Você está na página 1de 13

1) Q696775

Provas: PROGEPE - 2018 - UFPR - Desenhista de Artes Gráficas PROGEPE - 2018 - UFPR - Assistente em
Administração
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
O servidor público que se aproveita do cargo e função para desviar recursos públicos à sua própria conta
corrente comete contra a Administração Pública o crime de:
a) corrupção ativa.
b) corrupção passiva.
c) peculato.
d) prevaricação.
e) tráfico de influência.

2) Q703847
Provas: CESPE - 2018 - ABIN - Agente de Inteligência
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Peculato
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue os itens a seguir.
O crime de peculato pode ser praticado por quem exerce emprego público, ainda que sua atividade seja
transitória ou sem remuneração.

Errado Certo

3) Q716042
Provas: CESPE - 2018 - EBSERH - Advogado
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Desacato
Concussão
Julgue o item seguinte, relativo aos tipos penais dispostos no Código Penal e nas leis penais
extravagantes.
No mesmo contexto fático, são incompatíveis o crime de corrupção ativa praticado por particular e o crime
de concussão praticado por funcionário público.

Errado Certo

4) Q669125
Provas: Quadrix - 2018 - CRP-17/RN - Advogado
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Pedro, psicólogo do CRP de Natal, contou a alguém fato de que tinha ciência em razão de seu cargo e
que devia permanecer em segredo, o que resultou em dano à Administração Pública.
Com base nesse caso hipotético, a conduta de Pedro poderá ser tipificada como
a) advocacia administrativa.
b) violação de sigilo funcional.
c) desobediência.
d) tráfico de influência.
e) favorecimento pessoal.

5) Q704281
Provas: CESPE - 2018 - ABIN - Oficial de Inteligência - Área 1
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Violação de sigilo funcional
No que se refere aos tipos penais, julgue os próximos itens.
O crime de violação de sigilo funcional é subsidiário, apenas se caracterizando se a revelação de fato
sigiloso conhecido em razão do cargo não constituir crime mais grave.

Errado Certo

6) Q702603
Provas: Instituto Machado de Assis - 2018 - Prefeitura de Caxias - MA - Guarda Municipal Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Com relação ao disposto no Código Penal, Lei nº 2.848 de 7 de dezembro de 1940 - Dos Crimes contra a
Administração Pública. Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel,
público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio:
a) Pena – detenção de 6 meses a cinco anos .
b) Pena - detenção de dois a doze anos
c) Pena - reclusão, de cinco a dez anos, e multa.
d) Pena - reclusão, de dois a doze anos, e multa.
7) Q703846
Provas: CESPE - 2018 - ABIN - Agente de Inteligência

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 30/30
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Denunciação caluniosa
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue os itens a seguir.
Situação hipotética: Com o intuito de prejudicar a candidatura de Flávio, seu concorrente eleitoral, Alberto
procurou uma delegacia de polícia e imputou falsamente a Flávio os crimes de corrupção passiva e
lavagem de dinheiro. Reduzida a termo essas declarações, a autoridade policial instaurou inquérito policial
para apurar os delitos. Assertiva: Nessa situação, Alberto responderá pelo crime de fraude processual.

Errado Certo

8) Q668735
Provas: ADVISE - 2018 - Câmara do Município de Brejão - PE - Auxiliar Administrativo Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Ocorre quando o sujeito ativo, funcionário público, abusa das facilidades que o cargo propicia, oferece
para subtrair bens da administração pública:
a) Peculato externo.
b) Peculato-hacker.
c) Peculato furto.
d) Peculato de soma.
e) Peculato doloso.

9) Q669391
Provas: FGV - 2018 - TJ-AL - Técnico Judiciário - Área Judiciária
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
João, funcionário público de determinado cartório de Tribunal de Justiça, após apropriar-se de objeto que
tinha a posse em razão do cargo que ocupava, é convencido por sua esposa a devolvê-lo no dia seguinte,
o que vem a fazer, comunicando o fato ao seu superior, que adota as medidas penais pertinentes.
Diante desse quadro, é correto afirmar que:
a) houve arrependimento eficaz, sendo o comportamento de João penalmente impunível;
b) houve desistência voluntária, sendo o comportamento de João penalmente impunível;
c) deverá João responder pelo crime de peculato tentado;
d) deverá João responder pelo crime de peculato consumado, com a redução de pena pelo
arrependimento posterior;
e) deverá João responder pelo crime de peculato consumado, sem qualquer redução de pena.

10)Q697050
Provas: NUCEPE - 2018 - PC-PI - Agente de Polícia Civil 3ª Classe
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Quanto aos crimes contra a administração pública, é CORRETO afirmar que:
a) Os atos de improbidade devem ser praticados somente por agentes públicos servidores, podendo ser da administração
direta, indireta ou fundacional de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios e de
Território.
b) A perda da função pública e a suspensão dos direitos políticos só se efetivam com o trânsito em julgado da sentença
condenatória.
c) Estão sujeitos às penalidades da Lei nº 8.429/92 os atos de improbidade praticados contra o patrimônio de entidade
privada.
d) Não constitui ato de improbidade administrativa receber, para si ou para outrem, dinheiro, bem móvel ou imóvel, ou
qualquer outra vantagem econômica, direta ou indireta, a título de comissão, percentagem, gratificação ou presente de
quem tenha interesse, direto ou indireto, que possa ser atingido ou amparado por ação ou omissão decorrente das
atribuições do agente público.
e) Ocorrendo lesão ao patrimônio público por ação ou omissão, dolosa ou culposa, do agente ou de terceiro, dar-se-ão,
necessariamente, a multa e a pena restritiva de liberdade.

11) Q678017
Provas: IBADE - 2018 - SEDURB - João Pessoa - Agente de Controle Urbano Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Caso o agente de controle urbano retarde ou deixe de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá -lo
contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal, incorrerá na prática do
crime de:
a) prevaricação.
b) condescendência criminosa.
c) corrupção passiva.
d) corrupção ativa.
e) peculato.

12)Q678055
Provas: IBADE - 2018 - SEDURB - João Pessoa - Agente de Controle Urbano Disciplina: Direito Penal - Assuntos:

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 31/30
Dos Crimes Contra a Administração Pública.
João, Agente de Controle Urbano do Município de João Pessoa, patrocinou, indiretamente, interesse de
José, seu amigo de infância, perante a Administração Pública Municipal, valendo-se da qualidade de
funcionário público e influência no órgão. A conduta de João é considerada:
a) atípica, não constituindo crime.
b) crime de corrupção ativa.
c) crime de corrupção passiva.
d) crime de tráfico de influência.
e) crime de advocacia administrativa.

13)Q728937
Provas: Unilavras - 2018 - Prefeitura de Bom Despacho - MG - Gestor Público Municipal - Direito Disciplina: Direito
Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Em relação aos crimes contra a administração pública, previstos no Código Penal Brasileiro, o funcionário
público que oferece ou promete vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar,
omitir ou retardar ato de ofício, pratica o crime de
a) corrupção passiva.
b) tráfico de influência.
c) corrupção ativa.
d) descaminho.

14)Q697214
Provas: NUCEPE - 2018 - PC-PI - Delegado de Polícia Civil 3ª Classe
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Com frequência tem sido noticiado na mídia atos de corrupção administrativa, praticados por agentes
públicos contra a administração pública. Nas situações abaixo, marque a alternativa que NÃO demonstra a
prática de atos de improbidade administrativa:
a) Delegado de polícia que dá publicidade dos atos oficiais, não sigilosos, aos advogados da parte.

b) Delegado, titular da Delegacia de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas, ao presidir inquérito policial, que
documentava a apreensão de automóveis roubados, recebeu, diretamente, o valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) de
seguradora, empresa privada beneficiada com a apreensão dos veículos.
c) Delegado e policiais civis, sem mandado judicial, fazem várias prisões ilegais, mantendo as vitimas detidas por várias
horas na delegacia.
d) O Delegado de uma cidade do Piauí, sem outra renda ou patrimônio anterior, adquiriu de uma só vez, um veículo
Mercedes Benz e dois imóveis na cidade de Hong Kong, cidade situada na costa sul da China, cidade na qual encontram-
se os imóveis mais caros do mundo.
e) Delegado de polícia, juntamente com o prefeito da cidade, frustam a licitude do concurso público.

15)Q705430
Provas: CESPE - 2018 - ABIN - Oficial Técnico de Inteligência - Área de Direito
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Desacato
A respeito de crimes contra a administração pública, julgue os itens seguintes.
O Superior Tribunal de Justiça entende que manter a tipificação do crime de desacato no sistema jurídico
brasileiro não ofende a Convenção Americana sobre Direitos Humanos.

Errado Certo

16)Q645299
Provas: Instituto Machado de Assis - 2018 - Prefeitura de São Bernardo - MA - Guarda Municipal Disciplina: Direito
Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
São crimes praticados por funcionário publico contra a administração em geral, EXCETO:
a) Corrupção ativa.
b) Violação de sigilo funcional.
c) Advocacia administrativa.
d) Prevaricação.

17)Q668839
Provas: ADVISE - 2018 - Câmara do Município de Brejão - PE - Controlador de Sistemas Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Leia o fragmento textual a seguir.
O crime ocorre de forma indireta, sendo o agente público o disponibilizador da ação criminosa de forma
não intencional, através de negligência, imprudência ou imperícia. Através de um destes três elementos,
o agente público torna possível que um dano ao patrimônio do Estado ocorra.
O trecho acima faz referência ao:
a) Peculato Externo.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 32/30
b) Peculato Doloso.
c) Peculato Culposo.
d) Peculato Fraudulento.
e) Peculato de-boa-fé.

18)Q697162
Provas: NUCEPE - 2018 - PC-PI - Delegado de Polícia Civil 3ª Classe
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Em relação aos crimes contra a administração pública, marque a alternativa CORRETA.
a) Há crime de Inserção de dados falsos em sistema de informações na conduta de inserir ou facilitar, o funcionário
público, a inserção de dados falsos, alterar ou excluir indevidamente dados corretos nos sistemas informatizados ou
bancos de dados da Administração Pública, com o fim de obter vantagem indevida para si ou para outrem ou para causar
dano.
b) Há crime de peculato, quando um funcionário público exige, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que
fora da função, mas em razão dela, vantagem indevida.
c) Há crime de Prevaricação quando um funcionário público retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou
praticar tal ato contra disposição expressa de lei, por determinação do chefe imediato.
d) Há crime de concussão, quando um funcionário público apropria-se de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel,
público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo.
e) Um funcionário público comete o crime de peculato culposo quando concorre, mesmo que culposamente, para o
crime de outrem.

19)Q678287
Provas: VUNESP - 2018 - TJ-SP - Escrevente Técnico Judiciário - Interior
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
A respeito dos crimes praticados por particulares contra a administração, em geral (arts. 328; 329; 330;
331; 332; 333; 335; 336 e 337 do CP), assinale a alternativa correta.
a) O crime de desacato não se configura se o funcionário público não estiver no exercício da função, ainda que o
desacato seja em razão dela.
b) Para se configurar, o crime de usurpação de função pública exige que o agente, enquanto na função, obtenha
vantagem.
c) Para se configurar, o crime de corrupção ativa exige o retardo ou a omissão do ato de ofício, pelo funcionário público,
em razão do recebimento ou promessa de vantagem indevida.
d) Aquele que se abstém de licitar em hasta pública, em razão de vantagem indevida, não é punido pelo crime de
impedimento, perturbação ou fraude de concorrência, já que se trata de conduta atípica.
e) Não há previsão de modalidade culposa.

20)Q669387
Provas: FGV - 2018 - TJ-AL - Técnico Judiciário - Área Judiciária
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Paulo, funcionário público do governo brasileiro, quando em serviço no exterior, vem a praticar um crime
contra a administração pública. Descoberto o fato, foi absolvido no país em que o fato foi praticado.
Diante desse quadro, é correto afirmar que Paulo:
a) não poderá ser julgado de acordo com a lei penal brasileira por já ter sido absolvido no estrangeiro;
b) somente poderá ser julgado de acordo com a legislação penal brasileira se entrar no território nacional;
c) não poderá ter contra si aplicada a lei penal brasileira porque o fato não ocorreu no território nacional;
d) poderá, por força do princípio da defesa real ou proteção, ser julgado de acordo com a lei penal brasileira;
e) poderá, com fundamento no princípio da representação, ser julgado de acordo com a lei penal brasileira.

21)Q684296
Provas: CESPE - 2018 - STJ - Analista Judiciário - Conhecimentos Específicos - Cargo 7 Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Tendo como referência a jurisprudência sumulada dos tribunais superiores, julgue o item a seguir, acerca
de crimes, penas, imputabilidade penal, aplicação da lei penal e institutos.
É possível a aplicação do princípio da insignificância nos crimes contra a administração pública, desde
que o prejuízo seja em valor inferior a um salário mínimo.

Errado Certo

22)Q714973
Provas: UNOESC - 2018 - Prefeitura de Saudades - SC - Procurador Jurídico Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Administração Pública.
De acordo com o Código Penal Brasileiro, não constitui crime contra a Administração Pública:
a) Peculato.
b) Concussão.
c) Improbidade Administrativa.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 33/30
d) Advocacia Administrativa.

23)Q702372
Provas: Instituto Machado de Assis - 2018 - Prefeitura de Caxias - MA - Procurador Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Em relação aos crimes contra a Administração Pública, assinale a resposta correta:
a) O Peculato é crime próprio e por isso não pode ser praticado em coautoria.
b) No caso de peculato culposo, a reparação do dano, se precede à sentença irrecorrível, extingue a punibilidade,
impedindo ainda a responsabilização administrativa.
c) O Supremo Tribunal Federal não admite insignificância nos crimes contra a Administração Pública.
d) O Peculato desvio consiste no ato doloso do funcionário público em dar destinação diversa à coisa, para beneficiar a
si próprio ou a outrem, material ou moralmente, auferindo vantagem.

24)Q703849
Provas: CESPE - 2018 - ABIN - Agente de Inteligência
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Prevaricação
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue os itens a seguir.
Para a configuração do crime de prevaricação faz-se necessário um ajuste de vontade entre o agente do
Estado e o beneficiário do seu ato.

Errado Certo

25)Q674932
Provas: CRESCER - 2018 - Prefeitura de Magalhães de Almeida - MA - Guarda Municipal Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Assinale a alternativa abaixo àquela que configura o crime de Peculato contra a Administração Pública:
a) Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão
dela, vantagem indevida.
b) Extraviar livro oficial ou qualquer documento, de que tem a guarda em razão do cargo; sonegá-lo ou inutilizá- lo, total
ou parcialmente.
c) Inserir ou facilitar, o funcionário autorizado, a inserção de dados falsos, alterar ou excluir indevidamente dados corretos
nos sistemas informatizados ou bancos de dados da Administração Pública com o fim de obter vantagem indevida para si
ou para outrem ou para causar dano.
d) Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a
posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.

26)Q697039
Provas: NUCEPE - 2018 - PC-PI - Agente de Polícia Civil 3ª Classe
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Dentre os crimes praticados contra a Administração Pública, importa em peculato:
a) Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão
dela, vantagem indevida.
b) Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la,
mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem.
c) Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para
satisfazer interesse ou sentimento pessoal.
d) Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a
posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.
e) Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no exercício do cargo ou,
quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente.

27)Q695684
Provas: PROGEPE - 2018 - UFPR - Engenheiro de Segurança do Trabalho
PROGEPE - 2018 - UFPR - Diretor de Fotografia PROGEPE - 2018 - UFPR - Arquiteto e Urbanista PROGEPE -
2018 - UFPR - Diretor de Artes Cênicas PROGEPE - 2018 - UFPR - Engenheiro Mecânico PROGEPE - 2018 -
UFPR - Contador PROGEPE - 2018 - UFPR - Antropólogo
PROGEPE - 2018 - UFPR - Médico/Perícia Médica - Palotina PROGEPE - 2018 - UFPR - Engenheiro Eletricista
PROGEPE - 2018 - UFPR - Auditor PROGEPE - 2018 - UFPR - Médico/Clínica Médica - Pontal do Paraná
PROGEPE - 2018 - UFPR - Químico PROGEPE - 2018 - UFPR - Engenheiro Civil PROGEPE - 2018 - UFPR -
Enfermeiro PROGEPE - 2018 - UFPR - Médico do Trabalho PROGEPE - 2018 -
UFPR - Arquivista
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Considere os seguintes crimes contra a Administração Pública:
1- Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no exercício
do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente.
2- Patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a Administração Pública, valendo-se da

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 34/30
qualidade de funcionário.
3- Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la,
mas em razão dela, vantagem indevida. Assinale a alternativa que relaciona corretamente as condutas
descritas e os respectivos tipos penais.
a) 1- Prevaricação. 2- Tráfico de influência. 3- Corrupção passiva.
b) 1- Advocacia administrativa. 2- Corrupção ativa. 3- Corrupção passiva.
c) 1- Condescendência criminosa. 2- Tráfico de influência. 3- Concussão.
d) 1- Corrupção passiva. 2- Advocacia administrativa. 3- Corrupção passiva.
e) 1- Condescendência criminosa. 2- Advocacia administrativa. 3- Concussão.

28)Q714275
Provas: FUNDATEC - 2018 - PC-RS - Delegado de Polícia - Bloco II
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Em atenção aos crimes praticados contra a Administração Pública, assinale a alternativa correta.
a) Prefeito Municipal que é flagrado usando, indevidamente, o veículo oficial da prefeitura para passear com familiares,
não responde, na esfera criminal, por faltar a sua conduta, o ânimo de assenhoramento definitivo, indispensável para a
configuração do crime de peculato.
b) Recente entendimento do Superior Tribunal de Justiça fixou o entendimento de que é aplicável o princípio da
insignificância aos crimes contra a Administração Pública, o que muda o entendimento da jurisprudência em relação ao
crime de descaminho.
c) Médico de hospital privado, conveniado ao Sistema Único de Saúde, que constrange filho do paciente a entregar-lhe
determinada quantia em dinheiro, sob pena de não realizar cirurgia, não pratica o crime de concussão.
d) No crime de peculato culposo, previsto no artigo 312, parágrafo 3º do Código Penal, o arrependimento posterior não
pode dar causa à extinção da punibilidade do agente.
e) Não pratica o crime de prevaricação o Delegado de Polícia que, por ocasião da elaboração do relatório final do
Inquérito Policial, deixa de indiciar alguém, com base no entendimento de que a conduta praticada e posta sob sua
análise é atípica materialmente.

29)Q678286
Provas: VUNESP - 2018 - TJ-SP - Escrevente Técnico Judiciário - Interior
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
A respeito dos crimes praticados por funcionários públicos contra a administração pública, é correto
afirmar que
a) Caio, funcionário público, ao empregar verba própria da educação, destinada por lei, na saúde, em tese, incorre no
crime de emprego irregular de verba pública (art. 315 do CP).
b) Tícia, funcionária pública, ao exigir, em razão de sua função, que determinada empresa contrate o filho, em tese,
incorre no crime de corrupção passiva (art. 317 do CP).
c) Mévio, funcionário público, em razão de sua função, ao aceitar promessa de recebimento de passagens aéreas, para
férias da família, não incorre no crime de corrupção passiva (art. 317 do CP), já que referido tipo penal exige o efetivo
recebimento de vantagem indevida.
d) Tício, funcionário público, ao se apropriar do dinheiro arrecadado pelos funcionários da repartição para comprar o bolo
de comemoração dos aniversariantes do mês, em tese, pratica o crime de peculato (art. 312 do CP).
e) Mévia, funcionária pública, não sendo advogada, não pode incorrer no crime de advocacia administrativa (art. 321 do
CP), já que referido tipo penal exige a qualidade de advogado do sujeito ativo.

30)Q703850
Provas: CESPE - 2018 - ABIN - Agente de Inteligência
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue os itens a seguir.
Situação hipotética: Gustavo, sabedor de um crime praticado por seu filho Cácio, procurou a autoridade
policial e assumiu a autoria do delito, com o objetivo de impedir que ele fosse processado e condenado.
Assertiva: Nessa situação, a conduta de Gustavo configura o tipo penal de autoacusação falsa.

Errado Certo

31)Q703848
Provas: CESPE - 2018 - ABIN - Agente de Inteligência
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Corrupção Ativa
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue os itens a seguir.
O crime de corrupção ativa e o de corrupção passiva são considerados crimes próprios praticados cont ra a
administração pública.

Errado Certo

32)Q715425
Provas: NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Médico Legista NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Médico Legista - Patologia

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 35/30
NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Médico Legista - Psiquiatria
NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Biologia NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Contabilidade
NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Engenharia Agronômica
NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Engenharia Civil NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Engenharia
Elétrica NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Engenharia Florestal NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal -
Engenharia Mecânica
NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Farmácia NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Física NUCEPE -
2018 - PC-PI - Perito Criminal - Informática
NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Medicina Veterinária NUCEPE - 2018 - PC-PI - Perito Criminal - Química
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Sobre os crimes contra a Administração Pública, assinale a alternativa CORRETA.
a) O crime de peculato não é previsto na modalidade culposa.
b) Somente considera-se funcionário público, para os efeitos penais, quem, com remuneração, exerce cargo, emprego ou
função pública.
c) O exercício arbitrário das próprias razões é um crime contra a Administração Pública.
d) Oferecer, dar ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato
de ofício, caracteriza o crime de corrupção ativa.
e) No crime de corrupção passiva, a pena é aumentada pela metade, se, em consequência da vantagem ou promessa, o
funcionário retarda ou deixa de praticar qualquer ato de ofício ou o pratica infringindo dever funcional.

33)Q583636
Provas: FCC - 2017 - TRE-SP - Analista Judiciário - Área Judiciária
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Maurício, funcionário do gabinete do Vereador Tício em um determinado município paulista, ocupante de
cargo em comissão, recebe a quantia em dinheiro público de R$ 2.000,00 para custear uma viagem na
qual representaria o Vereador Tício em um encontro nacional marcado para a cidade de Brasília. Contudo,
Maurício se apropria do numerário e não comparece ao compromisso oficial, viajando para o Estado de
Mato Grosso do Sul com a família, passando alguns dias em um hotel na cidade de Bonito. Maurício
cometeu, no caso hipotético apresentado, crime de
a) corrupção passiva, sujeito à pena de reclusão de dois a doze anos, e multa, aumentada da terça parte
por ser ocupante de cargo em comissão.
b) corrupção passiva, sujeito à pena de reclusão de dois a doze anos, e multa, sem qualquer majoração.
c) peculato, sujeito à pena de reclusão de dois a doze anos, e multa, sem qualquer majoração.
d) peculato, sujeito à pena de reclusão de dois a doze anos, e multa, aumentada da terça parte por ser
ocupante de cargo em comissão.
e) prevaricação, sujeito à pena de detenção de 3 meses a 1 ano.

34)Q617656
Provas: CESPE - 2017 - TRF - 1ª REGIÃO - Analista Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador Federal Disciplina:
Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Julgue o item seguinte, acerca do tratamento do sigilo e do segredo no direito penal no âmbito dos crimes
contra a administração pública.
O empréstimo de senha entre servidores de uma mesma repartição para acesso a banco de dados ou a
sistema de informações da administração pública comum aos usuários caracteriza crime contra a
administração pública.

Errado Certo

35)Q610768
Provas: IBFC - 2017 - TJ-PE - Oficial de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
O estabelecimento de crimes de responsabilidade fiscal tem como um de seus objetivos evitar o
cometimento de atos atentatórios ao coerente exercício da Administração Pública. Sobre os tipos
existentes no ordenamento jurídico, assinale a alternativa incorreta.
a) Constitui crime contra as finanças públicas autorizar a inscrição de despesa que exceda limite estabelecido em lei
b) É tido como crime o ato de promover o cancelamento do montante de restos a pagar inscrito em valor superior ao
permitido em lei
c) Vedado ao agente, sob pena de punição em esfera penal, ordenar despesa não autorizada por lei
d) Será punido criminalmente o agente que promover a oferta pública de títulos da dívida pública sem que estejam
registrados em sistema centralizado de liquidação e de custódia
e) É crime ordenar o aumento de despesa total com pessoal, nos cento e oitenta dias anteriores ao final do mandato ou
da legislatura

36)Q617505
Provas: CESPE - 2017 - TRF - 1ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área Judiciária Disciplina: Direito Penal - Assuntos:

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 36/30
Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Coação no curso do processo Falso Testemunho ou Falsa Perícia Corrupção Ativa de Testemunha ou Perito
Fraude processual No que se refere aos crimes contra a administração da justiça, julgue o item seguinte.
As condutas subornar testemunha, coagir no curso do processo e fraudar o processo, caso tenham por
escopo obter prova destinada a produzir efeito em processo penal, configuram causas de aumento de
pena.

Errado Certo

37)Q587032
Provas: PROGEPE - 2017 - UFPR - Administrador - Curitiba
PROGEPE - 2017 - UFPR - Administrador - Matinhos PROGEPE - 2017 - UFPR - Farmacêutico PROGEPE - 2017
- UFPR - Geólogo PROGEPE - 2017 - UFPR - Regente
PROGEPE - 2017 - UFPR - Técnico em Assuntos Educacionais PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Clínico Geral -
Jandaia do Sul
PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Clínico Geral - Palotina PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Perícia Médica
PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Psiquiatria
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Em relação aos crimes contra a Administração Pública, assinale a alternativa que indica somente crimes
próprios quanto
ao sujeito ativo.
a) Peculato, corrupção passiva e tráfico de influência.
b) Corrupção ativa, corrupção passiva e tráfico de influência.
c) Corrupção ativa, advocacia administrativa e prevaricação.
d) Peculato, corrupção passiva e concussão.
e) Corrupção passiva, prevaricação e tráfico de influência.

38)Q633144
Provas: COPESE - UFT - 2017 - Prefeitura de Gurupi - TO - Auditor Fiscal da Receita Municipal Disciplina: Direito
Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Assinale a alternativa CORRETA. Considerando as normas contidas no Código Penal, em especial quanto
aos crimes contra a Administração Pública, constitui o tipo penal do crime de “excesso de exação" o ato do
funcionário público de:
a) exigir tributo ou contribuição social que sabe ou deveria saber indevido, ou, quando devido, emprega na cobrança meio
vexatório ou gravoso, que a lei não autoriza.
b) apropriar-se de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do
cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.
c) extraviar livro oficial ou qualquer documento, de que tem a guarda em razão do cargo, sonegá-lo ou inutilizá-lo, total ou
parcialmente.
d) retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para
satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

39)Q649778
Provas: FUMARC - 2017 - Prefeitura de Santa Luzia - MG - Advogado
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Tratando-se de crime praticado por servidor público contra a Administração Pública, é CORRETO afirmar
que
a) incidirá aumento de pena, se o autor do crime for ocupante de função de direção ou assessoramento no âmbito do
Município.
b) o autor do crime não poderia ser um empregado público nem empregado de empresa concessionária de serviço
público.
c) o crime não poderá ser de prevaricação.
d) o crime poderá ser de tráfico de influência

40)Q670209
Provas: VUNESP - 2017 - Prefeitura de Andradina - SP - Assistente Jurídico Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos
Crimes Contra a Administração Pública.
A conduta de patrocinar indiretamente interesse privado perante a Administração Pública, valendo-se da
sua qualidade de funcionário
a) configura patrocínio infiel.
b) configura tráfico de influência.
c) configura favorecimento pessoal.
d) configura advocacia administrativa.
e) é atípica.
41)Q618970
Provas: EXCELÊNCIA - 2017 - Prefeitura de Santa Rosa de Viterbo - SP - Procurador Disciplina: Direito Penal -

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 37/30
Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
O Código Penal no Titulo XI estabelece os crimes contra a administração pública. Leia as sentenças :
I - Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no
exercício do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade
competente: Pena - detenção, de quinze dias a um mês, ou multa.
II - Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou
particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio: Pena -
reclusão, de dois a doze anos, e multa.
III - Patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se da
qualidade de funcionário: Pena - detenção, de um a três meses, ou multa.
IV - Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa
de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal: Pena - detenção, de três meses a um ano, e
multa.
Assinale a sequência CORRETA dos crimes:
a) I - Condescendência criminosa, II – Peculato, III - Advocacia administrativa, IV – Prevaricação.
b) I – Prevaricação, II – Peculato, III – Advocacia administrativa, IV - Condescendência criminosa.
c) I - Condescendência criminosa, II – Peculato, III – Prevaricação, IV - Advocacia administrativa.
d) Nenhuma das alternativas.

42)Q633745
Provas: COPESE - UFT - 2017 - Prefeitura de Gurupi - TO - Fiscal de Trânsito Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Considerando as normas contidas no Código Penal, em especial quanto aos crimes contra a
Administração Pública, são crimes praticados por funcionário público contra a Administração em geral,
EXCETO:
a) tráfico de influência.
b) peculato.
c) concussão.
d) prevaricação.

43)Q623140
Provas: FEPESE - 2017 - PC-SC - Escrivão de Polícia Civil
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
De acordo com o Código Penal, o agente que se valendo da condição de servidor público patrocinar, direta
ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, pratica o crime de:
a) peculato.
b) concussão.
c) patrocínio infiel.
d) excesso de exação.
e) advocacia administrativa.

44)Q617509
Provas: CESPE - 2017 - TRF - 1ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área Judiciária Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Administração Pública. Reingresso de estrangeiro expulso

Com referência a essa situação hipotética, julgue o item a seguir.


Michael praticou o crime de reingresso de estrangeiro expulso: a sua permanência em território nacional,
de acordo com o Código Penal, é equiparada a reingresso.

Errado Certo

45)Q617504
Provas: CESPE - 2017 - TRF - 1ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área Judiciária Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Administração Pública. Coação no curso do processo
No que se refere aos crimes contra a administração da justiça, julgue o item seguinte.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 38/30
Situação hipotética: Jonas usou de grave ameaça contra perito com o objetivo de favorecer os interesses da
empresa onde trabalha, que está envolvida em contenda submetida ao juízo arbitral. Assertiva: Nessa
situação, o crime cometido por Jonas é tipificado como coação no curso do processo.

Errado Certo

46)Q587489
Provas: PROGEPE - 2017 - UFPR - Auxiliar Administrativo PROGEPE - 2017 - UFPR - Contramestre - Ofício
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Considere os seguintes situações:
I - Funcionário público simula viagem para receber dinheiro referente a diárias.
II - Empresário oferece valor em dinheiro a funcionário público para obter velocidade na tramitação de
processo administrativo de seu interesse.
III - Secretário de Estado toma conhecimento de desvio funcional de subordinado, mas não determina a
apuração dos fatos por se tratar de seu amigo e aliado político.
Tais situações constituem, respectivamente, os crimes contra a Administração Pública de:
a) corrupção passiva – corrupção ativa – favorecimento pessoal.
b) peculato – prevaricação – favorecimento pessoal.
c) condescendência criminosa – concussão – prevaricação.
d) peculato – corrupção ativa – prevaricação.
e) condescendência criminosa – peculato – corrupção passiva.

47)Q612060
Provas: CESPE - 2017 - PGE-SE - Procurador
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Com relação aos crimes previstos na Lei de Licitações e Contratos da administração pública,
a) o crime de frustrar, mediante ajuste, o caráter competitivo do procedimento licitatório, com o intuito de obter para si
vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação, pode ser imputado somente a funcionário público.
b) todos os crimes tipificados na referida lei são de ação penal pública condicionada, não dependendo, para sua
promoção, do MP.
c) é incabível, nas hipóteses dessa legislação, a propositura de ação penal privada subsidiária da pública uma vez que a
mencionada lei se refere a crimes de ação penal pública.
d) é incabível a aplicação da substituição da pena privativa de liberdade.
e) o crime de dispensa ou inexigibilidade de licitação fora das hipóteses legais configura-se pela exigência do dolo
específico de causar dano ao erário e do efetivo prejuízo à administração pública.

48)Q617508
Provas: CESPE - 2017 - TRF - 1ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área Judiciária
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Contrabando

Com referência a essa situação hipotética, julgue o item a seguir.


A conduta de Michael, quando capturado na região de fronteira, configura crime de contrabando.

Errado Certo

49)Q649555
Provas: FUMARC - 2017 - Prefeitura de Santa Luzia - MG - Assessor Jurídico Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Tratando-se de crime praticado por servidor público contra a Administração Pública, é CORRETO afirmar
que
a) incidirá aumento de pena, se o autor do crime for ocupante de função de direção ou assessoramento no âmbito do
Município.
b) o autor do crime não poderia ser um empregado público nem empregado de empresa concessionária de serviço
público.
c) o crime não poderá ser de prevaricação.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 39/30
d) o crime poderá ser de tráfico de influência.

50)Q587034
Provas: PROGEPE - 2017 - UFPR - Administrador - Curitiba
PROGEPE - 2017 - UFPR - Administrador - Matinhos PROGEPE - 2017 - UFPR - Farmacêutico PROGEPE - 2017
- UFPR - Geólogo PROGEPE - 2017 - UFPR - Regente
PROGEPE - 2017 - UFPR - Técnico em Assuntos Educacionais PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Clínico Geral -
Jandaia do Sul
PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Clínico Geral - Palotina PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Perícia Médica
PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Psiquiatria
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Sobre os crimes contra a Administração Pública e o conceito de funcionário público para fins penais,
assinale a alternativa INCORRETA.
a) Equipara-se a funcionário público para efeitos penais quem exerce cargo, emprego ou função em entidade paraestatal.
b) Equipara-se a funcionário público para efeitos penais quem exerce cargo, emprego ou função em partido político.
c) Crime funcional impróprio é aquele cuja tipificação é alterada conforme tenha ou não o autor a qualidade de funcionário
público, mantendo-se a natureza ilícita da conduta.
d) Há crime de advocacia administrativa quando o funcionário utiliza o cargo para patrocinar interesse privado perante a
administração, inclusive quando o interesse defendido é legítimo.
e) A pena é aumentada em um terço se o autor do crime contra a Administração Pública for ocupante de cargo em
comissão.

51)Q610835
Provas: IBFC - 2017 - TJ-PE - Técnico Judiciário - Função Judiciária
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Não constitui crime contra a administração pública:
a) Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa da lei, para
satisfazer interesse ou sentimento pessoal
b) Devassar o sigilo de proposta de concorrência pública, ou proporcionar a terceiro o ensejo de devassa-lo
c) Iludir, no todo ou em parte, o pagamento de direito ou imposto devido pela entrada, pela saída ou pelo consumo de
mercadorias
d) Utilizar ou divulgar, indevidamente, com o fim de beneficiar a si ou a outrem, ou de comprometer a credibilidade do
certame, conteúdo sigiloso de concurso público
e) Desobedecer à ordem legal de funcionário público

52)Q700073
Provas: Instituto Acesso - 2017 - CODEMAR - Advogado
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Pedro, oficial de justiça, foi realizar a apreensão do veículo automotor de Manoel por determinação de juiz
de direito, o qual se encontra vinculado e, após comunicação da diligência a Manoel, este se negou a
cumprir a ordem judicial, vindo a ameaçar Pedro com uma faca, tudo com o fito de expulsá-lo do local.
Qual crime Manoel cometeu contra a Administração Pública?
a) Usurpação de função pública
b) Injúria Real
c) Tentativa de lesão corporal
d) Prevaricação
e) Resistência

53)Q617507
Provas: CESPE - 2017 - TRF - 1ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área Judiciária
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública. Fraude processual
No que se refere aos crimes contra a administração da justiça, julgue o item seguinte.
O crime de fraude processual, que consiste na inovação artificiosa do estado de lugar, de coisa ou de
pessoa, com o objetivo de induzir o julgador a erro, tem incidência em demandas que tramitam junto a
juízo arbitral.

Errado Certo

54)Q640994
Provas: FCC - 2017 - DPE-PR - Defensor Público
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
No que se refere aos crimes contra a Administração pública, é INCORRETO afirmar:
a) Comete o denominado crime de peculato estelionato o agente público que apropria-se de dinheiro que, no exercício
do cargo, recebeu por erro de outrem.
b) Consoante posição do Supremo Tribunal Federal, é cabível a aplicação do princípio da insignificância aos crimes
contra a Administração pública.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 40/30
c) Caso o agente público retarde qualquer ato de ofício, em consequência da vantagem indevida, terá cometido o crime
de prevaricação.
d) É cabível a extinção da punibilidade, no denominado peculato culposo, no caso da reparação do dano ser efetuado em
momento anterior à sentença irrecorrível.
e) Comete prevaricação imprópria o diretor de penitenciária que deixa de cumprir seu dever de vedar ao preso acesso a
aparelho celular, que permita comunicação com outros presos ou com o ambiente externo.

55)Q617506
Provas: CESPE - 2017 - TRF - 1ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área Judiciária Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Administração Pública. Falso Testemunho ou Falsa Perícia Corrupção Ativa de
Testemunha ou Perito
No que se refere aos crimes contra a administração da justiça, julgue o item seguinte.
O crime de suborno de testemunha só será consumado com a efetiva realização de depoimento em juízo,
no qual sejam feitas afirmações falsas ou seja negada ou silenciada a verdade.

Errado Certo

56)Q587033
Provas: PROGEPE - 2017 - UFPR - Administrador - Curitiba
PROGEPE - 2017 - UFPR - Administrador - Matinhos PROGEPE - 2017 - UFPR - Farmacêutico PROGEPE - 2017
- UFPR - Geólogo PROGEPE - 2017 - UFPR - Regente
PROGEPE - 2017 - UFPR - Técnico em Assuntos Educacionais PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Clínico Geral -
Jandaia do Sul
PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Clínico Geral - Palotina PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Perícia Médica
PROGEPE - 2017 - UFPR - Médico - Psiquiatria
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Considere que o Sr. Fulano de Tal, servidor público, que se encontra em férias, pega “emprestado” o
veículo de sua repartição para utilizar durante as férias com sua família. Qual é o crime contra a
Administração Pública por ele, em tese, cometido?
a) Peculato.
b) Prevaricação.
c) Corrupção ativa.
d) Condescendência criminosa.
e) Tráfico de influência.

57)Q521179
Provas: Quadrix - 2016 - CRQ 18° Região - PI - Advogado
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
No campo do Direito Penal, no capítulo referente aos crimes contra a administração pública, a doutrina e
jurisprudência tem entendido o seguinte:
a) pratica crime contra a administração pública aquele que facilitar, com infração de dever funcional, a prática de
contrabando ou descaminho.
b) os crimes contra a administração pública são puníveis apenas na modalidade dolosa.
c) aquele que der às verbas ou rendas públicas aplicação diversa da estabelecida em lei comete crime de prevaricação.
d) não será considerado funcionário público, para os efeitos penais, aquele que exercer cargo público apenas
transitoriamente, ou sem remuneração.
e) aquele que pratica violência no exercício da função, ou a pretexto de exercê-la, comete crime de concussão.

58)Q540744
Provas: FCC - 2016 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista Judiciário - Engenharia Elétrica FCC - 2016 - TRF - 3ª REGIÃO -
Analista Judiciário - Medicina - Clínica Geral FCC - 2016 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista Judiciário - Biblioteconomia
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
Cicerus, funcionário público, exercia suas funções na Circunscrição de Trânsito e recebeu quantia em
dinheiro de uma
autoescola para aprovação e fornecimento de carteira de habilitação aos candidatos nela matriculados,
sem os necessários
exames. Cicerus cometeu crime de
a) concussão.
b) corrupção ativa.
c) prevaricação.
d) corrupção passiva.
e) peculato.

59)Q541038
Provas: FCC - 2016 - TRF - 3ª REGIÃO - Técnico Judiciário - Edificações FCC - 2016 - TRF - 3ª REGIÃO - Técnico
Judiciário - Informática

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 41/30
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
É punível na forma culposa o delito de
a) abandono de função.
b) peculato.
c) violação de sigilo funcional.
d) prevaricação.
e) concussão.

60)Q541040
Provas: FCC - 2016 - TRF - 3ª REGIÃO - Técnico Judiciário - Edificações FCC - 2016 - TRF - 3ª REGIÃO - Técnico
Judiciário - Informática
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Administração Pública.
A respeito dos Crimes contra a Administração pública,
a) o crime de resistência não se configura se a oposição do agente, mediante violência ou grave ameaça,
não obstar a execução do ato legal do funcionário público.
b) o não atendimento a ordem ilegal de funcionário público caracteriza o crime de desobediência.
c) no crime de denunciação caluniosa, o uso do anonimato agrava a pena a ser aplicada.
d) quem esconde em sua residência autor de crime de roubo para evitar a sua prisão em flagrante
comete o crime de favorecimento real.
e) o empréstimo de sacola para permitir o transporte e ocultação de objetos furtados por outrem configura
o crime de favorecimento pessoal.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/disciplina/Direito+Penal/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Administra%25C3%25… 42/30