Você está na página 1de 34

Gestão de Projetos

Profº MSc. Jean Turet


Projetos, operações e Gestão de
Projetos
• Projeto:

• Um projeto é definido como um esforço temporário para criar um produto,


serviço ou resultado1 exclusivo (PMBOK, 2013; VARGAS, 2009; MENDES et al.,
2009). Isto significa que um projeto é um trabalho a ser realizado (esforço) e com
data marcada para início e término (temporário). Também é único, com base na
declaração de seu objetivo: criar um produto exclusivo.
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
• Projeto:
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
• Projeto:
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
• Operação
• Uma operação pode ser definida como um esforço rotineiro, de
prazo indeterminado, que, a cada ciclo, gera produtos equivalentes
(PMBOK, 2013; VARGAS, 2009; MENDES et al., 2009).
• Dessa definição, conclui-se que uma operação é uma atividade
repetitiva, que deve ter tido seu início quando a empresa começou
a operar – ou em outro momento qualquer –, não possui uma data
prevista para encerrar e segue uma rotina de ciclos, que podem ser
diários, semanais, mensais, etc.
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
Um exemplo de uma operação é o processamento da folha
de pagamentos dos funcionários de uma empresa − o ciclo
é mensal, segue procedimentos preestabelecidos e
rotineiros, teve seu início junto com o começo do
funcionamento da empresa e não há data prevista para seu
encerramento.
A cada ciclo são gerados produtos equivalentes àqueles dos
ciclos anteriores − os contracheques e outros relatórios da
folha.
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
• Operação
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
• Relacionamento entre projetos e operações

• Os projetos e as operações podem estar fortemente


relacionados e integrados em uma empresa.
• Um projeto pode:
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
Por outro lado, os projetos e as operações guardam
características similares (PMBOK, 2013), a saber:
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
• Gestão de Projetos
• A gestão de projetos pode ser definida como um conjunto
de recursos gerenciais aplicados às atividades do projeto
com o propósito de atender aos seus objetivos (PMBOK,
2013; VARGAS, 2009; MENDES et al., 2009). Dentre os
recursos gerenciais, estão conhecimentos, habilidades,
atitudes, ferramentas e técnicas.
Projetos, operações e Gestão de
Projetos
• Gestão de Projetos
• Conhecimento significa a posse de domínio sobre uma determinada área
de interesse.
• Habilidade é a capacidade de gerar resultados a partir do conhecimento
• A atitude refere-se a comportamentos, à maneira como você se porta ao
fazer parte de uma equipe de trabalho.
• E as ferramentas e técnicas são modelos que podem ser utilizados para a
realização de alguma tarefa e que podem ser encontrados na literatura
sobre a gestão de projetos como, por exemplo, o PMBOK (2013).
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
• A gestão de projetos é composta por três elementos:

• PROCESSOS
• ÁREAS DE CONHECIMENTOS
• GRUPO DE PROCESSOS
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
• PROCESSOS

• A gestão de projetos é fundamentada em processos de


gerenciamento. De acordo com Stair e Reynolds (2011),
um processo pode ser definido como um conjunto de
ações inter-relacionadas que utilizam ferramentas,
técnicas e recursos para transformar entradas em
saídas.
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
• PROCESSOS

• O PMBOK (2013) descreve cada um dos 47 processos de


gestão de projetos, com a especificação de todos esses
componentes.
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
• ÁREAS DE CONHECIMENTOS:
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
• De acordo com o PMBOK (2013), para cada uma das áreas
poderá ser elaborado um plano de gerenciamento específico
e, a seguir, integrado para compor o plano geral do projeto.
• Desta forma, o balanceamento entre as diversas áreas pode
ser feito no momento do planejamento.
• Caso surjam solicitações de mudanças ao longo da execução
do projeto, a análise dos impactos será feita sobre esse todo
integrado e coeso, o que facilitará a tomada de decisão sobre
o acolhimento – ou não – da solicitação.
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
• GRUPO DE PROCESSOS

• Um projeto qualquer deve ter um momento de


formalização do seu início, seguido pelo trabalho de
planejamento, execução, acompanhamento e finalização.
Para cada um desses momentos, o PMBOK (2013) prevê
um determinado grupo formado pelos mesmos 47
processos .
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
• GRUPO DE PROCESSOS
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
• Relacionamento entre áreas de conhecimento e
grupos de processos.
• As áreas de conhecimento e os grupos de processos
podem ser combinados para dar suporte para a gestão de
projetos. O resultado é uma matriz, em cujas linhas são
colocadas as áreas
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
Áreas do conhecimento e grupos de
processos da gestão de projetos
Ciclo de Vida de um Projeto
• Caracterização do ciclo de vida
• Todo projeto está sujeito a um ciclo de vida, que vai
desde o seu início – formalizado por um TAP ou outro
documento equivalente – até o seu término, em que
ocorre a homologação e aceitação de todas as entregas.
Opcionalmente, o projeto pode ter o seu percurso
interrompido por algum motivo – pode ser suspenso,
cancelado, substituído, etc. – e também, neste caso, deve
haver um documento formalizando o seu término, mesmo
que seja apenas uma ata de reunião.
Ciclo de Vida de um Projeto
• Caracterização do ciclo de vida

• De acordo com o PMBOK (2013), a estrutura genérica do ciclo de


vida de um projeto é composta por:

• INICIO, ORGANIZAÇÃO E PREPARAÇÃO,


EXECUÇÃO E ENCERRAMENTO DO PROJETO
Ciclo de Vida de um Projeto
Ciclo de Vida de um Projeto
• No início do projeto, a alocação de recursos é baixa, o que
implica níveis também baixos de custos.
• Durante a organização e preparação, em que o principal
produto é o plano de gestão do projeto, há mais consumo
de recursos e o consequente aumento de custos.
• À medida que o projeto segue com a execução do
trabalho, mais recursos são alocados e os custos também
se elevam até atingir o valor máximo.
• Por que isto acontece?
Ciclo de Vida de um Projeto
Ciclo de Vida de um Projeto
VAMOS PRATICAR!!!!!