Você está na página 1de 8

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 031

ASSUNTO: Controle de Equipamentos de Medição e Ensaio

1.0 OBJETIVO

Definir a sistemática para o registro e controle dos equipamentos de medição e ensaios, utilizados para o
controle das características dos produtos, visando: manuseio, preservação e armazenagem para proteger os
equipamentos de medição contra danos e deteriorização, possibilitando a confiabilidade através de indicação
precisas e seus efeitos sobre a qualidade e características do processo e produto.

2.0 APLICAÇÃO

 Controle da Qualidade;
 Fabricação.

3.0 REFERÊNCIAS

PQ 009 - Qualificação de Fornecedores;


PQ 023 - Auditorias Internas;
PQ 026 - Controle de Registros da Qualidade;

4.0 RESPONSABILIDADES

4.1 CABE À CONTROLE DA QUALIDADE

 Especificar as tolerâncias para calibração de instrumentos.


 Enviar e Controlar documentos distribuídos a prestadores de serviço de calibração;
 Supervisionar e fornecer subsídios para o cumprimento das disposições deste procedimento;
 Cadastrar o instrumento para a calibração junto ao órgão prestador de serviços competente, conforme
FQ 045;
 Fornecer as diretrizes e prioridades para execução dos serviços de ajuste ou calibração;
 Avaliar e encaminhar, segundo as prioridades vigentes, as necessidades de aquisição de novos meios de
medição para reposição ou suplementação de material;
 Disponibilizar para o envio os equipamentos que necessitem de calibração ou manutenção realizada
externamente;
 Recolher e encaminhar para calibração junto ao órgão competente todos os meios de medição;
 Receber e repassar os meios de medição devidamente calibrados aos usuários ou responsáveis pelos
setores;
 Segregar os meios de medição sem condições de uso, de modo que não sejam usados
inadvertidamente;
 Treinar os usuários quanto ao adequado manuseio, uso e conservação dos meios de medição e ensaios,
quando necessário;
 Monitorar a entrada e saída dos equipamentos de medição, ao serem entregues aos usuários conforme
FQ 046.

4.2 CABE AOS USUÁRIOS DE MEIOS DE MEDIÇÃO

 Utilizar somente equipamentos que estejam identificados, calibrados (com selo de calibração do
prestador) e dentro do prazo de validade da calibração (ver 6.4);
 Não trocar ou dar equipamentos que estejam sob sua guarda, sem o prévio conhecimento do
responsável pelo seu setor ou departamento;
 Zelar pela conservação do equipamento sob sua guarda, evitando danos oriundos de utilização incorreta
ou indevida, como: sujeira, batidas, umidade;

A versão atualizada deste documento está disponível na Qualidade . Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
7.6 01 16/10/18 1/8
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 031

ASSUNTO: Controle de Equipamentos de Medição e Ensaio

 Encaminhar imediatamente ao responsável pelo Controle da Qualidade, todos os instrumentos de


medição que se encontrarem fora do prazo de validade da calibração, danificados, descalibrados,
oxidados, com a etiqueta de identificação sem condições de leitura, e que sofrerem qualquer avaria
durante sua vida útil, ou os que forem solicitados para serem calibrados;
 Não tentar realizar manutenção indevida no instrumento: Soltar/ Fixar parafusos ou romper lacre;
 Informar o responsável do Controle da Qualidade imediatamente sobre extravio de qualquer instrumento;
 Informar o responsável do Controle da Qualidade uma vez que o instrumento teve seu lacre violado, este
deve ser enviado para prestadora de serviço para verificação.

4.3 CABE AOS RESPONSÁVEIS PELOS SETORES

 Supervisionar e fornecer subsídios (meios materiais) para o cumprimento das disposições deste
procedimento;
 Informar o usuário que estiver utilizando etiqueta de comprovação sem condições de leitura, para
procurar o responsável do Controle da Qualidade para substituí-la;
 Supervisionar e fornecer subsídios para o cumprimento das disposições deste procedimento.

4.4 CABE AOS ÓRGÃOS PRESTADORES DE SERVIÇOS

 Prestar serviço conforme necessidade descrita neste Procedimento;


 Quando necessário se submeter a verificações no sistema de fornecimento de serviço, via Auditoria
interna;
 Disponibilizar listas (status) de calibração de equipamentos de medição.

5.0 DEFINIÇÕES

5.1 EQUIPAMENTO DE MEDIÇÃO


Todos os instrumentos de medição, padrões de medição, materiais de referência, dispositivos auxiliares e
instruções necessárias para execução da medição incluindo equipamento de medição usado no decorrer do
ensaio e da inspeção, bem como aquele utilizado na calibração.

5.2 MEIOS DE MEDIÇÃO


Todo e qualquer objeto, aparelho, dispositivo, ou instrumento que se destine a medir ou controlar quaisquer
grandezas do produto ou dos ensaios.

5.3 AJUSTE
É a operação pretendida para trazer um instrumento de medição a um estado livre de erro sistemático e de
desempenho para seu uso.

5.4 CALIBRAÇÃO
É o conjunto de operação que estabelece, sob condições especificadas, a relação entre os valores indicados por
um instrumento, ou por um material de referência, ou por um material de medida, e os valores correspondentes
de uma quantidade concebida como padrão de referência.

5.5 RASTREABILIDADE
Propriedade de um resultado de medição que consiste em poder referenciar-se a padrões apropriados
geralmente internacionais ou nacionais, por meio de uma cadeia de comparação, segundo uma hierarquia
metrológica.

5.6 ERRO MEDIÇÃO


Resultado de uma medição menos o valor real do mensurado.

A versão atualizada deste documento está disponível na Qualidade . Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
7.6 01 16/10/18 2/8
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 031

ASSUNTO: Controle de Equipamentos de Medição e Ensaio

5.7 REPETIBILIDADE DAS MEDIÇÕES


Grau de concordância entre resultado das medições sucessivas de uma mesma grandeza, efetuando com a
totalidade de medições.

5.8 REPRODUTIBILIDADE DAS MEDIÇÕES


Grau de concordância entre resultados das medições de uma mesma grandeza, onde as medições individuais
são efetuadas, variando-se uma ou mais grandezas medidas.

5.9 PADRÃO DE REFERÊNCIA


Padrão da mais alta qualidade metrológica disponível em um determinado local, em relação ao qual derivam as
medições efetuadas neste local.

5.10 PADRÃO DE TRABALHO


Padrão que é calibrado geralmente por comparação com um padrão de referência, que é utilizado para calibrar
ou ajustar medidas materializadas ou instrumentos de medir.

6.0 DESCRIÇÃO DE ATIVIDADES

A sistemática descrita neste procedimento é aplicável a todos os equipamentos, dispositivos, instrumentos ou


quaisquer meios de medição e ensaios, utilizados para o controle das características dos produtos e dos
processos produtivos.

As Calibrações dos instrumentos são feitos em Órgãos Prestadores de Serviços de Calibração devidamente
reconhecidos, exceto as trenas que são adquiridas com certificado do fornecedor e são avaliadas a cada 06
meses, sendo sucatadas e substituídas caso seja observado sua deteriorização.

6.1 CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO DA EXATIDÃO REQUERIDA

O critério de aceitação da exatidão requerida, e definida pela classe de exatidão, tolerância fornecida pelo
fabricante ou pelas normas de calibração específicas, para cada tipo de equipamento, os instrumentos são
definidos por local de utilização, de acordo com a tolerância especificada pela Área de Qualidade, de acordo
com a metodologia abaixo:

(TOLERÂNCIA) x 0,1 mm = Menor divisão

Os relatórios e/ou certificados gerados pelos prestadores de serviços, os mesmos são analisados pelo
Responsável do Controle da Qualidade e recebe um Carimbo de Comprovação Calibração conforme Figura 01.

Controle da Qualidade
Instrumento TC - _____________________________

( ) Aprovado ( ) Reprovado

R.N.C. ----------------------------------------

--------/-------/------- -----------------------
DATA VISTO
A versão atualizada deste documento está disponível na Qualidade . Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
7.6 01 16/10/18 3/8
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 031

ASSUNTO: Controle de Equipamentos de Medição e Ensaio

FIGURA 01
6.2 IDENTIFICAÇÃO DOS INSTRUMENTOS (PRESTADOR DE SERVIÇO)

6.2.1 Identificação para Instrumentos Calibráveis

Todos os meios de medição adquiridos são encaminhados ao Controle da Qualidade, a qual cadastra os
instrumentos e envia para prestador de serviço de calibração, antes de sua colocação em uso.
Realização da calibração: cadastramento e identificação do instrumento, com Marcação do referido controle, é
realizado diretamente sobre o instrumento com o número referente ao instrumento, gravado em baixo relevo
sobre o mesmo.

Manter os equipamentos de medição e ensaio identificados conforme o item 6.4;


Assegurar que todos os equipamentos de medição e ensaio mantém um intervalo de comprovação conforme o fq
045.

Assegurar a identificação única de todos os instrumentos que tem gravado em seu corpo, código de
cadastramento conforme segue abaixo:

Os primeiros caracteres correspondem as abreviações das palavras NOME DA EMPRESA (NE) e os 3 últimos
dígitos são o número seqüencial de cadastramento.

NE - XXX

Número seqüencial de cadastramento

Codificação

6.2.2 Identificação para Instrumentos Não Calibráveis

NEN - XXX

Número seqüencial de cadastramento

Codificação

6.3 PROCESSO PARA CALIBRAÇÃO

O planejamento das calibrações é efetuado e controlado pelo fornecedor através da planilha de controle dos
instrumentos, disponibilizada para o Controle da Qualidade a cada revisão.

A freqüência de calibração definida neste procedimento conforme Tabela 01 abaixo, podendo ser alterada
mediante a analise de seu comportamento, seja na forma de controle, revisão ou em função das disponibilidades
dos setores.

A versão atualizada deste documento está disponível na Qualidade . Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
7.6 01 16/10/18 4/8
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 031

ASSUNTO: Controle de Equipamentos de Medição e Ensaio

TABELA 01 - ESTE É UM EXEMPLO DE UMA EMPRESA FICTÍCIA

Tipo Freqüência de calibração


(Descrição) (Meses)
Trena ---
Paquímetro 12
Micrômetro 18
Relógio comparador 18
Paquímetro digital 12
Alicate Amperímetro 24
Esquadro 48
Transferidor de grau 48
Teodolito 48
Escala 48
Desempeno/ Cantoneira 48
Balança analítica 12
Tridimensional 12
Traçador de altura 18
Calibradores 24
Nível de precisão 24
Nível pré-verificação 24
Relógio apalpador 18
Padrão 48

As freqüências foram estipuladas com base na durabilidade dos instrumentos e em função da intensidade de sua
utilização além da agressividade dos ambientes em que são manipulados.

A localização de todos os instrumentos é registrada pelo responsável do Controle da Qualidade e os


instrumentos de reserva ou de substituição temporária, ficam alocados na sala do Controle da Qualidade, sendo
efetuado um controle de sua movimentação, conforme FQ 045.

Os instrumentos que não contam na Tabela 01, não são calibrados, os mesmos são utilizados de forma
referencial e comparativa onde o processo não requer uma exatidão precisa nas verificações.
A sistemática de identificação é realizada conforme definido nos item 6.2.2.

Nos Relatórios/Certificados gerados pelos órgãos externos, a data da última calibração é indicada através do dia,
mês e ano, mas só se considera para efeito de prazo de validade mês e ano.

Para intervalo mencionado entre as calibrações e periodicidade da calibração há uma tolerância de


aproximadamente 30 dias.

6.4 SITUAÇÃO DOS INSTRUMENTOS

O estado da calibração é indicado através, de um selo de comprovação (prestador de serviço) o qual deve
indicar o número de cadastro do instrumento e a validade da calibração do referido instrumento.

A versão atualizada deste documento está disponível na Qualidade . Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
7.6 01 16/10/18 5/8
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 031

ASSUNTO: Controle de Equipamentos de Medição e Ensaio

Estes selos são colados em cada instrumento, após os mesmos terem sido calibrados e os resultados avaliados
segundo os critérios de aceitação definidos conforme item 6.1.
Estes selos são verificados pelo Controle da Qualidade, sendo de exclusiva responsabilidade do Fornecedor a
sua colocação e substituição.
Os equipamentos de medição que não permitam o uso de selo de identificação devem ser controlados pelo
número de cadastro em baixo relevo e quando apropriado no estojo de proteção é colada a etiqueta de
comprovação de situação.

6.5 AVALIAÇÃO DAS CALIBRAÇÕES

Os equipamentos calibrados e armazenados adequadamente nas condições dispostas no item 6.6 e que não
forem colocados em uso se estiverem com a data de calibração expiradas, podem ter seus relatórios de
calibração revalidados pelo responsável do Controle Qualidade. A revalidação é feita por escrito e com a
assinatura do responsável, no relatório de calibração original.

A análise do comportamento dos meios de medição é efetuada durante toda sua vida útil, tendo-se como fonte de
informação os registros que mantém as últimas calibrações através do arquivo dos relatórios de calibrações.
Os resultados de calibração dos equipamentos de medição que apresentarem desvio fora do especificado,
deverão ser separados e identificados, e deverá ser informado ao Controle da Qualidade via relatório de
calibração.

Quando apropriado o Controle da Qualidade emitirá um relatório de RNC, dos instrumentos utilizados para
liberação do produto que deve conter todos as Ordens de Serviço que foram inspecionados retroagindo até a
data da última calibração.
Quando a rastreabilidade for aplicável como requisito contratual, o rastreamento será realizada através da FET.

O Cadastro de instrumento é efetuado pelo responsável pelo Controle da Qualidade, na Planilha de Emissão do
Número de cadastro de instrumento FQ 046.

6.6 ARMAZENAMENTO E MANUSEIO

Condições de armazenamento:

 Os equipamentos devem estar dispostos em prateleiras ou armários, de forma que nenhum objeto seja
colocado sobre os mesmos.

Condições de manuseio, que devem ser observadas pelos usuários:

 Manter os instrumentos limpos;


 Protegê-los e guardá-los de maneira adequada quando não estiverem em uso;
 Evitar choques ou batidas;
 Protegê-los o quanto possível da umidade ou calor excessivos;
 No caso de ocorrerem danos ou dúvidas sobre o correto funcionamento do equipamento encaminhá-los
imediatamente ao responsável pelo Controle da Qualidade.

6.7 PROTEÇÃO DAS INSTALAÇÕES

Os instrumentos reservas, danificados ou aguardando calibração são alocados em arquivo de aço


no almoxarifado ou no Controle da qualidade. Assegurar que os instrumentos de medição, cujo ajuste afete seu
desempenho, sejam lacrados após o ensaio de calibração, para evitar adulteração por pessoas não autorizadas;
Os instrumentos devem ser lacrados pelos órgãos prestadores de Serviço.

A versão atualizada deste documento está disponível na Qualidade . Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
7.6 01 16/10/18 6/8
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 031

ASSUNTO: Controle de Equipamentos de Medição e Ensaio

6.8 DOCUMENTOS EXTERNOS

Os documentos enviados para Prestadores de Serviços de Metrologia Externos são encaminhados, através de
correspondência (fax, carta, ci, etc). A destruição das cópias obsoletas é de responsabilidade do fornecedor, não
sendo necessário o recolhimento das mesmas.

Manter arquivado os relatórios/certificados recebidos dos prestadores de serviço. Não há obrigatoriedade do


envio de documentos referentes ao método de conferência e/ou relatório de calibração do padrão de referência.
Esta sistemática e verificada através de uma avaliação no prestador de serviço.

7.0 REGISTROS

8.0 ANEXOS
N/A

A versão atualizada deste documento está disponível na Qualidade . Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
7.6 01 16/10/18 7/8
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PQ 031

ASSUNTO: Controle de Equipamentos de Medição e Ensaio

ALTERAÇÕES

REVISÃO DATA ALTERAÇÕES

APROVAÇÃO

NOME DATA APROVAÇÃO VISTO


APROVADOR
APROVADOR
APROVADOR

A versão atualizada deste documento está disponível na Qualidade . Qualquer cópia terá caráter informativo.
Seção: Revisão: Data da impressão: Página:
7.6 01 16/10/18 8/8

Você também pode gostar