Você está na página 1de 47

MANUAL DE MANUTENÇÃO, OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

PLATAFORMA ELEVATÓRIA VEICULAR


MODELO AUR 1300
MANUAL DE MANUTENÇÃO, OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO.
ABNT

A Ortobras emprega todos os seus esforços para obter um produto de alta qualidade:
durável, confortável, prático, seguro e de bom acabamento. As normas de segurança na
operação do equipamento, de modo geral, devem ser observadas com rigor e disciplina.

Esta plataforma foi projetada para acessibilidade de pessoas com necessidades especiais,
em veículos com características urbanas para o transporte coletivo de passageiros, em
conformidade com os preceitos da Norma Técnica ABNT NBR 15646:2009.

Antes de manusear este equipamento, é indispensável ler este manual e seguir os


procedimentos nele recomendados. Desta forma, será obtido um entendimento completo de
sua instalação, funcionamento e da operação.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 2
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
ÍNDICE:

1- ESPECIFICAÇÕES 04
2- IDENTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA 05
3- SISTEMA HIDRÁULICO 07
4- CIRCUITO HIDRÁULICO 08
5- ACIONAMENTO MANUAL DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA 09
6- ÓLEOS RECOMENDADOS PARA USO EM UNIDADE HIDRÁULICA 09
7- SISTEMA ELÉTRICO 10
8- FUNCIONAMENTO DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA 11
9- INSTRUÇÕES PARA OPERAÇÃO DA PLATAFORMA 12
10- MANUTENÇÃO DO EQUIPAMENTO 13
11- LUBRIFICAÇÃO 13
12- MANUTENÇÃO DA CINTA DE TRAÇÃO 15
13- MANUTENÇÃO DO FECHAMENTO DO VÃO TRASEIRO DO DEGRAU 17
14- COLOCAÇÃO DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA EM FUNCIONAMENTO 18
15- TESTES PARA COLOCAÇÃO DO EQUIPAMENTO EM FUNCIONAMENTO 21
16- GARANTIA 22
17- CESSAÇÃO DA GARANTIA 23
18- DIAGNÓSTICO ANALÍTICO DE FALHAS E SOLUÇÕES 24
19- ENSAIOS NORMATIVOS A SEREM REALIZADOS 25
20- INSPEÇÕES EXCEPCIONAIS E REPAROS IMPORTANTES 26
21- MANUAL DE OPERAÇÃO 27
22- MANUAL DE INSTALAÇÃO 28
23- CONTROLE DE INSTALAÇÃO 33
24- VISTAS DAS PEÇAS DE REPOSIÇÃO 34

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 3
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
1. ESPECIFICAÇÕES:

Acionamento: Eletro-Hidráulico

Automática - tipo escada 3 degraus - botoeira de


Operação: comando com botões de pressão constante
Em operação: 2500 N
Capacidade de carga: Em posição de escada: 5000 N/m²
Velocidade de subida: 0,08 m/seg.
Velocidade de descida: 0,1 m/seg.
Pega mão: Ø 32 mm
Peso aproximado: 210 kg.
Dimensões da plataforma
- Largura: 800 mm (figura 1.1)
- Comprimento: 1000 mm (figura 1.2)
Distância entre degraus: 120/300 mm (dependendo da carroceria)
Tensão: 12 ou 24vcc
Descida: Ação da gravidade controlada
Parada nível superior: Automática por ação do limite de percurso
Parada nível inferior: A plataforma pára no primeiro obstáculo (calçada
ou nível da rua).
Tempo total de transformação
Escada/plataforma/escada: 45 segundos.
Rampa frontal acionada: 85 mm de altura.

Percurso: 1100 mm

Figura 1.1 Figura 1.2

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 4
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
2. IDENTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA

ITEM COMPONENTE
01 Base fixa da plataforma
02 Plataforma móvel
03 Degrau superior da plataforma
04 Carro da plataforma móvel
05 Rampa trava da cadeira
06 Rampa frontal
07 Unidade hidráulica
08 Aba lateral
09 Pega mão da plataforma
10 Fechamento das torres da base fixa
11 Sinal luminoso
12 Degrau inferior da plataforma
13 Botoeira de comando

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 5
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
FUNÇÃO DOS COMPONENTES

1. Base fixa da plataforma – Tem a função de fixar a plataforma no chassi do ônibus e dar
sustentação ao conjunto da plataforma móvel.
2. Plataforma móvel – Serve como base da mesa que sustenta o usuário, tem a função de subir
e descer para embarque ou desembarque quando acionada.
3. Degraus da plataforma – Quando a plataforma estiver em posição de escada os degraus
servem para acesso dos passageiros para entrar ou sair do ônibus.
4. Carro da plataforma móvel – Quando acionado o mesmo amplia a área da plataforma móvel
para que o usuário tenha mais espaço.
5. Rampa trava da cadeira – Tem a função de travar a cadeira de rodas para que a mesma não
caia da plataforma em movimento.
6. Rampa frontal – Tem a função de proteger o carro quando o mesmo estiver dentro da
plataforma móvel para que não entre sujeira. Quando o carro estiver aberto a mesma auxilia
como rampa para cadeira de rodas.
7. Unidade hidráulica – Fornece a energia ao sistema óleo dinâmico afim de que possam ser
possíveis as operações da plataforma.
8. Aba lateral – O dispositivo impede que a cadeira de rodas caia pelas laterais da plataforma.
9. Pega mão da plataforma – Serve de apoio ao equilíbrio do usuário da plataforma quando a
mesma estiver em posição de funcionamento. É a segurança do usuário quando o mesmo
estiver sobre a plataforma em movimento.
10. Fechamento das torres da base fixa – Tem a função de fechar a parte superior das torres
fixas.
11. Sinal luminoso – Sinal visual de alerta indicando que a plataforma está em funcionamento.
12. Descrição idem item 3.
13. Botoeira de comando – Tem a função de comandar eletricamente os movimentos da
plataforma através de pressão manual exercida nos botões de comando – SOBE – FECHA-
DESCE.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 6
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
3. SISTEMA HIDRÁULICO
Unidade Hidráulica automática

Dados Técnicos:
Pressão de trabalho: 90 bar.
Vazão da bomba: 1,1 LPM.
Potência do motor: 1200 w.
Tensão das bobinas: 24 Vcc.
Rosca das tomadas X1 à X4: 1/4″ NPT.

Item Código Descrição


A V4D (20015314) Válvula direcional
B CVE 0 (20015330) Válvula de retenção
C VRC3 (20015332) Válvula de retenção
D RVD 0 (20015222) Válvula de pressão
E CRP-08NC-E-M (20015176) Válvula de assento
F G0853 Bloco Manifold
G MCZ07 (20014260 24 v) Motor elétrico Iskra
(20014269 12 v)
H E-11-E (20015333) Bomba de engrenagens
I MCRFR503546 (20015331) Filtro de sucção
J STF-14 (20015244) Giclê compensado
K BME-06 (20015324) Bomba manual
L G0986 (20015334) Vedação.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 7
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
4. CIRCUITO HIDRÁULICO

ITEM DESCRIÇÃO CÓDIGO DO FORNECEDOR


G Motor 12 v MCY07/COD-11.212.619
Motor 24 v MCX05/COD-11.212.621
L Visor de Nível Óleo/Suspiro (tampão) SPB-51
I Filtro de Sucção FTS06
A Válvula direcional - Aciona a plataforma VSD03-16-E-M
B2, Válvula de Retenção CVE-0
B1
B, Válvula de Retenção VRC3
F Reservatório 5 litros 70599512035
C Válvula de Pressão RVD-0
K Bomba manual BME-11L
D Válvula de Assento – Aciona a descida CRP-08NC-E-M
E Flange de Ligação G0524
H Bomba de Engrenagens E 11 E
J Giclê compensado STF-14
M Manômetro -

Mangueiras:
Diâmetro mínimo Ø1/4”
Pressão máxima de trabalho: 22,5 Mpa/3270 PSI

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 8
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
5. ACIONAMENTO MANUAL DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA

5.1- Unidade hidráulica automática.

Procedimento para acionamento manual da unidade hidráulica:


Quando houver falha no sistema elétrico a plataforma elevatória poderá ser acionada através
de bomba manual existente na unidade hidráulica, na seguinte sequência.
1- Para abrir e subir a plataforma use a alavanca (A) e acione a bomba manual.
2- Para baixar a plataforma abra a válvula de assento (B) girando o pino no sentido anti-
horário. Após realizar este procedimento gire o pino no sentido horário para fechar.
3- Para recolher a plataforma móvel que está avançada para fora do veículo, acione a alavanca
(A) e ao mesmo tempo pressione o pino da válvula direcional (C) mantendo-o assim até fechar
completamente a plataforma. Use o pino que acompanha a unidade para pressionar o pino da
válvula.
4- Para a plataforma retornar a posição de degrau, repita a operação nº 2.

ÓLEO HIDRÁULICO.
Para o correto funcionamento da plataforma é recomendada a utilização de óleo hidráulico de
primeira linha. A viscosidade deverá ser 46 SAE.
O óleo deverá sempre estar no nível máximo marcado na vareta e seu estado deverá ser
inspecionado a cada 500 ciclos ou mensalmente. Se o nível houver baixado deverá ser
completado com óleo das marcas recomendadas na lista que segue.
Na inspeção visual pode-se detectar a necessidade de troca de óleo, se houver. A substituição
total deve ser feita quando se observar que o mesmo deixou de ser transparente tendo ficado
turvo (escurecido e/ou opaco).

6. ÓLEOS RECOMENDADOS PARA USO EM UNIDADE HIDRÁULICA


MARCA TIPO
Agena Agefluid AW 785/46
Castrol Hypsin AWS 46
Esso Nuto H 46
Ipiranga Ipitur AW 46
Maris Hillus AW 46
Micro Química Microfluid AW 46
Petrobrás Lubrax Industrial HR-46-EP
Rocol HO 46
Shell Tellus 46
Texaco Rando HD 46
Poderão ser utilizados óleos sintéticos ou outros de procedência conhecida.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 9
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
7. SISTEMA ELÉTRICO
Sistema negativo de habilitação do elevador (conector n° 4)

LEGENDA:

ITEM DESCRIÇÃO
1 Central elétrica
2 Fim de curso superior
3 Fim de curso da plataforma
4 Habilita elevador
5 Fim de curso lateral
6 Sinal luminoso lado esquerdo
7 Sinal luminoso lado direito
8 Relé auxiliar

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 10
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
Item Código
1 Entrada positiva para a central elétrica
2 Saída positiva para fim de curso LL
3 Sinal positivo SOBE
4 Sinal positivo DESCE para válvula de assento
5 Sinal positivo FECHA para fim de curso LF
6 Saída positiva para bobina da válvula direcional
7 Recebe sinal FECHA fim de curso LF
8 Saída positiva para fim de curso LS
9 Alimentação positiva relé
10 Entrada positiva para fim de curso LF
11 Saída positiva do fim de curso LF para fim de curso LS
12 Saída positiva do fim de curso LF
13 Entrada positiva do fim de curso LF
14 Saída positiva para acionamento do relé auxiliar
15 Entrada negativa que habilita o funcionamento do elevador
16 Saída positiva para alarme
17 Entrada positiva para fim de curso LL
18 Saída positiva para fim de curso LF
19 Saída positiva do fim de curso LL
20 Saída positiva para sinal luminoso
21 Entrada positiva para sinal luminoso
22 Saída positiva para sinal luminoso
23 Entrada negativa para sinal luminoso
24 Saída negativa para relé e bobinas
25 Entrada positiva para sinal luminoso
26 Saída positiva para conector 4
27 Entrada negativa para sinal luminoso
28 Saída negativa para sinal luminoso
29 Entrada negativa alimentação
30 Saída negativa alimentação
31 Entrada positiva relé auxiliar
32 Entrada negativa relé auxiliar

8. FUNCIONAMENTO DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA

O funcionamento da plataforma elevatória é baseado na pressão exercida por óleo hidráulico.


A unidade hidráulica de potência que contém uma bomba hidráulica, acionada por um motor
elétrico.
Quando o sistema opera, é injetado óleo em um circuito de canalizações ligadas entre a
unidade hidráulica e os pistões de modo que estes se movimentem e realizem os movimentos
elevatórios da plataforma.
Os movimentos de descida em geral são feitos pela ação da descarga do óleo no reservatório,
causada pela ação da gravidade.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 11
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
9. INSTRUÇÕES PARA OPERAÇÃO DA PLATAFORMA

Considerando como inicial da plataforma, a posição de escada, a sequência de operações é a


seguinte:

01) Habilite o funcionamento da botoeira da


plataforma, introduzindo e girando a
chave no contato para a posição “ON”.

02) Com a BOTOEIRA pressione o botão


“SOBE” até que o equipamento atinja o
nível do assoalho onde irá parar
automaticamente.

03) Pressione o botão DESCE e a plataforma


descerá pelo próprio peso até o nível da
parada inferior.

04) Pressione o botão FECHA até que a rampa


trava libere a passagem para a cadeira de
rodas.

05) Oriente a entrada do usuário na


plataforma. Se estiver usando cadeira de
rodas deverá ser instruído conforme
descrito no adesivo, a subir na plataforma
DE RÉ e a posicionar-se no CENTRO da
plataforma para que a trava da cadeira
possa ser acionada.

06) Verifique a posição do usuário sobre a


plataforma e repita a operação n.º 02; A
cadeira deverá estar travada ou se for de
acionamento elétrico, desligada.

07) Oriente e ajude o passageiro na saída da


plataforma, caso seja necessário.

08) Verifique para que não haja mais de uma


pessoa sobre a plataforma.

09) Pressione o botão FECHA até o


fechamento da mesma no nível superior.

10) Pressione o botão DESCE para a


plataforma voltar automaticamente para a
posição de escada.

OBS: Caso seja necessário parar o movimento da


plataforma, basta deixar de premer o botão que
está sendo acionado.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 12
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
10. MANUTENÇÃO DO EQUIPAMENTO
Com o uso contínuo do equipamento é necessário realizar manutenção preventiva e lubrificar
a plataforma elevatória periodicamente. Com base numa estimativa de 20 (vinte) operações
por dia, recomendamos que a manutenção preventiva periódica completa fosse realizada a
cada 500 (quinhentos) ciclos.
- Limpeza – lavar toda plataforma com detergente e água sob pressão;
- Lubrificar as graxeiras do degrau uma vez por semana – ver imagens seguintes;
- Abrir a chapa fechamento da plataforma, lavar e lubrificar graxeira do acionador da rampa e
do eixo do gatilho de acionamento do degrau, a cada 30 dias (500 ciclos) – Ver imagens;
- Verificar o funcionamento do gatilho de acionamento do degrau;
- Verificar o funcionamento da trava do degrau - ver imagens;
- Verificar nível do óleo hidráulico – o óleo deve estar no nível máximo da vareta com a
plataforma na posição inferior;
- Verificar o funcionamento da rampa trava da cadeira.
11. LUBRIFICAÇÃO
● Lubrificação do acionador da rampa trava da cadeira (figura 11.1) e lubrificação do eixo do
gatilho (figura 11.2).

Figura 11.1 Figura 11.2

● Lubrificar utilizando pincel e graxa nas guias da plataforma elevatória automática conforme
indicado pela seta na figura 11.3.

Figura 11.3 - A seta indica a guia da plataforma.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 13
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
● Lubrificação das dobradiças, plataforma automática conforme mostrado na figura 11.4.
Obs: Lubrificar os três pinos existentes no degrau.

Figura 11.4-Indicação dos pinos de dobradiça do degrau superior

Figura 11.5- Indicação dos pinos de dobradiça do degrau inferior

Na manutenção preventiva a cada 500 ciclos, se deve fazer o reaperto do sistema hidráulico,
nas mangueiras, válvulas, bomba manual, e na fixação do conjunto. Limpeza e lubrificação das
partes móveis (degrau, rampa trava, carrinho e colunas), além disso, deve-se observar se a
plataforma está se movimentando suavemente nos dois sentidos de seu percurso (verificar
para que não haja bloqueio à sua passagem pela coluna).
Também manter o nível de óleo sempre na marca de máximo, que deve ser verificado com a
plataforma no nível do piso e a base retraída. Troque o óleo e o filtro da unidade a cada 12
meses desde a instalação da plataforma ou a cada 5.000 ciclos. No caso de ruptura de
mangueiras ou cabos elétricos, estes devem sempre ser substituídos completamente. Reparos
ou consertos nestas peças atentam contra a segurança de funcionamento.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 14
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
Obs.: Sempre que forem realizados serviços de troca ou apertos em mangueiras ou na unidade
de acionamento hidráulico, antes a plataforma deve ser baixada até o piso e nele ficar apoiada
de forma a que a pressão no circuito hidráulico seja nula e não possa ocasionar acidentes.
Os pontos lacrados existentes na plataforma somente poderão ser acessados por técnicos
habilitados pela fábrica.

12. MANUTENÇÃO DA CINTA DE TRAÇÃO


As cintas de tração são componentes que estão localizados em cada torre da plataforma de
elevação veicular. Sua finalidade é de transferir o movimento dos pistões para a torre,
possibilitando a elevação e o abaixamento da plataforma móvel. Sua inspeção deve ser feita a
cada 750 ciclos.

Figura 12.1- Indicação da cinta de tração.

● As cintas de tração estão no interior do fechamento superior da torre mostrada na figura


12.2.

Figura 12.2- Indicação do fechamento da torre.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 15
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
● O fechamento superior pode ser removido para a cinta ficar à mostra.

Figura 12.3- Indicação do fechamento superior da torre.

Condenação:
A cinta de tração deve ser condenada quando:
a) Apresentar desgaste nas bordas laterais;
b) Apresentar desfiamento dos fios de nylon do seu trançado;
c) Quando houver ruptura nas faces, interna ou externa da cinta;
d) Verificar o desgaste da cinta na posição onde estão localizados os pinos de fixação. Havendo
qualquer dos danos acima citados durante a inspeção, a cinta deverá ser totalmente
substituída. Nesta substituição é recomendado que seja substituído também o esticador da
cinta, pinos e contra pinos.

REGULAGEM DE ALTURA DA PLATAFORMA


Regula-se a altura da plataforma para que a mesma fique nivelada com o piso interno do
veículo.
Obs.: O equipamento sai da fábrica com as regulagens exatas (conforme pedido do cliente).
Em caso de necessitar alguma regulagem de altura na parte superior para ficar nivelada com o
piso, deve-se:
a) Para que a plataforma suba, deve-se encurtar o cinto (apertando a porca);
b) Para que a plataforma desça, deve-se alongar o cinto (afrouxar a porca).
Obs: Verificar se os dois lados da plataforma ficaram alinhados com o piso do ônibus.

Figura 12.4 - Indicação das porcas de regulagem de altura

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 16
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
13. MANUTENÇÃO DO FECHAMENTO DO VÃO TRASEIRO DO DEGRAU
● A seta na figura 13.1 indica o fechamento do vão traseiro do degrau.

Figura 13.1- Indicação do fechamento do vão traseiro.

● As corrediças guias do deslizamento da placa (indicadas na figura 13.2) devem ser mantidas
limpas. Devem ser examinadas semanalmente.

Figura 13.2- Indicação das corrediças guias do deslizamento da placa.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 17
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
● Os tubos guias e as molas (indicação na figura 13.3) devem ser mantidas livres e limpas,
permitindo a subida e a descida do protetor.

Figura 13.3- Indicação das molas e tubos guia.

14. COLOCAÇÃO DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA EM FUNCIONAMENTO


Na Inspeção verificar:
- Se a plataforma sobe e desce com suavidade;
- Se a rampa trava abre e fecha normalmente;
- Se a rampa trava da cadeira libera quando acionada;
- Se o conjunto do motor e da unidade hidráulica está limpo e seco;
- Se o sistema de segurança das portas do ônibus esta ligado;
- Se a plataforma elevatória só funciona com as portas do ônibus abertas;
- Se a vedação entre a plataforma elevatória e a base está em boas condições;
- Se o degrau esta travando na posição vertical;
- Se a limpeza geral do equipamento é boa;
- Se o fechamento do degrau sobe e desce livremente;
- Se os adesivos de instrução estão em bom estado de conservação.

Adesivos de instrução

Figura 14.1- Adesivos de segurança usados nos elevadores.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 18
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
● Indicação da rampa trava da cadeira.

Figura 14.2- A seta indica a rampa trava da cadeira.

● Plataforma Elevatória em posição de escada.

Figura 14.3

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 19
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
● Parada da Plataforma Elevatória no nível superior. A seta mostra o alinhamento da
plataforma com o assoalho do veículo.

Figura 14.4- Indicação do alinhamento da plataforma e assoalho

● Parada da Plataforma Elevatória no nível inferior. A plataforma pára no primeiro obstáculo


encontrado, transferindo apenas o peso próprio e a carga.

Figura 14.5- Indicação da plataforma em posição de solo.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 20
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
15. TESTES PARA COLOCAÇÃO DO EQUIPAMENTO EM FUNCIONAMENTO
Antes de realizar os procedimentos para o teste da plataforma elevatória é importante
ler as informações abaixo para que todos os procedimentos sejam realizados com segurança e
possam deixar o equipamento em condições normais de funcionamento.
As plataformas elevatórias permitem a tripla utilização da mesma porta:
a) como escada para embarque de passageiros sem necessidades especiais;
b) como plataforma para elevação e abaixamento de usuários em cadeira de rodas;
c) como plataforma para elevação e abaixamento de usuários com mobilidade reduzida.
As plataformas elevatórias funcionam somente quando o botão de pressão constante do
comando está premido e realiza estas operações combinando dois movimentos, um vertical e
o outro horizontal, ambos são comandados hidraulicamente através do acionamento da
botoeira de comando. Na plataforma semiautomática a abertura do avanço da parte móvel é
feita manualmente. A continuidade da velocidade de descida é obtida pela existência de
orifícios calibrados dentro do circuito hidráulico.
A plataforma está preparada com um sistema de travamento das rodas o qual evita que
a cadeira de rodas avance para fora da mesa, involuntariamente.
Procedimentos de segurança
- Segurando a botoeira de comando, antes de acionar a plataforma, o operador deve
posicionar-se de frente para a mesma, com plena visão do equipamento e arredores.
- Certificar-se que não existem objetos ou pessoas que obstruam o movimento da plataforma
elevatória.
- Nunca recolher a plataforma havendo pessoas sobre a mesa.
- Orientar o usuário para manter sua cadeira de rodas freada e segurar-se no pega mão
existente antes de movimentar a plataforma. Se a cadeira for do tipo motorizado a mesma
deverá ter seu acionamento desligado para segurança da operação.
- O usuário que se utilizará da plataforma deverá posicionar-se sobre a mesa na marcação do
local de permanência e segurar-se no pega mão, enquanto a plataforma estiver em
movimento.
- Quando o usuário se encontra no interior do veículo e deseja descer utilizando o elevador,
deverá ser orientado para entrar na plataforma SEMPRE DE COSTAS PARA O INTERIOR DO
VEÍCULO se estiver utilizando cadeira de rodas e SEMPRE DE FRENTE PARA O INTERIOR DO
VEÍCULO, se estiver locomovendo-se sem cadeira de rodas.
Nota: A plataforma elevatória deve ser operada por pessoa habilitada, considerando-se como
habilitada a pessoa que tiver recebido treinamento diretamente da empresa fabricante ou por
multiplicadores por ela certificados. O operador habilitado deverá sempre ter total
possibilidade de contato visual e verbal com o usuário. Recomendamos que, durante a
operação, o operador situe-se no lado de fora do veículo e de frente para a plataforma.
Controles de segurança
- Sensores de segurança param automaticamente a plataforma nos extremos de subida e
recolhimento da plataforma auxiliar na automática.
- Sensores de segurança disparam um alerta através de um sinal visual e sonoro.
- A unidade hidráulica de acionamento, possui uma válvula de retenção que evita a descida da
plataforma se o motor for desligado.
- A unidade hidráulica de acionamento possui circuito elétrico para conexão na carroceria, o
que impossibilita o funcionamento da plataforma com a porta fechada.
- Caso exista qualquer falha no sistema elétrico ou hidráulico, uma válvula de descida pode ser
acionada manualmente.
- Caso exista qualquer falha nos circuitos elétricos, uma bomba manual, existente sob a
proteção da unidade hidráulica, pode ser acionada e movimentar a plataforma sem
necessidade de energia elétrica.
Obs.: Caso algum componente apresentar defeito que impeça seu funcionamento, este deverá
ser encaminhado para a Ortobras, fabricante do equipamento, com o respectivo pedido de
substituição.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 21
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
16. GARANTIA
As plataformas elevatórias veiculares fabricadas pela Ortobras têm prazos de garantia
conforme descrito a seguir:
1 - O prazo da garantia fornecida pela Ortobras, é de 1 (um) ano a partir da data de instalação.
A garantia consistirá em reparos e/ou substituições de peças e componentes que
apresentarem falhas ou defeitos de fabricação, transporte ou instalação. A decisão sobre a
substituição ou reparo das partes defeituosas será tomada segundo critérios técnicos. A
garantia não inclui o desgaste normal do equipamento, os defeitos ocasionados pela não
observação das normas técnicas, os serviços de manutenção e a forma de operação do
equipamento.
Esta garantia cobre os defeitos ocorridos em condições de uso normal do equipamento, com
reparo ou reposição das partes inutilizadas ou danificadas, não estando incluídas despesas
com frete, estadias ou despesas de viagem dos técnicos para a manutenção dos mesmos;
2 - Equipamentos de transporte vertical são engenhos eletromecânicos hidráulicos, que
exigem manutenção constante e adequada, ainda que não estejam em funcionamento.
3 - A manutenção dos equipamentos demanda a utilização de lubrificantes e peças de
reposição de características originais e o emprego de mão de obra adequadamente treinada e
de habilitação comprovada.
4 - Os equipamentos são fabricados para o uso nas condições normais de ambiente (salvo
especificado de forma diferente) e para serem movimentados pela energia elétrica prevista
para o seu uso.
5 - O equipamento deve ser utilizado de acordo com as suas características e orientações
normalizadas.
6 - Por razões técnicas e de segurança deve ser evitado o manuseio do equipamento por
qualquer pessoa, inclusive pessoal do Comprador, não treinado.
7 - O Comprador tem inteiro conhecimento dos manuais padrões fornecido pelo Vendedor e
se obriga a cumprir todos os itens relativos à conservação e precauções com segurança,
prescritas nestes manuais, durante o período de garantia e após, mesmo que os equipamentos
estejam paralisados. A qualquer tempo em que o requisitar, o Comprador receberá outras
cópias gratuitas deste contrato e das orientações nele descritas.
8 - O Comprador está ciente de que o equipamento objeto deste Contrato contém
componentes importados.
9 - O Comprador tem conhecimento de que a entrega do equipamento para operação está
condicionada a inspeção normalizada que deverá ser feita pelo Vendedor, à assinatura do
Termo de Aceitação da Instalação e da existência de comprovação de treinamento do pessoal
que irá operar o equipamento.
10 - Comprador tem conhecimento que estão disponíveis os serviços de manutenção do
fabricante.
11 - A mão-de-obra de garantia é de 180 dias;
12 - Quando for constatado o problema, o cliente deverá imediatamente entrar em contato
com a Assistência técnica autorizada mais próxima para solicitação da garantia;
13 - Esta garantia não será aplicável se:
- O equipamento ou parte dele for atingido por acidente com o veiculo;
- O equipamento ou parte dele tenha sido modificado ou impropriamente manuseado;
- Forem utilizadas peças ou componentes não originais Ortobras;
- For constatado uso indevido ou ação predatória.
14 - Os componentes elétricos que sofrem desgaste tais como: motor, relé, botoeira, fusível e
contatos, terão garantia de 180 dias no caso de defeitos de fabricação ou de instalação;

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 22
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
15 - O cliente deverá fornecer apoio em termos de local e instalações para execução dos
serviços de garantia.

17. CESSAÇÃO DA GARANTIA


A garantia cessará sempre que os defeitos ou desgastes anormais não decorram
especificamente de defeitos de fabricação e/ou instalação, ou, ainda:
● Decorram de negligência, atos de vandalismo, uso inapropriado ou em desacordo com as
recomendações da Ortobras;
● Ausência de manutenção recomendada;
● Manutenção fora das características da manutenção original, recomendada neste manual;
● Utilização de peças não originais;
● Condições anormais de ambiente, tais como temperatura excessiva, excesso de umidade,
poeira, gases, sol direto, chuvas e enchentes;
● Se parte ou a totalidade dos materiais, antes de sua instalação, ficarem depositados em local
inapropriado e sujeitos a ação danosa de intempéries daí advindo danos ao equipamento de
forma que se torne impróprio para uso seguro.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 23
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
18. DIAGNÓSTICO ANALÍTICO DE FALHAS E SOLUÇÕES
Defeito Motivo Ação
- Medir tensão nos cabos de alimentação do motor da unidade hidráulica - tensão maior
-Sem tensão nos cabos que 21 volts se for 24 volts e acima de 10 volts se for 12 volts.
de alimentação do motor
- Se não houver tensão, verificar fusível de 100 A próximo da bateria - ou se os cabos
estão frouxos na bateria.
- Medir tensão nos cabos vermelho e preto - acima de 21 volts
- Verificar se falta negativo ou positivo nos fios vermelho e preto.
-Sem tensão nos fios vermelho e preto da - Verificar se o fusível de 10 A não está queimado
central elétrica - Verificar se os fios estão bem presos nos conectores
-Sem tensão de negativo vindo do sistema de - Verificar se está chegando tensão no fio preto (conector 4) ou borne da barra sindal.
porta (conector 4) - Fazer um “jumper” do negativo da bateria para o conector 4 fio preto ao lado do
vermelho ou (borne 4 da barra sindal).
- Medir se está tendo tensão positiva no fio laranja - colocar a ponteira do multímetro
vermelho no fio laranja e a outra ponteira no negativo de bateria e apertar o botão
-Sem tensão positivo no fio laranja da central sobe.
elétrica - Se não houver tensão verificar o cabo de saída da central elétrica ou verificar os
botões controle (trocar central ou controle)
Elevador não -Verificar fim de curso superior - Verificar se o fim de curso superior não está acionado e também verificar continuidade
sobe dos fios do fim de curso no conector 22 (laranja/branco).
- Verificar se está chegando tensão positivo no fio branco do relé - maior que 21 volts.
-Relé IK de 24 Vcc defeituoso Tem que acionar o botão sobe.
- Verificar se está chegando tensão negativa no fio preto do relé - maior que 21 volts
- Motor queimado - Fazer um “jumper” do positivo da bateria para o cabo vermelho preso no motor. Se
não girar o motor está defeituoso ou preso.
- Nível do óleo baixo - Verificar o nível de óleo - correto acima do meio do reservatório. Completar se
necessário.
-Cinta de tração arrebentada - Verificar se a cinta de tração não está solta do pino trava ou arrebentada.
-Algum mangote furado - Verificar se não há vazamentos de óleo em algum mangote de óleo.
- Controle defeituoso - Checar botão sobe - fios arrebentados. Solda fria na placa eletrônica ou no botão.
-Sem tensão na tomada de descida - Verificar se há tensão no fio azul com fio preto da tomada - colocar a ponteira
vermelha no fio azul e a preta no fio preto e apertar o botão desce (tensão deve ser
maior que 21 volts)
-Retirar a bobina da válvula e colocar uma chave de fenda dentro do furo e apertar o
-Bobina da válvula de descida queimada botão desce - se não imantar a chave de fenda, bobina queimada. Caso persista a falha,
Elevador não desce troque a bobina.
-Gatilho agarrando no degrau -Verificar se o gatilho não está agarrando na aba do degrau quando desce a plataforma.
-Botão de descida do controle defeituoso -Medir continuidade nos contatos do botão desce.
-Fio do controle arrebentado -Medir continuidade em todos os fios de saída do controle.
-Fio de saída da central elétrica Mike -Medir continuidade em todos os fios de saída da central elétrica.
arrebentado
-Retirar a válvula e checar retenção interna da mesma
-Válvula defeituosa -Verificar se as vedações de borracha e a gaxeta na extremidade da válvula interna
estão danificadas.
-Acionar o centro da válvula direcional com uma chave de fenda fina e apertar o botão
fecha no controle, se o carro móvel não fechar troque a bobina.
-Retirar a válvula direcional e verificar se o carretel da válvula se move suavemente
-Verificar se a válvula direcional está quando é apertado o centro da válvula com a chave de fenda.
funcionando -Retirar a válvula direcional e desmontá-la para verificar se a mesma está com resíduos
de sujeira no interior- caso sim efetuar a limpeza.
-Apertar o botão fecha e verificar se há tensão no fio amarelo da central elétrica.
-Verificar se o motor está ligando quando -Apertar o botão fecha e verificar se há tensão no fio branco de acionamento do relé
aciona o botão fecha que liga o motor.
-Verificar se o fim de curso superior está acionado e dando continuidade nos fios do
Elevador não fecha
centro e o branco no conector nº 2
-Verificar se o fim de curso de fechamento está bom- fazer um “jumper” do fio amarelo
para o amarelo no conector nº 3
-Verifique a fiação do fim de curso superior e a do fechamento.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 24
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
19. ENSAIOS NORMATIVOS A SEREM REALIZADOS APÓS A INSTALAÇÃO DA
PLATAFORMA ELEVATÓRIA VEICULAR
Para a realização dos ensaios a seguir, a carga deve ser aplicada no centro da mesa da
plataforma elevatória em uma área de 700 mm x 700 mm.
Ensaio estático
Deformação
Colocar a mesa da plataforma elevatória descarregada à meia altura entre o nível do solo e do
piso do veículo e tomar as medidas da altura da mesa e sua posição angular em relação ao piso
do veículo.
Aplicar uma carga igual a 125% da carga máxima sobre a mesa e depois retirá-la.
Repetindo as medições da altura e da posição da mesa, verificar se não ocorreram
deformações permanentes em nenhuma parte da plataforma elevatória ou de suas fixações ao
veículo que possam afetar o funcionamento da plataforma elevatória.
Deslocamento
Aplicar uma carga igual a 100% da carga máxima sobre a mesa colocada no nível do piso do
veículo.
Tomar as medidas da altura da plataforma e sua posição angular em relação ao piso do
veículo. Tomar novamente essas medidas imediatamente e também depois de 15 minutos de
duração do ensaio.
Verificar se o deslocamento vertical da mesa entre as duas medidas não é maior do que 15
mm.
Verificar se o deslocamento angular da mesa entre as duas medidas não é superior a 3°.
Ensaio dinâmico
Com a carga máxima aplicada sobre a mesa, verificar se a plataforma elevatória é capaz de
funcionar ao longo de todos seus cursos normais dos movimentos de elevação e descida.
Ensaio de funcionamento e das funções de segurança
Verificar todas as funções da plataforma elevatória e o funcionamento de todos os dispositivos
de segurança depois que os ensaios estáticos e dinâmicos tiverem sido efetuados. Esses
ensaios não se aplicam às válvulas de segurança nem aos dispositivos de segurança não
rearmáveis, tais como os fusíveis elétricos (Estes componentes são objetos de ensaio de
qualidade pelo fabricante).
Ensaiar o dispositivo de emergência de acionamento manual da plataforma elevatória ou
rampa, realizando-se dois ciclos completos de operação do equipamento com carga, inclusive
os movimentos da plataforma elevatória (abrir, fechar, bascular, etc.), entre a posição de
transporte e a de utilização e vice-versa.
As medidas das velocidades de descida e de inclinação para baixo devem ser obtidas com a
carga máxima aplicada sobre a mesa; as demais medidas de velocidade devem ser obtidas com
a mesa descarregada.
Ensaio de verificação da impossibilidade da plataforma elevatória levantar uma carga excessiva
Aplicar uma carga igual a 125% da carga máxima sobre a mesa situada no nível do solo.
Acionar o comando “subir” e verificar se a plataforma elevatória não consegue levantar a carga
(uma inclinação para cima é admissível).

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 25
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
20. INSPEÇÕES EXCEPCIONAIS E REPAROS IMPORTANTES

Cliente:

Endereço:

Telefone:

Veículo:

Prefixo: N° da carroceria: N° do chassi:

Plataforma Elevatória:

N° de série: Data de fabricação: Data de instalação:

Problema detectado:

Testes efetuados:

Solução encontrada:

Obs.:

Empresa e, ou Técnico que realizou o atendimento.

Local e Data Nome e Assinatura

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 26
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
21. MANUAL DE OPERAÇÃO
A Ortobras emprega todos os seus esforços para obter um produto de alta
qualidade: durável, confortável, prático, seguro e de bom acabamento. As normas de
segurança na operação do equipamento, de modo geral, devem ser observadas com rigor e
disciplina.
Esta plataforma foi projetada para acessibilidade de pessoas com necessidades especiais,
em veículos com características urbanas para o transporte coletivo de passageiros, em
conformidade com os preceitos da Norma Técnica ABNT NBR 15646:2009.

Antes de manusear este equipamento, é indispensável ler este manual e seguir os


procedimentos nele recomendados. Desta forma, será obtido um entendimento completo de
sua instalação, funcionamento e da operação.

TREINAMENTO DO OPERADOR
A operação da plataforma elevatória deve ser sempre assistida por um operador devidamente
treinado e habilitado. A empresa proprietária do veículo deverá solicitar ao fabricante da
plataforma elevatória veicular, que seus prepostos ministrem treinamento para as pessoas que
irão operar a plataforma, assim como treinamento a multiplicadores se for o caso.

COLOCAÇÃO DA PLATAFORMA ELEVATÓRIA EM FUNCIONAMENTO


Na Inspeção verificar:
- Se a plataforma sobe e desce com suavidade;
- Se a rampa trava abre e fecha normalmente;
- Se a rampa trava da cadeira libera quando acionada;
- Se o conjunto do motor e da unidade hidráulica está limpo e seco;
- Se o sistema de segurança das portas do ônibus esta ligado;
- Se a plataforma elevatória só funciona com as portas do ônibus abertas;
- Se a vedação entre a plataforma elevatória e a base está em boas condições;
- Se o degrau esta travando na posição vertical;
- Se a limpeza geral do equipamento é boa;
- Se o fechamento do degrau sobe e desce livremente;
- Se os adesivos de instrução estão em bom estado de conservação.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 27
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
22. MANUAL DE INSTALAÇÃO
PROCEDIMENTO DE VERIFICAÇÃO DE MEDIDAS PARA INSTALAÇÃO DA PLATAFORMA
Vista lateral do chassi - Plataforma Automática e Semiautomática (dimensões para produto
padronizado Ortobras)

760 mm

Figura 22.1

Vista do chassi Automático


A Linha vertical do chassi
B Linha externa da lateral
C Base de apoio da plataforma elevatória

Figura 22.2

Vista frontal do chassi


(dimensões para produto padronizado Ortobras)
1 Linha superior da travessa abaixo do assoalho
2 Linha superior da base das portas
3 740 mm para Plataforma Automática e Semiautomática 580 mm para Plataforma Semiautomática (Micro Ônibus)
A Linha vertical do chassi

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 28
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
Figura 22.3

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO
Introdução
Antes de qualquer instalação devem-se levar em conta os equipamentos de segurança
como: luvas, máscara, óculos e, todos os EPIs necessários. Por se tratar de um equipamento
pesado, deve-se providenciar um equipamento auxiliar para colocar a plataforma no posto de
solda; este equipamento pode ser um equipamento do tipo de uma talha ou de uma
empilhadeira.
O processo de instalação do equipamento se inicia com a preparação da base para
fixação da plataforma.

● Base da plataforma Automática (dimensão em mm).

Figura 22.4

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 29
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
● Preparação da base Plataforma Automática e Semiautomática. A figura indica os pontos de
fixação da base na carroceria.

Figura 22.5- Indicação dos pontos de fixação da base.

● Alinhamento da saia da base conforme figura 22.6.

Figura 22.6

● Verificação do esquadro da base conforme figura 22.7.

Figura 22.7

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 30
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
● Base preparada para fixação da plataforma conforme figura 22.8.

Figura 22.8.

● Ponto de fixação da plataforma na base.

Figura 22.9- Indicação do ponto onde deverá ser efetuada a solda.

● Ponto de fixação da plataforma na base. Neste ponto deve-se ter cuidado, pois no local da
solda encontram-se vários cabos elétricos e mangueiras hidráulicas e o aquecimento devido à
solda pode causar vazamento ou ruptura dos mesmos.

Figura 22.10 - Indicação do ponto onde deverá ser efetuada a solda.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 31
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
● Ponto de fixação da base traseira da plataforma na travessa da carroceria. Para melhor
alinhamento da base, a plataforma pode ser amarrada.

Figura 22.11 - Indicação dos pontos de solda. Figura 22.12 - Indicação dos pontos de solda.

VEDAÇÃO DA PLATAFORMA
Com a plataforma já fixada na base da carroceria conforme pontos indicados nas fotos devem
ser preparados a vedação entre a plataforma e a base da carroceria, para evitar a entrada de
poeira durante o uso do ônibus, não causando desconforto aos passageiros.

Figura 22.13 - Pontos de vedação da plataforma com a


base da carroceria. Figura 22.14 - Pontos de vedação da plataforma com a
base da carroceria.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 32
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
23. CONTROLE DE INSTALAÇÃO
Cliente:
Endereço:
Telefone:
Veículo:
Prefixo: N° da carroceria: N° do chassi:
Plataforma elevatória:
N° de série: Data de fabricação: Data de instalação:

01 Vista lateral do chassi

02 Vista superior do chassi


03 Vista frontal do chassi Medida A =
Medida D =
04 Corte transversal da estrutura da base Material =
Medida A =
Medida B =
Medida C =
Medida D =
05 Verificação das bases Estado da base
06 Preparação da base
07 Pontos de fixação da base na carroceria Conforme pontos indicados pelas setas
( ) Sim ( ) Não
08 Alinhamento da saia da base Alinhada
( ) Sim ( ) Não
09 Verificação do esquadro da base Em esquadro
( ) Sim ( ) Não
10 Ponto de fixação da base traseira da plataforma ( ) Ok ( ) Incorreta
11 Ponto de fixação da base esquerda da plataforma ( ) Ok ( ) Fora de posição
12 Ponto de fixação da base direita da plataforma ( ) Ok ( ) Fora de posição
Obs.:
13 Vedação da plataforma (mínimo 15 mm) ( ) Ok ( ) Fora de dimensão
14 Ligação do cabo da bateria ( ) Ok ( ) Ligação inadequada (refazer)
15 Plataforma sobe e desce com suavidade ( ) Sim ( ) Não
16 Rampa abre e fecha normalmente ( ) Sim ( ) Não
17 Liberação da alavanca trava da cadeira ( ) Sim ( ) Não
18 Limpeza do conjunto do motor ( ) Sim ( ) Não
19 Segurança de portas ligado ( ) Sim ( ) Não
20 Plataforma só funciona com as portas abertas ( ) Sim ( ) Não
21 Degrau esta travando na posição vertical ( ) Sim ( ) Não
22 Vedação entre plataforma e base esta adequada ( ) Sim ( ) Não
23 Limpeza geral do equipamento adequada ( ) Sim ( ) Não

Declaramos que o equipamento encontra-se com todos os requisitos de instalação e liberação


conferidos e liberados.

Local Data Nome e assinatura do responsável.

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 33
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
24. VISTAS DAS PEÇAS DE REPOSIÇÃO
VISTA 1

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 34
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO
1 70501503948 Fechamento superior da torre dir
2 70599512049 Cj cabeçote do cilindro de elevação
3 70599503012 Cinta 940 mm
4 70599503069 Escova do fechamento sup
5 70501503320 Base fixa Aur 1300 NM
6 20004005 Parafuso cab pan ph M5 x 35
7 20009009 Rebite pop 4,8 x 12,7
8 20008005 Porca autotravante M5
9 20014191 Lanterna 999 leds ambar luz inter c/ ext 1,6 mt
10 20008003 Porca autotravante M3
11 20003002 Parafuso cab chata ph M3 x 25
12 70599513211 Pino p/ fixar unidade hidráulica
13 70501503960 Fechamento sup esq 950 mm 2013
14 20015046 Cilindro de elevação
15 70599503949 Cj suporte escova torre
16 20007003 Arruela lisa M6
17 20004016 Parafuso cab pan ph M6 x 8
18 70501503000 Mangueira corrugada base fixa
19 70599503510 Abraçadeira da mangueira corrugada
20 20004008 Parafuso cab pan ph M6 x 10
21 70599512002 Alavanca da bomba manual
22 70599501210 Pino fixação da cinta
23 20024125 Suporte cabo da bomba
24 20014019 Fim de curso XCK P118
25 20001033 Parafuso sextavado M8 x 30 8.8
26 20007004 Arruela lisa M8

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 35
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 2

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 70599501210 Pino fixação da cinta
2 20008019 Porca sextavada M12 rosca 1,75
3 70599501914 Esticador da cinta
4 20008029 Porca autotravante M12 inox DIN 985
5 70599501026 Cj roda guia da plataforma nac
6 70503502000 Cj roda guia da plataforma Aur 1300
7 70599501017 Pega mão esq
8 20004008 Parafuso cab pan ph M6 x 10
9 70501501038 Aba lateral dir do carro da plat móvel
10 70501509315 Rampa lavrada plat móvel
11 20015047 Cilindro de abertura
12 70501514004 Cj trava da rampa
13 70501509585 Eixo da rampa frontal
14 20004009 Parafuso cab pan ph M6 x 16
15 20007011 Arruela de pressão M6
16 70599501018 Pega mão dir
17 70501501039 Aba lateral esq do carro da plat móvel
18 71501508004 Cj carro plataforma

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 36
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 3

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 70503501017 Gatilho Aur 1300
2 20003004 Parafuso cab chata ph M6 x 16
3 20012021 Borracha 19,5 x 13 mm
4 70501513412 Pino do gatilho
5 20012024 Debrum perfil tipo U ma 14007 15 x 6
6 20001048 Parafuso sextavado M10 x 20 5.8
7 20007013 Arruela de pressão M10
8 20024071 Pino do apoio do degrau
9 20002027 Parafuso Allen M6 x 25 cab chata Rt preto
10 20024011 Acionador do degrau
11 20008007 Porca autotravante M8
12 70503501001 Apoio degrau esq Aur 1300
13 20001031 Parafuso sextavado M8 x 20 8.8 cab estreita
14 70503501000 Apoio degrau dir Aur 1300
15 20008006 Porca autotravante M6
16 70503503025 Prolongador do gatilho Aur 1300
17 70501501045 Arruela de acionamento do gatilho
18 20017025 Mola zb 1,5 x 11,3 x 65
19 20007004 Arruela lisa M8
20 70501503008 Rampa acionamento fim de curso
21 20017025 Mola zb 1,5 x 11,3 x 65

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 37
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 4

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 38
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO
1 20009010 Rebite pop 4,8 x 16
2 20011016 Bc amarela 825 x 36 45G 2x
3 20011017 Bc amarela 645 x 36 45G 2x
4 20003005 Parafuso cab chata ph M6 x 20
5 20007004 Arruela lisa M8
6 71501501010 Borracha piso plat móvel
7 70501501778 Piso lavrado plat móvel Aur 1300
8 20008006 Porca autotravante M6
9 70501503025 Abraçadeira de mangueira
10 20003006 Parafuso cab chata ph M6 x 25
11 70503501044 Base móvel Aur 1300
12 20014019 Fim de curso XCK P118
13 70501501040 Fechamento dir da plat móvel
14 20003004 Parafuso cab chata ph M6 x 16 rtzb
15 70501501041 Fechamento esq da plat móvel
16 20002023 Parafuso Allen M8 x 15 cab chata
17 20007011 Arruela de pressão M6
18 70501503007 Trava do carrinho da plat móvel
19 20004009 Parafuso cab pan ph M6 x 16
20 20004005 Parafuso cab pan ph M5 x 35 rt zb

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 39
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 5

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 20009010 Rebite pop 4,8 x 16
2 20011044 Bc amarela 320 x 26 45g 2x
3 200101045 Bc amarela 315 x 26 45G 2x
4 71501507001 Borracha piso carrinho lado esq
5 70501507931 Chapa esq do carrinho
6 70501507003 Chapa fixadora da trava do carrinho
7 20001011 Parafuso sextavado M6 x 45 8.8
8 70501507962 Carro da plataforma
9 70501509893 Eixo articulador da rampinha
10 70501509312 Rampa trava da cadeira
11 20011046 Bc amarela 295 x 26 45G 2x
12 71501507002 Borracha piso carrinho lado dir
13 70501507932 Chapa dir do carrinho
14 20009013 Contra pino cp 2,5 x 30 (3/32 x 1)
15 20008006 Porca autotravante M6
16 20017005 Mola lâmina trava do carrinho

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 40
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 6

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 70501514007 Base trava rampa
2 20002024 Parafuso Allen M8 x 20 cab chata rt preto
3 20009008 Graxeira reta ¼ UNF 6747337
4 20001033 Parafuso sextavado M8 x 30 8.8
5 70501509876 Eixo acionamento rampa trava
6 20019009 Terminal rotular B8 M8
7 20008008 Porca autotravante M10
8 20015008 Adaptador 90G NPT ¼ x M JIC 7/16
9 20015048 Cilindro 080
10 20017002 Mola gás 15 Kg
11 20008007 Porca autotravante M8
12 70501514645 Tubo interno móvel base trava

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 41
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 7

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 70501505012 Bc amarela 780 mm 45G 2x
2 70507507013 Bc amarela 360 mm x 26 45G 2x
3 71503505023 Borracha degrau inf Aur 1300
4 70503505014 Chapa lavrada do degrau
5 70599505014 Dobradiça superior
6 70599505213 Cj pino p/ dobradiça
7 70503505010 Degrau Aur 1300
8 70503505013 Chapa lisa do degrau
9 20009009 Rebite pop 4,8 x 12,7
10 20009010 Rebite pop 4,8 x 16
11 70501505010 Perfil “L” amarelo 780 mm 45G 2x

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 42
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 8

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 20003006 Parafuso cab chata ph M6 x 25
2 10027011 Chapa platek inj abs 6 x 490 x 720
3 20010004 Ponteira interna 7/8
4 20012022 Mangueira fechamento vão traseiro
5 20017022 Mola aço inox 2,3 x 19,5 x 260 passo 4,3
6 20024241 Nylon fechamento traseiro
7 70503503023 Base fechamento vão traseiro
8 20001066 Parafuso sextavado M8 x 40 8.8
9 20001005 Parafuso sextavado M6 x 30 5.8
10 70503503028 Chapa inf fechamento vão traseiro
11 20007003 Arruela lisa M6
12 20008006 Porca autotravante M6
13 20001002 Parafuso sextavado M6 x 16 8.8
14 70502502031 Bc fechamento vão

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 43
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 9 (70599501029)

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 20009002 Anel elástico MKI 47 mm DIN 472
2 20019003 Rolamento 6005 zz
3 20024091 Roda guia da plataforma nacional

VISTA 10 (705039502000)

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 20009002 Anel elástico MKI 47 mm DIN 472
2 20019003 Rolamento 6005 zz
3 20015391 Roda guia da plataforma Aur 1300

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 44
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 11

ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO


1 70599505215 Pino para dobradiça
2 20009028 Anel elástico MKE 13 mm DIN 471
3 20009008 Graxeira reta ¼ UNF 6747337

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 45
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
VISTA 11

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 46
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br
ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO
1 20011052 Perfil “L” amarelo 780 26 45G 2x
2 71503505024 Borracha degrau sup Aur 1300
3 70501505059 Chapa galvanizada degrau
4 70501505050 Degrau 20 cm Aur 1300
5 70501505052 Chapa lisa degrau 20 cm Aur 1300
6 20009009 Rebite pop 4,8 x 12,7
7 20011047 Bc amarela 780 x 26 45G 2x
8 20009010 Rebite pop 4,8 x 16
9 70513501022 Bc amarela 210 x 26 45G 2x
10 70599501014 Esticador da cinta
11 70599505216 Cj pino p/ dobradiça
12 20007011 Arruela de pressão M6
13 70503505026 Chapa sup acionamento degrau Aur 1300
14 20015392 Bucha articulação do degrau Aur 1300
15 20011031 Parafuso sextavado M8 x 20 8.8 cab estreita
16 20001001 Parafuso sextavado M6 x 10 5.8
17 70503505031 Chapa inf acionamento degrau Aur 1300
18 70503505032 Chapa ligação acionamento degrau Aur 1300

Anexos:

*Conjunto mangueira hidráulica AUR1300 Goiânia


Código: 20015116

Código Descrição
20015160 Mangueira hidráulica 1/4 x 3150 mm FJ7/16 x MN1/4
20015136 Mangueira hidráulica 1/4 x 4020 mm FJ7/16 x FJ7/16
20015132 Mangueira hidráulica 1/4 x 2000 mm FJ7/16 x MN1/4
20015162 Mangueira hidráulica 1/4 x 3970 mm FJ7/16 x FJ7/16
20015122 Mangueira hidráulica 1/4 x 250 mm FJ7/16 x MN1/4
20015008 Conexão 90G MNPT 1/4 x MJ7/16
20015012 Conexão reta MNPT 1/4 x MJ7/16

*Conjunto Mangueira hidráulica AUR1300 NM presa maior


Código: 20015351

Código Descrição
20015118 Mangueira hidráulica 1/4 x 2610 mm FJ7/16 MN1/4
20015119 Mangueira hidráulica 1/4 x 2320 mm FJ7/16 x FJ7/16
20015120 Mangueira hidráulica 1/4 x 2270 mm FJ7/16 x FJ7/16
200125121 Mangueira hidráulica 1/4 x 1500 mm FJ7/16 MN1/4
20015122 Mangueira hidráulica 1/4 x 250 mm FJ7/16 MN1/4
20015006 Conexão 45G MNPT 1/4 x MJ7/16
20015012 Conexão reta MNPT 1/4 x MJ7/16
20015008 Conexão 90G MNPT 1/4 x MJ7/16

ORTOBRAS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ORTOPEDIA LTDA.


RUA DUREN, 298 – FONE (51) 3696.9600 – FAX (51) 3696.9624. 47
CEP-95730-000 – BARÃO – RS
www.ortobras.com.br