Você está na página 1de 5

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECIFICOS

Nome completo:

Título do cargo: Gerente de Contabilidade Data:

INFORMAÇÕES IMPORTANTES
1 – Esta prova contém 15 questões OBJETIVAS;
2 – Use, como rascunho, a Folha de Respostas contida ao final desta prova;
3 – Não se esqueça de preencher seu nome completo e legível e a data de realização da prova.
4 – Celulares e qualquer outro aparelho deverá estar desligado e acima da mesa durante todo o período da prova;
5 – O tempo máxima para realizar esta prova é de cerca de 1h (uma hora), após o fim do período a prova deve ser entregue;
6 – A utilização de calculadoras é permitida durante todo o tempo da prova;

QUESTÕES DE CONHECIMENTO ESPECIFICO

(1) - A Comercial AARR comprou de uma indústria um lote de mercadoria (produtos) para revenda nas seguintes condições, conforme
nota fiscal do vendedor:

Valor do produto (sem IPI) 75.000,00


IPI 7.500,00
Desconto incondicional concedido 15.000,00

Desconsiderando a incidência de PIS e COFINS e sabendo que a operação está sujeita ao ICMS de 18%, o valor do ICMS destacado na
nota fiscal do vendedor, em reais, é

(A) 14.850,00 (B) 13.500,00 (C) 12.150,00 (D) 10.800,00 (E) 9.450,00

(2) - A Indústria Nirvam Ltda. fabrica, em média, 150.000 unidades de seu produto por mês. Sabe-se, ainda, que

• O estoque inicial era de 100.000 metros de tecido no valor total de R$ 1.500.000,00;


• Foram adquiridos mais 60.000 metros por R$ 16,60 o metro;
• Cada peça produzida utiliza um metro de tecido;
• O custo da mão de obra direta empregada foi de R$ 1.230.000,00;
• O valor contábil dos Custos Indiretos de Fabricação foi de R$ 765.000,00;
• Toda a produção do período foi terminada;
• Foi desconsiderada a ocorrência de ICMS e IPI;
• Os demais inventários não indicados tiveram saldo nulo.

Com base exclusivamente nas informações acima, o custo unitário total de produção, pelo critério de custo médio, foi de

(A) R$ 30,20 (B) R$ 28,90 (C) R$ 27,65 (D) R$ 26,50 (E) R$ 25,90

(3) - Dados extraídos do balancete de verificação da Cia. Kalterosa S/A em 31.12.2008:

Contas Saldo Devedor Saldo Credor


Custo de venda e serviços prestados 14.105
Despesas com vendas e administrativas 744
Outras despesas operacionais líquidas 1.405
Despesas Financeiras 3
Impostos sobre as vendas 3.296
Receita bruta de vendas e serviços 22.495
Imposto de renda e contribuição Social 4.660
Receitas Financeiras 16.326

Baseando-se exclusivamente nos dados acima, o lucro líquido do exercício de 2008 da Cia. Kalterosa foi, em reais, de

(A) 11.236,00 (B) 12.895,00 (C) 14.608,00 (D) 15.112,00 (E) 15.651,23
(4) - Balancete da Cia. Austral S/A em 31.12.2008:

CONTAS D C
Clientes 176.073
Depósitos Judiciais, Longo Prazo 60.891
Empréstimos e financiamentos 789.612
Fornecedores 953.977
Intangível 563.295
Impostos, Taxas e Contribuições a recolher 116.911
Caixa e Bancos 71.268
Dividendos a Pagar 30.400
Provisões Passivas 108.002
Créditos com Outras Pessoas Ligadas 81.256
Créditos com Controladas 2.498
Empréstimos e financiamentos, Longo
1.441.470
Prazo
Provisões Passivas, Longo Prazo 129.987
Despesas Antecipadas 31.419
Capital Social Realizado 273.718
Aplicações Financeiras 1.025.691
Ações em Tesouraria 155.242
Estoques 655.178
Dividendos a Receber 10.378
Imobilizado 523.461
Reservas de Capital 3.381
Reserva Legal 17.154
Impostos a Recuperar 199.122
Retenção de Lucros 184.776
Participações em controladas 491.582
Ajustes de Avaliação Patrimonial 2.304
TOTAL 4.049.658 4.049.658

Com base exclusivamente nos dados acima, o total do ativo da empresa no balanço extraído em 31.12.2008 montou em reais a:

(A) 3.570.639,00 (B) 3.892.112,00 (C) 3.894.416,00 (D) 4.047.354,00 (E) 4.049.658,00

(5) - No artigo 179 da lei 6.404/76, encontra-se:

Os direitos que tenham por objeto bens incorpóreos destinados à manutenção da companhia ou exercidos com essa finalidade, inclusive
o fundo de comércio adquirido.

O texto acima indica que os bens nele citados devem ser classificados no

(A) Ativo Circulante / Despesas Antecipadas do Exercício Seguinte


(B) Ativo Circulante / Direitos Realizáveis
(C) Ativo Não Circulante / Imobilizado
(D) Ativo Não Circulante / Intangível
(E) Ativo Não Circulante / Realizável a Longo Prazo

(6) - A legislação trabalhista assegura ao trabalhador que desenvolve suas atividades ou operações em condições de periculosidade (risco
de vida) um adicional em relação ao seu salário, sem os acréscimos resultantes de gratificações, prêmios ou participação nos lucros da
empresa. O valor desse adicional é

(A) 10% (B) 20% (C) 25% (D) 30% (E) 40%

(7) - Com a finalidade de garantir o controle da saúde dos trabalhadores no ambiente de trabalho, a legislação trabalhista estabelece a
obrigatoriedade da realização de exames médicos. Com relação a esses exames, analise as afirmativas abaixo.

I - O exame médico admissional deve ser realizado antes que o trabalhador assuma as suas atividades de trabalho.
II - O exame médico de retorno ao trabalho deverá ser realizado em até 15 dias da volta do trabalhador que sofreu acidente do trabalho
e que ficou afastado por mais de 30 dias.
III - O exame médico de mudança de função será obrigatoriamente realizado antes da data de mudança da função.

É correto o que se afirma em

(A) I, apenas. (B) II, apenas. (C) I e III, apenas. (D) II e III, apenas. (E) I, II e III.
(8) - A empresa atacadista Abelardo da Hora, de São Lourenço da Mata - PE, adquiriu mercadorias sujeitas à substituição tributária das
operações subsequentes com o ICMS retido pelos remetentes. Em relação a essas mercadorias, aconteceram as situações adiante
descritas:

I. Vendeu para o atacadista revendedor Pedro de Lara, de Bom Conselho - PE.


II. Vendeu, ao abrigo de isenção, para o atacadista Boto Cor-de-Rosa, da Zona Franca de Manaus.
III. Vendeu para o varejista revendedor Geraldo Azevedo, de Petrolina - PE.
IV. Exportou parte da mercadoria para o Suriname.
V. Vendeu para consumidor final por valor inferior ao valor da base de cálculo do imposto anteriormente retido por substituição tributária.

De acordo com a Lei nº 11.408/1996, lhe asseguram direito à restituição do ICMS retido por substituição tributária, em seu valor total ou
parcial, APENAS as situações

(A) II, III e IV. (B) I, III e V. (C) I, III e IV. (D) I, II e V. (E) II, IV e V.

(9) - Com relação à Guia Nacional de Informação e Apuração do ICMS - Substituição Tributária (GIA-ST) e à Guia de Informação e
Apuração do ICMS (GIA-ICMS), analise as afirmativas a seguir e assinale V para verdadeiro e F para falso.

I. O prazo para apresentação da GIA-ST é até o dia 10 do mês seguinte ao das operações realizadas.
II. A GIA-ST pode ser elaborada em formulário escrito.
III. A GIA-ICMS pode ser emitida por programa do próprio contribuinte.
IV. Os estabelecimentos que realizarem exclusivamente operação com livro, revista ou periódico estão obrigados a entregar a GIA-
ICMS.

Assinale a alternativa que contenha, de cima para baixo, a ordem correta.

(A) V - F - V - F. (B) F - V - V - F. (C) F - V - V - V. (D) F - V - F - F. (E) V - F - F - F.

(10) - Assinale a alternativa que complete corretamente o texto a seguir:

Com relação ao crédito do ICMS, relativo à aquisição de bem destinado ao ativo permanente, o contribuinte efetuou regular apropriação
em prazo inferior a 4 (quatro) anos _____.

(A) porque o bem do ativo foi alienado antes de decorrido o prazo de 4 (quatro) anos, contado da data de sua aquisição.
(B) porque o período de apuração do imposto era superior a 1 (um) mês.
(C) porque o total das operações de saídas tributadas no período foi inferior ao das saídas com destino ao exterior, no mesmo período.
(D) porque a escrituração da nota fiscal relativa à aquisição do bem se deu fora do prazo regulamentar, embora no mesmo período de
apuração da respectiva entrada.
(E) porque a atividade desenvolvida pelo contribuinte adquirente do bem era exclusivamente comercial.
Parte superior do formulário

(11) - A empresa paulista Y realizou as seguintes operações sujeitas à tributação do ICMS:

• Comprou da empresa paulista A mercadorias no valor de R$ 2.000,00, em operação tributada, e as revendeu por R$ 4.000,00 para
consumidor final paulista.
• Comprou do produtor paulista B mercadorias no valor de R$ 4.000,00, em operação diferida, e as revendeu por R$ 8.000,00 para
consumidor final mineiro, não-contribuinte do ICMS.
• Comprou do produtor paulista C mercadorias no valor de R$ 4.000,00, em operação diferida, as quais se perderam em virtude de uma
enchente.
Considerando as operações acima, e uma alíquota uniforme de 18%, o débito total do ICMS a ser lançado pela empresa paulista Y no
livro próprio é Parte superior do formulário

(A) R$ 2.880,00. (B) R$ 3.240,00. (C) R$ 2.400,00. (D) R$ 2.160,00. (E) R$ 2.520,00.

(12) - A _______________________, quando usada em conjunto com as demais demonstrações contábeis, proporciona informações que
permitem que os usuários avaliem as mudanças nos ativos líquidos da entidade, sua estrutura financeira (inclusive sua liquidez e
solvência), dentre outras funções. Completa adequadamente a lacuna:

A) Demonstração do Resultado de Exercício.


B) Demonstração do Fluxo de Caixa.
C) Demonstração do Resultado Abrangente.
D) Demonstração do Balanço Patrimonial.
(13) - Balanço Patrimonial da Cia. Harmoni

CONTAS R$
Ações em Tesouraria 25.000
Ativos Intangíveis 175.800
Capital Social 290.000
Contas a Receber 180.100
Custo das Mercadorias Vendidas 385.700
Depreciação Acumulada 50.000
Despesas com Comissões de Vendas 42.000
Despesas de Salários 32.350
Despesas Financeiras 5.500
Disponível 50.000
Encargos Sociais a Recolher 32.400
Estoques 283.300
Financiamentos Bancários de Curto Prazo 230.000
Financiamentos Bancários Longo Prazo 188.280
Fornecedores 200.000
ICMS sobre Vendas 65.000
Impostos a Recuperar 5.200
Investimentos em Controladas 199.230
Máquinas e Equipamentos 450.000
Provisão para Imposto de Renda 42.750
Receita de Equivalência Patrimonial 28.900
Receita Operacional Bruta 650.000
Receitas Financeiras 20.000
Reserva Legal 21.550
Reserva para Contingências 20.000
Salários a Pagar 220.000
Seguros Pagos Antecipadamente 15.200
Variações Monetárias Ativas 12.500
Variações Monetárias Passivas 6.500

De acordo com a tabela acima, calcule o resultado do exercício, assumindo que não ocorreu destinação de dividendos, e informe o valor
do patrimônio líquido da Cia. Harmonia.

(A) R$ 466.150,00. (B) R$ 483.150,00. (C) R$ 488.150,00. (D) R$ 463.150,00. (E) R$ 438.150,00.

(12) - Um determinado contribuinte do Estado do Rio Grande do Sul comprou, de outra unidade da Federação, mercadoria não sujeita à
substituição tributária, no valor de R$ 10.000,00. A alíquota interna dessa mercadoria é 17%, e o ICMS destacado na nota fiscal é de R$
1.200,00. Várias situações podem advir do que foi exposto. Pede-se que sejam analisadas as alternativas a seguir e, na sequência, que
seja apontada a resposta correta.

(A) O imposto passa a ser devido no momento posterior, quando da saída da referida mercadoria do estabelecimento do contribuinte
desse Estado que a está recebendo, qualquer que seja o seu regime de tributação. O contribuinte aqui do Estado vai efetuar o
pagamento do ICMS, relativo a essa operação, no valor de R$ 1.200,00, no dia fixado para o pagamento do ICMS das operações de
saída de mercadorias do estabelecimento onde ocorreu a entrada.
(B) O imposto passa a ser devido no momento da entrada da mercadoria no território desse Estado, no valor de R$ 1.200,00, e o
contribuinte desse Estado vai efetuar o pagamento, relativo a essa operação, qualquer que seja o seu regime de tributação, na data da
entrada da mercadoria no Estado do Rio Grande do Sul.
(C) O imposto passa a ser devido no momento da entrada da mercadoria no território desse Estado, no valor de R$ 1.700,00, e o
contribuinte desse Estado vai efetuar o pagamento, relativo a essa operação, na hipótese de se tratar de estabelecimento enquadrado
na categoria geral, no dia fixado para o pagamento do ICMS das operações de saída de mercadorias do estabelecimento onde ocorreu
a entrada e, se for optante do Simples Nacional, até o dia 20 do segundo mês subsequente.
(D) O imposto passa a ser devido no momento da entrada da mercadoria no território desse Estado, no valor de R$ 700,00, e o
contribuinte desse Estado vai efetuar o pagamento, relativo a essa operação, qualquer que seja o seu regime de tributação, no dia
fixado para o pagamento do ICMS das operações de saída de mercadorias do estabelecimento onde ocorreu a entrada.
(E) O imposto passa a ser devido no momento da entrada da mercadoria no território desse Estado, no valor de R$
500,00, e o contribuinte desse Estado vai efetuar o pagamento, relativo a essa operação, na hipótese de se tratar de
estabelecimento enquadrado na categoria geral, no dia fixado para o pagamento do ICMS das operações de saída de
mercadorias do estabelecimento onde ocorreu a entrada e, se for optante do Simples Nacional, até o dia 20 do segundo
mês subsequente.
FOLHA DE RASCUNHO