Você está na página 1de 7

PROJECTO DE CONSTRUCAO DE CENTRO DE

REABILITACAO NUTRICIONAL
Lema: comer alimentos nutritivos para viver uma boa vida
Introducao
O presente projecto de Construção de Centro de reabilitação nutricional é uma
iniciativa sem fins lucrativos de um de grupo de académicos do ramo de contabilidade
e Auditoria da faculdade de Online do ISCED no âmbito de combate a desnutrição
crónica no seio da população de Lichinga em Particular e da população de Niassa em
geral em crianças de 0 aos 12 anos numa primeira fase.

Com este projecto não iremos só reabilitar o grupo alvo também iremos incluir a
educação nutricional as mães bem como fazer demonstrações culinárias para uma
dieta saudável com menores custos.

Numa primeira fase o projecto centrara as suas atenções no distrito e cidade de


Lichinga, podendo se expandir de acordo com os resultados bem com as fontes de
financiamento do governo e as organizações não governamentais.

Partindo do principio que uma família saudável é uma família rica e cultivar e se
alimentar de vegetais é económico

MISSÃO

Garantir que as crianças de 0-12 anos de idade e desnutridas sejam reabilitadas e


acompanhadas ate a sua total cura;

Formar as mães em educação nutricional e em actividades de Demonstrações ode


poderão adquirir os conhecimentos básicos sobre cozinha, refeições saudáveis e os
benéficos dos alimentos que ingerimos para uma vida saudável

Garantir o acesso rápido a alimentação saudável a população alvo de lichinga em


tempo recorde.

VISÃO

Crianças livres da desnutrição;

Familiar se alimentando saudavelmente com custos baixo e com produtos de fácil


acesso.

Criança nutrida é criança do futuro próspero e Lichinga erradicando a má nutrição.


Descrição do Projecto

O intenso e desordenado processo de evolução intelectual das populações do


município de lichinga e as desigualdades sociais aliadas a ma nutrição no pais
propiciam o analfabetismo o desemprego e as mortes precoces e o desenvolvimento
psíquico retardado.

Vivendo de actividades agrícolas sem nenhum recurso financeiro e quase sem


qualificação profissional, grande número de pessoas se aloja em áreas de riscos
sujeitas a vários calamidades e outros fenómenos naturais.

Acerca de mais de 2500 habitantes actualmente, Lichinga vem sofrendo um processo


sistemático de ocupação de terras para várias actividades, em virtude da falta de
perspectivas de geração de renda.

Com o melhoramento das vias de acesso da província do Niassa e a incorporação de


uma parte da população nessas rodovias, foi elaborado um plano de saúde da cidade
de lichinga, que surge como forma de resposta aos cuidados de saúde primário por um
lado e como forma de geração de emprego e de renda por outro compatível com as
características locais.

O plano contemplou actividades como: Cultivar alimentos nutritivos, fazer o próprio


protocolo de saúde, Educação nutricional, demonstrações culinárias envolvendo as
comunidades circunvizinhas, criação e qualificação de iniciativas locais na área de
gastronomia, hospedagem e a monitoria sanitária para além de concessão de casas
para os trabalhadores do projecto.

Como recomenda a agenda do governo, O centro de reabilitação nutricional pretende


fortalecer as estratégias de desenvolvimento humano, a participação da sociedade é
fundamental nas questões de relações de género, etnia, diversidade cultural, e direitos
humanos da Cidade de lichinga. Essa participação baseia-se no entendimento de que a
sensibilização e mobilização dos mais segmentos sociais só é possível com base na
sensibilização.

Com base nessas considerações, o centro de reabilitação nutricional de lichinga,


propõe um curso de formação de Jovens nutricionistas e Raparigas líderes da cidade de
lichinga. O curso possibilitara a percepção do denário desnutrição em que a população
vive nessa faixa etária de 0-12 anos, deforma mais apurada incentivando os a
diagnosticar esses problemas e estabelecer soluções de forma colectiva, buscando
autonomia em suas acções e colaborando para a melhoria da qualidade de vida e a
geração de trabalho e de renda numa perspectiva sustentável.
Do envolvimento dos jovens e raparigas que vivem na cidade de lichinga com
instituições e outros grupos locais surgira uma rede de cooperação que contribuirá
para o estabelecimento de parcerias permanentes e a realização de acções voltadas à
melhoria da qualidade de vida das populações de lichinga e desencadeando um
desenvolvimento sustentável,

Fornecendo subsídios para definição de uma agenda que possa desprender outros
projectos de interesse local e regional

Dessa forma, os jovens e raparigas serão estimulados a reflectir, sonhar


colectivamente, e a priorizar acções que implementem melhorias necessárias, em um
exercício que esclarece qual é a responsabilidade de cada um nas acções para o
desenvolvimento local, e na construção de uma família saudável numa perspectiva de
Saúde para todos.

Objectivos

Contribuir para construção de uma agenda sanitária de Lichinga que possibilite o


desenvolvimento saudável da população;

Fortalecer o plano nutricional da cidade de lichinga por meio de criação de


oportunidades de emprego e de renda adequada à situação histórica e natural do local;

Possibilitar o desenvolvimento humano sustentável dos jovens e raparigas de lichinga


por meio de formações ligadas a nutrição;

Criar redes de cooperação capaz absorver os produtos gerados pelos Jovens e raparigas
e promover a qualificação continua e a sustentação do projecto.

LOCALIZACAO

O centro de reabilitacao nutricional de lichinga localizar-se-a na provincia do Niassa,


na provincia do Niassa, Distrito de lichinga, na avenida do trabalho, E-nº1 Quarteirao
18 proximo das bombas de combustivel Moz petrol.

PUBLICO ALVO

DIRECTO

25 Jovens e Raparigas de 18 a 35 anos de baixa renda e não incluido no mercado


formal de trabalho e residentes da cidade de lichinga.

INDIRECTO
1200 crianças de 0-12 em situação de risco de desnutrição, que corresponde a cerca de
12% das criancas de lichinga.

Todas as crianças da cidade de lichinga

HORARIO DE TRABALHO

O centro de Reabilitação Nutricional ostentara um horário para trabalhadores da


Direcção Administrativa e programática de segunda-feira a Sexta feria das 7:30 as 15:30
segundo a Direcção de Trabalho e terá um horário de turno para o pessoal técnico que
observara um período de 8 em 8 horas dependendo da demanda e o fluxo dos
pacientes com direito de uma folga de um dia para esse pessoal.

TAREFAS DO GESTOR DO CENTRO DE REABILITAÇÃO NUTRICIONAL

É responsabilidade do gestor de Centro de Reabilitação Nutricional

 Gerir todos recursos da Instituição


 Recursos humanos, recursos financeiros, recursos patrimoniais,
 Tomar decisões sobre a vida a instituição
 Velar sobre os contratos dos trabalhadores
 Participar nos fóruns com os parceiros
 Ele é o pilar do empreendimento.
 Etc.

CONTEXTO GERAL DO CENTRO DE REABILITACAO NUTRICIONAL

Este centro de Reabilitação Nutricional é uma entidade que trabalha em estreita


parceria com a Direcção Provincial de Saúde do Niassa (DPSN), ajudando na monitoria
de casos de desnutrição na província do Niassa em geral e na cidade de lichinga em
particular, visa atingir as metas preconizadas pela DPSN na área das doenças
negligenciadas no caso concreto da desnutrição crónica no caso concreto em crianças
de 0-12 anos de idade.

Conta com um financiamento suportado pela USAID num sob-acordo com FHI como
parceiro gestor.

ANÁLISE DE SWOT

1. Pontos fortes:
 Trabalho directo com o sector de Saúde
 Trabalho de longo prazo com possibilidades de Expansão
 Actividade inserida no plano estratégico da saúde
 Actividades aprovadas pela USAID
 Funcionários potencialmente formado
 Ciclo permanente de capacitação dos recursos humanos
2. Pontos fracos
 Hábitos e costumes
 Incapacidade de assimilação dos conteúdos
 Demora de disponibilização de recursos para actividades
 Burocratismo
 Falta de confiança
 Climas
 Recursos Disponíveis

3. Ameaças
 Fraca mobilização comunitária
 O multiculturalismo
 Tradições culturais
 Falta de transparência
 Obscuridade na tramitação dos processos
 Nepotismo
 Falta de Seriedade
 Responsabilidade e delicadeza no trato
4. Oportunidades
 Expansão dos serviços
 Mais financiamento
 Grupo alvo curados
 Mudança de hábitos alimentares
 Criação de uma sociedade
 Réplica de informações
 Reconhecimento da entidade.
Introdução

Este projecto se desenvolve em Moçambique, na provincia do Niassa, Cidade de Lichinga onde


a terra e aravel com grandes potencias de produtos diversos desde as hoticulas, frutas,cerais ce
outros produtos nutritivos são potencialmente cultivados para o consumo das populacoes e
exportados para fabricos dos seus derivados. A provincia integra ainda, um um clima favoravel
para producao de variedades de culturas sazonais podendo garantir o fornecimento integral
dessas variedades de culturas bem como outras plantas medicinais que serao suplementadas
no decurso do precesso de reabilitacao nutricional.

Considerada pelo Governo como um celeiro de Moçambique, Niassa vive uma um processo
participativo de elaboracao e implementacao de politicas de desenvolvimento sustentavel ao
nivel local, que tem como estrategia a erradicacao da desnutricao e a promocao de saude da
populacao em varios niveis.