Você está na página 1de 17

E-BOOK

AS 3
HABILIDADES
ESSENCIAIS
DO BATERISTA
POR MARCIO MIGUEL

"O guia do baterista

eficiente"

Por Marcio Miguel


APRESENTAÇÃO

Fala batera,
É com grande alegria que entrego em
suas mãos um material de profunda
reflexão, a respeito da utilização da
bateria na igreja local. 

Muito mais do que um simples e-book,


eu posso te garantir que as dicas que
você vai ler nas próximas páginas, podem
mudar radicalmente a sua maneira de
servir a equipe de louvor da sua igreja,
fazendo algo que você mais gosta:
tocando bateria.

Esse material foi desenvolvido para


bateristas iniciantes e até mesmo para
aqueles que já tocam satisfatoriamente
bem o instrumento, mas que sentem
dificuldades em aplicar sua técnica e
extrair o melhor da sua musicalidade
durante o louvor. 

Se você também sofre constantemente


com aquelas velhas críticas relacionadas
a barulho, exageros na hora de tocar,
distração, falta de criatividade e outras
dificuldades, eu tenho grandes
novidades para te contar.

Eu só tenho um pedido para te fazer ...


deixe suas 'armas de defesa' de lado, leia
essas instruções com humildade e dê
uma chance para esses conceitos em seu
coração.

Grande abraço

                                                    

                                     
         Marcio Miguel
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
____________________________________________________________________________________________________________________

QUEM SOU EU

Antes de mais nada, deixa eu me  Estudei bateria com grandes


apresentar. professores, porém foi no Conservatório
Musical de Tatuí, onde o meu
Meu nome é Marcio Miguel, nasci na aprendizado foi mais intenso.
cidade de Piratininga, SP, onde moro  
atualmente, sou casado com Michele Minha formação musical é na área de
Lira e pai de um filho maravilhoso MPB e Jazz, mas devo admitir que me
chamado Pedro, que suga bastante as aprofundei mais no estilo musical do
minhas energias (rs). Pop/Rock, por ser mais utilizado
durante os cultos em minha igreja e
Sou baterista, cristão e sirvo na equipe nos trabalhos que tive a honra de
de louvor da minha igreja desde 1990 participar.
(é possível que você nem havia
nascido ainda quando comecei, rs).
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
____________________________________________________________________________________________________________________

"AGORA MINHA MISSÃO É


COMPARTILHAR O CAMINHO QUE
APRENDI, E QUE ME FEZ SER UM
BATERISTA MAIS EFETIVO PARA
MINHA BANDA DE LOUVOR."

Muitas pessoas me conhecem por causa Não me considero o músico mais


do Ministério Vineyard. Deixa eu explicar apropriado para ensinar muita coisa à
... eu sou integrante do ministério e alguém, mas sinto que devo
participei de todos os projetos de transmitir a minha experiência
gravação desde o início. especialmente para aqueles que
querem crescer como baterista no
Você pode até nunca ter ouvido falar de ministério de louvor ... e essa área
mim, mas certamente já tocou canções modéstia parte eu posso garantir que
como 'Me derramar', 'Meu respirar', conheço bem.
'Senhor te quero, 'Reina em mim',
'Quebrantado', entre várias outras que Anote os meus contatos diretos, e
tive o privilégio de gravar tanto em CD, sempre que precisar pode me
quanto em DVD. chamar. Terei grande satisfação em te
servir.
Agora minha missão é compartilhar o
caminho que aprendi, e que me fez ser
um baterista mais efetivo para minha
banda de louvor. 

 
            _________________________________________________
 

Canal de vídeos: www.youtube.com/bateranaigreja


Fan Page: www.facebook.com/bateranaigreja
Instagram: @mwmiguel
E-mail: marciowmiguel@gmail.com  
UM BATERISTA EFICIENTE

Bom ... agora que estamos


devidamente apresentados, vamos ao
que interessa. Nesse material quero
falar a respeito das 4 habilidades que
você precisa desenvolver para ser um
baterista eficiente na sua igreja. 

Eu sempre uso essa terminologia


'baterista eficiente', porque isso te dá
condições de ser mais útil para sua
equipe de louvor, do que aqueles
bateristas tecnicamente mais
apurados do que você.

Dominando essas habilidades, eu


tenho certeza que os ministros de
louvor da sua igreja vão escolher
contar com você durante a adoração.
Você vai deixar de ser um simples
bateristas e vai passar a ser um músico
colaborador, capaz de liderar
efetivamente junto com sua banda e
não apenas tocar algumas músicas na
bateria. 

Você será essencial .. uma verdadeira


coluna de sustentação para sua
equipe. Entenda bem o que estou
querendo dizer ... jamais será algo para
causar orgulho (no sentido ruim da
palavra) em você, mas sim uma grata
satisfação de utilidade, para unir
pessoas com Deus, durante o período
musical do culto. 

isso é incrível !!! Estou com muita


expectativa para as próximas páginas.
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

NA HORA CERTA
NO LUGAR CERTO

A primeira coisa que você precisa Com essa explicação, esse material
entender de uma vez por todas, é poderia se encerrar por aqui.
que o período de louvor na sua igreja Porém, por mais simples que seja
não é apenas um momento musical, nossa função na banda de louvor,
mas também espiritual. É um nem sempre é tão fácil de
momento transformador, onde executar.
honramos, celebramos e somos
transformados através da presença O baterista que ministra na igreja
de Deus. precisa ser um músico consciente.
Muito mais do que uma técnica
Normalmente fazemos isso de apurada, o que se espera dele é o
maneira coletiva e para facilitar o bom senso e a educação musical,
envolvimento de todos, nós caso contrário por mais bem
utilizamos uma linda e acessível intencionado que ele possa ser,
ferramenta, que é a música, afinal de poderá colocar tudo a perder.
contas, pronunciar frases apoiados
em uma melodia, é uma maneira Então, o melhor a fazer nesse
muito efetiva de sincronizar a voz de momento, antes de entrar
dezenas ou centenas de pessoas, e é efetivamente nas lições, é checar
exatamente nesse ponto que entra a se você realmente tem o perfil
nossa atribuição como bateristas: nós para ser um baterista na sua igreja.
precisamos fazer a marcação rítmica,
para que todos consigam cantar em
uníssono, na mesma métrica, na
mesma velocidade e de forma
sincronizada. Pronto ... simples assim
(rs).
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

AUTO-AVALIAÇÃO

Segue abaixo algumas perguntas como auto-avaliação. Pense a respeito de


cada uma delas, e fique a vontade até mesmo para dar notas de 0 à 10, de
acordo com o seu nível de comprometimento.

1) Você tem facilidade de abrir mão do seu 'estilo musical' para tocar sempre
em função da banda e fazer somente aquilo que o líder de louvor pede?

2) Você ficaria chateado, se o líder da sua banda pedisse para você não fazer
aquela virada super legal que tanto gosta?

3) Se você fosse escalado apenas para tocar em reuniões menores (Escola


Dominical ou Cultos durante a semana), ainda assim você toparia fazer parte
da equipe de louvor?

4) Você se sente desconfortável quando precisa dividir as escalas com outros


bateristas da sua equipe?

5) Você se sente agradecido ou com raiva, quando algum líder chegar para
você e diz que precisa melhorar em determinadas áreas?

6) Você gosta de ensaiar? Se importa de ser o primeiro a chegar e o último a ir


embora?

7) Você se dedica ao estudo da bateria diariamente?

Enfim ... eu poderia te fazer dezenas de perguntas, mas quero deixar apenas
essas, para que você avaliar se esse realmente é o seu lugar. Se a maioria das
suas respostas foi positiva, então você está pronto para continuar. Vamos então
falar das 3 habilidades essenciais que todo baterista deveria dominar para
servir com excelência.
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

3 HABILIDADES ESSENCIAIS
QUE TODO BATERISTA
DEVERIA DOMINAR

1- Tocar no andamento constante


Toda canção tem um andamento, uma velocidade ideal. Aquela onde
percebemos que o arranjo se encaixa perfeitamente, onde fica confortável para
cantar e envolvente musicalmente. 

Algumas músicas quando tocadas mais lentas do que deveriam, perdem a


energia, ficam cansativas e chatas. É nessa hora que as pessoas começam a
sentar, a checar mensagens no celular, porque a música perdeu seu
engajamento.
 
O contrário também poder ser muito ruim, pois quando tocamos uma música
mais rápida do que ela deveria ser, ela também perder o seu encanto, fica com
aquela impressão ruim de ansiedade, as palavras perdem a nitidez, a própria
respiração fica ofegante e nesses casos tudo o que a gente mais deseja, é que
esse pesadelo termine o quanto antes (rs).

O baterista é a peça chave da banda para acabar com esses problemas de


andamento. Ele é o responsável por tocar todas as canções no andamento
adequado (de acordo com arranjo que está servindo de referência para sua
banda) e de maneira constante, ou seja, sem variações de velocidade no
decorrer da música.
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

 É muito comum observar bateristas que aceleram nos momentos mais fortes
da música e nas partes mais suaves, tocam com um andamento mais lento. É
certo que existem vários fatores que atrapalham o baterista de tocar com
velocidade constante como cansaço físico e o estado emocional, mas o
principal deles sem dúvida é a falta do estudo diário e familiaridade com o
metrônomo.
O metrônomo é um aparelho que
atualmente é mais encontrado no
formato de aplicativo para celular,
METRÔNOMO
que possui apenas uma função:
marcar o andamento constante.

Basta você selecionar o tipo de


compasso, o BPM (batimentos por
minutos) desejado e pronto ... ele
começará a marcar o andamento
perfeitamente, sem nenhuma
variação de velocidade. Já vi algumas
pessoas resistentes quanto ao uso do
metrônomo, afirmando que a música
fica 'presa' ou 'engessada', mas isso
somente acontece quando o baterista
e a banda ainda não se familiarizaram
com esse simples equipamento.

Deixo aqui algumas sugestão de


como você pode ir ganhando
confiança gradativamente com seu
metrônomo.

1) ESTUDE COM O METRÔNOMO


DIARIAMENTE:

Estude todos os dias com o auxílio do


metrônomo. Explore os exercícios de
técnica, coordenação, leitura, grooves
e principalmente viradas.

2) LEVE O METRÔNOMO PARA SEUS


ENSAIOS:

Depois que você se sentir seguro,


comece a usar o metrônomo em seus
ensaios com a banda. Faça uma lista
das músicas do repertório da sua
igreja e comece a anotar os bmps de
cada uma delas, usando sempre
como referência a gravação de onde
vocês  estão 'tirando' o arranjo.

Não ignore essa etapa, você pode


estar seguro e acostumado com o
metrônomo, mas nem sempre sua
banda estará também. 
3) COMECE A TOCAR NO LOUVOR
COM O METRÔNOMO
METRÔNOMO
Depois de utilizar o metrônomo com
sua banda, por algumas vezes durante
os ensaios, aí sim vocês estarão
prontos para começar a usar durante
o louvor.

O importante é começar de alguma


forma ... se não estiverem seguros para
usar durante todo o período de louvor,
comece usando em 1 ou 2 músicas,
talvez as mais fáceis e gradativamente
vai aumentando para o período todo.

Possivelmente alguns componentes


da banda (principalmente os
cantores) não vão gostar muito da
idéia de ficar com o clique no ouvido,
afinal de contas o barulho é muito
chato (rs), nesse caso eu posso sugerir
a forma como nós utilizamos aqui no
Ministério Vineyard, onde apenas o
baterista fica com o metrônomo e ele
mesmo faz a contagem para todos os
demais.

Essa, sem dúvida é a forma mais


simples de utilizar o metrônomo.

Persista nesse objetivo ... no começo é


bem provável que o resultado não
seja dos melhores, mas eu posso te
garantir que com o passar do tempo,
a qualidade musical da banda toda
irá crescer demais, somente com essa
providência.
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

DINÂMICA
2- Tocar sempre com dinâmica
A segunda habilidade que todo baterista deve desenvolver, é de tocar sempre
com dinâmica. Pense na sua respiração e nos movimentos de inspirar e
expirar o ar, que normalmente são imperceptíveis, porém essenciais para sua
sobrevivência ... na música acontece exatamente assim. Temos momentos
mais 'cheios' com muita informação e momentos mais 'vazios' onde
simplesmente deixamos a música soar, temos partes mais fortes e outras
mais suaves, são esses comportamentos que deixam a música viva e cheia de
expressões.

Não existe nada mais chato do que uma música sem novidades, e sem
comportamentos diferentes e ninguém melhor do que o baterista para reger
a dinâmica de uma música e ditar o seu comportamento. O baterista é o
músico que pode apontar as partes de uma canção com mais eficiência.

E como você interagir com a dinâmica de uma música? A grosso modo, eu


sempre penso em dinâmicas com duas variáveis:

Níveis de volume e Níveis de informação.

Geralmente na parte A ou estrofe de uma canção eu toco com o chimbal


mais fechado e com poucas figuras no bumbo e caixa. Na parte B (refrão ou
pré refrão) eu toco sempre com o chimbal um pouco mais aberto e começo a
usar um pouco mais de notas, porém sem fugir do padrão de levada,
estabelecido na parte A. Durante a parte C (estrofe) eu prefiro tocar com no
prato de condução, por ter massa sonora maior.

É claro que cada música tem o seu comportamento. O importante é o


baterista ter sempre em mente que cada música conta uma história, e como
seria chato ouvir uma história com a mesma entonação de voz, não é
mesmo? Assim também acontece na música.
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

Então, antes de tocar faça um exercício mental (rs) ... não saia tocando sem
planejar o caminho da música. Pense nas partes que irá compor a música
(introdução, estrofe, coro, solos), feche os olhos e imagine como poder ser o
gráfico de dinâmica dessa canção.

Depois que esse gráfico estiver muito claro em sua mente, pense nas
informações que você vai utilizar para criar essas diferentes sensações no
decorrer da durante a canção.

Eu sempre digo que tocar com dinâmica é muito parecido com um jogo de
cartas, onde você analisa as peças que tem em mãos e as utiliza
estratégicamente.

Sabendo as levadas que você vai usar, os momentos onde vai apontar
mudanças com uma virada e os níveis de volume que vai promover, fica
muito fácil deixar a música interessante do começo ao fim. Você
simplesmente vai 'jogando as cartas na mesa', no momento certo.

Lembre-se ... música é emoção. Nunca toque uma canção mecanicamente.


Coloque sempre a sua marca, sua expressão e o seu coração em cada
compasso da canção.

Pode ter certeza que uma música tocada no andamento correto e


explorando as diferentes sensações, o resultado será incrivelmente bom!!! 

Perceba que tudo que disse até agora não está relacionado com técnicas,
dessa forma qualquer baterista pode colocar em prática esses conceitos,
independente do seu nível técnico. Tudo está relacionado à maturidade e
bom senso musical.
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

SONORIDADE
3- Explorar sua sonoridade

Finalizando esse breve material de reflexão, eu não posso deixar de falar a


respeito de algo tão importante e tão desprezado que é a sonoridade.

Se você prestar atenção em um músico americano e um brasileiro,


facilmente vai perceber a diferença no resultado sonoro. Nós brasileiros
somos habituados a tocar com swing, com desprendimento e não damos
a mesma importância para o timbre. A escola americana e européia
prioriza a qualidade sonora e o timbre do músico. Não é uma questão de
falar quem é melhor ou pior, é apenas uma constatação. Eu gosto e
aprecio as duas maneiras.

Mas é muito importante se atentar para a qualidade do seu som e


desenvolver o seu timbre. Eu fico muito decepcionado quando visito
outras igrejas pelo Brasil para ministrar com a Vineyard e vejo o estado de
conservação das baterias na grande maioria das igrejas brasileiras. Quase
todas com parafusos danificados, aros tortos, oxidação, peles velhas, pratos
de baixíssima qualidade, etc. 

Muitas vezes é mais fácil se esconder atrás da desculpa de que não tem
dinheiro para fazer a manutenção do instrumento, porém já cansei de ver
várias baterias encostadas nos porões das igrejas, simplesmente porque
estavam 'velhas' e resolveram comprar uma nova bateria (rs).

Bom ... o ponto aqui é: o que você pode fazer para extrair o melhor som do
seu instrumento, independente da qualidade dele?
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

Então vamos lá:

1) Pratique diariamente exercícios de rudimentos como single, dobble e


paradiddles, esses exercícios vão te condicionar a tocar levadas difíceis com
muita naturalidade, a ponto de tocar de maneira suave e com isso evitar
aquela grande reclamação de que o baterista toca muito alto. Procure um
professor capacitado para te ensinar esses rudimentos e comece a praticar o
quanto antes. Sem esse tipo de estudo, é praticamente impossível extrair um
bom som da bateria. 

2) Pense em adquirir instrumentos de qualidade superior. Eu entendo


perfeitamente a dificuldade financeira, minha primeira bateria (Pinguim) eu
consegui comprar com muito sacrifício quando já tinha meus 22 anos de
idade, eu sei que não é facil, mas meu ponto aqui é: se você tem 4 ou 5 pratos
intermediários, pense na possibilidade de vender todos eles, para priorizar a
compra de 2 bons pratos.

Se você vai começar a montar o seu kit agora, priorize a compra de um


chimbal (porque você vai usar praticamente a música toda), depois compre
um prato de ataque e por último um prato de condução ... vá mais devagar,
mas compre equipamentos de boa qualidade, isso vai interferir demais na
sonoridade.

3) Jamais permita parafusos danificados ou oxidados em sua bateria, eles


prejudicam demais a afinação. Desmonte seu instrumentos e faça uma
limpeza profunda com lubrificação das canoas e correntes, a cada 6 meses
(mais ou menos).

4) Invista num bom jogo de pele: Troque as peles da sua bateria


periodicamente. Um bom jogo de pele vai evitar aquele monte de fita crepe
tentando controlar a afinação da bateria. Acredite em mim ... uma boa pele,
afinada corretamente não precisa de fitas e outros utensílios para deixar o
som melhor.
AS 3 HABILIDADES ESSENCIAIS DO BATERISTA
_________________________________________________________________________________________________________________

OBRIGADO!!

Finalizando esse material, quero apenas te cumprimentar pelo serviço


prestado na sua igreja. Eu sei muito bem como é a vida de um músico
dedicado à igreja local.

Eu sei que você provavelmente sacrifica o seu sábado a tarde para ensaiar e
tentar fazer o seu melhor para Deus. Eu sei que você investe grana do seu
bolso para fazer aulas, comprar baquetas, equipamentos e eu sei que você é
um apaixonado por bateria.

Vai por mim ... músico só muda de endereço, tenho certeza que se a gente
se encontrar, rapidamente vai rolar uma forte identificação e vamos ficar
horas falando a respeito de bateria. 

O meu último conselho para você é: fique sempre preparado. As


oportunidades vão chegar e se você não estiver pronto, elas passam e não
voltam mais. Seja fiel no pouco. Não importa o tamanho da sua igreja, em
quantas pessoas estão te vendo tocar, qual a marca de instrumento você
está usando, o que realmente importa é a motivação do seu coração, aquilo
que somente você e Deus pode ver.

Se você tem certeza que o Ministério de Louvor é o seu lugar, então é a hora
de colocar a mão na massa e direcionar toda a sua energia para fazer bem
feito. Não se renda às objeções, faça sempre o seu melhor, sabendo que o
Senhor Jesus no momento certo vai te recompensar muito mais do que
qualquer pessoa poderia fazer.

Fica aqui o meu abraço e a minha amizade. Gostaria muito de receber o seu
feedback a respeito dessas dicas.

Conte comigo sempre.

Deus te abençoe
www.bateranaigreja.com.br