Você está na página 1de 25

200784 – Topografia I

TOPOGRAFIA
RUMOS E AZIMUTES MAGNÉTICOS
E VERDADEIROS
Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana
pastana@projeta.com.br
(14) 3422-4244

AULA 8
1. Norte Magnético e Geográfico
O planeta Terra pode ser considerado um
gigantesco imã, devido à circulação da corrente
elétrica em seu núcleo formado de ferro e níquel
em estado líquido. Estas correntes criam um
campo magnético, como pode ser visto na figura 1:

04/04/2013 200784 – Topografia I 2


1. Norte Magnético e Geográfico
Pólo geográfico
Pólo magnético
Campo magnético
ao redor da Terra

Equador geográfico

Equador magnético

Campo magnético
ao redor da Terra

04/04/2013 200784 – Topografia I 3


2. Norte Magnético e Geográfico
O ângulo formado entre os dois meridianos,
geográfico e magnético, chama-se declinação
magnética, que é ocidental quando contada do
meridiano geográfico para oeste (W), e oriental
quando contada para leste (E).
A declinação magnética é sempre medida na
ponta NORTE e sempre do NORTE VERDADEIRO
ou GEOGRÁFICO (NV) para o NORTE
MAGNÉTICA (NM).
Inverter qualquer sentido é errado.
04/04/2013 200784 – Topografia I 4
2. Norte Magnético e Geográfico
Pólo geográfico
Pólo magnético
Campo magnético
ao redor da Terra

Equador geográfico

Equador magnético

Campo magnético
ao redor da Terra

04/04/2013 200784 – Topografia I 5


2. Norte Magnético e Geográfico
A

B
 
PNM
E C
PNV

D
04/04/2013 200784 – Topografia I 6
2. Norte Magnético e Geográfico
A

Declinação magnética é o ângulo


B

formado entre o

meridiano
verdadeiro e o meridiano magnético; ou
PNM
E
também pode ser PNV C
identificado como
desvio entre o azimute ou rumo
 correspondentes
verdadeiros e os
magnéticos

D
04/04/2013 200784 – Topografia I 7
2. Norte Magnético e Geográfico
2.1. Linhas Isogônicas:
É o lugar geométrico dos pontos da superfície
terrestre que tem o mesmo valor de declinação
magnética (DM) para certa data considerada.
A declinação magnética não é constante para o
mesmo local, pois sofre variações de diferentes
causas e efeitos.
As mesmas têm direção aproximada NORTE/SUL,
ou seja, a (DM) varia em função da longitude
considerada.
04/04/2013 200784 – Topografia I 8
2. Norte Magnético e Geográfico
2.2. Linhas Isopóricas:
É o lugar geométrico dos pontos de superfície da
terra que tem a mesma variação de declinação
magnética (ΔDM), ou seja, mesma velocidade
anual de deslocamento da agulha imantada.

04/04/2013 200784 – Topografia I 9


Mapa Magnético do Brasil – 1990,0
- 7’
Linha Isogônica
-21º

Linha Isopórica

-21º
- 7’
Mapa Magnético do Brasil – 1990,0
-14º -15º -16º -17º -18º -19º -20º -21º
Linhas Isopóricas

- 6’
- 7’
-13º

-12º

Linhas Isogônicas
12ºW 13ºW 14ºW 15ºW 16ºW 17ºW 18ºW 19ºW 20ºW 21ºW
3. Declinação Magnética
Pólo Norte
Varia com o tempo e Geográfico
com a posição Pólo Norte
geográfica, podendo Magnético
ser ocidental (δW),
δW
negativa quando o
pólo magnético estiver
a oeste (W) do
geográfico e oriental
(δE) em caso
contrário. Pólo Sul
Pólo Sul Magnético
Geográfico
04/04/2013 200784 – Topografia I 12
4. Transformação de Norte Magnético em
Geográfico e vice-versa NV NM
A transformação de
AzV
elementos (rumos e 2
azimutes) com D AzM
orientação pelo Norte
verdadeiro ou 1
magnético é um
processo simples,
basta somar
algebricamente a
declinação magnética.
SM
04/04/2013 200784 – Topografia I
SV 13
4. Transformação de Norte Magnético em
Geográfico e vice-versa NV NM
A transformação de
AzV
elementos (rumos e 2
azimutes) com D AzM
orientação pelo Norte
verdadeiro ou 1
magnético é um
processo simples,
basta somar Az  Az M  D
V
algebricamente a
declinação magnética.
SM
04/04/2013 200784 – Topografia I
SV 14
4. Transformação de Norte Magnético em
Geográfico e vice-versa NV
NM AzV
Para o caso do Brasil,
onde a declinação AzM 2
magnética é negativa, o D
Norte magnético situa-
se a oeste do Norte 1
verdadeiro e o azimute
verdadeiro é obtido da
seguinte forma:

SM
04/04/2013 200784 – Topografia I
SV 15
4. Transformação de Norte Magnético em
Geográfico e vice-versa NV
NM AzV
Para o caso do Brasil,
onde a declinação AzM 2
magnética é negativa, o D
Norte magnético situa-
se a oeste do Norte 1
verdadeiro e o azimute
verdadeiro é obtido da
AzV  Az M  ( D)
seguinte forma:

SM
04/04/2013 200784 – Topografia I
SV 16
5. Exemplo 1
Sabe-se que o azimute verdadeiro do painel de uma
antena em Curitiba (φ=25º25’S , λ=49º13’W) é 45º 21’ no
dia 14 de maio de 2001 e a correspondente declinação
magnética é 17º32’ W ou D=-17º32’.
Calcular o azimute magnético para a direção em questão,
tendo em vista que a empresa só dispõe de bússola para a
orientação.

AzV  Az M  ( D)
45 21'  Az M  (17 32' )
o o

Az M  45 21'(17 32' )  62 53'


o o o

Azimute magnético calculado


para o dia 14 de maio de 2001.
04/04/2013 200784 – Topografia I 17
5. Exemplo 2 NM
O rumo verdadeiro de NV
AB = 45º 10’ NE.
RM=55º10’ NE B
A declinação magnética
(DM) é de 10º para
RV=45º10’ NE
Oeste (W).
DM=10º W
Qual o rumo magnético
(RM) da linha AB ?
RV  RM  ( D)
45 00'  RM  (10 )
o o
A
RM  45o10'(10o )  55o10' NE
04/04/2013 200784 – Topografia I 18
NV
VALOR DA DM
5. Exemplo 3 NM1 APÓS UM ANO
NM2 DM2=14º10’30” W
De um mapa isogônico
determinou-se que a DM
de certo local para certa ΔDM=10’30” W / ANO
data era de -14º.
DM1=14º W
Do mapa isopórico tirou-
se que para o mesmo
local a variação ANUAL
da ΔDM éra -10’30” para a
mesma data.
Interpretar estes valores.

04/04/2013 200784 – Topografia I 19


5. Exemplo 4
O rumo magnético da linha AB foi registrado
como 43º 30’ SE em 1888.

Se a declinação magnética (DM) era de 2º 00’ E,


qual é o rumo verdadeiro da linha?

Se a declinação magnética (DM) atual é de 3º00’


W, qual é o rumo magnético da linha hoje?

04/04/2013 200784 – Topografia I 20


5. Exemplo 4 NV NM1888
Dados: DM1888 = 2º 00’ E
RM 1888 = 43º 30’ SE
DM 1888 = 2º 00’ E
Calcular:
RVAB = ? A
RVAB  RM1888  ( DM1888)
RVAB  43o30'2o 00' RVAB = 41º 30’ SE
?
RVAB  41o30' SE
RM 1888 = 43º 30’ SE
B
04/04/2013 200784 – Topografia I 21
5. Exemplo 4
O rumo magnético da linha AB foi registrado
como 43º 30’ SE em 1888.

Se a declinação magnética (DM) era de 2º 00’ E,


qual é o rumo verdadeiro da linha?
RVAB = 41º 30’ SE
Se a declinação magnética (DM) atual é de 3º00’
W, qual é o rumo magnético da linha hoje?

04/04/2013 200784 – Topografia I 22


NMATUAL NV
5. Exemplo 4
Do cálculo anterior: DMATUAL = 3º 00’ W
RVAB = 41º 30’ SE

Dados:
DM ATUAL = 3º 00’ W

Calcular: A
RMATUAL = ?
RVAB  RM ATUAL  ( DM ATUAL )
RVAB = 41º 30’ SE
41 30'  RM ATUAL  (3 00' )
o o

RM ATUAL  38o30' SE
RM ATUAL = 38º 30’ SE ? B
04/04/2013 200784 – Topografia I 23
5. Exemplo 4
O rumo magnético da linha AB foi registrado
como 43º 30’ SE em 1888.

Se a declinação magnética (DM) era de 2º 00’ E,


qual é o rumo verdadeiro da linha?
RVAB = 41º 30’ SE

Se a declinação magnética (DM) atual é de 3º00’


W, qual é o rumo magnético da linha hoje?
RM ATUAL = 38º 30’ SE

04/04/2013 200784 – Topografia I 24


04/04/2013 200784 – Topografia I 25