CORRETA.


a) A educação de jovens e adultos será destinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de
estudos na educação básica e no ensino superior.
b) O Poder Público viabilizará e estimulará o acesso e a permanência do trabalhador na escola, mediante
ações integradas e complementares entre si.
c) Os sistemas de ensino manterão cursos e exames supletivos, que compreenderão a base nacional
comum do currículo, possibilitando a aprendizagem, não habilitando, porém ao prosseguimento de
estudos.
d) A idade mínima necessária para a realização de exames supletivos é de mais de dezesseis anos para o
nível de conclusão do ensino fundamental e de mais de dezoito anos para o nível de conclusão do ensino
médio.
e) Os conhecimentos e habilidades adquiridos pelos educandos por meios informais serão aferidos e
reconhecidos mediante a apresentação de documentos comprobatórios do trabalho.
3. Na organização da educação nacional, segundo a Lei Nº 9.394/96 – que estabelece as diretrizes e bases
da educação nacional, são consideradas incumbências da União, EXCETO:
a) Baixar normas gerais sobre cursos de graduação e pós-graduação.
b) Elaborar o Plano Nacional de Educação, em colaboração exclusiva com os estados.
c) Autorizar, reconhecer, credenciar, supervisionar e avaliar os cursos das instituições de educação
superior e os estabelecimentos do seu sistema de ensino.
d) Estabelecer, em colaboração com os estados, o Distrito Federal e os municípios, diretrizes e
procedimentos para identificação, cadastramento e atendimento, na educação básica e na educação
superior, de alunos com altas habilidades ou superdotação.

4. Segundo o § 1º do Art. 54, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, as universidades públicas
poderão
a) ofertar, em suas dependências, todos os níveis de ensino, desde que aprovados no estatuto da
instituição.
b) liberar os professores da atividade docente para que exerçam exclusivamente atividades de pesquisa,
desde que respeitada a regra do desconto salarial.
c) assegurar, anualmente, a partir das receitas próprias geradas pela prestação de serviços, recursos
suficientes para manutenção e desenvolvimento de suas atividades.
d) propor o seu quadro de pessoal docente, técnico e administrativo, assim como um plano de cargos e
salários, atendidas as normas gerais pertinentes e os recursos disponíveis.
e) realizar modificações estatutárias, desde que respeitado o princípio democrático e assegurando que
docentes ocupem trinta por cento das vagas do colegiado deliberativo.
.Conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB, o acesso à educação básica obrigatória é
direito:
a) público objetivo.
b) privado.
c) institucional.
d) público subjetivo.
e) universal.

6.Para a valorização dos profissionais da educação, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional
(LDBEN – Lei nº 9.394/1996) assinala uma série de requisitos. Esses requisitos referem-se
a) à consideração prioritária para a experiência profissional em qualquer nível ou modalidade de ensino e
piso salarial diferenciado, baseado, excepcionalmente, na experiência técnica.
b) às condições adequadas de trabalho e ao estabelecimento de cotas para docentes provenientes de
segmentos sociais integrantes de minorias étnicas.
c) à excepcionalidade para contratação temporária por meio de indicação e seleção diferenciada
fundamentada na meritocracia.
d) ao ingresso exclusivo por concurso público, aperfeiçoamento contínuo, condições de trabalho, piso
salarial, progressão funcional baseada na titulação e na avaliação do desempenho.

7. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN – Lei nº 9.394/1996) define que a estrutura da
educação escolar brasileira compõe-se de níveis e modalidades de ensino. A composição correta dos níveis
escolares é:
a) Educação fundamental, educação tecnológica, educação de jovens e adultos e educação básica.
b) Educação básica e educação superior.
c) Educação infantil, ensino médio, educação profissional e educação básica.
d) Ensino fundamental, educação profissional, educação superior e educação do campo.

8. A Medida Provisória nº 746, de 22 de setembro de 2016, que altera alguns artigos e parágrafos da Lei de
Diretrizes e Bases da Educação Nacional, criou uma grande polêmica entre os profissionais da Educação.
A mudança proposta que apresentou mais controvérsias foi quanto à:
a) flexibilidade do calendário escolar que deverá adequar-se às peculiaridades locais, inclusive climáticas e
econômicas, a critério do respectivo sistema de ensino.
b) obrigatoriedade da exibição de filmes de produção nacional por, no mínimo, 2 (duas) horas mensais,
integrada à proposta pedagógica da escola.
c) inclusão do Ensino Religioso, de matrícula facultativa, nas escolas públicas de Ensino Fundamental,
assegurado o respeito à diversidade cultural religiosa do Brasil, vedadas quaisquer formas de proselitismo.
d) restrição do ensino da Arte e da Educação Física à Educação Infantil e ao Ensino Fundamental, tornando-
as facultativas no Ensino Médio.
e) possibilidade não só de reprovação, mas também de avanço dos alunos nos cursos e nas séries,
mediante verificação do aprendizado.

9. No que concerne aos níveis e modalidades de educação e ensino, previstos na Lei nº 9394/96, pode-se
afirmar que:
a) A educação básica é formada pela educação infantil e pelo ensino fundamental.
b) A educação escolar compõe-se de educação básica, média e superior.
c) A escola poderá reclassificar os alunos tendo como base as normas curriculares gerais.
d) A educação básica tem a finalidade de desenvolver o educando para o exercício da cidadania, sendo a
educação média e média técnica meios para progressão no trabalho e em estudos posteriores.
e) O calendário escolar do ensino básico deve ser obedecido em todo o território nacional, com a previsão
de dois ciclos de férias escolares, em julho e em janeiro.
10. Acerca das diretrizes previstas no Plano Nacional de Educação está incorreto:
a) Erradicação do analfabetismo.
b) Universalização do atendimento escolar.
c) Melhoria da qualidade da educação.
d) Formação para o trabalho e para a cidadania, com ênfase nos conhecimentos de linguagens e
matemática.
e) Valorização dos(as) profissionais da educação.

GABARITO
1.C
2.B
3.B
4.D
5.D
6.D
7.B
8.D
9.C
10.D
Conhecimentos Pedagógicos

1) De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais, o educando deve concluir o 5º ano do Ensino Funda-
mental dominando a linguagem de maneira eficaz. Em outras palavras, o educando na disciplina de Língua
Portuguesa, deve ser capaz de:
a) Produzir textos, interpretar e calcular;

b) Produzir e interpretar textos;

c) Produzir textos, ler fluentemente e calcular;

d) Produzir redações, recados, cartas e calcular.

Gabarito: "b"

Questão cód. 1023555


2) Estudiosos alertam que, na abordagem por competências, transformar os procedimentos de avaliação – o
que é avaliado e como é avaliado – é decisivo para o sucesso. E acrescentam que é paradigma avaliatório
nessa abordagem
a) a prova escolar clássica.

b) os balanços individualizados de competências em que o professor julga as competências globalmente, em


situação.
c) a organização de um “exame de competências”, colocando-se todos os concorrentes na mesma linha de
largada.
d) acentuar a distinção entre a avaliação formativa e a certificativa.

e) as comparações entre os alunos, o uso de tabelas e o estímulo à competição.

Gabarito: "b"

Questão cód. 1049155


3) Analise a situação. As crianças de um ano, em número de quinze, estão nos berços que ocupam grande parte
do espaço da sala. Os dois profissionais que as acompanham acham difícil organizar uma forma de levá-las ao
pátio. Desse modo, permanecem na própria sala e principalmente nos berços, deitadas dormindo ou sentadas
brincando com chocalhos, à espera das rotinas de higiene e alimentação. (Adaptado de ÁVILA, I. S.; XAVIER,
M. L. M. (coord.) Plano de atenção à infância: objetivos e metas na área pedagógica. Porto Alegre: Mediação,
1997.)
Considerando as orientações atuais para a organização da ação pedagógica e o uso dos espaços, assinale a
afirmativa correta.
a) Crianças, mesmo ainda muito pequenas, confinadas durante muito tempo no mesmo espaço, desprovido
de objetos desafiadores e não estruturado para a livre ação, podem tornar-se cada vez mais passivas e
dependentes do adulto.
b) Antes dos dois anos, as crianças são muito dependentes do adulto e suas funções motoras ainda não estão
suficientemente desenvolvidas para que possam frequentar espaços maiores como o pátio, sendo mais
adequado permanecer em sala para facilitar os cuidados e evitar acidentes.
c) Para a faixa etária de um ano, não há possibilidade de propostas desafiadoras, pois as crianças ainda não
conseguem realizar muitos movimentos, não compreendem comandos orais e não conseguem se expres-
sar oralmente, sendo necessário organizar o espaço somente em função do cuidar.
d) Com crianças de um ano, ainda não é possível desenvolver qualquer tipo de ação pedagógica, pois quase
todo o tempo é ocupado com as trocas de fralda e com o preparo da mamadeira.
Gabarito: "a"

Questão cód. 1069329


4) Os Parâmetros Curriculares Nacionais indicam como objetivos do ensino fundamental que os alunos sejam
capazes de, exceto:
a) Compreender a cidadania como participação social e política, assim como exercício de direitos e deveres
políticos, civis e sociais, adotando, no dia a dia, atitudes de solidariedade, cooperação e repúdio às injus-
tiças, respeitando o outro e exigindo para si o mesmo respeito.
b) Posicionar-se de maneira acrítica, responsável e construtiva nas diferentes situações sociais, utilizando o
diálogo como forma de mediar conflitos e de tomar decisões individuais.
c) Conhecer características fundamentais do Brasil nas dimensões sociais, materiais e culturais como meio
para construir progressivamente a noção de identidade nacional e pessoal e o sentimento de pertinência
ao país.
d) Conhecer e valorizar a pluralidade do patrimônio sociocultural brasileiro, bem como aspectos sociocultu-
rais de outros povos e nações, posicionando se contra qualquer discriminação baseada em diferenças cul-
turais, de classe social, de crenças, de sexo, de etnia ou outras características individuais e sociais.
Gabarito: "b"

Questão cód. 1122561


5) Paulo Freire quando fala que “ensinar não é transferir conhecimento”, declara que esta é uma “postura exi-
gente, difícil e às vezes penosa, que temos de assumir diante dos outros e com os outros, em face do mundo
e dos fatos, ante nós mesmos”. Para o autor, esta postura se resume a:
a) estabelecer hierarquia de poder.

b) assegurar a reprodução do modelo.

c) pensar, simplesmente, sem nenhum questionamento.

d) ser incoerente.

e) pensar certo.

Gabarito: "e"

Questão cód. 1175106


6) A respeito das diretrizes curriculares para a educação das relações étnico-raciais e o ensino de história e cul-
tura afro-brasileiras e africanas a serem executadas pelas escolas nos diferentes níveis e modalidades de en-
sino, são postas as seguintes assertivas:
I. As diretrizes curriculares para a educação das relações étnico-raciais e o ensino de história e cultura afro-
brasileiras e africanas se configuram como políticas públicas e não como políticas partidárias ou de governo,
uma vez que passam a incorporar os ideais universais de igualdade e participação que apresentam o multi-
culturalismo como ponto de referência.
II. É sabido que existe um currículo manifesto que se apresenta nos planos de ensino, curso e aula, e um
currículo oculto que representa o corpus ideológico das práticas que não estão explícitas no currículo mani-
festo. Nesse sentido, é no currículo manifesto que se identificam os preconceitos, as intolerâncias e as discri-
minações enraizadas nas relações de classe, gênero, orientação sexual, raça, religião e cultura.
III. A sensibilização dos educadores (professores e gestores) para apropriação de uma pedagogia anti-racista
e de valorização da diversidade é desnecessária, uma vez que a lei e as diretrizes citadas já estão aprovadas e
vigorando nos estabelecimentos de ensino.

Assinale:
a) Se I e III são corretas.

b) Se I e II são corretas.

c) Se I é correta, apenas.

d) Se I, II e III são corretas.

e) Se II e III são corretas, apenas.

Gabarito: "c"

Questão cód. 1175942


7) Sobre a organização da Educação Nacional, o Art. 8º, da Lei Nº 9394/96 de Diretrizes e Bases da Educação
Nacional-LDB define que a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios organizarão, em regime de
colaboração, os respectivos sistemas de ensino. Sendo o ensino fundamental é incumbência prioritária
a) da União.

b) do Estado.

c) dos Municípios.

d) do Estado e do Município.

e) da União e do Estado.

Gabarito: "c"

Questão cód. 1223284


8) De acordo com Torres (2006), “uma das funções sociais da escola é preparar o cidadão para o exercício pleno
da cidadania, vivendo como profissional e cidadão”. Com isto deseja a autora reafirmar, EXCETO:
a) Que a escola ajuda o aluno a ter consciência de seus direitos e deveres.

b) Que a escola procura inserir o aluno na vida em sociedade.


c) Que a escola visa, dentre outras coisas, a qualificar o aluno para o mercado de trabalho.

d) Que a escola busca formar acumuladores de dados, competência bastante requisitada na era digital.

e) Que a escola ajuda o aluno a ser capaz de questionar as falsas consciências da realidade.

Gabarito: "d"

Questão cód. 1522326


9) Fazem parte da Educação Básica as seguintes modalidades de Ensino:

I - Educação Infantil.
II - Ensino Fundamental.
III - Ensino Médio.
IV - Educação Superior

Dentre as afirmativas acima estão corretas:


a) Apenas as afirmativas III e IV.

b) Apenas as afirmativas I e II.

c) Apenas as afirmativas I, II e III.

d) Todas as afirmativas estão corretas

Gabarito: "c"

Questão cód. 1529601


10) Considerando as várias tendências pedagógicas, analise as afirmativas a seguir.
I. Na perspectiva libertadora de Paulo Freire, somente o processo de conscientização pode libertar o homem
da alienação, da manipulação ideológica e da dominação de uma estrutura social determinada. Visa uma
transformação.
II. A pedagogia crítico-social dos conteúdos reconhece e afirma o papel fundamental da escola na socialização
do saber, patrimônio cultural da humanidade. Não da transmissão de conteúdos abstratos e formais, mas da
socialização de conceitos significativos, concretos, ligados às realidades sociais, ou seja, de conteúdos escola-
res que tenham ressonância na vida social dos alunos.
III. O modo como os professores realizam o seu trabalho, selecionam os conteúdos das disciplinas, organizam
os tempos e os espaços escolares, orientam as atividades dos alunos e definem os instrumentos de avaliação
indica as intenções educativas e as concepções de aprendizagem que os orientam.
IV. As teorias pós-críticas vieram trazer um novo deslocamento na direção de conceitos como subjetividade,
intersubjetividade, multiculturalismo, diversidade, identidade, gênero, etnia etc., obrigando os educadores a
pensar os alunos como sujeitos sócio-culturais.
Estão corretas as afirmativas
a) I, II, III e IV.

b) II e III, apenas.

c) I, II e III, apenas.

d) I, II e IV, apenas.
Gabarito: "a"

Conhecimentos Pedagógicos
1) A adoção de métodos de alfabetização no processo de construção da escrita pode se tornar um
fator que provoca custo de aprendizagem quando:
a) planejada com base em pressupostos teóricos não coerentes com o perfil procedimental
da metodologia orientadora.
b) conjugada a fatores socioculturais adversos tais como os que atingem os sujeitos sociais
em situação de risco no Brasil.
c) empregado dissociadamente de estratégias discursivas que assegurem o uso da escrita
como instrumento de comunicação.
d) motivada por avaliações equivocadas quanto às dificuldades de aprendizagem apresenta-
das por alunos fora de faixa.
Gabarito: "c

Questão cód. 1019031


2) De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), Nº 9.394/96, Título IV, “Da
Organização da Educação Nacional”, artigo 16, “ o sistema federal de ensino compreende”:

20.1- As instituições de ensino mantidas pela união.


20.2- As instituições de educação superior criadas e mantidas pela iniciativa privada.
20.3- Os órgãos federais de educação.
20.4- Os órgãos municipais, estaduais e federais de educação.

► Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):


a) 20.1, 20.2 e 20.3;

b) 20.1 e 20.2;

c) 20.1, 20.2, 20.3 e 20.4;

d) 20.1, 20.3 e 20.4.

Gabarito: "a

Questão cód. 1030929


3) Prescrita na LDB nº 9.394/96, a verificação do rendimento escolar observará os seguintes critérios:

I - Avaliação contínua e não cumulativa do desempenho escolar do aluno, com prevalência dos
aspectos quantitativos sobre os qualitativos, e dos resultados ao longo do período sobre os de
eventuais provas finais;
II - Possibilidade de aceleração de estudos para alunos com atraso escolar;
III - Possibilidade de avanço nos cursos e nas séries mediante verificação do aprendizado;
IV - Aproveitamento de estudos concluídos com êxito;
V - Obrigatoriedade de estudos de recuperação, de preferência no final do período letivo, para os
casos de baixo rendimento escolar.

Diante do julgamento dos itens acima, marque a opção correta:


a) Somente o item I é correto;

b) Somente os itens II, III e IV são corretos;

c) Somente os itens II, III e V são corretos;

d) Somente o item V é correto;

e) Somente os itens I, II e V são corretos.

Gabarito: "b"

Questão cód. 1050071


4) No âmbito das questões didáticas, os estudos têm apontado para uma problemática de caráter
universal: “O que mais influencia na aprendizagem dos alunos: o conteúdo ou método?” Um pro-
blema de investigação pouco estudado no Brasil. Entretanto, o cinema norte-americano, francês,
italiano e, nos últimos anos, o brasileiro – têm apresentado esta questão com frequência, como em
apelo. Filmes como “Meu mestre, minha vida” (1989), “Ao mestre, com carinho” (1967), “Escritores
da liberdade” (2007), “Clube do imperador” (2002) e “Verônica” (2009) indicam a importância
desta discussão. No filme “Escola da vida” (2005) este debate torna-se ainda mais presente, evi-
denciando um discurso pedagógico que enfatiza as relações entre conteúdo, método e aprendiza-
gem. Com base nas atuais ideias didáticas, assinale a alternativa que apresenta o aspecto mais
importante desta relação.
a) O método de ensino pouco influencia na aprendizagem;

b) O conteúdo de ensino é o que mais influencia na aprendizagem;

c) Conteúdo e método são partes complementares da aprendizagem e não exercem influên-


cia sobre este processo;
d) O método de ensino é o que mais influencia na aprendizagem, independente do conteúdo;

e) As relações humanas influenciam método, conteúdo e aprendizagem, de forma positiva ou


negativa.
Gabarito: "e"

Questão cód. 1059044


5) A educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência
humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais, nas organiza-
ções da sociedade civil e nas manifestações culturais. Dessa forma, os profissionais da educação
devem ter uma formação que permita
a) realizar seu trabalho de forma automática, com vistas ao modo produtivo e ágil.

b) não se envolver emocionalmente com as crianças e suas famílias, mantendo sempre uma
postura distante para realizar suas tarefas.
c) associar a teoria e a prática, mediante a permanente capacitação.

d) desconsiderar os conhecimentos prévios do educando, como uma parte integrante de sua


formação escolar.
e) desviar os objetivos previstos dos conteúdos planejados.

Gabarito: "c"

Questão cód. 1059687


6) Analise algumas definições de “Planejamento” e de “Planejar” de vários autores:

● Planejar é por em ação um conjunto de técnicas para racionalizar a ação.


● Planejamento está ligado à ação eficiente e eficaz.
● Planejar é agir racionalmente.
● Planejar é organizar a própria ação.

Dessas definições podemos deduzir as seguintes afirmações:

I. No planejamento temos em mente que sua função é a de tornar clara e precisa a ação, de orga-
nizar o que fazemos, de sintonizar ideias, realidade e recursos para tornar eficiente nossa ação.
II. No planejamento temos em vista a ação em que a “elaboração” é apenas um dos aspectos do
processo e que há necessidade da existência do aspecto “execução” e do aspecto “avaliação”.
III. No planejamento temos bem definida a ideia de que todo o autoritarismo é pernicioso e que
todas as pessoas que compõem o grupo devem participar de todas as etapas, aspectos ou momen-
tos do planejamento.

Marque:
a) se apenas as afirmações I e III forem verdadeiras.

b) se as três afirmações forem verdadeiras.

c) se apenas as afirmações I e II forem verdadeiras.

d) se apenas as afirmações II e III forem verdadeiras.

Gabarito: "b"

Questão cód. 1089991


7) Analise o texto a seguir e, baseando-se nele, indique com ( V ) se verdadeira e com ( F ) se falsa, as
afirmativas abaixo.

(…) se a criança vem ao mundo e se desenvolve em interação com a realidade social, cultural e
natural, é possível pensar uma proposta educacional que lhe permita conhecer este mundo, a partir
do profundo respeito por ela. Ainda não é o momento de sistematizar o mundo para apresentá-lo
à criança: trata-se de vivê-lo, de proporcionar-lhe experiências ricas e diversificadas. (KUHLMANN,
1999, p.60)

( ) A fantasia, as brincadeiras de roda e de faz de conta, a afetividade, a arte e o folclore, a porali-


dade, o livro de histórias, o trabalho com o corpo e o movimento são alguns “conteúdos” que po-
dem ser explorados na Educação Infantil.
( ) É fundamental para a criança desde pequena trabalhar com aulas didatizadas, com horários
precisos e fixos e conteúdos organizados por disciplinas.
( ) Compreender a criança, respeitar seu jeito de ser e estar no mundo é um dos pressupostos para
a realização do trabalho pedagógico na Educação Infantil.
( ) As crianças vivem uma temporalidade semelhante a dos adultos, exercitam a responsabilidade
e compromisso por meio de capacidades lúdicas fundamentais.
Assinale a alternativa que indica, de forma sequencial e correta, as afirmativas verdadeiras e falsas:
a) V–V–F–V

b) V–F–V–F

c) V–F–F–V

d) F–V–V–F

e) F–F–V–V

Gabarito: "b"

Questão cód. 1091449


8) Na escola, o trabalho docente com a língua materna deve ser organizado em eixos de ensino sobre
os quais podem ser feitas as seguintes afirmativas:

I. A abordagem a gêneros orais da comunicação pública formal inclui, sobretudo, o estudo dos as-
pectos de correção linguística adotados na norma escrita padrão.
II. As ambiguidades de ordem sintática, assim como os efeitos de sentido decorrentes da ordem da
palavra na oração, são aspectos a serem considerados no eixo da análise linguística.
III. Um aspecto essencial no trabalho com a leitura é a atividade inferencial, isto é, fazer o aluno
produzir novas informações a partir de outras, retiradas do próprio texto ou de fora dele.
IV. Na leitura literária, o professor deve considerar a adequação dos textos ao leitor e a qualidade
estética desses textos, os quais devem ser abordados de modo a realçar os aspectos relativos a
imagens, ritmo, criatividade e valores sociais implicados.
V. No trabalho com a produção de texto na escola, no âmbito do Ensino Médio, devem ser priori-
zadas as sequências tipológicas argumentativas, ao contrário das narrativas, mais adequadas aos
aspectos cognitivos e socioafetivos das crianças.

Estão corretas, apenas:


a) I, II e III.

b) I, II e IV.

c) I, III e IV.

d) II, III e IV.

e) III, IV e V.

Gabarito: "d"

Questão cód. 1129494


9) “É uma abordagem ao estudo de escolas e sociedade, cuja principal função é revelar os valores
tácitos que se encontram subjacentes ao empreendimento”. O texto se refere à:
a) Teoria da amalgamação
b) Teoria da mediação.

c) Teoria crítica.

d) Teoria de ligação

e) Teoria da regência

Gabarito: "c"

Questão cód. 1521054


10) Nos cuidados com nossas crianças e adolescentes, os dirigentes dos estabelecimentos de ensino
deverão comunicar ao Conselho Tutelar os casos que envolvam seus alunos as seguintes situações:

I - maus-tratos envolvendo seus alunos.


II - reiteração de faltas injustificadas e de evasão escolar, esgotados os recursos escolares.
III - elevados níveis de repetência.
IV - alunos que apresentam 97% de frequência escolar anualmente.

Dentre as afirmativas acima estão corretas:


a) Apenas as afirmativas I, III e IV.

b) Apenas as afirmativas I, II e III.

c) Apenas as afirmativas II e IV.

d) Todas as afirmativas estão corretas.

Gabarito: "a"