Você está na página 1de 1

TD de Física – ITA/IME

3o Ensino
Turno(s): Manhã/Tarde Data: Outubro/2018
Médio
Profs.: Matheus Pinheiro

FUNDADOR: PROF. EDILSON BRASIL SOÁREZ Aluno(a): No Turma:

COMETÁRIO IME 2019 - FÍSICA Conforme consta no enunciado do problema o


rolamento é perfeito. Desse modo, podemos utilizar a
Questão 26. conservação da energia mecânica de modo a obter o
valor de HCM . Assim, escrevemos:

Emecinicial  Emec final

Inicialmente o cilindro possuía energia cinética de


translação e energia cinética de rotação que, ao longo
de sua subida, foi transformada integralmente em
energia potencial gravitacional. Portanto,

Ecintranslação  Ecinrotação  Epot


Um cilindro de raio R rola, sem deslizar, em velocidade
angular  , sobre uma superfície plana horizontal até m · V 2 I · 2
atingir uma rampa. Considerando também que o   m · g · HCM
2 2
rolamento na rampa seja sem deslizamento e
chamando de g a aceleração da gravidade, a altura
O momento de inercia I do cilindro depende do fato
máxima, h , que o eixo do cilindro alcança na rampa em de ele ser oco ou maciço. No caso de um cilindro
relação à superfície plana é: maciço, temos:
m · R2
2
 ·R 2 Imaciço 
a) R  . 2
g
Por outro lado, se o cilindro for oco, têm-se:
2 · R2
b) R  .
2·g
Ioco  m · R2
2 2
 ·R
c) 2 · R  .
g contudo, só encontramos uma opção se supormos que
2 2 o cilindro é oco, neste caso, vem:
 ·R
d) .
g
m · V2

 
m · R2 · 2
 m · g · HCM
2 · R2
e) . 2 2
2·g
V 2    · R   2 · g · HCM
2
Resposta: item A.

Solução: Como o cilindro rola sem deslizar, temos também


A figura abaixo ilustra os instantes inicial e final do que V   · R e, portanto, obtemos:
movimento do cilindro.
  · R 2    · R 2  2 · g · HCM
de onde concluímos que:

2 · R2
HCM 
g
Assim, a elevação h vale:
Observe que a altura h , pedida na questão, vale o
raio R do cilindro mais a elevação HCM do centro de 2 · R2
h  R  HCM  R 
massa do cilindro, ou seja: g

h  R  HCM

D:\2013\PORTUGUES\AVALIAÇÕES\3AP
CENTRAL DE ATENDIMENTO : 4006.7777