Você está na página 1de 2

ONDE ESTÃO OS MORTOS?

Onde estão os mortos? Esta questão preocupa praticamente todas as religiões que
já surgiram no mundo desde os tempos mais remotos da história do homem sobre a
Terra. Por exemplo, os gregos antigos diziam que os mortos iam para as “Ilhas dos Bem-
Aventurados”, onde ficavam aguar­ dando o julgamento de três representantes do
mundo subterrâneo. Se o morto tivesse sido bom durante a vida e os juizes
estabelecessem sua retidão, ele podia entrar nos Campos Elíseos, um tipo de paraíso.
Ali, de acordo com a mitologia grega, os mortos estariam em uma terra de música e luz,
de ar doce e agradável. As almas boas viveriam ali para sempre, entre as alegrias simples
de flores e campinas verdejantes.

Outras opiniões quanto ao assunto

Outras religiões do mundo viam a morada dos mortos de maneira diferente. Os


romanos, por exemplo, imaginavam a eternidade como espelho desta vida. Para os
muçulmanos, a morte traz recompensas e punições. Já os hindus e budistas dizem que
as almas voltam a este mundo vezes seguidas, até que alcancem a bem-aventurança
eterna. Supõem que essa purificação aconteça através da transmigração das almas. Isto
é, depois da morte a alma volta a reencamar no corpo de um animal inferior ou de outro
ser humano. Há grande semelhança entre essa crença e o que o Espiritismo apregoa
quanto à reencarnação.

De acordo com a Teoria da Transmigração, a alma passa de um corpo para outro até
ser purificada. E, então, é autorizada a entrar na morada dos deuses. Os budistas chamam
esse lugar de “Nirvana”, enquanto que os hindus brâmanes dizem que a alma se une a
Brama, o poder universal.

Com quem está a verdade?

Neste mundo de tantas religiões e de tanta confusão em matéria de fé,


perguntamos: “Quem está certo?”. A resposta é simples: a verdade está revelada na
Palavra de Deus, a Bíblia, e isso não deixa lugar para especulações por quem quer que
seja, mesmo que as pessoas sejam bem intencio- nadas. A Palavra de Deus afirma
enfaticamente que uma das razões porque Jesus veio a este mundo foi para mostrar
como podemos ter vida abundante não apenas aqui, mas também eterna, no além. A
Bíblia diz: “... segundo o poder de Deus, que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não
segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em
Cristo Jesus, antes dos tempos eternos,’’ (2Tm 1.8,9).

A imortalidade sempre foi um fato especulativo, mas foi preciso que Cristo o
trouxesse à luz para que soubéssemos o que ela é e como podemos obtê-la.

Temos a Palavra de Deus e a revelação de Seu Filho Jesus Cristo, por isso não
precisamos ficar confusos ou desencorajados a respeito do destino dos mortos.

Copiado de ESCATOLOGIA BÍBLICA: DEUS REVELA O FUTURO - ANTONIO


GILBERTO DA SILVA - EETAD