Você está na página 1de 2

CRONOLOGIA DO TEATRO MUSICAL AMERICANO

PRECURSORES –

- Minstrel Shows – black faced

- Variety - Vaudeville

- Burlesque

- Operetas francesas e inglesas (Gilbert e Sullivan)

1868 – THE BLACK CROOK – melodrama + stravaganza

1890-1900 – Musical comedies – cancionistas de Tin Pan Alley

Início do século XX – operetas

Década de 1920 –

Nos primeiros musicais da década de 1920 (musical comedies e musical


revues) o texto era um pretexto para enfatizar as habilidades de atores e
atrizes, rotinas de dança, e canções populares (na primeira metade do século
XX, músicas populares dominavam os autores teatrais).

Delirantes produções como Lady Be Good, Sunny, Tip Toes, No, No,
Nanette, Oh Kay e Funny Face (com forte influência do Variety e do
Vaudeville, estilo presentational).

Musical revues : Ziegfeld Follies (1907-1931), George White’s.Scandals (1919-


1939), Earl Carrol Vanities (11 edições).

Grandes cancionistas:

Gershwin,

Cole Porter,

Rodgers e Hart

Primeira produção com as características do musical moderno ( uma completa


integração entre enredo e partitura )

- SHOW BOAT (1927)

- texto- Oscar Hammertein II e P. G. Wodehouse


- música – Jerome Kern

Década de 1930 –

Continuavam a fazer sucesso as revues e musical comedies (como Band


Wagon, 1931; e Anything Goes, 1934).

Mas, surgiram novas tentativas de levar além o modelo testado em Show Boat

- Of Thee I Sing , sátira política de George e Ira Gershwin e Morrie Ryskind


(1931) – Prêmio Pulitzer

- Porgy and Bess , folk opera de George e Ira Gershwin (1935)

- The Cradle Will Rock , de Marc Blitztein (1937)

(Amostras de que o musical poderia ser mais do a exibição de belas garotas


com plumas, ou um exercício de humor frívolo.)

The Golden Age da Broadway – (Da década de 1940 à década de 1960)

O grande salto para as musical plays ou book musicals :

- Oklahoma! , de Rogers e Hammerstein (1943)

- Da mesma parceria vieram - Carousel (1945), South Pacific (1949), The


King and I (1951), The Sound of Music (1959).

- Annie Get Your Gun , de Irving Berlin (1946)

- Kiss me, Kate , de Cole Porter (1948)

- Guys and Dolls, de Frank Loesser e Abe Burrows (1950)

- Candide, de Leonard Bernstein, Lilian Hellman, Richard Wilbur, John


Latouche e Dorothy Parker (1956)

- My Fair Lady, de Alan Jay Lerner e Frederick Loewe (1957)

- West Side Story, de Leonard Bernstein, Arthur Laurents e Stephen Sondheim


(1957)

- The Music Man, de Meredith Willson (1957)

- Gypsy, de Jule Styne, Arthur Laurents e Sondheim (1959)