Você está na página 1de 32

PUBLICIDADE

SÁB29SET
Sábado
29 de Setembro de 2018
Ano 43 • N.º 15401

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

MINISTRO DAS RELAÇÕES EXTERIORES ANUNCIA

NESTA EDIÇÃO

MANUEL RUI
Em bicos de pés
EUA prometem ajudar Angola
e pinças nas mãos
OPINIÃO • 7

SUCESSÃO DE BUHARI
no repatriamento de capitais
Angola recebeu garantias de que os EUA vão Manuel Augusto disse que teve contactos as autoridades financeiras norte-americanas
ajudar o país no processo de repatriamento com o Departamento de Estado norte-ame- têm possibilidades de ajudar-nos e estão
de capitais domiciliados no estrangeiro de ricano e recebeu a garantia de que os EUA dispostas a fazê-lo”, sublinhou. O ministro
forma ilícita, anunciou ontem, em Nova vão apoiar o Governo angolano “em todas acrescentou que as autoridades americanas
Iorque, o ministro das Relações Exteriores, reformas que se julgarem necessárias”. “No reafirmaram “a disposição em reanalisar a
Manuel Augusto. Em declarações à imprensa, que diz respeito ao repatriamento de capitais, situação de acesso aos dólares”. POLÍTICA • 2

EDIÇÕES NOVEMBRO

HABITAÇÕES

Executivo
Nigerianos preferem
Yemi Osinbajo
ÁFRICA• 8

prevê construção
FEIRA DE VERONA
Rochas angolanas
ganham o mundo
ÚLTIMA • 32

DENÚNCIA
Falsos funcionários
actuam em nome
de mais sete
da PGR
POLÍTICA • 3

ENTREPOSTO
centralidades
Venda de farinha de trigo Mais centralidades vão ser construídas
retoma na segunda-feira nas províncias do Bengo, Malanje,
ECONOMIA • 10 Cuanza-Norte, Cunene, Lunda-Sul,
Zaire e Cuando Cubango, anunciou
FINANCIAMENTO ontem, em Luanda, o director nacio-
Kixicrédito disponibilizou nal da Habitação. Ao falar numa con-
500 milhões de dólares ferência realizada por ocasião do Dia
ECONOMIA • 11 Mundial do Habitat, que se assinala
amanhã, Adriano Silva afirmou que,
CAMPEONATO DE BASQUETEBOL paralelamente, o Executivo vai reto-
mar o programa de construção de
200 fogos em 130 municípios, além
de implementar a edificação de aldea-
mentos auto-sustentáveis em algumas
regiões do país. POLÍTICA • 3

KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO

ISMAEL DIOGO É O MAIS RECENTE “INQUILINO”

Petro e Marinha
O dia-a-dia dos detidos
jogam a partida
de destaque
DESPORTO • 30 na Cadeia de São Paulo
LIGA DOS CAMPEÕES
D’Agosto afina
Os portões da Cadeia de São Paulo, em Luanda,
detalhes para vergar abriram-se ontem para receber o presidente da
Esperance de Túnis Fundação Eduardo dos Santos (FESA), Ismael
DESPORTO • 31
Diogo, que se tornou no mais recente detido
entre as figuras do processo do CNC. Nos
últimos dias, a unidade prisional tem registado
um movimento inusitado, na sequência da
detenção de altos dirigentes do país.
DESTAQUE • 5 | ÚLTIMA • 32
2 POLÍTICA Sábado
29 de Setembro de 2018

GARANTIA DO DEPARTAMENTO DE ESTADO PRS E CASA-CE


FRANCISCO BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Partidos políticos reconhecem


mudanças significativas no país
Os responsáveis do PRS e para uma democracia, onde organização que liderou por
da CASA-CE na província do é possível ver os infractores mais de cinco anos, elogiou
Huambo reconheceram do erário público a prestar os avanços que o país está a
quinta-feira, “mudanças sig- contas. Além de se estar a registar nalguns sectores e
nificativas” no país, desde verificar uma comunicação encorajou o Presidente da
que o actual Presidente da social mais aberta e plural”, República a continuar com
República assumiu o poder. acrescentou. as reformas que tem levado
Em declarações à Angop, Para o secretário da CASA- a cabo.
a propósito do 1º ano de CE, Almeida Daniel, este 1º A reverenda manifestou
governação de João Lou- ano de mandato de João Lou- satisfação por o Presidente
renço, os políticos enalte- renço está a surpreender posi- estar a cumprir as promessas
ceram a coragem do Titular t iva m e n t e e m t o d o s o s que fez durante a campanha
do Poder Executivo em colo- domínios, estando a favorecer eleitoral do ano passado e
car na prática o que prometeu na credibilidade que os estran- no acto da tomada de posse,
aos angolanos na fase de geiros dão ao país. assim como quando assumiu
Ministro das Relações Exteriores fez o balanço da visita do Presidente João Lourenço campanha eleitoral. “Apesar destes ganhos, a liderança do MPLA, no dia
Como exemplo visível, que há anos não eram pos- 8 do mês em curso.

EUA dispostos a ajudar


apontaram a separação dos síveis, o Presidente da Repú- Com esta postura adoptada
órgãos do Estado, respon- blica ainda precisa trabalhar pelo Chefe do Executivo, a
dendo, assim, os princípios muito, no sentido de cumprir responsável religiosa acredita
da democracia, facto que, todas as suas promessas, que os esforços feitos no exte-
na opinião dos entrevista- embora já estejamos a ver rior do país para a conquista

no retorno de capitais dos, nunca tinha ocorrido


em Angola.
O secretário do PRS, Soliya
Selende, disse que João Lou-
algumas”, disse.
Em Luanda, O Conselho
de Igrejas Cristãs em Angola
(CICA) deu ontem nota positiva
de parceiros, de doadores
internacionais e de empre-
sários podem alcançar os
seus objectivos e contribuir
Em Nova Iorque, o ministro das Relações Exteriores assinou renço está a dar sinais visíveis à postura adoptada pela gover- para o desenvolvimento sus-
o Acordo Geral de Cooperação, com a Arábia Saudita de transformar Angola num nação do Presidente da Repú- tentável do país.
bom país, acrescentando que blica, João Lourenço, um ano “Consigo ver que o Pre-
um dos ganhos da sua gover- após a tomada de posse. sidente está a ler os sinais
Fonseca Bengui | Nova Iorque encontro, esta semana, em Chefe de Estado teve com nação tem a ver com a liber- A secretária-geral ces- dos tempos, levando para as
Nova Iorque, com a Reserva várias empresas, incluindo dade que os cidadãos têm sante do CICA, Deolinda Dor- comunidades aquilo que pre-
Federal dos Estados Unidos. o sector financeiro, que vão para exigir os seus direitos. cas Teca, que falava no quadro cisam receber como garantia
Os Estados Unidos da Amé- Ao fazer o balanço da financiar a aquisição de novas “O país está a caminhar da 22ª assembleia-geral da de boa governação, seguindo
rica estão disponíveis a aju- visita do Presidente João aeronaves para a TAAG. o lema principal da sua cam-
EDMUNDO EUCILIO | EDIÇÕES NOVEMBRO| BENGO
dar Angola no processo de Lourenço a Nova Iorque, Para Manuel Augusto, esta panha, que se consubstancia
repatriamento de capitais Manuel Augusto disse que disponibilidade das insti- em 'melhorar o que está bem
domiciliados no estrangeiro os objectivos estabelecidos tuições americanas é resul- e corrigir o que está mal'”,
de forma ilícita, garantiu, foram alcançados. tado de uma maior crença disse.
em Nova Iorque, o ministro A l e m d o d i s c u rs o n a da comunidade de negócios Deolinda Dorcas Teca
das Relações Exteriores, Assembleia Geral das Nações na seriedade do Governo, considerou que os discursos
Manuel Augusto. Unidas, na quarta-feira, dia na transparência dos pro- e as medidas tomadas pelo
À imprensa quinta-feira em que completou um ano cessos e na segurança jurídica Presidente da República,
em Nova Iorque, o ministro desde a sua investidura, João do investimento. João Lourenço, colocam a
Manuel Augusto indicou que Lourenço reuniu-se com o Manuel Augusto assinou população em grande expec-
teve contactos com o Depar- Secretário-Geral das Nações quinta-feira, na sede das tativa, uma vez que esta quer
tamento de Estado norte- Unidas, António Guterres, Nações Unidas, o Tratado de ver mudanças, mesmo que
a m e r i c a n o e re c e b e u a e com os presidentes de Não Proliferação de Armas seja numa altura em que a
garantia de que vão apoiar Cuba, Miguel Diaz-Canel, e Nucleares. Com isso, expli- crise económica ainda invia-
o Governo angolano “em da Croácia, Kolinda Grabar- cou, Angola alinha com a biliza a materialização de
todas as reformas que se jul- Kitarovic. comunidade internacional uma série de projectos e
garem necessárias.” na luta pela não proliferação provo q ue centena s de
“No que diz respeito ao de armas nucleares. Não obs- desempregados, maiorita-
repatriamento de capitais, as “Fizemos um apelo tante não sermos produtores, riamente jovens aptos para
autoridades financeiras norte- no sentido de, para acrescentou, devemos estar Militantes da coligação de partidos que elogia a governação o trabalho.
americanas têm possibilidades apoiar as reformas, alinhados com todos os que
de ajudar-nos e estão dis- é preciso que o querem uma humanidade
postas a fazê-lo”, sublinhou. Governo tenha a cada vez mais segura e livre
Outra questão discutida, almofada financeira dessa ameaça. LUNDA-SUL mente aos cidadãos para
segundo Manuel Augusto, que se requer” denunciarem os estrangeiros
tem a ver com as restrições Acordo com Arábia Saudita que vivem naquela parcela
que Angola tem no acesso
aos dólares dos Estados Uni-
dos. Sobre o assunto, Manuel
Os encontros, segundo
Manuel Augusto, deram
Em Nova Iorque, o ministro
das Relações Exteriores assi-
nou também o Acordo Geral
Imigração irregular do território nacional de
forma ilegal e aqueles que
facilitam a entrada irregular
Augusto informou que “as
autoridades americanas rea-
firmaram a disposição em
reanalisar a situação.”
proeminência a aspectos
de cooperação económica
e à perspectiva do reforço
das relações ou seu estabe-
de Cooperação, com o homó-
logo da Arábia Saudita, Adel
al-Yubeir, na sequência de
contactos iniciados há mais
preocupa Governo de estrangeiros, bem como
arrendamento de estabele-
cimentos e residências.
Daniel Neto considera
“Fizemos um apelo no lecimento nos casos em que de duas semanas naquele O governador da província meno da imigração ilegal igualmente indispensável o
sentido de, para apoiar as não existem. país do Médio Oriente. da Lunda-Sul, Daniel Neto, que envolverá vários órgãos envolvimento da população
reformas, é preciso que o O Presidente da República Segundo Manuel Augusto, apresentou ontem, em Sau- de Defesa, Segurança e de no combate ao vandalismo
Governo tenha a almofada participou no fórum de negó- que disse estar “muito opti- rimo, aos representantes ordem interna. dos bens públicos, fenó-
financeira que se requer. cios Estados Unidos -Angola, mista com o acordo.” “Há um dos partidos políticos MPLA, Para que o combate à imi- meno que, em seu enten-
Sendo um país que trabalha com empresários dos dois campo a explorar por ambas UNITA, PRS, FNLA e da coli- gração ilegal tenha êxitos, der, tem estado a aumentar
com produtos como o petró- países. Segundo Manuel as partes, produtores de petró- gação CASA-CE dados sobre Daniel Félix Neto apelou à na província.
leo e o diamante cuja moeda Augusto, “foi uma ocasião leo e membros da OPEP.” o impacto da exploração colaboração dos partidos Os representantes dos
de pagamento é essencial- muito bem aproveitada pelos “É um acordo geral que ilegal de diamantes e de políticos e das autoridades partidos políticos compro-
mente o dólar, não faz sen- empresários para escutarem vai ser o 'guarda chuva' de outros recursos por parte tradicionais na denúncia dos meteram-se a apoiar a acção
tido que tenhamos essas do Presidente João Lourenço todas as acções de cooperação de cidadãos estrangeiros. cidadãos envolvidos nestas do Governo no combate a
restrições”, disse. aquilo que Angola tem e o “, disse o ministro, que anun- No encontro, Daniel Neto práticas e a indicação dos estes fenómenos e outros
O Ministério das Finanças que precisa para crescer e, ciou, para breve, a deslocação indicou que a exploração locais de exploração ilegal males como a criminalidade,
e o Banco Nacional de também, para dizerem ao a Luanda de uma delegação ilegal de diamantes e outros dos recursos naturais. mediante denúncias, e a
Angola, acrescentou, vão Chefe de Estado aquilo que empresarial e de fundos de recursos na província da O responsável reiterou que sensibilizar a população
continuar os contactos – já a comunidade internacional instituições da Arábia Saudita, Lunda-Sul é feita maiorita- a exploração ilegal de dia- sobre as consequências de
iniciados - com as autori- pode fazer nesta nova Angola.” para a identificação de áreas riamente por cidadãos mantes é má para a estabi- tais práticas.
dades americanas para que, O ministro das Relações especificas de cooperação”, estrangeiros da República lidade da economia nacional, O encontro visou também
num futuro breve, as restri- Exteriores considerou impor- disse. O ministro saudita con- Democrática do Congo (RDC) tendo aconselhado os cida- auscultar os principais pro-
ções a Angola no acesso ao tante a presença de respon- siderou o acordo “um sinal e do oeste-africano. dãos angolanos a organiza- blemas que afligem a popu-
dólar possam desaparecer. sáveis máximos da OPIC que os dois países são amigos, O governante anunciou rem-se em cooperativas para lação local, principalmente
O governador do BNA, (Agência Americana de parceiros e têm interesse em que, nos próximos dias, que tal actividade seja exer- ligados aos sectores da Edu-
José de Lima Massano, anun- Investimento no Estrangeiro) elevar as relações a um pata- devem começar acções de cida de forma legal. cação, Saúde, Emprego e
ciou a realização de um no segundo encontro que o mar mais alto”. combate cerrado ao fenó- O governador apelou igual- Energia e Águas.
POLÍTICA Sábado
29 de Setembro de 2018 3
PARLAMENTO MAIOR OFERTA DE HABITAÇÃO SOCIAL
COMBATE AO CRIME
Vice-presidentes
são escolhidos
pelos deputados
PGR denuncia Executivo constrói
rede de falsários
A Assembleia Nacional rea-
liza, no próximo dia 12 de
Outubro, uma sessão ordi-
nária para eleger o primeiro
A Procuradoria-Geral da República (PGR)
denunciou ontem, em Luanda, a existência de
novas centralidades
Bengo, Malanje, Cuanza-Norte, Cuanza-Sul, Cunene, Zaire
e segundo vice-presidente uma rede de indivíduos não identificados que
do órgão legislativo, em subs- actuam falsamente em nome da instituição, e Lunda-Sul beneficiam do projecto de edificação de casas
tituição de Joana Lina e de para anunciar a instauração de procedimento
MOTA AMBRÓSIO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Higino Carneiro. criminal contra individualidades.
A substituição foi solicitada De acordo com um comunicado de imprensa
pelo MPLA, partido que indi- da instituição, estes indivíduos aproveitam-se
cou o primeiro e segundo vice- das circunstâncias do momento (marcado por
presidente do Parlamento, na casos de corrupção, peculato, associação cri-
sequência dos resultados das minosa e branqueamento de capitais investigados
eleições gerais de 23 de Agosto pela Ministério Público e encaminhados aos tri-
do ano passado. bunais) para, em alguns casos, tentar extorquir
SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO valores monetários a individualidades.
Estes indivíduos, de acordo com a nota de
imprensa da PGR, actuam falsamente em nome
da instituição, através de telefonemas a indi-
vidualidades, intitulando-se funcionários da
Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal
(DNIAP), para anunciar a instauração de pro-
cedimento criminal.
“Neste contexto, alerta-se o público em geral
para não se deixar enganar por esses falsários
e denunciá-los às autoridades, devendo registar
os seus terminais telefónicos e nomes sempre Director nacional da Habitação anunciou o projecto em conferência de imprensa
que possível”, lê-se na nota de imprensa.
A PGR esclarece que a constituição de um
cidadão na condição processual de arguido num João Dias requalificação urbana e Bragança defende que as
processo é feita nos termos do Código de Processo mobilidade urbana”, indicou cidades, com o realce para
Penal e notificada pessoalmente ao visado ou O Executivo vai avançar, em o responsável. as de Angola, devem ser
Presidente da Assembleia ao seu mandatário no âmbito de um processo- breve, com a construção de O objectivo, segundo construídas com base na
crime previamente instaurado. mais sete centralidades nas Adriano Silva, é tornar a qua- equação da resiliência, para
Nestes casos, indica a PGR, qualquer notifi- províncias do Bengo, lidade de vida dos cidadãos fazer face a eventuais situa-
Com 150, dos 220 depu- cação para responder em processo penal é feita Malanje, Cuanza-, Cuanza- mais estável e tornar as cidades ções de calamidade e alte-
tados que compõem a em documento oficial da instituição, assinado Sul, Cunene, Zaire e Lunda- mais funcionais e sustentáveis. rações climáticas.
Assembleia Nacional, o por um magistrado do Ministério Público com- Sul que não beneficiaram “Pretendemos reflectir sobre
MPLA propõe como primeira petente e autenticado com carimbo em óleo inicialmente do programa, os novos paradigmas daquilo “Cidades de todos”
e segunda vice-presidente usado na instituição. anunciou ontem, em Luanda, que é o desenvolvimento A directora adjunta do Centro
do Parlamento Emília Carlota A Procuradoria-Geral da República pede, o director nacional da Habi- urbano sustentável. Daí, estar- de Investigação Científica e
Dias e Suzana Melo, respec- por isso, a colaboração de todos no combate à tação, Adriano Silva. mos a realizar esta plata- Arquitectura da Universidade
tivamente. O primeiro e criminalidade, em geral, e, em particular, à de O programa deve ser reto- forma”, disse. Lusíada, Susana Matos, lem-
segundo secretários de mesa natureza económica e financeira. mado com a construção de 200 Para o responsável, todas brou que a reflexão sobre o
da Assembleia Nacional tam- fogos habitacionais em 130 estas acções levadas a cabo “Outubro urbano” pretende
bém serão eleitos, na sessão municípios, dos 163, e vai ser pelo Executivo conferem fazer com que as pessoas
do dia 12, segundo Emília acompanhado com a edificação u m a ava l i a ç ã o p o s i t iva tenham sentido de pertença
Carlota Dias, porta-voz da REUNIÃO de aldeamentos auto-susten- quanto ao desenvolvimento e ligação com as cidades,
comissão permanente do FRANCISCO LOPES | EDIÇÕES NOVEMBRO | HUAMBO táveis em alguns municípios, urbano, na medida em que que devem ser vistas como
Parlamento, órgão que reuniu segundo Adriano Silva. promovem a melhoria dos “cidades de todos”.
ontem sob orientação do seu O director nacional da níveis de habitabilidade, Disse ser intenção do cen-
presidente, Fernando da Pie- Habitação falava numa con- mobilidade urbana e garan- tro oferecer propostas ao
dade Dias dos Santos. ferência de imprensa con- tem cidades sustentáveis, Executivo sobre o que deve
A reunião da comissão junta entre o Escritório da resilientes e funcionais. ser a cidade nos tempos
p e r m a n e n te teve c o m o UN-Habitat em Angola, o O “Outubro urbano” enqua- modernos e como debelar
objectivo aprovar a agenda C e nt ro d e Inve st igação dra-se nas comemorações situações inesperadas.
da sessão plenária do dia 12 Científica e Arquitectura do Dia Mundial do Habitat, Para chamar atenção sobre
e preparar a reunião solene da Universidade Lusíada, a que na primeira segunda- a necessidade de pensar uma
de abertura da segunda sessão Development Workshop feira de Outubro abre com cidade, devem ser realizados,
legislativa (ano parlamentar) (DW) e o Centro Cultural o tema “Gestão Municipal este mês, actividades entre
da IV legislatura da Assem- Brasil Angola, realizado por de Resíduos Sólidos” e ter- as quais o Fórum de Arqui-
bleia Nacional, prevista para ocasião do projecto “Outubro mina com a celebração do tectura, promovido pela Uni-
o dia 15 de Outubro, que con- Urbano”, que reflecte sobre Dia Mundial das Cidades, a versidade Lusíada de Angola,
tará com a apresentação do Situação dos reclusos em análise em conselho consultivo temas em torno do desen- 31 de Outubro. “Nova agenda urbana e objec-
discurso sobre o Estado da volvimento urbano. tivos do desenvolvimento
Nação, pelo Presidente da Adriano Silva justificou a s u s te n táve l ” , “ C i n e m a
República, João Lourenço. É
a segunda vez que o Chefe
Serviços Penitenciários decisão de construção de mais
centralidades com o facto de,
O
responsável
urbano”, no Centro Cultural
Brasil e Angola, bem como
de Estado vai abrir o ano par- nos últimos anos, não obstante anunciou “Design african symposium”,
lamentar desde que foi eleito
há um ano.
combatem superlotação o êxodo rural que se deu em
Luanda e outras cidades do
que o Executivo
vai retomar
“Outubro urbano”, na rua
dos Mercadores, e Gestão
A deputada Joana Lina país, haver uma permanente igualmente o fundiária.
foi nomeada governadora A solução dos problemas cau- a formação e o aumento da busca pela satisfação das programa de Na sequência, a agenda
da província do Huambo, sados pela superlotação das capacidade interna de pro- necessidades em termos de construção de 200 prevê uma exposição sobre
pelo Presidente da Repú- cadeias no país e a melhoria duzir bens e serviços. habitação social. fogos habitacionais “Arquitectura modernista
blica, João Lourenço. Por qualitativa da dieta alimentar Para Luanda, Jorge Men- O responsável anunciou em 130 municípios em Angola”, numa parceria
incompatibilidade, cessa as dos reclusos estão entre as donça considerou prioritária que o Executivo vai retomar já identificados com o Instituto Goethe, a
funções parlamentares. prioridades dos Serviços a conclusão dos equipa- igualmente o programa de “Caminhada urbana - Rota
O ano legislativo encerrou Penitenciários, anunciou o mentos penitenciários, que construção de 200 fogos Colonial - Campanha Revi-
a 15 de Agosto, sendo que as director-geral da instituição, visam a promoção e digni- habitacionais em 130 muni- ver/CEICA”, sendo que o
férias dos parlamentares Jorge Mendonça. dade no atendimento dos cípios já identificados. O Segundo a chefe do Escri- ponto alto é o Fórum Urbano
estendem-se até ao dia 15 No XXV Conselho Con- reclusos, assim como pre- Executivo vai ainda promo- tório da UN-Habitat em Nacional, numa organização
de Outubro. sultivo do Serviço Peniten- pará-los para viverem dig- ver a construção de infra- Angola, Ana Bragança, o do Ministério do Ordena-
Durante este período, a ciário, que decorre desde namente em liberdade. e strutura s integrada s e “Outubro urbano” vem na mento do Território e Habi-
Assembleia Nacional fun- ontem sob o lema “Pela A formação do agente peni- edificar aldeamentos auto- sequência do fórum político tação com o tema “Nova
ciona com a comissão per- humanização, reabilitação, tenciário e a preparação do sustentáveis através de um de alto nível realizado em Agenda Urbana e a Reforma
manente, em substituição e reintegração do recluso, recluso, o aumento da capa- projecto-piloto a ser iniciado, Nova Iorque, que assentou do Estado”. Está igualmente
do plenário (órgão supremo valorizemos o operador peni- cidade de internamento dos em breve, no município do na revisão dos objectivos previsto, no Dia Mundial das
e soberano composto por tenciário”, o responsável estabelecimentos prisionais Belize (Cabinda). “Para tornar sustentáveis que têm a ver Cidades, uma conferência
todos os deputados). O ano apontou igualmente como e a melhoria do serviço para tudo isso mais efectivo e com a construção de cidades sobre com o tema “Cons-
legislativo abre com novos prioridades a assistência a qualidade de vida dos reclu- compacto, o Executivo lan- resilientes e sustentáveis. truindo cidades sustentáveis
desafios traçados. médica e medicamentosa, sos constam das prioridades. çou mão a programas de Paisagista de formação, Ana e resilientes”.
4 POLÍTICA Sábado
29 de Setembro de 2018

CUANDO CUBANGO

Magistrado avalia o sector da Justiça


O juiz presidente do Tribunal Supremo, Rui Ferreira, cumpre uma jornada de trabalho no quadro do processo de constatação
dos municípios e localidades do país que têm condições técnicas para a instalação dos tribunais de Comarca e da Relação
ARIMATEIA BAPTISTA | EDIÇÕES NOVEMBRO | LUBANGO
O juiz presidente do Tribunal Farta com o mesmo propósito.
Supremo, Rui Ferreira, está Nas duas últimas localidades,
desde ontem no Cuando a procuradora constatou a
Cubango, para avaliar as con- degradação acentuada das
dições actuais de funcionamento infra-estruturas dos dois tri-
dos órgãos que administram a bunais de Comarca e a falta
Justiça no quadro de um pro- de quadros, pelo que defen-
grama que realiza pelas pro- deu a colocação, de forma
víncias do país. célere, de mais magistrados
Durante três dias, o tam- do Ministério Público.
bém presidente do Conselho Madalena Faria, citada
Superior da Magistratura Judi- pela Angop disse estar ainda
cial vai constatar o desem- preocupada com a insufi-
penho das instalações da ciência de recursos humanos
Delegação da Justiça e Direitos no Serviço de Investigação
Humanos, do Tribunal Pro- Criminal, nos três municípios
vincial e tem um encontro visitados. A magistrada
com os magistrados judiciais manifestou agrado pela ine-
e funcionários do sector, xistência de detidos com
segundo a Angop. excesso de prisão preventiva
Hoje, está programada nas diferentes cadeias que
uma reunião com os opera- v i s i t o u , o q u e , p a ra s i ,
dores da administração da demonstra melhorias na
Justiça no salão do governo administração da Justiça.
provincial e uma visita ao “O balanço é positivo. Saio
centro de acolhimento de daqui satisfeita, pois não
menores Padre João dos San- existe registo de casos de
tos Bosco, onde vivem crian- excesso de prisão preven-
ças em conflito com a lei, tiva”, disse, deixando, con-
órfãos e vulneráveis. tudo, orientações para a
Rui Ferreira visita amanhã melhoria das condições de
o Memorial da Batalha do trabalho dos magistrados.
Cuito Cuanavale, erigido em
homenagem aos soldados
em defesa da pátria, tendo Rui Ferreira visita
em conta a sua história amanhã o Memorial
influente na África Austral, da Batalha do Cuito
como a independência da Cuanavale, erigido
Namíbia, eliminação do Programa de visita compreende um levantamento dos centros de acolhimento de menores em conflito com a lei em homenagem aos
regime do apartheid e liber- soldados tombados
tação de Nelson Mandela. em defesa da Pátria,
de defesa do ex-director do relação à empresa, era sua considerou “restrição abusiva normal funcionamento desta tendo em conta a
Chumbo do tribunal Gabinete Provincial da Huíla responsabilidade a aquisição e ilegal dos magistrados do instituição, considerou sua história
O Tribunal Provincial da da Educação, Américo Chi- de laboratórios orçados em Ministério Público.” O cau- quarta-feira a procuradora- influente na África
Huíla indeferiu o pedido de cote, do ex-delegado pro- 199.999.999 kwanzas, parte sídico esclareceu que este geral adjunta da República, Austral
reapreciação da prisão pre- vincial das Finanças, Sousa do valor global. recurso é um mecanismo de Madalena Faria. Segundo a
ventiva aplicada aos cinco Dala, do ex-secretário do Segundo o advogado de tramitação rápida e, dentro magistrada, que falava à
suspeitos de desvio de mais governo provincial, António defesa, José Carmona, em dois meses, deverá haver imprensa, no balanço da sua A província de Benguela
de dois mil milhões de Ndasindodyo, e de dois res- declarações à Angop, o juiz uma resposta. visita de trabalho de três dias conta com cinco cadeias e
kwanzas que eram destina- ponsáveis de uma empresa de turno, que indeferiu o à província de Benguela, essa uma população carcerária
dos ao pagamento de salários privada, com sede em Luanda. pedido, não fundamentou o Tribunal do Cubal situação deve merecer solu- de 1.652 reclusos, dos quais
a professores. Os mesmos, detidos há seu receio de perturbação A falta de condições ade- ção no mais curto espaço de sete estrangeiros.
O fundamento da recusa mais de um mês, são acu- do processo, nem com razões quadas de trabalho no Tri- tempo para uma melhor As autoridades do sector
do tribunal é recear que, em sados de crimes de bran- de facto, nem de direito, bunal Municipal do Cubal, administração da Justiça. na província têm feito um
liberdade, os arguidos possam queamento de capitais, motivando a interposição no designadamente a exigui- Na província de Benguela, esforço para garantir melho-
causar perturbação no anda- peculato, associação crimi- Tribunal Supremo de uma dade de quadros qualificados Madalena Leite Faria visitou res condições de trabalho
mento do processo. O recurso nosa, corrupção passiva e providência de habeas cor- e de espaço nas suas insta- também os municípios do aos órgãos de administração
foi interposto pelos advogados prevaricação, sendo que, em pus para pôr termo ao que lações, está a condicionar o Cubal, Caimbambo e da Baía- da Justiça.

COMUNICAÇÃO SOCIAL universitário Filipe Diatézua, LUNDA-SUL


ao dissertar sobre o “Processo
de regulação no espectro

ERCA incentivada
rádio-eléctrico”, sublinhou
que o país necessita criar um
quadro regulador da cadeia
Crimes financeiros
de valor que permite defender
estão sob investigação
a defender direitos
a propriedade intelectual.
O professor universitário
Gabriel Chingando realçou A Procuradoria Geral da Antigos Combatentes e Vete-
que, por razões de privaci- República (PGR) na Lunda- ranos da Pátria, Banco de
dade e da dignidade humana, Sul está a investigar 27 casos Poupança e Crédito (BPC),
A Entidade Reguladora da de auto-regulação”, os par- notícia é necessário que os o jornalista tem a obrigação de branqueamento de capi- bem como na Justiça e Direi-
Comunicação em Angola ticipantes recomendaram a factos sejam comprovados, de salvaguardar a presunção tais e conexos, envolvendo tos Humanos.
(ERCA) recebeu ontem, em promoção do intercâmbio e por meio do cruzamento de da inocência de qualquer várias individualidades, S e m ava n ça r n o m e s ,
Luanda, contribuições para troca de experiências e de fontes e da observância do pessoa acusada até a sentença inclusive titulares de car- José Umba assegurou que
advogar junto de instituições informações profissionais princípio do contraditório”, transitar em julgado. gos públicos na província, os aludidos processos se
públicas e privadas no sentido do sector. lê-se no documento. O colóquio realizado pela que podem ser encami- encontram em instrução
do reforço dos mecanismos De acordo com as conclu- Os participantes realça- Entidade Reguladora da nhados brevemente ao tri- preparatória junto do Ser-
de fiscalização, regulação, sões do encontro, a ERCA deve ram ainda que, para evitar Comunicação em Angola bunal local. viço de Investigação Cri-
auto-regulação e concomi- analisar a problemática da a corrupção atropelando a teve como objectivo reforçar A informação foi avançada minal (SIC).
tantemente o intercâmbio auto-regulação, sensibilizando ética e a deontologia, o jor- o mecanismo de regulação quarta-feira, em Saurimo, O magistrado do Minis-
com os órgãos reguladores e a classe jornalística para o nalista deve recusar tarefas e fiscalização em matéria de pelo subprocurador-geral tério Público aventa a pos-
espectro áudio visual. respeito pelos direitos, prin- e benefícios susceptíveis de comunicação social, con- local, José Umba, precisando sibilidade do aumento do
No colóquio realizado para cípios éticos e deontológicos comprometer a sua cons- tribuindo para o exercício que, dos 27 processos, oito número de casos de crimes
analisar o “Processo de regu- profissionais. “Para que a ver- ciência, independência e dos direitos, liberdade e são de peculato e corrupção de corrupção e conexos, em
lação no espectro rádio- dade e a imparcialidade sejam integridade profissional. garantias fundamentais dos passiva ocorridos nos sec- função das denúncias feitas
eléctrico e os mecanismos observadas na elaboração da O engenheiro e professor cidadãos. tores da Educação, Saúde, pelos cidadãos.
DESTAQUE Sábado
29 de Setembro de 2018 5
O QUOTIDIANO DE RECLUSOS RECÉM-ENTRADOS

A vida no Hospital Prisão de São Paulo


Detalhes do dia-a-dia dos reclusos de uma das principais instituições prisionais do país, onde estão detidas, entre outras,
figuras como o ex-PCA do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos “Zenu”, e o ex-ministro Augusto Tomás
KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO
Da lista dos reclusos mediá-
Adelina Inácio ticos é quem se apresenta
mais disponível a receber
todas as visitas. É também o
Há quase dois anos que o mais conversador. No pri-
Hospital Prisão de São Paulo, meiro dia, enquanto criavam
no distrito do Rangel, em as condições na sua cela
Luanda, não conhecia movi- (colocação de um beliche e
mento igual ao dos últimos de um televisor), o ex-minis-
dias. Na altura, estavam, tro dos Transportes ficou
naquele local, alguns presos algumas horas na cela do
do chamado processo 15+2. músico Robertinho, este,
Hoje é a “casa” do ex-pre- entretanto, agora em prisão
sidente do Fundo Soberano domiciliária.
de Angola, José Filomeno dos Rui Moita e Manuel Paulo
Santos (Zenu), do ex-ministro deram entrada com os níveis
dos Transportes, Augusto de tensão muito altos. O pri-
Tomás, do director-geral do meiro tinha inclusive as pernas
Conselho Nacional de Car- inflamadas e a crise emocional
regadores (CNC), Manuel afectou-o tanto, que chegou
António Paulo, e seu adjunto, mesmo a ter desmaios, no
Rui Moita, entre outros. Mais primeiro dia, conta a fonte.
antigo “inquilino” é Quim “Quando recuperou os sen-
Ribeiro, ex-comandante da tidos, perguntou onde é que
Polícia Nacional em Luanda. estava”. Por isso, tem recebido
Ismael Diogo, presidende da um atendimento médico redo-
FESA, tornou-se até ontem brado. Os funcionários também
no mais recente “morador” foram pacientes a explicar-
(ver última página). lhe que estava na cadeia. O
A acalmia do local é inter- ex-ministro dos Transportes,
rompida às 10h00. Várias pes- a pedido de funcionários,
soas concentram-se no portão Fachada principal do estabelecimento prisional, onde estão detidas figuras acusadas em diferentes processos da PGR esteve ao lado de Rui Moita
principal. É momento da até este recuperar.
visita, que vai até às 12H30. são indicados pela direcção cadeia de São Paulo não tem a fonte. Zenu optou pela res- bem”, “para mim, tanto faz”. Manuel Paulo também
Antes, o visitante passa por da cadeia. fardas, mas o problema é nacio- trição de visitas, tendo, por Em relação à comida, Zenu tem atendimento redobrado,
um ritual rotineiro: entrega nal”, explicou a fonte.Por isso, exemplo, se recusado a rece- disse que podia comer a refei- devido à pressão e à idade
o Bilhete de Identidade, que Um detido ordeiro os quatro usam, sobretudo, ber alguns primos.“Há mui- ção da cadeia ou a que vem avançada, 68 anos. Por isso,
é levado para o detido con- As celas do Bloco C têm capa- roupa desportiva, ténis sem tas pessoas, algumas das da família. Aproveita o período a esposa pediu aos funcio-
firmar se conhece e se está cidade para albergar quatro atadores e, às vezes, chinelos. quais ele não conhece, de banho de sol para ler. Rece- nários que reduzissem o
disposto a recebê-lo. Se con- reclusos cada, mas, nas que Desde que deu entrada, Zenu incluindo religiosos, a soli- beu da família dois livros, número de visitas.
firmado, o visitante paga 150 acomo dam o s “ pre s o s dos Santos quase não fala com citarem visitas a Zenu. Mas roupas e cobertores. De acordo com um ex-
kwanzas e pode entrar. O mediáticos”, apenas estão ninguém. É o que mais visitas ele não quer contacto com recluso, sábado é dia de
tempo de permanência no duas pessoas. Cada cela tem dispensa. É visto como um muita gente”, disse a fonte Consolo entre detidos pelada. Durante algumas
interior é determinado pelo um televisor. O aparelho é recluso reservado, de poucas ao Jornal de Angola. Quando Por seu lado, Augusto Tomás, horas, os detidos formam
visitado e depende do número desligado às 21H00, através palavras, mas cumpridor tomou conhecimento das con- ex-ministro dos Transportes, equipas e jogam uma pelada
de pessoas a receber durante de um centralizador, uma das orientações dadas pela dições da cadeia, no dia em faz exercício pela manhã, tipo futebol de salão, para
as duas horas e meia. re g ra d a c a d e i a , p o r s e direcção da cadeia. “Obedece que deu entrada, foi lacónico acompanhado de um médico, descontrair e exercitar. Por-
Com capacidade para entender que, a partir dessa a tudo e só fica a ler”, conta e só dizia “sim”, “ok”, “tudo para baixar a pressão arterial. tanto, hoje há jogo.
internamento de 200 pes- hora, o espaço precisa de
soas, a instituição presta silêncio absoluto.
atenção primordial aos reclu- As casas de banho das

Uma cadeia cheia de “memórias”


sos com problemas de saúde. celas estão desactivadas,
É o que aconteceu com as razão pela qual os detidos
quatro últimas figuras que aproveitam a hora do banho
deram entrada ao Hospital de sol, cujo período é das
Prisão com problemas de 10H00 às 12H00 e das 16H00 Construída na década de 1960, mente detidos vários membros Paulo, o estabelecimento está ratório, Laboratório de Análises
hipertensão. Uma fonte da às 18H00, para fazerem as pela administração colonial, da chamada Revolta Activa. localizado no Município do Clínicas e Farmácia.
unidade afirma que o quadro necessidades fisiológicas. O a Cadeia de São Paulo foi um Depois dos acontecimentos Rangel e recebe reclusos de Os serviços, nesta uni-
pode ter sido agravado pela recluso é quem decide o dos alvos da acção anti-colo- do 27 de Maio, a cadeia foi o todas as unidades peniten- dade, são assegurados por
crise emocional, devido ao tempo que deseja ficar com nial do 4 de Fevereiro de 1961, local para onde foram enca- ciárias do país. Mediáticos 114 técnicos de saúde, nove
impacto resultante da con- o visitante. Se decidir por onde havia vários nacionalistas minhados muitos dos chama- foram, também, os detidos médicos, 10 psicólogos clí-
dição de recluso. ficar apenas com uma pessoa presos. Anos mais tarde, já dos fraccionistas. do conhecido processo 15+2, nicos, 87 técnicos de enfer-
“Quando o detido tem das 10 às 12, pode fazê-lo. com o país independente, a Reinaugurado em Dezem- há cerca de dois anos. magem e 15 de diagnóstico
uma crise emocional, isso A escolha é dele. cadeia voltaria a ser muito bro de 2011, pelo então Vice- Depois das obras iniciadas terapêutico. O Hospital Prisão
acontece”, afirma a fonte. A cadeia garante as três falada, por albergar o grupo Presidente da República, em 2009, o Hospital Prisão de de São Paulo dispõe de seis
Acrescenta que funcionários principais refeições, mas o de mercenários estrangeiros Fernando da Piedade Dias dos São Paulo conta agora com gabinetes para Consultas
da cadeia procuram algum recluso pode optar pela que foi capturado nos con- Santos, depois de dois anos novas áreas para as direcções Externas e dois para as Urgên-
preso mais próximo para comida que vem da família. frontos pré-independência. de reabilitação e ampliação, Clínica e de Enfermagem, salas cias e área de internamento
levantar o moral de quem Apesar de colocados no Na altura, estiveram igual- como Hospital Prisão de São de Urgência, Raio X, Bloco Ope- para funcionários.
está mal. mesmo bloco, Zenu dos San-
KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO
O Hospital Prisão de São tos, Augusto Tomás, Rui Moita
Paulo está dividido em três e Manuel António Paulo estão
blocos: A, B e C. Zenu dos em celas diferentes. A de
Santos, Augusto Tomás, Rui Zenu dos Santos é contígua
Moita, ex-director adjunto à de Augusto Tomás, mas não
para a área Técnica do CNC, se cruzam. Quando acordam,
e Manuel António Paulo, fazem exercício matinal,
director da mesma institui- tomam o pequeno-almoço
ção, estão no Bloco C, que e vão para o banho de sol.
é também a área mais con- Mas nesse período não se
trolada e com segurança encontram, porque cada um
reforçada. Nem todos os fun- fica na sua área reservada,
cionários chegam aos reclu- em função das disposições
sos. A ideia, segundo a fonte das celas. Todos estão sem
do Jornal de Angola, é evitar, a farda prisional.
por exemplo, fotografias ou A fonte do hospital fala em
vídeos. Os funcionários que escassez de uniformes em todo
interagem com os reclusos o sistema penitenciário. “A Visitas começam às 10 e duram duas horas e meia, podendo o recluso receber o número de pessoas que quiser, à vez
6 OPINIÃO Sábado
29 de Setembro de 2018

EDITORIAL IMAGEM DO DIA


Sociedade da informação A interacção entre governantes e governados, como mostra a foto tirada na rua Ngola Mbandi, no Cassequel,
durante a visita de campo do governador de Luanda, é salutar para o sucesso da governação

e do conhecimento
DOMBELE BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Por ocasião do Dia Internacional do Acesso Universal à Informação, assinalado


ontem, a directora-geral da UNESCO endereçou uma mensagem importante,
numa altura em que, segundo a mesma, “está a ganhar forma uma sociedade
do conhecimento e da informação fiável, verificada e de qualidade”.
A leitura sobre o que se passa no mundo, de acordo com aquela agência
especializada da ONU "casa" com o actual momento que Angola vive,
traduzido na abertura, moralização da sociedade e na mudança de menta-
lidade. Numa altura como essa, é preciso que o direito à informação se
efective para que sejamos um país desenvolvido, moderno e capaz de
afastar os males que resultam da sonegação desse direito, da distorção do
seu exercício e dos efeitos negativos para a sociedade. As instituições do
Estado devem estar na vanguarda da observância desse importante direito
porque, na verdade, a ser assim estarão a contribuir para reduzir completa-
mente o espaço vazio que tende a ser aproveitado pelo boato, rumor e pre-
sunções. Dentro dos limites impostos pelas leis, valores e tradições, não é
recomendável que as instituições do Estado ou pessoas detentoras de
cargos públicos se remetam ao silêncio quando confrontadas com a neces-
sidade de prestarem informações ou esclarecimentos.
Há dias, um episódio inusitado marcou a semana que termina, com a
reacção estranha de um familiar de uma das individualidades detidas em
prisão preventiva no Hospital Prisão São Paulo, quando ameaçou processar
os órgãos de comunicação que eventualmente filmassem factos de carácter
noticioso junto ao portão da referida unidade prisional. Tratou-se claramente
de um comportamento excessivo que, além da falta de cultura para lidar
com o actual momento que o país experimenta, demonstra igualmente a di-
ficuldade de muitos em perceber as implicações do direito a informar e de
ser informado, tal como constitucionalmente protegido.
Insistimos que, dentro dos marcos legais, os órgãos de comunicação
social e os jornalistas, cujo trabalho está regulado pela Lei de Imprensa e
limitado por factores éticos e deontológicos, não podem ser impedidos
de fazer o seu trabalho.
É igualmente preciso que as populações, as destinatárias das informações
e notícias produzidas pelos meios de comunicação, percebam os contornos
do direito de ser informado, uma realidade que tem limites claros impostos
por lei. Não raras vezes, somos confrontados com questionamentos e reacções
pouco habituais de cidadãos que defendem, por exemplo, que a apresentação
pública de pessoas acusadas de cometimento de crimes não deva estar
limitada pela cobertura das imagens. Independentemente da acusação,
eventual detenção em prisão preventiva, é preciso que as pessoas percebam
que prevalece ainda o direito à presunção de inocência que assiste ao
presumível criminoso, além de outros. Logo, é preciso que essas informações
todas sejam passadas, sejam compreendidas pelas populações para que co-
nheçam minimamente como funcionam os órgãos de comunicação, como
actuam as instituições judiciais e como Angola deve avançar como sociedade
do conhecimento e da informação fiável, verificada e de qualidade”.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO PROPRIEDADE


CARTAS DOS LEITORES
Víctor Silva (presidente) Edições Novembro, E.P.
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
Caetano Pedro da Conceição Júnior SEDE:
José Alberto Domingos
Carlos Alberto da Costa Faro Molares D’Abril Rua Rainha Ginga, 12-26
Caixa Postal 1312 - Luanda
Mateus Francisco João dos Santos Júnior
Redacção: 222 020 174 Futebol e renda veste na criação de um clube. vidir a sociedade entre os que
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS Telefone geral (PBX): 222 333 344
Olímpio de Sousa e Silva Fax: 222 336 073 Sou adepto de futebol e escrevo Está na hora das instituições apoiam e os que não apoiam.
Catarina Vieira Dias da Cunha Telegramas: Proangola
para o Jornal de Angola, de que do Estado gizarem um plano Isto também é natural, sendo
sou um leitor assíduo, para para que as iniciativas privadas o mais importante a percepção
falar um bocado sobre o nosso que invistam na criação de clu- generalizada de que as medidas
futebol. Na verdade, é para bes de futebol não morram por- e decisões políticas são neces-
DIRECTOR: Ferraz Neto (sub-editor) e César Esteves exprimir as minhas preocu- que, afinal, numerosos empre- sárias, estejam a resultar e que
Víctor Silva
DIRECTOR-ADJUNTO:
EDIÇÕES ESPECIAIS: pações relativamente ao estado gos são criados, inúmeras ex- a grande maioria da população
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos,
Caetano Júnior
Edivaldo Cristóvão, Leonel Kassana financeiro de muitos clubes, pectativas são levantadas para se revê nelas. isto é o mais im-
DIRECTORES EXECUTIVOS: e Yara Simão
Manuel Feio, Guilhermino Alberto particularmente os que se en- determinada comunidade e de portante e penso que é o que
EDITOR EXECUTIVO:
FOTOGRAFIA:
Francisco Bernardo (editor-chefe),
contram fora da gestão do Es- forma súbita ou gradualmente se está a passar relativamente
Diogo Paixão Rogério Tuti (editor),
José Cola, Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes,
tado. Falo de clubes geridos tudo acaba por se esfumar. ao meu país.
SUB-EDITOR EXECUTIVO:
Cândido Bessa Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala por privados que, além dos Sei que é difícil, mas é possível E acreditem que aqui na Eu-
Manuel, Santos Pedro;
que já se extinguiram, alguns desde as ajudas institucionais ropa há um grande acompa-
GRANDE REPÓRTER:
Luísa Rogério CORRESPONDENTES PROVINCIAIS: dos que resistiram acabaram e a outras isenções que pode- nhamento sobre os desenvol-
Adão Diogo (Lunda Sul),
EDITORIAS: Alberto Coelho (Cabinda), por não aguentar. riam começar por ser tem- vimentos que decorrem em
Vladimir Prata (Namibe),
POLÍTICA:
Santos Vilola (editor-chefe), Esídoro Natalício (Cuanza-Norte), Sabe-se que o futebol não dá porárias até que os clubes Angola, razão pela qual en-
Jaime Azulay (Benguela),
Fonseca Bengui (sub-editor) e Bernardino Manje (sub-editor)
Adelina Inácio, João Dias, César André, Edna Dala, Jesus Silva (Lobito), retorno financeiro, facto que passassem a ganhar alguma dereço essas palavras de apre-
Estanislau Costa (Huíla),
Garrido Fragoso e Gabriel Bunga
João Mavinga (Zaire), contraria os apelos que todos autonomia. ço para todos os intervenientes
OPINIÃO: Joaquim Aguiar (Lunda-Norte),
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (sub-ditor) Silvino Paulo (Uíge), os dias se fazem para que os LUÍS CARLOS neste processo complexo e di-
Lourenço Manuel (Cuando Cubango),
SOCIEDADE:
Nhuca Júnior (editor), Luís Pedro (Cuanza-Sul), empresários invistam nesta im- Sambizanga fícil, mas que é necessário que
Noé Jamba (Bengo),
Alberto Pegado (editor),
José Meireles (editor), Quinito Kanhamei (Cunene), portante modalidade. Angola materialize.
Samuel António (Moxico),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes,
Augusto Cuteta e Alexa Sonhi Fernando Cunha (Huambo), Não preciso de citar nomes, E as felicitações especiais ao
REGIÕES:
Francisco Curinhingana (Malanje)
mas se quisermos ser mais povo se deve ao facto deste es-
Sérgio Chivaca (editor-chefe),
Béu Pombal (sub-editor), PAGINAÇÃO E ARTE: precisos, tivemos em Luanda tar encarar o novo paradigma
Filipe Eduardo Eugenia Victor, Adilson Santos, Augusta Lucéu, Tomás Cruz, Noé Pungue, Soares Neto,
Ana Dinamene, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Carvalho, Maria Messele, clubes como o Independente Imagem de Angola como um “fait accompli” que,
ECONOMIA: Alberto Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Maria da Silva, Saldanha Pedro
Cristóvão Neto (editor-chefe),
Armando Estrela (sub-editor),
do Rangel, Sêngulas, Bangú, Escrevo, a partir de Berna, Suí- como se espera, virá a ter um
CARTOON E ILUSTRAÇÃO:
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim Armando Pululo, Casemiro Pedro Vitória, apenas para mencio- ça, pela primeira vez para o impacto directo nas suas vidas.
MUNDO: e Edna Mussalo
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa nar estes, que por serem de Jornal de Angola para felicitar Termino, aspirando que a nova
DESPORTO: COPY DESK:
iniciativa privada acabaram o Presidente da República, o caminhada que o país faz seja
Amândio Clemente (editor-chefe),
Anaximandro Magalhães (sub-editor), António Cristóvão,
Rui Ramos, Paulo Pinha, Arlindo Soares, Esperança Vieira Dias, João Sá. por sucumbir. seu Executivo, os seus auxiliares completamente irreversível e
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo,
António de Brito e Honorato Silva Em Malanje, havia clubes e em especial a população an- que nos próximos anos pos-
CULTURA: O Jornal de Angola
utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina
como o Ritondo, o Cambon- golana pelo momento novo samos todos fazer um balanço
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (sub-editor),
Francisco Pedro (sub-editor), do, que igualmente não que o país vive. positivo sobre as medidas e
Amilda dos Santos, Manuel Albano, Mário Cohen e Roque Silva
PUBLICIDADE: aguentaram a “pedalada” Sei que não é fácil aplicarem- decisões que estão a ser toma-
GENTE E FIM-DE-SEMANA: (+244) 926 406 929
António Cruz (editor-chefe),
Isaquiel Cori (editor) (+244) 923 402 700 porque na verdade o futebol se as medidas e decisões que das agora.
Edna Cauxeiro (sub-editora), e-mail: publicidade@jornaldeangola.com em Angola não proporciona estão a ser tomadas na medida LAURA SEMEDO
ainda retorno para quem in- em que acabam sempre por di- Berna (Suíça)
OPINIÃO Sábado
29 de Setembro de 2018 7
O CÁGADO E AS PALAVRAS DO SILÊNCIO REFLEXÕES
& INFLEXÕES
Manuel Rui Faustino Henrique
CITAÇÕES

“É uma As “fintas”
realidade
de Benjamin Netanyahu na ONU
Em bicos de pés e pinças nas mãos do mundo
e Angola
não foge à regra: O discurso de Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de
Israel, na 73 ª Sessão da Assembleia-Geral da ONU, curiosa-
o turista de hoje, mente poucos minutos depois da intervenção do Presidente
Naquela hora em que olhava para a televisão para têm que ter consciência que Angola, caso raro em quando pensa da Autoridade Nacional Palestiniana (ANP), foi sintomático
saber que o governo português pretende proteger África, mudou o regime com o voto nas urnas. De em visitar da obsessão para com o Irão. Das 3647 palavras, constantes
os seus emigrantes na Venezuela ou luso-descen- um dia para o outro o que era mentira passou a ser do discurso, a palavra dominante foi, sem sombra de dúvidas,
dentes donos de redes comerciais, principalmente verdade e vice-versa. Afinal o Bonga cantava verdade um local, Irão, a República Islâmica, de maioria xiita, localizada no
padarias alguns já detidos e outros em via sob acu- quando dizia “comeram a fruta”e Rafael Marques visita primeiro Médio Oriente, cuja ascensão e protagonismo político e
sação de delitos económicos, gargalhei para quem falava e escrevia verdade. a Internet para militar tem servido para fazer soar alarmes em Israel e nas
monarquias árabes sunitas. É verdade que o Irão tem aliados
me acompanhava. Lembrava-me do pão burro. Quando vejo a projeção de como se está a go- saber quais na região, nomeadamente a Síria de Bashar Al Assad, o Hezz-
Mas se calhar em Caracas nem há farinha para com- vernar (com os limites ideológicos da globalização são as condições bollah, no Líbano, os hutis no Iémen, os grupos radicais pa-
prar! É! Mas o nosso povo é e neoliberalismo) parece que lestinianos na Faixa de Gaza, aos quais Teerão apoia material
que é emérito, criativo, juntava sinto o pensamento em bico existentes para e financeiramente para fazer guerra por procuração contra
papelões e vendia para outros Óbvio que ninguém deve de pés e as mãos segurando a satisfação os seus principais rivais regionais. Mas não é menos verdade
acenderem os fornos e produ- pinças. Por causa do terreno dos seus desejos ” que Israel e as monarquias árabes sunitas instigam acções
zirem o tal pão-burro que ali- pensar numa inquisição minado e armadilhado. Ângela Bragança anti-iranianas e aqueles últimos, nalguns casos, apoiam
mentou muita criança que ho-
je é doutor. Podem não se ter
contra os ricos. Eu até me Mas tudo vai melhorar com
a minha reserva do cuidado que
Ministra do Turismo grupos como o remanescente do “daesh” (acrónimo árabe
para Estado Islâmico), que muito recentemente reivindicou
lembrado como os cubanos perturba a ideia das prisões merece a justiça para não as- um atentado num desfile militar na capital do Irão. O estado
de guerra latente entre esses dois blocos ou, particularizado
“As instituições
tinham mandioca e só aqui
aprenderam kizaca. E o povo
e julgamentos. Preferia sustar nem excomungar as pes-
soas. Bastarão alguns exemplos de ensino os casos de Israel e Irão, é uma realidade cujo distintivo con-
siste, até agora, na inexistência de um conflito militar aberto
sempre se virou no meio de que cada um fizesse uma de justiça preventiva para não da República e directo entre os dois países.
um falso socialismo copiado mergulharmos em telenovelas
de outros falsos por ausência declaração pública sobre que só têm enredo sem perso-
Democrática Irão, que curiosamente era aliado de Israel na era do Xá
Reza Pahlevi, desde o triunfo da revolução islâmica, em
do Congo
de liberdade. Socialismo era
só estatizar para depois fazer
a matéria delituosa que lhe nagens como o Besa.
Mesmo assim, olho para o são as que
1979, não reconhece o Estado de Israel e ambos, nos últimos
anos, têm trocado ameaças de destruição mútua.
desaparecer o dinheiro e se- diga respeito. O mal já está nosso continente e vejo o drama apresentam mais Na verdade, nada do que o Irão faz na região para assegurar
que os seus interesses estejam salvaguardados é, em larga
mear arranha-céus.
Alguém vai ter que contar
feito e calcinou. Pode-se em que vivem povos submeti-
dos a outras ditaduras com as
dificuldades para medida, diferente, do que Israel faz com os mesmos objectivos.
a comprovação
tudo. A maneira como se per- perder mais tempo dos Obiang. Falo em higieniza-
dos certificados ”
Se por um lado Irão apoia os grupos que são hostis a
Israel, patrocinando acções, directas e indirectas, contra o
mitiu tudo às claras, manipu- ção da política, a máscara in-
lando o povo e mentindo à e os próprios acusados tencional da impunidade em Jesus Tomé
Director-geral do Instituto
Estado Judaico, não se pode perder de vista as actividades
de sabotagens de Israel dentro do território iraniano e fora,
barriga da esperança com o
slogan de que éramos um país
transformarem tudo em imunidade ou amnistia. O vice-
presidente da Guiné Equatorial,
Nacional de Avaliação,
Acreditação e
como os assassinatos de cientistas nucleares.
Na ONU, as duas lideranças foram apenas prolongar parte
rico em vez de falar que éra- desvio de atenção roubando filho do presidente, apanhado
Reconhecimento de Estudos
do Ensino Superior
(INAAREES)
da conflitualidade política e militar que os opõe e que,
mos um país de pobres com
gente muita rica.
tempo àquele necessário no Brasil com um avião carre-
gado de uma fortuna de milhões,
mesmo por procuração através dos seus agentes, está a
agravar-se ao ponto de ajudar na distracção para com os
Afinal o povo é que aguen- para a nova página em papel-moeda, joias e um re- “ Estar bem problemas mais elementares da região.
Com o seu discurso na 73 ª Assembleia-Geral da ONU,
tou a barra. Hoje, ainda na te- lógio com valor superior ao me- informado Benjamin Netanyahu, precedido pelo Presidente dos Estados
levisão, as pessoas na estação lhor dos melhores hospitais da Unidos, Donald Trump, na pele de “ministro dos Negócios
do comboio no Bié com tone- Guiné Equatorial. O Obiang filho significa
Estrangeiros” do primeiro, deu azo ao que tem sido tentativa
ladas de comida, banana, tomate, cebola, alho, aba- é pródigo em práticas de desbaratar fortunas, ban- ter acesso israelita de colocar completamente de lado os seus com-
cates… e não conseguem sequer entrar no comboio cando uma escola de samba no Rio de Janeiro que a um promissos de paz com os palestinos.
para irem fazer negócio no Moxico. Afinal o comboio ganhou, coleccionando carros de luxo e banquetes conhecimento Apenas assim se explica que em todo o seu discurso,
é pouco, as estradas, faço ideia porque quem mandou de castiçal e vela. O culpado é o pai. Aqui também essencial Benjamin Netanyahu tenha predominantemente falado da
fazer asfaltagens só de capa para durarem pouco houve um pai culpado… e quem paga são os filhos. ameaça nuclear iraniana, sem nenhuma referência aos com-
tempo, impunemente, sem que alguém haja sido No plano interno, atente-se no que se passou em para garantir promissos de paz com os palestinos. A única referência à
responsabilizado e refazer a estrada como devia de França. À Sra. Le Pén, líder da extrema-direita, foi-lhe a sua saúde ANP, liderada pelo octogenário Mahmoud Abbas, foi para
ser, neste afinal o povo produz nas condições que retirada a imunidade para comparecer junto de um e bem-estar. rebater críticas deste no seu discurso, algumas das quais
passíveis de alguma atenção, nomeadamente o acto de
tem e depois não pode escoar os produtos… tribunal onde um juiz decidiu por um prévio exame É dispor compensar familiares de militantes palestinos com mãos
Esta é a herança de décadas de petróleo e dia- psiquiátrico. Aqui, devem ser retiradas as imunidades de recursos manchadas de sangue contra Israel.
mantes. E agora? Agora o terreno está todo minado a quem as entendeu como impunidades para a prática De resto, em nenhum momento Benjamin Netanyahu
e armadilhado de pessoas com muito poder eco- de crimes de colarinho branco…ou outros pois já educativos
apresentou um plano de paz ou o que o seu Governo idealiza
nómico obtido de forma perversa. Óbvio que nin- agora só faltava que à pala de uma imunidade alguém que permitem para viabilizar a criação do Estado palestino, realidade que
guém deve pensar numa inquisição contra os ricos. entrasse no meu quintal sem pedir licença ao meu a aprendizagem faz levantar muitas dúvidas quando diz pretender trabalhar
Eu até me perturba a ideia das prisões e julgamentos. cão que, por sinal, é contra ladrões. ao longo da vida para e pela paz. Netanyahu, tal como no discurso que fez na
Preferia que cada um fizesse uma declaração pública Mas no plano internacional -já croniquei sobre Assembleia-Geral da ONU, tem conseguido fazer a Adminis-
e a adaptação tração Trump enxergar o que se passa na região sob a sua
sobre a matéria delituosa que lhe diga respeito. O isto- A Guiné Equatorial deve ser expulsa da CPLOP
mal já está feito e calcinou. Pode-se perder mais com toda a solenidade. Pois ninguém entende a um ambiente lente e, com algum sucesso, desviar as atenções dos problemas
socio-económico que precisa de resolver para mais facilmente alcançar-se a
tempo e os próprios acusados transformarem tudo como entrou, se foi com gasosa ou sem gasosa e paz. Se é verdade que, por um lado, há sectores que resistem
em desvio de atenção roubando tempo àquele ne- a quem, com pão burro é que não e, a propósito em constante a reconhecer o direito do povo judeu a um Estado, nada
cessário para a nova página. Temo que famílias e das negociações com Portugal depois do “irritante”, mutação” indica hoje que esta realidade seja reversível e nem é este
amigos se dividam, que decisões sejam recorridas por favor, não nos mandem investidores fugidos Comunicado da Organização o principal problema. O problema que, infelizmente a actual
das Nações Unidas para
e que o poder económico de uns possa perturbar da Venezuela que a patente industrial do pão burro Educação, Ciência e Cultura administração americana não ajuda em absolutamente
o poder politico legitimo para a mudança. As pessoas já está registada em nome do nosso emérito povo! (UNESCO) nada, consiste na indisponibilidade do actual Governo de
DR
direita para viabilizar a criação do Estado palestino e fazer
a paz com todos Estados vizinhos.
“ Apesar Hoje o tema do processo de paz com os palestinos deixou
das imensas de constar na agenda de Netanyahu e não vai ser estranho,
nem inocente se o actual Governo de direita em Israel con-
diferenças dicionar a paz e a criação do Estado palestino ao total des-
históricas, mantelamento do programa nuclear iraniano que, segundo
imensas a Agência Internacional para Energia Atómica (AIEA), é civil.
diferenças A obsessão de Benjamin Netanyahu para com o Irão serve
para desviar as atenções às iniciativas para se avançar com
ideológicas (...), o processo de paz israelo-palestiniano, enquanto “os factos
eu estaria no terreno” complicam a cada dia que passa a possível con-
disposto tiguidade do território de um futuro estado para os palestinos.
Esta e outras constituem uma das razões que leva todo
a apertar a mão o mundo a duvidar da promessa feita em tempos pelo Pre-
do Presidente sidente americano, Donald Trump, de apresentar um plano
dos EUA de paz para o processo de paz israelo-palestino. Depois da
desautorização do presidente da ANP de que América não
e sentar-me seja o único mediador, atendendo a mediação desonesta
para falar” por parte, nada indica que Trump apresente um plano
Nicolas Maduro equilibrado, justo e que tenha em linha de conta os reais
Presidente da Venezuela interesses dos palestinos, enquanto durarem as “fintas”
de Benjamin Netanyahu.
8 ÁFRICA Sábado
29 de Setembro de 2018

PARA SUCESSOR DE MUHAMADU BUHARI NA PRESIDÊNCIA RDC E A RETIRADA DA ONU


África do Sul DR

Yemi Osinbajo é o homem DESMOND TUTU


HOSPITALIZADO NA
CIDADE DO CABO
O antigo arcebispo sul-

preferido pelos nigerianos africano e Prémio Nobel


da Paz, Desmond Tutu,
86 anos, foi hospitalizado
na Cidade do Cabo para
Ainda não é desta vez que o homem por quem muitos dos ser submetido a exames
nigerianos esperam, Yemi Osinbajo, será Presidente da médicos, anunciou
a sua fundação.
República, pois a sua fidelidade a Muhamadu Buhari, de quem é “O arcebispo estava de
vice-Presidente, não lhe permite apresentar-se a votos nas bom humor quando foi
admitido e espera ter alta
próximas eleições apesar de fortemente pressionado para o fazer, em poucos dias”, refere
nem que seja por outro partido que não aquele a que pertence a fundação, num breve
comunicado citado pela
imprensa local. Desmond
Victor Carvalho tentativa de golpe de Estado Contrariamente ao que Tutu, que comemora 87 Presidente Kabila exigiu a retirada dos Capacetes Azuis
por ter ordenado um bloqueio sucede com Muhammadu anos no próximo dia 7 de
no acesso ao Parlamento sem Buhari, que aos 75 anos não Outubro, tem manifesta
O actual Vice-Presidente
da Nigéria, Yemi Osinbajo,
a devida e obrigatória auto-
rização, já que estava a exer-
esconde a fragilidade que o
obriga a deslocações periódicas
do abertamente a sua
determinação em vencer
Católicos contestam
é um dos políticos mais cer interinamente as funções a Londres para tratamento um cancro na próstata
populares do país e o homem
que muitos acreditam estar
de Presidente da República. médico, Yemi Osinbajo, com
61 anos, evidencia um dina-
que o aflige há cerca de
duas décadas. Em 2016,
legitimidade de Kabila
talhado para ser o homem Força e determinação mismo contagiante que agrada o líder espiritual
certo para substituir Muham- Esta sua decisão veio ainda aos nigerianos. sul-africano esteve A Igreja Católica escreveu num caos absoluto neste
madu Buhari, como provou reforçar mais a estima que em Antigo professor de Direito, hospitalizado por duas ao Secretário-Geral da ONU, p e r í o d o p ré - e l e i t o ra l ,
durante os turbulentos dez relação a si já tinham milhões Yemi Osinbajo é eloquente vezes, para tratamento de António Guterres, explicando escreve o CLC na carta diri-
dias que este teve em Londres de nigerianos, visto que o chefe na palavra e jovial na forma uma infecção recorrente. que nenhuma autoridade gida a António Guterres,
para se submeter a trata- dos serviços secretos, Musa como se relaciona social- DR congolesa, nem mesmo o alertando a comunidade
mento médico. Daura, era até então um mente, nunca desfazendo um Presidente Kabila, tem a internacional sobre o perigo
O problema é que Yemi homem intocável e com um sorriso mesmo nos momentos legitimidade para exigir a que representa a saída,
Osinbajo, sempre que tem peso político enorme que mais complicados. retirada dos capacetes azuis mesmo parcial da Monusco,
sido abordado sobre o assunto, beneficiava do apoio incon- Comissário da Justiça em da República Democrática num contexto de segurança
reitera a sua fidelidade a Buhari dicional que lhe era dado pelo Lagos entre 1999 e 2015, do Congo (RDC). tão precário.
e descarta qualquer possibi- Presidente Buhari. aprovou numerosas reformas A re a c ç ã o d o C o m i té Por outro lado, a Igreja
lidade de candidatar-se contra Neste prazo de dez dias, incluindo uma que criou um Laico dos Católicos (CLC) Católica informou que vai
ele, que já anunciou ir a votos Osinbajo conseguiu ainda grupo especial para proteger surgiu depois do discurso n o t i fi c a r o fi c i a l m e n t e
nas eleições previstas para o um outro feito: desmantelar os direitos dos cidadãos face pronunciado terça-feira pelo Emmanuel Shadary, candi-
próximo ano. toda a estrutura de Musa a algumas incongruências Presidente Kabila, na 73ª dato presidencial da Maioria
A favor de Yemi Osinbajo Daura, que se assemelhava do Estado. sessão Assembleia Geral da para que este não utilize a
joga o facto de, entre outras a um “esquadrão da morte” Em 2015, assumiu a vice- ONU, durante a qual defen- imagem do Papa Francisco
coisas, ser um cristão do sul que se servia da farda e das Presidência da República, deu a retirada dos capacetes para o seu posicionamento,
do país, o que na tradição armas da Polícia para abater mas manteve-se pastor da azuis do Congo. como tem feito.
política da Nigéria quase lhe supostos criminosos à mar- Igreja Cristã de Deus, sendo Desmond Tutu, defensor Para o CLC, não há na RDC Entretanto, as autoridades
garante a possibilidade de gem do sistema judicial. c o n s i d e ra d o u m f a c to r dos direitos humanos e uma instituição legítima congolesas autorizaram a
poder ser eleito nas eleições O denominado “Esqua- determinante para a derrota próximo de Nelson autorizada a solicitar a redu- realização hoje, em Kins-
que se seguirão às de 2019, drão Anti-Roubo”, liderado averbada nas últimas elei- Mandela, o primeiro ção dos capacetes azuis ou hasa, de uma reunião da
nas quais Buhari já não por Musa Daura, estava a ções por Goodluck Jona- Presidente da África do Sul o fi m d o m a n d a t o d a oposição onde mais uma vez
poderá participar por ter ser acusado por diferentes than, a quem retirou o apoio democrática, recebeu o Monusco, a menos que haja será abordada a questão da
então cumprido os dois man- organizações nacionais de apenas a dois meses da ida Prémio Nobel da Paz em um consenso nacional, o escolha de um candidato
datos que são permitidos defesa dos direitos humanos às urnas. 1984, por se opor ao regime único garante da salvaguarda único comum para se apre-
pela Constituição. que tinham dado a Muham- Natural da cidade de Lagos, segregacionista do do interesse geral. sentar às eleições presiden-
Segundo a tradição polí- madu Buhari um mês para Yemi Osinbajo, com 61 anos, apartheid, abolido em 1994 A insistência na retirada ciais marcadas para o dia 23
tica da Nigéria, que prati- o desmantelar. tem tempo suficiente para naquele país africano. Na da Missão da ONU é suspeita de Dezembro.
camente já tem força de lei, Aliás, na Nigéria há mesmo esperar que a tradição se man- semana passada, Desmond e pode constituir uma von- Nesta reunião não poderá
ao fim de dois mandatos quem diga que, antes de viajar tenha e que seja ele o próximo Tutu defendeu tade deliberadamente pla- estar Moise Katumbi, impe-
exercidos por um Presidente para Londres, o Presidente Presidente da República depois publicamente a legalização nificada de mergulhar o país dido de entrar no seu país.
muçulmano, deverá ser tinha dado “carta branca” a de Muhammadu Buhari, da morte assistida.
eleito um cristão. Yemi Osinbajo para que este como muçulmano, terminar
Com 61 anos de idade, desmantelasse o grupo evitando em 2023 o segundo mandato
Yemi Osinbajo, durante os assim um confronto directo que deverá iniciar com as PRESIDENTE JÁ FALA EM MALI
dez dias em que o Presidente com Musa Daura, um homem eleições do próximo ano, até CONCORRER A TERCEIRO
esteve em Londres despediu que sempre o apoiou e do qual, porque ambos são do mesmo MANDATO
o chefe dos serviços secretos
acusando-o de planear uma
aparentemente, receava uma
reacção menos cordata.
partido, o Congresso de Todos
os Progressistas.
DR
O Presidente mauritaniano,
Mohamed Ould Abdel Aziz,
admitiu a possibilidade de
Sete soldados mortos
concorrer a um terceiro
mandato, dizendo que
qualquer disposição da
em ataque terrorista
Constituição sobre esse Sete soldados das Forças derrota do Exército maliano
assunto “pode ser revista”. Armadas do Mali e um con- numa rebelião dominada ini-
O Chefe de Estado da dutor civil foram mortos no cialmente pelos tuaregues.
Mauritânia falava numa centro do país quando dois Os jihadistas foram em
conferência de imprensa veículos de uma missão de grande parte expulsos ou
realizada ontem em escolta foram atingidos por dispersos após o lançamento,
Nouakchott, onde abordou explosivos improvisados na em Janeiro de 2013, por ini-
a larga maioria ganha pelo fronteira territorial de Tom- ciativa de França, de uma
partido no poder nas bouctou (norte) e Mopti (cen- intervenção militar que ainda
últimas eleições. tro), comunicou ontem o está em andamento.
Antes, Mohamed Ould Ministério da Defesa. Áreas inteiras estão fora
Abdel Aziz declarara O Governo “encoraja as do controlo das forças do
claramente que não se Forças Armadas a prosse- Mali, da França e das Nações
candidataria para um guirem com a missão de Unidas, regularmente alvo
terceiro mandato e que não protecção” de todo o terri- de ataques mortais, apesar
mandaria modificar a tório do Mali, que continua da assinatura, em 2015, de
Constituição que limitava o a ser atingido pela violência um acordo de paz, suposta-
número de mandatos jihadista, apesar de cinco mente com o objectivo de
presidenciais a dois. anos de operações militares isolar os jihadistas.
O seu segundo e último internacionais”, refere o Desde 2015, esses ataques
mandato termina em 2019, mesmo comunicado. espalharam-se para o centro
segundo a Constituição do Desde o primeiro trimestre e sul do Mali e o fenómeno
país, enquanto uma eleição de 2012 que o norte do Mali foi está a espalhar-se para os
presidencial está prevista ocupado por grupos jihadistas países vizinhos, particular-
Além de ser cristão do sul, Osinbajo goza de popularidade e prestígio no país para Abril do mesmo ano. ligados à Al-Qaeda, depois da mente Burkina Faso e Níger.
MUNDO Sábado
29 de Setembro de 2018 9
MYANMAR
Breves ARMAZÉNS SECRETOS
DR

HUNGRIA
PERDE MILHÕES
Equipa da ONU reúne
DEVIDO ÀS SANÇÕES
CONTRA A RÚSSIA
A Hungria perdeu quase
provas sobre crimes
7.000 milhões de euros O Conselhode Direitos Huma- Esta resolução surge depois
devido às sanções impostas nos da ONU decidiu ontem da publicação em finais de
pela União Europeia (UE) criar uma equipa inédita Agosto de um relatório sobre
contra a Rússia, avisou que terá a missão de reunir a situação em Myanmar, em
ontem o ministro húngaro indícios sobre crimes gra- que era defendido, por rela-
dos Negócios Estrangeiros, ves cometidos em Myan- tores da ONU, que os principais
apelando a um debate mar (antiga Birmânia) g e n e ra i s d a q u e l e p a í s ,
sobre as penalizações. desde 2011, nomeadamente incluindo o comandante das
“Nos últimos anos, as contra a minoria muçul- Forças Armadas, Min Aung
companhias húngaras mana rohingya. Hlaing, deviam ser levados à
perderam quase 8.000 O objectivo é que as provas justiça internacional por
milhões de dólares devido à reunidas possam ser usadas “genocídio na zona norte do
impossibilidade de exportar em tribunal. A resolução que estado de Rakhine (oeste de
para a Rússia”, disse Chefe do Governo israelita evoca ingerência dos europeus no Médio Oriente cria esta equipa foi proposta Myanmar), bem como por
Péter Szijjártó ao canal pela União Europeia (UE) e crimes contra a humanidade

Netanyahu acusa Irão


de notícias russo Rossía 24. pela Organização para a Coo- e crimes de guerra nos Estados
O chefe da diplomacia peração Islâmica (OCI). de Rakhine, Kachin e Shan.”
húngara defendeu a O texto foi adoptado por O Estado de Myanmar
necessidade de debater-se 35 votos favoráveis, três não reconhece esta mino-

de esconder as armas
a eficácia das sanções contra (China, Filipinas e ria e impõe múltiplas res-
adoptadas pela UE contra Burundi) e sete abstenções. t r i ç õ e s a o s ro h i n g ya s ,
a Rússia em resposta à O Con s elho de Direito s nomeadamente a liberdade
anexação ilegal da Crimeia Humanos da ONU integra de movimentos.
e à crise na Ucrânia. Israel considera conciliadora por continuar 47 Estados-membros. Desde que a nacionali-
“Suponho que é um pedido “É a primeira vez” que dade birmanesa lhes foi reti-
muito legítimo da nossa a negociar com as autoridades de Teerão um mecanismo deste género rada em 1982, os rohingyas
parte, já que a imposição de é criado pelo Conselho de têm sido submetidos a mui-
sanções (...) causou danos O primeiro-ministro israelita, Benjamin nou-se: “estes líderes europeus não Direitos Humanos, afirmou, tas restrições: não podem
importantes à economia Netanyahu, acusou ontem o Irão de aprenderam nada da História? Será em declarações à agência viajar ou casar sem autori-
húngara”, acrescentou. possuir um “local de armazenamento que vão acordar?” noticiosa francesa France zação, não têm acesso ao
Szijjártó recordou que, antes atómico secreto” na capital do país e O Presidente dos EUA, Donald Trump, Presse (AFP), um porta-voz mercado de trabalho, nem
da imposição das sanções, a censurou os países europeus pela atitude retirou-se do acordo de 2015, mas as deste órgão das Nações Uni- aos serviços públicos (esco-
Rússia era o segundo “conciliatória” face a Teerão. potências europeias consideram que das, Rolando Gomez. las e hospitais).
parceiro comercial da “Aquilo que o Irão esconde, Israel vai persuadir o Irão a tornar-se mais
Hungria e que actualmente vai encontrar”, assegurou na tribuna cooperativo e transparente sobre as suas
ocupa o 12.º lugar. da reunião anual da Assembleia Geral actividades nucleares.
DR
da ONU. Apelou ainda à Agência Inter- DESNUCLEARIZAÇÃO
nacional de Energia Atómica (AIEA) Irão nega acusações
para “inspeccionar imediatamente o O chefe da diplomacia iraniana,
local antes que os iranianos o esva-
ziem.” Em paralelo, o primeiro-minis-
tro israelita acusou os países europeus
Mohammad Javad Zarif, rejeitou as
acusações do primeiro-ministro israe-
lita, Benjamin Netanyahu, sobre a
Pompeo apela à aplicação
de atitude “conciliatória” face ao Irão,
por tentarem retomar o comércio bila-
teral apesar das actividades nucleares
existência de “um armazém nuclear
“secreto” no país.
“Nenhum espectáculo (...) vai con-
de sanções a Pyongyang
dos iranianos. seguir disfarçar o facto de Israel ser o O secretário de Estado norte- da diplomacia chinesa advo-
Netanyahu evocou as ingerências único país na nossa região que tem americano, Mike Pompeo, gou igualmente a elaboração
históricas da Europa no Médio Oriente um programa de armas nucleares apelou ontem à comunidade de uma “declaração pondo
para criticar a posição dos líderes 'secreto' e 'não declarado'“, disse Zarif internacional para uma apli- fim à guerra” da Coreia, que
europeus de manterem a defesa do numa mensagem difundida através cação “rigorosa” das sanções terminou em 1953 com um
Ministro húngaro dos acordo nuclear iraniano de 2015. Este da rede social Tweer. contra a Coreia do Norte armistício, argumentando
Negócios Estrangeiros plano permite o levantamento das Na quinta-feira, Netanyahu acusou “até que a desnuclearização que isso ajudaria a “conso-
sanções em troca da limitação das o Irão, durante o discurso na Assem- esteja concluída e total- lidar a confiança e a facilitar
TEXAS EXECUTA actividades nucleares do Irão. bleia Geral das Nações Unidas, em mente verificada.” a desnuclearização.”
DOIS RECLUSOS Após anunciar o que definiu como Nova Iorque, de manter um “local de Numa reunião do Conselho Por sua vez, o chefe da
NO ESPAÇO novas provas sobre actividades nuclea- armazenamento atómico secreto”, de Segurança da ONU dedi- diplomacia russa, Serguei
DE DOIS DIAS res secretas dos iranianos, questio- em Teerão. cada à questão nuclear norte- Lavrov, considerou que as
O Estado norte-americano coreana, a que presidiu, o sançõ e s internacionai s
do Texas executou na chefe da diplomacia da Admi- impostas à Coreia do Norte
quarta-feira, Tony Clark, nistração Trump sustentou para a fazer abandonar os
51 anos, um homem COMISSÃO EUROPEIA que os membros do órgão seus programas de arma-
condenado por ter devem “dar o exemplo.” mento nuclear e balístico
afogado uma mulher dos-membros ficou próximo Pompeo condenou as vio- não devem transformar-se
na banheira, há 20 anos,
e depois livrar-se do
Bruxelas propõe ajuda dos 1,2 mil milhões de euros.
Na quinta-feira à noite,
lações por Pyongyang dos
limites impostos às importa-
numa “punição colectiva.”
Na reunião presidida pelo
corpo numa zona remota.
No dia seguinte,
quinta-feira, foi a vez
a refugiados palestinianos o ministro dos Negócios
Estrangeiros da Jordânia,
Aymane Safadi, já tinha
ções de petróleo e de carvão
e expressou preocupação rela-
tivamente a informações
seu homólogo norte-ameri-
cano, o MNE russo lamentou
também que o Conselho de
de Daniel Acker, de 46 A Comissão Europeia propôs à UNRWA. Esta é funda- anunciado que a agência segundo as quais há países, Segurança, devido à posição
anos, condenado por ontem destinar mais 40 mental para a perspectiva recebeu cerca de 101 milhões “incluindo dentro do Conselho inflexível dos Estados Unidos,
raptar e matar a milhões de euros aos refu- de uma solução com dois de euros em novos fundos de Segurança”, que continuam não acompanhe com “gestos
namorada, em 2000. giados palestinianos, de Estados. Apoiar a UNRWA para enfrentar a crise cau- a acolher novos trabalhadores positivos” a evolução da crise.
Ambos os homens modo a permitir que escolas é apoiar a paz e a segurança sada pela retirada total do norte-coreanos apesar das
DR
mantiveram a declaração e estabelecimentos de saúde no Médio Oriente, o que é apoio dos Estados Unidos. resoluções da ONU.
de inocência antes continuem a funcionar. do nosso interesse estraté- Washington, que entre- Em resposta a Mike Pom-
de lhes ter sido Bruxelas avançou com a gico”, observou a chefe da gou 350 milhões de dólares peo, o ministro dos Negócios
administrada p ro p o s ta d e u m a a j u d a diplomacia europeia. em 2017, anunciou há um Estrangeiros chinês, Wang Yi,
a injecção letal. suplementar à Agência das Fe d e r i c a M o g h e r i n i mês o fim do seu financia- disse que a aplicação das san-
A execução de Daniel foi Nações Unidas de Assistên- falava durante uma reunião mento, denunciando a ções impostas à Coreia do
a 18.ª nos Estados Unidos cia a Refugiados Palestinia- bilateral com a agência das natureza “tendenciosa” das Norte deve prosseguir, mas
este ano e a décima no nos (UNRWA, na sigla em Nações Unidas, à margem a c t iv i d a d e s d a ag ê n c i a não dever ser “um fim em si.”
Texas, sendo este o Estado i n g l ê s ) n o va l o r d e 4 0 da reunião anual da Assem- UNRWA. “A aplicação das sanções
que mais condenados milhões de euros, para que bleia Geral da ONU, em A agência, que ajuda e a promoção de uma solu-
executou desde que esta continue a assegurar o Nova Iorque. mais de três milhões de ção política são tão impor-
a pena capital foi acesso à educação a 500.000 Este envelope suplemen- refugiados palestinianos, tantes uma como a outra e
restabelecida pelo crianças refugiadas, cuida- tar eleva a ajuda concedida lançou um apelo a pedir devem avançar em paralelo,
Supremo Tribunal dos de saúde básicos a mais pela União Europeia às acti- mais contribuições, dizendo não de forma parcial ou
em 1976. de 3,5 milhões de pacientes vidades da UNRWA em 2018 q u e p re c i s ava d e 2 0 0 selectiva”, sustentou o MNE
Há mais oito pessoas com e ajuda a mais de 250.000 a 146 milhões de euros. Nos milhões de dólares para chinês, na reunião do Con-
as datas marcadas para refugiados vulneráveis. últimos três anos, o mon- cobrir o défice este ano e selho de Segurança.
serem executadas, duas “Hoje, reafirmamos o nosso tante total da contribuição continuar a financiar as Retomando uma reivin- Secretário de Estado norte-
delas no início de 2019. apoio político e financeiro União Europeia e dos Esta- escolas e centros de saúde. dicação de Pyongyang, o chefe americano, Mike Pompeo
10 ECONOMIA Sábado
29 de Setembro de 2018

FALTOU FARINHA DE TRIGO

Entreposto retoma vendas


para defender preço do pão
Ruptura das reservas do produto levou a uma quebra da oferta aproveitada por revendedores grossistas para
imporem preços especulativos que começam a ser derrubados com fornecimentos maciços na segunda-feira

Natacha Roberto EDIÇÕES NOVEMBRO


são importadores, grossistas
e revendedores do mesmo
O EntrepostoAduaneiro vende, produto”, declarou.
a partir de segunda-feira, fari- Gilberto Simão considerou
nha de trigo comprada às moa- que os industriais angolanos
gens do país para cobrir uma do sector da panificação estão
ruptura de stocks que, há duas “descapitalizados” por terem
semanas, provocou uma para- apenas um fornecedor, o
lisação do fornecimento e fez Entreposto Aduaneiro, “além
as panificadoras aumentarem da concorrência desleal dos
o preço do pão, soube ontem comerciantes estrangeiros”
o Jornal de Angola de um admi- O responsável solicitou
nistrador daqueles serviços. que os serviços de fiscalização
A nossa reportagem veri- incidam a sua acção sobre
ficou que panificadoras de os panificadores estrangeiros
Luanda reduziram o volume que residem nas padarias
do pão, havendo notícias do onde comercializam a pão.
Cuanza-Norte que dão conta “Estes comerciantes estão
da elevação do preço do pão a dominar o mercado nacio-
carcaça, de 50 gramas, de 20 nal porque exercem vários
para 25 kwanzas, na semana papéis na cadeia produtiva”,
que hoje termina. realçou.
Fernando Sobrinho decla-
rou em entrevista a este jornal
que os importadores aumen- Vendas
taram o volume de aquisições que iniciam
de farinha de trigo no Entre- segunda-feira
posto para fugir à depreciação com farinha
do kwanza que se seguiu à de trigo comprada
reforma cambial aplicada às moagens
em Janeiro, com o que a nacionais
moeda nacional perdeu mais Preço do pão chegou a ser elevado devido à especulação provocada por uma súbita falta de farinha de trigo no mercado visam combater
de 40 por cento do valor face os preços
ao euro e ao dólar. especulativos
A paralisação das vendas, operadores de Luanda estão curso no Porto de Luanda, que o aumento deve-se a à colheita”, defendeu Fer- no mercado
que ocorreu quando a procura a comercializar a preços muito de descarga de 2.400 sacos que, ao longo desse período, nando Sobrinho. nacional
se tornou incomportável, especulativos”, lamentou. por dia, sendo consolidada o preço da tonelada de farinha
permitiu aos revendedores Fernando Sobrinho anun- em Novembro, com uma de trigo passou de 350 para Panificadores estrangeiros
grossistas elevarem o preço ciou que as vendas que ini- importação de oito mil tone- 400 dólares. O presidente da Associação
do saco de 50 quilos dispo- ciam segunda-feira com ladas, fornecimento que o O administrador defendeu das Indústrias de Panifica- O presidente da AIPPA
nível no Entreposto Adua- farinha de trigo comprada administrador avisou que a criação de moagens em todo ção e Pastelaria de Angola defende a redução do paga-
neiro a 5.300 kwanzas, para às moagens nacionais visam não será repassado aos gros- o país para garantir a esta- (AIPPA), Gilberto Simão, mento de impostos com vista
dez mil kwanzas em Luanda combater os preços especu- sistas, pela sua propensão bilidade do mercado. “É dis- atribuiu a especulação do a aumentar a construção de
e 12 mil nas outras províncias, lativos no mercado nacional, para especular. pendioso esperar um produto preço da farinha de trigo micro, pequenas, médias e
o que o administrador denun- com fornecimentos exclu- Para essa farinha, o Entre- adquirido na Ucrânia que ve r i f i c a d a n a s ú l t i m a s grandes moagens em todo o
ciou como especulação”. sivos para os panificadores posto Aduaneiro eleva o preço leva 45 dias a chegar de navio. semanas a “comerciantes país. “Apesar de ser onerosa,
“ Ho uve u m a p ro c u ra de sacos de 50 quilos a oito do saco de 50 quilos para seis Com silos e uma grande pro- estrangeiros”. a produção nacional ainda é
anormal de farinha de trigo mil kwanzas por unidade. mil kwanzas, mais 13 por dução, as nossas moagens “É revoltante ver estran- a m e l h o r s o l u ç ã o p a ra
e comercializamos toda”, Essa operação é aprofun- cento dos 5.300 kwanzas de estarão abastecidas e, o trigo geiros a dominarem o mercado aumentar a oferta de farinha
mas, “em pouco tempo de dada com importações que há quatro meses, revelou Fer- produzido chega a casa dos de panificação em Angola. de trigo no país”, referiu o
ausência do produto, certos resultam em operações em nando Sobrinho, indicando consumidores no dia posterior Eles têm essa facilidade porque presidente da AIPPA.

DISTINÇÃO DA IMOGESTIN CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO

as dificuldades que o país sárias as soluções que tor-


atravessa na disponibilização nem as habitações sociais

Construção em argila de divisas para importar


materiais de construção.
O projecto representa uma
alternativa a essa limitação,
se tornem mais baratas e
sustentáveis do ponto de
vista do ambiente, com
aplicações que, devida-

ganha prémio Kubikus propondo a edificação de


habitações com recurso a
matéria-prima local como
argila e outros materiais, que
mente adopatadas, possam
ser aplicadas em habitações
socais das zonas urbanas
e rurais.
O Prémio Kubikuz 2018 na outra dupla formada por kwanzas, um troféu e cer- configuram soluções acei- A ministra assinalou que
categoria “A”, de Habitação Teka Paulo dos Santos e Deo- tificados. Treze projectos táveis pela abundância e por o aumento dos preços dos
Social Urbana, foi quinta- dato Jorge Mariata, da Facul- foram submetidos ao con- não poluírem o ambiente. materiais de construção faz
feira atribuído pela Imo- dade de Arquitectura da curso realizado para apura- A ministra do Ordena- com que as camadas mais
gestin a uma dupla de Universidade Agostinho Neto mento dos vencedores, sendo mento do Território e Habi- desfavorecidas da popula-
técnicos angolanos pela uti- (UAN), que venceu na cate- sete na categoria de Habi- tação, Ana Paula de Carvalho, ção vivam em habitações
lização de materiais nacio- goria “B”, de Habitação tação Social Urbana e seis lembrou que a crise econó- sem as condições desejá-
nais, incluindo a argila, na Social Rural. na de Habitação Social Rural, mica afectou a todos os veis, o que deixa o país
edificação de uma vivenda Os premiados destaca- de acordo com declarações domínios da vida do país, muito longe do alcance do
de dois pisos. ram-se no uso intensivo de da organização. retirando vitalidade ao imo- 11.º Objectivo de Desen-
O arquitecto Manuel Pes- materiais locais em projec- Manuel Pestana declarou biliário, registando-se um volvimento Sustentável
tana e engenheiro Elísio Man- tos habitacionais, rece- à imprensa, depois da pre- aumento da procura por (ODS), da Organização das
gueira estão ligados ao sector bendo, cada uma das duplas, miação, que o projecto no moradias. Ana Paula de Nações Unidas.
privado e juntaram-se a um cheque de 2,5 milhões qual trabalhou tem em conta Carvalho considerou neces- Madalena José Vencedor do prémio Kubikuz
ECONOMIA Sábado
29 de Setembro de 2018 11
MICRO-FINANÇAS TELECOMUNICAÇÕES ESTADOS UNIDOS

ARIMATEIA BAPTISTA | EDIÇÕES NOVEMBRO | HUÍLA

Cabos submarinos Mercados


sem reacção
agilizam as ligações à subida
O primeiro Sistema de Cabos
Submarinos do Sul do Atlân-
simos de segundo.
Além da ligação com a
do juro
tico (SACS) que liga África América do Sul, refere o Os mercados mantiveram-
à América Latina, foi quarta- documento, o sistema vai se calmos durante a semana,
feira aberto ao tráfego, em permitir a conexão entre apesar de marcada pela
Luanda, pela multinacional Luanda e cidades como subida da taxa de juro direc-
angolana Angola Cables, Londres e Miami com apro- tora pela Reserva Federal (Fed
anunciou a companhia em ximadamente 128 milési- - banco central dos Estados
comunicado. mos de segundo de latência, Unidos) em 25 pontos base,
O novo circuito de infor- o que coloca Angola numa de 2,00 para 2,25 por cento
mação digital é o primeiro situação estratégica para - o valor mais elevado em
e o mais rápido nas ligações servir a região transatlântica dez anos -, na quarta-feira.
entre o continente africano com baixa latência e cone- Pela primeira vez em mais
e as Américas, com a menor xões resilientes. de uma década, ao anunciar
latência e capacidade de Dadas as conexões para a medida, a Fed omitiu do
fornecer um roteamento - o recém-concluído sistema comunicado a referência à
encaminhamento - mais Monet e o WACS (Sistema continuação de uma política
directo para o tráfego da de Cabos Submarinos da monetária “acomodatícia”
Internet no Hemisfério Sul, Costa Ocidental Africana), ou expansionista.
diz o comunicado. o SACS também oferecerá Analistas disseram que
Fabricado e instalado pela latência reduzida entre Miami este desenvolvimento repre-
empresa NEC Corporation - (EUA) e a Cidade do Cabo senta um recado do presidente
uma multinacional japonesa, (África do Sul) de 338 a 163 da Fed, Jerome Powell, quanto
o sistema é um dos mais milésimos de segundos, diz ao fim do crédito barato e uma
avançados a entrar em ope- o documento. nova subida dos juros (contra
ração comercial, conectando Ainda de acordo com o o pretendido pelo Presidente
Angola e Brasil. comunicado, o SACS oferece Donald Trump) na próxima
Com a entrada em fun- alta qualidade de serviço e revisão de taxas, a 19 de
cionamento do sistema, diz melhor latência de até 60 Dezembro, para um intervalo
o documento, as velocidades por cento em relação às entre 2,25 e 2,5 por cento.
de transferência de dados opções actuais de rotea- Para 2019, são esperadas
Sociedade está implantada em 17 das 18 províncias e conta com mais de 25 mil clientes activos serão consideravelmente mento, o que contribuirá três subidas, de acordo com
melhoradas, tornando-as para reduções nos custos de os analistas. De salientar
cinco vezes mais rápidas do tráfego de dados entre a também, e isso terá contri-

Kixicrédito emprestou que as rotas de cabos exis-


tentes e reduzindo a latência
- velocidade - da cidade de
Fo r t a l e z a ( B ra s i l ) p a ra
América do Sul e a África,
oferecendo economias para
as operadoras que, por sua
vez, podem ser repassadas
buído para esta política mais
contraccionista por parte da
Fed, a melhoria das pers-
pectivas para o produto

500 milhões de dólares


Luanda de 350 para 63 milé- ao consumidor final. interno bruto dos EUA.

Valor representa os empréstimos concedidos em 20 anos ANO AGRÍCOLA 2018-2019 hectar já desbravado e que
134 beneficiárias são mulheres
para financiar abertura e consolidação de pequenos negócios JOÃO CONSTANTINO | EDIÇÕES NOVEMBRO | CUITO
organizadas em associações.
A preparação de solos está
a ser supervisionada pelo
Graciete Mayer investimentos em microfi- créditos está estimada em engenheiro agrónomo Antó-
nanças (MIV ) -, nomeada- 400 milhões de kwanzas nio Valério, coordenador do
A sociedade de microfinan- mente a Agência Espanhola para dois mil projectos mês, projecto de correcção de
ças Kixicrédito empregou, de Cooperação Internacional o que disse revelar que o solos. “Aqui, vamos fazer a
nos últimos 20 anos, mais para o Desenvolvimento microcrédito é um poderoso correcção dos solos apli-
de 500 milhões de dólares (AECID), Cooperação Espa- instrumento de sustentabi- cando calcário para fortalecer
no financiamento de uns 400 nhola Internacional para o lidade das famílias angolanas. a terra, já que o cultivo será
mil projectos, soube o Jornal Desenvolvimento (AECID) O responsável perspectiva predominantemente de
de Angola do director da e International Finance Cor- que a actividade de microfi- milho e feijão”, disse, acres-
companhia, Joaquim Catinda. poration (IFC), do grupo nanças possa ser uma aliada centando que, até à entrega
Os financiamentos bene- Banco Mundial. do Executivo no combate à aos camponeses o processo
ficiaram pequenos negócios pobreza, por via de uma inclu- estará concluído.
dos sectores do comércio e são financeira abrangente. O coordenador da União
prestação de serviços, afirmou Fundos “Os bancos já apresentam o Nacional dos Camponeses
Joaquim Catinda, realçando para os microcrédito como um serviço (Unaca) no Chinguar, Barnabé
que a taxa de reembolso foi empréstimos a prestar e o BNA apresenta- Governo promoveu o melhoramento de solos com calcário Palanca, manifestou satisfação
de 95 por cento até ao ano provêm se mais cooperante com o por o Bié acolher a abertura
2015, com um nível de incum- de financiadores sector”, afirmou. do ano agrícola a nível do país
primento na ordem dos 5,00
por cento.
internacionais
como duas agências
Joaquim Catinda disse,
por outro lado, que o sector Acto central de abertura pelo segundo ano consecutivo.
“Isso anima bastante os cam-
Já nos últimos três anos, espanholas de do microcrédito precisa de poneses que, com o apoio do
o número de devedores subiu
de 5,00 para 11 por cento, o
cooperação e a
IFC, do Banco
regulamentação, onde pode-
riam ser criadas as condições é realizado no Chinguar Governo, podem produzir
não só para a subsistência,
que a fonte atribuiu à crise Mundial e incentivos para o finan- mas também para comercia-
económica e financeira que ciamento interno. O acto nacional de abertura propósito, que, na última lização combatendo assim a
assolou o país. Isso, acrescenta, “permi- do ano agrícola 2018/2019 é quarta-feira, o governador pobreza”, disse.
A Kixicrédito é uma socie- A sociedade opera em 17 tirá alargar os apertados pra- realizado quarta-feira no do Bié, Pereira Alfredo, visi- Indicou que experiências
dade de microcrédito licen- das 18 províncias e conta zos de reembolso que as Chinguar, Bié, onde a área tou a comuna da Cangala, anteriores mostraram que de
ciada pelo Banco Nacional com mais de 25 mil clientes instituições de microcrédito em preparação para os cul- naquele município, onde 300 quilos de sementes de
de Angola (BNA) em 2008, activos, mais de 60 por cento têm vivido até ao momento, tivos é de 350 hectares, reve- estão em preparação 340 milho lançadas à terra podem
mas que actua no mercado dos quais são mulheres. por factores como a expo- lou ontem ao Jornal de Angola hectares de terra. ser colhidas três toneladas,
da microfinanças desde 1999, O pacote de produtos dis- sição cambial, associada aos o director local da Estação de Antes, o director nacional o que é muito significativo
com a execução do programa poníveis para o financia- constrangimentos de licen- Desenvolvimento Agrário do Instituto do Desenvolvi- para os camponeses.
“Women Enterprise Deve- mento são o KixiSolidário, ciamentos e reembolso de (EDA). mento Agrário (IDA), David Grupos de famílias bene-
lopment” promovido pela KixiSolidário Reforçado, compromissos com credores Rodrigues Cabinda afir- Tunga, esteve no município ficiárias serão integrados em
organização não-governa- KixiNegócio e KixiCasa, com internacionais.” mou que as autoridades ins- com igual objectivo, tendo- escolas do campo para for-
mental canadiana Develop- os empréstimos - de 200 mil Com o aumento desses pra- tituíram, para o próximo ano se mostrado “satisfeito” com mação e capacitação em téc-
ment Workshop (DW), do a um milhão de kwanzas - zos, pode-se reduzir as taxas agrícola, o lema “Agricultura o desempenho de um grupo nicas agrícolas, explicou
que resultou a criação do a serem concedidos de três de juro do crédito aos micro- rumo a auto-suficiência ali- técnico especialmente criado Barnabé Palanca, salientando
“Sustainable Livellihood e a 12 meses e a taxas de juros empreendedores, tornando o mentar e promoção das para a preparação da terra. que, actualmente, existem
Program (SLP)”. de 4,9 por cento. mercado mais dinâmico e exportações” e que se prevê A terra em preparação vai 40, número que deve aumen-
O grosso dos fundos para competitivo, ao mesmo tempo a participação de represen- ser distribuída pelas famílias tar com o crescimento regis-
os empréstimos provêm de Potencial de crescimento que se transforma a vida de tantes do Executivo no acto de camponeses activos da tado na campanha agrícola.
financiadores internacionais Segundo o director executivo, um maior número de cidadãos, de abertura. O director da região, prevendo-se que cada
- os chamados veículos de actualmente, a carteira de disse Joaquim Catinda. EDA do Chinguar notou, a uma delas vai receber um João Constantino | Chinguar
12 Sábado
29 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

BALANÇO PATRIMONIAL AOS 31 DE DEZEMBRO DE 2017


Valores em Milhares de AOA

A Contabilidade Administração

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS AOS 31 DE DEZEMBRO DE 2017


Valores em Milhares de AOA

A Contabilidade Administração

(Continua na pág. 13)


Sábado
29 de Setembro de 2018 13
PUBLICIDADE

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA Valores em Milhares de AOA

A Contabilidade Administração

DEMONSTRAÇÕES DE MUTAÇÕES NOS FUNDOS PRÓPRIOS aos 31 de Dezembro de 2017


Valores em Milhares de AOA

A Contabilidade Administração

RELATÓRIO E PARECER DO FISCAL ÚNICO


Introdução rança aceitável sobre se as demonstrações financeiras estando isentas de distorções materialmente relevantes.
Este exame incluiu:
1. Examinamos as demonstrações financeiras anexas da UNICRÉDITO – Sociedade de Microcrédito, Lda, as quais
compreendem o Balanço em 31 de Dezembro de 2017 (que evidencia um total de 40.668.336,68 de Kuanzas e capitais (i) a verificação das operações; (ii) a aplicação do método de equivalência patrimonial e de terem sido apropriada-
próprios de -55.314.836,02 de Kuanzas, incluindo um resultado líquido num prejuízo de -57.814.836,02 Kuanzas) a De- mente examinadas as demonstrações financeiras da empresa; (iii) a apreciação sobre se são adequadas as políticas
monstração de resultados por naturezas e por funções, a Demonstração dos fluxos de caixa do exercício findo naquela contabilísticas adotadas, a sua aplicação uniforme e a sua divulgação, tendo em conta as circunstâncias, e a veri-
data e os correspondentes anexos. ficação da aplicabilidade do princípio da continuidade das operações e (iv)a apreciação sobre se é adequada, em
Responsabilidades termos globais, a apresentação das demonstrações financeiras
5. O nosso exame abrangeu ainda a verificação da concordância da informação financeira constante do Relatório
2. É da responsabilidade da Gerência: (i) a preparação de demonstrações financeiras que apresentem de forma de Gestão com os restantes documentos de prestação de contas.
verdadeira e apropriada a posição financeira da empresa; (ii) a informação financeira histórica seja preparada de 6. Entendemos que o exame efetuado proporciona uma base aceitável para a expressão da nossa opinião.
acordo com os princípios contabilísticos geralmente aceites e que seja completa, verdadeira, clara e objectiva (iii)
a adopção de políticas e critérios contabilísticos adequados e a manutenção de sistemas de controlo interno apro- Opinião
priados; (iv) a informação de qualquer facto relevante que tenha influenciado a atividade e a sua posição financeira
ou os seus resultados. 7. Em nossa opinião, as demonstrações financeiras referidas no parágrafo 1 acima, apresentam de forma verdadeira
e apropriada, em todos os aspectos materialmente relevantes, a posição financeira da UNICRÉDITO – Sociedade
3. A nossa responsabilidade consiste em examinar a informação financeira contida nos documentos de prestação de Microcrédito, Lda, em 31 de Dezembro de 2017, o resultado das suas operações e o seu fluxo de caixa no
de contas acima referidos, incluindo a verificação se, para os aspetos materialmente relevantes, é completa, verda- exercício findo naquela data, em conformidade com os princípios contabilísticos geralmente aceites e a informação
deira e objectiva, competindo-nos emitir um parecer profissional e independente baseado no nosso exame. nela constante é, nos termos das definições incluídas nas directrizes mencionadas no parágrafo 4 acima, completa,
verdadeira, clara e objetiva.
Âmbito
8. Face os resultados obtidos, e em detrimento dos Rácios obtidos, somos de opinião o aumento do Capital social.
4. O exame a que procedemos foi efetuado de acordo com as Normas Técnicas e as Directrizes de Revisão/Audi-
Luanda,aos 29 de Abril de 2018.
toria da OCPCA, as quais exigem que este seja planeado e executado com o objectivo de obter um grau de segu-

(16.238)
14 Sábado
29 de Setembro de 2018

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 926 406 929 / 925 134 301 / 923 409 613
de Segunda a Sexta-feira, das 9h às 18h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 9h às 14h IMOBILIÁRIO .VIATURAS DIVERSOS

ARRENDA-SE PRECISA-SE
IMOBILIÁRIO
MORADIA B.º do Cas- AUTOCARROS de 30 lu-
senda, mobilada T4, Akz gares para aluguer, em
300.000 mês, S/interme- bom estado técnico. Tlf:
diário. Telef: 923447256. CAMIÃO Sinotruck (semi-
VENDE-SE (15.938) novo), 79.000Km, Akz 938489868. (15.076) MOINHO de fuba de
bombó e milho, diesel,
PADARIA , banho-maria,
vitrina, cubas, fiambreira
AMASSADEIRA para fazer
pão 3.000.000,00, 130 L,
FRIO- montagem, manu-
10.5 milhões negociá- e tabuleiro, máquina de tenção e reparação de
veis. Telefs. 923863026, com ignição e manivela, saco 50Kg, neg. Telefones: A/C, Câmaras Frigoríficas.
VIVENDA, Apartamento, APARTAMENTO T2, Av. gelo 150 Kg. Telefone:
Brasil, Vila Alice, 180.000 997570499. (15.574) 25 sacos/hora, novo. 938060344, 911650260 Telefone: 940211409,
Nova Vida, Talatona, Tu- Terminais tlf: 936196882, 937493599. (16.230)
lipa Negra BPC. Telefone: mês sem intermediário. (16.286-a) 992917845 (16.204)
Telefone.: 923447256. LEXUS LX570-S (Sport), 922799624. (16.021b)
923056345 (15.875)
(15.938-a) preto, 2015, 18.000 Km. TERRENO 50X20, Miran-
APARTAMENTO T3+1, Telef: 931784368.(15.895) DIVERSOS tes Talatona, C/direito de
bloco X, 8.º andar, na Cen- VIVENDA tipologia T4, superfície, estrada princi-
tralidade do Kilamba. Telef.: Bairro Alvalade, sem inter- TOYOTA Land Cruiser pal. Telef: 923965875.
18 Províncias, 3 portas,
928412353, 927373790.
(16.172)
mediário Telfs: 928562602,
997562602. (16.176-a) negociáveis. Telefones: VENDE-SE (16.304)
923610704, 917314851.
CASA tipologia T3, Alva- APARTAMENTO T1, mo- (16.125) MÁQUINA de gelado, chur-
lade, sem intermediário. bilado, no Edifício Ka- PADARIA Kit: forno, 3 rasqueira a carvão e gás,
Terminal tlf: 928562602,
997562602. (16.176)
lunga Atrium. Telefones:
941460456, 915331584.
INFINITY FX 35, Alfa
Romeu 4 e Ford Expedi-
gavetas, gás, estufa,
amassadeira 50L, bate-
forno C/ 6 bocas, máquina
de pipocas, algodão doce,
COMPRA-SE DESINFESTAÇÃO Geral S/
cheiro, anti-alérgico, dis-
(16.203) tion. Telefs: 942550088, deira 20L, carrinho pão, Kit de salão. Telefone: ponível todos os dias. Te-
APARTAMENTO T2, no 934286056. (16.175) balança, tabuleiro. Te- 937493599. (16.230-a) COMPRAMOS todo o tipo
de ouro, pagamos na hora. lefs: 940211409, 992917845
Cassenda, 4.º andar, em APARTAMENTO T3, de l e f o n e s .: 936196882, (16.204-b)
frente ao Aeroporto, Akz luxo, mobilado, edifício PRADO TXL, Ford Explorer, 917747359. (16.021-c) Estamos na Maianga, Ki-
32.000.000,00. Telefones: Palácio Real. Telefones: Hyundai Elantra e Toyota CAMPAS granito e már- lamba e Nova Vida. Telfs:
941460456, 915331584. Hilux a bom preço. Telfs. 931753003, 931753002 ELABORAM-SE estudos
926277744, 912508360 more, montagem, grava-
(16.199) (16.203-a) 997053018, 922915557. (16.266) de viabilidade para in-
ção cabeceiras, fotos.
(16.146-c) vestimentos no sector
Telefones: 921662309,
VIVENDA T3 (Mussulo), EDIFÍCIO com 13 aparta- agrícola. Telf: 925903272
990591646. (14.619) -2
água+gerador, AC´s, Akz mentos, 7 T1, 4T2, 2T3, NISSAN Micra, Fiat Punto (15.882-a)
27.000.000.00 Telefone: com água canalizada e e Hyundai i10 a bom
TERRENO 20X30m², nas
NEGÓCIOS
924083478. (16.208) gerador. Telf: 916294112. preço. Telfs.: 992053018, CARRINHO de picolé, MUDANÇA DE CASA e
(16.209-a) 922915557. (16.146) Ruas 24, 35 e 42, Benfica,
máquina de sumos, escritório, montagem de
Zona Verde 3, a bom SERPENTINA, gelado em chapa de hambúrguer, mobília, encaixamento,
APARTAMENTO T3, nos PAJEROantigo modelo, vá- preço. Telef: 923136125. balde, serra-ossos, churras- batedeira, mesa Inox e transporte. Telefones:
Coqueiros 920.000/mês, rios extras, 2.000.000Kz e (15.913) queira a gás, banho-maria, tostadeira. Telefone: 929500085, 992500085
está mobilado. Telefone: Retroescavadora Ko- para buffet, mesa Inox. Tlf:
937493599. (16.230-b) (16.331)
923723592. (16.295) matsu 5.500.000Kz Telef: 922799624, 917747359.
921591033. (16.282) (16.021d)
UM apartamento e um BOLOS de aniversário de
(1) escritório no Cruzeiro, TERRENO 200 hectares, DESINFESTAÇÃO: Controlo pasta americana e ou-
CASA no Zango 3, 1.º andar, climatizado. Telefones:
T7, Akz 19.000.000, nego- Quiminha, Funda, Bom de todo o tipo de pragas, em tros, frutas, salgados.
919400596, 943050765. Jesus e Casa T4 Jardim Enc. do Natal. Telefones:
ciáveis. Telef: 941532937. (16.301) residências e empresas. Te-
(16.205) de Viana. Terminais telef.: lefs: 923979404, 992979404. 927209129,997209129.
923620706. (16.016) (16.390) (16.345)
APARTAMENTO T3 no MÁQUINA de gelo, liquidifi-
VIVENDA no Calemba 2, Kilamba, Quarteirão G,
C/ 3 suites, 3 salas, cozinha, cador 20/40L, cx. de 10 mil TERRENOS bem locali- KIT de talho, vitrina,
4.º andar, 80.000,00Kz: palitos/picolé, amassadeira
WC, despensa, lavandaria, zados, Benfica-Kifica, serra-ossos, serpentina,
quintal vasto, tanque de
923321164,990321164.
(16.343)
CARRINHA Dyna 300
usada P/ peças 500.000Kz
130L, divisória 36 furos. Te-
lefs: 936196882, 917747359.
ruas 42, 52 e 53, 20x30,
Zona Verde 3, a partir
buffet, fogão industrial,
em balde, balança, for-
PRECISA-SE
água. Telefone: 924575272 negociável. Telefones:
(16.311) (16.021) de Akz 500.000 Akz. mato de três. Telefone:
938060344, 911650260. Terminais tlf: 929413334, 937493599. (16.230-c) URGENTE: Uma (1) assis-
RESIDÊNCIA T3 C/anexo, (16.286) 92941499. (16.021-e) tente de idosa, 24/24 e
Bairro Vila Flor, em frente TERRENO 1 hectare, já ve- serviço geral, C/experiên-
à Puma do Kilamba, Akz KIA SPORTAGE, 68.000 UMA (1) Roulotte, já equi- dado, no Camama, em DESINFESTAÇÃO S/ cheiro, cia B.º Sapú. Telefone:
10.000.000,00.Telefone:
932508847. (16.234)
VIATURAS Km, em bom estado no
Morro Bento, Telefones:
pada, com trailler. Tele- frente à TPA. Terminais tlf: anti-alérgico, não precisa 222770125 (16.168)
fone: 923038256.(16.102) 992718098 . (16.223) sair de casa ou desarrumar,
923510579, 912527130 100% eficaz. Terminais tlf:
APARTAMENTO T1, no (16376+) 938133343 (15.485)
Bairro Operário, 2.º andar,
tanque, água, cozinha
VENDE-SE MÁQUINA de gelado, pi-
TERRENO Agrícola no perí-
metro irrigado do Bom OFERECE-SE
DUSTER, cor azul, full op- Jesus 15.000 m2. Telefone: EFECTUAMOS obras de
equipada. Terminais tlfs: tion, bancos em couro, colé, algodão doce, fri- construção civil, em alve-
991296335, 990296334 LEXUS 570-S, 2015, 33.000 tadeira, chapa de 912358380. (16.279) BACHAREL em Comuni-
90.000Km, a 2.700.000Kzs, naria e em contentores.
(16.245) Km, a 25.000.000kz, nego- em bom estado. Tele- hambúrguer, fiambreira Telefone: 943339403. cação Social quer traba-
ciáveis. Telefs: 922855545, fone: 923576334.(16387) e tostadeira. Telefones: PROMOÇÃO Iphone (6) lhar. Telef: 926517966.
VIVENDA T7, no Camama (15.948a)
924348222. (15.883) 936196882, 917747359. normais 110.000Kzs, (7) (16.274)
junto ao Hospital Geral. (16.021a) Plaus 250.000, X 410.000,
Terminais tlf: 997053018, TUCSON full option, PERFUMARIAJ.R.J: Marcas FABRICAMOS em ma-
TOYOTA Sequóia V8, 5 por- branco, 0Km, tecto pano- Samsung S8 190, S7 110. deira, cozinhas, roupei-
922915557 (16.146-a) TERRENOS 20X30, bem lo- Nith Oud, 5.000,00 a 12.000
râmico, bancos em Tlf.: 997053018, 922915557 ros, pérgolas. Telefone:
VIVENDA no Cassenda to-
tas, automático, motor seco,
3.298.000,00Kz. Telefone: couro, 2018, recém-che- calizados, Zona Verde 3,
Benfica, Ruas 18, 19, e 22,
Akz. Telefone: 929950180.
(16.196)
. (16.146-b) 943339403 (15.948) PROCURA-SE
talmente reparada 931717119,993422015 gado, a 12.300.000Akz.
50.000.000,00 Kz. Telef: Telef.: 923576334.(16387) a partir de 500.000 Akz. Tls: TERRENO no Patriota EXECUTAMOS canaliza-
(16.313) 929413334, 929414499. TERRENO na Praia dos CÃO Pastor Alemão cas-
992311493. (16.311) 40x60, documentos actua- ções, pintura, electrici-
HYUNDAI i10 45.000 Km, (16.021-f) Pobres, no Soyo, a dade, A/C, eliminamos tanho e preto. Quem o
HYUNDAI Accent, cor preta, 1.600.000,00 Akz negociá- 7.000.000,00. Telefones: lizados Kz: 30 milhões dis- infiltrações em tectos. Te- encontrar o favor de ligar.
VIVENDA T4 na Província
do Namibe Terminais tlf: 50.000 km, a 3.700.000 Akz. veis. Telefs: 923698948, BARCO de cabinado. 939069879, 924191464. cutíveis. Tlf: 926451305. lefones: 931662142, Telefone: 930324902.
948111111 (16.303) Telef: 944485252. (16.151) 946589129. (16377) Telef: 923488489. (16.189) (16.193) (16.304-a) 991395309 (16.328) (16.194)
Sábado
29 de Setembro de 2018 15
PUBLICIDADE

(100.729)
16 Sábado
29 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

(400.073e)

SUPER TELHA LUSA


PREÇÁRIO TVCABO OUTUBRO 2018

PACOTES VIV

TLM 945 410 990 - 931 900 931 - www.pro-arq.net - manuel@pro-arq.net

ESTRADA DE CATETE, KM 52 (VIA MAZOZO) (MAZOZO - CATETE - LUANDA - ANGOLA)


(15.440)

(200.003)
Sábado
29 de Setembro de 2018 17
PUBLICIDADE

(100.728)
18 NECROLOGIA Sábado
29 de Setembro de 2018

NECROLOGIA

FALECEU FALECEU FALECEU CONDOLÊNCIAS

ALBERTO LAURINDO

A Direcção da SOIMPER - Impermeabilizações e Revestimento,


Lda. e o colectivo de trabalhadores comunicam o falecimento
de seu trabalhador, ALBERTO LAURINDO, ocorrido no dia 27
de Setembro de 2018, por doença. Neste momento de dor e luto
endereçam à família enlutada os mais profundos sentimentos
MANUEL SIMÕES MANUEL SIMÕES ROSA ARAÚJO de pesar. (16.379)
FRANCISCO JÚNIOR
Herberto Simões, Cristina Simões, Rock Teresa Simões (nora), Eliane Simões, Gonçalo António Júnior (esposo), Ana Paula
Simões, Celma Simões, Carlos Simões, Arcanja Simões , Denilson Simões, Délcio Francisco Júnior, Gonçalo Francisco António,
Adalberto Simões, Nataniel Simões, Simões, Irina Silva, Jéssica Silva, Priscila Loy Francisco António, Adilson Francisco
Suzana Simões, Manuel Simões, Antónia Silva (netos) comunicam o falecimento António (filhos) e demais familiares comunicam FALECEU
Simões e Jacira Simões (filhos) comunicam de MANUEL SIMÕES, ocorrido dia o falecimento de ROSA ARAÚJO FRANCISCO
o falecimento de MANUEL SIMÕES, 26/9/2018. O funeral realiza-se amanhã, JÚNIOR, ocorrido dia 26/9/2018, por doença.
ocorrido dia 26/9/2018. O funeral rea- domingo, dia 30/9/2018, às 10h00, no O velório decorre desde ontem às 18h00, no
liza-se amanhã, domingo, dia 30/9/2018, cemitério do Benfica. O velório será às Velório da Polícia, junto à Tourada, e o funeral
às 10h00, no cemitério do Benfica, ante- 7h00 no mesmo local. (16.332) realiza-se hoje, dia 29/9/2018, no cemitério
cedido de velório às 7h00. (16.330) de Sant'Ana, às 11h00. (16.337)

FALECEU ISAAC MANUEL DA CONCEIÇÃO


FALECEU FALECEU
O Colectivo de trabalhadores do Banco Nacional de Angola cumpre o doloroso dever
de participar o falecimento do trabalhador ISAAC MANUEL DA CONCEIÇÃO, reformado
desta Instituição, ocorrido no dia 28/09/2018.
Nesta hora de luto e dor apresentam à família enlutada as suas sentidas condolências.
(100.737)

FALECEU

EDUARDO ALBERTO DIDI FERNANDO RAUL COLELA CARLOS JOSÉ VELOSO ANTÓNIA PEDRO CAMBAMBI
(Totonha)
Esmeralda Manuel, Claudino Manuel Matilde Colela, (mãe), Amílcar Colela, A família Veloso cumpre o doloroso dever António Pascoal, Agostinho Pascoal da Silva, Nelson Pascoal da
(irmãos), Isa, Emanuel Rafael Didi, Alexandre Colela, Sérgio Colela, Fadigai de comunicar o falecimento de CARLOS Silva, Flávio Neves e Sara da Conceição (filhos), irmãos, noras,
Amaral de Jesus Didi, Weza (filhos), pri- Colela Soares (irmãos), Odeth Lucindo JOSÉ VELOSO, ocorrido dia 27 de Setembro cunhados, netos, bisnetos, amigos e demais familiares comunicam
mos, netos e demais familiares comunicam Colela (esposa) Galy, Nocas,Solange e de 2018, por doença. O funeral realizar- o falecimento de ANTÓNIA PEDRO CAMBAMBI, ocorrido no dia
o falecimento de EDUARDO ALBERTO Nady (filhos) comunicam o falecimento se-á em data a anunciar oportunamente. 27/9/2018, por doença. O funeral realiza-se segunda-feira, dia
DIDI, ocorrido dia 25/9/2018. O funeral do Médico FERNANDO RAUL COLELA, (16.349) 1/10/2018, no cemitério do Benfica, às 10h00. (16.371)
realiza-se hoje, sábado, dia 29/9/2018, ocorrido dia 27 /9/2018, na Clínica do
partindo o préstito fúnebre da Casa de Prenda, em Luanda. O funeral realizar-
Velório da Polícia Nacional, às 10h00, se-á em data a anunciar oportunamente.
para o cemitério do Benfica. (16.307) (16.335)

PUBLICIDADE
MISSA

CONVOCATÓRIA COMUNICADO AOS CLIENTES


Nos termos do artº 275º nº 1 da Lei das Sociedades Comerciais, José António Gachi-
ELÍSIO DA PIEDADE LIDADOR neiro e Cunha, na qualidade de sócio fundador e gerente, com poderes para o acto, A MF/PV - PROMOÇÕES IMOBILIÁRIAS, CON-
SILVESTRE (Landinho) vem, convocar Assembleia-Geral Extraordinária da sociedade “CAMPICARN AFRICA SULTORIA E SERVIÇOS LDA. vem, por esta via
LIMITADA”, com a Identificação Fical: 5405157023, com sede na Via Principal de Viana pública, reiterar o convite aos Promitentes-Com-
As famílias Piedade e Lidador Silvestre
– Catete, Quilómetro 28, Município Urbano de Viana, Província de Luanda, registada
comunicam que é rezada a Missa do 30.º pradores das Unidades Imobiliárias dos Condo-
Dia, em memória de ELÍSIO DA PIEDADE na Conservatória do Registo Comercial de Luanda, sob o número de matrícula
1000/2007, com o Capital Social de Kz 50.000.000,00 (Cinquenta milhões de Kwanzas), mínios:
LIDADOR SILVESTRE (Landinho), hoje,
dia 29 de Setembro de 2018, pelas 6h30, a realizar no próximo dia 30 de Outubro de 2018, pelas 9h30mn (Nove horas e trinta
na Igreja do Cristo Rei, na Terra Nova . minutos), com a seguinte Ordem de Trabalhos: MIRANTES DE TALATONA
(16.382) FLORES DE TALATONA
Ponto Único: Deliberar sobre a exclusão com justa causa nos termos do artº 266º nº1
e 267º nº1 da LSC, dos sócios CAMPICARN SGPS, S.A. (detentora de uma quota no RESIDENCIAL BRISAS DE TALATONA,
valor de quarenta milhões de kwanzas) e MANUEL FERREIRA MARTINS (detentor de COMERCIAL BRISAS DE TALATONA
uma quota no valor de sete milhões e quinhentos mil kwanzas), promovendo contra LUAR DE TALATONA
estes a respectiva acção de exclusão.
MISSA PÉROLAS DE TALATONA
A estes sócios aplica-se o disposto no artº 280º nº 1 e 2 al. d) da LSC.
RESIDENCIAL CONCHAS DE TALATONA
A Assembleia Especial reunirá em primeira convocatória, no local, data e hora marca- TALATONA BOULEVARD
das, desde que exista “Quórum” nos termos do artº 403º da LSC.

Se no dia e hora marcada, não estiver reunido o “Quórum” necessário à realização da A comparecerem no seu Centro de Atendimento
Assembleia que ora se convoca, fica desde já agendada a segunda convocatória para ao Cliente, na Avenida Samora Machel, S/N.º,
o dia 15 de Novembro de 2018, pelas 09 horas e 30 minutos, a qual reunirá com os só- em Talatona (ao lado do Mix Center), das 08 às
cios presentes, nos termos do artº 403º nº 3 e 4 da LSC por remissão do artº 276º nº 1 17h, de segunda a sexta-feira ou aos sábados
ANTÓNIO DE CEITA do mesmo diploma, podendo a mesma constituir-se e deliberar independentemente do das 09 às 13h, munidos DE PREFERÊNCIA
FRANCA MONIZ número de sócios e seja qual for a parte do capital social que detenham.
com toda a documentação, designadamente
Maria Miguel (esposa), Cláudio António, Nos termos do artigo nº 397º nº 5 por aplicação do disposto no artº 276º nº 1, ambos contrato-promessa de compra e venda, paga-
Jairo Manuel, Iracelma Moniz e Mário da LSC, se em qualquer das datas referidas quer para a primeira convocatória quer mento de impostos, etc, com o objectivo de ob-
Moniz (filhos), Maló Jaime, José Miguel, para a segunda convocatória, pelo facto da sua sede não reunir as condições neces-
terem as orientações necessárias, visando a
Nzumba Juliana, Rosária, Lourdes Miguel, sárias para a realização da Assembleia, esta reunirá na Rua Dr. Alfredo Troni, Edifício
Carmo Miguel, Cecília Miguel e António Cunha & Irmãos nº 25, Distrito Urbanos dos Ingombotas, Luanda-Angola. Outorga da competente Escritura Pública.
Raposo (cunhados) comunicam que é
rezada Missa do 7º Dia, hoje, dia 29/9/2018, Viana, aos 28 de Setembro de 2018. ESTE COMUNICADO NÃO SE APLICA AOS
pelas 18h00, na Igreja do Carmo, junto
ao Governo Provincial de Luanda. O Sócio-Gerente
COMPRADORES QUE JÁ OUTORGARAM AS
(16.380) (José António Gachineiro e Cunha) RESPECTIVAS ESCRITURAS.
(16.344) (16.118)
Sábado
29 de Setembro de 2018 19
PUBLICIDADE

EMPRESA NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ELECTRICIDADE - E.P


Novo Regime de Autorização e Compras de Bens e Serviços
A ENDE-EP., no âmbito do processo de implementação das melhorias nos processos organizacionais em matéria de Aquisição de Bens e Serviços, Contas a Pagar e Encerramento dos Exercícios Mensais
gerados pelas actividades das diferentes Áreas de Negócio, vem formalmente comunicar aos seus prestadores de serviço residentes e não residentes cambiais (fornecedores nacionais e estrangeiros) que,
a partir de 01 de Outubro de 2018, o referido processo deverá obedecer ao seguinte:

• Todos os bens e serviços solicitados pelas Áreas da ENDE deverão ser feitos apenas mediante entrega do documento que autoriza o fornecimento ou serviço (Pedido de Compra);
• Os documentos comprovativos de fornecimento de bens ou serviços prestados (guias de remessa, termos de entrega, etc.) deverão ser enviados no mês em que o fornecimento ou serviço foi
prestado e a factura definitiva 15 dias após fornecimento, salvo situações previamente estabelecidas em contrato;
• As facturas deverão se fazer acompanhar dos respectivos Pedidos de Compras e outros documentos que validam a responsabilidade da ENDE no reconhecimento dos bens e serviços facturados;
• A ENDE não se responsabiliza pelos constrangimentos causados pela inobservância nos pontos acima citados, pelo que recomendamos, em caso de dúvida, a solicitação dos devidos esclarecimentos.

ESTRANGEIRO RESUL - EQUIPAMENTOS DE ENERGIA S.A NACIONAL FOZ KUDIA,LDA NACIONAL AGOSTINHO A J FRANCISCO
ESTRANGEIRO EQUIPAFRO - COMÉRCIO INTERNACIONAL, NACIONAL DELCCOUNT,LDA NACIONAL EQUITEL - EQUIP.SERV. TELEC. ELECTR
ESTRANGEIRO CABELTE HOLDING SGPS, SA NACIONAL ADILSON FRANCISCO KILAMBA NACIONAL EMPRESA DE OBRAS PÚBLICAS E PA
ESTRANGEIRO CGI (EX.LÓGICA PORTUGAL) NACIONAL LAURINDO MANJOR JOSÉ NACIONAL EMPRESA GEOLINK SERVICE
ESTRANGEIRO SINFIC - SIS INFORMAÇÃO INDUSTRIAIS NACIONAL DOMINGOS DOS SANTOS GONÇALVES NACIONAL PREFAL, PRE - FABRICADOS DE LUANDA
ESTRANGEIRO EFACEC ENERGIA MÁQUINA E EQ. ELECT. NACIONAL PALMIRA JÚLIO MANUEL NACIONAL ECOSERV, EQUIP. COMÉRCIO E SERVIÇOS
ESTRANGEIRO ELPOR NACIONAL ESTADO NACIONAL EMPRESA GAUF ENGENEERING
ESTRANGEIRO ANTEX ANGOLA - PRESTAÇÃO DE SERVIÇO NACIONAL INSS NACIONAL NCR - ANGOLA INFORMÁTICA, LDA
ESTRANGEIRO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA NACIONAL BJM CONSULTORIA E NEGÓCIOS, LD NACIONAL SISTEMAS, TECNOLOGIAS E INDÚSTRIA,
ESTRANGEIRO CREATIVE POWER SOLUTIONS,INC NACIONAL AM E FILHOS LDA NACIONAL LEONEL MANUEL MAGALHÃES CASIMIRO
ESTRANGEIRO TODAREDE SOLUÇÕES PARA REDE, S NACIONAL ENE - DIRECÇÃO REGIONAL NORTE NACIONAL NOVA CIMANGOLA, SARL
ESTRANGEIRO ZERTIVE S.A NACIONAL SOCIEDADE NACIONAL DE COMBUSTÍVEIS, NACIONAL COMUTE - SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO
ESTRANGEIRO MERCER NACIONAL SOARES DA COSTA NACIONAL JESSAND,LDA - COMÉRCIO INDÚSTRIA SE
ESTRANGEIRO ZTE CORPORATION NACIONAL MANUEL PEDRO E IRMÃO NACIONAL MALGAP - TRANSITÁRIO
ESTRANGEIRO MINIMAL - BUSINESS OBJECTS INFORM. NACIONAL REDE NACIONAL DE TRANSPO. ELECTRICI NACIONAL RESUL - ANGOLA
ESTRANGEIRO INTERNEL NACIONAL CMEC - CHINA NATIONAL MACHINERY & E NACIONAL FIBREX, SARL
ESTRANGEIRO COBA/SOAPRO,LDA NACIONAL DEPARTAMENTO CLIENTES MÉDIA TE NACIONAL MAERSK (ANGOLA) TRANSP. AGENCI
ESTRANGEIRO LEADERSHIP BUS.CONSULTING,S.A NACIONAL CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO SAMBIZANGA NACIONAL FENÍCIA, LDA
ESTRANGEIRO NORFERSTEEL, SA NACIONAL CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO CAZENGA NACIONAL ARMAZENS CONTINENTAL
ESTRANGEIRO ELTEL NETWORKS NACIONAL BFA - BANCO DE FOMENTO ANGOLA NACIONAL AGRINSUL, COM.INDÚSTRIA MAQ. EQUIPA
ESTRANGEIRO GUANGDE INTER.GROUP,LDA NACIONAL BAI - BANCO ANGOLANO DE INVESTIMENTO NACIONAL SDJ - COMÉRCIO E SERVICOS, LDA
ESTRANGEIRO SKRM NACIONAL UNIÃO - AUTOMÓVEIS NACIONAL NML - CONSTR. E EDIFIC. ELÉCTRICAS
ESTRANGEIRO COMERCIAL CUETO INTERNACIONAL NACIONAL EDEL - EMP DE DIST. ELECTRICIDADE NACIONAL ANAFE - TRANSITÁRIOS,LDA
ESTRANGEIRO OLECONSTROI,LDA NACIONAL ENDE - EP NACIONAL EUSÉBIOS, LDA
ESTRANGEIRO MITRELLI LIMITED NACIONAL IMPRENSA NACIONAL, EP. NACIONAL TECNIC SERVICE,LDA
ESTRANGEIRO HYUNDAI,HITECH CO.LTD NACIONAL GENEA ANGOLA NACIONAL JOÃO MARIA MOREIRA DE SOUSA
ESTRANGEIRO ANGELIQUE ATLANTIQUE LTDA NACIONAL AGENTE KAPITA NACIONAL PROGEST PROJ.TECNIC.CONSUL E GESTÃO
ESTRANGEIRO BIZ BFFM - COMÉRCIO GERAL, LDA NACIONAL CENTRO DE FORMAÇÃO PROF. DE Q. ELEC NACIONAL SOCIFRIO - SOC. COM DE MANUT. INDUS
ESTRANGEIRO SAP NACIONAL MINISTÉRIO DE ENERGIA E ÁGUAS NACIONAL TECNOPONTA - ENGENHARIA CONSTRUC
ESTRANGEIRO NEW DECISION NACIONAL EMPRESA PROV.DE ÁGUAS LUANDA - EPAL NACIONAL ANGOFERRARIA , LDA
ESTRANGEIRO ASP NACIONAL MINISTÉRIO DAS FINANÇAS NACIONAL EMICOL - ELECTRO MECÂNICA IND. COME
ESTRANGEIRO 7EVEN - IT CONSULTING, LDA NACIONAL EMPRESA NACIONAL DE SEGUROS E RESSE NACIONAL IMPORÁFRICA
ESTRANGEIRO GESTREDES - ESTUDOS PROJECTOS E SER NACIONAL EMPRESA NACIONAL DE NAVEGAÇÃO NACIONAL CAMS - COMPANHIA ANG. MAQ. SERVICOS
ESTRANGEIRO ELECNOR NACIONAL GAMEK - GABIN. APROVISION. MEDI NACIONAL IMOGESTIN, SARL
ESTRANGEIRO ITGEST - SOFTWARE E SIST. INFORMÁTI NACIONAL LEDIL - LABORATÓRIO ELECTRO - DIESE NACIONAL HIDRÁULICA DE ANGOLA
ESTRANGEIRO SINOHYDRO CORPORATION LIMITED NACIONAL PAVITERRA NACIONAL COMAUTO - OFICINA
ESTRANGEIRO CBITEC-CHINA BENGO INT. LDA NACIONAL ANGOLA TELECOM, EMPRESA TELECOM. AN NACIONAL MEDTECH
ESTRANGEIRO CTCE NACIONAL JEMBAS - ASSISTÊNCIA TEC.( MUTCHOIC NACIONAL COMÉRCIO DE AUTOMÓVEIS, LDA
NACIONAL ANGOTRAFO NACIONAL PERCH - PERCHEIRO & COMPANHIA, LDA. NACIONAL ELECTRO - LIVE,LDA
NACIONAL ZAHARA IMOBILIÁRIA, S.A NACIONAL PRINTEL - INFORMÁTICA E SERVIÇOS NACIONAL EFACEC - ANGOLA, LDA
NACIONAL EDIFÍCIO ETONA PT NACIONAL MERCADO INFORMAL NACIONAL RADIO/LAC - LUANDA ANTENA COMERCIAL
NACIONAL INDEPENDENTE ELECTRO CLUBE NACIONAL CIMERTEX ANGOLA NACIONAL CAIXA DO TESOURO NACIONAL
NACIONAL GOVERNO PROVINCIAL DE BENGUELA NACIONAL BRICOMAT - CONSTRUÇÃO MAQ. E FERRAM NACIONAL MEGA - COMERCIO E INDUSTRIA
NACIONAL DIGICOM, LDA NACIONAL BLOCO DE REPRESENTAÇÕES, SA NACIONAL A PALMEIRA
NACIONAL ARMAZENS LOBITO,LDA NACIONAL MSS CONSTRUTORA, LDA NACIONAL ORDEM DOS ENGENHEIROS DE ANGOLA
NACIONAL ZUID CASA HOLANDESA NACIONAL CLÍNICA SÃO LÁZARO NACIONAL ELECTRO MONTAGEM, LIMITADA
NACIONAL TRANSANET NACIONAL ELEKTRA - ELECTRICIDADE E ÁGUA DE A NACIONAL TRADING CONSTROI, LDA
NACIONAL TV RÁDIO,LDA NACIONAL SOTINCO NACIONAL INAPAD, COMÉRCIO GERAL
NACIONAL GES - PRESTAÇÃO DE SERVIÇO NACIONAL REFRIANGO NACIONAL FARMÁCIA DO CRUZEIRO
NACIONAL INFORMÁTICA & TECNOLOGIA, LDA NACIONAL CAIXA DE SEGURANCA SOCIAL/FAA NACIONAL TDA - COMÉRCIO E INDÚSTRIA, LDA
NACIONAL CEDICOM,LDA NACIONAL JOÃO AUGUSTO JUSTINO NACIONAL C.M. CORPORATION, COMÉRCIO GERAL, L
NACIONAL KATESSA KUMBI,LDA NACIONAL MOTA ENGIL NACIONAL SOAPRO - SOCIEDADE ANGOLANA DE PROJ
NACIONAL A.M.T.(ANGOLA)TRADING,LDA NACIONAL ELECTRO QUIMCAMI, LDA NACIONAL ASEA - ASSOC POWER UTIL AFRICA(EX-U
NACIONAL ALFÂNDEGA DO LOBITO NACIONAL LUKIA COMERCIAL, LDA NACIONAL GDRC (GRUPO DESP. REC. CULTURA
NACIONAL SÍNTESE - SOCIEDADE COMERCIAL NACIONAL CHINA NATIONAL RAILWAY NACIONAL MÁRIO ELÍDIO ALVES DE SOUSA
NACIONAL MOVICE,LDA NACIONAL AMÉLIA DA SILVA MOREIRA NACIONAL CEWIL´S, LDA ( EX ESTAÇÃO CONDUTA )
NACIONAL POWER CON - LDA NACIONAL SONEPRAL, LDA NACIONAL HERCULANO ÂNGELO MIGUEL (ENG. CIVIL
NACIONAL CAPA,LDA NACIONAL DALA COMERCIAL (EX - GRUPO MASSAPOLO NACIONAL GRUPO PAMEJO - COMÉRCIO & INDUSTRI
NACIONAL FABICOM NACIONAL ASSISTÊNCIA TÉCNICA AFONSO NACIONAL TOYOTA DE ANGOLA SARL
NACIONAL ANGO - ALFATH,LDA NACIONAL BEL BRIGADA ESPECIAL DE LIMP NACIONAL IELAGRO - CONSTRUÇÃO E OBRAS PUB
NACIONAL REPARTIÇÃO FISCAL DE FINANÇAS NACIONAL UPB - UNIDADE DE PRÉ-FABRICADOS DE NACIONAL SILUZ - DIST. ANGOLANA MAT.ELECTRIC
NACIONAL MAKIBER - DINSA NACIONAL DESPACHANTE JOAQUIM PEDRO NACIONAL BARLOWORLD EQUIPAMENTOS ANGOLA, LDA
NACIONAL WORLD TRADE CENTER LDA NACIONAL IMEXCO INVESTIMENTOS,LDA NACIONAL JUMBO - SOC.ANG.DISTRIBUIÇÃO, SARL
NACIONAL LUÍS R.COSTA - DESP.OFICIAL NACIONAL SOCINGER,LDA NACIONAL MOVICEL - TELECOMUNICAÇÕES, LDA
NACIONAL PEDRO XM VIEIRA - DESP.OFICIAL NACIONAL NDS - NILE DUTCH ÁFRICA LINE NACIONAL LUMINOSER - SERVIÇOS ENGENHARIA
NACIONAL DAVID JGC MOURA - DESP.OFICIAL NACIONAL SONANGOL PESQUISA E PRODUÇÃO NACIONAL GRUPO ZANGO
NACIONAL PECAR ANGOLA,LDA NACIONAL ORGANIZAÇÕES COSAL, LDA NACIONAL SAFRIC
NACIONAL ARTUR NZAU,LDA NACIONAL ILÍDIO FERNANDES DIAS & FILHOS,LDA NACIONAL ATELCAB - CONSTRUÇÕES E PROJ. ELECT
NACIONAL GRUPO CHILEMBO & FILHO NACIONAL ORGANIZAÇÕES ZEMAS - VENDA DE JORNA NACIONAL AQUA OCEANUS
NACIONAL DAVID VALENTIM - DESP.OFICIAL NACIONAL TELECTRINF - COMUNICAÇÕES ELECTRICI NACIONAL ESPERANÇA CONSTRUTORA, LDA -CONST.
NACIONAL DIR.P.ENERGIA E ÁGUAS - BENGUELA NACIONAL ELECTRO G. E. LDA NACIONAL MARIA JOSÉ DA CRUZ NAZARÉ
NACIONAL ALFÂNDEGA DE CABINDA NACIONAL AMI ( ANGOLA ), LDA NACIONAL JACINTO ALEXANDRE CANELA
NACIONAL ELECTRISAT,LDA NACIONAL ANGOLAUTO - COM.AUTOMÓVEIS, SARL NACIONAL AFONSO MENDES SANSÃO
NACIONAL PANDAMÓVEIS NACIONAL JOSÉ SIDÓNIO LIMA MARQUES NACIONAL JOÃO SEBASTIÃO
NACIONAL DAIMLER DEODATO CASSOMA SILVA NACIONAL PLANAD - PLANEAMENTO E INFORMATI NACIONAL TODAREDE
NACIONAL PAULO MANUEL DOMINGOS NACIONAL MARIA LAURENTINA DA SILVA TELE NACIONAL PRODUÇÕES PATRÍCIA FARIA
NACIONAL ESC - ELECTRO SPORT CLUBE NACIONAL WM CONSTRUÇÕES. LDA NACIONAL COMSER-COMÉRCIO E PRESTAÇÃO DE SERV
NACIONAL SOCIBORDA, LDA NACIONAL IRSEA-INSTITUTO REGUL.ELECTRICIDADE NACIONAL ANHERC, CONSTRUÇÃO CIVIL
NACIONAL GABRIEL LOPES DA SILVA BETTENC NACIONAL DMIM - ENGENHARIA ELÉCTRICA, LDA NACIONAL DSL - DIVISÃO DE SEGURANÇA.LDA
NACIONAL MARCOS MANUEL CONGO NACIONAL TRANSTER - COMÉRCIO, GERAL INTERNAC NACIONAL ELISAL-EMPRESA DE LIMPEZA E SANEAME
NACIONAL JOSÉ ANTÓNIO QUICALANGO NACIONAL TECNISAT COMMUNICATION INC, SA NACIONAL ZMN ENERGY ( COMÉRCIO INDÚSTRIA )
NACIONAL JACINTO AUGUSTO DIONÍSIO NACIONAL ODEBRECHT NACIONAL VANGEST - INSTALAÇÕES ESPECIAIS
NACIONAL DOMINGOS COMPRIDO MAGALHÃES NACIONAL RIPRO - EMPRESA COMÉRCIO E EQUIPAM NACIONAL EMPRESA JM
NACIONAL AMARILDO JOAQUIM CUNHA LUÍS NACIONAL COMATEL CONSTR. MANUT. SISTEMA NACIONAL FELINA TELECOMUNICAÇÕES
NACIONAL CAIL DA COSTA NACIONAL EMPREENDIMENTOS COMERCIAIS E I NACIONAL SICCAL IMOBILIÁRIA
NACIONAL ARMANDO JOSE KONDE NACIONAL MCIR PROJ INVEST E REPRESENT. COMER NACIONAL PROT SERVICE - DIVISÃO DE SEGUR
NACIONAL EMPRESA CASA C.NZINGA MBANDI NACIONAL DIMENSION DATA ANGOLA - ( ANTIGA S NACIONAL UNITEL S.A.
NACIONAL EMPRESA ROTA AMBIENTE NACIONAL EMEL - MONTAGENS ELÉCTRICA LDA NACIONAL FRAOLISA - COMÉRCIO GERAL
NACIONAL XUA TUA NACIONAL OAT (NÃO UTILIZAR) NACIONAL GEPEMA, LDA
NACIONAL CLÁUDIO LUCRÉCIO S CUTABIALA NACIONAL EDIÇÕES NOVEMBRO - EMPRESA PÚBLIC NACIONAL ACS - COMUNICAÇÕES E SISTEMAS
NACIONAL MANUEL ADÃO TAVARES NACIONAL JÚLIA MATILDE CASIMIRO NACIONAL JONCE
NACIONAL NEXTVALUE NACIONAL EMPRESA BRICK BY BRICK NACIONAL JOMAC - SERVIÇOS E REPRESENTAÇÕES
(Continua na pág. 20)
20 Sábado
29 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

NACIONAL PALMEIRA OFICINA DE AUTOMÓVEIS NACIONAL AUGUSTOS & AUGUSTOS - COM. SERVICOS NACIONAL AUTO ALARMES,LDA
NACIONAL AAA - SEGUROS LDA (ENE) NACIONAL JAGUIMAS, LDA (EX - ARCA) NACIONAL NETOFFICE - ARTES GRAFICAS
NACIONAL TOTAL E & P - EDIFÍCIO FOUNTON NACIONAL SOCISER, LDA - SOC. DO COM. IND. E NACIONAL JTDL HOLDING
NACIONAL AFRICANA - DISTRIBUIÇÃO EXPRESSO NACIONAL CHINA INTERNATIONAL FUND NACIONAL DUARTE SILVA
NACIONAL PINTO BASTOS - ANGOLA, LDA NACIONAL SOIMA - SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, NACIONAL OLIVEIRANA -SERVICE LIMITADA TRANSI
NACIONAL EMPRESA TRILUQUE NACIONAL SIVOL - SOCIEDADE DE INVEST. HOT NACIONAL MWANGOLE COMERCIAL
NACIONAL ELECTRO JÚPITER, LDA NACIONAL KOTA - KOTA COMÉRCIO GERAL & IND NACIONAL ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DO RAN
NACIONAL GRUPO SGO SARL NACIONAL HOTEL PRAIA MAR NACIONAL GLAKENI IMOBILIÁRIA
NACIONAL DJV - CONSULTORIA ECONOMIA NACIONAL F.A & F.J CONSTRUÇÕES ELÉCTRICAS NACIONAL ACAILANGOLA - INDÚSTRIA E COMÉRCIO
NACIONAL LUSHIS - LUANDA SHIPPING SERVI NACIONAL FIFI DE FIGUEIREDO LINO REIS NACIONAL LAUFER CONSTRUÇÕES
NACIONAL ANGODIS, LDA NACIONAL AMS GRUPO NACIONAL EDIFÍCIO METROPOLIS
NACIONAL NY - NZUZI YOWANY NACIONAL TENSÃO ANGOLA, LDA NACIONAL LUANDA MEDICAL CENTER
NACIONAL ENCIB - EMP NAC.DE CONST.INFRA.BASI NACIONAL EDIFÍCIO INGOMBOTA NACIONAL THS GESTÃO DE PROJECTOS E INVESTIME
NACIONAL INFORSIST CONSULTORIA INFORMÁTICA NACIONAL SONODEL - SOC. NOVA EQUIP. DIESE NACIONAL PV.SERVICE SAT SOLUÇÕES
NACIONAL SIAC - SERV. INTEG. DE ATEND. AO CI NACIONAL SOPESO - BUFFET NACIONAL JAV. DE JOÃO JUSTINO ANTÓNIO
NACIONAL ITA - INTERNET TECHNOLOGIES ANGOLA NACIONAL S2C - PROCIMENDO NACIONAL TRANSNUR (IMPORTE & EXPORTAÇÃO,LDA)
NACIONAL ABRELUZ PROJECTOS E ENERGIA NACIONAL OK GRUPO - SERVIÇOS DE ENGENHARIA, NACIONAL QUEIROS RIBEIROS
NACIONAL MULTITEL - SERVIÇOS DE TELECOMUNICA NACIONAL COCA COLA NACIONAL M.LONGA & FILHOS, LDA
NACIONAL FARNEL - COMÉRCIO GERAL, LDA NACIONAL EMPRESA CIVI OBRA NACIONAL UCALL
NACIONAL OLGABEL NACIONAL AVELINO BAMBI NACIONAL MILIART
NACIONAL SPFA - SOC. DE PART. FINANCEIRA NACIONAL JACINTA NDUNDUMA NACIONAL LCT - LUANDA CONSULTING TEAM
NACIONAL DIGLETON ASSET MANAGEMENT SA NACIONAL EMPRESA CSR NACIONAL TECNOTRONIC SISTEM
NACIONAL SOFTLIMITS ÁFRICA NACIONAL PASCOAL GABRIEL CAPITULE NACIONAL MAUANDA, LTD.
NACIONAL ENGIMAIS -ENGENHARIA CONSUL. IMOBIL NACIONAL EMPRESA SOCODIBO NACIONAL MM EDUARDO - COMÉRCIO E PRESTAÇÃO S
NACIONAL AGÊNCIAS NACIONAL EMPRESA BCOM/ GPL NACIONAL MACLU, LDA - GESTÃO DE EMPREENDIMENT
NACIONAL PRODIMAGEM - PRODUÇÃO E PROCES. NACIONAL MOHAMED BAJOH NACIONAL ELECTRO CASSUCULO
NACIONAL ELECTRO CAVEMBA NACIONAL TRENTYRE ANGOLA LIMITADA NACIONAL FUDAF & DISFIN, LDA
NACIONAL AFRA SANTOS E FILHOS, LDA NACIONAL EMPRESA SALUM NACIONAL BBS - ELECTRO COMERCIAL
NACIONAL NEXTIRA ONE SOLUÇÕES, LDA NACIONAL FLOPA COMÉRCIO & SERVIÇOS,LDA NACIONAL HEYEJ - COMERC. GERAL IMPORT EXPORT
NACIONAL SETEC - ENGENHARIA NACIONAL COPEBE - SECURITY SERVICE ANGOLA. NACIONAL BF - BRACOS & FILHOS
NACIONAL EMPRESA CS - EMPREENDIMENTO NACIONAL COMISSÃO MORADORES PT CHINGUAR NACIONAL FNAD COMÉRCIO GERAL, LDA
NACIONAL FRANCISCO DOMINGOS VUNGE NACIONAL MAN BETO - COMÉRCIO GERAL PREST. SE NACIONAL ESTRELA CANDENTE
NACIONAL FRANCISCO NUNES SOEIRO NACIONAL LIDIANA - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NACIONAL DELFINA HELENA TCHINGURI
NACIONAL EMPRESA RITA PROJECTOS NACIONAL MSC ANGOLA LDA NACIONAL ANGOÁREA
NACIONAL JOÃO JONES DA SILVA NACIONAL ALAMO INDÚSTRIA DE DESENVOLVI. FLOR NACIONAL FEFAC
NACIONAL EDS - ENGENHARIA E TELECOMUNICAÇÕES NACIONAL ATI - SERVIÇOS NACIONAL CARRUAGEM DOMINGOS DA COSTA
NACIONAL CONSTRUTORA ABRANTINA S.A NACIONAL BETOMAX NACIONAL MAKENNY - COMERCIO & PREST. DE SERV
NACIONAL ZAGOPE NACIONAL FOTO CÉSAR MORAIS NACIONAL JAIME TOMAS
NACIONAL RAMOS DAVID NACIONAL VSSB - GRUPO K & P NACIONAL TERRA ELÉCTRICA - ESTALAÇÕES ELECTR
NACIONAL EMPRESA GOLD SHOW NACIONAL DOMINGOS ALBINO NACIONAL S.A.A.A.T - COMÉRCIO GERAL, LDA
NACIONAL BANGA VIDAL BOSCO NACIONAL AUTO JOSÉ ANDRÉ FRANCISCO NACIONAL CASA MEDINE COMERCIAL
NACIONAL EMPRESA INESA NACIONAL TALGRUP - COMERCIAL, LDA NACIONAL FRIGOGEL - FRIO E CANALIZAÇÃO, LD
NACIONAL EMPRESA ANDRADE GUTIERREZ (AG) NACIONAL CONSTRUÇÃO ZEFERINOS, LDA NACIONAL DISTANCE - COMUNICAÇÕES
NACIONAL CLT - CENTRAL DE LOGÍSTICA NACIONAL BLUOSHEN C.H, LDA NACIONAL SWITCHCOM,LDA
NACIONAL EMPRESA LUPP NACIONAL CRL, LDA NACIONAL SDHS
NACIONAL EMPRESA OPP NACIONAL EMIS - EMPRESA INTERBANCÁRIA DE NACIONAL CLÁUDIA MARLENE ROMBA ALEXANDR
NACIONAL MARIA ERMELINDA CARVALHO NACIONAL AFRI BELG ANGOLA LIMITADA NACIONAL GRUPO JOQUELI, LDA
NACIONAL ANTÓNIO F. JOÃO SILVA NACIONAL ANGOCIFA - COMÉRCIO E REP EQUIP IND NACIONAL AFONSERVD LDA
NACIONAL EMPRESA DE ÁGUAS MINEIRAS - SA NACIONAL ADILSON BARTOLOMEU M. DA SILVA NACIONAL INFRASECURANGOLA
NACIONAL BJC - BERNARDINO DE JESUS DA CUNHA NACIONAL ANTÓNIO JOSÉ FRANCISCO NACIONAL TCB&FILHOS - COMÉRCIO GERAL PREST.S
NACIONAL GRUPO PITABEL - PRESTAÇÃO DE SER NACIONAL VR MÉDICA - EQUIP. M. H. ASSIST. TE NACIONAL COGIMBO MOBILIÁRIA, LDA
NACIONAL SONANGOL - JARDIM INFANTIL FUTUR NACIONAL MEGARENT, LDA NACIONAL XAVIER & FILHOS
NACIONAL MULTIPLA, LDA NACIONAL ANGOLA INVESTIMENTO IMOBILIÁRIA NACIONAL CAXITEZ - O FRIO DESEJADO, LDA
NACIONAL MILLENNIUM BCP NACIONAL MIGUEL QUISSANGA, LDA NACIONAL AFRILOG - TRANSPORTES E PREST. SERV
NACIONAL VICENTE JOÃO ANTÓNIO NACIONAL CLÍNICA GIRASSOL NACIONAL NOVIC PROJECTOS, LDA
NACIONAL INSTITUTO NACIONAL DE LUTA CON NACIONAL MEGAWATT, LDA NACIONAL BARCA CONSTRUÇÕES, LDA
NACIONAL CABIRE ALIMENTOS LDA NACIONAL G4S - SEGURANCA NACIONAL LUANDATUBO, LDA
NACIONAL PARÓQUIA SANTO ANTÓNIO NACIONAL TORRES DO CARMO - PROJ. IMOB. CO NACIONAL PRESTE SERVICOS, LDA
NACIONAL NATÉRCIA MARIA MATEUS NACIONAL EMACIR, LDA - COMÉRCIO GERAL E PREST NACIONAL A.J.S.A - ACESSÓRIOS LDA
NACIONAL AYAGOUR - PRESTAÇÃO DE SERVICOS, LD NACIONAL ECILOFFICE - MOBILIÁRIO E ART. ESCR NACIONAL ROBERT HUDSON - GRUPO SALVADOR
NACIONAL ELECTRON - COMÉRCIO PRESTAÇÃO DE SE NACIONAL EDIFÍCIO PLATINIUM NACIONAL BBMK - ENERGIA E SERVIÇOS, LDA
NACIONAL REAL TÉCNICA - COMÉRCIO GERAL, LDA NACIONAL HABIQUATRO - ARQUITECTURA E ENGEN NACIONAL NEPECYME, LDA
NACIONAL MAGDA SANTOS NACIONAL SOIMOB - SOCIEDADE IMOBILIÁRIA NACIONAL OJ - PRESTAÇAO SERVICOS IMPORT E EX
NACIONAL CASA MILITAR DA PRESIDÊNCIA NACIONAL DIRECÇÃO PROV. DA JUVENTUDE E NACIONAL TRANSMULEMBA - PRESTAÇÃO DE SERVI
NACIONAL NVUNDA VICTOR TAVARES RIBEIRO NACIONAL WANDERSON J. GUIMARÃES BAIA NACIONAL THINK TANK - MARKETING & COMUNICA
NACIONAL EMPRESA EFACOM NACIONAL NOVINVEST NACIONAL EMPRESA DE TRANS DURAN
NACIONAL EMPRESA ALGARVE NACIONAL ANA LINDEZA NELSON NACIONAL JOSÉ MIGUEL PAULO FRANCISCO
NACIONAL ENVIROBAC NACIONAL SANNAH FATI NACIONAL EMPRESA SINOHYDRO MABUBAS
NACIONAL FERNANDO SAMUEL NACIONAL DANAY - PRESTAÇÃO DE SERVICOS, LD NACIONAL EMPRESA PONTES TRANSP. RESÍDIO
NACIONAL AFRITRACK ANGOLA NACIONAL MAKUTOMBELA EMPREENDIMENTOS, LDAS NACIONAL CUTI D. ANTÓNIO
NACIONAL JOÃO ISLONE CORREIRA NACIONAL NOVA BASE - SIST DE INF. E TELECOMU NACIONAL NEDIO DA CONCEIÇÃO
NACIONAL VERNON ANGOLA SERVICE, LDA NACIONAL SPORT ÁFRICA - COMÉRCIO DE REPRESEN NACIONAL ANTÓNIO FREDERICO CHIVANDA
NACIONAL TELEMIO - SERVIÇOS DE ENERGIA NACIONAL FILIPE & MENDES, LDA NACIONAL RIVANGOLA
NACIONAL GRUPO DUO DECIMUS NACIONAL PRESILD NACIONAL NELJOCAM SERVICE
NACIONAL BANCO ESPÍRITO SANTO DE ANGOLA NACIONAL SABINO FRANCISCO MUHONGO NACIONAL ANTÓNIO DE OLIVEIRA BESSA
NACIONAL EMPRESA IMBONDEX TURÍSTICO NACIONAL TRANSITA AFRICA NACIONAL ZEFERINO JOAQUIM DIAS
NACIONAL JOÃO COXE NACIONAL EDIR NACIONAL FELIZARDO MANUEL
NACIONAL MOAGEM KIANDA NACIONAL M.I - MAMBOTE INDUSTRIAL SERV. TECN NACIONAL ANTÓNIO PEDRO
NACIONAL ALFACLEAN NACIONAL TEMALUX EX(ACA) NACIONAL ESCENDO VENTURE S.A
NACIONAL ORGANIZAÇÕES AJOMA, LDA NACIONAL EMPRESA GNO NACIONAL NETWORKING SOLUTIONS
NACIONAL PEDRO & FILHOS - AGENTE AUTORIZAD NACIONAL ISABEL PELIGANGA NACIONAL ANGODIMA - COMÉRCIO GERAL
NACIONAL TO - BE ANGOLA NACIONAL EMPRESA - YHTEC NACIONAL EMPRESA MUNDIAL SEGUROS
NACIONAL BIVAC - BUREAU VERITAS ANGOLA NACIONAL EMPRESA - ITEL NACIONAL EDSON P. V. I. SANTANA
NACIONAL SOPREL -SOCIEDADE PREST.SERV.ELECT. NACIONAL EMPRESA - RIANGO LDA NACIONAL GRUDECOM, LDA
NACIONAL FIMA - CICGAT - CONSTR ELECT. E COM NACIONAL NSIMBA JOÃO NACIONAL EMPRESA NGOLA LATINA
NACIONAL ALBERTINA ADRIANO BAIÃO NACIONAL ELECTRO BANHA NACIONAL GEOTACAL, LDA
NACIONAL HORUS ANGOLA,PLANIF.TRANS.INTE NACIONAL FAUSTINO DIVA NACIONAL NEXTER PRIME(CONSULTORIA E FORMAÇÃO
NACIONAL CORREIOS DE ANGOLA - UNIDADE DE NACIONAL J.C - CREDO & FILHO, LDA NACIONAL REBANORTE,LDA
NACIONAL ELECTRO CASSINDA, LDA NACIONAL A.N. COMERCIAL NACIONAL BFCP.LDA
NACIONAL KIBALA COMERCIAL(EX - COMEHOTEL) NACIONAL AUTO FILA SANTOS - REPARAÇÕES GER NACIONAL ITG INTERNATIONAL TRADING GROUP LDT
NACIONAL COTEC - COMÉRCIO GERAL-OBRAS-TECNOL NACIONAL MONTE ADRIANO ENGENHARIA & CON NACIONAL MATLUM SERVICE, LDA
NACIONAL GELADARIA - JOÃO JORGE LUCAS NACIONAL IMACA - SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, NACIONAL COJCC
NACIONAL JOSÉ MATEUS DE ADELINO PEIXOTO NACIONAL MAMADOU CISSE NACIONAL NCLB - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E COME
NACIONAL JAP - PRESTAÇÃO DE SERV. ELECTRIC NACIONAL GEORGINA LISBOA TUMBA NACIONAL MAYACOM
NACIONAL PML - PAUL MALONGUE, LDA NACIONAL LUCIANO SACOCOMBE CATIMBA NACIONAL EMPRESA GREAT GANECHA
NACIONAL ANGOELECTRICA - SOC. DIST. MAT. ELE NACIONAL JACINTA AVELINO DOS SANTOS NACIONAL EMPRESA NELSON GAMA
NACIONAL SAPIEX, LDA NACIONAL ORGANISMOS PÚBLICAS NACIONAL EMPRESA MARTINS KATOTO
NACIONAL DIDOSIL - INVESTIMENTOS, LDA NACIONAL AUTO NESSA NACIONAL EMPRESA MIADAS
NACIONAL GEMINI - GESTÃO DE EMPREENDIMENTO NACIONAL HUANMEI INTERNACIONAL, LDA NACIONAL STARCHCOM
NACIONAL ALBERTO MIGUEL NACIONAL SYMATEL - SIST. MANUT. ASSIST. TECN NACIONAL CSV - COMÉRCIO & PRESTAÇÃO DE SER
NACIONAL ERNESTO BASÍLIO DOS SANTOS NACIONAL CORPORAÇÃO BAXANA PROJECTOS SA NACIONAL ORGANIZAÇÕES SOL DO HORIZONTE,LDA
NACIONAL MGL - PROJECTOS FISCAL. PREST. SERV NACIONAL ADMD & FILHOS, LDA NACIONAL AUDIFECA,LDA
NACIONAL CHAMAVO E COMPANHIA, LDA NACIONAL DOMINGOS ALVES JOÃO SAMBARGO NACIONAL DPDF - COMÉRCIO E SERVIÇOS
NACIONAL MATERNIDADE LUCRÉCIA PAIM NACIONAL KANDANGA COMERCIAL NACIONAL COMANDO MUNICIPAL DA POLÍCIA D
NACIONAL YOLA COMERCIAL NACIONAL ROSÁRIA DE FÁTIMA DOMINGOS NACIONAL INDRA - SISTEMAS PORTUGAL, SA
NACIONAL ESCOLA NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO NACIONAL VISAUTO - REPARAÇÕES AUTO, LDA NACIONAL ELSA ISABEL MAHEMA
NACIONAL CUNHA E IRMÃO, SA NACIONAL EDUSILPE - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, L NACIONAL MARIA SALETE S. C. RUFINO
NACIONAL DELMAS NACIONAL JOC, LDA NACIONAL IBERINSTAL - LINHAS E EQUIPAMENTO
NACIONAL FDO - ABB ENGENHARIA, LDA NACIONAL CLEAN SYSTEM, LDA LIMPEZA INDUST E NACIONAL MILBRIDGE HOLDING, SA
NACIONAL M3M (EX EFIGENIA) NACIONAL CND - COMPANHIA NACIONAL DE DIST NACIONAL ZEFERINO JOAQUIM TENENTE
NACIONAL KAMBULUNGO (EX EDUMARC) NACIONAL U UA EMPREENDIMENTOS LDA NACIONAL XU CHENG BIM
NACIONAL CASA ONJILA - ONJITECH NACIONAL ANJOLCA TRANDING,LDA NACIONAL LUTUIMA ESTÊVES ULAMBO
NACIONAL ORGANIZAÇÕES QUINDONGO NACIONAL SHOPRITE SUPERMERCADO NACIONAL CECÍLIA NATÁLIA M.RANGEL
NACIONAL OLIMENDES - CONSTRUÇÃO E ENGENHARIA NACIONAL NOLIMITS - CONSULTING NACIONAL EMPRESA ZOU YUANHUA
NACIONAL MPG - MAURO PASCOAL GONGA NACIONAL ZUME - SOCIEDADE DE ENGENHARIA, S NACIONAL ELECTRO LUMATI, LDA
NACIONAL ALUKA - GESTÃO DE EMPREEDIMENTOS LD NACIONAL FIPROGEST FISC. PROJECTOS E GESTAO NACIONAL EMPRESA CHINESA MCA
(Continua na pág. 21)
Sábado
29 de Setembro de 2018 21
PUBLICIDADE

NACIONAL FERNANDO A. DOMINGOS NACIONAL SAMANYONGA - COMUNIC - INTEGRADA NACIONAL OLIVEIRA & LIGEIRO, LDA
NACIONAL TRANSPORTES A & B NACIONAL MELITA - GESTÃO DE EMPREENDIME NACIONAL AGOSTINHO SILVA SIMÃO & Cº LDA
NACIONAL ABQ - ENGENHARIA E SERVIÇOS, LDA NACIONAL SLE - COMÉRCIO E IND. MATERIAL ELEC NACIONAL FARMÁCIA BETITEX
NACIONAL SAESP - ACADEMIA BAI NACIONAL PASCOAL ADRIANA BENGUELA NACIONAL GDS - GESTÃO, DES. SERVIÇO, LDA
NACIONAL MANUEL PRATA SILVA NACIONAL ADELINO VAZ DE CARVALHO NACIONAL OPCA - OBRAS PUB. CIM. ARM,SA
NACIONAL AFRITRUCK NACIONAL A.R.C. ( CARLOS SOARES DIAS) NACIONAL RESTAURANTE MINDELO
NACIONAL GDK ANGOLA NACIONAL UNIDADE ANTI - TERROR (MANUEL) NACIONAL CLÍNICA GRAND. MURALHA DA CHINA
NACIONAL TELA SEBASTIÃO DOMINGOS NACIONAL ESCOLA DE ARMAMNETO E ELECTRON NACIONAL MPC
NACIONAL QUEIROZ GALVÃO NACIONAL ASM - ANGOLA SCHOOL OF MANAGEMENT NACIONAL J.B.P LDA.
NACIONAL WALTER JORGE OCTÁVIO RIBEIRO D NACIONAL MONTE JOEL - CONST. CIVIL PRET. SER NACIONAL GRUPO AFRICAMPOS, LDA
NACIONAL MACAMBO DANIEL NACIONAL AUTO MANIA NACIONAL TRANSALCAR, LDA
NACIONAL NICOLAU MANUEL FRANCISCO NACIONAL PTA AGUAS, LDA - SAUBABEL NACIONAL TESMI ANGOLA
NACIONAL EMPRESA CHINESA EDISON CONSTRU NACIONAL JOSE ANTÓNIO FERNANDES CORREIA NACIONAL RESTAURANTE SNACK REX - BAR
NACIONAL TRANSMAKA, LDA NACIONAL DIOGO PINTO MANUEL NACIONAL HOTEL RITZ
NACIONAL EMPRESA SOLISAQUI NACIONAL TRANSOCEANICA. SA NACIONAL LCC - LUANDA COMUNICATION CENTER
NACIONAL ROSÁRIO FELISMINA MIGUEL NACIONAL ESPLANADA GRILL NACIONAL SRC
NACIONAL EMPRESA MONTRA, LDA NACIONAL EMPRESA VISTA NACIONAL PROFRIO, LDA
NACIONAL LUCAS HIGINO - HIGINO E FILHO NACIONAL ADELINO PAKISI MANUEL LUSATI NACIONAL MES - COMÉRCIO E INDÚSTRIA
NACIONAL GRUPO SASSANGA & SANGABI NACIONAL JMF - CONSTRUÇÃO E ENGENHARIA NACIONAL DA SILVA COMERCIAL, LDA
NACIONAL CARVALHO NAVIO DOMINGOS NACIONAL HSA - HANDLESERV SINTIMEX ANGOLA NACIONAL EASB, EP
NACIONAL IVO DAS NEVES TAVARES DE MATOS NACIONAL CK - CASA KOKIESSE NACIONAL EASL, EP
NACIONAL COLÉGIO DA SILVA NACIONAL TENSÃO PORTUGAL COMÉRCIO INDUST. MA NACIONAL COMPLEXO HOTELEIRO CAPRI, LDA
NACIONAL BRUNIELA - CONSTRUÇÕES, LDA NACIONAL ELECTRO GAMA LDA NACIONAL NETWORK, LDA
NACIONAL TELL - IT, INTEGRAÇÃO DE SISTEMA NACIONAL OSFER & FILHOS NACIONAL TRANSCARGO
NACIONAL EMPRESA CHINESA Z&L NACIONAL ACM COMÉRCIO GERAL PREST. SERVIÇO NACIONAL JOBSELECTRO
NACIONAL EMPRESA CHINA TEC NACIONAL AMA COMÉRCIO GERAL NACIONAL SOCIEDADE YASMINE
NACIONAL JÚLIO MANUEL MONTEIRO DA COSTA NACIONAL NGUIVE COMÉRCIO GERAL NACIONAL TUBIACANGA - NAMIBE
NACIONAL PC, S NET NACIONAL EMPRESA TRIAMBIENTE NACIONAL RESUL - EQUIP DE ENERGIA, SA
NACIONAL PLURITEL - TECNOLOGIAS, LDA NACIONAL SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA EXTERN NACIONAL SEL
NACIONAL FLOTEK - RADICAL INVESTMENTS PTY LT NACIONAL FELICIANO FERNANDES JORGE NACIONAL MACHADO & FILHOS, LDA
NACIONAL INSTITUTO MÉDIO ECONOMIA LLL NACIONAL SERVELECTRA NACIONAL COMPLEXO MAR SOL
NACIONAL DIMIDIE, LDA NACIONAL CASA HEBO NACIONAL ELEKTRA,SA
NACIONAL POSTEREDE ANGOLA, SA NACIONAL MARIA MANUELA DE JESUS MENDES NACIONAL SDV - AMI ANGOLA, LDA
NACIONAL RACHEL´S COMÉRCIO, INDUST. PREST,SE NACIONAL EDIFÍCIO MOCANDA NACIONAL BARROS E TATI, LDA
NACIONAL DOMINGOS MANUEL DE SOUSA NACIONAL ELAN - ELECTRICIDADE E MONT. ANGO NACIONAL SNACK BAR O BURACO
NACIONAL COMISSÃO DE MORADORES CONDOMIN NACIONAL JOSEFINA A.DE PALMA E COSTA NACIONAL CFL - CAM. FERRO DE LUANDA
NACIONAL KINAXIXI EMPREENDIMENTOS IMOBI NACIONAL LIEMA, LDA NACIONAL CIPRES
NACIONAL ELETCO, LDA NACIONAL DAVID GARCIA DOMINGOS NACIONAL ROSIPINTO - COMÉRCIO GERAL
NACIONAL VIMA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS,LDA NACIONAL PROJECSONHO, ENGENHARIA & PROJECTOS NACIONAL MEDICRISAL, LDA
NACIONAL J. J. MANGO NACIONAL ORGANIZAÇÕES ANY, LDA NACIONAL ABC - ANGALAN BUS. CORPORATION
NACIONAL SHOPTECH NACIONAL CARLOS SALVADOR PAULO NACIONAL XANDYFOOD
NACIONAL ALDAIR JOSÉ CAZELE NACIONAL MERLINE - LDA NACIONAL DIOCESE DE NOVO REDONDO
NACIONAL LOANDA TOWER NACIONAL CZARGIFT NACIONAL VIRPIBRAS
NACIONAL ATCHI - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, LD NACIONAL LOBCOM, LDA NACIONAL AB&S, LDA
NACIONAL IMPERIO LOENGO MARKETING NACIONAL CLIDOPA ANGOLA NACIONAL CAPA, ENGENHARIA DE ANGOLA, LDA
NACIONAL G&CA - CONSULTORIA & AUDITORIA NACIONAL JEDASTRUCT CONSTRUÇÃO CIVIL PR NACIONAL JOSICA - CONST. CIVIL
NACIONAL AP. SERVICES,S.A. ANGOLANS PETR NACIONAL SERVIENERGY NACIONAL TRANSPORTE EDGAR
NACIONAL MOCAPO, LDA COMÉRCIO E PRESTAÇÃO SE NACIONAL AUTO VARET NACIONAL JV ANSALDO - VEI IN A FORM CC
NACIONAL MACHIMPOR NACIONAL CISAP - SEGURANÇA E SERVIÇO NACIONAL ANGOCAN, LDA
NACIONAL WILMEDIF - COMÉRCIO GERAL EXPORT& I NACIONAL NOSSO CENTRO GAMEK NACIONAL LÓGICA
NACIONAL GRUPO V & D NACIONAL EMPRESA HS NACIONAL PTA - ÁGUAS, LDA
NACIONAL R.P - EMPRESA DE PRESTAÇÃO DE SERV NACIONAL EMPRESA EDIFÍCIO ZIMBO TOWER NACIONAL SO PNEUS E BATERIAS, LDA
NACIONAL OTSAN NACIONAL ANICETO PEDRO BAMUELA NACIONAL ERA - ENERGIAS RENOV. ANGOLA
NACIONAL XANDY - GESTÃO ALIMENTAR NACIONAL SIMÃO CASTRO MARQUES NACIONAL POSTO ENFERMAGEM DOM DE GRAÇA
NACIONAL VAO VAO SEGURANÇA E SISTEMAS NACIONAL STARTEL SA NACIONAL CASA ZINGA
NACIONAL JUDONA AFRICA LDA, ENGENHARIA NACIONAL HOTEL PALM BEACH NACIONAL DILCO PTY LTD
NACIONAL ANTÓNIO JOAQUIM GAUDÊNCIO CORR NACIONAL BT MT. INDUST. APARELHAGEM BT & MT CA NACIONAL SOMA SERVIÇOS
NACIONAL SOCASSEM - SEGURCA PRIVADA LDA NACIONAL AURECON ANGOLA NACIONAL ADÃO JOÃO MANUEL - DESP. OFICIAL
NACIONAL SS,LDA SECURITY SERVICES NACIONAL EZONA PROFISSIONAL TRAINING NACIONAL GRAFVICO, LDA
NACIONAL DÁRIO MIGUEL NACIONAL ACÁCIO TAVARES IRMÃOS NACIONAL CSN, LDA
NACIONAL EMPRESA QUEIROIS, ANGOLA NACIONAL JAT JEMBAS ASSISTÊNCIA TÉCNICA NACIONAL CONSUL. MÉDICO ESPELHO DA SAÚDE
NACIONAL CLÍNICA DO GAMEK (QUALIDADE,LDA SERV NACIONAL AUTO ZUID, LDA NACIONAL LANCHONETE LUCRÉCIA
NACIONAL TELP - TELECOMUNICAÇÕES & SOLUÇÕES NACIONAL CENTREL NACIONAL LANCHONETE LOURDES & FILHOS
NACIONAL EDG - POSTO DE COBRANÇA DE ENERGIA NACIONAL COMETA NACIONAL DOTNET/ENGENHARIA E SERVIÇOS
NACIONAL RJD - LIMITADA NACIONAL EMP NAC CORR TELEG ANGOLA UEE NACIONAL LOGOS, EQUIPAMENTOS & SERVIÇOS
NACIONAL ELECTRO - GENIFER NACIONAL EMP PORTUÁRIA DE CABINDA NACIONAL SERVPORT
NACIONAL ORGANIZAÇÕES DAVID E FILHOS NACIONAL ENCEL UEE NACIONAL ETERNA CERIMONIAL FÚNEBRE
NACIONAL DRAGO INFRA-ESTRUTURA, LDA NACIONAL ENCISA,LDA NACIONAL JNC
NACIONAL EMPRESA COSTICO NACIONAL GASKIN,LDA NACIONAL PROBET
NACIONAL EMPRESA CASAIS NACIONAL HOTEL MAYOMBE NACIONAL NCC - IMPORT - EXPORT
NACIONAL CELSO CORREIA DAS DORES FERNAN NACIONAL INEA NACIONAL ESPLANADA BAR LEBI
NACIONAL CONGREGAÇÃO MIRAMIAR NACIONAL INTELSER, LDA NACIONAL OFICINA AGUINALDO MALAMBO
NACIONAL TECNOVIA ANGOLA NACIONAL JORNAL DE ANGOLA NACIONAL CAMINHO-DE-FERRO DE LUANDA
NACIONAL EMPRESA LPF NACIONAL LUSOLANDA NACIONAL LESTE VERMELHO
NACIONAL ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DO SAM NACIONAL NISSAN - CABINDA NACIONAL ELECTR EVANDO, LDA
NACIONAL EMPRESA LYON TRILUQUE NACIONAL NISSAN TDA NACIONAL INZO CONSTRÓI
NACIONAL ANTEROS SOC.C.CIVIL OBRAS PUBL NACIONAL PLANAD NACIONAL TRANSCOM
NACIONAL INOTEC NACIONAL RÁDIO NACIONAL DE ANGOLA NACIONAL QUARTO CRESCENTE ANGOLA, LDA
NACIONAL CAMARGO CORREIA NACIONAL RECAUCHUTAGEM TORR. DE CABINDA NACIONAL LANCHONETE TIA LAURA
NACIONAL LUÍS PEDRO ALBERTO FRANCISCO NACIONAL ROCHA MONTEIRO NACIONAL ALFÂNDEGA
NACIONAL AVELINO NETO G. DOMINGOS NACIONAL SONANGALP NACIONAL TRACTOLANDIA,
NACIONAL EMPRESA MTL NACIONAL TAAG NACIONAL ORGANIZAÇÕES LUA NOVA, LDA
NACIONAL EMPRESA CHINESA NANTONG NACIONAL MARCENARIA - FERNANDO TEMBO NACIONAL GRIMALDI (ANGOLA), NAVEG.TRANSIT
NACIONAL ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DA MAI NACIONAL EMPRESA PORTUÁRIA DO LOBITO NACIONAL TOSKAN - PUBLICITÁRIO EDITOR
NACIONAL EMPRESA G.H.C.B. CHINESA NACIONAL LEONOR CARRINHO - CATERING NACIONAL KATIT´OS RESIDENCIAL
NACIONAL EMPRESA METROEUROPA NACIONAL FILORESMA NACIONAL ASSISTEC JP, LDA
NACIONAL EMPRESA CERTAVE NACIONAL LANCHONETE PRISMA NACIONAL RECOLIX
NACIONAL EMPRESA AUGUSTOS AUGUSTOS (NÃO NACIONAL DELEG. PROV. HABIT. CABINDA NACIONAL SP - SERPORT
NACIONAL EMPRESA TERRA VIA, LDA NACIONAL CASANOVA DE A. HERJI NACIONAL UNICARGAS
NACIONAL EMPRESA GHCB CHINESA/GRN NACIONAL S.E.M.T. - PIELSTCK NACIONAL INFRASAT
NACIONAL EMPRESA TRANSMARP NACIONAL HOTEL MOÇÂMEDES NACIONAL CSR - TRANSGRUA
NACIONAL JOSÉ MEBANZO GUERRA NACIONAL HOTEL TIVOLI NACIONAL CENTRAL FARMACÉUTICA
NACIONAL JORGE FERNANDO CALADO NACIONAL R.T.C. NACIONAL FAYOL LOGÍSTICA
NACIONAL EMPRESA CONCEIÇÃO CRISTÓVÃO PI NACIONAL G. G.LDA NACIONAL DISL & FILHOS
NACIONAL JOÃO DE NASCIMENTO DE JESUS NACIONAL LOBINET NACIONAL MELIK - COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES
NACIONAL SECRETARIA DE ESTADO DAS ÁGUAS NACIONAL MULTIMAC (ANGOLA) NACIONAL FERNANDA C. L. ESTANQUEIRO REIS
NACIONAL EMPRESA ASC - ANGOLA STEEL CORPO NACIONAL MASAMO, LDA NACIONAL RS DIVERS, LDA
NACIONAL CARMAR, LDA NACIONAL GSP - CONSULTORIA & GESTÃO NACIONAL RESTAURANTE O TEMPERO
NACIONAL C.R ROCA INVESTIMENTOS LDA NACIONAL TRANSGUEDES, LDA NACIONAL STAND C. BENJAMIN
NACIONAL ESI LDA NACIONAL PEUGEOT - COMÉRCIO DE AUTOMÓVEIS NACIONAL LANCHONETE JAD & FILHOS
NACIONAL JOSÉ PAULO OLIVEIRA SILA PINTO NACIONAL KPMG NACIONAL ORGANIZAÇÕES CACHUPA
NACIONAL OPS - SERVIÇOS PRODUÇÃO PETROL NACIONAL SOCODEL, LDA NACIONAL RESTAURANTE BAR YELICA
NACIONAL POLINA GESTÃO EMPRENDIMENTOS NACIONAL HOTEL PÔR-DO-SOL NACIONAL JOAQUIM PAULO BRANCO
NACIONAL GESTIMÓVEIS S.A NACIONAL T.S.E. NACIONAL CAMPOS OCULISTA
NACIONAL ESCOM - GRUPO ESPÍRITO SANTO IMO NACIONAL DAVID VALENTIM NACIONAL OBRANGOL ENGENHARIA, LDA
NACIONAL EMPRESA KIMVWA NACIONAL AUTO - SUECO (ANGOLA) NACIONAL SOGESTER
NACIONAL EMPRESA TOPEGEL NACIONAL ADAPAQUISSI NACIONAL EGE - ELECTRO GE, LDA
NACIONAL EMPRESA PABLO JOAQUIM BARROSO NACIONAL ORGANIZAÇÕES ADELINOF.B. PINA NACIONAL JC
NACIONAL EMPRESA RANGOL NACIONAL POWERCON, LDA NACIONAL MEDIAG
NACIONAL EMPRESA ANTÓNIO JACINTO SODRE NACIONAL AFRICANO, LDA NACIONAL CONSTRU - TECNO
NACIONAL SONANGOL - DISTRIBUIDORA NACIONAL TEG SARL NACIONAL HIPERPROTEÇÃO,LDA
NACIONAL DANIEL FERNANDO CAMUENO NACIONAL HOTEL SOL NACIONAL NACIONAL SOCASSEM, LDA
NACIONAL SIEMENS, SA NACIONAL UNIONE NACIONAL A MUNDIAL SEGURO
NACIONAL FLÁVIO SALOR ANTÓNIO NACIONAL TRANSLIDER,LDA NACIONAL GETMA SHIPPING ANGOLA, LDA
NACIONAL PROEF - ENERGIAS DE ANGOLA NACIONAL EAL - EDIÇÕES ANGOLA,LDA NACIONAL MT - MULTERMINAIS,LDA
NACIONAL POWERGOL - ENG. COM. INDUST. ANGOL NACIONAL ETECONS,LDA NACIONAL ELECTRICA SOS 24H
(Continua na pág. 22)
22 Sábado
29 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

NACIONAL AGIMAF,LDA NACIONAL MOSEL,LD NACIONAL AUTO COMPETIÇÃO ANGOLA, LDA


NACIONAL MOMBAKA INDUST. CONST. IMOB.LDA NACIONAL ABC - GENIUS, LDA NACIONAL ORGANIZAÇÕES VERIAL, LDA
NACIONAL POWER TRAINING, LDA NACIONAL GRUPO KANDALA NACIONAL ROSA COSTA FERREIRA DA COSTA
NACIONAL TRANS GIL - TRANSPORTES, LDA NACIONAL SEGURAZE, LDA NACIONAL BERNARDO JOÃO MANUEL
NACIONAL ELIGUNEI, LDA NACIONAL PROMETEUS NACIONAL ULTL - UNIDADE TÉCNICA LUANDA
NACIONAL MAJOTA, LDA NACIONAL DINELIA NACIONAL MARQUES MALUNDO PANDA
NACIONAL CASA COMERCIAL MASSIALA NACIONAL TRANSPORTES E.D.T,LDA NACIONAL EMPRESA PROJECTO AL
NACIONAL J.T.G PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NACIONAL ESTAÇÃO DE SERVIÇO 8 DE FEV. NACIONAL RAYMUNDO AGUILERA FONSECA
NACIONAL NIPSA - PEC NACIONAL GRUPO SORTEREX, LDA NACIONAL EMPRESA CHINESA PENG SHEN
NACIONAL OP - ORGANIZAÇÕES PEDROSA NACIONAL LETAUK - AV LDA NACIONAL JIMINESE DOS SANTOS MANUEL
NACIONAL CASA MASSIALA NACIONAL PROREDES,UTILITIES,SA NACIONAL BERNARDO CHIUCA CHISSANGO KANI
NACIONAL MIGUEL KENGE NACIONAL MATI - ICE NACIONAL ZIDIANO BRAVO PAULO
NACIONAL CCCF NACIONAL AUZURU NACIONAL ANTÓNIO KITUMBA ALMEIDA
NACIONAL TECNIMED, LDA NACIONAL DA ROCHA - CONSTRUÇÃO CIVIL NACIONAL JOÃO MANUEL BARTOLOMEU CUNHA
NACIONAL TRANSGRUA NACIONAL SPACE PROJECT, LDA NACIONAL MIGUEL JANÚARIO
NACIONAL SIQUEL TRANSPORTES, LDA NACIONAL ELECTRICARM NACIONAL JORDAN KENEDY DA ROCHA CAMBOXE
NACIONAL ISAAC INDUSTRIES CO., LTD NACIONAL ROMASY & FILHOS NACIONAL EMPRESA CARMON
NACIONAL SOMOLUZ NACIONAL GET TRAINING - ACADEMY CENTER NACIONAL EMPRESA SEGUTEC
NACIONAL BARRALM, LDA NACIONAL INDERGOLA NACIONAL JOAQUIM MARTINS BALA
NACIONAL BAMARO, LDA NACIONAL FIALHO & PAULO, LDA NACIONAL DELFINA KULOIA
NACIONAL MARAFASHION NACIONAL HOLD HÉLDER HOTAVIANO L. DIOGO NACIONAL ANDRÉ JOAQUIM GASPAR
NACIONAL LUMAFIL, LDA NACIONAL M.A.F,LDA NACIONAL VICTOR GARCIA BERAS
NACIONAL SILVA ÁGUAS, LDA NACIONAL RICAMIL COMERCIAL, LDA NACIONAL GONCALVES PINHEIRO MANUEL
NACIONAL NATCO - TRANSPORT. INTERNACIONAIS NACIONAL CELSO PASCOAL COMERCIAL, LDA NACIONAL CLÁUDIO MARCELA CHILUNDA
NACIONAL CPBKL NACIONAL ORGANIZAÇÕES FRALOUVAZ NACIONAL ANABELA FRANCISCO
NACIONAL PUMANGOL, LDA NACIONAL TURBOTEST ANGOLA, SA NACIONAL DOMINGOS ALFREDO ANDRÉ
NACIONAL EL & EL CONSTRUÇÕES, LDA NACIONAL DINO FILM - SOM & IMAGEM, LDA NACIONAL DANIEL SUNGUAHANGA SAMPAIO
NACIONAL RP - PREST. SERVIÇOS E EVENTOS NACIONAL PAGINAS AMARELAS NACIONAL ANTÓNIO AUGUSTO OLIVEIRA
NACIONAL MONTE ADRIANO NACIONAL FORCE III NACIONAL ENGEVIA PT
NACIONAL MANSUDAE GROUP, LDA NACIONAL CME AFRICA NACIONAL EMPRESA SANTIBRAGA
NACIONAL ANGOLA AOWDA INTERNACIONAL, LDA NACIONAL ISCA & FILHOS, LIMITADA NACIONAL EMPRESA ANGOLABEST
NACIONAL CRISTAIS EVENTOS, LDA NACIONAL TRANSGORDO NACIONAL SAMUEL HEBO MUSSONGA
NACIONAL GIABI, LDA NACIONAL ADRIANO SIMÃO DE CASTRO NACIONAL AGÊNCIA DE GÁS - ORGANIZAÇÕES
NACIONAL HILARIJOR, LDA NACIONAL JULIETA COMERCIAL NACIONAL ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL CAZENG
NACIONAL J.GOMES CONSTRUÇÕES, LDA NACIONAL ELECTROCELSO NACIONAL EKAPA
NACIONAL BC - BANDECAN COMERCIAL,LDA NACIONAL ORGANIZAÇÕES SANIA & KIFUO, LDA NACIONAL RAJ ENERGETICA, LDA
NACIONAL MESAN CLEANING,LDA NACIONAL COPY & SERVICE NACIONAL COSTA HOTEL
NACIONAL CLÍNICA MULEMBA WETU NACIONAL HOSPITEC NACIONAL MDA - INVESTIMENTOS, LDA COMÉRCIO GER
NACIONAL HOTEL MIRADOURO NACIONAL C.C.L - CASA COMÉRCIO, LDA NACIONAL R2M - SOFTWARE E SERVIÇO
NACIONAL MOBILUX, LDA NACIONAL ADÉLIA MUAMBENO SAMUEL NACIONAL JOÃO BAPTISTA BRÁS
NACIONAL AJDOMINGOS & FILHOS, LDA NACIONAL PAPA ALFREDO NACIONAL PRODEL - EP
NACIONAL INFORFIP NACIONAL ZINU ELECTRO NACIONAL MC COMERCIAL
NACIONAL FERNANDO MENDOCA NACIONAL ANJOKANJO NACIONAL DELEGAÇÃO PROVINCIAL HUÍLA
NACIONAL ANTÓNIO GAUDÊNCIO CORREIA NACIONAL ACNET, LDA NACIONAL SOBA FRESHLINE.
NACIONAL LTF, LDA NACIONAL ÁUREA E FILHOS NACIONAL GUALTER DO ROSÁRIO - GU FRIO
NACIONAL ADAIM NACIONAL NGC - NGUEZA COSTA NACIONAL V UMATEC - ASSISTÊNCIA TÉCNICA
NACIONAL ITA, LDA NACIONAL INDAGRO - MAZDA NACIONAL LUANDAY COMÉRCIO E SERVIÇO, LDA
NACIONAL M.D.D.LDA NACIONAL WFA, LDA NACIONAL PROFOCEL. LDA
NACIONAL ANA & FILHOS, LDA NACIONAL PONTO FRIO NACIONAL ORGANIZAÇÃO NKUBA
NACIONAL GRUPO IMACI NACIONAL ROSEX NACIONAL NDOMBASI NAKONGO
NACIONAL AGEC PRODUÇÕES NACIONAL CORNÉLIO PEDRO MACAIA - C.C.M NACIONAL ORGANIZAÇÕES SALALA
NACIONAL SHADA SEGURA, LDA NACIONAL CASA - SIMBA NACIONAL LURCONS
NACIONAL JORGE MUTEIA NACIONAL JANUÁRIO FILIPE MBINGO NACIONAL INDU COMÉRCIO GERAL.
NACIONAL OVANGULA AUDIVISUAIS, LDA NACIONAL ORGANIZAÇÕES - AMC NACIONAL INCA - INST. NACIONAL DE CAFÉ
NACIONAL NZUANGA NJUNGO, LDA NACIONAL FIRMA CASA MAMBO NACIONAL DELICIOUS - CATERING
NACIONAL AG.FRIO NACIONAL TMGT - IMPORTAÇÃO & EXPORTAÇÃO NACIONAL 3L´S HCB(SU),LDA (EX FRIGOGEL)
NACIONAL CAPIDISA INVESTIMENTOS, LDA NACIONAL ORGANIZAÇÕES P. N - O.P.N NACIONAL TONECA
NACIONAL ABREU NACIONAL ORGANIZAÇÕES MPF NACIONAL INFOSI
NACIONAL GRUPO J & BROTHERS, LDA NACIONAL ADRESSFER NACIONAL PJB - PAULINO BUMBA COMERCIAL
NACIONAL MONTUM, LDA NACIONAL MÃE YANG NACIONAL ORGANIZAÇÕES VIERKMAN
NACIONAL CONCIOP NACIONAL 2AA - ALBERTO AFONSO NACIONAL SOUSA LDA
NACIONAL HOTEL HD NACIONAL GRUPO GCOA LDA NACIONAL CUMMINS
NACIONAL LOURENÇO ZAU DOMINGOS NACIONAL DJQ - COMERCIAL NACIONAL ONE
NACIONAL OPAN - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NACIONAL FRANCK E JUDY NACIONAL VECAUTO, LDA
NACIONAL HELZAGE NACIONAL BAR JARDIM NACIONAL MICROLINE
NACIONAL ORGANIZAÇÕES PEDRO NUNES NACIONAL SOCHICO LDA NACIONAL FONSECA MESTRES E CONSULTORES
NACIONAL GRUPO CHINA AFRICA, LDA NACIONAL DÁRIO GRUA NACIONAL MUNDÃO SERVIÇOS DE TELECOMUNI
NACIONAL RESTAURANTE CADOSA NACIONAL COSMARC NACIONAL KND
NACIONAL PRBR, LDA NACIONAL "ANTONICA FASTUDO JOÃO ""AFJ""" NACIONAL SHP ENGENHARIA E SERVIÇOS, LDA
NACIONAL SGEI, LDA NACIONAL TCHIQUINTO COMERCIAL GERAL NACIONAL HUAWEI INTERNATIONAL
NACIONAL ELECTRO ZE GUIMAS NACIONAL ANGO - ASALAM NACIONAL AMBIAFRICA, SA
NACIONAL MAZZARATI, LDA NACIONAL VSRC NACIONAL EASY SYSTEMS
NACIONAL ROSA SÓNIA NACIONAL MDJ NACIONAL GRUPO FRANSTINA, LDA
NACIONAL IT ONE NACIONAL RECAUCHUTAGEM MLA NACIONAL SB - SADE, LDA
NACIONAL GRUPO TUATOKA NACIONAL JZ TECNOLOGIA NACIONAL VN.B, LDA
NACIONAL AEE POWER NACIONAL POLVO 3 COMÉRCIO GERAL NACIONAL ANIL, LDA
NACIONAL DREAM POWER,LDA NACIONAL OGEF NACIONAL DH HENERGY
NACIONAL HOTEL 3 LU NACIONAL MCA - SERVIÇOS DE CATERING NACIONAL LICIOUS SHOP
NACIONAL SNAK BAR OLGA E FILHOS, LDA NACIONAL HSL - LDA NACIONAL ENERSDAC
NACIONAL DALVA TOUR NACIONAL RESTAURANTE LIJAMAR NACIONAL HAJA SIRA SAIBO DUKUREH
NACIONAL ONÇA,LDA NACIONAL OFICINA PAULO BRINCA NACIONAL VALOESTE, LDA
NACIONAL GRUPO PAULA C.& FILHOS,LDA NACIONAL REPREFILAGEM - C.C.E.O.P.DE NACIONAL GLOBAL TELESAT, LDA
NACIONAL LUROSAN,CONSTRUÇÕES NACIONAL DCP - DOMINGOS POMPÍLIO NACIONAL J.E.L OFICINA
NACIONAL CONSELECT ENGINEERIG NACIONAL CI EAS - CS (ÁGUA CUANZA-SUL) NACIONAL GRUPO ANGO ALFATH
NACIONAL SEGUSERVICE,LDA NACIONAL AGÊNCIA FUNERÁRIA MAFIRA NACIONAL SERVIÇO DE ASSITÊNCIA TÉCNICA
NACIONAL PROFIS NACIONAL ADEMA & SANTOS NACIONAL AE&M, LDA
NACIONAL DARIO MIGUEL NACIONAL A.D.R ARENA NACIONAL ELECTRO - KIMBAS
NACIONAL JUST, LDA NACIONAL CSST - CENTRO DE SEGURANÇA NACIONAL JOÃO NUNO PEDRO CARDOSO
NACIONAL RESTAURANTE ELISA PIRES NACIONAL FRANCISCO SATANDA NACIONAL IDEIAS DINÂMICAS. SERVIÇO
NACIONAL WEMS - CRITICAL IT SOLUTIONS NACIONAL FRANCISCO JOAQUIM JÚNIOR NACIONAL TECH MAHINDRA
NACIONAL SUNSIL HOTEL NACIONAL SEBAMARD COMERCIAL, LDA NACIONAL ALV - JAMBA
NACIONAL MARKETING FOR YOU, LDA NACIONAL MARLIMPA, LDA NACIONAL PBC
NACIONAL TTW,LDA NACIONAL ICA NACIONAL FERRAÇO, LDA
NACIONAL AKI - COMÉRCIO & SERVIÇOS, LDA NACIONAL LV ELECTRO MONTAGEM, LDA NACIONAL PALLADIUM LDA
NACIONAL SEGMAX. LDA NACIONAL AUTO VALENTIM NACIONAL SULDOTCOM
NACIONAL MANUEL LIXAS E FILHOS, LDA NACIONAL LIDESS, HOTELARIA E TURISMO, L NACIONAL ELECTROBASE
NACIONAL SOCAFTRIN NACIONAL OMNIDATA - INFORMÁTICA E TELEC NACIONAL JEEPSCLINIC AUTOMÓVEIS IMP & EXP
NACIONAL CAPI38 COMÉRCIO E INDÚSTRIA NACIONAL JODGAS,LDA NACIONAL MICROSOFT, LTD
NACIONAL DUMIPEMENDES - COMERCIAL NACIONAL CKH CHARME KAI HUA, LDA NACIONAL MARGRIDA ESANJO TOMÁS ANDRÉ
NACIONAL RIBUMBO NACIONAL AUTO 24 ANGOLA NACIONAL CSC & FILHOS LDA
NACIONAL JL NACIONAL AF ANTÓNIO FRAZÃO NACIONAL EASBIE - EP
NACIONAL J.F.G NACIONAL ORGANIZAÇÃO JAPAGCE & FILHOS NACIONAL GRD SERVICES
NACIONAL IRINA PPUS, LDA NACIONAL CUMBUESSA COMERCIAL, LDA NACIONAL MARCOS PEDRO - EXTINTORES
NACIONAL M.F NACIONAL FB FULEBO SERVIÇOS NACIONAL ORGANIZAÇÕES - J.S
NACIONAL JP &FJ,LDA NACIONAL ORGANIZAÇÃO FUCA NACIONAL GRUPO DINFER & FILHOS, LDA
NACIONAL NATHALIE,LIMITADA.OFICINA NACIONAL MOREIRA E MARQUES, LDA NACIONAL SOVIMAFIL, LDA
NACIONAL CNK NACIONAL ORGANIZAÇÕES BEMBE NACIONAL OFICINA OMECAUTO DE DOMBELE PA
NACIONAL BASINY & FILHOS, LDA NACIONAL OFECIF - LDA NACIONAL UNIVERSIDADE CATÓLICA DE ANGOLA
NACIONAL SEGUTEC, LDA NACIONAL FIRMA G.H.I DE GREGÓRIO GOMES NACIONAL PA OMATAPALO S.A.
NACIONAL GM NACIONAL ELETRO GREEN NACIONAL CONSULFOP, LDA
NACIONAL CARLOS CONSTRUÇÃO CIVIL NACIONAL CATINHO DE ESTOFO NACIONAL EIMSA SERVICE
NACIONAL ORGANIZAÇÕES BITITI, LDA NACIONAL PLAYGROUP ANGOLA, LDA NACIONAL GLOBOSOFT
NACIONAL QJM, LDA NACIONAL AMBIURBE, LDA NACIONAL BARALBE, LIMITADA
NACIONAL GRUPO LFZ LIMITADA NACIONAL ORGANIZAÇÕES MON - DON NACIONAL YRUFAS, LDA
NACIONAL SIMATEC NACIONAL ARMAZÉNS SOCAMPO, LDA NACIONAL A.J.B.M TRANSPORTES, LDA
NACIONAL UNIÃO ELÉCTRICA DE ANGOLA, LDA NACIONAL ASSOCIAÇÃO DE ELECTRICIDADE DO NACIONAL ORGANIZAÇÕES N.V
(Continua na pág. 26)
REGIÕES Sábado
29 de Setembro de 2018 23
HOSPITAL MUNICIPAL EFECTIVOS DA GUARDA FRONTEIRA NO UÍGE SAÚDE EM CABINDA
DR
BENJAMIN CÂNDIDO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Mortes por tuberculose


tendem a aumentar
A Polícia Angolana de Guarda Disse haver a necessidade
Fronteira está preocupada do reforço com medicamen-
com o aumento de casos de tos, meios de transporte,
morte dos seus efectivos, macas e outros meios indis-
causada pela tuberculose e pensáveis para a capacitação
outras doenças relacionadas das unidades médicas, para
com o VIH/Sida. que os técnicos prestem cada
O chefe do departamento vez mais um serviço huma-
nacional da Polícia de Guarda nizado aos doentes, quer mili-
Fronteira revelou, em Negage, tares como civis que vivem Ângulo da cidade de Cabinda
província do Uíge, o registo nas linhas fronteiriças. que reforça assistência médica
de 40 óbitos, nos últimos Para ele, a realização do
três anos. encontro de carácter formativo
O superintendente Fran- visa potenciar os especialistas Doenças mentais
cisco Gonçalves Chicha disse em matérias de saúde pre-
que as vítimas resultaram ventiva e ser um prenúncio serão tratadas
de 101 doentes cadastrados de um combate cerrado contra
entre os efectivos da guarda as doenças negligenciadas. na periferia
fronteira, no período de 2015 Apelou aos especialistas
a 2017. no sentido de exercerem os Pacientes do foro mental serão,
O oficial superior fez tais serviços de saúde com a partir da próxima semana,
pronunciamentos na aber- humildade, comprometi- assistidos no Posto de Saúde
tura do V Concentrado Meto- mento, verdade e impar- de Mbaca, periferia da cidade
dológico dos Especialistas cialidade, conscientes de de Cabinda, anunciou,
de Saúde daquele órgão do que ser enfermeiro é exercer naquela cidade, o vice-
Ministério do Interior, que um cargo público ao serviço governador para o sector
Parte frontal da unidade sanitária que tem equipamentos modernos que ainda não funcionam decorreu de 25 a 27 do cor- das pessoas. Político e Social.
rente mês. Foi também exortada a Alberto Paca adiantou que
Segundo informou, o intensificação de palestras e a saúde mental é uma área

Cuilo sem análises clínicas actual quadro sanitário dos


efectivos é salutar, mas a ins-
tituição encara com preo-
cupação as mortes por
outros instrutivos sobre as
causas e formas de prevenção
das doenças. “A saúde física
inclui o estado fisiológico
que preocupa o Governo,
preconizando-se, no plano
de desenvolvimento da pro-
víncia, a construção de uma

por falta de especialistas tuberculose e doenças rela-


cionadas com o VIH/Sida,
que assola a tropa, sobretudo
desde os últimos três anos.
estável, onde são observados
todos os cuidados, como ali-
mentares e corporais e os
cuidados médicos, que abran-
unidade de referência para
tratamento de doentes men-
tais e toxicodependentes.
No âmbito do referido
Único exame que está a ser efectuado no hospital municipal Por sua vez, o subcomis- gem o controlo do álcool, de plano, sublinhou, estão con-
é o de diagnóstico da malária, por meio de testes rápidos sário David Francisco Chi- substâncias como drogas e templadas acções de cons-
tundo, segundo comandante tabaco”, referiu. trução de dois hospitais
da Polícia Nacional para a O departamento nacional municipais, sendo um em
Ordem Pública, disse que de saúde da PGF controla 18 Cacongo e outro no Belize,
Victorino Matias |Dundo bloco operatório são as que lizadas no bloco operatório cerca de 70 por cento da fron- unidades sanitárias em todo além de mais centros e postos
mais carecem de quadros, do Hospital Municipal do teira angolana é de difícil o país, atendidos por cerca de saúde em localidades devi-
acrescentou. Cuilo aconteceram na semana acesso, sendo um dos prin- de 300 efectivos, entre médi- damente identificadas no
O laboratório de análises Enoque Mununga revelou passada, por uma equipa cipais factores da ausência cos, técnicos superiores e âmbito do diagnóstico rea-
clínicas do Hospital Muni- que foi concertado com a médica do Hospital Central dos serviços de saúde nas médios de saúde. lizado, acrescentou o vice-
cipal do Cuilo, na província Direcção Provincial da Saúde do Dundo e decorreram unidades da corporação da governador para o sector
da Lunda-Norte, apetre- para enviar periodicamente com sucesso. guarda fronteiriça. Joaquim Júnior Político e Social.
chado com equipamentos uma equipa de cirurgiões do “As cirurgias consistiram
modernos, não funciona Hospital Central de Dundo, na retirada de hérnias e os
desde Agosto do ano passado, para realizar cirurgias no três pacientes saíram do bloco
data da sua inauguração, por Hospital Municipal do Cuilo. operatório com um quadro REQUALIFICAÇÃO DA CAPITAL DA LUNDA-SUL
falta de técnicos especiali- clínico estável, sem qualquer
zados, disse o director muni- constrangimento”, salientou
cipal da Saúde.
Enoque Felicidade Mununga,
que falava ao Jornal de Angola,
Além
do hospital
municipal,
Enoque Feliciano.
Explicou que “são cirur-
gias electivas e vamos contar,
Obras dão nova imagem à Saurimo
FLÁVIA MASSUA | EDIÇOES NOVEMBRO
disse que o único exame que a rede sanitária sempre que haja necessidade, Os trabalhos de reabilitação
tem sido realizado, no Hospital do Cuilo é composta com um médico do Hospital e ampliação de ruas e pas-
Municipal do Cuilo, é o de por mais quatro Central do Dundo, para rea- seios da cidade de Saurimo,
malária, por meio de testes unidades, lizar mensalmente a opera- na Lunda-Sul, estão a res-
rápidos de diagnóstico, que nomeadamente ção”, disse Enoque Feliciano. gatar a imagem da urbe, dar
são fornecidos mensalmente postos de saúde Acrescentou ainda que, segurança aos peões e garan-
pelo departamento provincial de Caluango em casos de se registar cirur- tir um trânsito fluído.
de medicamentos. e nas povoações gias complexas, as autori- Durante uma ronda rea-
Proliferam no município de Sacaquema, dades sanitárias do Cuilo vão lizada em algumas ruas da
do Cuilo, segundo o director Cambanguinza envidar esforços no sentido cidade, a procuradora Liliana
municipal da Saúde, doenças e de Sapalanga de enviar-se o paciente aos Camuamba enalteceu a ini-
de cariz sexual, como a gonor- hospitais de referência, na ciativa da administração,
reia, sífilis e doenças hepáticas, capital da província. que desenvolve acções “há
que exigem um bom diagnós- As dificuldade financeiras, Em jeito de balanço, o res- muito aguardadas”, para evi-
tico, mas, por falta de técnicos de acordo com o responsável ponsável revelou que a malá- tar mortes por atropelamento
de laboratório, a população é do sector da Saúde do Cuilo, ria está entre as principais e outros males.
obrigada a percorrer mais de constituem um grande entrave doenças diagnosticadas no O munícipe Mateus Yambo
280 quilómetros, até a cidade na resolução dos problemas município do Cuilo, com um pactua do pensamento e
do Dundo, para fazer o rastreio pontuais que se apresentam registo, em média, de dez a defende iniciativas do género
dessas doenças. no dia-a-dia, como é o caso quinze casos por dia. no bairro Terra Nova, por ser Reabilitação de passeios está a ser aplaudida pelos munícipes
O responsável do sector da alimentação aos pacientes Doenças diarreicas e res- novo, muito habitado e movi-
da Saúde no Cuilo disse que, e o pagamento de despesas piratórias agudas, bem como mentado. Para a menina Isilda há cerca de dois meses e técnicos constantes do projecto.
além de técnicos de labora- correntes com diferentes pres- de transmissão sexual com- Pereira, de 12 anos, a circu- abrange vias estruturantes Segundo o director das Obras
tório, o município necessita tadores de serviço. “Este ano, pletam o quadro epidemio- lação de peões em passeios da cidade, como os troços Públicas, Cláudio Pemessa,
de cerca de noventa enfer- só foi disponibilizada a ordem lógico do município. reduziu o temor por acidentes, Rotunda/Shoprite e Rotunda a Administração Municipal
meiros e sete médicos, para de saque do mês de Abril”, Além do hospital muni- durante o trajecto de casa para de S. António/Cemitério 14. de Saurimo conta na sua car-
atender um universo de 21 disse, acrescentando que a cipal, a rede sanitária do Cuilo a escola e vice-versa. O encarregado de obras teira de projectos com mais
mil habitantes, de acordo alimentação dos pacientes é composta por mais quatro O encarregado de obras José Miguel João conta com de 200 quilómetros de pas-
com o censo populacional internados tem vindo dos unidades, nomeadamente explica que a responsabilidade mais de 70 colaboradores seios, adjudicados às empresa
realizado em 2014. familiares, o que não é bom postos de saúde da comuna de construir passeios numa directos, 20 dos quais con- Sete Cunhas, Horizonte LTD,
As áreas de pediatria, oftal- para a segurança dos mesmos. do Caluango e nas povoações extensão de 20 quilómetros, tratados localmente para refor- Kutunga Construções e a Mar-
mologia, otorrinolaringologia, O director municipal da Saúde de Sacaquema, Camban- previsto num contrato subs- çar a equipa. Trabalha para ques e Irmãos, com um prazo
obstetrícia, ginecologia, ima- disse, por outro lado, que as guinza e de Sapalanga, disse crito pela Administração honrar os prazos estabelecidos, de execução de seis meses.
giologia, estomatologia e três primeiras cirurgias rea- o responsável. Municipal de Saurimo, decorre respeitando os parâmetros Flávia Massua
24 SOCIEDADE Sábado
29 de Setembro de 2018

Crime
CENTRO POLICLÍNICO DIA DO CORAÇÃO
JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
PROJECTO LUANDA RENOVADA
DOMBELE BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Pai da emoção
CIDADÃO ROUBOU 270
MILHÕES DE KWANZAS
exige muitos
NO BAIRRO NOVA VIDA
Um homem de 35 anos
cuidados
de idade foi detido, há Para agrado de todos, um
dias, pelo Serviço de texto sobre o coração bem
Investigação Criminal de podia começar com estes ver-
Luanda(SIC), por ter sos do poeta e compositor
efectuado vários brasileiro Marcus Lucenna,
assaltos em residências no poema “A Peleja do Cére-
na urbanização Nova bro com o Coração”: “Eu sou
Vida, em Luanda, onde Na periferia de Luanda há mais trabalho o pai da emoção / Da paixão
se presume tenha e do amor / Em mim nascem
furtado a quantia de 270 sentimentos, / Esse é meu
milhões de kwanzas e
outros artigos de valor.
O porta- voz do SIC,
Governador vê maior valor / Meu pulsar
marca os momentos, / Da
vida saiba o senhor”.
Fernando do Carvalho,
disse que o suposto
meliante furtou também
estado das obras Infelizmente, para assi-
nalarmos o Dia Mundial do
Coração, temos de dizer que,
38 mil dólares O governador provincial, Adriano Mendes de de acordo com a Organização
namibianos, 42 mil Carvalho, constatou ontem o grau de execução Mundial da Saúde (OMS), as
dólares americanos, das obras levadas a cabo em dez ruas da capital, doenças cardiovasculares
15.600 euros, 13 que vão garantir nova imagem à urbe, no âmbito matam mais de 17 milhões
computadores, 20 do programa “Luanda Verde 2022, já em curso, de pessoas por ano, em todo
telemóveis, 29 relógios, e disse que as empreitadas vão continuar o mundo. O 29 de Setembro
cinco Ipads, 16 fios de mesmo com as chuvas. é uma data simbólica que
ouro, 12 auscultadores e Das 15 ruas seleccionadas nesta fase, a da tem por objectivo promover
quatro carregadores de Universidade Lusíada, no centro da cidade, já a consciencialização sobre
Maquete do futuro Hospital Universitário da UPRA telemóveis. está reparada, com passeios, lancis e arborização. problemas cardiovasculares,
A Polícia informou que o A rua Alexandre Peres, na Maianga, também factores de risco para a
suposto meliante está reparada, o que tornou melhor a circulação doença, e incentivar a adop-
UPRA vai erguer comercializa os bens
roubados no mercado
dos Congolenses, onde
automóvel na circunscrição.
Na periferia, o cenário é diferente e exige
trabalhos mais profundos, como o caso da rua
ção de um estilo de vida mais
saudável, bem como cuida-
dos gerais para manter a boa

Hospital Universitário já tinha compradores


conhecidos.
André da Costa
Ngola Mbande, no bairro Cassequel e a 5ª
Avenida no município do Cazenga, que vão
receber asfalto, sistema de drenagem, iluminação
saúde do coração.
Falta de ar, dores como
aperto, queima ou pontadas
Avaliado em 120 milhões de dólares, a pública, passeios, lancis, arborização e outros no tórax e formigueiro, são
primeira fase da obra termina em 2019 acabamentos. alertas para procurar ime-
No final da visita, Adriano Mendes de Carvalho diatamente um cardiologista.
reconheceu alguns avanços e atrasos, ao mesmo A literatura especializada
André dos Anjos para o futuro do mais alto LUANDA tempo que lamentou o facto de as redes de pro- aponta que a hipertensão,
nível técnico, e as mudanças tecção ou cerco das obras no Cassequel do Buraco diabetes, obesidade, taba-
A Universidade Privada de projectadas pelo Executivo estarem a ser roubadas pelos populares. gismo, histórico familiar e
Angola (UPRA) apresentou,
na quinta-feira, em Luanda,
no sector da Saúde.
No âmbito do projecto,
Oficial do SIC Nilza Massango
problemas na tireoide tam-
bém estão ligados a problemas
um projecto de construção
de um hospital universitário,
disse, serão implementadas
novas formas de gestão,
apanha 20 cardiovasculares.
A OMS prevê que em 2020
cuja primeira fase termina
já no próximo ano, com a
fazendo frente a novas exi-
gências de eficiência e ren-
anos de prisão as doenças cardiovasculares
nos países desenvolvidos
conclusão do edifício prin- tabilidade dos recursos. A O oficial do Serviço de Inves- HOMENAGEM AO FUNDADOR matem cerca de seis milhões
cipal, com capacidade de terceira e última fase do tigação Criminal, Dedé de pessoas entre os 30 e os
internamento de 450 camas. projecto fica concluída den- Kalama, 38 anos, foi con- 60 anos, número que nos paí-
Trata-se de um centro
policlínico universitário ino-
vador, com uma área de 25
tro dos próximos três anos,
com o conjunto de serviços
de internamento a totalizar
denado pelo Tribunal Pro-
vincial de Luanda, a uma
pena de 20 anos de prisão,
Igreja Tocoísta vai ses em desenvolvimento pode
chegar aos 19 milhões.
O p o ema de Marcu s
hectares, onde serão insta-
lados serviços clínicos, aca-
démicos e de investigação,
700 camas.
Intervindo na cerimónia
de apresentação do projecto,
por matar a tiro a cidadã
Maria António Lourenço
Pereira, em 2017, durante
erguer mausoléu Lucenna com o qual abrimos
este texto, além de remeter
para um campo mais român-
nas mais variadas vertentes o reitor da Universidade uma discussão entre ambos, A Igreja do Nosso Senhor A secretária do Presidente tico ao redor do coração,
da medicina moderna, disse Privada de Angola, Carlos no Bairro Popular, município Jesus Cristo no Mundo vai da República para os assun- chama atenção para o espírito
na ocasião João Gonçalves Alberto Pinto Sousa, lembrou do Kilamba Kiaxi. erguer, em Fevereiro do tos sociais considerou a de rebeldia deste órgão face
da Fonseca, o promotor do que a UPRA tem dezoito Durante o julgamento, próximo ano, na cidade construção do Mausoléu a outro, o cérebro, também
projecto avaliado em cerca anos de existência e cons- que decorreu no Palácio de santa de Ntaya, município S i m ão G o n ça lve s To c o , importante para o funciona-
de 120 milhões de dólares. titui mais um marco no pro- Justiça do Kilamba Kiaxi, de Maquela do Zombo, homenagem merecida, que mento do organismo.
Abreviadamente desig- cesso de formação de em Luanda, o réu foi tam- província do Uíge , um não se circunscreve somente O que se pode entender,
nado CEPOU, o Centro Poli- quadros nacionais. bém condenado ao paga- mausoléu em homenagem a Angola, mas também a ao lermos todos os versos,
técnico Universitário é, na O projecto que acaba de mento de uma taxa de ao seu fundador, Simão nível mundial. como este, por exemplo, em
verdade, um campus uni- apresentar, disse, assume justiça no valor de 150 mil Gonçalves Toco. Fátima Viegas felicitou a que o coração chama a si todo
versitário, com áreas resi- particular importância num kwanzas e uma indemni- O facto foi revelado ontem, igreja de Nosso Senhor Jesus o protagonismo, “Sou músculo
denciais para o corpo docente momento em que o país zação de 10 milhões de em Luanda, durante uma Cristo no Mundo pela ini- e não lhe obedeço / Bato à sua
e estudantes em regime de reforça a aposta na melhoria kwanzas, a favor da família cerimónia de apresentação ciativa, tendo considerado revelia / Se eu parar a vida
internato. da qualificação profissional, da malograda Maria António do Mausoléu Simão Toco, brilhante e que dignifica a acaba / Cessa a sua serventia
O centro, de acordo com nos mais variados domínios. Lourenço Pereira. cuja data para o lançamento igreja tocoísta, o maior sím- / Reconheço o seu valor / Mas
o promotor do projecto, fun- Sete anos após a sua cria- O caso aconteceu no da primeira pedra está pre- bolo religioso que vai home- tu, não és o meu guia”, é que,
cionará com base no conceito ção, em 2007, por ter mais dia 2 de Novembro de 2017, vista para 25 de Fevereiro nagear “grande homem e tal como acontece com toda
moderno de clínica integrada do que uma área de conhe- quando um grupo de jovens do próximo ano, ocasião nacionalista que lutou para sociedade, para o nosso orga-
com áreas descentralizadas cimento mudou de estatuto, que, supostamente, esta- que coincide com o ani- a independência espiritual nismo todos os órgãos têm
mas interligadas, que vão passando à Universidade vam num óbito no Bairro versário natalício do fale- do povo angolano”. valor. Vale assim terminar o
proporcionar um atendi- Privada de Angola (UPRA). Popular, nas imediações cido profeta. Para a socióloga, o mau- texto com mais um verso do
mento humanizado nas áreas Actualmente a instituição do Parque Infantil Augusto A estrutura arquitectónica soléu é um espaço que vai poema “A Peleja do Cérebro
de saúde infantil, materna administra 14 cursos de licen- Ngangula, se dirigiu ao terá 68 metros de altura, com permitir o cristão, cientista, com o Coração”, desta feita
e de adultos. ciaturas, um de mestrado estabelecimento comercial, um diâmetro de 100 metros, historiador ou estudioso na com o primeiro a falar: “Te
“Todas as áreas de um hos- em gestão de saúde e vários pertença do reú, no sentido vários espaços, escritórios, área das ciências sociais poder dou essa qualidade / De ti
pital moderno, inovador, cursos de extensão univer- de pedir aos funcionários área reservada, entre outros, saber do percurso de Simão quero a emoção / Quero a
incluindo o chamado “trauma- sitária. A licenciatura em para baixarem o som da e no centro o túmulo onde Toco e testemunhar o grau de sensibilidade / O sonho, o
room”, estão contempladas medicina, surgida há seis música. vão repousar os restos mortais espiritualidade dos angolanos amor, a paixão / Para o homem
no projecto, que inclui áreas anos, conta com novecentos No meio da discussão, o do profeta e da sua esposa, e dos tocoístas em particular. ser feliz Depois da nossa união
de lazer e de apoio aos fami- estudantes distribuídos ao réu Dedé Kalama efectuou Maria Rosa Toco. “Esperamos que seja um / Sinto com toda emoção /
liares”, adiantou o promotor longo dos seis anos. dois disparos que atingiram No local, será também monumento importante, pois Que a discussão chega ao fim
do projecto. O Centro Universitário a cidadã Maria Pereira, que, erguido um campus uni- vai enriquecer o mosaico cul- / Com a gente se entendendo
Com a iniciativa, a UPRA Politécnico Universitário da apesar de socorrida no Hos- versitário, uma infra-estru- tural e religioso do país e dig- / E se completando enfim /
pretende alcançar um equilíbrio UPRA vai ser erguido na zona pital Neves Bendinha, aca- tura que deverá movimentar nificar o homem angolano e Porque coração e cérebro /
entre a formação eminente- do Bita, município de Belas, bou por morrer. jovens angolanos e dos paí- africano em geral”. Não são Abel e Caim”.
mente científica, projectada em Luanda. Kilssia Ferreira ses vizinhos. Filipe Eduardo Osvaldo Gonçalves
SOCIEDADE Sábado
29 de Setembro de 2018 25
MUNICÍPIO DE VIANA sobretudo as que estão loca- PROVÍNCIA DE LUANDA
lizadas próximo das zonas
urbanas, fazendo com que
Instituto de Sangue recebe
Ocupação ilegal de terrenos o E s t a d o fi q u e s e m u m
pedaço para usar em bene-
fício da comunidade”.
“Os órgãos e serviços mais duas centrifugadoras
atingiu contornos de máfia competentes do Estado não
devem permitir ocupação
de terrenos, pois o cidadão
que vende terreno não adqui-
O Instituto Nacional de San-
gue agora dispõe de quatro
centrifugadoras para a con-
ção de sangue. A adminis-
tradora do Banco Económico,
Henda Teixeira, informou
Administrador André Soma diz estar a receber ameaças de morte rido ao Estado vende coisa servação de sangue, depois que as campanhas de sangue
por ter exonerado, recentemente, o chefe da Fiscalização do Zango alheia, incorrendo no crime da oferta, quarta-feira, de organizadas pela instituição
de burla”, apontou o magis- dois aparelhos pelo Banco bancária já conseguiu salvar
trado do Ministério Público. Económico. mais de 2.500 vidas.
Rodrigues Cambala ber mensagens de ameaças explicou que alguns populares Na cerimónia de entrega “A Saúde constitui uma
de morte. “Todos os funcio- não se coíbem em enveredar Administração do Estado da doação, a directora-geral das áreas prioritárias da
O administrador municipal nários da administração que nestas práticas criminosas, Na aquisição de terrenos, adjunta para a área Técnica estratégia de responsabilidade
de Viana revelou, ontem, não trabalharem com zelo ocupando terrenos em reser- cidadãos produzem docu- do Instituto Nacional de San- social” do Banco Económico,
em Luanda, que a ocupação vão ser exonerados e que vas fundiárias do Estado, mentos sem valor jurídico, gue, Eunice Manico, reco- declarou Henda Teixeira, que
ilegal de terrenos atingiu no não temo ameaças”, avisou de forma ilegal, abusiva e designadamente um termo nheceu que a doação chegou acentuou ser pretensão do
município “contornos de André Soma. desafiadora à autoridade do de cedência, declarações da num momento em que a ins- banco estender a campanha
máfia e crime organizado”, O administrador justificou Estado. comissão de moradores e da tituição trabalhava apenas de doação de sangue e entrega
devido ao envolvimento de que a realização do seminário Segundo o administrador, associação de camponeses. com uma máquina, por a de equipamentos hospitalares
pessoas de vários escalões serviu para dar “ferramentas o seminário foi realizado O procurador avisou que outra estar a funcionar com a mais províncias.
sociais que utilizam esque- pertinentes” aos agentes com o objectivo de cons- os referidos documentos não "muitas dificuldades". “A doação de sangue é
mas refinados para ludibriar administrativos locais, para c i e n c i a l i za r o s age nte s confirmam que são os ver- Além da doação dos apa- um acto de generosidade”,
a população. se estancar as ocupações públicos, sobretudo os fun- dadeiros donos do terreno, relhos, o Banco Económico salientou a administradora,
André Soma, que falava ilegais de terrenos. cionários da Administração uma vez que a comissão de promove, desde terça-feira, que garantiu a continuidade
na abertura de um seminário Municipal de Viana, por ser moradores não tem poder uma campanha de doação da parceria com o Instituto
sobre a “Ocupação ilegal de Responsabilização criminal recorrente a acusação de equiparado à administração de sangue, que termina hoje. Nacional de Sangue, que visa
terrenos”, dirigido a fun- “Os prevaricadores estão sujei- envolvimento de alguns téc- do Estado. Eunice Manico informou contribuir para a redução da
cionários da Administração tos a serem responsabilizados nicos da instituição. “A organização da comissão que o instituto ainda con- escassez de sangue nos hos-
Municipal de Viana, comis- civil, criminal e disciplinar- O procurador da Republica de moradores não tem com- tinua com carência de san- pitais públicos do país.
são de moradores e autori- mente, fazendo jus ao princípio junto da esquadra da Polícia petência para reconhecer ou gue, mesmo a registar um Kilssia Ferreira
dades tradicionais, admitiu de observância da lei e do no Zango, em Viana, que dis- validar a ocupação de terreno”, ligeiro aumento do número JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
que os vendedores de ter- combate à impunidade”, sertou sobre as ocupações disse Afonso Comidando, que de dadores, a maioria dos
renos utilizam mecanismos advertiu André Soma. ilegais de terrenos, disse que, sublinhou que, nos termos quais familiares .
de falsificação de documen- Citando a Lei de Terras, além do desconhecimento da Lei, a ocupação de terreno A responsável lembrou que
tos e a prepotência para se André Soma afirmou que a da população sobre a Lei de deve obedecer a um processo a Organização Mundial da
apropriarem dos espaços, terra é pertença do Estado e Terras, há indícios de cor- de concessão com um contrato Saúde (OMS) recomenda que
que constituem reservas do que a ocupação ilegal resulta rupção de agentes do Serviço celebrado com a autoridade pelo menos um por cento da
Estado ou mesmo perten- do não aproveitamento útil de Fiscalização e oportunismo local do Estado. população deve doar sangue.
cente a cidadãos honestos. e efectivo, durante um longo daqueles que usam terrenos O magistrado do Ministério A campanha de solidarie-
O administrador anun- período, pelas autoridades como meio de enriqueci- Público acrescentou que a dade do Banco Económico
ciou, publicamente, que, a q u e m são c o n c e d i d a s mento ilícito. associação de camponeses não se resume à província de
desde a exoneração, há uma espaço, dando sinais de apa- O procurador Afonso também não tem poderes para Luanda. As províncias do Bié,
semana, do chefe da Fisca- rente abandono. Comidando avançou, ainda, negociar a venda de terrenos, Malanje e Huambo já rece-
lização do Zango, está a rece- Diante desta situação, que “a terra é uma presa, por não ser sua vocação. beram centrifugadoras e doa- Sangue salva milhões de vidas

PUBLICIDADE

(300.044)
26 Sábado
29 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE
NACIONAL AUSTRALPHARMA NACIONAL ORGANIZAÇÕES EVANDRA NACIONAL ANÍBAL RODRIGUES
NACIONAL SOLTEINF (SU),LDA NACIONAL NATMA SERVICE, LDA NACIONAL ONGDA
NACIONAL SOL 7 NACIONAL MOCEU-CABINDA, IMPORT. E EXPORT,LDA NACIONAL MAF - MANUEL ALVES & FILHOS, LDA.
NACIONAL ILUMPOWER LDA NACIONAL ILAZI-SUPERMERCADO DE MATERIAIS NACIONAL MPK-COMÉRCIO E SERVIÇOS
NACIONAL HMC COMERCIAL - PREST. SERVIÇOS NACIONAL MATIAS CRUZ CONSTRUÇÕES NACIONAL DEDÉ, TRANSPORTE DE MÁRIO V. DE ALM
NACIONAL TRANSMEL NACIONAL PONTO DE REFERÊNCIA NACIONAL COMSER, COMÉRCIO E PRESTAÇÃO DE SER
NACIONAL C. AGRO NACIONAL FDLM SERVIÇOS NACIONAL ELSIL COMÉRCIO E PRESTAÇÃO DE SERVI
NACIONAL TM ATELLIER DE ARQUITECTURA NACIONAL SORENAL (SU), LDA. NACIONAL CLIMA ZERO
NACIONAL ELECTRICANGOL NACIONAL ANGOKONDE, SERVIÇOS GERAIS, LDA. NACIONAL SORANGO, LDA
NACIONAL CABSAT TV NACIONAL LM CIT, LDA NACIONAL CARLOS ACESSÓRIOS HOUSE, LDA
NACIONAL FIRMA - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NACIONAL ELAVOCO, LDA. NACIONAL ZAHARA_ COMÉRCIO
NACIONAL WALTER FILIPE & E FILHOS NACIONAL MAFUA LDA. NACIONAL ARMAZÉM XIAO- COMÉRCIO GERAL(SU)LIM
NACIONAL PONTO SIS, LDA NACIONAL J.M COMERCIAL NACIONAL SASABA, LDA
NACIONAL ELECTRO EVANDO, LDA NACIONAL FIRMA GARCIA MARQUES GIOYA NACIONAL CKANGO COMÉRCIO E SERVIÇO, LDA
NACIONAL AUJAP, LDA NACIONAL MARVONE - COMÉRCIO E INDÚSTRIA, LDA NACIONAL HIPER ELECTRO
NACIONAL APM, PRESTAÇÃO DE SERVIÇO NACIONAL GRUPO AZ NACIONAL VC- VCELCOM
NACIONAL ALIMENTA ANGOLA NACIONAL CTT - CENTRO TURÍSTICO TCHISEKE NACIONAL CASA LEITÃO- PRESTAÇÃO DE SERVIÇO
NACIONAL YURY TYUNIN TRADE COMPANY LTD NACIONAL VPM CONSTRUÇÃO CIVIL, LDA. NACIONAL O.M & FILHOS, LDA
NACIONAL RESTAURANTE SNACK BAR CANTINHO NACIONAL ELECTRO - LIVE NACIONAL ENALF, LDA
NACIONAL EMPRESA DE LISTA TELEFONE NACIONAL ZITEC-SOLUÇÕES TÉCNICAS NACIONAL LEDIL - COMÉRCIO E INDÚSTRIA, LDA
NACIONAL CUNENE ONDJIVA NACIONAL VUMATEC ASSISTÊNCIA TÉCNICA NACIONAL ELECTRO ZÉ GUIMAS
NACIONAL CABINDA - CABINDA NACIONAL CHAMEK-COMERCIAL NACIONAL AUTO CAPITAL
NACIONAL REPARTIÇÃO FINANÇAS TESTE NACIONAL C. DE CASTRO (SU), LDA NACIONAL INDUCARPIN
NACIONAL GIRÃO NACIONAL ATEMARTE NACIONAL MAIORAL
NACIONAL AMBERGOL NACIONAL MUTEMECA & FILHOS, LDA NACIONAL AUTIMCO,LDA
NACIONAL CSII NACIONAL GRUPO DANÍFEL NACIONAL J.LUÍS
NACIONAL DELOITE NACIONAL STAND DANIEL CASTELO, LDA NACIONAL EL BARAKE, LDA
NACIONAL ELECTRO LUNGA NACIONAL WIJEC NACIONAL FNAD COMÉRCIO GERAL, LTDA
NACIONAL ENERTEL, LDA NACIONAL JOCRISTO NACIONAL AJESF AUTOMÓVEIS
NACIONAL GENERAL CABLE-CONDEL NACIONAL MACRI-VICENTE COMERCIAL, LDA NACIONAL F.SAT MOBILE
NACIONAL GESTILAB NACIONAL ESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VAN-DÚNEM NACIONAL F.A LUBAMBA
NACIONAL INDUCABOS NACIONAL SINANGO COMÉRCIO GERAL,LDA NACIONAL IMPÉRIO PNEUS, LDA
NACIONAL JOSÉ QUIUMA NACIONAL JOZENA LDA NACIONAL CASA ARTUR & FILHOS LDA
NACIONAL LITO TIPO NACIONAL HENRS TECH NACIONAL ARMINDO
NACIONAL MAGAMA E FILHOS, LDA NACIONAL ORGANIZAÇÕES VICALDINOS NACIONAL SINANG
NACIONAL NOVA SOTECMA, SA NACIONAL TANCIO COMERCIAL NACIONAL GRAFSUL
NACIONAL OFICINA AUTO PROGRESSO NACIONAL S.W.P NACIONAL XICANA SINTA FRIO
NACIONAL PEDRO XAVIER MARQUES VEIRA NACIONAL OFICINA GERAL AUTO BRISS NACIONAL GEEA
NACIONAL SM-SAMBA MUHONGO & FILHOS NACIONAL FERNANDO NACIONAL COMÉRCIO GERAL & TRANSPORTES
NACIONAL SOGE POWER NACIONAL AUTO BOX, LDA. NACIONAL ZANGO-COMÉRCIO GERAL, AGRICULTURA,
NACIONAL TEIXEIRA DUARTE NACIONAL NOVIPEÇAS SARL NACIONAL FIRMA - JOÃO DIOGO ANTÓNIO RESENDE
NACIONAL CLÍNICA SAGRADA ESPERANÇA NACIONAL CSS, LDA NACIONAL FILUEMIS COMÉRCIO & SERVIÇOS, LDA
NACIONAL BELA ZITA DANIEL NACIONAL HOTEL MIRADOURO-GEMAC, LDA NACIONAL EMELECTRIC,LDA
NACIONAL HOUSELUX MOBILIÁRIO, LDA. NACIONAL POSTO DE ABAST. MUEMBEJE NACIONAL CRC ALUMÍNIOS- CAIXILHARIA VIDROS
NACIONAL SUL COMÉRCIO, LDA NACIONAL SR-LINK SERVIÇOS, LDA NACIONAL FIRMA A.A.Q COMÉRCIO GERAL & PRESTA
NACIONAL AGÊNCIAS DE ANGOLA NACIONAL YAMY COMÉRCIO GERAL, LDA NACIONAL GRÁFICA SALVADOR J GSJ LDA
NACIONAL DELSAT COMÉRCIO & PRESTAÇÃO DE SERV NACIONAL FJOMAX,LDA NACIONAL BC - BANDECAN, LDA
NACIONAL CLÍNICA MULTIPERFIL NACIONAL AVEMAI COMERCIAL- COMÉRCIO E PREST. NACIONAL MND CONSTRUÇÕES
NACIONAL ORGANIZAÇÕES PRAZERES, PRAZERES & F NACIONAL ELECTRO UIGE, LDA NACIONAL FERGIZ- PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS E
NACIONAL C AGRORIBAS - ILUMINAÇÃO E MAT ELEC NACIONAL MAKAYA KONGO NACIONAL ZUZA COMERCIAL GERAL LIMITADA
NACIONAL REDES MT-BT & CONSTRUÇÃO LDA. NACIONAL CICCI ANGOLA LDA NACIONAL DMMS-PRODUCTIONS
NACIONAL FRANCIS ULTRA A, LDA. NACIONAL MEL INVESTIMENTO. LDA NACIONAL MDN ALUMÍNIOS
NACIONAL FEA, LDA. NACIONAL AUTO CICLO BRASIL, LDA. NACIONAL ORGANIZAÇÕES TOMÁS LOMBI
NACIONAL CHARME KAI HUA, LDA (CKH) NACIONAL GRUPO RODÁFRICA,LDA NACIONAL NOSSO SUPER
NACIONAL WANDERLEY PRODUÇÕES NACIONAL AUTOPLUS, SA NACIONAL JOTA JOTA
NACIONAL AGGREKO INT. PROJECTOS, LDA NACIONAL SOGOMES NACIONAL ANTÓNIO PEREIRA NEVES,LDA
NACIONAL LISAGO - PROJECTO E CONSTRUÇÃO, LDA NACIONAL ANGO-ARIMBA COMERCIAL, LDA NACIONAL IMPEX IMPORTADORA & EXPORTADORA
NACIONAL ZUMA SERVICE, LDA. NACIONAL HBMC COMÉRCIO GERAL NACIONAL LULU COMERCIAL-LDA
NACIONAL EFAT - SERVIÇOS, LDA. NACIONAL CENTRO MÉDICO BUMBA NACIONAL TIAGO BENEDITO BARROS
NACIONAL VUMATEC - ASSISTÊNCIA TÉCNICA NACIONAL JFG COMÉRCIO GERAL NACIONAL CASA LUIVIA
NACIONAL SICOMEX, LDA. NACIONAL SOCIMERCA, LDA NACIONAL FIRMA ALTINO ADALBERTO JOSÉ CHISSIN
NACIONAL ELECNOR ANGOLA NACIONAL DTMC INVESTIMENTOS COMÉRCIO GERAL NACIONAL SINET
NACIONAL ORGANIZAÇÕES CHANA - SOC. IMP. EXP. NACIONAL LIVRARIA TÉCNICA ORGANIZAÇÕES J.F NACIONAL OFICINA SAJOCAL
NACIONAL CRISAV SERVIÇOS E SAÚDE NACIONAL O TEMPERO NACIONAL AMANA GROUP COMERCIAL
NACIONAL ANTÓNIO NGONGO - COMÉRCIO SU, LDA. NACIONAL SOCORREIAS NACIONAL OFICINA AUTO DE WILL MUXITO
NACIONAL SISTEC - SIST. TÉC. E INDÚSTRIA, SA NACIONAL CARPINTARIA E MARCENA. ESPERANÇA DE NACIONAL CASA COMERCIAL,LDA EXPORTAÇAO & IMP
NACIONAL SUCHEL CYBER CLUB NACIONAL CASA TIZINHA NACIONAL LANOS TRANSPORTES E LOGÍSTICA
NACIONAL VIANA - CLASS AUTO SERVICES, LDA NACIONAL AUTO PEÇAS BAV.F NACIONAL SANZI MOTO
NACIONAL CYGNUS - ELECTRIC SERVICE, LDA NACIONAL R-CRISANTOS,LDA NACIONAL FERNANDO MARQUES DE MATOS LOJA F.M
NACIONAL NUNDA & EVENTOS - PREST DE SERVIÇOS NACIONAL HD/ GROUP HUILADESIGN NACIONAL GILMOR COMÉRCIO GERAL
NACIONAL INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL AN NACIONAL ANJOLUS,LDA-TENDA DAS MARAVILHAS NACIONAL OFICINA PP CASA COMERCIAL PPL
NACIONAL MIKROCEL - INDÚSTRIA E TELECOMUNICA NACIONAL SONADANG SOCIEDADE NACIONAL DESENV. NACIONAL TRAN DUC THANH
NACIONAL ORGANIZAÇÕES JJBROCHA & FILHOS NACIONAL AUTO KUNENE NACIONAL CFM CAMINHO-DE-FERRO DE MOÇÂMEDES E
NACIONAL AKWA N´DALA ENTERPRISE, LDA NACIONAL ADRIANO CATETE & FILHOS NACIONAL HELSIL COMÉRCIO E PRESTAÇÃO DE SERV
NACIONAL WETUSERV - CONS. E PREST. DE SER., NACIONAL FRIO-TEC NACIONAL DEDÉ - MÁRIO VENÂNCIO AMORIM DE ALM
NACIONAL SONAIR NACIONAL D&I INFORLECTRIC PROJECTOS E CONSTRU NACIONAL JDN EMPREENDIMENTOS CONST. CIVIL &
NACIONAL LUBRITEC.COM NACIONAL DC COMÉRCIO GERAL E TELECOMUNICAÇÕES NACIONAL CASA COMERCIAL EL HANA
NACIONAL VALENTE - ELECTRICAL SERVICES, LDA. NACIONAL MONTE GERIZIN COMERCIAL (M.G.C) NACIONAL GERSON FLORIANO DE ALMEIDA COMERCI
NACIONAL MULTISIGN - SUPORTES DE COMUNICAÇÕES NACIONAL TJA BEIDA COMERCIAL, LDA NACIONAL KERO O MAIOR HIPER DE ANGOLA
NACIONAL ORGANIZAÇÕES ITUAKANA NACIONAL ECOLIDER ANGOLA NACIONAL IGIDILAND II
NACIONAL ZITEC - SOLUÇÕES TÉCNICAS NACIONAL BALAXI NACIONAL ORGANIZAÇÕES LUA NOVA
NACIONAL ABMAR, LDA. NACIONAL MARVEYA LDA. NACIONAL PNEUS-TEC, LDA
NACIONAL EMPRESA DE ALUMÍNIO NACIONAL MAKITANA, LDA. NACIONAL PROTESUL
NACIONAL NAJP - SERVIÇOS NACIONAL NI - SEVEN, LDA. NACIONAL GABRIEL SEGUNDA COMÉRCIO GERAL SU L
NACIONAL KUBANGO TRADING, LDA. NACIONAL FIRMA P.M.N. COMÉRCIO GERAL E PREST NACIONAL A.S. CELESTINO
NACIONAL MBT -INST ELÉCTRICAS BAIXA E MEDIA T NACIONAL R. VAZ & FILHOS, LDA. NACIONAL GIL DO ROSÁRIO FÉLIX
NACIONAL INNOVATION MAKERS ANGOLA, LDA. NACIONAL ORGANIZAÇÕES OKUESSETEKA & NACHIMAL NACIONAL ORGANIZAÇÕES CÚDICA
NACIONAL CM JÚNIOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, LD NACIONAL SODATA SOC. COMERCIAL, LDA NACIONAL ORGANIZAÇÕES D.N.M
NACIONAL MPANZU & FILHOS, LDA. NACIONAL JEREMIAS JAMBA ABRAÃO NACIONAL STALON DE ÁFRICA
NACIONAL AJ. DUMBA & FILHOS, LDA NACIONAL DPEA-DIRECÇÃO PROVINCIAL DE ENERGIA NACIONAL MORAIS JOÃO ANTÓNIO
NACIONAL GRÁFICA ARAÚJO - ATELIER DE PUBLIC NACIONAL RÁDIO NACIONAL ANGOLA- KUNENE NACIONAL JONEQUI GROUP INVEST,LDA
NACIONAL JOÃO AUGUSTO MACEDO E SANTOS PASSOS NACIONAL ALEXANDRE JAMBA TCHINDUNGO KANGAJO NACIONAL AQ COMÉRCIO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇO
NACIONAL MAT JUST, LDA. NACIONAL NCI NACIONAL TRANS GOIA
NACIONAL GSSG - PRESTAÇÃO DE SERVIÇO NACIONAL KIKUMA, LDA NACIONAL AUGUSFIL ,LDA
NACIONAL B.M. JAHULU & FILHOS, LDA. NACIONAL TECNO-SON, LDA CABINDA NACIONAL COMÉRCIO FRANCK & JUDY
NACIONAL GISELA M. F. C. LEITÃO DA CONCEIÇÃO NACIONAL INÁCIO NBANY - PREST DE SERVIÇOS NACIONAL MÁRIO DE MATOS AUGUSTO TAVIRA
NACIONAL TRANSMER NACIONAL LSD COMERCIAL NACIONAL PAULINO TINTA E FILHOS
NACIONAL CHIVINALIK, LDA. NACIONAL SEC - SIST ELECTRÓNICOS E COMPUTAÇA NACIONAL FRIO - TEC RESTAÇÃO DE SERVIÇOS
NACIONAL LAP PEÇAS & ACESSÓRIOS, LDA. NACIONAL STS - SIST TECNOLÓGICOS NACIONAL EMPRESA PÚBLICA DE ÁGUA DE LUANDA
NACIONAL AUTO PEÇA ANGOLA NACIONAL EPASBENGO, EP NACIONAL JOKIAL & FILHOS
NACIONAL ANA MARIA KASSOVA NACIONAL PEX HYDRÁULICAS ANGOLA, LDA. NACIONAL JACOB CACHIPA
NACIONAL CARIFARMA NACIONAL DAANS, ENGENHARIA NACIONAL LUCECE,LDA
NACIONAL PNEUS NOVA LDA. NACIONAL FLINEGE NACIONAL FILISMINO PASCOAL
NACIONAL GABRIEL MASTER, LDA. NACIONAL ISRG - PRESTAÇÃO DE SERVIÇO NACIONAL NDUDUMA & FILHOS
NACIONAL A.S. CAIA, PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NACIONAL ESPB SOLUÇÕES NACIONAL CSC & FILHOS LDA
NACIONAL RAMOS & RICARDO NACIONAL IRMÃOS PANZO, LDA. NACIONAL CHIVINALIK,LDA
NACIONAL INTERCAL NACIONAL LODGE VANJUL NACIONAL FIGUEIRA FILIPA & FILHOS
NACIONAL IMEX TRADE, LDA. NACIONAL ELOPISCINA LDA NACIONAL SOLUÇÕES CRIATIVA
NACIONAL ALDEAMENTO TURÍSTICO TOP CHELA NACIONAL SOGEPNEUS,LDA NACIONAL PANZO´S BELO (SU)
NACIONAL ORGANIZAÇÕES N.V. NACIONAL LBH, LDA NACIONAL VADO MUANZA LDA
NACIONAL TMGT-IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO NACIONAL MATROMÁQUINAS, LDA NACIONAL JOSÉ LUÍS SOVERAL
NACIONAL JANUÁRIO FILIPE MBINGO NACIONAL RODRIGUES NACIONAL FERMAT ANGOLA
NACIONAL SERRALHARIA MARCELO NACIONAL R. COSTA NACIONAL NEL`S(SU) LDA
NACIONAL LAB COMERCIAL E FILHOS LIMITADA NACIONAL AFON CONSTRUÇÕES LDA NACIONAL SMS-SYSTEM MAINTANANCE SOLUTION LDA
NACIONAL ALEGROUP,LDA NACIONAL MUDIANG ANGOLA, LDA NACIONAL ELECTRO ZUA E FILHOS COMERCIAL
NACIONAL MACAIA NACIONAL MF NACIONAL IBSON TRADING, LDA
(Continua na pág. 28)
Sábado
29 de Setembro de 2018 27
PUBLICIDADE

TERCEIRA REGIÃO TRIBUTÁRIA


(Luanda e Bengo)

EDITAL N.º 31
A Terceira Região Tributária faz saber que, as mercadorias abaixo indicadas, se encontram abandonadas e sob controlo Aduaneiro há mais de 60
dias, pelo que serão vendidas em hasta pública, conforme o preceituado na alínea a) do n.º 2 do artigo 462.º, da alínea a) do n.º 5 do artigo 480.º, do
n.º 1 do artigo 483.º e do n.º 1 do artigo 488.º todos do Código Aduaneiro em vigor, conjugados com os artigos 10.º e 11.º do Decreto Executivo
Conjunto n.º 12/95, de 28 de Abril.

Nesta conformidade, o leilão realizar-se-á no Terminal da Fayol, dez (10) dias úteis após a publicação do presente Edital.

TERMINAL DA FAYOL
Lote Designação das mercadorias Importador BL Data de chegada DU/Estado Valor de
Licitação

27F/17 1 Lava-louça inox novo. N/Identificado LISLAD170215 04.05.17 NT/DU 20.000,00

28F/17 4 Pneus R/17 novos. N/Identificado S/BL -042/16 22.12.16 NT/DU 100.000,00

29F/17 1 Palete c/material hospitalar novos. N/Identificado MSCUKK307433 09.04.17 NT/DU 95.000,00

30F/17 2 Volumes com 2 sofás N/Identificado LSO0129738 03.11.16 NT/DU 120.000,00

33F/17 79 Vols c/ óleo hidráulico, ácido e água Joana Gaspar-Superm. Pad. DXB0376373 09.11.17 291117710012 400.000,00
de bateria novo. Past. Gelad Liberado
02F/18 1 Vol com mangueira N/Identificado ------ 12.12.17 NT/DU 50.000,00
de aspiração flutuante
03F/18 1 Vol com produtos químicos N/Identificado HLCUDUR161202587 17.01.18 NT/DU 60.000,00

05F/18 4 Vols com material de circo (batuque e N/Identificado MSCU3363089 ------ NT/DU 750.000,00
uniformes)
06F/18 3 Caixas c/ máquinas de padaria N/Identificado DURLAD0000020 03.04.18 NT/DU 80.000,00

07F/18 1 Palete com papel para embalar vinho N/Identificado LISLAD170666 15.10.17 NT/DU 20.000,00
tinto (marca vinho da vila)
08F/18 1 Vol com peças eléctricas N/Identificado ------ ------ NT/DU 75.000,00

09F/18 1 Vol com candeeiro N/Identificado ------ ------ NT/DU 30.000,00

10F/18 6 Vols com discos N/Identificado ------ ------ NT/DU 5.000,00

11F/18 1 Palete com produtos clarity da água N/Identificado PT3265573 29.01.18 NT/DU 2.000,00

12F/18 1 Vol com calha de alumínio N/Identificado WEWA066775 13.01.18 NT/DU 65.000,00

Critério de acesso para leilão:

1. Ser possuidor de Cartão de Contribuinte;


2. Não constar da lista de importadores detentores de mercadorias que sejam consideradas demoradas nos termos da lei vigente e;
3. Não ser devedor do fisco.

Obrigações dos licitantes /arrematantes:

1. Pagar ou depositar no prazo de 10 dias úteis o preço de arrematação e o equivalente a 10% sobre o mesmo valor, conforme o disposto no n.º 2
do artigo 499.º do Código Aduaneiro;
2. Pagar as despesas de armazenagem, transportes, taxas aeroportuárias e/ou portuárias.

E, para constar, se deu a este Edital a devida publicação legal.

Terceira Região Tributária, aos 26 de Setembro de 2018.

A DIRECTORA REGIONAL
Eurídice Cristina F. Bárber A. Alves
(100.730a)
28 Sábado
29 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE
NACIONAL MARGAS - MAT NACIONAL CAPAMBA NACIONAL TABACARIA SERVE GLOBO
NACIONAL T.A. COOK NACIONAL CHICUMBO NACIONAL YOMKOL - COMÉRCIO GERAL,LDA
NACIONAL YO-BROTHERS GESTÃO DE EMPREENDIMENT NACIONAL ANGOMART NACIONAL SURE TRADE - COMÉRCIO E INDÚSTRIA,
NACIONAL QUALIMED, LDA NACIONAL SOLSYS - SOLUÇÕES INFORMÁTICA, LDA NACIONAL GRUPO ELSE
NACIONAL VIVO TOURS NACIONAL INTERMARKET NACIONAL MAURITALANGO, LDA
NACIONAL STAUNCH MACHINERY POWER,PURABILITY, NACIONAL JOSÉ MAMBUANA-COMÉRCIO E PREST. SER NACIONAL CONCEIÇÃO DOMINGOS LOURENÇO LOPES
NACIONAL RAS- RAMA VIAGENS E TURISMO NACIONAL JACK ROSS COMERCIAL NACIONAL DLO C.DE CASTRO (SU), LDA
NACIONAL FERGOL, LDA NACIONAL LAMA SALVADOR FRANCISCO DE LAMA NACIONAL SOARANDA
NACIONAL ÁGUA BUENA NACIONAL AMBIENTAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇO LDA NACIONAL AFC - DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA
NACIONAL ELECTRO PANGA LDA NACIONAL CASA TADIANE - KB, LDA NACIONAL KWANZAMED, LDA
NACIONAL ARCA NACIONAL RLPS - CONSTRUÇÕES E PROJECTOS NACIONAL GLOBAL ELECTRÓNICA SU, LDA
NACIONAL IT`S US - LINESTANDS PLEXO NACIONAL SEVENTH SKY NACIONAL BARIMA - ASS. TÉCNICA E TECOMUNICAÇ
NACIONAL B & N2, LDA NACIONAL FIRMA COMERCIAL - NOVA VIDA NACIONAL TRANSAGRO, LDA
NACIONAL L.K. COMERCIAL NACIONAL COSTA & MUHERPA, LDA NACIONAL PROCENTER
NACIONAL TCH´AKULUS TRADING LDA NACIONAL SEVENTH SKY LDA NACIONAL LAVADOR AUTO, LDA
NACIONAL PNE, LDA - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NACIONAL PNEUS LIRO, LDA NACIONAL OGI - ORGANIZAÇÕES GENITO INÁCIO
NACIONAL WORTEN NACIONAL CHIPA E FILHOS, LDA NACIONAL VALE EXPRESSA
NACIONAL SALY ENTERIOMENT NACIONAL JONEQUI GROUP INVEST, LDA NACIONAL GZFCOMÉRCIO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
NACIONAL ISOLUX INGENIERIA S.A. NACIONAL LOBINET, LDA NACIONAL NARIS.PC
NACIONAL NEWTONE-PRINTING NEW MEDIA NACIONAL CTDG - TRADING, LDA NACIONAL LUXCAR, LDA
NACIONAL CASA DOS FRESCOS NACIONAL BDEDA YEM - COMERCIAL NACIONAL NCR ANGOLA INFORMÁTICA, LDA - TALAT
NACIONAL AGRO COMERCIAL SANTOS LDA NACIONAL STAND AUTO - E.V.D, LDA NACIONAL N.P.F.S
NACIONAL ANGO REAL COMÉRCIO LDA. NACIONAL DROGARIA 17 DE SETEMBRO NACIONAL AL - RIDHA GROUP, LDA
NACIONAL PUBLIBRINDE NACIONAL TRANS-GOIA NACIONAL ANGO ALVALAH M.M, LDA
NACIONAL ETULENE - GRUPO DE TEATRO NACIONAL SAMUEL & SOARES - COMERCIAL, LDA NACIONAL ANGO KALED, LDA
NACIONAL ELMINE LDA NACIONAL MEMORIAL ELÉCTRICA-EQUIP. SERVIÇO, NACIONAL NAPOLEÃO
NACIONAL ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL NACIONAL NC-COMÉRCIO E INDÚSTRIA, LDA NACIONAL SHALLU
NACIONAL ELMINE COMÉRCIO INDÚSTRIA LDA NACIONAL PREARTE - COMÉRCIO GERAL NACIONAL JOFER
NACIONAL APARTHOTEL TROPICANA,LDA NACIONAL VICENTENICOLAU FILHOS,LDA NACIONAL FARMÁCIA FONTE DE VIDA
NACIONAL ELMINE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LDA NACIONAL ANGO ALGATH, LDA NACIONAL XIRIMBIMBI & FILHOS, LDA
NACIONAL ARMAZÉM PEDRAS NEGRAS NACIONAL AREVAKAKA COMERCIAL, LDA NACIONAL F.D.F COMÉRCIO GERAL
NACIONAL LOBITO DESIGN CREATIVE E PRINT NACIONAL NASSANDO MUGINDO NACIONAL COMERCIAL
NACIONAL ELETEC, LDA NACIONAL SHOPRITE - KUITO NACIONAL PEDRO LUENGO
NACIONAL D´ALTA, LIMITADA NACIONAL IBERESTRADAS NACIONAL MELO
NACIONAL CAZANGA MBAMBI NACIONAL MEGAMPERE, LDA NACIONAL ASSISTÊNCIA TÉCNICA
NACIONAL EVACIAS - CAINA NACIONAL TECNOLOGY AFRICA NACIONAL FIRMA PAULO ANDRÉ VEMBA KIANGA
NACIONAL GRUPO SEVEN DIRCOM COMUNICAÇÃO INTE NACIONAL OFICINA AUTO MACHADO NACIONAL OFFICE ONE
NACIONAL DIRCOM COMUNICAÇÃO INTEGRADA NACIONAL FARMÁCIA KUKALA, LDA NACIONAL HIDRO CORPORATION
NACIONAL INSTITUTO NACIONAL DE DEFESA DO CON NACIONAL FIL TUBOS - ANGOLA NACIONAL BETO SOUSA & FILHOS, LDA
NACIONAL X.V.G & FILHIOS NACIONAL FRANJOACOI, LDA NACIONAL PC´S NET
NACIONAL DOMINGOS MANUEL FINDA NACIONAL GRUPO KAUIKI NACIONAL SERCONTEC, LDA
NACIONAL HELSUZ, LDA NACIONAL JOSSOROMAH, LDA NACIONAL CF AUTO GASOSA, LDA
NACIONAL KIMPAXI, LDA NACIONAL RJM
NACIONAL ELECTROFRIO COMERCIAL
NACIONAL AUTO CRISNE NACIONAL SOCOMPSER
NACIONAL JOSÉ GARCIA & FILHOS, LDA
NACIONAL HIPER ELECTRA NACIONAL SOCOMPSER,LDA
NACIONAL RIKAUTO, FILIAL MIRAMAR NACIONAL A.F.V.C NACIONAL RONEAD, LDA
NACIONAL RIKAUTO, FILIAL MIRAMAR R NACIONAL COMÉRCIO A RETALHO DE CONCIÇÃO L. L NACIONAL FILHOS & SUZANA
NACIONAL STAL & FILHOS, LDA NACIONAL SERRA & COELHO NACIONAL CSSE - COMERCIAL, LDA
NACIONAL JF-CHINGUI CONSTRUÇÕES, LDA NACIONAL MAFERSUL, LDA NACIONAL MERCADO MBUTA CARLOS & FILHOS
NACIONAL MEDIATECA NACIONAL CIN, SA NACIONAL VMC - VENDEDOURO MUNDO DOS COMPUTAD
NACIONAL KIAEL-COMÉRCIO E INDÚSTRIA, LDA NACIONAL RUI CLÁUDIO DOS SANTOS NACIONAL JOTA CAR, LDA - INDÚSTRIA E COMÉRCI
NACIONAL LOGIPHARMA NACIONAL KARIQUENDO-COMERCIAL , INDUSTRIAL NACIONAL BENERGY, S.A
NACIONAL OFICINA E LUBRIFICANTES NACIONAL ANGO-TAHANGLE, COMÉRCIO GERAL NACIONAL AENERGIA
NACIONAL AUSUS NACIONAL CASA RENASCER COMERCIAL
NACIONAL BDM-ENGINHARIA & TECNOLOGIA
NACIONAL NOSSA CAB CASH & CARRY NACIONAL CAMES -ANGOLA
NACIONAL DAR ANGOLA CONSULTORIA, LDA
NACIONAL PAVICONSTRÓI NACIONAL C.H.E - RADIADORES
NACIONAL GLOBAL COMERCIAL, LDA
NACIONAL ORGANIZAÇÕES ALMA NACIONAL DALUCY E IRÃOS
NACIONAL CASA AUGUSTO NACIONAL EMOSIST NACIONAL ELECTROVITA - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
NACIONAL FC-JEREMIAS SERVICES,LDA NACIONAL SICIE, LDA NACIONAL AIBK - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
NACIONAL DOMINGOS CORREIA CHIPUTO NACIONAL GRUPO KIWAMONA, LDA NACIONAL CIP, LDA COMÉRCIO E PRESTAÇÃO DE SE
NACIONAL NEW CARE NACIONAL CAMBUTA COMERCIAL NACIONAL WERTRAK
NACIONAL SOMANSER NACIONAL PTP - COMERCIAL E INDÚSTRIA, LDA NACIONAL SADERCOTE INVESTIMENTOS, LDA
NACIONAL ABMAR LDA NACIONAL NOUR COMPANY, LDA NACIONAL SOLAR CAMAMA, LDA
NACIONAL CASA BAÚ NACIONAL FS PRESTAÇÃO DE SERVIÇO NACIONAL SOLUÇÕES E NEGÓCIOS, LDA
NACIONAL JÚLIO NACIONAL DELPECAR & TRANSPORTES NACIONAL & FILHOS
NACIONAL MUANZA CONGOLO COMERCIAL LDA NACIONAL ELECTROZEF
NACIONAL PADARIA PÃO DO HOMEM
NACIONAL FERPLAS, LDA NACIONAL ANGOLA COR & ARTE
NACIONAL AZENGO SU, LDA
NACIONAL MENEZES & MENEZES NACIONAL FROENGE - ENGINHARIA
NACIONAL MOHAMED SIDI
NACIONAL RIPRO, LDA NACIONAL COBANGOLA
NACIONAL EXECUTIVE PARAÍSO HOTEL, LDA NACIONAL CHILINGUTILA COMERCIAL & FILHOS, LD NACIONAL CLÍNICA DE COMPUTADORES
NACIONAL JAIME JOSÉ TEIXEIRA NACIONAL SOCONOVEM, LDA NACIONAL ELISOL
NACIONAL LAURA SERVIÇOS, LDA NACIONAL NPT - COMERCIAL NACIONAL VAN - SIL COMÉRCIO GERAL E PREST.SE
NACIONAL ORGANIZAÇÕES J.S NACIONAL S.C.B.I.T.C NACIONAL GILSONHI COMÉRCIO GERAL, PREST.SERV
NACIONAL LINFRAMOS NACIONAL LEMAR LIMITADA NACIONAL AL - VIRAL
NACIONAL MONTUM- EMPREENDIMENTO, LDA NACIONAL BRICOCELA - COMÉRCIO GERAL IMP.EXP. NACIONAL ATOMÁS ANGEL - COMÉRCIO E SERV, LDA
NACIONAL YEWHING COMÉRCIO E INDÚSTRIA LDA NACIONAL KAMBA MAIS - COMÉRCIO GERAL, LDA NACIONAL POWERTRAK - COMÉRCIO GERAL
NACIONAL LAURENTINA MAURÍCIO FINDA NACIONAL EDIVIVE COMERCIAL E FILHOS, LDA NACIONAL RAMA TOOLS, LDA
NACIONAL KITEC - TISANGOL, LDA NACIONAL SAMBUKILA, LDA NACIONAL SUGE INTERNATIONAL
NACIONAL CIFAGOL, LDA NACIONAL SHOPRITE CENTER - LUBANGO NACIONAL HEL - INFORM, LDA
NACIONAL MMKP, LDA NACIONAL AIDA & FILHOS, LDA NACIONAL DORIEMA, LDA
NACIONAL ASCS, LDA NACIONAL O PITÉU NACIONAL FIRMA K.SANDA``AZUL´´
NACIONAL GESTFILES NACIONAL MOCO COMERCIAL NACIONAL ALFREDO SUKUPIA CAIA
NACIONAL JLS - ANGOLA NACIONAL ANDRÉ REMIGIO LDA NACIONAL OK MOBILIÁRIA HUAMBO
NACIONAL A.D.V.C.GR.RET NACIONAL RIO CUEBE - LODGE NACIONAL KNJ INVESTIMENTOS HUAMBO
NACIONAL F.A-COMÉRCIO GERAL NACIONAL ACD - COMÉRCIO GERAL NACIONAL JC JOCABA-COMERCIAL
NACIONAL JOSÉ MAMUANA COMÉRCIO P. DE SERV.LDA NACIONAL RECAUCHUTAGEM BOA ALDEIA NACIONAL BERTA AFONSO, LDA
NACIONAL EDIÇÕES NOVEMBRO - HBO NACIONAL FILIPE CONSTRUÇÕES LDA NACIONAL O.P.L
NACIONAL NOBLE GROUP, S.A NACIONAL MABÍLIO M. ALBUQUERQUE COMERCIAL, S NACIONAL SOALEMAG, LDA
NACIONAL GAPEAL, LDA NACIONAL MJK NACIONAL ZERO RISK ZERO IMPACT, LDA
NACIONAL BOBLE GROUP, S.A NACIONAL AGÊNCIA DE GÁS A.B.M.AS.G DE ALBERT NACIONAL SADE, LDA
NACIONAL CHITYENI, LDA NACIONAL GCD COMERCIAL NACIONAL JOSÉ PINTO ORGANIZAÇÕES
NACIONAL RIMCOM, LDA NACIONAL RECAUCHUTAGEM MANAGER NACIONAL ECEI - EMPRESA DE CONSULTORIA
NACIONAL FREE HAND, LDA NACIONAL AS DELÍCIAS DA ISABEL NACIONAL SOCIEDADE PRAIA AZUL
NACIONAL XPONE COMÉRCIO GERAR NACIONAL MOHAMILIA - COMÉRCIO, LDA NACIONAL MANUEL
NACIONAL ORGANIZAÇÕES SILVA NACIONAL NGO CURTESIA - COMÉRCIO GERAL NACIONAL MANUEL
NACIONAL QUENGUE & NGOMA, LDA NACIONAL APA - AUTO PEÇAS ANGOLA NACIONAL A.VERÍSSIMO
NACIONAL BOM SINAL NACIONAL AUTO HAVE NACIONAL CAR PEÇAS
NACIONAL FILMARCOS NACIONAL ORGANIZAÇÕES TOMÁS FERNANDES
NACIONAL CERTIVIAS, LDA
NACIONAL KONDE AFONSO&FILHOS, LDA NACIONAL ANGOBEK COMERCIAL - COMÉRCIO GERAL
NACIONAL RST - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
NACIONAL BANCO BAI NACIONAL SABOR E SABORES NEWCORP, LDA
NACIONAL FIRMA EDSON FERNANDO MANUEL ANTÓNIO
NACIONAL EASH-EP NACIONAL SUPER 7 CAMBAS

Agradecemos antecipadamente a vossa colaboração e subscrevemo-nos com eleva estima e consideração


Sem mais de momento, apresentamos os nossos melhores cumprimentos.

GABINETE DA PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA ENDE-EP., em Luanda, 07 de Setembro de 2018.

A PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

RUTH CARDOSO DE ALMEIDA SAFECA


(100.737)
CULTURA Sábado
29 de Setembro de 2018 29
ANTÓNIO FONSECA NUM DIÁLOGO SOBRE O ENTRUDO OBRAS DA “COLECÇÃO GERAÇÕES” FILANTROPIA
Centenas de livros
Escritor quer a conservação Artista Fineza Teta mostra para Biblioteca
“Fragmentos” em Talatona Escolar no Cunene
da originalidade do Carnaval Retratos com cores fortes,
traços singulares e identidade
Detentora de diversos pré-
mios de âmbito nacional e
A iniciativa cultural “Um
Livro Uma Criança Muitas
Leituras” doou à Escola de
africana que expressam a internacional, Fisty desta- Magistério ADPP de Ondjiva,
António Fonseca defendeu a modernização do Carnaval sua marca ímpar é a proposta cou-se ao receber o Grande Cunene, 540 livros de apoio
sem fugir a matriz cultural que caracteriza a manifestação da artista Fineza Teta “Fisty” Prémio de Pintura Ensa-Arte escolar e de literatura ango-
para a exposição individual 2 0 1 4 , s e n d o a p r i m e i ra lana para o apetrechamento
“Fragmentos” a ser aberta mulher a receber a distinção da sua Biblioteca Escolar.
Mário Cohen de raiz bantu ainda tem muito celebrar a vitória sobre o ao público na segunda- nos mais de vinte anos de Delfina Alberto, directora
para “enriquecer o nosso Car- exército sul-africano do apar- feira, às 18h30, no Hotel de existência do concurso. da escola, manifestou satis-
naval”, em termos de estética theid, culminando nos dias Convenções de Talatona Além disso, a artista já rece- fação com a doação. “São
O escritor António Fonseca cultural, tendo acrescentado de hoje no Carnaval da paz. (HCTA), e que fica patente beu menções honrosas em muito raras acções benevo-
afirmou, quinta-feira, em que o Entrudo angolano não Disse que o Carnaval na até 31 de Outubro. diferentes exposições: Fun- lentes deste tipo, que ajudam
Luanda, ser necessário que está isento de influências, sua essência reúne novos e A exposição vai contar dação Irida, em 2004, na tanto estudantes como pro-
o Executivo crie políticas para como a introduzida na festa velhos, mulheres e homens com dez obras de escultura Rússia, pela exposição “Pri- fessores a reforçarem os seus
a preservação do Carnaval do povo, as figuras do rei, da para brincar e dançar ao ritmo e de pintura de acrílico e mavera” e Ensa-Arte, em conhecimentos”, disse a
em todo o território nacional, rainha e do comandante. de uma expressão artística óleo sobre tela, que são retra- 1998, pela obra intitulada directora do estabeleci-
por forma a que esta mani- A figura de comandante muito contagiante na diver- tos com cores fortes, traços “O Casamento”. Fisty par- mento, vocacionado para a
festação cultural do povo não introduzida no Carnaval de sidade cultural que os grupos singulares e identidade afri- ticipou em diversas expo- formação de professores
perca a matriz original. Luanda pela inovação de apresentam, pelo que “pode cana que expressam a marca sições de prestígio como a para as comunidades rurais.
Dissertando sobre o tema Pedro Vidal, do grupo 10 gerar grandes receitas finan- ímpar da artista. Expo Saragoça 2007, Expo O jornalista Rui Ramos,
“Diálogo sobre o Carnaval”, Dezembro, nos dias de hoje ceiras para o país e atrair Com obras que fazem parte Xangai 2010, Expo Coreia coordenador da iniciativa,
na quinta edição do Ciclo de passou a ser o líder dos grupos, turistas em época de festa do acervo da Seven Arts, mais 2012 e Expo Milão 2015. disse que o apetrechamento
Conferências “Carnaval - mas, segundo António Fon- carnavalesca em Angola.” propriamente da “Colecção Ciro Neves disse que a da biblioteca só foi possível
Desafios da Modernidade”, seca, o Entrudo luandense O palestrante recordou Gerações”, a exposição conta Seven Arts valoriza a arte graças à doação de livros tanto
na Associação Recreativa e tem matriz própria que não que, no relançamento do Car- com trabalhos exclusivos que contemporânea angolana em Angola como em Portugal.
Cultural Chá de Caxinde, Antó- pode ser imposto em todo o naval, o Presidente Agostinho revelam diferentes impressões com a “Colecção Gerações”, “Temos dezenas de milhares
nio Fonseca disse acreditar território nacional. Neto tinha dito que o Governo e cenários artísticos. que conta com obras de dife- de livros de apoio escolar e
que os debates são a melhor O Carnaval de Luanda, iria apoiar a realização do Para Ciro Neves, fundador rentes artistas que marcam para crianças em Portugal,
via para abordar diversas ques- disse o palestrante, mati- Entrudo por forma a fazer- da Seven Arts, “o projecto o cenário político, social e já doados, à espera de apoio
tões dentro da perspectiva do zou-se e adaptou-se a outras se no país uma verdadeira incentiva, colecciona e docu- cultural do país, desde os no transporte, o que permitia
futuro do Carnaval, marcado culturas, tendo ganhado fama festa, dançando nos bairros, menta a Arte Contemporâ- Mestres Kapela, Gonga, Van, chegarmos a curto prazo a
pela diversidade cultural que e símbolos com originalidade nas ruas e nos salões das nea em Angola. Além disso, António Ole, passando por mais de 200 bibliotecas cria-
vem apresentando. própria na forma de dançar, várias artérias das cidades. a Seven Arts cria o inter- Fisty, Francisco Vidal, Gui- das em escolas públicas e
“A nossa realidade cultural integrando novos elementos O Ciclo de Conferências câmbio entre a arte contem- lherme Mampuya, Januário privadas, em pediatrias e em
é muito diversificada nas suas artísticos, que o tornam assim “ C a r n ava l - D e s a fi o s d a p o râ n e a a n g o l a n a e d o Jano, Paulo Kussy, Ricardo instituições de acolhimento
expressões artísticas, assim na melhor festa carnavalesca Modernidade” é realizado mundo, fundindo a expres- Kapuka, até aos expoentes de crianças vulneráveis.”
como temos uma história do país, sendo o desfile bas- desde Maio até Dezembro, são artística de diferentes da nova geração Cristiano A iniciativa “Um Livro Uma
com muito contributo, as tante competitivo. pela Associação Recreativa e culturas, panoramas e con- Mangovo, Mumpasi Meso, Criança Muitas Leituras”
quais não podemos ficar Para António Fonseca, Cultural Chá de Caxinde, em textos históricos”. Uófole e Alcides Malayka. existe há cerca de seis anos.
alheios. Temos uma matriz essa festa popular divide-se parceria com a Fundação
bantu que dá o corpo funda- em três grandes etapas, sendo António Agostinho Neto, com
mental daquilo que é a ango- a primeira a colonial, pas- o objectivo de agregar valores
lanidade”, disse o palestrante. sando pelo Carnaval da Vitó- e qualidades ao Carnaval TEATRO INFANTIL dos ovos de ouro e um outro
Para o também PCA do ria, proclamado pelo primeiro angolano para atrair inves- cartão de aniversário, feito
Memorial Dr. António Agos- Presidente de Angola, Antó- tidores e promotores para por Chapeuzinho Vermelho
tinho Neto, a arte angolana nio Agostinho Neto, para esta manifestação cultural.
PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO
Peça inspirada em conto para a sua amiga Cachinhos
Dourados.

fecha época no Camões “Quebra Línguas”


O Grupo Experimental de
Teatro exibe, ainda hoje, em
“Pim, Pam, Pum e as Histó- Nonjamba, José Pedro, Lídia duas sessões, às 15 e 17h00,
rias do Carteiro Benjamim” Loureiro, Milton Jorge e no espaço Plano B, no interior
é a peça de teatro para crianças Paulo Cardoso. da Estação dos Correios, na
que o Grupo Experimental A versão original, publi- avenida Lénine, e na Casa
de Teatro (GET) exibe hoje, cada em 2007, tem um pro- das Artes, em Talatona, a peça
às 9h30, no auditório Pepe- jecto gráfico moderno, com “Quebra Línguas e Outros
tela, no Camões - Centro Cul- cartas de diferentes formatos, Contos”, baseado uma lenda
tural Português, em Luanda, e o texto apresenta caracte- australiana sobre a história
no fecho da temporada men- rísticas de uma linguagem da criação do mundo pelo sol
sal do colectivo em diversos delicada e afável. e de como o céu se afastou
palcos luandenses. Segundo a história, o car- da terra.
A peça resulta de uma teiro leva cartas a vários per- A peça, que fica em cartaz,
criação colectiva, inspirada sonagens dos principais contos no espaço Plano B e na Casa
no conto “O Carteiro Che- de fadas, como uma que das Artes, todos os sábados
gou”, clássico mundial da Cachinhos Dourados escreve até 27 de Outubro, segundo
literatura infantil ameri- à família do Ursinho para se o encenador e director artís-
cana, de autoria de Allan desculpar das coisas que fez tico, traz criaturas estranhas,
Ahlberg e ilustrada pela sua em sua casa. O carteiro leva, em conversas, onde, pelo
Escritor foi o orador da palestra subordinada ao tema “Carnaval desafios da modernização” esposa, Janet Ahlberg, que também, um cartão-postal meio repetem quebra-lín-
vendeu mais de seis milhões de Joãozinho para o gigante, guas, versinhos, advinhas e
de exemplares. em que comenta sobre as suas até receitas.
O trabalho artístico, agora férias com a mãe e a galinha Roque Silva
EUGÉNIO DE ANDRADE transformado em produção EDIÇÕES NOVEMBRO
nacional com encenação e

Obra do poeta português é revisitada direcção de Paulo Aveiro


Bolota e ilustração de Irina
Kazak, junta-se à música e
A trajectória literária do poeta têm a oportunidade de conhe- sações afloram em formas rimas, criando um mundo de
português Eugénio de Andrade cer detalhadamente o per- de rara beleza, transfiguradas fantasia, recriado em cadaos
vai ser revisitada no próximo curso de um dos maiores e serenas.” de duração, a peça envolve
dia 29 de Outubro, entre às poetas da sua época, pela Do conjunto da obra res- as crianças num mundo de
10h00 e às 12h00, no Centro força lírica e originalidade salta a fusão de várias escolas fantasias, participando e inte-
Cultural Portuguê s , em de expressão, aliada a uma estético-literárias. Fernando ragindo com diversos perso-
Luanda, inserido no projecto sensualidade pura, ardente Pessoa chamou-lhe “indis- nagens, dando, assim, o seu
“Escritor do Mês na Biblioteca e franca. ciplinador de almas”. Uma contributo para a construção
Camões”, destinado a divulgar O Camões diz, em comu- das suas frases mais conhe- do próprio espectáculo.
autores de língua portuguesa. nicado, que a poesia de Eugé- cidas é “O poeta é incapaz A peça é exibida de adul-
Na sua nona edição, os nio de Andrade “é densa, de conter um segredo, acaba tos para crianças, por isso
apreciadores da literatura sugestiva e celebra os momen- sempre por dizer no poema as personagens são inter-
da Comunidade dos Países tos de plenitude da vida em aquilo que queria guardar pretadas pelos de actores
de Língua Portuguesa (CPLP) que as mais antagónicas sen- só para si.” Anderson Manuel, Helena Grupo Experimental de Teatro exibe hoje peças para crianças
30 DESPORTO Sábado
29 de Setembro de 2018

CAMPEONATO NACIONAL DE BASQUETEBOL HÓQUEI EM PATINS


Basquetebol EDUARDO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Petro e Marinha centram MILITARES


SUPLANTAM
AVIADORES

atenções da segunda ronda O 1º de Agosto venceu


ontem, no Pavilhão
Victorino Cunha, o Atlético
Sport Aviação (ASA), por
Por imperativo de calendário o 1º de Agosto, campeão em 106-86, em partida
título, folga nesta ronda. Às 16h00 jogam ASA e Kwanza referente à primeira
jornada da primeira volta
da fase regular da 41ª
Anaximandro Magalhães adversário, assumem o desejo edição do Campeonato
de apostar no jogo colectivo, Nacional de basquetebol,
para deste modo elevarem a em seniores masculinos. Agostinos querem quebrar a invencibilidade dos estudantes
Distantes ainda da forma CAMPEONATO NACIONAL qualidade do jogo ofensivo. Moralizada com o triunfo
desportiva, Petro de Luanda SÉNIOR MASCULINO A eficácia nos lançamen- na final da Supertaça
- Desportivo da Marinha cen-
tram hoje, às 18h00, no Pavi-
DE BASQUETEBOL
Prova decorre até
tos de campo e a capacidade
de sofrimento o quanto basta
Wlademiro Romero (92-76),
a formação do 1º de Agosto 1º de Agosto e Académica
lhão Anexo II da Cidadela à segunda quinzena nos momentos menos bons, voltou a superiorizar-se
Desportiva, a partida de des-
taque da segunda jornada da
de Maio do próximo ano para uma vez mais desfeitear
o adversário é outra das apos-
frente à equipa do
aeroporto, que continua decidem Taça de Angola
fase regular da 41ª edição do 1 tas do Petro que não vai poder desprovido do
Campeonato Nacional sénior equipa estreia-se contar com os préstimos de internacional angolano 1º de Agosto e Académica de cem de grandes referências
masculino de basquetebol, na maior competição Leonel Paulo, por se encon- Reggie Moore. Luanda jogam hoje, às no ataque. Terminaram a dis-
Unitel - Basket. do calendário de provas trar na África do Sul, a tratar O extremo poste recupera 16H00, no Pavilhão anexo puta do campeonato provincial
À mesma hora, no 28 de da federação assuntos pessoais. de uma intervenção II da Cidadela Desportiva, sem incluir um nome entre
Fevereiro, o Vila Clotilde defronta Domingos Bonifácio, Ger- cirúrgica à qual foi para decidir o troféu da Taça os 10 melhores marcadores
o Interclube. Trinta minutos 9 son "Lukeny" Gonçalves, submetido, depois de Angola, segunda compe- da prova, enquanto os aca-
mais tarde, o Helmarc Academia equipas discutem Childe Dundão e os reforços de ter quebrado tição mais importante do démicos têm Nery, Nim, Már-
recebe a visita da Universidade a conquista do título B e nvi n d o Q u i mba mba , o nariz, ao serviço da calendário da Federação. cio e outros que não brincam
Lusíada, no Pavilhão Multiusos Manda João e Deográcio Selecção Nacional. Os militares, sob a batuta em serviço, quando se trata
Arena do Kilamba. 18 António devem ir a jogo para Apesar do triunfo militar, de António Gaspar, põe à de visar a baliza adversária.
O a r ra n q u e d a ro n d a número de campeonatos contrariar os “marines” Cris- a partida foi jogada prova a invencibilidade da Segundo a organização,
acontece às 16h00, no Mul- ganhos pelo 1º de Agosto tiano Xavier, Daniel Manuel, sob o signo do equilíbrio, Académica de Luanda. Às todos os aspectos atinentes
tiusos, com o desafio entre que é a formação Joaquim Nunda, Eusébio principalmente, nos dois ordens de Fernando Fallé, ao asseguramento policial e
o ASA e a estreante Escola mais ganhadora do país Santos e Tarcio Domingos, primeiros períodos, com os os académicos desconhecem médico estão garantidos para
de Formação Desportiva só para citar estes. jogadores das duas equipas o sabor da derrota, pois con- o sucesso da final. As entra-
Kwanza. Por imperativo de 12 Aldemiro João “Vander”, a exibirem-se ao mais quistaram, imbatíveis, o das são grátis.
calendário, o 1º de Agosto troféus do nacional poste contratado esta tem- alto nível. campeonato provincial e O Juventude de Viana
folga nesta ronda. maior conquistados porada, após estar em final Com uma margem mantiveram imaculado o domina, com seis conquistas
Assumidos candidatos à pelo Petro de Luanda de contrato com o ASA, já “confortável” de dez seu registo nas eliminatórias o palmarés da prova, seguido
conquista do título e com pode ser opção para Lazare pontos, ao cabo dos da Taça de Angola. pela Académica de Luanda
jogadores tecnicamente mais 4 Adingono. O Jornal de Angola primeiros 24 minutos, os Os militares consentiram com quatro.
evoluídos, os petrolíferos às voltas estão reservadas apurou que a inscrição do pupilos de Paulo Macedo dois empates no caminho O Petro de Luanda tem
ordens do camaronês Lazare para a disputa da fase atleta foi validada pelo gabi- entraram mais confiantes para a final. Empataram a três títulos, Banca e Enama
Adingono são, ante os mari- regular do nacional maior nete técnico e de competi- no terceiro quarto, ao dois golos, diante da Marinha, de Viana ostentam uma con-
nheiros, comandados por da bola ao cesto ções da Federação Angolana contrário do ASA, que se e a três, frente ao Petro de quista cada uma.
Walter Costa, favoritos ao de Basquetebol (FAB), por mostrava bastante apático, Luanda nas eliminatórias. A formação petrolífera
triunfo, embora a procissão 8 alegadamente os aviadores nas suas acções ofensivas. Aliás, as estatísticas são tem 11 presenças e a Juven-
ainda vai no adro. formações qualificam-se reclamarem de incumpri- Carlos António Dinis, desfavoráveis aos militares tude de Viana com 10 são as
O histórico de vitórias nos para os quartos-de-final mento contratual por parte comandante principal que buscam a sua primeira equipas que mais vezes joga-
desafios frente a Walter e pupi- do jogador. da aeronave aviadora, conquista na prova. Os coman- ram finais.
los permite reforçar o favo- Agendada para ontem, a discordava das decisões dados de António Gaspar care- Silva Cacuti
ritismo de Adingono e fos. Cientes das dificuldades partida entre Helmarc e Inter- do trio de arbitragem.
jogadores, causadores de inú- para materialização do desi- clube foi remarcada, a pedido A quatro minutos e 35
meros calafrios nas hostes derato, os tricolores do Eixo dos dois clubes, para 9 do segundos do fim do ATLETISMO DE ESTRADA
tricolores, a atestar estão as Viário, em discurso uníssono corrente, às 16h00, no Mul- terceiro período, os
dificuldades nos últimos triun- e avisados da pretensão do tiusos do Kilamba. militares venciam
JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
confortavelmente por uma
margem de 20 pontos (71-
51). Com uma equipa mais
Fundistas competem
coesa, em termos de
automatismo, os campeões
nacionais em título
em memória de Neto
jogavam a seu belo prazer, Ao todo, 158 fundistas, em Dias se tem destacado nas
ante uma formação que ambos os sexos, disputam provas de fundo, em Luanda.
nunca deixou de lutar. hoje, a partir das 7h30, a Por outro lado, a atleta do
A vitória da formação quarta edição da prova “Herói conjunto militar é a única
militar não sofre qualquer Nacional”, numa distância federada inscrita.
contestação, em face do de dez quilómetros, com par- A corrida “Herói Nacional”
domínio que exerceu tida no Farol Velho, na Ilha é disputada nas categorias
durante os 48 minutos do Cabo, e chegada no Memo- de federados, populares,
regulamentares. 106-86, rial António Agostinho Neto. paralímpicos T11 e T56 (defi-
foi o resultado final. A prova que marca a aber- cientes visuais e dos mem-
Teotónio Dó, com 18 tura da época 2018/2019, do bros superiores) e mais velhos
pontos, foi o melhor calendário de competições e conta ainda com a parti-
marcador da partida, da Federação Angolana de cipação de atletas do Brasil,
contra 17 de Felizardo Atletismo (FAA), visa home- Indonésia, Líbano, Tunísia,
Ambrósio “Miller”, nagear o primeiro Presi- África do Sul, França, Ingla-
do 1º de Agosto. dente de Angola, cujo terra, Argélia, Guiné Conacri,
Já o Atlético Petróleos de aniversário foi assinalado Portugal e Itália.
Luanda cilindrou o CDFK, a 17 do corrente. O Jornal de Angola apurou
por 105-33, ao passo que o A julgar pelo número de de fonte próxima à federação
Futebol Clube Vila Clotilde inscritos e o desempenho que as condições estão cria-
derrotou o Clube nas competições sob a égide das: “da nossa parte, tudo
Desportivo Marinha da FAA, Simão Manuel, Seve- está pronto para o tiro de
de Guerra, por 72-77. rino Vicente e Neide Dias (1º partida. João Ntyamba (vice-
Entretanto, a primeira de Agosto) são favoritos à presidente), Pinto Diogo
jornada da primeira volta vitória. Simão Manuel venceu (coordenador dos juízes e
da fase regular da 41ª a última edição da São Sil- cronometristas) e Bartolo-
edição do Unitel Basket vestre e da meia maratona meu Konde (director de
ficou marcada pelo “Fuga Para Resistência”. prova) testemunharam a vis-
adiamento da partida Na corrida “Cuito Cidade toria ao percurso. Contamos
Academia Helmarc-Grupo Invicta”, Severino Vicente com dois postos de abaste-
Desportivo Interclube. ocupou o segundo lugar do cimento de água”.
Lazare Adingono e pupilos têm sentido dificuldades para vencer Walter Costa e atletas Melo Clemente pódio, ao passo que Neide Teresa Luís
DESPORTO Sábado
29 de Setembro de 2018 31
FUTEVÔLEI DISPONÍVEIS SEM MAZELAS DESAFIO FRENTE À MAURITÂNIA

Torneio arranca
hoje no Arena
da Ilha do Cabo
Afinar detalhes de jogo Selecção Nacional corrige
pormenores na Cidadela
Quarenta equipas em ambos
os sexos disputam hoje, a
partir das 8h00, no BAI Arena
para ganhar vantagem Os Palancas Negras cumprem
hoje, às 8h30, a última sessão
de treino da semana no Está-
de Agosto). Antes, os atletas
efectuaram alguns exercí-
cios físicos com a bola para
na Ilha do Cabo, em Luanda, Rubro e negros cumprem esta manhã, no França Ndalu, mais dio Nacional da Cidadela, melhorar a condição física.
a primeira edição da Copa um treino, no quadro da preparação do duelo com o Esperance visando o jogo frente à Mau-
Tigra de futevôlei, numa ini- JOSÉ COLA | EDIÇÕES NOVEMBRO ritânia, no próximo dia 12 de Chegadas
ciativa da empresa Hattrick, Outubro, em Luanda, pon- O guarda-redes Landu, do
em parceria com a Refriango. tuável à terceira jornada do Interclube, regressou ontem
Com variante de 3X3 e um Grupo I da campanha de apu- no princípio da noite depois
suplente, o torneio é jogado ramento para a fase final da das férias no exterior do país,
em duas etapas. 32ª edição da Taça de África enquanto o defesa central
Na fase preliminar, jogam das Nações (CAN), a decorrer Wilson Gaspar (Petro de
todos contra todos a uma de 7 a 30 de Junho de 2019, Luanda) tem prevista che-
volta e apuram-se para os nos Camarões.O selecciona- gada a Luanda no domingo
play-off da final as 16 melho- dor nacional, Srdjan Vasilje- à noite.
res equipas. v i c , q u e r ap rove i ta r a o Os dois atletas devem jun-
O vencedor da Copa de máximo o treino para voltar tar-se ao grupo na segunda-
futevôlei é conhecido a 7 de a ensaiar os esquemas defen- feira de manhã. Na terça-feira
Outubro e, além do troféu sivos, com realce para as saí- à noite, são aguardados os
e da medalha, recebe da das ofensivas, e a melhoria jogadores do 1º de Agosto no
organização cem mil kwan- na finalização. Hotel Samba, pelo facto de
zas. As formações que ter- Do núcleo duro dos Palan- os militares estarem a disputar
m i n a re m n a s p o s i ç õ e s cas Negras, o seleccionador as meias-finais da 22ª edição
imediatas também são agra- nacional trabalha apenas da Liga dos Clubes Campeões
ciadas com medalhas. com Tó Carneiro, Vá, Mira e Africanos de Futebol, frente
As antigas estrelas do fute- Herenilson, já que os restantes ao Esperance de Tunis.
bol nacional Fabrice Alce- são aguardados a meio da O grupo fica completo dia
bíades Maieco “Akwá”, Paulo próxima semana por estarem 8 de Outubro com a chegada
Figueiredo, Carlos Alonso em período de gozo de férias, de Mateus Galiano, Djalma
“Kali”, Mawete Júnior, Irene a maioria, e um número con- Campos, Bastos Quissanga,
Gonçalves e Zé Kalanga são siderável a jogar em cam- Freddy, Gelson Dala e Buatu
os embaixadores da prova. peonatos europeus, Portugal Jonathan, a jogarem na Europa.
Em declarações ao Jornal e Turquia. Palancas Negras e Cavalos
de Angola, o antigo capitão Ontem à tarde, no único do Burkina Faso partilham
dos Palancas Negras, Akwá, treino realizado na Cidadela, a terceira posição do grupo,
afirmou que está pronto para o treinador privilegiou as com três pontos, atrás dos
uma nova experiência, pois combinações ofensivas com Les Mourabitounes, com seis,
todos os sábados faz treinos Técnico Zoran Maki tem privilegiado nas sessões de treino o reforço da componente táctica vário s remate s à baliza e as Zebras (Botswana) estão
de descontracção baseados defendida por Ndulo (Aca- no último lugar, com zero.
no futevôlei. démica do Lobito) e Nsesani
“Deixamos os relvados e Honorato Silva áreas, a ligar a defesa ao ata- a primeira eliminatória da (guarda-redes Sub-20 do 1º António Cristóvão
agora vamos competir na que integrado por Geraldo, Liga dos Campeões, com
areia da praia. O objectivo é Em contagem decrescente, Mongo e Jacques, obrigado triunfo do Esperance, nos
promover a nova modalidade para a abertura da meia-final a abanar o forte tunisino dois desafios, por 1-0. Mas,
em Angola, assim como da Liga dos Clubes Campeões composto por Rami Jeridi a memória que persiste no TRAGÉDIAS NOS ESTÁDIOS
acontece noutros países”, Africanos de futebol, frente (baliza), Ayman Ben Moha- tempo é a da final da Taça
salientou o antigo interna- ao Esperance de Túnis, terça- med Khalil Chemmam (cap), dos Vencedores das Taças,
cional angolano.
Fabrice Alcebíades Maieco
realçou que após o pontapé
feira às 17h00, no 11 de
Novembro, o 1º de Agosto
realiza mais um treino, hoje
Chamseddine Dhaouadi e
Sameh Derbali.
Distinguidos no país e em
em 1998, na qual a equipa
angolana perdeu (1-3), fora
de casa, e empatou (1-1)
Federação recomenda
de saída, num futuro pró-
ximo, as equipas e selecções
podem competir ao mais alto
às 9h30, no relvado do Está-
dio França Ndalu, sem qual-
quer lesionado.
África, pela solidez defensiva,
os rubro e negros apostam
na rapidez de reflexos de
em Luanda.
Em alta competitiva, ape-
sar do desgaste físico resul-
medidas de segurança
nível, nas provas da FIFA e O penúltimo ensaio do Tony Cabaça, guarda-redes tante da maratona de jogos, A Federação Angolana de cartou a iniciativa da FAF.
em Campeonatos Africanos desafio que assinala o reen- do “onze” da segunda “mão” os pupilos de Zoran Maki Futebol (FAF) recomenda às José Domingos “Dimas”,
das Nações. contro dos militares do Rio dos quartos-de-final, após estão apostados em inter- equipas do Girabola para cria- vice-presidente para as infra-
“É importante incentivar Seco, com a formação tuni- travar, em Lubumbashi, os romper a hegemonia dos ção de um departamento de estruturas da formação do
os jovens a praticarem des- sina, outro colosso do con- penalties cobrados por Ben tunisinos na disputa com as segurança, com o objectivo bairro Palanca, disse que a
porto, ajuda na condição tinente, cinco anos depois, Malango e Tresor Mputu, na equipas nacionais. Masun- de evitar tragédias e violências segurança nos estádios é uma
física. Aproveito para elogiar deve ser dominado pelo eliminação do TP Mazembe, guna personifica a confiança nos estádios de futebol, depois tarefa da responsabilidade
a iniciativa do professor reforço da componente tác- como no espírito combativo do grupo. dos últimos acontecimentos da Polícia Nacional e não dos
Carlos Queirós e seus ami- tica do jogo. A equipa técnica, de Isaac (Mingo Bile), Dani “É mais um adversário no país, em que cinco pessoas clubes. “Penso que é um tra-
gos. Nos finais de semana, comandada pelo sérvio Zoran Masunguna (cap), Bobó e de peso. Mas sabemos que perderam a vida, após o jogo balho reservado à Polícia
jogam junto à floresta da Maki, tem privilegiado o o objectivo em casa é vencer. entre o 1º de Agosto e oTP Nacional, porque dispõe de
Ilha do Cabo.” estudo da movimentação do Faremos tudo para vencer Mazembe, à saída do Estádio meios especializados para
O futevôlei é uma moda- adversário, sobretudo no “É mais o jogo. Vai ser difícil, mas Nacional 11 de Novembro. prevenir tragédias e eventuais
lidade jogada com os pés na processo ofensivo. um adversário tudo é possível. Se chegámos Este ponto foi objecto de actos de vandalismo. Na
areia, em quadras montadas Travar os pontos fortes de peso. até aqui, é porque temos discussão, aquando da rea- minha modesta opinião, os
nas orlas e outros terrenos. dos tunisinos às ordens de Mas sabemos valor para ultrapassar o lização do sorteio da 41ª edição clubes só têm de pagar pelos
Pode envolver outras partes Khaled Ben Yahia, cuja matriz que o objectivo próximo adversário”, afir- do Girabola, na quinta-feira serviços solicitados aos
do corpo excepto mão, braços assenta num sólido (4-2-3- em casa é vencer. mou o “capitão”. na sede do órgão reitor da órgãos de defesa e não asse-
e antebraços. Actualmente, 1), com o centro do jogo no Faremos tudo modalidade. gurar jogos”, esclareceu o
as equipas profissionais meio campo, é a aposta dos para vencer o jogo. Esperance atento Jeremias Simão, presidente dirigente desportivo.
jogam na vertente de 2X2. tri-campeões nacionais, que Vai ser difícil, Ag u a rd a d o e m L u a n d a do Conselho Técnico da Fede- Para José Kilamba, a medida
EDIÇÕES NOVEMBRO esperam anular a influência mas tudo amanhã, o Esperance de ração Angolana de Futebol, da FAF é bem-vinda, porque
do triângulo com vértice é possível Túnis, presente nas meias- disse que a criação do depar- o departamento de segurança
ofensivo formado por Franck finais depois de eliminar tamento de segurança nos dos clubes vai desempenhar
Kom (Camarões), Fousseny os compatriotas do Etoile clubes é uma medida da Con- um papel fundamental. “Mais
Coulibaly (Costa do Marfim), Paizo (Anderson Guelor). du Sahel, vencedor do 1º federação Africana de Futebol vale tarde do que nunca. Nesta
duplo pivô, e Ghaylen Chaa- O reencontro com o cam- de Agosto, preparar a dis- (CAF), no intuito de evitar matéria, as equipas têm de
leli na ligação ao ataque, peão africano de 1994 e 2011, puta com cuidado, isso para mortes nos estádios de fute- estar preparadas e organizadas,
apoiado por Youcef Belaili finalista derrotado em 1999, evitar passar pela expe- bol. “É uma recomendação para não serem responsabi-
e Anice Badri, para municiar 2000, 2010 e 2012, coloca à riência do TP Mazambe. da CAF. As equipas têm de lizadas, na eventualidade de
o finalizador Taha Yassine mesa contas de outras refregas Na quarta-feira, a equipa indicar um responsável do acontecer uma tragédia. Este
Khenissi. por ajustar, visto que em qua- de Ben Yahia empatou (1- departamento pela segurança. assunto já foi abortado em
No mesmo desenho tác- tro jogos os visitantes estão 1), em casa, frente ao Stade Com o surgimento deste reunião com o 1º de Agosto,
tico, o 1º de Agosto tem em em vantagem (três vitórias Tunisien, para a terceira jor- departamento, estou con- Petro de Luanda, ASA, Inter-
prontidão, para a disputa na e um empate), seis golos mar- nada do campeonato. O trei- vencido de que haverá mais clube, Progresso e Kabuscorp”,
“casa de máquinas”, Show cados e apenas dois sofridos. nador deixou de fora nove segurança nos campos.” disse o director técnico do
e Macaia (Mário), no tampão As equipas jogaram pela titulares, numa clara gestão Das equipas presentes no Atlético Sport Aviação (ASA).
defensivo, bem como Ibu- última vez nos meses de do plantel, a pensar na vitória sorteio, o Kabuscorp do
kun, médio que pisa as duas Março e Abril de 2013, para já no 11 de Novembro. Palanca foi a única que des- António de Brito
PUBLICIDADE

SÁB29SET
ISSN 0446-9518

9 770446 951006

FEIRA DE VERONA ISMAEL DIOGO

ALTO Rochas angolanas ganham o mundo Presidente da FESA


DR

detido no “caso CNC”


Ismael Diogo, presidente No Caso CNC, além do ex-
Comunicação Social da Fundação Eduardo dos ministro dos Transportes,
Santos (FESA), foi detido Augusto Tomás, estão detidos
Registo das publicações
ontem e encaminhado para o director-geral do CNC,
Há muito que se justificava
os calabouços do Hospital Manuel António Paulo, a
o registo das entidades sin-
gularesecolectivasdetentoras Prisão de São Paulo, em directora-geral adjunta para
de veículos de comunicação Luanda. a área de Administração e
electrónicos, com serviços Uma fonte da Procura- Finanças da mesma insti-
já disponíveis em vários doria-Geral da República tuição, Isabel Cristina Gustavo
suportes digitais. Por isso, (PGR) indicou que a acção Ferreira de Ceita Bragança,
a medida do Ministério da judicial deve-se à apropriação e o director-geral adjunto
Comunicação Social só pode indevida de 20 milhões de para a Área Técnica do CNC,
pecar por ser tardia. Numa dólares dos cofres do Con- Rui Moita.
sociedade em que os meios selho Nacional de Carre- Augusto Tomás foi exo-
de comunicação digitais se
gadores (CNC), sob gestão nerado do cargo de ministro
multiplicam, é preciso
ordem. Urge ainda que os do ex-ministro dos Trans- dos Transportes em Junho,
proprietários sejam conhe- portes, Augusto Tomás, que na sequência de várias irre-
cidos e, no caso de algum está igualmente detido, em gularidades detectadas por
erro voluntário, sejam res- prisão preventiva, no Hos- elementos da Inspecção
ponsabilizados. É o caminho pital Prisão de São Paulo. Geral do Estado nas empre-
para um trabalho respon- Uma fonte da PGR indica sas afectas ao Ministério
sável, para evitar a selvajaria que Ismael Diogo foi notifi- dos Transportes.
existente, com publicações Pavilhão de Angola na Feira de Verona, Itália, está a ser dos mais procurados pelo público
cado várias vezes e nunca EDIÇÕES NOVEMBRO
a fazerem-se passar por compareceu na Direcção
sérios, para denegrir pessoas
honradas.
Mais de dez mil visitantes, no domínio de recursos tou produtores e processa- Nacional de Investigação e
entre curiosos e empresários minerais e petróleo. dores de rochas ornamentais Acção Penal, da Procurado-
passaram pelo stand de Jânio Victor afirmou que num único pavilhão, dando ria-Geral da República. Além
Angola no principal evento Angola vai continuar a uma ideia de conjunto. disso, desligou os telefones
internacional dedicado a apostar na busca de inves- Marmomac é um encon- e mudou de casa.
empresas do sector de már- timento privado nacional tro imperdível para todos A fonte avança ainda que
BAIXO mores e pedras, a Feira de e estrangeiro, para fazer os profissionais: produtores ao antigo cônsul de Angola
Verona “Marmomac – 2018”. das províncias da Huíla e e operadores que procuram no Rio de Janeiro (Brasil)
Entre os expositores, estão Namibe um centro de exce- sucesso num contexto cada não foram indicadas as
a empresa Silva & Silva e o lência na exploração e vez mais especializado e medidas de coação. Presidente da FESA
consórcio formado pela transformação de rochas competitivo.
Impulso Industrial Alterna- ornamentais. É considerada a grande
tivo, Instituto Geológico e O secretário de Estado vitrina para admirar o melhor HUÍLA
Administração do Zango lembrou que Angola tem
Mineiro de Espanha e o Labo- da tradição e inovação pro-
Dar dignidade às pessoas
A administração de Viana
começou a realojar as famí-
ratório Nacional de Energia
e Geologia de Portugal,
produtos ímpares para levar
ao conhecimento do
dutiva nacional e interna-
cional, as operações realizadas Director do GCI é preso
envolvido no Plano Nacional mundo, tendo apelado aos no exterior e as inúmeras ini-
lias que viviam em situação
de risco na chamada Ilha de Geologia (PLANAGEO).
O consórcio é responsável
empresários a investirem
no sector com a instalação
ciativas para promover a
peculiaridade e riqueza da
sob acusação de peculato
Seca, distrito do Zango 3.
Na terça-feira, 72 famílias, pela pesquisa para determi- de fábricas de processa- pedra natural e seu potencial, O director do Gabinete de de Investigação Criminal
de um total 126, foram rea- nar o potencial mineiro da mento, maquinaria para para sua utilização em design Comunicação Institucional da Huíla , Adão Na s ci-
lojadas no projecto Kan- região sul e sudeste, que extracção e insumos. e arquitectura. e Imprensa(GCII) da Huíla, mento, para o esclarecer
gamba, no Zango 4. A abrange as províncias do “Queremos ver, dora- A Silva & Silva está voca- Jaime Lombe, foi detido, dos factos da acusação,
intenção é boa, mas a forma Namibe, Huíla, Cunene, Ben- vante, em Angola e no cionada para a produção de ontem, no Lubango, pelos uma conversa que se pro-
como o processo foi condu- guela, Huambo, Bié, parte mundo, subprodutos aca- produtos acabados de gra- Serviços de Investigação longou até às 21 horas.
zido é má. As casas estão do Cuando Cubango e parte bados elaborados com nossas nitos, mármores, calcários e Criminal (SIC), por alegado A nível do Governo da
por concluir. Falta energia do Cuanza Sul, numa exten- rochas”, disse o secretário outras rochas ornamentais, desvio de 30 milhões de Huíla, estão detidos, por ale-
eléctrica, água e casas de são territorial de quase 470 de Estado, quando falava à ladrilhos: vulgo mosaicos e kwanzas, em 2015. gado desvio de 200 milhões
banho, além de portas. As mil quilómetros. imprensa depois de visitar outros utensílios para a cons- Os valores em causa de kwanzas destinados à
paredes estão por rebocar,
Em Verona, Angola está a feira, que mostra o melhor trução civil. A empresa, com haviam sido alocados pelo compra de 22 laboratórios
as ruas por asfaltar. Falta
ainda o saneamento básico. representada pelo secretário do que há em termos de sede no Namibe, manifestou- Estado, na altura para cobrir para as escolas, o director da
Há casos em que duas famí- de Estado para Geologia e rochas no mundo. se disponível em fornecer ao os gastos dos projectos da Educação, Américo Chicote,
lias partilham uma casa de Minas, Jânio Victor, que par- Além de explicar o novo Novo Aeroporto Internacional área de Comunicação do e o ex-delegado da Finanças,
três quartos. Era expectável ticipou da reunião da Assem- ambiente de negócios em de Luanda (NAIL) cerca de Governo Provincial, com a Sousa Dala. Também está
que, ao tirar as pessoas do bleia-Geral da Associação Angola, as potencialidades 200 mil metros quadrados produção de publicação em detido o antigo director do
relento, já que os casebres Europeia de Operadores de geológicas e apelar ao de produtos acabados de suporte digital, reorganização Serviço de Investigação Cri-
foram demolidos, lhes fosse Rochas Ornamentais (Euroroc). investimento, o responsá- mármore e granito. A empre- da biblioteca, anúncios minal (SIC) na Huíla, supe-
dada dignidade. Mas não! O responsável falou das poten- vel percorreu igualmente sapossui uma fábrica de publicitários, entre outros. rintendente-chefe Amadeu
Faltam as mínimas condi- cialidades geológicas de Angola, exposições institucionais transformação de rochas O arguido foi antes ouvido Suana, por suposto suborno
ções de habitabilidade. o novo ambiente de negócios como a do Brasil, que jun- ornamentais no Namibe. pelo Procurador Geral da para a soltura de presos.
República junto dos Serviços Estanislau Costa | Huíla
DR
DETIDO EM CURITIBA desde que foi preso em Abril
para cumprir pena, depois de TIROTEIO EM BAGDAD
Supremo do Brasil autoriza condenado no processo do
apartamento tríplex do Gua-
Modelo iraquiana é morta
rujá. Lula também teve rejei-
Lula da Silva a dar entrevista tado, durante a campanha
eleitoral, até ter a candidatura
Uma modelo iraquiana, que tinha perto de três milhões
de seguidores nas redes sociais, foi morta ontem por
Ricardo Lewandowski, do uma entrevista ao jornal ao Palácio do Planalto barrada um grupo de atacantes de identidade desconhecida.
Supremo Tribunal Federal “Folha de S. Paulo”. Essa é a pela Lei da Ficha Limpa, todos Tara Fares, uma antiga rainha de beleza, foi fatalmente
(STF), autorizou o ex-Presi- primeira decisão favorável pedidos anteriores para falar alvejada em Bagdad. O corpo da modelo, de 22 anos,
dente Lula da Silva a conceder para conceder uma entrevista, com a imprensa. foi transportado para o hospital local, onde acabou
Antigo Presidente do Brasil
por morrer.