Você está na página 1de 5

1) O espelho plano EE' está inicialmente em repouso, com o ponto F a 4m acima da borda D

de uma piscina cheia com um líquido cujo índice de refração é n = 1,6. Um raio luminoso atinge
o ponto F com um ângulo de incidência α cujo seno é igual a 0,6. Em t = 0, imprime-se ao
espelho um movimento uniformemente acelerado para a direita, mantendo-o sempre paralelo à
posição anterior, de modo que, 2s depois de iniciado o movimento, o raio refratado atinge o
ponto B no fundo da piscina. Sabendo que o ângulo de incidência α é mantido durante o
deslocamento e a direção deste é paralela à superfície do líquido, determine:

a. a distância percorrida pelo espelho nesses 2s;


b. a aceleração do movimento.

2) Uma bolinha de massa m e dotada de carga elétrica q, encontra-se pendurada por um fio de
massa desprezível, como mostrado na figura abaixo. O objeto A é um espelho esférico com
eixo óptico O, centro de curvatura C e foco F. Colocando-se uma carga Q no ponto B, é
possível manter a bolinha em equilíbrio sobre o eixo óptico do espelho, com o fio perfeitamente
esticado, em uma posição que forma uma imagem virtual com o dobro do seu tamanho.
Determine o valor da carga Q para que essa situação ocorra.

3) Um determinado equipamento de guerra eletrônica opera emitindo um pulso eletromagnético


muito intenso de curta duração. Para obter esse pulso, necessita-se de uma fonte que gere a
variação de tensão descrita no gráfico da figura. Um engenheiro está projetando o gerador de
alta tensão esboçado na figura, composto de um capacitor especial que inicia a sua operação
conectado a uma fonte de 100 V. Após ser plenamente carregado, o capacitor é desconectado
da fonte. Em seguida, o dielétrico é extraído na direção mostrada na figura, ficando vácuo no
seu lugar. Considerando que a massa do dielétrico é desprezível e que os valores de rigidez
dielétrica do vácuo e do dielétrico são compatíveis com a tensão final, calcule:

a) a constante dielétrica necessária ao dielétrico para o correto funcionamento do sistema;


b) a potência necessária para retirar completamente o dielétrico do capacitor.
Dado: capacitância inicial do capacitor: 1 mF.
4) Uma carga de massa m localizada no ponto B desloca-se momentaneamente com
velocidade v para baixo, sem efeito da gravidade, sofrendo apenas a interação elétrica
com as cargas fixadas nos pontos A e C, como mostra a figura. Em função de Q 1, Q2, d, v
e m, calcule, para a carga no ponto B:

a) sua aceleração centrípeta instantânea;


b) sua aceleração tangencial instantânea;
c) o raio de curvatura instantâneo da sua trajetória.

5) Uma partícula de massa m e carga elétrica q é lançada a partir do ponto O com


velocidade v0 no plano XZ, fazendo ângulo a com o eixo X. Ao atingir a altura máxima, a
partícula é submetida a um campo magnético uniforme B na direção vertical Z, conforme
ilustra a figura. Considerando que a aceleração da gravidade local é g e que a resistência
do ar é desprezível, determine a posição (x, y) em que a partícula atinge o plano horizontal XY.
Dados:
• aceleração da gravidade: g = 10 m/s2;
• ângulo de lançamento: α = 30°;
• campo magnético: B = 0,6 pT;
• carga elétrica: q = + 1 mC;
• massa da partícula: m = 1 g;
• velocidade de lançamento: v0 = 100 m/s.
6) Um circuito elétrico é formado pela conexão em série de N elementos de circuito idênticos à
Figura 1. O resultado pode ser visto na Figura 2. Os resistores R 1 e R2 possuem resistências de
12 e 2 ohms, respectivamente.
Pedidos:
a) Sabendo-se que aos terminais X e Y foi ligado um resistor, calcule a resistência r do mesmo
de forma que a resistência total do circuito, medida entre os terminais A e B, sejam também
igual a r, qualquer que seja o valor de N.

b) Mantendo-se o resistor calculado acima conectado entre X e Y, conecta-se uma fonte DC de


tensão nominal de 10 V aos terminais A e B. Depois de um tempo suficiente para a carga
completa dos capacitores, estes são retirados do circuito e a fonte é desligada. Calcule a
tensão instantânea sobre o resistor r no exato momento em que os N capacitores C, ligados em
série, são conectados aos terminais A e B.

7) Um veículo aéreo não tripulado possui uma fonte sonora que emite ondas com frequência
constante e igual a 500 Hz. Da base de operações, o veículo parte em baixa altitude para
reconhecer o terreno segundo um determinado azimute. Um receptor fixo, na base,
monitora a frequência aparente emitida pela fonte sonora do veículo. Após reconhecer seu
objetivo (alvo) e passar por cima dele, o veículo faz uma manobra e inicia o retorno à base,
segundo o contra-azimute. O gráfico a seguir apresenta os dados colhidos pelo receptor.
Determine a distância em que o objetivo se encontra da base. Considere a velocidade do
som constante e igual a 340 m/s.

8)
A estrutura acima e formada por duas barras verticais AC e BD, ligadas por uma barra
horizontal CD e por uma barra inclinada BC. No ponto D, a estrutura recebe duas forcas: uma
vertical para baixo de 40 kN e outra horizontal para a direita de 20 kN. Sabendo-se que as
pesos de todas as barras são desprezíveis, determine:

a) o sentido e o valor da forca, que pode ser horizontal ou vertical, a ser aplicada no ponto C
para que a barra vertical AC seja comprimida por uma força igual a 25 kN; e

b) os sentidos e os valores das reações horizontal e vertical nos apoios A e B para a estrutura
carregada com as três forcas externas.

9)

Um corpo A de massa m e carga positiva q parte do repouso em uma posição equidistante de


duas placas paralelas e infinitas com cargas opostas, entre as quais existe um campo elétrico
uniforme de modulo E. Uma haste rígida dielétrica de massa desprezível e comprimento L
prende o corpo A à placa negativa. Após um intervalo de tempo, o corpo A colide com o corpo
B de massa 2m e sem carga elétrica, o qual também está preso por uma haste de mesmo
comprimento L, conforme a figura. Na colisão, o corpo A desprende-se da haste e fica aderido
ao corpo B. Desprezando o efeito de borda, determine a altura máxima atingida pelo conjunto A
e B após a colisão em relação a posição inicial do corpo B.
10)

Uma haste uniforme de 200 N e comprimento L está suspensa horizontalmente por dois fios
idênticos coma mostra a figura. Um pequeno bloco de 4 N é colocado sabre a haste com o seu
centro de massa posicionado conforme a figura. Cada fio mede 100 cm de comprimento e
possui massa de 5 g. Determine a frequência de batimento produzida após os fios serem
percutidos simultaneamente em seus centros, vibrando em suas frequências fundamentais.

11) Em uma experiência de Young, duas fendas, separadas por uma distância d, são
iluminadas com luz verde (λ = 500 nm). Determine para que valores de d a luz que atravessa
as fendas apresenta apenas um máximo secundário ao iluminar uma tela distante.
Considere duas situações:
a) o experimento é realizado no vácuo (índice de refração n = 1,00).
b) o experimento e realizado com o mesmo sistema imerso em agua (índice de refração n =
1,33).