Você está na página 1de 28

INTRODUÇÃO AO

EMPREENDEDORISMO
Prof. Me. Adriano Martins de Souza
Disciplina: Empreendedorismo e Plano de Negócios
Introdução ao Empreendedorismo

Conceituando Empreendedorismo

CONTEÚDO
A revolução do Empreendedorismo

O empreendedorismo no Brasil
INTRODUÇÃO AO
EMPREENDEDORISMO
Por que algumas
nações, grupos
PERGUNTA... sociais, instituições e E outras não?
empresas avançam e
prosperam?
Respostas, sabemos, existem!

RESPOSTA... Todavia, a constatação é a de que ainda não tem


sido possível colocar tudo em simples fórmulas ou
em mecanismos comuns, facilmente adaptados às
diferentes condições operativas encontradas neste
mundo diversificado, cada vez mais rápido
Cabe, portanto, identificar as características,
traços, formas de agir, maneiras de pensar
SUGESTÃO que levam à definição do que seria o perfil do
EMPREENDEDOR DE SUCESSO
PERGUNTA Como desenvolver habilidades e
CORRETA A competências empreendedoras
SE FAZER... para atingir o SUCESSO?
“Por trás de todo problema existe uma
oportunidade brilhante disfarçada”

John Gardner
(explorador, escritor e egiptologista inglês do século XIX)
Sugestão de
Leitura
CONCEITUANDO
EMPREENDEDORISMO
• É uma livre tradução que se faz
O QUE SIGNIFICA O
da palavra entrepreneurship,
TERMO
que contém as idéias de
EMPREENDEDORISMO?
iniciativa e inovação
CONCEITOS
e
DEFINIÇÕES • A palavra empreendedor
O QUE SIGNIFICA A (entrepreneur) tem origem
PALAVRA francesa e quer dizer aquele
EMPREENDEDOR? que assume riscos e começa
algo novo
Muitas e diferentes são as definições dadas pelos autores
estudiosos do assunto. Vejamos o que dizem alguns:

• “O empreendedor é aquele que destrói a ordem econômica


existente pela introdução de novos produtos e serviços, pela
CONCEITOS criação de novas formas de organização ou pela exploração de
novos recursos e materiais.” Schumpeter (1949)
e • “Empreendedor é aquele que cria um equilíbrio, encontrando uma
DEFINIÇÕES posição clara e positiva em um ambiente de caos e turbulência, ou
seja, identifica oportunidades na ordem presente.” Kirzner (1973)
• “Um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e
realiza visões.” Filion (1991)
• “O empreendedor é o individuo que detecta uma oportunidade e
cria um negócio a fim de torná-la lucrativa e, para tal, assume
seus riscos.” Dornelas (2008)
Em resumo, o EMPREENDEDORISMO se constitui em um conjunto
CONCEITOS de comportamentos e hábitos que podem ser adquiridos, praticados
e e reforçados nos indivíduos, ao submetê-los a um programa de
capacitação adequado de forma a torná-los capazes de gerir e
DEFINIÇÕES aproveitar oportunidades, melhorar processos e inventar negócios
Diante de tais conceitos,
entendemos que:

CONCEITOS
e
DEFINIÇÕES O EMPREENDEDOR é um exímio
identificador de oportunidades, sendo um
indivíduo curioso e atento a informações,
pois sabe que suas chances melhoram
quando seu conhecimento aumenta
A REVOLUÇÃO DO
EMPREENDEDORISMO
REVOLUÇÃO

O mundo tem passado por várias


transformações em curtos períodos de tempo,
principalmente no Século XX, quando foi criado
a maioria das invenções que revolucionaram o
estilo de vida das pessoas
1915 - Teoria da
1903 - Avião 1923 - Aparelho
Relatividade 1928 – Penicilina
motorizado televisor
(Einstein)

1943 - 1945 – Bomba 1947 - Descoberta 1957 - Sputrik, o


Algumas Computador atômica da estrutura DNA primeiro satélite
invenções e
conquistas do 1967 -
1961 – O homem 1969 – O homem
Século XX 1958 - Laser
vai ao espaço
Transplante de
coração
chega à Lua

2000-
1969 - Início da 1970 – 1997 – Primeiro Sequenciamento
Internet Microprocessador animal clonado do genoma
humano
Essas invenções são frutos de algo inédito ou de uma
nova visão de como utilizar coisas já existentes, mas que
ninguém anteriormente ousou olhar de outra maneira

REVOLUÇÃO
Os que ousam são pessoas com características
especiais, que são visionárias, que questionam, que
arriscam, que querem algo diferente, que fazem
acontecer, que empreendem
Assim, a ênfase em
Sem contar que a
EMPREENDEDORISMO
competição na
surge muito mais como
economia também força
REVOLUÇÃO consequência das
novos empresários a
mudanças tecnológicas
adotar paradigmas
e sua rapidez, e não é
diferentes
apenas um modismo
Por isso, o momento atual pode ser chamado de ERA DO
EMPREENDEDORISMO, pois são os EMPREENDEDORES que
estão eliminando barreiras comerciais e culturais, encurtando
REVOLUÇÃO distâncias, globalizando e renovando os conceitos econômicos,
criando novas relações de trabalho e novos empregos,
quebrando paradigmas e gerando riquezas para a sociedade
O EMPREENDEDORISMO
NO BRASIL
O movimento do empreendedorismo no Brasil começou a tomar
forma na década de 1990, quando entidades como SEBRAE
(Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e
SOFTEX (Sociedade Brasileira para Exportações de Software)
foram criadas.

NO BRASIL Antes disso, praticamente não se falava em empreendedorismo.

Os ambientes político e econômico do país não eram propícios, e o


empreendedor praticamente não encontrava informações para
auxiliá-lo na jornada empreendedora.
SEBRAE
O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
tem sido considerado o órgão responsável por implantar a
cultura do empreendedorismo, quer seja nas universidades,
quer seja no mercado como um todo, com o intuito de orientar
os pequenos empresários no momento da abertura de seus
negócios, bem como no desempenho de suas atividades.

Mais informações: http://www.sebrae.com.br/


SEBRAE
Foi criada com o intuito de levar as empresas de software do
país ao mercado externo, por meio de várias ações que
proporcionavam ao empresário de informática a capacitação
em gestão e tecnologia.

Mais informações: http://www.softex.br/


ATIVIDADE EMPREENDEDORA TOTAL – TEA

Estabelecido pelo GEM


(Global Entrepreneurship Monitor)
TEA
Ranking Mundial de
Empreendedorismo É um índice que mede a dinâmica
empreendedora dos países, a partir da criação
de novos negócios

É aceito como RANKING MUNDIAL DE


EMPREENDEDORISMO
TEA
Ranking Mundial de
Empreendedorismo

Percentual da população adulta (18 a 64 anos)


envolvida na criação de novos negócios
Fonte: GEM, 2015
1º Cameroon 37,37 18º Panama 17,06
2º Uganda 35,53 19º Qatar 16,38
3º Botswana 32,79 20º Uruguay 16,08
4º Ecuador 32,61 22º China 15,53
5º Peru 28,81 25º Argentina 14,41
6º Bolivia 27,40 27º United States 13,81
7º Chile 26,83 30º Canada 13,04

TEA 8º Thailand 23,30 37º United Kingdom 10,66


Ranking Mundial de 9º Burkina Faso 21,71 44º Austria 8,71
Empreendedorismo 10º Angola 21,50 53º South Africa 6,97
11º Guatemala 20,39 55º India 6,60
12º El Salvador 19,48 61º Spain 5,47
13º Jamaica 19,27 64º France 5,34
14º Mexico 18,99 65º Germany 5,27
15º Colombia 18,55 66º Russia 4,69
16º Philippines 18,38 67º Italy 4,42
Fonte: GEM, 2015 17º Brazil 17,23 69º Japan 3,83
FIM