Você está na página 1de 7

TURMA

1º E.M.
EGITO ANTIGO
01. (UFRGS) Na África, durante a Antiguidade, entre 3000 a.C. e
322 a.C., desenvolveu-se o primeiro Império unificado
historicamente conhecido, cuja longevidade e continuidade
ainda despertam a atenção de arqueólogos e historiadores.
Esse império
A) legou a humanidade códigos e compilações de leis.
B) desenvolveu a escrita alfabética, dominada por amplos
setores da sociedade.
C) retinha parcela insignificante do excedente econômico
disponível.
D) sustentou a crença de que o caráter divino dos reis se
transmitia exclusivamente pela via paterna.
E) dependia das cheias do rio Nilo para a prática da
agricultura.

02. (UECE) Sobre o papel do rio Nilo na estruturação da sociedade


no Egito Antigo, é correto afirmar que:
A) permitia a atividade econômica e, com suas cheias A ilustração sintetiza a sociedade egípcia. A partir das
regulares, garantia a estabilidade político e o domínio informações que ela contém, é possível afirmar:
simbólico dos faraós
B) sua maior importância era servir de meio de transporte I - Na base da sociedade, encontrava-se o rio Nilo, cujas águas
para as tropas que garantiam a supremacia militar dos podiam ser aproveitadas para o cultivo sem necessidade de
egípcios em toda a África. técnicas específicas nem aprimoramento de organização
C) suas cheias significavam um momento de instabilidade social.
política e econômica, uma vez que destruíam as colheitas e II - O ecossistema do Nilo tinha como um dos elementos o sol,
provocavam fome generalizada. o qual está representado na figura de um deus, com disco
D) a capacidade e o volume de água não eram aproveitados solar sobre a cabeça, transmitindo a ideia de que ele ilumina e
pelos egípcios, que se limitavam nas vazantes a esperar a aquece o rio, a terra e os homens.
próxima cheia. III - As árvores frutíferas e as cenas de plantio e colheita
ocupam o centro da pintura, indicando a importância tanto as
03. (UFSC) Sobre o Antigo Egito, é correto afirmar que: águas do rio quanto da luz da divindade solar para o
01) o rio Nilo foi de suma importância em vários aspectos da ecossistema.
vida dos antigos egípcios. Não só a agricultura foi IV - A pintura é uma representação alegórica e não realista,
possível devido ao seu ciclo de cheias, como também a não indicando informação sobre a estrutura política e
noção de tempo cíclico, base do pensamento egípcio, administrativa (o faraó e seus funcionários), por isso não serve
levou à crença na vida após a morte. como fonte para o estudo da história e sociedade egípcias.
02) a construção de pirâmides atendia às necessidades da vida
após a morte dos faraós. Esse tipo de construção foi Está(ão) correta(s)
característica da arquitetura funerária durante todo o A) apenas I e II.
período do Antigo Egito e só foi possível graças à enorme B) apenas II e III.
mão de obra escrava existente desde o Antigo Reino. C) apenas III.
04) Os egípcios antigos acreditavam em vários deuses que se D) apenas III e IV.
relacionavam entre si e formavam seu sistema E) apenas IV.
mitológico.
08) A despeito da influência islâmica, o Egito atual mantém as 06. (UFC) O nome do rei egípcio Amenófis IV (c.1377 a.C. - c.1358
mesmas crenças religiosas do Antigo Egito. a.C.) está ligado à reforma religiosa que substituiu o culto de
Amon-Rá por Áton e determinou o fim do politeísmo. Além do
04. (UFPE) Em relação à arte do Egito Antigo, assinale a caráter religioso, essa reforma buscava:
alternativa correta. A) limitar a riqueza e o poder político crescentes dos
A) Visava à valorização individual do artista. sacerdotes.
B) Manifestava as idéias estéticas com representações da B) reunificar o Egito, após as disputas promovidas pelos
natureza, evitando a representação da figura humana. nomarcas.
C) Estava destinada à glorificação do faraó e à representação C) pôr fim às revoltas camponesas motivadas pelos cultos
da vida de além-túmulo. antropomórficos.
D) Aproveitava os hieróglifos como ornamentação. D) reunir a população, por meio da religião, para fortalecer a
E) Era um arte abstrata de difícil interpretação. resistência aos hicsos.
E) restabelecer o governo teocrático, após o crescimento da
05. (UFSM) máquina administrativa.

07. (UFPE) Em relação à religião no antigo Egito, pode-se afirmar


que:
TURMA
1º E.M.
A) a religião dominava todos os aspectos da vida pública e E) a importância das atividades agrícolas no antigo Egito, que
privada do antigo Egito. Cerimônias eram realizadas pelos ocupavam os trabalhadores durante aproximadamente
sacerdotes a cada ano, para garantir a chegada da metade do ano.
inundação e, dessa forma, boas colheitas, que eram
agradecidas pelo rei em solenidades às divindades. 09. (UFC) Aos egípcios devemos uma herança rica em cultura,
B) a religião no antigo Egito, como nos demais povos da ciência e religiosidade: eram habilidosos cirurgiões e sabiam
Antiguidade, não tinha grande influência, já que estes relacionar as doenças com as causas naturais; criaram as
povos, para sobreviverem, tiveram que desenvolver uma operações aritméticas e inventaram o sistema decimal e o
enorme disciplina no trabalho e viviam em constantes ábaco. Sobre os egípcios é correto afirmar também que:
guerras. A) Foram conhecidos pelas construções de navios, que os
C) a religião tinha apenas influência na vida da família dos levaram a conquistar as rotas comerciais para o Ocidente,
reis, que a usava como forma de manter o povo submetido devido à sua posição geográfica, perto do mar
a sua autoridade. Mediterrâneo.
D) o período conhecido como antigo Egito constitui o único B) Deixaram, além dos hieróglifos, outros dois sistemas de
em que a religião foi quase inteiramente esquecida, e o rei escrita: o hierático, empregado para fins práticos, e o
como também o povo dedicaram-se muito mais a seguir a demótico, uma forma simplificada e popular do hierático.
tradição dos seus antepassados, considerados os únicos C) Praticaram o sacrifício humano como forma de obter
povos ateus da Antiguidade. chuvas e boas colheitas, haja vista o território onde se
E) a religião do povo no antigo Egito era bastante distinta da desenvolveram ser desértico.
do rei, em razão do caráter supersticioso que as camadas D) Fizeram uso da escrita cuneiforme, que inicialmente foi
mais pobres das sociedades antigas tinham, sobretudo por utilizada para designar objetos concretos e depois ganhou
não terem acesso à escola e a outros saberes só permitidos maior complexidade.
à família real. E) Usaram as pirâmides para fins práticos, como, por
exemplo, a observação astronômica.

08. (FUVEST) Examine estas imagens produzidas no antigo Egito: 10. (ENEM) O Egito é visitado anualmente por milhões de turistas
de todos os quadrantes do planeta, desejosos de ver com os
próprios olhos a grandiosidade do poder esculpida em pedra
há milênios: as pirâmides de Gizeh, as tumbas do Vale dos Reis
e os numerosos templos construídos ao longo do Nilo. O que
hoje se transformou em atração turística era, no passado,
interpretado de forma muito diferente, pois
A) significava, entre outros aspectos, o poder que os faraós
tinham para escravizar grandes contingentes populacionais
que trabalhavam nesses monumentos.
B) representava para as populações do alto Egito a
possibilidade de migrar para o sul e encontrar trabalho nos
canteiros faraônicos.
C) significava a solução para os problemas econômicos, uma
vez que os faraós sacrificavam aos deuses suas riquezas,
construindo templos.
D) representava a possibilidade de o faraó ordenar a
sociedade, obrigando os desocupados a trabalharem em
obras públicas, que engrandeceram o próprio Egito.
E) significava um peso para a população egípcia, que
condenava o luxo faraônico e a religião baseada em
crenças e superstições.

As imagens revelam 11. (ENEM) Ao visitar o Egito do seu tempo, o historiador grego
A) o caráter familiar do cultivo agrícola no Oriente Próximo, Heródoto (484 – 420/30 a.C.) interessou-se por fenômenos
dada a escassez de mão de obra e a proibição, no antigo que lhe pareceram incomuns, como as cheias regulares do rio
Egito, do trabalho compulsório. Nilo. A propósito do assunto, escreveu o seguinte:
B) a inexistência de qualquer conhecimento tecnológico que
permitisse o aprimoramento da produção de alimentos, o “Eu queria saber por que o Nilo sobe no começo do verão e
que provocava longas temporadas de fome. subindo continua durante cem dias; por que ele se retrai e a
C) o prevalecimento da agricultura como única atividade sua corrente baixa, assim que termina esse número de dias,
econômica, dada a impossibilidade de caça ou pesca nas sendo que permanece baixo o inverno inteiro, até um novo
regiões ocupadas pelo antigo Egito. verão. Alguns gregos apresentam explicações para os
D) a dificuldade de acesso à água em todo o Egito, o que fenômenos do rio Nilo. Eles afirmam que os ventos do noroeste
limitava as atividades de plantio e inviabilizava a criação de provocam a subida do rio, ao impedir que suas águas corram
gado de maior porte. para o mar. Não obstante, com certa freqüência, esses ventos
deixam de soprar, sem que o rio pare de subir da forma
TURMA
1º E.M.
habitual. Além disso, se os ventos do noroeste produzissem C) a monarquia teocrática, no Egito antigo, ocorria através da
esse efeito, os outros rios que correm na direção contrária aos personificação de Deus e do Estado na figura do faraó.
ventos deveriam apresentar os mesmos efeitos que o Nilo, D) o Código de Hamurábi era um manual de orientação
mesmo porque eles todos são pequenos, de menor corrente.” espiritual, que autorizava os fiéis a fazer justiça com as
(Heródoto. História (trad.). livro II, 19-23. Chicago: próprias mãos.
Encyclopaedia Britannica Inc. 2.ª ed. 1990, p. 52-3 (com
adaptações)). 14. (UFRN) A religião estava presente em todos os aspectos da
vida no Antigo Egito. A medicina, inclusive, era impregnada de
Nessa passagem, Heródoto critica a explicação de alguns elementos mágicos e religiosos. A relação entre religião e
gregos para os fenômenos do rio Nilo. De acordo com o texto, medicina no Antigo Egito era evidente na medida em que
julgue as afirmativas abaixo. A) as práticas médicas estavam voltadas apenas para o
tratamento dos faraós, cuja imagem era associada aos
I- Para alguns gregos, as cheias do Nilo devem-se ao fato de deuses.
que suas águas são impedidas de correr para o mar pela força B) as técnicas desenvolvidas na medicina foram estimuladas
dos ventos do noroeste. pela necessidade de preservar o corpo para a vida após a
II- O argumento embasado na influência dos ventos do morte.
noroeste nas cheias do Nilo sustenta-se no fato de que, C) os médicos, recrutados entre as mais altas camadas
quando os ventos param, o rio Nilo não sobe. sociais, acumulavam também a função de promover o
III- A explicação de alguns gregos para as cheias do Nilo culto religioso.
baseava-se no fato de que fenômeno igual ocorria com rios de D) os médicos queriam prolongar a existência terrena,
menor porte que seguiam na mesma direção dos ventos. estimulados pelas crenças religiosas que negavam a
imortalidade da alma.
É correto apenas o que se afirma em
A) I. 15. (UFPE) Em relação à arte do Egito Antigo, assinale a
B) II. alternativa correta.
C) I e II. A) Visava à valorização individual do artista.
D) I e III. B) Manifestava as idéias estéticas com representações da
E) II e III. natureza, evitando a representação da figura humana.
C) Estava destinada à glorificação do faraó e à representação
12. (UFPEL) Observe atentamente as colunas a seguir sobre a da vida de além-túmulo.
História do Egito e as relacione: D) Aproveitava os hieróglifos como ornamentação.
E) Era um arte abstrata de difícil interpretação.
1ª Coluna
(1) Período Pré-Dinástico (2) Antigo Império 16. (FUVEST) A partir do III milênio a. C. desenvolveram-se, nos
(3) Médio Império (4) Novo Império vales dos grandes rios do Oriente Próximo, como o Nilo, o
Tigre e o Eufrates, estados teocráticos, fortemente
2ª Coluna organizados e centralizados e com extensa burocracia. Uma
( ) expansão territorial com anexação da Etiópia, Síria e explicação para seu surgimento é
Fenícia. A) a revolta dos camponeses e a insurreição dos artesãos nas
( ) unificação do Alto e do Baixo Egito efetuada pelo faraó cidades, que só puderam ser contidas pela imposição dos
Menés. governos autoritários.
( ) formação dos nomos. B) a necessidade de coordenar o trabalho de grandes
( ) invasão dos hicsos. contingentes humanos, para realizar obras de irrigação.
C) a influência das grandes civilizações do Extremo Oriente,
A ordem que relaciona corretamente a segunda coluna, em que chegou ao Oriente Próximo através das caravanas de
relação à primeira, é a seguinte: seda.
A) 1, 2, 3, 4. D) a expansão das religiões monoteístas, que fundamentavam
B) 3, 1, 4, 2. o caráter divino da realeza e o poder absoluto do monarca.
C) 2, 4, 1, 3. E) a introdução de instrumentos de ferro e a conseqüente
D) 4, 2, 1, 3. revolução tecnológica, que transformou a agricultura dos
E) 4, 3, 2, 1. vales e levou à centralização do poder.

13. (UECE) As relações entre o Estado e a religião, existentes entre 17. (RICAFONTE) Leia atentamente as afirmativas abaixo:
os povos da Antiguidade, caracterizaram diferentes formas de
organização político-social. Sobre essas relações, é correto I - No início, o Egito estava dividido em um grande número de
afirmar que aldeias, denominadas nomos.
A) o politeísmo implantado pelas monarquias hebraicas II - No Egito Antigo as mulheres eram respeitadas, podendo
restringia a concepção do rei como ser humano, tornando- até adquirir propriedades.
o, ungido de Deus. III - O Egito se localiza na Ásia, é banhada pelo Oceano Indico e
B) a teocracia egípcia, concepção divina de poder, possui extensa área desértica.
personificada no faraó como próprio Deus, limitou-se ao
período do Novo Império. Assinale:
TURMA
1º E.M.
A) Se I, II e III estiverem corretas.
B) Se II e III estiverem corretas.
C) Se apenas a I estiver correta.
D) Se I e II estiverem corretas.

18. (RICAFONTE) A sociedade egípcia estava dividida em dois


grandes grupos sociais: os privilegiados (nobres, sacerdotes e
funcionários administrativos) e os não-privilegiados (soldados,
artesãos, camponeses e escravos). Em relação à sociedade
egípcia, a alternativa CORRETA é:
A) Como a religiosidade no Egito Antigo era pequena, os
sacerdotes possuíam pouca influência sobre a sociedade.
B) Os escribas atuavam em todos os níveis da administração,
fiscalizavam o controle das despesas do Estado e a
arrecadação dos impostos.
C) Os camponeses eram minoria na sociedade egípcia, eram
muitos respeitados, já que forneciam alimentos para a
população.
D) Os vizires e os nomarcas eram muito explorados, já que
pagavam impostos altíssimos.

19. (RICAFONTE) Há, no Egito, pessoas encarregadas por lei de


embalsamar corpos e que fazem disso uma profissão. Esses
profissionais utilizam-se de vinho de palmeira e óleos
aromáticos, especiarias (mirra, canela). Salgam o corpo e
cobrem com náilon por setenta dias. Após este tempo, lavam,
envolvem-no com faixas de tela de algodão embebidas em
commi, uma espécie de cola. Existem vários tipos de
embalsamamento. Esse apresentado é o mais caro. Nos tipo
médio e inferior são utilizados processos mais simples e mais
baratos. O preço é combinado com a família. Se se encontra
um cadáver abandonado, seja alguém que foi atacado por um
crocodilo ou morto por afogamento no Rio Nilo, a cidade em
cujo território foi encontrado, é obrigada a embalsamá-lo. Não
é permitido parentes ou amigos tocar no cadáver, apenas os
sacerdotes do Nilo têm esse privilégio. É algo mais precioso do
que o simples cadáver de um homem.”

Após a leitura do texto, assinale a alternativa correta:


A) Os egípcios recebiam o mesmo tratamento após a morte.
B) O egípcio morto no Rio Nilo recebia o tratamento igual a
um mendigo.
C) O egípcio de classe alta era embalsamado pelo Faraó.
D) O egípcio após a morte recebia um tratamento diferente,
de acordo com a sua condição social.

20. (UEL) No Novo Império Egípcio (1580 - 525 a.C.,


aproximadamente), a revolução promovida por Amenófis IV
(também chamado de Aquenaton) teve grande significado,
porque consistiu na:
A) Expulsão dos Hicsos, povos semitas, que dominavam o
Egito desde o Antigo Império.
B) Unificação das diferentes províncias - nomos - evitando,
assim, a fragmentação do estado.
C) Realização de modificações na estrutura social do Egito
para eliminar as oligarquias agrárias.
D) Promoção de ampla reforma agrária, de modo a atenuar a
miséria dos camponeses.
E) Introdução do monoteísmo religioso, a fim de controlar a 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
influência política dos sacerdotes. E A 05 C B A A E B A
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A D C B C B D B D A
TURMA
1º E.M.
MESOPOTÂMIA I – A estrutura social baseava-se na existência de uma
01. (UFSM-RS) A região da Mesopotâmia ocupa lugar central na pequena elite, controladora de uma vasta população que
história da humanidade. Na Antiguidade, foi berço da estava submetida ao trabalho compulsório, característica de
civilização sumeriana devido ao fato de: um governo despótico, de fundamento teocrático, que
A) ser ponto de confluência de rotas comerciais de povos de domina todos os grupos sociais.
diversas culturas. II – O Estado era responsável pelas obras hidráulicas
B) ter um subsolo rico em minérios, possibilitando o salto necessárias para a sobrevivência da população, bem como
tecnológico da idade da pedra para a idade dos metais. pela cobrança de impostos e pela administração de estoques
C) apresentar um relevo peculiar e favorável ao isolamento de alimentos.
necessário para o crescimento socioeconômico. III – Na religião mesopotâmia, o governante era representado
D) possuir uma área agricultável extensa, favorecida pelos e compreendido por seus súditos mais como uma divindade
rios Tigre e Eufrates. viva do que como um representante dos deuses.
E) abrigar um sistema hidrográfico ideal para a locomoção IV – Em termos políticos, a Mesopotâmia caracterizou-se por
de pessoas e apropriado para desenvolvimento ter, na instituição monárquica, personificada no governante, o
comercial. seu principal fator de unidade.

02. (UFRN) As sociedades que, na Antiguidade, habitavam os vales Está(ão) CORRETO(S):


dos rios Nilo, Tigre e Eufrates tinham em comum o fato de: A) Somente o item I.
A) terem desenvolvido um intenso comércio marítimo, que B) Somente os itens I e II.
favoreceu a constituição de grandes civilizações C) Somente os itens I, III e IV.
hidráulicas. D) Somente os itens II e IV.
B) serem povos orientais que formaram diversas cidades- E) Todos os itens.
estado, as quais organizavam e controlavam a produção
de cereais. 05. (UPE) As sociedades da Antiguidade Oriental tiveram práticas
C) haverem possibilitado a formação do Estado a partir da sociais com influências marcantes das religiões e inventaram
produção de excedentes, da necessidade de controle outras formas de conhecer o mundo. Na Mesopotâmia,
hidráulico e da diferenciação social. ocorreu/ocorreram:
D) possuírem, baseados na prestação de serviço dos A) o predomínio de castas sacerdotais poderosas, mas que
camponeses, imensos exércitos que viabilizaram a criticavam o poder existente e combatiam as
formação de grandes impérios milenares. superstições;
B) expressões artísticas pouco originais, direcionadas só
03. (UFC-CE) Leia com atenção as afirmativas a seguir sobre as para admiração dos deuses e das forças da natureza;
condições sociais, políticas e econômicas da Mesopotâmia. C) o uso da escrita cuneiforme, a descoberta do uso da raiz
quadrada e a crença na ação de espíritos malígnos
I – As condições ecológicas explicam por que a agricultura de causadores de doenças;
irrigação era praticada através de uma organização D) a crença em deuses antropomórficos, oniscientes e
individualista. eternos que não eram adorados em templos;
II – Na economia da Baixa Mesopotâmia, a fome e as crises de E) uma arte direcionada para consagração dos feitos
subsistência eram frequentes, causadas pela irregularidade militares e não preocupada com a construção de uma
das cheias e também das guerras. arquitetura grandiosa.
III – Na Suméria, os templos e ziggurats foram construídos
graças à riqueza que os sacerdotes administravam à custa do 06. (FUVEST) A escrita cuneiforme dos mesopotâmios, utilizada
trabalho de grande parte da população. principalmente em seus documentos religiosos e civis, era:
IV – A presença dos rios Tigre e Eufrates possibilitou o A) semelhante em seu desenho à escrita dos egípcios;
desenvolvimento da agricultura e da pecuária e também a B) composta exclusivamente de sinais lineares e traços
formação do primeiro reino unificado da história. verticais;
Sobre as alternativas anteriores, é correto afirmar: C) uma representação figurada evocando a coisa ou o ser;
A) I e II são verdadeiras. D) baseada em agrupamentos de letras formando sílabas;
B) II e IV são verdadeiras. E) uma tentativa de representar os fonemas por meio de
C) I e IV são verdadeiras. sinais.
D) I e III são verdadeiras.
E) II e III são verdadeiras. 07. (PUC) Os sumérios são necessariamente lembrados quando se
estuda:
04. (UFCSPA/RS) A Mesopotâmia atual situa-se no Oriente Médio A) a evolução econômica da civilização fenícia;
entre os rios Tigre e Eufrates, que ficam no atual Iraque, na B) a base religiosa das civilizações iranianas;
região conhecida como Crescente Fértil. Seu nome vem do C) o caráter religioso da astronomia caldaica;
grego (meso=meio e potamos=água) e significa “terra entre D) a base cultural da civilização mesopotâmica;
rios”. A fertilidade desta região, localizada em meio a E) n.d.a.
montanhas e desertos, deve-se à presença dos rios.
Sobre a civilização mesopotâmia, na Antiguidade Oriental, 08. (FATEC) O primeiro exército organizado do mundo, com
analisar os itens abaixo: recrutamento obrigatório e que se tornou uma força
TURMA
1º E.M.
permanente após o reinado de Teglafalasar III (745 - 728 a. C.), D) possuírem, baseados na prestação de serviço dos
foi uma criação dos: camponeses, imensos exércitos que viabilizaram a
A) babilônios formação de grandes impérios milenares.
B) caldeus
C) acadios 12. (UFSM) A região da Mesopotâmia ocupa lugar central na
D) sumérios história da humanidade. Na Antiguidade, foi berço da
E) assírios civilização sumeriana devido ao fato de
A) ser ponto de confluência de rotas comerciais de povos de
09. (FATEC) O Iraque, recentemente em guerra com os EUA e diversas culturas.
Inglaterra, já foi palco de uma grande civilização na B) ter um subsolo rico em minérios, possibilitando o salto
Antiguidade, a Mesopotâmia. tecnológico da idade da pedra para a idade dos metais.
C) apresentar um relevo peculiar e favorável ao isolamento
Desta civilização, inserida na área do Crescente Fértil, é necessário para o crescimento socioeconômico.
correto afirmar: D) possuir uma área agriculturável extensa, favorecida pelos
A) teve em Senaqueribe seu mais importante rei, que além rios Tigre e Eufrates.
de transformar a Babilônia num dos principais centros E) abrigar um sistema hidrográfico ideal para locomoção de
urbanos, elaborou o 1º código de leis completo, pessoas e apropriado para desenvolvimento comercial.
assentado nas antigas tradições sumerianas.
B) durante o governo de Nabucodonosor foram realizadas 13. (ACAFE) No Egito e na Mesopotâmia surgiram algumas das
grandes construções públicas, merecendo destaque os primeiras civilizações da humanidade. Com relação ao passado
"Jardins Suspensos da Babilônia", considerados uma das e ao presente dessas regiões, todas as alternativas estão
maravilhas do Mundo Antigo. corretas, exceto a:
C) Nabopalassar, que substituiu Nabucodonosor, não A) técnicas agrícolas avançadas, cidades sofisticadas e
conseguiu manter o império, que foi conquistado por religiões complexas e elaboradas faziam parte do
Ciro, o Grande, da Pérsia. universo cultural do Antigo Egito e da Mesopotâmia;
D) Assurbanípal, rei dos Assírios, depois de dominar a B) a maior parte da antiga Mesopotâmia é o atual Iraque,
Caldeia, mudou a capital do império para a cidade de Ur. país relativamente novo que sofreu com a ditadura de
E) com Hamurábi, os sumerianos, vindos do planalto do Irã, Saddam Hussein, com duas guerras recentes e ocupação
fixaram-se na Caldéia e fundaram diversas cidades pelos EUA, desde 2003;
autônomas, como Ur, Nínive e Babilônia. C) um dos maiores problemas do atual Egito é a grande
população que vive na estreita faixa do rio Nilo, onde se
10. (FUVEST) A partir do III milênio a. C. desenvolveram-se, nos encontra a maioria das terras agricultáveis do país;
vales dos grandes rios do Oriente Próximo, como o Nilo, o D) eram civilizações muito antigas, mas já possuíam
Tigre e o Eufrates, estados teocráticos, fortemente elementos culturais modernos como uma religião
organizados e centralizados e com extensa burocracia. Uma monoteísta e valores culturais ligados ao individualismo
explicação para seu surgimento é e ao capitalismo;
A) a revolta dos camponeses e a insurreição dos artesãos E) devido à expansão árabe-muçulmana, a partir do séc. VII
nas cidades, que só puderam ser contidas pela imposição d.C., o Egito e a Mesopotâmia foram islamizados e até
dos governos autoritários. hoje a maioria de seus habitantes é de origem árabe,
B) a necessidade de coordenar o trabalho de grandes professando a religião islâmica.
contingentes humanos, para realizar obras de irrigação.
C) a influência das grandes civilizações do Extremo Oriente, 14. (UFRGS) O atual Iraque obrigou territorialmente a maior parte
que chegou ao Oriente Próximo através das caravanas de da Antiga Mesopotâmia (terra entre rios), berço de ricas
seda. civilizações. Entre essas civilizações encontram-se os
D) a expansão das religiões monoteístas, que sumerianos, os quais se caracterizavam por:
fundamentavam o caráter divino da realeza e o poder A) apresentar uma comunidade constituída por clãs
absoluto do monarca. familiares independentes, onde a administração política
E) a introdução de instrumentos de ferro e a conseqüente descentralizada era exercida pelos patriarcas das aldeias;
revolução tecnológica, que transformou a agricultura dos B) constituir um império duradouro e unificado, imune,
vales e levou à centralização do poder. graças a suas defesas naturais e a seus grandes exércitos,
aos perigos inerentes às migrações de sociedades
11. (UFRN) As sociedades que, na Antiguidade habitavam os vales nômades;
dos rios Nilo, Tigre e Eufrates tinham em comum o fato de: C) representar uma sociedade liderada pela oligarquia
A) terem desenvolvido um intenso comércio marítimo, que mercantil e pelos proprietários de navios, cujo poder e
favoreceu a constituição de grandes civilizações riqueza advinham sobretudo do comércio e do domínio
hidráulicas. dos mares do Oriente Médio;
B) serem povos orientais que formaram diversas cidades- D) provocar uma ruptura embrionária entre a dimensão
estado, as quais organizavam e controlavam a produção divina e a dimensão humana da figura real, dado que o
de cereais. Patesi não era o próprio Deus, como no Egito, mas
C) haverem possibilitado a formação do Estado a partir da apenas seu representante;
produção de excedentes, da necessidade de controle E) formar um povo economicamente auto-suficiente, que
hidráulico e da diferenciação social. não praticava relações comerciais com o exterior.
TURMA
1º E.M.
A) a escrita suméria expressava a habilidade artística do seu
15. (UCS/RS) O Código Hamurabi, um bloco de pedras com 2,25 povo, que era bastante envolvido com uma religião
metros de altura, encontra-se hoje no Museu do Louvre, em liderada pelos escribas;
Paris. Dos muitos artigos de lei nele gravados, cerca de 250 já B) os hebreus conseguiram construir uma arte original,
foram decifrados. Com isso, informações sobre a sociedade desarticulada das manifestações religiosas;
mesopotâmica puderam ser reveladas. C) os egípcios conseguiram realizar revoluções na arte de
FIGUEIRA, D. História. São Paulo: Ática, 2003, p. 26. pintar murais, mas não se preocuparam com a
arquitetura de seus templos religiosos;
Analise, quanto à sua veracidade (V) ou falsidade (F), as D) a arte assíria não merece destaque, devido à
afirmativas abaixo sobre a sociedade mesopotâmica e o seu preocupação excessiva do seu povo com a guerra e com
código de leis: o imperialismo;
E) a grandiosidade da arte dos caldeus manifesta-se com
( ) A chamada Lei de Talião (talionis, em latim, significa “tal” especial destaque nas suas obras arquitetônicas.
ou “igual”) apareceu pela primeira vez no Código de
Hamurabi. Ela pregava o princípio do “olho por olho, dente 18. (UFBA) Nos vales dos rios Nilo e Tigre-Eufrates surgiram os
por dente”, ou seja, ao infrator aplicava-se um castigo primeiros Estados e as primeiras sociedades marcadas por
proporcional ao dano causado. profundas diferenças sociais. Nestes vales desenvolveram-se:
01. Estados absolutistas ostentados pelo lucro de um intenso
( ) O Código de Hamurabi trata dos mais variados assuntos comércio.
relativos à vida cotidiana. Abrange, entre outros temas, a 02. Estados confederados mantidos pelas classes dominantes.
regulamentação e o exercício das profissões, fixando a 04. Monarquias teocráticas com uma economia baseada na
remuneração dos trabalhadores e as normas a respeito do agricultura de subsistência.
casamento, da assistência às viúvas, aos órfãos, aos pobres, 08. Cidades-Estados governadas por membros das classes
etc. privilegiadas.
16. Estados fortalecidos pela ação desinteressada da nobreza
( ) Na maioria das sociedades atuais, a Lei de Talião não é agrária.
mais aplicada. No entanto, há países do Oriente Médio em
que ainda se paga olho por olho, literalmente. Na Arábia
Saudita, no Iêmen e em alguns dos Emirados Árabes, ladrões
têm as mãos cortadas.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os


parênteses, de cima para baixo:
A) V – F – V
B) V – V – V
C) F – V – F
D) F – F – V
E) F – F – F

16. (FFFCMPA/RS) Considere o texto abaixo:

Localizada entre dois grandes rios, lá reinaram na Antiguidade


Assurbanipal e Nabucodonosor. A Torre de Babel, os Jardins
Suspensos da Babilônia e o herói mítico Gilgamesh são
algumas conhecidas referências das manifestações artístico-
culturais dos povos que habitavam essa região.

O texto diz respeito à antiga civilização que se desenvolveu na


região que hoje corresponde ao território:
A) da Etiópia;
B) do Egito;
C) da Turquia;
D) do Iraque;
E) de Madagascar.

17. (UFPE) Não se pode esquecer a luta de alguns povos da


Antiguidade, para construir seus vastos impérios. Contudo, 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
esses povos também expressaram, na arte, seus sonhos e D C E B C C D E B B
desejos. Numa análise mais geral dessas manifestações, 11 12 13 14 15 16 17 18
podemos afirmar que: C D E D B D E 14

Você também pode gostar