Você está na página 1de 3

NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em protegendo ao detectar a ocorrência de uma fuga de

Eletricidade. corrente na instalação que exceda um determinado valor.


Níveis de Tensão: Sua atuação tem que ser rápida, menor do que 0,2 segundos.
AT:​ >1000VCA e >1500VCC É preciso que tanto o dispositivo quanto o equipamento ou
BT:​ >50VCA <=1000VCA e >120VCC <=1500VCC instalação elétrica estejam ligados a um sistema de terra.
ET:​ <=50VCA e <=120VCC
Obs.: Entre fases ou entre fase e terra. Conversor de Frequência:
É um dispositivo que controla a tensão e a frequência de
Categoria de Sobretenção – CAT I, II, III e IV (Multímetro): saída, normalmente, a partir de tensão e frequência fixas de
Os multímetros são especificados por categorias de I a IV, de entrada.
acordo com a sobretensão que podem suportar (norma
IEC​-1010- 1, da ​International Electrotechnical Commission ​– Principais benefícios: Controle de rotação / controle do
(​IEC)​, responsável por estabelecer normas internacionais processo, economia de energia, partida suave (impactos
referentes à segurança de equipamentos elétricos para elétricos e mecânicos), aumento da vida dos equipamentos
medição, controle e utilização em laboratórios). Quanto motor e carga em função da partida suave e operação
maior for a categoria, mais confiável e robusto será o eventualmente em rotação reduzida, consumo de energia
multímetro. Na Petrobras, só podem ser usados multímetros (em função das perdas do conversor), dimensionamento do
de, no mínimo, categoria III. VAC (considerando as perdas do conversor), espaço ocupado
pelo equipamento, custo (inicial e de operação e
Recomenda-se não utilizar nem permitir a utilização de manutenção) e harmônicos (na entrada e na saída do
multímetros de categoria I ou II nas instalações da Petrobras. conversor).

Para o nosso caso, de trabalhos em painéis elétricos Retificador:


energizados, especificaremos sempre categoria III, deverá ser Dispositivo que permite que uma tensão ou corrente
exigido que o fabricante apresente certificado de pelo menos alternada (normalmente senoidal) seja retificada, sendo
um laboratório independente, atestando que o instrumento transformada em contínua.
atende às especificações pertinentes à categoria III.
Inversor de Frequência:
Dispositivo capaz de converter um sinal elétrico CC (corrente
Recomenda-se que as pontas de prova sejam adquiridas do
contínua) em um sinal elétrico CA (corrente alternada).
próprio fabricante do multímetro e mantidas em estoque
para pronta substituição. É importante ainda que as pontas
Soft-Starter x Conversor de Frequência:
de prova tenham pelo menos a mesma categoria de
Soft-Starter - Varia a tensão de saída mantendo a frequência
sobretensão do multímetro (CAT III ou CAT IV).
fixa.
Contator:
Conversor de Frequência - Varia a tensão e frequência de
Dispositivo de abertura e fechamento de circuito, com ou
saída.
sem carga, em condições normais de operação, acionado por
meios eletromagnéticos, projetado para executar um grande
Aterramento Elétrico:
número de operações.
Aterramento do sistema:
Obs.: Não é utilizado para proteção/abertura em
Ligação intencional de um ponto do sistema à terra. Típico:
curto-circuito. Equipamentos para abertura por curto-circuito
aterramento de neutro, solidamente ou através de
são o fusível e disjuntor.
impedância, pode ser não aterrado.
Relé Térmico:
Aterramento de equipamentos:
Dispositivo destinado a proteger motores elétricos contra
Ligação à terra dos elementos metálicos não-elétricos de um
sobrecargas, funcionando em conjunto com os contatores.
sistema. Objetivo principal: Segurança pessoal.
Transformadores:
Tipos de aterramento:
Transformadores são dispositivos que, por meio da indução
Não aterrado (isolado), solidamente aterrado, aterramento
eletromagnética, transferem energia elétrica de um ou mais
por alta/baixa resistência e aterramento por reatância.
circuitos (primário) para outro ou outros circuitos
(secundário), usando a mesma freqüência, mas, geralmente,
Atmosfera Explosiva:
com tensões e intensidades de correntes diferentes.
Equipamento a prova de explosão pode ocorrer explosão
dentro do equipamento, mas a explosão não pode se
Basicamente, existem dois tipos de transformadores de
propagar ao lado de fora.
medição ou proteção: o transformador de potencial (TP) e o
transformador de corrente (TC).
Perigos/Acidente com Eletricidade:
Choque elétrico, arco elétrico, incêndio, explosão em área
Dispositivo DR:
classificada, campos eletromagnéticos, envolvendo trabalho
O dispositivo DR (Diferencial Residual) funciona como um
em altura, projeção de particulados incandescente, projeção
interruptor. Sua função é proteger contra choques elétricos e
de equipamentos.
também contra incêndios em instalações elétricas.
Este dispositivo também desliga a rede de fornecimento de
Potências Elétricas:
energia elétrica do equipamento ou instalação que está
Potência ativa (S), reativa (Q) e aparente (S).
Unidade de medida: ​Potência ativa (Watt – W), reativa (Volt
Ampere Reativo – VAR) e aparente (Volt Ampere – VA).
Um projetista resolve aumentar o nível de curto-circuito em
Categoria de Risco da Roupa de Proteção: um sistema elétrico como solução para um problema de
Inflamabilidade: ATPV, sigla em inglês para “Arc thermal queda de tensão durante a partida de um motor, cite os
performance value” ou “valor de proteção térmica do arco dois impactos deste tipo de solução.
elétrico”. 1- Redução da queda de tensão na partida;
2- Aumento do nível de energia incidente de arco elétrico.
Categoria de Risco Nível de Energia – J/cm²
(cal/cm²) Configuração “Secundário Seletivo”:
0 N/A A maior vantagem dessa configuração é permitir grande
1 16,74 (4) confiabilidade e flexibilidade operacional do sistema.
2 33,47 (8)
3 104,6 (25) Assinale (V) verdadeiro ou falso (F):
4 167,36 (40) 1. A distribuição de energia elétrica dentro de uma refinaria é
feita em corrente alternada. ( V )
Termos e Significado: 2. Um motor elétrico trifásico em uma plataforma está
AVR - ​Automatic Voltage Regulator consumindo 20 A. Esse valor de corrente se refere ao valor
Brushless - ​Sem escovas (Normalmente associado a um máximo da onda senoidal de corrente. ( F )
sistema de excitação) 3. A situação comum em uma instalação industrial é termos a
CCM - ​Centro de Controle de Motores corrente avançada em relação à tensão de um determinado
CDC - ​Centro de Distribuição de Cargas ângulo. ( F )
RV - ​Regulador de Velocidade 4. Os motores de indução consomem potência ativa e
fornecem potência reativa ao sistema. ( F )
Como é controlada a frequência da tensão gerada por um 5. Acrescentando, em uma indústria, cargas que só
gerador síncrono acionado por uma turbina a gás? consomem potência reativa faz piorar o fator de potência da
RV, governor, combustível. instalação. ( V )
6. Um motor de indução opera capacitivamente fornecendo
Como é controlada a amplitude da tensão gerada por um potência reativa à rede. ( F )
gerador síncrono acionado por uma turbina a gás? 7. Os motores síncronos tanto podem consumir como
AVR, excitatriz, enrolamento de campo. fornecer potência reativa à rede. ( V )
8. A tensão fase-neutro em um sistema trifásico equilibrado é
Qual o motivo para a utilização de uma caixa redutora (ou igual a tensão fase-fase dividida por 2 . ( F )
multiplicadora) de velocidade de rotação entre a máquina 9. Os geradores principais nas nossas refinarias geram
acionadora e o gerador síncrono? tensões senoidais com mesmo módulo e defasadas de 120
Adequar a velocidade de rotação entregue pela turbina ao graus . (V)
valor necessário que o gerador deve receber para fornecer 10. Não há necessidade de sistemas de corrente contínua em
tensão alternada em 60 Hz. uma refinaria. ( F )

Assinale (V) verdadeiro ou falso (F):


Quais são as potências típicas para motores trifásicos
1. A função dos transformadores em um sistema industrial é
alimentados em 480V, 4160 V e 13800 V?
a de termos valores apropriados de tensão ao longo do
Tensão (V) Potência (kW)
sistema. ( V )
480 Motores <150
2. Os geradores principais em uma refinaria são acionados
4160 150 <= Motores < 1200 por motores diesel. ( F )
13800 Motores >= 1200 3. Nas plataformas distantes da costa, os sistemas de geração
própria e da concessionária operam em paralelo.( F )
Quais são as potências típicas para motores alimentados em 4. Devido seu baixo custo e alta confiabilidade, os sistemas
480V, em CCM e em CDC? radiais são os mais indicados na distribuição de energia
Tensão 480V Potência (kW) elétrica dentro da indústria. ( F )
CCM Motores < 37 (50hp) 5. No arranjo secundário seletivo, funcionando em L (ele), o
CDC 37 <= Motores < 150 disjuntor de transferência opera fechado. ( V )
6. A distribuição de energia elétrica dentro de uma refinaria é
Descreva como realizar a partida de um TG de uma feita em média tensão, um valor de tensão até 15kV. ( V )
plataforma de produção de petróleo quando nenhum 7. São os relés, em um sistema de transferência automática,
gerador está operando. que iniciam a transferência. ( V )
Inicialmente deve-se colocar em funcionamento o gerador de 8. Para obtermos as vantagens de um sistema de partida de
emergência (partindo o motor diesel com motor e baterias motores, os motores devem ser partidos simultaneamente.
elétricas ou motor pneumático e ar comprimido). Em seguida (F)
a turbina parte através do motor de partida da turbina e este 9. A evolução da chamada Eletrônica de Potência
é alimentado pelo gerador de emergência. incrementou o uso dos conversores de freqüência com a
Obs.: Pode ser necessário carregar as baterias ou o sistema finalidade de variar a velocidade dos motores elétricos. ( V )
de ar comprimido.
O aterramento de sistema elétrico está diretamente c) Número de condutores de um circuito? ​Três ​condutores​,
relacionado com o nível de energia incidente de arco considerando​ um ​por​ f​ ase​.
elétrico? Justifique​. d) 88 kV é a tensão medida entre quais pontos? ​Entre ​duas
I​2 . ​t, Falta à terra fases​.
e) 88 kV refere-se a que valor da onda de tensão? ​Valor
Assinale (V) verdadeiro ou falso (F): eficaz​.
1. A potência dos transformadores é dada em kW ou MW. (F)
2. Um transformador abaixador 13,8-2,4 kV proporciona uma
tensão de 2,4 kV entre fase e neutro em seu circuito Fórmulas:
secundário. ( F ) Escorregamento:
3. A potência nominal de um transformador trifásico é dada
pelo produto 3 VI onde V é a tensão nominal fase-fase do
primário ou do secundário e I é a corrente nominal do
primário ou do secundário, respectivamente. ( V )
4. As máquinas síncronas prevalecem na geração de energia Exemplo:
elétrica. ( V )
5. Devido à existência de uma fonte de corrente contínua, os Motor elétrico trifásico 220VCA
motores síncronos podem melhorar o fator de potência de Velocidade síncrona: 1800 RPM (4 polos – 60Hz)
uma instalação. ( V ) Velocidade medida no rotor: 1760 RPM
6. Para gerar uma tensão em 60 Hz, um gerador trifásico, 4 Calcular o escorregamento em porcentagem e RPM:
polos, de uma plataforma, gira a 3600 rpm. ( F )
7. Nos motores de indução, há circulação de corrente
alternada nos enrolamentos do estator e do rotor. ( V )
8. Os motores de indução são os mais usados industrialmente
devido serem fornecedores de potência reativa ao sistema.
(F)
9. Em um motor de indução com rotor tipo gaiola, o mais
usado industrialmente, há o acesso aos circuitos do rotor
para variar as características do motor. ( F )
10. Em um motor de indução, trifásico, 2300 V, 60 Hz, 6
pólos, escorregamento de 5%, a velocidade do campo Velocidade Síncrona do Motor:
magnético criado pelas correntes do estator é 1200 rpm. ( V )
11. Em um motor de indução, trifásico, 2300 V, 60 Hz, 6
pólos, escorregamento de 5%, a velocidade do rotor é 1200
rpm. (F)
12. Um motor de indução trifásico, 480 V, 60 Hz, 100 kW,
fator de potência 0,8 , 880 rpm, está operando sob condições
nominais, solicitando 150 kVA da rede com rendimento de Exemplo:
83,3%. ( V ) Um motor elétrico trifásico possui as seguintes
13. O rendimento de um motor de indução trifásico não varia especificações:
com a carga. ( F ) Tensão: 220VCA – 3Ø – 60Hz
14. A velocidade de operação de um motor é dada pelo Polos Magnéticos: 4 Polos
encontro das curvas conjugado-velocidade do motor e
da carga. ( V )
15. Os fusíveis protegem os motores contra sobrecarga. ( F )
16. O motor de indução trifásico é um motor de velocidade
praticamente constante. ( V )
17. A função dos relés de proteção em um sistema elétrico é,
havendo uma anormalidade em uma grandeza elétrica,
ocasionar a abertura ou o fechamento de disjuntores. ( V )
18. A função de um TC (transformador de corrente) é
aumentar o valor da corrente que alimenta um relé para
que o mesmo atue. ( F )
19. Um desenho de classificação de áreas mostra uma
avaliação do grau de risco da presença de mistura inflamável
em um processo industrial. ( V )
20. A função de uma luminária a prova de explosão é
proteger a lâmpada no caso de uma explosão da área
industrial. ( F )

Uma refinaria recebe da concessionária local duas linhas em


88 kV. Responda:
a) Número de circuitos de entrada? ​Dois
b)Tipo de corrente (contínua ou alternada)? ​Corrente
alternada