Você está na página 1de 1

da parcim�nia a todo custo, acharemos que os projetos modelados com a UML s�o t�o

agrad�veis quanto aquelas aulas de desenho e de pintura com os dedos na escola


prim�-
ria. A UML deve ser o p�ra-raios da nossa criatividade, assim como um laser para
especi-
ficar precisamente projetos de sistemas, de modo que outros possam or�ar e
construir
esses sistemas. Este �ltimo � a prova dos nove de qualquer linguagem genu�na de
projeto.
Assim, embora este possa ser um livro pequeno, ele n�o � trivial. Com a estrat�gia
de modelagem de Martin, voc� pode aprender tanto quanto aprende com suas explica-
��es sobre a UML 2.0.
Tive o prazer de trabalhar com Martin para melhorar a sele��o e a corretude dos
recursos da linguagem UML 2.0 explicados nesta revis�o. Precisamos ter em mente que
todas as linguagens ativas, tanto naturais quanto sintetizadas, devem evoluir ou
perecer.
As escolhas das novas caracter�sticas feitas por Martin, junto com suas
prefer�ncias e as
de outros profissionais, s�o uma parte fundamental do processo de revis�o da UML.
Elas
mant�m a linguagem viva e a ajudam a evoluir atrav�s da sele��o natural no mercado.
Muito trabalho desafiador resta antes que o desenvolvimento orientado por mode-
los se torne comum, mas sou estimulado por livros como este, que explicam
claramente
os fundamentos da modelagem com UML e os aplicam pragmaticamente. Espero que
voc� aprenda com ele como eu aprendi e use suas novas id�ias para melhorar suas
pr�-
prias pr�ticas de modelagem de software.