Você está na página 1de 10

Âmbito

• A Intervenção Precoce na Infância (IPI) é uma


medida de apoio integrado, centrado na criança e
na família, que desenvolve acções de natureza
preventiva e habilitativa, designadamente do
âmbito da educação, da saúde e da acção social.

• O serviço é gratuito e é prestado nos contextos


naturais da criança (domicilio, creches e jardins
de Infância).
• Crianças dos 0 aos 6 anos com alterações nas
funções ou estruturas do corpo que limitam a
participação nas actividades ou com risco
grave de atraso de desenvolvimento, bem
como as suas famílias, que sejam residentes
ou em atendimento no concelho de Vila
Franca de Xira e que se encontrem em
domicílios, amas, creches, Jardins de Infância
e outros locais.
Critérios de atendimento

Crianças entre os 0 e os 6 anos e respectivas famílias, que


apresentem condições incluídas nos seguintes grupos:

1º «Alterações nas funções ou estruturas do corpo» que limitam o


normal desenvolvimento e a participação nas actividades típicas,
tendo em conta os referenciais de desenvolvimento próprios, para
a respectiva idade e contexto social;

2º «Risco grave de atraso de desenvolvimento» pela existência de


condições biológicas, psicoafectivas ou ambientais, que implicam
uma alta probabilidade de atraso relevante no desenvolvimento da
criança.

São elegíveis para acesso ao SNIPI, todas as crianças do 1º grupo e as crianças do


2º, que acumulem 4 ou mais factores de risco biológico e/ou ambiental.
Potenciar a melhoria das interacções familiares;
Reforçar as competências da família: envolvimento efectivo na vida
da criança esclarecendo dúvidas, dando informações acerca das
problemáticas, minimizando as angústias, valorizando as atitudes e
permitindo-lhes saber lidar com a problemática da criança com
NEE;
Promover as capacidades das crianças nas várias áreas e domínios:
comunicação e linguagem; cognição; socialização; desenvolvimento
psicomotor e autonomia;
Envolver a comunidade no processo de intervenção de forma
contínua e articulada, optimizando os recursos formais e informais
existentes;
Promover o despiste precoce de crianças/famílias em risco.
Técnicos que compõem a Equipa

• Docentes de Intervenção Precoce na Infância;


• Psicólogos;
• Terapeutas da Fala;
• Técnicos de Serviço Social;
• Técnico Superior de Educação Especial e
Reabilitação.
Quem pode referenciar

• Serviços de Saúde ;
• Serviços de Segurança Social ;
• Serviços de Educação ;
• Serviços de Intervenção Precoce ;
• Famílias ;
• A comunidade em geral;
• Outros.
Como referenciar
• Utilizando o Formulário de Referenciação
disponível nos seguintes locais: Centros de
Saúde, Cercipóvoa, Agrupamentos Escolas de
Vialonga e D. António de Ataíde (Castanheira),
Creches e Jardins de Infância do concelho.

• As referenciações decorrem ao longo do ano.


A quem se pode dirigir
Agrupamento de Escolas de Vialonga
EB 2,3 de Vialonga
Rua Almirante Gago Coutinho
2625-667 VIALONGA
Tel: 21 952 82 90

Agrupamento de Escolas D. António de Ataíde


EB 2,3
Rua de Avintes
2600-686 Castanheira do Ribatejo
Tel. 263 287 230

CerciPóvoa
Rua do Morgado da Póvoa. Lote 1
Quinta da Piedade -2ª fase
2625-229 PÓVOA DE SANTA IRIA
Tel: 21 953 30 80

Centros de Saúde da área de residência


Legislação

• Decreto Lei 281/2009 de 6 de Outubro


(Regulamenta a Intervenção Precoce na Infância).

• Decreto Lei 3/2008 de 7 de Janeiro ( Regulamenta


os apoios especializados nos vários ciclos de ensino ).