Você está na página 1de 4

Escola Básica e Secundária de Macedo de Cavaleiros

Teste 3 de Psicologia B
Versão 1 Fevereiro 2016

Prof. Adérito Carabineiro

12B/C
Grupo 1

“Acontece-nos frequentemente criar uma impressão global de uma pessoa de quem,


apenas conhecemos algumas características. Suponhamos que nos garantem que o
senhor Z é inteligente e cordial; inferimos facilmente que se trata também de um
homem simpático e, no trabalho, um colaborador estimulante. Em contrapartida, se
soubermos que o senhor Z é uma pessoa inteligente e fria, haverá grandes
probabilidades de deduzirmos que ele é igualmente ambicioso e calculista.” Leyens,
J,Teoria da Personalidade na dinâmica Social
1. Identifica alguns tipos de indícios nos levam a formar impressões dos
outros? (5 pontos)
2. Os traços de personalidade dados no texto têm a mesma importância na
formação da impressão relativa ao senhor Z? Explica. (20 pontos)
3. Refere-te a um processo intimamente ligado com as impressões que
formamos das outras pessoas. (20 pontos)

Grupo 2
“Se encontrasse alguém pela primeira vez, e se esse alguém pusesse de repente a
mão dentro da sua boca, ficaria por certo bastante surpreendido. Ou, então,
suponha que uma pessoa que nunca viu antes o manda despir-se. A sua reacção
seria difícil de prever. E, no entanto, todos nós já passamos por situações desse
tipo sem pestanejar. Quando o indivíduo que lhe coloca a mão na boca é um
dentista, ou quando o estranho que o manda despir é um médico, a situação
apresenta-se num contexto em que esse comportamento é esperado”
1. Que processo de cognição social está na base destas diferentes formas de
reagirmos ao que os outros fazem? (5 pontos)
2. Analisa as diferenças de comportamento desencadeadas pelo estatuto e
pelo papel que tens na escola. (20 pontos)
3. Refere-te ao denominado “efeito de Pigmalião” (20 pontos)

Grupo 3
“ Hoje um jovem com 16 anos tem maturidade suficiente para intervir na vida
pública. Tem acesso à informação como nunca existiu o que permite construir um
pensamento autónomo. Os jovens deveriam ser ativos para a vida política mais
cedo. Não fico satisfeito quando vejo o nível elevado de abstenção num país onde
cada vez existem mais idosos desligados dos contextos sociais e políticos e, ao
mesmo tempo, não se permite que participem nas decisões aqueles que têm mais
interesse e esperança no futuro. Em vez de certas manifestações sobre temas
irrelevantes seria mais proveitoso que se organizassem acções concretas para
reivindicar o direito ao voto a partir dos 16 anos. Eu participo em todas as
iniciativas deste tipo”.
1. Que espécie de cognição social está implícita no texto? (5 pontos)
2. Analisa, com base no texto, as diversas componentes dessa forma de
cognição social. (20 pontos)
3. Analisa o conceito de “dissonância cognitiva” (20 pontos)

Grupo 3
Escolhe a alternativa correta: ( 5 pontos cada questão. Total: 30 pontos)
1. O efeito de halo diz respeito:
a) Às impressões. Somos levados a percepcionar as pessoas de um
modo coerente com as primeiras impressões
b) Às expectativas. Se as expectativas são muito fortes, por vezes elas
acontecem
c) Às expectativas. Somos levados a criar expectativas positivas com
base no que nos dizem das pessoas.
d) Às impressões. Somos facilmente levados a mudar a primeira
impressão que temos de uma pessoa por influência do que os outros
nos dizem.
2. “As impressões permitem-nos categorizar as pessoas e criar
expectativas sobre o seu comportamento. Isto é fundamental nas
relações interpessoais”. Esta afirmação é :
a) Verdadeira. As impressões formam-se com base nos indícios que
captamos num primeiro contacto e isso cria expectativas nos outros
b) Verdadeira. As impressões levam-nos a criar grupos significativos para
nós e a esperar que os outros se comportem de certa forma o que
permite antecipar as suas reacções
c) Falsa. As impressões nada têm a ver com a categorização e
raramente interferem nas expectativas
d) Falsa. As impressões geram expectativas, mas nada têm a ver com a
categorização
3. Uma das características das primeiras impressões é:
a) Persistência
b) Plasticidade
c) Imutabilidade
d) Mobilidade
4. As atitudes são:
a) Duradoiras e para o resto da vida
b) Estáveis, mas susceptíveis de modificação
c) Comportamentos ajustáveis às situações
d) Comportamentos estáveis, mas susceptíveis de modificação.
5. O conceito “pensamento grupal” designa o processo:
a) Implicado no somatório das ideias de um grupo social
b) De procura de consenso, que conduz à perda da capacidade crítica
c) Que conduz à obediência à autoridade
d) Que conduz à perda da capacidade para se conformar
6. A obediência é um processo de influência grupal que ocorre quando
o sujeito:
a) É muito pressionado pelo grupo que quer atingir um objectivo
específico
b) Acata as ordens de uma figura de autoridade, não se sentido
responsável
c) Aceita as ordens do líder para manter a coesão do grupo
d) Acata as ordens de uma figura de autoridade, assumindo a liderança.

Grupo 4
Identifica as afirmações verdadeiras e falsas: (Total 35 pontos)
1. Quanto maior é a proximidade da figura de autoridade, maior é a obediência
2. A importância do grupo em que estamos inseridos tem pouca importância
como fator potenciador de conformismo
3. Num grupo a auto-estima é directamente proporcional ao conformismo.
4. A unanimidade dentro do grupo é potenciadora de conformismo
5. Para Bandura a agressividade decorre de um mecanismo inato que se
desencadeia com base em factores sociais
6. Segundo Freud a agressividade resulta das vivências de frustrações sexuais
7. O sarcasmo e o cinismo são formas de agressão deslocada