Você está na página 1de 6

01/10/2018 Grandes ideias em psicologia: uma introdução cultural e histórica

1
INTRODUÇÃO: WORKINGOUTAND WORKINGIN
 
 
 
Albert  Einstein  trabalhou fora. Aqueles que trabalham fora têm grandes visões,  fora  das  restrições  da evidência
empírica disponível . Eles usam sua criatividade para construir imagens que mostram o mundo de uma maneira nova
, irrestrita de a conhecido fatos. Deles visões preocupação a grande imagem e idéias amplas, ao invés de detalhes de
experimentos. Albert Einstein não fez nenhum experimento, mas teve ótimas idéias; idéias grandes o suficiente para
mudar nossas visões  sobre  o  universo. Às  vezes leva décadas  ou  até  mesmo séculos antes experimental pesquisa
capturas acima com a ideias de tais pensadores; só agora é que somos  capazes  de testar alguns dos Einstein ótimo
ideias tal Como a idéia aquele a universo é expandindo e encontrá­los para ser preciso.
Sigmund Freud também trabalhou , elaborando intrincadas e elaboradas histórias sobre como o consciente, o pré­
consciente e o inconsciente tomam forma, e como a civilização molda as personalidades individuais. Ele fez reunir
evidência, na  maioria  das  vezes através caso estudos do dele pacientes  próprios, e ele fez  alguns esforços para
amarrar suas idéias à evidência, mas a ligação permaneceu bastante solta. Na maior parte do tempo, Freud trabalhou ;
Suas idéias foram baseadas em vôos  da imaginação criativa . Ele trabalhou  um  pouco como uma ficção escritor. o
gênio do Freud, Einstein, e outras quem trabalhar fora é em seus vôos da imaginação, subindo bem além da evidência
experimental da Tempo.
O grande cientista russo Ivan Pavlov, por outro lado, trabalhou em. Os investigadores que trabalham na tentativa
muito difícil ficar perto de empiri­ evidências cal. Seu ponto de partida é muitas vezes uma observação do
 
eventos inesperados na vida cotidiana ou algumas descobertas inexplicadas de empírica pesquisa. A partir de tal uma
intrigante facto, a investigador desenvolve uma  explicação, sempre voltando  para  a  evidência  que era o ponto de
partida. Pavlov trabalhou e manteve suas idéias ligadas a fatos concretos, Como longe Como ele poderia reconhecer
eles.
Na pesquisa científica, grandes ideias surgiram de trabalhar ou trabalhar, e algumas das melhores ideias vieram de
pesquisadores  trabalhando  em  ambas  as  rotas. Por  exemplo,  Charles  Darwin  acumulou  uma  grande  quantidade  de
evidências  sobre  mudanças  geológicas  e  biológicas  quando,  quando  jovem,  acabou  de  se  formar  na  universidade,
viajou a bordo do navio HMS Beagle pela costa da América do Sul durante cinco anos (1831 a 1836). Ele reuniu mais
e mais evidências sobre a mudança evolutiva e foi inspirado a desenvolver a teoria da evolução para explicar os vários
corpos de evidências que ele e outros haviam acumulado. Ele trabalhou e trabalhou em; e o ajuste entre suas idéias
revolucionárias e a massa de evidências acumuladas finalmente convenceu a maioria dos críticos obstinados. Piaget, o
psicólogo de desenvolvimento suíço, também tentou trabalhar tanto dentro quanto fora. Ele fez a maior parte de sua
pesquisa em seus próprios filhos e deu origem a um modelo de desenvolvimento cognitivo humano.
Desde meados do século XIX, os psicólogos têm realizado centenas  de  milhares  de  experimentos,  muitos  deles
inspirados direta ou indiretamente por um número muito pequeno de grandes idéias. Algumas dessas idéias, tais Como
a inconsciente, deslocado agressão, e a auto, ter evoluído por pesquisadores que trabalham principalmente fora. Nestes
casos, a grande idéia não é muito intimamente ligada à evidência empírica. Outros grandes idéias em psicologia, como
anexo, aprendizagem e obediência  à  autoridade, evoluíram por pesquisadores  em  sua  maioria  trabalham em. Nesses
casos, as idéias  evoluíram com base  em provas  concretas, e muitas  vezes essas idéias  foram  desenvolvidas
explicitamente para explicar intrigante evidência.
 
 
O QUE É UMA AGUARDA?
A  maioria  dos  psicólogos  concorda  que  idéias como o  inconsciente,  a inteligência artificial e  a aprendizagem  são
ótimas. No entanto, questões­ chave sobre grandes ideias raramente são abordadas explicitamente . Por que devemos
identificar grandes ideias? Por que  os  alunos  devem  se preocupar com  grandes ideias? Devemos identificar  grandes
ideias e nos preocupar com elas porque elas unem as problemas dentro psicologia. Ótimo ideias dentro psicologia se
empenhar nos dentro o que

é o mais central e essencial na ciência da psicologia, despojado do que parece ser uma infinidade de informações
detalhadas, datas, nomes e referências que entopem os textos introdutórios típicos. As grandes idéias são o que deve ser

https://translate.googleusercontent.com/translate_f 1/6
01/10/2018 Grandes ideias em psicologia: uma introdução cultural e histórica

atendido e lembrado por causa de sua centralidade, mesmo décadas depois que informações detalhadas sobre fatos,
datas e nomes podem ter sido esquecidas. É através das grandes ideias que nós também podemos nos juntar ao longo
debate, que remonta a milhares de anos à Grécia antiga e além, sobre a natureza da humanidade e nosso potencial de
mudança e progresso genuíno.
O que torna uma  ideia  ótima? Quais são os critérios pelos quais reco­ nhecer uma idéia  tão  grande, e uma  outra
idéia que não? Ao examinar as centenas de livros que discutem seletivamente questões fundamentais em psicologia,
tais como livros sobre a história e estado atual da maior disciplina, nós posso Vejo aquele há estamos muitos possível
critério para selecionando Ótimas ideias. Eu ter chegou a a Segue quatro Como a a maioria importante critério.
 
Influência nas percepções
Em primeiro lugar, para ser julgado, uma grande idéia em psicologia deve, em grande medida, influenciar nossa
interpretação do comportamento humano; deve alterar a forma como nos vemos, mais ou menos como um espelho que
reflete uma imagem nova e alterada de nós mesmos. Muitas vezes, essas idéias mudam nossa concepção da natureza
humana. Por exemplo, a interpretação freudiana do inconsciente modificou dramaticamente a ênfase, de ver os seres
humanos como seres racionais e irracionais, criaturas que muitas vezes não conhecem os motivos reais de seu próprio
comportamento. Essa mudança ocorreu não apenas entre os acadêmicos, mas também entre os leigos. Além disso,
Freud mudou fundamentalmente a maneira como artistas e escritores retratam os seres humanos em romances, peças
de teatro, pinturas, filmes, músicas e outros trabalhos criativos. Como outro exemplo, a idéia de apego, um elo
emocional duradouro e forte entre um bebê e um provedor de cuidados, influenciou de maneira importante a maneira
como abordamos a criação dos filhos, destacando a importância do vínculo emocional entre um prestador de cuidados
primários e um bebê. . As implicações do apego fazem parte de discussões controversas em andamento sobre cuidados
infantis, adoção e divórcio, e isso está ligado ao próximo critério.
 
Impacto aplicado
Um segundo critério que deve ser cumprido para que uma ideia seja julgada é aquele isto devemos provar para estar
eficaz dentro aplicação. Tal aplicação

pode ser na arena profissional . Por exemplo, a ideia do QI foi aplicada amplamente de profissionais dentro educacional


e de outros configurações. Mas O aplicativo também pode ser por leigos em suas vidas cotidianas. Um exemplo é o uso
de largura leigos têm encontrado para o conceito de QI. Apesar da gravidade do crítico ataques de alguns peritos contra
a idéia do QI isto prospera em cultura popular (por exemplo, falar sobre 'QI alto' e 'baixo QI' entrou horário nobre da TV,
a imprensa  popular, e debate  político,  como  é evidente  na discussões sobre a QI do Presidente G. W. Arbusto),
presumivelmente porque  as pessoas encontrar isto útil. Similarmente, personalidade avaliação técnicas (tal como o
Inventário de Personalidade Multifásico Minnesota, MMPI) tiveram um impacto profundo e generalizado, tanto de alta
renda  e  de  baixa  renda sociedades ao  redor  do  mundo, influenciando como anormalidade é avaliado, por exemplo.
Novamente, apesar declarado fraquezas do tradicional técnicas  de  avaliação  da  personalidade,  até  mesmo  os  críticos
não negariam seu tremendo impacto aplicado. O amplo impacto aplicado de certas idéias psicológicas, tal Como dentro
a areas do inteligência e personalidade, tem fui asso­ ated com altamente produtivo pesquisa.
 
Pesquisa de Estímulo
A related, em terceiro lugar, o critério de avaliação é a capacidade de uma idéia  para estimular novas  pesquisas  tarde.
Grandes ideias em psicologia, como traços  de  personalidade, estimular dezenas de milhares de  estudos que  envolvem
um  grande  número de pesquisadores e participantes da  pesquisa ao  redor do  mundo. Tal pesquisa  freqüentemente
conduz para Novo questões, ambos amplo e limitar dentro escopo. Por exemplo,  a pesquisa sobre traços  de
personalidade levou a questões importantes sobre a consistência do personalidade através contextos (Faz personalidade
fique a mesmo do outro lado diferente situações? Ou, é a consistência do personalidade a ilusão, decorrente de nossas
expectativas e julgamentos  tendenciosos?), e perguntas  mais  estreitos  sobre  a possível universalidade dos traços
particulares (São certas consistências dentro comportamento, tal Como neuroticismo, compartilhado de todos humanos?).
Idealmente, uma ideia psicológica deve ser provada válida ou inválida por meio de pesquisa empírica cumulativa.
Este é um ponto semelhante ao que o  filósofo  da  ciência  Karl  Popper se  refere como falsifiability, fazer previsões
suficientemente precisos que podemos, pelo menos, imaginar que evidência seria necessário para uma idéia para ser
refutada. Em outras palavras , a falseabilidade começa com a premissa de que, em vez de tentar provar uma hipótese
como correta, os pesquisadores devem se concentrar em demonstrar as condições nas quais a hipótese não pode ser
falseada (provada incorreta). Dentro prática, nós encontrar aquele alguns do a a maioria influente psicológico

idéias, como o  inconsciente e o eu, ainda não  foram provadas ou  refutadas. este poderia estar Porque nós Faz não
Como ainda ter suficiente empiri­ evidências cal para fazer o julgamento. No entanto, a longo prazo algumas das idéias
psicológicas  que  consideramos “grande”,  como o inconsciente,  pode não vir  a  ser falsificável, apesar  da  sua
importância histórica e generalizada internacional impacto.
 
Thecriterionoftime

https://translate.googleusercontent.com/translate_f 2/6
01/10/2018 Grandes ideias em psicologia: uma introdução cultural e histórica

Estes diferente critério para avaliando ideias e identificando ótimo uns são todos relevantes, mas um argumento forte
pode ser feito para a visão de que esses critérios são subsumidos por um critério primordial: tempo. O caminho certo
para determinar a grandeza do a idéia é para gráfico como bem isto sobrevive ao  longo  do tempo. A idéia aquele
dentro uma principal caminho influências a caminho nós interpretar comportamento humano , tem Largo aplicação, e
estimula uma grande negócio do pesquisa também é obrigado a sobreviver por um longo tempo. O critério do tempo é
aplicável à arte, ciência  ou qualquer outro  domínio  do empreendimento humano . Por  exemplo,  consideramos  um
registro Atlético, como o recorde mundial para a cem metros traço, para estar particularmente ótimo E  se isto dura
uma longo Tempo.
Embora eu acredite que o critério do tempo seja o mais importante para identificar grandes ideias em psicologia, são
necessárias duas qualificações. Primeiro, devemos ter cuidado para não confundir a sobrevivência da terminologia
associada a uma ideia com a sobrevivência da própria ideia. Por exemplo, o uso continuado de termos como
“deslizamento freudiano” e “ego” na linguagem cotidiana, por si só, não demonstra que a psicologia freudiana está
sobrevivendo ao longo do tempo. Tais termos podem ter se destacado das idéias originais das quais eles originalmente
derivaram. Consequentemente, devemos buscar evidências da sobrevivência da ideia original mais ampla, e é aí que os
três primeiros critérios ­ “influência nas percepções”, “impacto aplicado” e “estimulam a pesquisa” ­ provam ser
inestimáveis.
Uma segunda qualificação diz respeito às interpretações de  uma  ótima  idéia  durante diferente histórico períodos.
Como cultura alterar, a maneiras dentro que uma grande ideia é interpretada também pode mudar. Por exemplo, durante
o  último  século tem havido  grandes  mudanças  na  cultura,  na  maioria  das  sociedades,  em áreas como os  papéis de
gênero e relações  de  gênero. Por sua  vez, tais  mudanças alteraram as maneiras pelas quais  homens e mulheres
avaliam a psicologia freudiana em geral (por exemplo, as visões de Freud sobre o chamado  "complexo  de  Édipo"
passaram por  uma  séria  reavaliação,  em parte como resultado  do  movimento  feminista).  e possíveis grandes idéias
articulada por Freud particularmente (para exemplo, De Freud ideias em assim chamado "pênis inveja"

no  início  do  desenvolvimento  das  meninas  e  como  isso  influencia  o  inconsciente  foram  criticamente  reavaliadas  e
consideradas  carentes,  especialmente  devido  ao  papel  moderno  das  mulheres). Em  certo  sentido,  uma  grande  ideia
está sendo continuamente reconstruída por diferentes gerações de psicólogos e leigos. No entanto, o núcleo da ideia
deve sobreviver através de tais reconstruções, para que seja reconhecido como uma ótima idéia.
Embora a grande maioria das grandes ideias que tenho incluídos neste livro são muito bem estabelecida, eu também
incluiu quatro mais recente grandes idéias, sobre a convicção bem fundamentada de que eles vão passar no teste do
tempo. Essas quatro idéias mais recentes são: inteligência artificial (IA), psicologia multicultural , psicologia feminista
e o eu. Dois pontos precisam ser destacados sobre essas quatro novas ideias. Primeiro, eles são fortemente
influenciados por múltiplas disciplinas e refletem crescente tendências multi­disciplinares em psicologia. Por
exemplo, a inteligência artificial é influenciada pela evolução da biologia, engenharia, lingüística, filosofia, bem como a
psicologia. As disciplinas que influenciam a psicologia multicultural , a psicologia feminista e o eu incluem a
sociologia, a ciência política, a antropologia e a psicologia. Em segundo lugar, essas quatro ideias já tiveram profundo
e amplo impacto na pesquisa e na prática psicológica : isso é evidente pelo conteúdo de publicações psicológicas e
programas de treinamento em psicologia em grandes instituições do mundo todo. Assim, existem razões muito fortes
para adicionar essas quatro ideias mais recentes à lista mais longa de grandes ideias estabelecidas.
 
O desafio de mudança
O critério do tempo levanta uma série de outras questões espinhosas quando aplicado a idéias em psicologia. Desde o
declínio do behaviorismo e da primeira "revolução cognitiva" dos anos 50, a psicologia tem sido vista pela maioria dos
pesquisadores como a ciência do pensamento e da atividade, a vida mental e o comportamento manifesto. A maioria dos
psicólogos que também concorda que a vida mental e comportamento manifesto são, pelo menos até certo ponto,
influenciado pelo ambiente cultural. Com o tempo, o ambiente cultural muda e o comportamento humano também
muda . Por exemplo, nas culturas ocidentais, pelo menos, machos e fêmeas pensam e se comportam de maneiras que
eram fundamentalmente diferentes em 2002 em comparação com 1802. Assim, uma idéia que teria sido considera­ da
“grande” porque descrevia com precisão o comportamento dos homens e as mulheres em 1802 (no domínio da
personalidade, por exemplo) podem não ser precisos, em 2002, porque as condições culturais mudaram drasticamente e
por isso tem comportamento. Isso significa que o critério do tempo não é

aplicável  para avaliar  idéias na  disciplina  de psicologia? Ou, isso  significa  que  o  critério  de  tempo é realmente  o
melhor  critério  para  identify­ ing grandes idéias que caracterizam o  pensamento  e ação humana,  apesar cultural
mudança? A responda posso estar encontrado de olhando costas para a origens do moderno psicologia.
 
 
GRANDES IDEIAS E ADORMIDADESINPSICOLOGIA
Desde seus primórdios em meados do século XIX, a psicologia moderna tem se caracterizado por diferentes
orientações, formalizadas como “escolas” influentes em diferentes épocas, incluindo estruturalismo, behaviorismo,
psicanálise, psicologia da Gestalt, psicologia cognitiva, psicologia evolucionista e construcionismo social. 1). Estas
escolas são diferentes umas das outras em seus principais objetivos, bem como as épocas históricas em que eles tiveram
a maior influência. Por exemplo, o comportamento foi mais influente durante grande parte da primeira metade do
século XX, enquanto a psicologia cognitiva tem sido mais influente desde meados do século XX. Os behavioristas

https://translate.googleusercontent.com/translate_f 3/6
01/10/2018 Grandes ideias em psicologia: uma introdução cultural e histórica

tentaram estudar o comportamento publicamente observável e rejeitaram qualquer referência aos processos de
pensamento, enquanto os psicólogos cognitivos estudam o pensamento.
Embora  as  principais  escolas  de  psicologia tenham diferenças fundamentais em metas mais  profundamente nível
eles compartilhar uma preocupação para descobrindo as causas do comportamento. Assim, uma divisão fundamental
que é ainda mais ampla do que os tipos de escolas de psicologia é entre  a  psicologia como ciência causal, tentando
identificar as relações de causa e efeito em pensamento e ação, e psicologia como uma ciência normativa, explorando
regularidades em pensamento e ação, em associação com normas, regras, valores e outras características da cultura.
Essas duas orientações amplas têm legitimidade como parte de uma ciência da psicologia, e ambas têm suas raízes no
pioneirismo. trabalhos do século dezenove pesquisadores.
Os estudantes de psicologia aprendem que 1889 é um ano fundamental para a disciplina, uma vez que é considerado
o ano em que o primeiro laboratório para pesquisa experimental em psicologia foi estabelecido. O inovador deste
laboratório, e a pessoa que passou a ser considerada o pai da moderna psicologia experimental , é o estudioso alemão
Wilhelm Wundt (1832–1920). O estudioso americano William James (1842­1910) também montou um laboratório de
psicologia sobre este tempo, mas talvez porque ele não continuar a investir muito tempo em pesquisa experimental, a sua
contribuição cedo para o laboratório de psicologia raramente é remembered.At

Tabela 1. Escolas de psicologia, seus objetivos e épocas de maior influência
Escola               Objetivo                             Histórico Era mais influente
* S estruturalismo               E comportamento Xplain de referência               Parte G do atter Dia 19 ao menor possível              
século
"Elementos" da mente
* B­ behaviorismo               F ocus exclusivamente em comportamento               Metade irst F de 20 de século que posso estar
publicamente observado
e medido, e rejeitar todas as referências à mente e ao pensamento
* P sicanálise               Eu dentifico o impacto do               F rom o início Vigésimo inconsciente motivações,               século
desejos, medos e afins, sobre pensamento e ação
* G estalt               F Realize as a idéia aquele "a todo               In1930s articularmente P e
Psicologia               é mais do que o soma do               Década de 1940
suas partes ”e explore como
características embutidas nos levam
impor estrutura e significado ao mundo
* C ognitive               S estuda de pensando em direção a               Do rom Anos 50
Psicologia               descobrindo universais dentro
processos mentais

* E volutório               E o XPlore adaptativo funções               Do rom Anos 70


Psicologia               de comportamento para mostrar como
certos comportamentos ajudaram os humanos a sobreviver
* S ocial               E Xplore como humanos construir               Do rom Anos 80
construcionismo               significado sistemas e usar normas,
regras e afins para regular as interações sociais
 
O  coração dos procedimentos experimentais modernos é a manipulação de variáveis independentes ,  causas
presumidas, para examinar seus efeitos sobre variáveis dependentes , efeitos presumidos . O objetivo  do gia  psychol­
experimental é tradicionalmente visto como para descobrir as causas do comportamento.
Mas Wundt também trabalhou em um segundo tipo de  psicologia,  um campo  de  estudo não experimental que
pode ser melhor descrito como “psicologia cultural” ( é frequentemente traduzido como “ psicologia popular ”). Entre
1900 e 1920, Wundt completou dez volumes sobre psicologia cultural ,

refletindo seu profundo compromisso com essa "segunda" psicologia. As principais áreas de psicologia cultural para


Wundt  foram  os  produtos  da mente, como mitos, linguagem e costumes. A  comunidade  vem  para criar fenômenos
coletivamente compartilhados, como mitos e valores, e estes por  sua  vez, tem uma  influência sobre os  indivíduos.
Desta forma, o comportamento das pessoas singulares é influenciado de a cumulativo efeitos do social interações ao
longo dos anos, às vezes séculos. Obviamente, a medição precisa de causa  efeito relações é não a objetivo dentro
cultural psicologia Como isto está em experimental baseado  em  laboratório psicologia. Contudo, Wundt's segundo
psicologia é um psicologia bona fide, e é diferente do ogy anthropol­, sociologia, e de outros tal disciplinas, Porque dele
foco permanece em explicar Individual pensamento e açao.
UMA útil caminho para reconceituar a "causal versus normativo" distinção é pensar em todos os comportamentos em
algum lugar em uma dimensão com menos ou mais graus de liberdade, referindo­se a gama de opções disponíveis para
um indivíduo dentro uma situação. Dentro alguns circunstâncias, uma Largo alcance do possíveis comportamentos estão
disponíveis para um  indivíduo  e, portanto, os graus de  liberdade  são altos, enquanto em  outras  situações  a gama  de
possíveis comportamentos disponíveis para a Individual é mais estreito assim a graus do liberdade estamos menor.

https://translate.googleusercontent.com/translate_f 4/6
01/10/2018 Grandes ideias em psicologia: uma introdução cultural e histórica

A pesquisa sobre o comportamento com menos graus  de  liberdade  foi  mais  rigorosa e representativa  do  lado  da
psicologia mais próximo das ciências exatas. Exemplos do início da história da disciplina são encontrados no pesquisa
do Gustav Fechner (1801 a 1887) a pai de psicofísica (um  precursor  da moderna teoria  de  detecção  de  sinal), e seu
contemporâneo
E. H. Weber (1795­1878). Somos gratos  a  eles  pelo entendimento  de que  o sistema  nervoso humano é sensível  às
diferenças relativas,  em vez de  absolutas, nos  estímulos. Por  exemplo, suponha  que  Jane pode apenas notar  a
diferença entre 10 e 12 unidades de ruído em um quarto (mas não entre 10 e 11 unidades). Então ela poderá notar  a
diferença entre 20 e 24 unidades (mas não 20 e 22 unidades), e 40 e 48 unidades (mas não 40 e 44 unidades).
Pesquisas sobre o comportamento com maiores graus de liberdade também estão bem representadas ao longo da
história da psicologia, da psicologia popular de Wundt no século XIX à pesquisa contemporânea em áreas como
psicologia social, cultural, de desenvolvimento e cognitiva. Uma grande quantidade de pesquisas em andamento nesses
domínios é fundamentalmente influenciada por tendências culturais. Por exemplo, mudanças nos papéis de gênero
influenciaram o comportamento em áreas como preconceito, discriminação e liderança. As tendências culturais
também influenciaram áreas de pesquisa aparentemente mais objetivas, como testes de inteligência (como veremos no
capítulo 7,

As pontuações nos testes de inteligência têm aumentado com o tempo, talvez como resultado de as pessoas se tornarem
mais experientes  em testes ). Considerando  que, no  século  XIX, textos médicos e psicologia assumiu  o  cérebro
feminino é  menos capaz  de assumir os desafios do ensino  universitário, no século  XXI, alguns  pesquisadores
olhando para o ance desem­ escola do garotas e Rapazes estamos Perguntando, "Lata a Rapazes guarda acima?" Dentro
ambos a EUA e Reino  Unido, as  meninas  são  agora  outperfor meninos ming em todos,  mas alguns disciplinas
escolares, matemática ser a a maioria notável exceção.
A maioria do a ótimo ideias selecionado para discussão dentro esta texto cair entre os extremos polares de graus de
liberdade muito baixos e muito  altos . Por  exemplo,  a  aprendizagem  tem  um componente biológico interno que
permite baixos graus de liberdade, mas também é amplamente baseado em condições culturais que permitem graus mais
altos de liberdade. No entanto, algumas grandes ideias estão claramente mais próximas para 1 pólo em vez do que outro
r. Para dar claro exemplos, A potenciação de longo prazo (LTP), discutida no capítulo 4, está mais próxima do extremo
dos baixos graus de liberdade, mas a conformidade, o tópico do capítulo 15, está mais próxima para a extremo do Alto
graus do liberdade.
 
Mudança e continuidade
Em geral, as condutas biologicamente determinados (tais como tempo de reacção) têm mais baixo graus do liberdade,
enquanto que comportamentos influenciado de cultura (tais como as relações de gênero) têm graus mais elevados de
liberdade: há muito pouco que eu possa fazer para mudar o meu tempo de reação, mas eu posso mudar a maneira como
eu interagir com outras mulheres e homens. Na superfície pode parecer que ideias mais perto dos baixos graus de pólo
liberdade do continuum, refletindo processos biológicos, será mais duradoura do que as idéias mais estreitas para a
superior graus do liberdade pólo, refletindo significado sistemas na sociedade. Afinal de contas, poder­se­ia argumentar
que as características biológicas dos seres humanos mudam muito lentamente durante longos períodos de mudança
evolutiva, enquanto os sistemas de significado cultural podem mudar de forma relativamente rápida. Assim, por
exemplo, parece que podemos aplicar o critério de tempo para avaliar grandes idéias em uma área como a base
biológica da memória, porque o comportamento neste domínio muda muito lentamente. Presumivelmente a biologia do
a cérebro, para exemplo, tem não mudou significativamente sobre os últimos séculos. Mas aplicar o critério do tempo
a idéias sobre comportamentos caracterizados por graus mais altos de liberdade seria mais problemático, porque
presumivelmente o comportamento humano tem a ver com o modo como as coisas estamos feito, e a significados
pessoas atribuir para fenómenos mudança uously conti­ ao longo do tempo.

Este tema da mudança foi destacado pelos estudiosos ao longo dos tempos. O estudioso grego Heráclito apontou
vinte e cinco séculos atrás isso 1 não podes degrau para dentro a mesmo rio duas vezes, Porque as águas dentro a rio
estamos continuamente fluindo passado. o americano psicólogo Kenneth Gergen argumentou mais recentemente que
a psicologia social ,  pelo  menos, é gostar social história, Porque a tema do pesquisa, social comportamento, é
continuamente mudando. este parece para sugerir aquele nós não  pode ter grandes ideias Onde há estamos superior
graus do liberdade para Individual comportamento, porque a "rio é continuamente fluindo. ” Como posso a idéia sobre
comportamento estar ótimo E se a comportamento ser descrito é sempre dentro uma Estado do fluxo?
Em uma inspeção mais minuciosa, no entanto, descobrimos que a imagem não é tão clara . Por exemplo, a pesquisa
em neurociência está destacando a plasticidade e a natureza mutável do cérebro em associação com as condições
ambientais (isso é discutido em mais detalhes no capítulo 4). Nossos cérebros não são estáticos, mas mudam
continuamente à medida que experimentamos mudanças na vida. Isso sugere que o critério do tempo é aplicável até
mesmo a idéias associadas a baixos graus de liberdade.
Por outro lado, o  critério  do tempo também  é  aplicável  a  idéias  que  descrevam comportamentos com graus mais
elevados de liberdade, porque também há uma forte continuidade nos sistemas de significado e nas maneiras pelas quais
as  coisas são feitas. este continuidade é sustentado de portadores , qual Aja Como ganchos em quais valores,
significados sentimentos e a gostar estamos pendurado (Moghaddam, 2002). Por exemplo, uma bandeira nacional atua
como transportadora, assim como os rótulos referentes a estereótipos do homens, mulheres, Preto, Branco, Hispânico, e
assim em.
o continuidade suportado de portadores é complicado de alterar dentro os significados dos próprios portadores .
Por exemplo, o cidadão dos Estados Unidos bandeira tem mudou significado para alguns grau sobre Tempo, Como ter
https://translate.googleusercontent.com/translate_f 5/6
01/10/2018 Grandes ideias em psicologia: uma introdução cultural e histórica

os valores associados a esse sinalizador. No entanto, há certas continuidades assim, como em termos de nacionalismo


e sacrifício pelo país. Da  mesma  forma, embora os papéis  de mãe e seu  pai mudaram  nos principais maneiras ao
longo do século passado, eles têm também permaneceu o mesmo de outras maneiras. Assim, apesar das mudanças que
ocorrem em pensamentos e ações ao longo do  tempo,  podemos validamente aplicar  o  critério  de  tempo  para  avaliar
grandes idéias em psicologia.
 
 
CONCLUDINGMENT
Desde o surgimento gradual da psicologia moderna em meados do século XIX, várias idéias se tornaram centrais e

ótimo. As  ideias selecionadas para  discussão  neste  livro  não  são  exaustivas, mas eles estamos uns aquele melhor
Conheça a critério nós considerado mais cedo dentro este capítulo, particularmente o critério­ chave de “tempo”. Uma
maneira frutífera de avaliar a selecionado ideias é Como trabalho dentro progresso, Desde  a dentro a  maioria casos
estes são ideias ainda estão sendo testados e alguns  deles  podem muito bem se  tornar  ainda  mais  influente dentro a
futuro, enquanto outras pode perder deles vitalidade.
A  discussão  de  cada  “trabalho  em  andamento” é projetada  para  se  organizar separadamente,  de modo  que  cada
capítulo possa ser lido por conta própria. No entanto, há também temas importantes que atravessam todos os capítulos,
tais como a relação entre as grandes idéias e seus contextos culturais. Outros temas que atravessam os capítulos são a
questão  de  graus  de liberdade, e na medida em que cada grande ideia  está  associada trabalhando ou malhando .
Conseqüentemente, cada capítulo pode ser lido separadamente, mas os capítulos também podem ser lidos como parte
de  uma  história  mais  longa sobre as características  das  grandes  idéias e a relação  entre  as  idéias e seus contextos
culturais e históricos.
 
 
FURTHERREADING
Danzinger, K. (1990). Construindo o assunto: origens históricas da pesquisa psicológica . Nova Iorque: Cambridge University Press.
Gergen, K. (1973). Social psicologia Como história. Diário do Personalidade e Psicologia Social , 26 , 309­320.
Harre, R. (2005). Principais pensadores da psicologia do século XX . Londres: sábio.
Leahey, TH (2004). Uma história da psicologia: Principais correntes no pensamento psicológico . 6 ed. Upper Saddle River, NJ:
Pearson / Prentice Hall.
Moghaddam, FM (2002). O indivíduo e a sociedade: uma integração cultural .
NewYork: vale a pena.
Sternberg, RJ (2003). A anatomia do impacto: o que torna grandes as grandes obras da psicologia. Washington: American
Psychological Association Press.
Wundt W. (1978). Elementos das pessoas psicologia:  Esboços do uma psicológico história do  desenvolvimento  da  humanidade .
Washington: Publicações Universitárias da América.

https://translate.googleusercontent.com/translate_f 6/6