Você está na página 1de 3

10 Todos quantos, pois, são das obras da lei estão debaixo de maldição; porque está

escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas escritas no Livro
da lei, para praticá-las. 11 E é evidente que, pela lei, ninguém é justificado diante de
Deus, porque o justo viverá pela fé. 12 Ora, a lei não procede de fé, mas: Aquele que
observar os seus preceitos por eles viverá. 13 Cristo nos resgatou da maldição da lei,
fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo
aquele que for pendurado em madeiro), 14 para que a bênção de Abraão chegasse
aos gentios, em Jesus Cristo, a fim de que recebêssemos, pela fé, o Espírito
prometido.
1 – Todos quantos tentam obter salvação através da guarda da lei estão debaixo
de maldição
 10 Todos quantos, pois, são das obras da lei estão debaixo de maldição;
porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as
coisas escritas no Livro da lei, para praticá-las.
O que Paulo quer dizer com “são das obras da lei”? Aqueles que tentam obter a
salvação mediante a guarda da lei. Todos os que buscam a justificação pelas obras
da lei e confiam em sua justiça própria para a aceitação diante de Deus.
O que significa está “debaixo de maldição”? John Stott disse: se a bênção de
Deus produz justificação e vida, a maldição de Deus produz condenação e morte.
Portanto, está debaixo de maldição significa está debaixo de condenação e morte.
Por que estão debaixo de maldição? Porque está escrito: Maldito todo aquele que
não permanece (obediência contínua) em todas as coisas (obediência perfeita)
escritas no Livro da lei, para praticá-las.
Dt 27.12 “Quando vocês tiverem passado o Jordão, as tribos de Simeão, Levi, Judá,
Issacar, José e Benjamim ficarão no alto do monte Gerizim para abençoar o povo. 13
E as tribos de Rúben, Gade, Aser, Zebulom, Dã e Naftali estarão no monte Ebal para
anunciar maldição.
14 “Então os levitas gritarão para todo o povo de Israel o seguinte:
15 “‘Maldito aquele que fizer imagem de escultura, seja de madeira ou de metal
fundido, obra de artesão, mesmo que a levante secretamente. O SENHOR não tolera
essas coisas’. E todo o povo dirá: ‘Amém!’
16 ‘Maldito aquele que desprezar o seu pai ou a sua mãe’. E todo o povo dirá:
‘Amém!’
26 "Maldito quem não puser em prática as palavras desta lei". Todo o povo dirá:
"Amém! "
A mensagem é simples, se alguém acredita que pode ser salvo mediante a
obediência da lei, precisa entender o que significa obedecer a lei. Não significa
lê-la, muito menos ouvi-la todos os sábados, como faziam os judeus, mas obedecê-la
em cada detalhe, pois se fracassar num único mandamento, você será tão culpado
como alguém que nunca a obedeceu.
2 – Aos olhos de Deus, ninguém pode ser justificado pela lei
 11 E é evidente que, pela lei, ninguém é justificado diante de Deus, porque
o justo viverá pela fé.
Se todos os que “são das obras da lei estão debaixo de maldição”, a conclusão lógica
é que a lei não justifica ninguém, ou seja, ninguém é salvo mediante a tentativa de
obedecer a lei de Deus. Por quê? No versículo anterior ficou implícito uma resposta
– ninguém consegue obedecer a lei na sua totalidade, mas agora, outra resposta é
dada – “o justo viverá pela fé”.
Hc 2:4 Escreva: "O ímpio está envaidecido; seus desejos não são bons; mas o justo
viverá pela sua fidelidade.
Qual o contexto destas palavras do profeta Habacuque? Podemos sintetizar
assim o livro: (1) O profeta busca a Deus por causa da pecaminosidade e injustiça
dos israelitas, pedindo uma intervenção diante de tanta maldade. (2) Deus responde
ao profeta dizendo que vai dar um fim nessa situação. E como Ele fará isso? Usando
os caldeus como instrumentos de castigo. (3) Diante da resposta divina, o profeta
pergunta, escandalizado, porque Deus usaria uma nação muito mais perversa e ímpia
para punir o seu próprio povo? E a resposta é que, depois de punir seu povo, Ele
também castigaria os caldeus. O que o profeta precisa é acreditar na palavra de
Deus, por isso, que o justo viverá pela fé.
Hb 3.16 Eu tremo ouvindo essas coisas. Meus lábios tremem de medo. Minhas
pernas bambeiam e eu estremeço de pavor! Esperarei em silêncio o dia em que toda
essa tragédia vai acontecer ao povo que está para nos invadir. (VIVA)
17 Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira
minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do
aprisco, e nos currais não haja gado, 18 todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto
no Deus da minha salvação. (ARA)
3 – Lei e fé são caminhos excludentes
 12 Ora, a lei não procede de fé, mas: Aquele que observar os seus
preceitos por eles viverá.
Quando o apostolo diz que a lei não procede da fé, ele está afirmando que lei e fé
são sistemas excludentes, ou seja, os dois sistemas nunca poderão andar juntos. O
que diz o caminho da fé? Você será salvo se crê em Jesus Cristo como teu Senhor e
Salvador; em outras palavras, você é salvo por aquilo que Jesus fez na cruz. E o
caminho da lei, o que diz? Aquele que observar os seus preceitos por eles viverá,
ou seja, se você obedecer perfeita e continuamente a lei de Deus, será salvo.
Lv 18:5 Portanto, os meus estatutos e os meus juízos guardareis; cumprindo-os, o
homem viverá por eles. Eu sou o SENHOR.
Tiago 2:10 Porque quem quebra um só mandamento da lei é culpado de quebrar
todos.
Como nenhum ser humano é capaz de obedecer completamente a lei, todos estão
debaixo de maldição, pois, “maldito todo aquele que não permanece em todas as
coisas escritas no Livro da lei, para praticá-las”. A questão que surge é saber como
alguém pode ser salvo se todos estão debaixo de maldição?
4 – Cristo nos resgatou da maldição da lei.
13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em
nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em
madeiro)
Estávamos debaixo de maldição, condenados e mortos por causa da lei de Deus, mas
o Senhor Jesus Cristo nos libertou dessa maldição. Como Ele fez isso? Assumindo o
nosso lugar. Qual a prova bíblica de que Ele desse fato? A cruz.
2Co 5:21 Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que,
nele, fôssemos feitos justiça de Deus.
Com que propósito o Senhor Jesus se fez maldito em nosso lugar?
14 para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios, em Jesus Cristo, a fim de
que recebêssemos, pela fé, o Espírito prometido.
Para que a benção de Abraão, que é a justificação pela fé chegasse a nós e
recebêssemos o Espirito.
Aplicações práticas: