Você está na página 1de 6

11

2 – IDENTIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO
DOS SOLOS

AVALIAÇÕES – Av.2

Resumo Teórico

Granulometria
 Análise granulométrica de solos grosseiros
 Análise granulométrica de solos finos
Limites de consistência ou de Atterberg
Classificação dos solos
 Bureau of Public Road
 Classificação de Casagrande
 Classificação unificada do Bureau of Reclamation
 Classificação visual

AVALIAÇÕES

Av.2/1 – (30/04/1999)
Para projetar o pavimento de uma rodovia, executou-se uma sondagem de simples
reconhecimento. Analisado o solo visualmente constatou-se que o mesmo apresentava uma
resistência à pressão dos dedos muito alta, não se fragmentando, e um shaking test muito baixo.
Colhida uma amostra e ensaiada em laboratório obteve-se os resultados a seguir.
Pede-se: classificar o solo, primeiro visualmente e a seguir quanto sua estrutura.

Limite de liquidez
Recipiente nº 34 51 69 24 01
Peso bruto úmido 3,079 3,158 2,653 2,830 3,589
Peso bruto seco 2,026 2,050 1,703 1,800 2,246
Tara da cápsula 0,023 0,022 0,019 0,024 0,020
Número de golpes 45 39 29 23 17
Umidade
Limite de plasticidade
Recipiente nº 304 199 90
Peso bruto úmido 1,813 1,423 1,123
Peso bruto seco 1,457 1,169 0,920
Tara da cápsula 0,015 0,021 0,020
Umidade

Solução

LL = 57,40%, LP = 23,12%, IP = 34,28% Argila inorgânica de alta plasticidade

Av. 2/2 – (Exame 11/12/92)


Um solo foi submetido aos ensaios de granulometria e limites de Atterberg, obtendo-se os
resultados abaixo anotados. Classificar o solo.
12
# Retido Retido % Retido %Passado
parcial acumulado acumulado acumulado
4,76 0 0
2,00 3 3
0,42 17 20
0,074 25 45
0,002 10 55
0,001 45 100

Limite de liquidez
Recipiente nº 1 2 3 4
Peso bruto úmido 5,335 5,356 5,313 5,299
Peso bruto seco 4,254 4,288 4,282 4,299
Tara da cápsula 2,251 2,260 2,248 2,257
Número de golpes 10 15 20 30
Umidade
Limite de plasticidade
Recipiente nº 5 6 7
Peso bruto úmido 4,881 4,923 4,968
Peso bruto seco 4,247 4,269 4,284
Tara da cápsula 2,253 2,260 2,248
Umidade

Solução

LL = 50,2% LP = 32,6% IP = 17,6% Silte arenoso, ou areia siltosa (ML – SM)

Av. 2/3 – (05/06/1992)


1 – Uma porção de solo fino está sendo analisada. Submetida ao shaking test o resultado foi
lento. Esfregando nas mãos sente-se a presença de muitos finos, e na fricção dos dedos não se
houvem rangidos. Qual o material que está sendo analisado?
2 – Foi recolhida através de sondagem de simples conhecimento, uma porção de solo na cota
14,50 m. Na análise visual há suspeita de que a fração argilosa é preponderante. Como proceder
para classificar visualmente esse solo?
3 – Qual é a designação característica dos solos cujos símbolos de grupo são: GW, Pt, CL, ML,
SC.

Av. 2/4 – (14/05/1993)


Classifique o solo com as seguintes características:
Composição granulométrica
 Fração areia 12%
 Fração silte 38%
 Fração argila 50%

Limites de Atterberg
 LL 123%
 LP 48%

Solução
Argila siltosa de alta plasticidade pouco arenosa (CH – MH)
13
Av. 2/5 – (26/06/1992)
Classifique o solo com as seguintes características:
Composição granulométrica
 Fração areia fina 25%
 Fração areia média 17%
 Fração areia grossa 3%
 Fração argila 45%
 Fração silte 10%
Limites de Atteberg
 LL = 50% LP = 32%

Solução: Argila silto-arenosa (CL) – mais de 50% passando na # 200 (0,274 mm)

Av. 2/6 - (26/06/1992)


Uma porção de solo que passa na # 40 (0,42 mm), submetida aos ensaios de Casa Grande
apresentou os resultados abaixo. Calcular: LL, LP e IP.

Limite de liquidez
Recipiente nº 1 2 3 4 5
Peso bruto úmido 5,307 5,346 4,954 5,404 5,398
Peso bruto seco 4,254 4,238 4,008 4,270 4,268
Tara da cápsula 2,251 2,210 2,320 2,310 2,320
Número de golpes 45 39 29 23 17
Umidade
Limite de plasticidade
Recipiente nº 1 2 3
Peso bruto úmido 1,798 1,402 1,103
Peso bruto seco 1,442 1,108 0,900
Umidade
Solução
LL = 56,5% LP = 24,5% IP = 32%

Av. 2/7 – (12/05/1995, 12/05/2000, 2001)


Para a construção de uma estrada, procurou-se um material que sirva como base de pavimento.
Foi encontrada uma jazida cujo solo submetido aos ensaios de granulometria, LL e LP
apresentou os seguintes resultados:

Composição granulométrica
 Pedregulho 6%
 Areia grossa 11%
 Areia média 26%
 Areia fina 27%
 Silte 12%
 Argila 18%
Limite de liquidez
Recipiente nº 304 310 405 002
Peso bruto úmido 2,708 2,721 2,690 2,678
Peso bruto seco 2,003 2,028 2,034 2,042
Número de golpes 13 19 29 43
Umidade
Recipiente nº 10 25 35
14
Peso bruto úmido 2,512 2,571 2,647
Peso bruto seco 1,994 2,009 2,036
Umidade

Classificar o solo, e opinar pela sua utilização como base de pavimento. Em caso negativo,
indicar seu emprego.

Solução

LL = 32,8% LP = 28,00% IP = 4,80%


Porcentagem que passa na peneira 200 30%
IG = 0
A2-4 ou A2-5: Bom para sub-base

Av. 2/8 – (18/041997, 05/2003, 29/04/2004)


Para o projeto de uma obra, executou-se uma sondagem de simples reconhecimento. Analisando-
se o solo visualmente, foi classificado como areia silto argilosa, apresentando shaking test fraco e
thougness elevado.
Submetido em laboratório a ensaio de granulometria e sedimentação, obteve-se os seguintes
resultados:
Fração areia grossa 5%,
Fração areia média 10%
Fração areia fina 20%
Fração silte 15%
Fração argila 50%
Limite de liquidez
Recipiente nº 1 2 3 4 5
Teor de umidade 55,8 57,3 58,3 59,5 62,4
Número de golpes 35 30 26 21 16
Limite de plasticidade
Recipiente nº 1 2 3
Teor de umidade 20,5 19,7 20,0
Classifique o solo quanto sua estrutura.

Solução
LL = 58,5% LP = 20,1% IP = 38,4% Argila siltosa pouco arenosa de alta plasticidade (CH)

Av. 2/9 – (25/05/1991)


Classificar o solo, o qual submetido aos ensaios de granulometria e limites de Attrerbeg
apresentou os resultados abaixo:
Composição granulométrica
 Fração areia 25%
 Fração silte 35%
 Fração argila 42%
Limites de Atterberg, executados na fração de solo menor do que a peneira 40:
 LL = 62%
 LP = 29,4%

Solução
IP = 32,6 Argila siltosa arenosa (CH)

Av. 2/10
15
Uma porção de solo que passa na # 40 (0,42 mm), submetido aos ensaios Casa Grande
apresentou os resultados abaixo. Calcular: LL, LP e IP.

Limite de liquidez
Recipiente nº 5 17 22 16 13
Peso bruto úmido 22,473 24,278 30,322 20,370 24,430
Peso bruto seco 19,438 21,724 25,550 17,905 20,307
Tara da cápsula 11,672 15,750 14,942 12,520 11,720
Número de golpes 41 33 25 15 8
Umidade
Limite de plasticidade
Recipiente nº 1 2 3
Peso bruto úmido 16,564 16,608 15,676
Peso bruto seco 15,744 15,524 15,044
Tara da cápsula 12,823 11,748 12,818
Umidade
Solução
LL = 44,15 LP = 28,45 IP = 15,7%

Av.2/11 – (05/05/1995)
Para a construção de uma estrada, procura-se um material para servir de sub-base do pavimento.
Foi encontrado uma jazida a 55 km do acampamento, e o material submetido aos ensaios de
granulometria e LL e LP, apresentou os resultados abaixo. Pergunta-se: a jazida pode ser liberada
como área de empréstimo para o fim almejado? Qual o tipo de material analisado segundo a
classificação da Highway Resersh Board?

Granulometria
Fração areia grossa 3%
Fração areia média 17%
Fração areia fina 24%
Fração silte 11%
Fração argila 45%

Limite de liquidez
Recipiente nº 1 2 3 4
Peso bruto úmido 3,084 3,096 3,065 3,042
Peso bruto seco 2,003 2,028 2,034 2,042
Número de golpes 10 15 20 30
Umidade
Limite de plasticidade
Recipiente nº 5 6 7
Peso bruto úmido 2,628 2,663 2,720
Peso bruto seco 1,994 2,009 2,036
Umidade

Solução
Material impróprio para sub-base tipo A7-5
16
Av.2/12 – (26/04/2002)
Em laboratório, estamos analisando visualmente o material recolhido em uma sondagem para
classificar os solos nas suas várias camadas.
As minhas dúvidas, que gostaria que fossem esclarecidas, são as seguintes:
1. Em uma amostra percebo que, o material é arenoso, pois, emite ruído de atrito entre
grãos; o que fazer para confirmar a preponderância da areia na amostra?
2. A seguir em outra amostra o solo é fino, argiloso e contém silte. Como pesquisar o silte
na amostra?
3. Finalmente a amostra que tenho nas mãos é sem dúvida uma argila. Como saber se é
plástica?

Av. 2/13 – (Ex 10/12/1993, Ex 1994)


Um solo foi submetido a ensaios de caracterização, obtendo-se os seguintes resultados:

Granulometria
Fração areia 40%
Fração silte 25%
Fração argila 35%

Limites e Atterberg

Limite de liquidez
Umidade (%) 35,6 34,5 32,5 31,7 30,5
Nº de golpes 11 15 18 24 30
Limite de plasticidade
Peso úmido 1,798 1,402 1,103
Peso seco 1,442 1,148 0,900
Umidade

Classificar o solo

Solução
Areia fina silto argilosa.

Você também pode gostar