Você está na página 1de 8

Texto de apoio da 8 Classe III Triméstre-2018

CONGRUÊNCIA DE TRIÂNGULOS.

ÂNGULOS, DEFINIÇÃO

Chama-se ângulo a união de duas semi-rectas de mesma origem, não contidas numa mesma
recta.

O ponto O é o vértice
do angulo.
As semi-rectas OA e
OB são os lados dos
ângulos.

Ângulos adjacentes.

Dois ângulos consecutivos são adjacentes se, e somente se, não tem pontos internos comuns.
 

AOB BOC são ângulos adjacentes.


e

Ângulos opostos pelo vértice (o.p.v).


Dois ângulos são opostos pelo vértice se, e somente se, os lados de um deles são as
respectivas semi-rectas opostas aos lados do outro.

são

opostos pelo vértice.

Exemplo: determine o valor de x na seguinte figura:

2 x  100  400
2 x  400  100
2 x  500
x  250

NÃO SE APRENDE FAZENDO NADA…PROF NELSON BANTENE


ÂNGULOS: RECTO, AGUDO E OBTUSO.

Angulo recto é aquele que mede 900

x  300  900
x  900  300
x  600

Angulo agudo é aquele cuja medida está entre 0 graus


e 90 graus.

Angulo obtuso é aquele que mede mais que


900 e menos que 180 0 .

NÃO SE APRENDE FAZENDO NADA…PROF NELSON BANTENE


Ângulos complementares e suplementares.

Dois ângulos são complementares se, e somente se a soma das suas medidas é 900 . Um
deles é o complemento do outro:     90 0

Dois ângulos são suplementares se, e somente a soma das suas medidas é 180 0 . Um deles é
o suplemento do outro:     180 0 .

EXERCICIOS

1. Determine o valor de x nos seguintes casos:

NÃO SE APRENDE FAZENDO NADA…PROF NELSON BANTENE


2. Ângulos definidos por duas rectas concorrentes
intersectadas por uma secante.
Os pares de ângulos d e q ; a e m ; c e p designam-se
ângulos correspondentes determinados por uma secante a duas
rectas.
Os ângulos b e c , m e p dizem-se ângulos internos.
Os pares de ângulos b e q ; c e m dizem-se ângulos alternos
interno determinados por uma secante a duas rectas.
Os pares de ângulos d e n ; a e p , dizem-se ângulos alternos
externos determinados por uma secante a duas rectas.

ÂNGULOS CORRESPONDENTES

São aqueles passados por duas rectas paralelas distintas intersectadas por uma transversal,
então os seus ângulos alternos são congruentes ou seja tem a mesma medida. Vede a figura;

       
a  e; c  g; d  h; b  f
Exemplo sendo r e s paralelas, determine os valores de x , y e z :

y  5 x e x  36 0  y  180 0

x  36 0  5 x  180 0  6 x  36 0  180 0  6 x  180 0  36 0  6 x  144 0

144 0
x  x  24 0 . Então y  5x  y  5  24 0  y  120 0 ; E z  x  36 0 são
6
correspondentes, z  x  36 0  z  24 0  36 0  z  60 0 , ou ainda:

z  5 x  180 0  z  5  24 0  180 0  z  120 0  180 0

NÃO SE APRENDE FAZENDO NADA…PROF NELSON BANTENE


z  180 0  120 0  z  60 0 .

Soma dos ângulos internos de um triângulo.


  
Consideremos um triângulo qualquer ABC, cujo ângulos A, B C ; tem medidas  , 
e e
 , respectivamente;

Traçando por B a recta DE paralela a AB, determinamos ângulos alternos congruentes;

Como o angulo DBE é raso concluímos que       180 0 , isto é:

A soma das medidas dos ângulos internos de um triângulo é 180 0 .

TEOREMA DO ÂNGULO EXTERNO DE UM TRIÂNGULO

Na figura abaixo o angulo BAD é adjacente e suplementar de um angulo interno do triângulo


ABC; por isso BAD é chamado de angulo externo desse triângulo.

NÃO SE APRENDE FAZENDO NADA…PROF NELSON BANTENE


Sendo  e  as medidas dos
ângulos internos C e B, respectivamente e indicando por e a medida do angulo externo
relactivo ao vértice A temos:

Logo,     180 0  e  180 0

     e . A medida de um angulo externo de um triângulo é igual a soma das medidas


dos ângulos internos não adjacentes a ele.

Exemplo;

1. Determine a medida do angulo externo relactivo ao vértice C do triângulo abaixo:

2 x  70 0  x  100 0  2 x  x  100 0  70 0

x  30 0 .

NÃO SE APRENDE FAZENDO NADA…PROF NELSON BANTENE


Exercícios

2. Determine o valor de x nos casos abaixo:

3. Sendo a recta a paralela a recta b , determine os valores de x em cada caso:

4. Se as rectas r e s são paralelas, determine o valor de x em cada caso:

NÃO SE APRENDE FAZENDO NADA…PROF NELSON BANTENE


5. Sendo a recta a paralela a recta b , determine os valores de x em cada caso:

6. Na figura abaixo sendo r // s , calcule x , y e z .

7. Na figura sendo a e b paralelos calcule:      .

NÃO SE APRENDE FAZENDO NADA…PROF NELSON BANTENE