Você está na página 1de 20

gente espírita

A REVISTA DE GENTE
QUE FAZ E ACONTECE
NO MOVIMENTO
BRASILEIRO
ANO 1 I EDIÇÃO 18 I OUTUBRO DE 2018 I CORTESIA

Projeto
Cia. Bonecos de
Lata leva alegria
e esperança aos
internos do setor
de pediatria do
Hospital Napoleão
Laureano
Merlânio e Raquel Maia
idealizaram o projeto
e o mantém em atividade Perdoar a quem nos ofendeu profundamente não é
desde novembro de 1998.
Quer nada fácil quando ainda somos instigados pelo desejo
constante de vingança que, segundo ditado popular,
O HNL trata de câncer. ser feliz é “um prato que se come frio”
SOLIDARIEDADE
para
sempre?
PERDOE
FALANDO SÉRIO

A arte de falar bem


Wilson
ou mal da vida e
das pessoas
Czerski
Conversou com GE sobre os 23 anos de existência da
Falar mal é prática comum entre os espíritos ADE Paraná e a oportuna parceria com a Web Rádio
encarnados que antipatizam com aqueles que não
pensam como eles. e TV Espírita do Paraná, grupo experiente no campo
São criaturas maledicentes que não se preocu- da divulgação via internet, vinculado à Sociedade
pam com as consequências morais, nem com o Espírita Obreiros do Senhor, com sede em
prejuízo que causam na vida das pessoas. Curitiba.
PALAVRAS SOLTAS BATE PAPO
2
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO
BRASILEIRO
GEOUTUBRO DE 2018

a sua opinião
gente espírita

Precisamos nos apaixonar pela


espécie humana, como o Mestre da
vida o fez. Devemos ficar fascinados
com as reações de um mendigo, as
alucinações de um psicótico, com as
peraltices de uma criança, com as
reflexões de um idoso. A beleza,
segundo Jesus, reside em amar as
diferenças, em não exigir que os
outros sejam iguais a nós para que
possamos amá-los.

A TEORIA, essa assertiva é extre-

N mamente bela. Na prática, precisamos


aprender mais sobre o conteúdo e a exe-
cução dela.
Diferenças e alteridade
“Observo com muita tristeza a falta de gentileza entre as pessoas. O carro do ano,
Eu, apesar das minhas enormes imperfeições, es-
tou em um estágio no qual não gosto mais de festas
o celular de marca, o tablet, são bem mais valiosos do que as lágrimas, os sorrisos,
materiais, onde, frequentemente, predomina a ma- as alegrias, as tristezas, enfim, a história de vida de outro ser humano”.
ledicência e a fofoca. Geralmente, as pessoas vão a
esse tipo de evento para observar a vestimenta de Gosto de ter a percepção das diferenças dos mati- Por tudo isso, sou um cidadão sem status, pois me
cada um, as bebidas e os alimento servidos no local. zes de cada folha. Podemos obervar que cada uma insiro fora desse contexto consumista e maledicen-
Os encontros e reencontros entre as pessoas para tem uma tonalidade de ver diferente! te.
uma boa conversa, estreitar relacionamentos, estão Gosto de frequentar a Casa Espírita, divulgar a pa- Como eu disse no início deste texto, preciso apren-
em terceiro plano ou não existem mais. lavra de Jesus, fazer visitas a abrigo de idosos. der a compreender e conviver com as diferenças, sem
Observo com muita tristeza a falta de gentileza en- Gosto de doar sangue, ouvir os irmãos ávidos por mudar a minha percepção de mundo.
tre as pessoas. O carro do ano, o celular de marca, o encontrar um ouvido amigo para desabafar as suas Preciso aprender e compreender que o defeito não
tablet, são bem mais valiosos do que as lágrimas, os mágoas sem que ele fique constantemente olhando é do outro, pois cada um vive na sua faixa evolutiva.
sorrisos, as alegrias, as tristezas, enfim, a história de para o relógio. O defeito está em mim, que ainda não aprendi, prag-
vida de outro ser humano. Gosto de aprender. Aprendo com os irmãos letra- maticamente, o que é alteridade.
Preciso me acostumar com tudo isso e aprender a dos e também com os iletrados. Diante de tudo isso,
respeitar as diferenças. estou fazendo o possível para não ficar intolerante, ALMIR PAES
Gosto mesmo é da boa conversa, estudar, ler, chato mesmo. divulgador espírita na
cidade de Recife, PE.
pesquisar, ajudar o próximo. Alegro-me quando con- O mundo está diferente das minhas percepções de Texto ‘pescado’ no blog
sigo tirar um sorriso de uma pessoa triste. Gosto tam- vida. E eu não estou conseguindo me adequar, me EspiritualMENTE.
bém de está em família, curtindo a todos, sendo útil adaptar a esses usos, costumes, modos, transitórios
a quem precisa. bem sei.
Gosto de fazer e manter amizades, sem interesse Preciso entender a conviver e viver no mundo sem
material advindo delas. Será que eu ganho alguma ser mundano. Acho que sou má companhia para to-
coisa sendo amigo dessa pessoa? Detesto esse tipo das essas pessoas e seus relacionamentos.
de pensamento. Apesar das minhas imperfeições - que são muitas,
Gosto de apreciar a natureza, ouvir o canto dos pás- bem sei - começo a valorizar mais a vida, os amigos,
saros, sentir o perfume das flores. a natureza, a vida futura, o livre-arbítrio.
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 3
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018 a nossa opinião

REVISTA DIGITAL PRODUZIDA E EDITADA PELA AGÊNCIA KPC DE


NOTÍCIAS ESPÍRITAS, DESDE 10 DE JANEIRO DE 2017. O Brasil,
Editora - Chefe
Carmem Paiva de Barros as eleições e
Editor - Assistente
Marcos Paterra I Jornalista I MTE - PB no 3767

Editor Interino
as mudanças
Francisco de Souza Muniz

Jornalista Responsável
necessárias
Carlos Antônio de Barros I Jornalista I MTE - PB no 1938 I API 2290

Conselho Editorial
Carlos Barros (PB), Wilson Longobucco (RJ), Saulo Rocha (PE), As eleições estão aí. Analistas políticos
José João Tôrres (DF), Azamor Cirne de Azevedo (PB), Ondina Alverga
(BA), Waldinar Amorim (MA), Jorge Santana (SP), Marcos Toledo (RN),
afirmam que são as mais importantes do
ODAVIA, ainda nos resta o País,tendo em vista as mudanças que

T
Octávio Caúmo (PB), Celso Martins (RJ) e Carmem Paiva (PB.
direito de votar, renovar as devem ser feitas para devolver ao povo a
Correspondentes Regionais nos Estados bancadas partidárias cujos esperança e a dignidade, corroídas pela
Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba,
políticos não cumpriram as corrupção sistêmica que degenerou as
Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Rio Grande do Sul,
Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo. promovessas feitas nos instituições mais representativas -
mandatos anteriores. Uns Legislativo e Executivo - deixando os
Projeto Gráfico e Diagramação querem voltar, outros não
Oficina CABarros Editoração Gráfica Digital eleitores profundamente desalentados.
querem sair.
Telefone: (83) 3233-5904 I João Pessoa - PB.
Doce é o poder e os seus privilégios em um Estado Democrático de Direito no qual
Correspondência e Encomendas o povo ainda não foi devidamente inserido.
Caixa Postal no 1192, Agência Central, João Pessoa, PB, CEP 58010-970. Eleitores mais esclarecidos, não nos deixemos enganar, mais uma vez, pelos que
se apresentam com seus discursos bem elaborados para explorar a fragilidade emo-
Fale com a Nossa Editoria e Redação
jornalista1938fenaj@gmail.com
cional de quem está desempregado, sem comida na mesa, com contas inadimplentes
e outros tantos morando na rua.
Tiragem Desta Edição Digital O povo brasileiro, fazendo valer a capacidade de renovação do seu voto, pode
500 mil exemplares enviados para leitores com e-mails cadastrados. contribuir com as mudanças que o País necessita para curar-se de suas enfermida-
des éticas e morais.
Nota da Editoria
A reprodução total ou parcial desta revista é autorizada mediante a
Os políticos candidatos sabem como tirar o País da crise em que se encontra. Tem
citação da fonte. As opiniões emitidas em artigos assinados são de dinheiro público sobrando. Falta apenas fazer cumprir a Constituição Federal e tra-
inteira responsabilidade dos seus autores. Não refletem, balhar sério, buscando solucionar os problemas sociais relacionados à saúde, à edu-
obrigatoriamente, o pensamento de sua Editoria. cação, à segurança pública.
Quem não que trabalhar para proporcionar ordem e progresso ao País, tem ape-
GENTE ESPÍRITA
Peça o seu exemplar gratuito e compartilhe nosso projeto editorial
nas como prioridade o enriquecimento ilícito - desviando dinheiro público - para
em suas redes sociais. Tudo em nome da Doutrina dos Espíritos. manter o status de suas famílias e suas extravagências pessoais.
Esses profissionais da politicagem não merecem mais a nossa confiança.
Vamos analisar os políticos que estão com a “ficha limpa” e estender o nosso voto
de confiança para colocá-los no lugar daqueles que estão sendo processados judici-
CAPA DA EDIÇÃO DE SETEMBRO
almente pela Lava Jato.
Destaque para a Entrevista
Exclusiva com José Aparecido O Brasil que sonhamos para os nossos filhos e netos depende do que podemos
dos Santos, idealizador da fazer por ele. O gigante da América do Sul está por merecer governantes sincera-
Rede Amigo
mente comprometidos com as necessidades básicas do seu sofrido e humilhado
Espírita.
povo.
Vamos às urnas cumprir com a nossa “obrigação” cívica. Desarmados e com âni-
mo serenado pelo bem-estar da Democracia. (Carmem Paiva - editora)

Tem algo de bom, útil, e verdadeiro para nos contar? Meu nome é JANETE FERREIRA. Estou escrevendo para
Escreva pra gente. A nossa revista digital é todinha apresentar meu mais recente livro: “Depois da Passagem”,
sua. Envie notas e informações do movimento de sua que está sendo comercializado no site da Amazon, no
formato e-book. É um romance espírita. Peço, por gentileza,
região e de sua Casa Espírita. Espaço não vai faltar
divulgar est a not inha. (NR - Janete não enviou release editorial
para divulgação do material enviado. Escreva-nos. do livro nem informações pessoais).
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 4
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
esclarecendo

O
DITO popular acima está correto ou não?
Muita gente coloca em dúvida a própria
justiça divina por não ver em grande nú-
mero de situações os indivíduos respon-
sáveis por muitas práticas claramente conflitantes
com as Leis Morais receber a devida punição.
Ao olhar mais desatento, de fato, nem sempre se
paga pelos erros cometidos. Muitos delinquentes de
variada ordem parecem escapar ilesos tanto da jus-
tiça terrena como da divina.
Porém, se a primeira apresenta-se, ainda, muito Aqui se faz...
imperfeita, para a segunda, o tempo não é divisível
em passado, presente e futuro; e as existências são
todas solidárias, graças ao mecanismo da reencar-
E aqui se PAGA?
nação. Finalmente, até desmentindo um pouco mais a
Mas, então, paga-se onde e quando? Ou dito de crença popular bem intencionada de que aqui se faz
outra forma: paga-se só aqui na Terra? e se paga, sabemos da possibilidade de o espírito
O Código Penal da Vida Futura, em “O Céu e o In- devedor ter que enfrentar mais definitivamente a sua O Código Penal da Vida Futura, em
ferno”, contém esclarecimentos importantes a res- consciência em existências em outros mundos. “O Céu e o Inferno”, contém esclarecimentos
peito. Para expiarmos - ou corrigirmos - nossos equí- É o que teria acontecido com os capelinos que para importantes a respeito. Para expiarmos -
vocos, temos mais de uma possibilidade, indepen- cá vieram por não se enquadrarem mais nos padrões ou corrigirmos - nossos equívocos, temos
dente do tríplice requerido de arrependimento, ex- morais então vigentes em seus planetas de origem,
mais de uma possibilidade, independente
piação e reparação. embora possuidores de respeitáveis valores intelec-
do tríplice requerido de arrependimento,
Se a justiça terrena nem a divina não alcançar o tuais.
infrator no presente, por certo começaremos o pro-
expiação, e reparação.
É o que acreditamos já estar ocorrendo agora em
cesso de reajuste perante a última após a sentido invertido, isto é, o exílio compulsório decre-
desencarnação. tado pelos dirigentes espirituais da Terra aos que re-
Como quase nunca é possível atender totalmente lutam em alinhar-se com os princípios da paz e da
aos impositivos das Leis Naturais longe das experi- fraternidade, que devem prevalecer em algum mo- WILSON CZERSKI
jornalista, escritor e editor
ências corpóreas, será nestas, nas próxima ou próxi- mento por aqui, transformando a Terra em palco de do jornal CAE, da
mas reencarnações que teremos a oportunidade de regeneração, em substituição ao estágio atual de pro- ADE Paraná.
complementar a correção de rumos. vas e expiações.

Associação chega aos 23 anos de existência cheia de gás!


Dia 27 de outubro de 1995. Nesta data a associação dos divulgadores paranaenses
completa 23 anos de “percurso efetivamente bem mais longo do que o marcado pelo
calendário terreno”. Das dezenas de ADEs que foram fundadas pelo Brasil afora, a
ADE Paraná parece ter sido a única que conseguiu “nadar sem morrer na praia”.
A entidade vai continuar fazendo história junto com seus dedicados associados e
colaboradores, somando vivências e boas experiências em momentos significativos
como foi a parceria firmada recentemente com a Web Rádio e TV Espírita do
Paraná. Vida longa para seus dirigentes e associados! (GE - da Redação)
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 5
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
falando sério

SUMÁRIO Perdoar a quem nos ofendeu profundamente não é


SOLIDARIEDADE Quer nada fácil quando ainda somos instigados pelo desejo
6 Projeto Companhia Bonecos de Lata
leva alegria para pediatria de Hospital ser feliz
constante de vingança que, segundo ditado popular,
é “um prato que se come frio”

para MUNDO, diferentemente do que acha a maioria dos seres


9 REPORTAGEM
Comitê Paraibano de Cidadania em
Defesa da Vida no desfile cívico
sempre?
O humanos que nele “está de passagem”, é maravilhoso em
todos os aspectos. Se você, leitor, não acha, é um problema
seu. Respeito sua visão de mundo focada no pessimismo
CRÔNICA catastrófico.
10 A beleza das estações PERDOE O nosso planetinha azul é lindo por fora e por dentro. Um paraíso
que só será completo quando o Homem aprender a amar, perdoar,
servir e buscar a felicidade nas coisas mais simples que a Natureza
BATE PAPO
12 Wilson Czerski fala dos 23 anos
da ADE Paraná
nos oferece.
Aprender a perdoar é a atitude mais difícil para quem carrega na
alma uma tonelada de mágoa e ressentimento, resultado de relaci-
onamentos mal-sucedidos, onde o perdão ou o simples “desculpe”
REGISTRO
14 não teve vez quando era necessário a sua aplicação reparadora.

15
Jornada Espírita no sertão da
Paraíba com Frederico Menezes

CONFIANÇA
É preciso acreditar nas pessoas
por mais que a maioria não
“Perdão.
Uma palavra tão simples
de falar. Mas é preciso
que o ofendido a ofere-
Como psicólogo e terapeuta holístico, tenho conversado com pes-
soas que mal conseguem falar de alguém que “odeia” por uma ques-
tão de antipatia. Não gosta no outro o seu “jeito de falar”, de “vestir-
se”, de “falar de si mesmo”, de “opinar” ou de, simplesmente, “fazer
amizades”.
A pessoa que “odeia” alguém, às vezes, por coisas tão insignifi-
permita que tenhamos confiança ça ‘limpo’ de qualquer cantes, deseja destruí-la de alguma forma. Uma vingança que o vul-
nela resquício de mágoa ou go popular diz que é “um prato que deve ser comido frio”. Ou seja, a
ressentimento. vingança deve ser elaborada e aplicada lenta e pacientemente para
Só assim o outro, que que o “odiado” sofra tudo aquilo que a pessoa que deseja defenestrá-
FORA DO AR
17 Programa “Realidade Paralela”
sai do ar por falta de patrocínio
ofendeu profundamente,
sentir-se-á aliviado à
medida que o seu ‘ódio’
lo sente intimamente.
Um comportamento que denota sério desajuste psicológico. Prin-
e gerenciamento para captar cipalmente quando os envolvidos por esse “ódio” e pelo desejo de
for sendo dissipado vingança são espíritas ou espiritualistas. Se já têm conhecimento
recursos no movimento pelo poder da suficiente para compreender as nuances de influenciação do “ódio”
fraternidade, plena que nutrem um pelo outro, e nada fazem para o autoperdão e o
VITRINE LITERÁRIA
19 Novo livro do poeta Glaucio
Cardoso e o Bate Papo com o
de reciprocidade e
sinceridade”.
perdão sincero, vão acabar ambos afetados por graves doenças
psicossomáticas de fundo psico-espiritual angustiantes.
autor Perdão. Uma palavra tão simples de falar. Mas é preciso que o
ofendido a ofereça “limpo” de qualquer resquício de mágoa ou res-
sentimento. Só assim o outro, que ofendeu profundamente, sentir-
se-á aliviado à medida que o seu “ódio” for sendo dissipado pelo
Leia e compartilhe a revista
poder da fraternidade, plena de reciprocidade e sinceridade.
GENTE ESPÍRITA com amigos Não vamos esquecer o que o Mestre Jesus ensinou. Perdoemo-
em suas redes sociais. nos e perdoemos quem nos ofendeu, incondicional e infinitamente.
Está em jogo a nossa felicidade aqui na Terra, assim como no plano
espiritual. Não aposte para ver...
JORGE SANTANA
psicólogo e terapeuta
São Paulo
SP

Carmem e Carlos Barros, não recebi GENTE Dona Carmem, estou enviando textos de O Movimento de Magnetizadores Espíritas em
ESPÍRITA de setembro. Algum problema minha autoria para sua apreciação. Vou Pernambuco está em expansão. Por que os
com o meu cadastro? Outra coisa: como enviar ainda notícias sobre o movimento senhores não entrevistam o representante do
devo proceder para ter acesso também ao espírita de minha cidade, que parece um movimento - Andrex Moury - para saber mais
magazine ARTE E ESPIRITUALIDADE? Todas tanto esquecido pela federativa estadual. detalhes de suas atividades no Estado?
edições. JOÃO PESSOA DE SALES SANDRA TRAVASSOS
MAGDA SALATIEL I Natal - RN Burity Bravo - MA Caruaru - PE
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 6
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
solidariedade

Projeto Cia. Bonecos de Lata leva


alegria e esperança aos internos
do setorde pediatria do
Hospital Napoleão
Laureano

O poeta e cordelista Merlânio Maia e sua esposa Raquel


Maia criaram em 6 de Novembro de 1998, o Projeto Cia.
Bonecos de Lata. Este trabalho maravilhoso efetuado pelo
casal Maia é uma prestação de apoio espírita ofertado a
pacientes internados e a seus familiares, através da MERLÂNIO E RAQUEL MAIA
visitação voluntária. criadores do projeto
A ideia surgiu após uma visita ao ambiente das crianças do
Hospital de Combate ao Câncer Napoleão Laureano, em Bonecos de Lata é o nome dado pelas crianças ao trabalho
João Pessoa, na capital paraibana. voluntário de Merlânio, Raquel e Mayara Maia, uma família de
músicos que, no seu tempo livre, desenvolve esse trabalho
O trabalho dos Bonecos de Lata consiste em levar alegria voluntário alegrando as crianças com músicas, contação de
através da Arte para as crianças na Pediatria. Usam canções histórias e leitura de cordéis para crianças que passam pelo
populares interativas, teatro de bonecos, contação de Ambulatório do Hospital Napoleão Laureano (foto), referência
histórias e conduzindo a alegria para aqueles que estão no tratamento de câncer na região Nordeste.
separados dos amigos, da escola, da família, do lar e, às
MARCOS PATERRA
vezes, da própria vida. jornalista e editor
assistente de GE
Esse ano o projeto comemorará seu vigésimo aniversário de João Pessoa
PB
existência. Merlânio Maia contará a história desse projeto através
do livro “Memórias do Boneco de Lata - As aventuras de dois
voluntários na Pediatria do Hospital de Combate ao Câncer”, de sua
autoria.
Quem quiser saber um pouco mais a respeito desse projeto pode
visitar o blog : http://bonecosdelata.blogspot.com/
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 7
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018 palavras soltas
Apenas o Homem conta com os recursos admiráveis
da linguagem articulada para externar seus
A arte de falar bem ou mal sentimentos e exprimir seus pensamentos.
Através da viva voz, legamos os nossos
da vida e das pessoas conhecimentos a terceiros tanto como chamamos
a atenção de terceiros para as nossas
necessidades e para os nossos anseios.
Afortunados somos todos nós que possuímos
em bom estado as cordas vocais para o
relacionamento social, que é de grande
importância para a nossa vitória na vida
e nossa felicidade sobre a Terra.

EM TODOS, no entanto, sabemos utilizar Uma só palavra pode construir em nosso derre- “Pensando bem, é a língua, ao
N a palavra articulada para com ela armar
nas lutas de cada dia o nosso castelo de
alegria de viver!
Aqui, existem os que soltam palavrões quando se
dor um verdadeiro inferno ou um autêntico paraíso.
Uma só palavra de orientação pode indicar ao
menino ou ao jovem o caminho do estudo e do tra-
balho tanto como uma só palavra de desorientação
mesmo tempo, a melhor e a pior
coisa que existe no mundo,
na estrita dependência do
vêm diante de um obstáculo qualquer. Ali, encon- à criança ou ao adolescente pode induzí-los à pre-
tram-se os que proferem extensa lamúria, guiça, à indolência ou à viciação. uso que lhe dermos em nosso
entremeada da revolta e de azedume, só porque nem Uma só palavra de alento pode despertar a fé no relacionamento com as
tudo corre na vida como desejariam. ânimo dos tristes, pode acordar a esperança no co-
Mais além, amontoam-se ainda os que agridem ração dos doentes, tanto como uma só palavra de
pessoas em geral”.
com o punhal da calúnia ou com o ácido corrosivo irritação pode acender o incêndio da raiva, a tem-
da zombaria, denegrindo a honra alheia, solapando pestade da inconformação, o vendaval da descren-
o entusiasmo dos jovens, destruindo a inocência das ça. intriga contra os aspectos menos felizes de nossos
crianças, maltratando os melhores sentimento dos Uma só palavra de entendimento pode dar ao companheiros de romagem terrena. Tanto que, não
familiares e amigos. nosso próprio lar aquele clima de ventura conjugal, faltou razão a quem dissera:
Conta-se que um certo senador romano ordenou, tanto como uma só palavra de azedume pode “As artes são canais de expressão derivados do
certo dia, fosse o seu cozinheiro a um mercado para transformá-lo em fração de segundos em terrível verbo. A escultura é a palavra coagulada. A pintura é
comprar a pior coisa que ele lá encontrasse. O servo antro de discussões e de grosserias dolorosas. a palavra contida. A dança é a palavra em movimen-
foi e trouxe - língua de boi, naturalmente. Com a palavra doce - você pode construir! Com a to. A música é a palavra em harmonia. Mas a palavra
No dia imediato, o senador ordenou-lhe comprar palavra ríspida - destruir! em si mesma é a própria vida. Abençoadas serão
agora a melhor coisa. E o escravo outra vez trouxe - Os lábios, já disse Jesus, falam daquilo que está sempre aquelas suas palavras que você fale situan-
língua. cheio o coração. Se desejarmos felicidade, coloque- do-se na posição dos ausentes ou no lugar daqueles
Pensando bem, é a língua, ao mesmo tempo, a mos mais amor em nossas palavras, mais brandura que lhes ouvem a voz”.
melhor e a pior coisa que existe no mundo, na estri- em nossas conversas, mais fraternidade em nossos
ta dependência do uso que lhe dermos em nosso diálogos, mais meiguice em nosso verbo. CELSO MARTINS
texto “pescado” do livro
relacionamento com as pessoas em geral. Em verdade, será até melhor encher a boca com MENSAGEM DE ESPERANÇA, editado
Aproveitemos então para o Bem, para a Paz, para uma certa porção de água e mantê-la calada o dia pela Gráfica e Editora do Lar - ABC
do Interior, Capivari, SP, 1986.
a Luz, para o Amor - os vocábulos de nosso linguajar todo do que bater com a língua nos dentes o tempo
diário. todo, em forma de queixumes, de maledicência, de

Telefone: (51) 3209-2811 I E-Mail: ccepars@gmail.com


Blog: http://www.ccepa-opiniao.blogspot.combr

ASSINE O JORNAL CCEPA Opinião I Assinatura: R$ 50,00


A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 8
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
ponto de vista Esta é a pergunta automática que a maioria faz sem interesse pela resposta. Por isso,
quando me perguntam como vou, digo que não vou melhor porque não quero. Quem ouve
imagina que é brincadeira, mas não é.

FIRMO uma verdade; a maioria das pessoas iria melhor se deixasse

A de tomar conta da vida alheia. Seriam menos censoras e mais feli-


zes. Não é insensibilidade. É bom senso para economizar sofrimen-
to.
É certo que a mídia nos direciona Mas como fugir deles? Invadem

Como para onde quer a fim de vender seus nosso lar pela TV, internet, escritos e
espaços. E como conhecem nosso fofocas, porque até nós curtimos esse
descontrole emocional, mostram tipo de conversa. Se a fofoca for proi-

vai, naufrágios de refugiados em deses- bida a humanidade emudece.


pero, pessoas sofridas abandonando Mesmo os esportes, pelo volume
seus países, que nos levam às lágri- de dinheiro que arrastam, passaram

tudo mas pela maldade e desigualde en- a ser competições de guerrilha. Fu-
tre nações e pessoas. tebol de socos, cotoveladas e ponta-
Enchemo-nos de revolta apesar de pés, com torcidas se agredindo.

bem? nada poder fazer. Até o tênis, outrora esporte de eli-


Por que sentir raiva diante daqui- te, tem hoje jogadores mal-educados
lo que não é da nossa alçada? É so- que esbravejam e destroem até as
frimento desperdiçado que nos de- raquetes, porque se esquecem que
prime sem utilidade. Podemos “gas- segurando no cabo delas está a mão
tar vela, mas só com bom defunto”. de um desequilibrado.
RECADO DO LEITOR Se não vigiarmos os pensamentos Sabedoria é aprender sobre o que
Amiga Carmem, como sempre,
agradeço o envio desse excelen- sofreremos vinte e quatro horas a realmente nos diz respeito e investir
te veículo de divulgação espíri- cada dia. naquilo que podemos mudar. Fora
ta. Abraço fraterno. Meus queridos, Carmem e Carlos Barros, Crimes nas ruas, corrupção nas isso, deixar por conta de Deus.
DORIS GANDRES um ano é pouco para avaliar a credibilidade
de uma revista digital, lançada há pouco casas de governo, guerras entre os Já disse Jesus, “a cada um será
Teresópolis - RJ
mais de um ano. Mas com a GENTE ESPÍRI- povos, casais que se destroem, filhos dado segundo suas obras”. Cada um
Parabenizo o casal Carmem TA essa avaliação não é necessária, levan- que se drogam e suicidam. colherá do que plantou.
Paiva e Carlos Barros pelo pri- do-se em conta o número de leitores con- Triste retrato da vida, que gostarí- E c’est fini...
meiro ano de circulação da re- quistados (mais de 500 mil, no Brasil e no amos de não assistir.
exterior) até hoje. OCTÁVIO CAÚMO
vista GENTE ESPÍRITA. A meu ver, jornalista e poeta.
um projeto editorial que con- Como membro de sua equipe de Redação João Pessoa - PB
quistou a preferência de leitores e correspondente regional, sou grata pela
que gostariam de ter em seu PC acolhida que sempre deram aos meus tex-
um jornalismo espírita coeren- tos. Saúde e vida longa para todos nós!
ONDINA ALVERGA I Salvador - BA
AGRADECIMENTO OBRIGADÃO a você, leitor (a) que nos dá a
te com o pensamento karde-
quiano; um jornalismo voltado DOS EDITORES sua preferência de ler todos os meses, quan-
para a realidade do nosso tem- Meus caros amigos, Carmem e Carlos Bar- do recebe a nossa revista GENTE ESPÍRITA e a
po. ros, juntos seremos feixes de varas inque- compartilha com tantos outros amigos em
Saúde ao casal de divulgadores brantáveis. A equipe de redatores e cola- suas redes sociais.
paraibanos e vida longa para boradores da revista GENTE ESPÍRITA tem
VOCÊ não imagina o quanto essa sua atitu-
nossa revista digital. esse espírito. São independentes no pen-
sar e coerentes na informação. Parabéns de nos enche de alegria. É assim que devemos
MARCOS TOLEDO I Natal - RN
pelo primeiro ano de vida editorial. divulgar as coisas boas de nossa veneranda
Dona Carmem, parabéns pelo Continuo admirador número um do jorna- Doutrina Espírita.
primeiro ano de circulação da lismo produzido por vocês. SEMPRE com o espírito de boa vontade e o
GE. Todo começo é complicado, SAULO ROCHA mesmo desejo que fomentamos dentro do
mas a publicação paraibana Recife - PE movimento de intercâmbio que envolve todos
“emplacou” de vez. os nossos impressos digitais.
SÔNIA LACERDA I São Luiz - MA PAZ e saúde para você também!
Carmem Paiva I Carlos Barros
editores associados
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 9
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
reportagem FEPB participam do desfile de 7 de setembro junto com entidades
vinculadas ao Comitê Paraibano de Cidadania em Defesa da Vida

GRUPOS de espíritas flagrados no final do desfile cívico.


Sentimento de dever cívico e social cumpridos.

C
ERCA de 14 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, se
concentraram na Av. Duarte da Silveira, no bairro Tôrre, em João
Pessoa, para assistir o desfile cívico de 7 de setembro, às 8h30
horas, em homenagem à Independência do Brasil.
Desfilaram escolas da rede pública e privada, órgãos da Prefeitura Muni-
cipal de João Pessoa, tropas federais e estaduais, órgãos de segurança públi-
ca, entidades de classes e grupos de portadores de necessidades especiais.
A exemplo do ano passado, a Federação Espírita Paraibana e a AME Paraíba
marcaram presença junto com a Campanha Amigo Doador - idealizado e
apoiado pelo Centro Espírita Vianna de Carvalho - além do CVV e do Comitê
Paraibano da Cidadania em Defesa da Vida - Brasil Sem Aborto.
O objetivo da participação dos espíritas é dar maior visibilidade às entida-
des que trabalham em prol da dignidade e valorização do ser humano.

O COMITÊ Paraibano da Cidadania em Defesa da Vida


Brasil Sem Aborto - É uma organização de natureza
suprapartidária e suprareligiosa que defende a
preservação da vida desde sua concepção.
A AME Paraíba desenvolve atividades
sócio-pedagógica-educativa na orientação
de mulheres que não têm plena consciência
das consequências físicas, morais e
espirituais do aborto delituoso.

ANTES de ir para a
concentração do desfile, FOTOS
Departamento
representantes de de Comunicação
entidades espíritas Social da
reuniram-se na sede da FEPB
Federação Espírita
Paraibana para acertar REPORTAGEM
Marcos Paterra
detalhes da participação
Especial para
de cada grupo. GE

A CAMPANHA Amigo Doador colabora com


MARCO LIMA, presidente da FEPB, prestou o Hemocentro de João Pessoa na captação
atenção em cada detalhe das orientações. de bolsas de sangue.
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 10
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
crônica
A belezA dAs estAções!
NO PALCO da natureza os cenários O coração reclama uma lareira e a
se revezam e se transformam constan- alma um cobertor. Precisamos de com-
temente. Os cenários têm um nome panhia.
especial: as estações do ano. É a estação da solidão, dos questio-
Elas, as estações, constituem-se namento profundos, de agudas crises
numa linguagem especial da nature- existenciais. Tudo parece escuro ao nos-
za. Uma meta-linguagem. Elas nos fa- so redor. Mas o inverno não dura para
lam sobre a vida e sua complexidade: sempre!
da força dos contrastes, da beleza da A Bíblia ensina: “O pranto pode durar
diversidade e das tensões inerentes às uma noite, mas a alegria vem ao ama-
mudanças que tornam a vida uma ex- nhecer”.
periência dinâmica e desafiadora. Como a vida é movimento, logo che-
Viver é abrir-se para o novo. é per- ga a primavera. É a semente da alegria
mitir-se sobreviver às mudanças. É ex- que começar a brotar outra vez. Tudo
perimentar diferentes estados de es- parece adquirir um novo sentido, como
pírito. Tal como a natureza, a vida hu- um poema de rara beleza, como um
mana também tem suas estações. painel que se reveste de cores.
Nossa existência precisa ser compre- Todavia, a beleza não pode prescin-
endida a partir dos seus contrastes. dir da luz. O verão surge com brilho
Perdas e ganhos, frio e calor, escuri- triunfante do sol. Tudo ao nosso redor

“ Uma das marcas da natureza é a sua


diversidade. A Criação é bela porque
também plena de contrastes. O mundo é
plural. A essência da beleza nasce
da harmonia dos contrários.
dão e brilho, fazem parte das múlti-
plas facetas da vida.
Muitas vezes, os ventos do outono
sopram contra nós e, quais folhas frá-
geis, nosso sonhos vão embora, ao sa-
bor dos ventos. Parece até que a vida
vai desmoronar. São as provações.
resplandece, como se os raios solares
transpassassem o nosso ser.
A natureza e a nossa alma se confun-
dem. Nossos sonhos são aquecidos ou-
tra vez.

ESTEVAM FERNANDES
Toda mesmice é enfadonha Mas o outono é também o momento Psicólogo. Texto “pescado”
no jornal CORREIO DA
e tediosa”. em que a vida se renova. PARAÍBA, edição de 9 de
Quando chega o inverno, o frio e a setembro de 2018.
escuridão visitam a nossa alma.
11
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO
BRASILEIRO
GE OUTUBRO DE 2018
atravessando
gente espírita

fronteiras

Projeto Fábrica
de Alegria visita
o Instituto
Materno A VISITA foi coordenada pela psicóloga Eva
Heim (foto), no dia 14 de setembro, para fa-
Infantil de lar sobre o projeto Fábrica de Alegria que
nasceu nas dependências do Centro Espírita
Pernambuco Vianna de Carvalho, localizado no bairro Ex-
pedicionários, em João Pessoa, capital
paraibana.
PARTICIPARAM junto com Eva a sua filha Érica,
Mary e Nicéia, voluntárias do projeto que
produz e distribui perucas, touquinhas e len-
ços para crianças, jovens e adultos que estão
passando por tratamento quimioterápico.
O GRUPO distribuiu perucas para as crianças
internadas no setor de pediatria do IMIPE, e
expôs detalhes do projeto so-
cial espírita paraibana que
tem ajudado a aumentar a
autoestima e a esperança de
crianças.
EVA HEIM e as voluntárias do
projeto Fábrica de Alegria
agradeceram a simpática aco-
lhida que o grupo recebeu por
Mais uma vez, o CE Vianna de Carvalho parte dos responsáveis pela
promovendo a feirinha de plantas instituição pernambucana.
ornamentais e medicinais.
Todas as mudas são cultivadas por uma
AGRADECE ainda a todos os
trabalhadora do CEVC, que faz tudo isso doadores de boa vontade pe-
por amor e encontrou essa sua habilida- las lãs que proporcionaram a
de em cultivar plantinhas como uma alegria de mais de 100 crian-
forma de colaborar com os projetos e
ças internadas no IMIPE.
campanhas da instituição. TEXTO
Toda renda é aplicada na assistência FOTOS MEMBROS DO PROJETO FÁBRICA Saulo DE ALEGRIA
Aurélio Rocha
social da casa. DeCom CE Vianna de Carvalho Recife - PE
TEXTO
E / D - Mary, Eva Heim, Érica e Nicéia. Visitando
IMAGEMpaciente.
Marcos Paterra Internet
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita
Wilson Czerski
Multimídia da ADE Paraná 12
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
bate papo

A Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná completou 23 anos de


existência e ganha de presente uma importante parceria para implementar suas
atividades no campo da divulgação: a Web Rádio e a TV Espírita do Paraná, com a
experiente equipe de comunicação social da Sociedade Espírita Obreiros do
Senhor - SEOS.
Quem conversou com GE sobre a novidade foi Wilson Czerski, competente
articulador administrativo da ADE Paraná e influente comunicador e
apresentador do programa “Diálogo Espírita”. Confira.
FOTO ACIMA
QUAL A IMPORTÂNCIA DESSES 23 ANOS DE EXISTÊNCIA Equipe de comunicadores
DA ADE PARANÁ, RECONHECIDAMENTE UMA DAS ENTI- sociais espíritas da Socieda-
DADES DE DIVULGAÇÃO ESPÍRITA MAIS PRODUTIVAS DO de Espírita Obreiros do
MOVIMENTO BRASILEIRO? Senhor - SEOS.
CZERSKI - Melhor seria inquirir o movimento espírita
paranaense. Temos a consciência de estar prestando um FOTO AO LADO
trabalho baseado no compromisso sério inspirado pelo Visita dos membros da Web
nosso patrono, Cairbar Schutel, cujos 150 anos de nasci- Rádio e TV Espírita do Paraná
mento estão sendo comemorados neste ano. aos amigos da ADE
TEMOS algumas vezes o retorno a respeito das ativida- Paraná, em sua
des que desenvolvemos: cartas para a Redação do nosso sede.
periódico impresso, Comunica Ação Espírita; a opinião de
associados do Clube do Livro que manifestam a alegria
de continuar recebendo a remessa bimestral das obras
espíritas selecionadas e sobre o programa de TV “Diálo- FALE-NOS COMO ESTÁ A PARCERIA DA ADE PARANÁ COM A WEB RÁDIO E TV ESPÍRITA DO PARANÁ.
go Espírita”. CZERSKI - Fomos procurados por um grupo de pessoas que desenvolvem o trabalho de Rádio e TV
MUITAS pessoas talvez não dêm muito valor a nós pró- pela Internet há três anos. Desconhecíamos o fato. O entendimento foi fácil e rápido.
prios, os que fazemos o programa, somos surpreendidos O RODNEY Durval de Lara, um dos componentes da equipe teve a mesma sensação, expressando
com sinais de locais distantes em que o mesmo é sintoni- em palavras a sua alegria na entrevista que fizemos com eles lá na TV, de que parecera encontrar
zado. Para citar apenas dois: contaram-nos terem visto o amigos ou irmãos de velhos tempos, tal a afinidade instantânea que experimentamos. Assim são
programa sendo visto dentro do aeroporto de Brasília; as coisas. Por vezes insistimos tanto com certas pessoas tentando angariar-lhes a simpatia às nos-
outro caso foi um telefonema de Santa Cruz - sertão de sas ideias e projetos e nada se consegue e, de repente, com outras dá tudo certo.
Pernambuco, de onde alguém suplicava alguma ajuda O PROGRAMA “Diálogo Espírita” está no ar através da Web Rádio desde o início de julho e pela TV
financeira para emergência no atendimento de 18 crian- no final do mesmo mês e já trazendo resultados animadores na audiência. O acesso à programa-
ças - mais os quatro filhos, e só chegaram até nós por ção da Rádio e TV Espírita do Paraná pode ser feito com uma simples pesquisa no Google. Além do
acompanharem o “Diálogo Espírita”. programa da ADE PARANÁ, há transmissões ao vivo de palestras, radionovelas, estudo da Revista
Espírita de Karde, músicas, etc. Tudo permanece no ar as 24 horas do dia.
DENTRO DESSES 23 ANOS DA ADE PARANÁ, CABE ALGU-
MA HOMENAGEM ESPECIAL? ENTRE OS ALTOS E BAIXOS QUE A ENTIDADE EXPERIMENTOU AO LONGO DESSES 23 ANOS DE
CZERSKI - A homenagem, na forma de agradecimento, EXISTÊNCIA, PODE-SE DIZER ATUALMENTE QUE ELA ESTÁ COM SEU QUADRO SOCIAL E SUA SAÚ-
além do patrono Cairbar Schutel, já citado, passa por to- DE FINANCEIRA ESTÁVEIS?
dos aqueles que já labutaram em nossas fileiras e os que CZERSKI - Sim, podemos dizer que sim. Os níveis de inflação muito baixos ajudam, os aumentos
estão agora conosco - colaboradores diretos ou são menos frequentes e isso evita termos que apelar toda hora aos colaboradores solicitando
mantenedores, todos imprescindíveis, principalmente em majoração também em suas contribuições.
relação ao nosso programa televisivo.
MAS acima de tudo, aos amigos espirituais cuja presen- SUAS CONSIDERAÇÕES FINAIS, COM O NOSSO SINCERO AGRADECIMENTO POR ESTE BATE PAPO.
ça, embora não sejamos médiuns ostensivos, podemos CZERSKI - Estou imensamento agradecido por mais uma oportunidade que Carmem e Carlos
sentir sempre a presença discreta e, às vezes, sim, na for- Barros nos deram de falar da “vida” da ADE PARANÁ para esta revista digital. Tenho um carinho e
ma de esclarecedoras intuições. Temos nos valido delas respeito muito grande pelo conjunto do trabalho da boa divulgação espírita e, em especial, pelo
tanto nas horas mais difíceis como quando seus pensa- explícito apoio que o casal dá a todas as boas iniciativas. Muito importante dar voz a um maior
mentos vêm com o objetivo de estimular e dizer se leque de opiniões, fora dos circuitos costumeiros que, às vezes, querem se apossar por inteiro do
estamos no caminho certo e no que podemos melhorar. movimento espírita em detrimento de uma participação maior e enriquecedora.
COM CERTEZA esse tipo de ação que caracteriza os bons companheiros divulgadores e editores

23
ANOS DE MUITO
paraibanos é absolutamente único. Finalizo com o convite para que os leitores de GENTE ESPÍRITA
também prestigiem o programa “Diálogo Espírita”, acessível pelo YouTube ou pelo nosso site www.
adepr.org.br. São cerca de 288 programas disponíveis tratando dos mais variados assuntos doutri-
TRABALHO E
DEDICAÇÃO.
nários e relacionados com o dia a dia das pessoas e os problemas do mundo.
13
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO
BRASILEIRO
GE
OUTUBRO DE 2018
orelha literária
gente espírita

A EDITORA Pixel Books acaba de lançar, pela plataforma digital da Apple,


o livro “Jorge Rizzini entre luzes e sombras”, de autoria de Wilson Garcia.
Trata-se do maior acervo de informações sobre a personalidade daquele
que foi conhecido como um dos mais destacados polemistas espíritas do
Brasil, com uma trajetória intensa na divulgação e defesa da doutrina de
Allan Kardec.
A PRESENTE edição compreende a ampliação e atualização da edição
disponibilizada pela Scrib, de título “Muito além das sombras”, a qual
permanecerá à disposição dos interessados, com download livre.

O LIVRO aborda, de maneira inédita, inúmeras situações do escritor e


médium:
# A sua relação de quase 30 anos com o filósofo, escritor e jornalista
José Herculano Pires.
# A colaboração fundamental de Rizzini e sua esposa, Iracema, com o
jornal e a Editora Correio Fraterno do ABC, hoje conhecido apenas como
Correio Fraterno.
# Sua participação na criação e publicação pela Editora EME do jornal
OpiniãoE.
# O episódio raro com a médium Dolores Bacelar, em que foi analisada a
interpolação do livro “A Canção do Destino”, com uma mensagem a fa-
vor de Roustaing.
# A presença na reunião com Dolores Bacelar dos espíritos Ismael Braga,
Leopoldo Machado e Benedita Fernandes.
# O prefácio para o livro “O Corpo Fluídico” e o preconceito racista.
# A viagem de Rizzini ao México e a sua “prisão” domiciliar.
# A mediunidade em Rizzini e a supremacia do escritor mediúnico.
# A luta de Rizzini na divulgação das cirurgias do médium Zé Arigó e,
posteriormente, de Edson Queiroz.
# A dissenção entre Rizzini e o médium Divaldo Franco e a carta inédita
de Chico Xavier revelando o plágio do médium baiano, com longa reper-
cussão na TV Globo.

E OUTROS inúmeros fatos e curiosidades a respeito do cotidiano do mé-


dium, suas ideias pessoais, suas amizades. O livro é amplamente ilustra-
do com fotos e documentos.

ADQUIRA AQUI
https://itunes.apple.com.br/book/jorge-rizzini/id1429045369?mt=11

Wilson
Garcia Outros
Jornalista, escritor e orador espírita, é natural de livros de
São João Nepomuceno, MG. É casado, tem quatro
filhos e residiu por 35 anos em São Paulo, capital. sua autoria
Desde 2004 mora em Recife, PE.
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 14
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
registro
Jornada Espírita leva Frederico Menezes às
O MÉDIUM e escritor pernambucano
esteve nessas cidades nos dias 15 e 16
cidades de Jericó, Coremas e São Bento,
de setembro, na boa companhia de
David Reis e Marcos Paterra, membros no sertão da Paraíba
da AME Paraíba.

Sempre com muita simpatia e compartilhando conhecimento doutrinário,


Frederico Menezes proferiu palestras com os temas “O Consolador Prometi-
do”, “Jesus - Homem ou Deus?” e “O Amor em Defesa da Vida”.

Pernoitamos na cidade de Pombal, na Pousada Shalon onde seus proprietári-


os - Antônio e Edjane Almeida - nos acolheram fraternalmente já se declaran-
do espíritas e admiradores do médium pernambucano.
Convidado pela Rádio Bom Su-
cesso FM, Frederico deu entre-
vista acompanhado por Iva-
naldo, presidente do NE Fran- FACHADA DO CENTRO ESPÍRITA IRMÃ
cisco Cândido Xavier, David MARTA, LOCALIZADO EM COREMAS.

Reis e Marcos Paterra.


DAVID REIS,
Na emissora, o grupo foi FREDERICO
recepcionado pelo apresenta- MENEZES
E IVANALDO,
FREDERICO MENEZES COM EDJANE ALMEIDA E ANTÔNIO dor do programa, Marcelino. PRESIDENTE
DO NE
Toda programação dessa Jor- VICENTE TOBIAS, PRESIDENTE DO CENTRO
FRANCISCO
CÂNDIDO
nada Espírita foi organizada por ESPÍRITA JESUS DE NAZARÉ, EM XAVIER
Ivanaldo que articulou palestra ITAPORANGA, AO LADO DE FREDERICO
MENEZES E DAVID REIS
no NE Francisco Cândido
Xavier, em Jericó; na SE Irmã
Marta, em Coremas; e SE Fran-
cisco de Assis, em São Bento.

Uma programação que corres-


pondeu a expectativa do IVANALDO, FREDERICO MENEZES E MARCOS PATERRA
palestrante e seus assessores. NO ESTÚDIO DA RÁDIO BOM SUCESSO FM

Frederico Menezes recebeu com surpre-


sa e indisfarçável alegria a homenagem MARCOS PATERRA, DAVID REIS, ANTÔNIO E EDJANE ALMEIDA DURANTE A
prestada pelo Centro Espírita Irmã Mar- FREDERICO MENEZES PALESTRA REALIZADA NO NE FRANCISCO CÂNDIDO
ta, localizado em Coremas, que colocou E IVANALDO XAVIER

o seu nome na Livraria da instituição.

O nome desse Centro Espírita - Marta,


foi colocado em homenagem à mentora
espiritual do palestrante pernambucano.
FREDERICO MENEZES SENDO ENTREVISTADO
Na foto ao lado, o médium indicando POR MARCELINO, NA RÁDIO BOM SUCESSO
para a sua xilogravura como a dizer, “esse
cara, sou eu!”

No decorrer de toda Jornada Espírita, Frederico Menezes dispensou a todos


os dirigentes de instituições espíritas paraibanas e às pessoas que foram
prestigiar suas palestras a melhor de sua atenção e simpatia. Não se cansou IVANALDO E FREDERICO MENEZES
de autografar livros, abraçar e tirar selfies com seus admiradores. NA LIVRARIA DO CE IRMÃ MARTA,
EM COREMAS. IVANALDO APRESENTANDO FRED MENEZES
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 15
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
confiança

ESPECIALMENTE naquelas em que habita algo mais


que a humanidade. Aquelas que, às vezes, a gente con-
funde com anjos e outras entidades divinas...
FALO daquelas pessoas que existem em nossas vidas, e
enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes
atitudes...
DAQUELAS que te olham nos olhos quando precisam
ser verdadeiras, que tecem elogios, agradecem e pedem
desculpas com a mesma simplicidade de uma criança...
PESSOAS que não precisam fazer jogos para conseguir
o que buscam, porque seus desejos são realizados por
suas ações e reações, não por seus caprichos...
PESSOAS que fazem o bem e se protegem do mal, ape-
nas com um sorriso, uma palavra, um beijo, um abraço,
uma oração...
nas pessoas
PESSOAS que atravessam as ruas sem medo da luz que
existe nelas, caminham firmes e levantam a cabeça em
momentos de puro desespero...
PESSOAS que erram mais do que acertam, aprendem
mais do que ensinam e vivem mais do que sonham... “ACREDITO em
PESSOAS que cuidam do seu corpo, porque este os pessoas que erram mais do que
acompanhará até o fim. Não ficam julgando gordos ou acertam, aprendem mais do que
magros, negros ou brancos...
PESSOAS, simplesmente, pessoas que nem sempre têm ensinam e vivem mais do
certeza de tudo, mas acreditam sempre. Transparentes, que sonham...”
amigas, espontâneas, até mesmo ingênuas...
PREFIRO acreditar em relacionamentos baseados em
confiança, serenidade, humildade e sinceridade... Acre-
ditar naqueles encontros que nos transmitem paz e um HOMENS e mulheres que habitam o perfeito Universo e a
pouco de gratidão... Acreditar em homens e mulheres perfeira ordem nele existente... Homens e mulheres de almas
que reverenciam a vida com a mesma intensidade de um limpas e puros de coração.
grande amor...
QUE passam pela Terra e deixam suas marcas, suas BRENO ANGELO
Texto pescado da revosta
lembranças; que deixam saudades e não apenas ras- HARMONIA, edição
tros... 174

SEDE E INFORMAÇÕES: DOAÇÕES:


Rua Praia da Pituba, 53, Banco do Brasil - Ag.: 5783-5 C/c. 26224-2
Jardim Autonomista, Banco do Itaú - Ag.: 0091 C/c. 53286-1
Campo Grande, MS, Banco Bradesco - Ag.: 3408-8 conta 22109-0
CEP 79022-491. CNPJ 11.335.070/0001-17

contato@fraternidadesemfronteiras.org.br.
www.fraternidadesemfronteiras.org.br.
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 16
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
bom senso
Qual a que tem mais força de credibilidade:
a opinião ou a verdade? “Tudo o que ouvimos é uma opinião,
não um fato. Tudo o que vemos é
uma perspectiva, não a

N ÃO DEVEMOS acreditar em quem tem opinião


formada sobre tudo. Sabe aquela pessoa que
sempre acha que é “dona da verdade...” Pois
é, quem pensa que sabe tudo o que ocorre em sua
verdade”. MARCO AURÉLIO - imperador romano

volta, está muito enganado. Porque nem tudo é um credibilidade de quem tem a quarta força de
fato que deva ser levado adiante como verdade. influenciação em meio a massa popular - a Impren-
NA POLÍTICA, na Religião e na Economia, por exem- sa.
plo, ninguém tem uma opinião clara sobre os mais TODO cuidado é pouco porque, sem esse zelo, a
intrincados assuntos que possam deixar o povo sosse- opinião passa a ser um fato isolado que descarac-
gado. Cada um dos seus representantes sempre estão teriza a ética em todos os seus pontos moralizado-
prontos para defender seus pontos de vista quando lhes res da conduta do informante.
é conveniente assegurar suas convicções. OPINIÃO qualquer um pode dar sob a perspecti-
AÍ O (a) leitor (a) pode questionar: Quando uma opi- va do seu entendimento filosófico. Já falar a ver-
nião deve ser levada em conta mesmo legitimada pelo dade é assunto para ser aprendido com Jesus, que
fato; e se esse fato não passar pelo crivo da verdade recomendava prudência no falar.
inquestionável? E PARA quem escreve, usando do seu poder de
RESPOSTA na ponta da língua: Quando estivermos influenciação de massa, a verdade não deve ser
todos convictos de que não somos detentores da verda- ASSIM deve ser no Jornalismo, seja espírita conspurcada em nome de uma frágil opinião.
de, como valor absoluto. Não podemos deixar que o ou não, no qual tanto se recomenda cuida-
“achismo” confunda a perspectiva do nosso “ver as dosa apuração dos fatos em todas as suas PATRÍCIA SOBRAL
da equipe de Redação
coisas” sem ponderar e mensurar as suas consequên- perspectivas de observação, para não incor- Vila Velha - ES
cias. rer na pressa do “furo”que acaba “furando” a

O magazine digital que está


dando o que falar. Não leu ainda?
Peça exemplar gratuito pelo e-mail
cbarrosjornalista@gmail.com
ARTE & ESPIRITUALIDADE
é feito por gente que faz arte
com a alma. Se você tem uma
alma criativa e sensível,
venha para o nosso time
de colaboradores.
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 17
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
fora do ar

Programa produzido e apresentado


pela ADE Pernambuco sai do ar
por falta de patrocinadores
D
EPOIS DE passar dez anos como um dos programa, levado ao ar pela Rádio Fo-
programas de maior audiência na radi- lha de Pernambuco - FM 96,7 Mhz, uma
odifusão espírita do Estado de das emissoras mais ouvidas em todo o
Pernambuco, “Realidade Paralela” saiu Estado.
do ar por falta de patrocinadores e de É MAIS um precioso espaço que se per-
uma melhor estrutura organizacional de na radiofonia espírita que, infeliz-
para sensibilizar o movimento regional mente, depende de pessoal com capa-
quanto a necessidade de apoio finan- cidade gerencial para manter o provi-
ceiro. mento de recursos financeiros, recor-
ENTREVISTADO pelo Blog Espiri- rendo aos espíritas, grupos e empresas
tualMENTE, coordenado por Manoel para patrocinar a iniciativa.
Guimarães Júnior, o jornalista e escri- A TAREFA não é fácil. O movimento es-
tor Wilson Garcia, que foi apresentador pírita nem sempre está com dinheiro
Leia a ENTREVISTA completa com o do programa durante alguns anos, dis- sobrando para colaborar com o míni-
jornalista e escritor WILSON GARCIA se que a ADE Pernambuco, a exemplo mo necessário.
no endereço abaixo. de “outras ADEs pelo Brasil afora, não E, QUASE sempre, falta também muita
https://www.blogespiritualmente.com.br/2018/09/ logrou preparar uma equipe capaz de boa vontade por parte de instituições,
entrevista-com-o-escritor-e-orador.html dar prosseguimento às suas iniciativas dirigentes e trabalhadores para apoiar
Blog no campo na comunicação espírita”. o que está dando certo como proposta
EspiritualMENTE Deixando você por dentro A ADE Pernambuco até tentou levantar de divulgação.
de tudo o que acontece no movimento recursos através de uma conta bancá-
CARLOS BARROS
espírita pernambucano. ria, mas sem nenhum resultado que editor assistente
desse novo ânimo aos produtores do João Pessoa - PB
ASSINE E RECOMENDE
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita JORNAIS E REVISTAS ESPÍRITAS 18
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018

Revista Jornal
O ESPÍRITA COMUNICA AÇÃO ESPÍRITA
Publicação da Associação de Divulgadores
Publicação do Centro Espírita Fonte
do Espiritismo do Estado do Paraná,
de Esperança, fundado em 3 de outubro de
com redação em Curitiba.
1978, em Brasília, DF.
E-mail adepr@adepr.org.br
E-mail oespirita@oespirita.com.br
Site www.adepr.org.br
Site www.oespirita.com.br

Revista
TRIBUNA ESPÍRITA
Editada pelo Centro Espírita Leopoldo A Casa Editora O Clarim produz
Cirne, fundada em 10 de janeiro de 1981, o que há de melhor no mercado
em João Pessoa, PB.
E-mail editorial espírita brasileiro.
ssp.21@hotmail.com Como, por exemplo, esta revista
Telefones com assinatura anual bastante
(83) 3224-9557
(83) 99633-3500
atraente. Consulte e confira.
www.oclarim.org

Jornal
BRASÍLIA ESPÍRITA
Editado pelo Grêmio Espírita Atualpa Barbosa
Lima, fundado em 28 de outubro de 1960, em
Brasília, DF.
E-mail brasiliaespírita@atualpa.org.br.
Site www.atualpa.org.br

Jornal
O CLARIM
Um dos mais antigos e de maior Contribua com o seu projeto de divulgação de um Espiritismo
credibilidade do movimento espírita O jornal
livre pensador, humanista, laico e progressista fazendo a sua
brasileiro. espírita assinatura anual por apenas R$ 50,00.
Produto da Casa Editora O Clarim, mais laico Basta enviar seu nome e endereço completos para o e-mail
com sede em Matão, SP. do Brasil ccepars@gmail.com. Leia CCEPA Opinião.
Consulte e confira preço da Mais informações: (51) 3209-2811.
assinatura anual.
www.oclarim.org

Assine Neste espaço, a revista GE recomenda os melhores impressos em circulação no movimento espírita
brasileiro. São publicações produzidas com esmero técnico e editorial. E ainda têm os melhores preços
e dê de para assinatura anual do mercado espírita. Quer fazer uma assinatura?
presente! Entre contato com o setor de assinaturas da publicação de sua preferência.
O atendimento é imediato.
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
GE gente espírita 19
NO MOVIMENTO
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018
papo literário
Glaucio Cardoso e os caminhos
que ele vem seguindo ao
GE conversou com o editor da revista
longo desta existência, Garimpo e produtivo militante cultural
Vitrine Literária

na pele de um poeta espírita no município de Mesquita, na


sonhador Baixada Fluminense, RJ, sobre o seu
mais recente trabaho literário.

CAMINHOS... O QUE LEVOU VOCÊ A COMPOR VOCÊ SE CONSIDERA UM POETA QUE GOSTA
POETICAMENTE ESTE NOVO TRABALHO? DE FILOSOFAR?
Glaucio - A partir do convite feito pelo Clube de Glaucio - Quando publiquei meu livro anteri-
Arte, comecei a elencar alguns dos meus poemas or “La Commedia é finita”, o filósofo Thales
ainda inéditos em livro, embora um ou dois tex- de Oliveira escreveu-me um prefácio no qual
tos escolhidos já tenham aparecido em meus li- dizia ser eu um representante da tradição dos
vros anteriores. poetas loucos, o que me situaria dentro da
Ao final da primeira seleção, um bom número de poesia filosófica.
poemas trazia a temática dos caminhos que se- Penso que gosto de brincar com as perguntas
guimos ao longo de nossas vidas. Foram esses os sem me importar com as respostas, assim vou
poemas que acabaram fazendo parte da versão construindo sentidos. Talvez seja este o aspec-
final do livro. to filosófico do que escrevo... ou talvez não...

VOCÊ É UM POETA QUE GARIMPA AS PALAVRAS ONDE O SEU LIVRO PODE LEVAR O LEITOR
E LAPIDA AS IDEIAS LIVREMENTE, SEM UMA ES- QUE AINDA NÃO ENCONTROU O PRÓPRIO
TÉTICA PADRONIZADA PELA POESIA TRADICIO- CAMINHO NESTA EXISTÊNCIA
Reserve já o seu
NAL. COMO VOCÊ DEFINE A ESSÊNCIA DO SEU Glaucio - Meu desejo é que o eventual leitor
exemplar, aproveitando ESPÍRITO CRIATIVO? de minha poesia perceba que seu caminho
a promoção excepcional Glaucio - É complicado teorizar sobre a própria está ali, em sua consciência. Não tenho pre-
oferecida pelo Clube obra, por isso não sei se terei capacidade para tensão de apontar caminhos certos, mas gos-
de Arte. uma resposta definitiva ou mesmo coerente, pois to de dividir minha experiência de caminha-
me falta a distância que tenho com as obras poé- da com os que estão andando ao meu lado.
Você pode até ganhar
ticas alheias. Sempre digo que a palavra que me Assim podemos perceber que não caminha-
desconto especial se a define é “inquieto”. mos sozinhos, não é?
compra passar de 50 Como leitor de poesia, transito dos clássicos aos
exemplares. contemporâneos, dos poemas de forma fixa aos QUANTO CUSTA O LIVRO E ONDE PODE SER
versos livres. De todos eles tomo um pouco de ADQUIRIDO?
empréstimo numa constante construção de mi- Glaucio - O livro pode ser adquirido no site
nha própria linguagem poética. do Clube de Arte, na página www.clubede
Quando sinto a necessidade de escrever sobre arte.org, ao custo de R$ 22,00.
um tema, vou ruminando as palavras e deixando
que elas imponham a forma em que desejam ser SUAS CONSIDERAÇÕES FINAIS, COM O NOS-
expressas. SO SINCERO AGRADECIMENTO PELA OPOR-
NOVO LIVRO TUNIDADE DESTE BATE PAPO EXCLUSIVO.
Glaucio - Eu que agradeço muito aos edito-
O ESCRITOR espírita Roberto Vilmar Quaresma (foto) lançou recentemen- res desta revista digital. Vamos todos viver a
te o livro “Momentos da Reencarnação”, com orientação do espírito vida com mais poesia; uma poesia que se re-
Heigorina Cunha. O livro apresenta as situações vivenciadas, normalmen- vela em um olhar para o outro, perceber o
te, no processo reencarnatório, ou seja, as etapas pelas quais o espírito outro, em busca de nosso próprio autoconhe-
passa para que o seu reencarne se efetive. cimento.
PEDIDOS a Federação Espírita do Estado de São Paulo - Livraria, telefone Ver o mundo de outra forma, mais simples.
(11) 3188-8383, ramal 217. Sem mais informações da Editora FEESP. Entender que a poesia nos põe em contato
com nosso espiritual mais profundo.
A REVISTA DE
GENTE QUE FAZ
E ACONTECE
NO MOVIMENTO GE gente espírita 20
BRASILEIRO OUTUBRO DE 2018

estação das flores

OS IPÊS NO PARQUE SOLON DE LUCENA

Primavera
A primavera é a estação mais esperada e festejada do
ano pela intensidade do colorido das flores que brotam
nos parques, praças e canteiros das cidades.

A CAPITAL paraibana (João Pessoa), por Pouca gente sabe, mas a primavera se inicia no nia, alamanda, clívia, gérbera, hibisco, gazânia, jas-

N exemplo, a primavera deixa a cidade


como um cartão postal aberto para visi-
tas a áreas onde prevalecem o verde e o
dia 22 de setembro de cada ano e se prolonga por
três meses, até o dia 22 de dezembro, quando
retorna o verão, com o seu calor convidativo a um
mim-estrela, lágrima de cristo, boca de leão, cri-
sântemo, frésia, estefânia, narciso, violeta,
dedaleira e dama da noite.
colorido das flores. banho de mar com a família. A primavera é uma estação que favorece o ro-
O Parque Solon de Lucena (Lagoa), na parte mais O equinócio é o momento do ano em que o dia mantismo, a paixão e o envolvimento das pessoas
central da cidade antiga, é uma dessas áreas onde dura exatamente o mesmo tempo que a noite, ou por um sentimento nobre: o amor.
quem passa não resiste em registrar a beleza do seja, doze horas, proporcionando um clima mais Tudo começa com um olhar, depois vem o na-
tapete amarelo que recobre o chão pelas flores que ameno e agradável. moro, o gostar apaixonado e depois... o cidadão
caem dos ipês. Segundo os botânicos, a primavera é o início da ou a cidadã de joelhos pedindo a sua princesa em
Em outras cidades brasileiras, onde predomina a reprodução de muitas espécies vegetais e animais; casamento.
exuberância das flores em suas paisagens, a pri- muitos pássaros namoram nessa época. A primavera é puro amor. Encante-se com a pri-
mavera se revela como um maravilhoso mosaico Diversas espécies de plantas se destacam nessa mavera e seja feliz!
colorido, como se pintado por um artista época do ano. Confira algumas: rosa, girassol, (DA REDAÇÃO)
embevecido com a sua beleza natural. margaridinha, orquídea, jasmim, hortênsia, helicô-

EVENTOS
programados
para 2019