Você está na página 1de 4

Metodologias de Educação Musical.

Profº Ms Adriano de Carvalho.

Edina Maria de Souza.

Proposta: Alfabetização através da música.

Justificativa: Se avaliarmos um aluno na fase de alfabetização, observando as


hipóteses que ele tem a respeito da escrita e leitura proposto por Emilia
Ferreiro, percebemos que, além de outros itens, precisa ser trabalhado no
aluno o ritmo, sons, memória auditiva. O trabalho com música trás todos os
componentes necessários para atingir os objetivos da alfabetização de maneira
lúdica, além de promover o gosto pela música.

Objetivo final: O aluno deverá ser capaz de produzir texto e ler com fluência
diferente gêneros textuais.

Objetivo específico:

Desenvolver a percepção auditiva.

Desenvolver a percepção rítmica.

Perceber o som .

Conteúdo:

Sensibilizar o aluno para o mundo dos sons.

Ritmo.

Registros de sons (silabas).

Desenvolver a memória auditiva.

Avaliação:

A avaliação será continua, ou seja, inicial e ao longo do processo de


alfabetização.

Montar um portfólio com as observações e sondagens dos alunos.


Classificar os alunos quanto as hipóteses de leitura e escrita:

a) Pré- silábica

b) Silábica sem valor sonoro

c) Silábica com valor sonoro

d) Silábico- alfabético

e) Alfabético

Duração do processo: fase de alfabetização.

Encaminhamento:

Trabalhar sequência de atividades como:

1. Perceber que existe sons no ambiente:

Trabalhar atividades que favoreçam a observação dos sons do ambiente.


Exemplo: Com os olhos fechados prestar atenção nos sons que acontece
dentro e fora da sala. Pode na sequencia representar o que percebeu com
desenhos.

2. Perceber o som que existe em seu corpo.

Com protetor auricular, deitados ou sentados confortavelmente perceber o


som que o corpo produz.

3. Música.

Ouvir música e caminhar no ritmo: lento, rápido.

4. Perceber que as palavras tem ritmo.

Ouvir palavras pronunciadas pela professora, repetir, bater palmas e dizer


quantas “batidas” que têm.

Completar os exercícios da apostila com a quantidade de “batidas” que


percebem observando as imagens.

5. Escrever o som que percebe em cada “batida" utilizando para isto letras.

Utilizar uma ficha de sílabas elaborada com imagens e o primeiro som do


nome da figura.

Fazer exercícios da apostila que foi feita com imagens e a duração das
silabas, como se fosse, semínima, com silabas simples ( consoante e
vogal).
Ao terminar esta apostila, normalmente os alunos já estão alfabetizados.

6. Passar para a outra apostila onde aparecem palavras com sons com

duração maior e palavras monossílabas.

Trabalhar os sons nasais, r , s, l, rr.

7. Trabalhar letra de música; cantar; segmentar as palavras, virgula


representando pausas, etc.

Livros pesquisados.

BRITO, T.A. de. Música na Educação Infantil: propostas para a formação


integral da criança.

BRUSCIA, K. Definindo Musicoterapia. 2 ed. Rio de Janeiro. Enelivros,


2000.

Deckert, Marta. Educação Musical: da teoria à prática na sala de aula. 1 ed.


– São Paulo: Moderna, 2012.

FERNANDES, Coordenação e supervisão Iveta Maria Borges Ávila.


Brincando e aprendendo: um olhar para o ensino da música. Cultura
Acadêmica, 2011.

FERREIRA, Emilia, TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da língua escrita.


Porto Alegre: Artes Médicas, 1985.

LACERDA, Osvaldo. Compêndio de teoria elementar da música. São Paulo.


Ricordi, 1967.

SCHAFER, R. M. O ouvido pensante. São Paulo: Editora Unesp, 1991.