Você está na página 1de 15

61)Q144840

Provas: CESPE - 2012 - TJ-RR - Agente de Proteção


Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.

Considerando a situação hipotética acima, julgue os itens que se seguem, a respeito de crimes contra a pessoa.
Augusto tem direito ao reconhecimento da figura do homicídio privilegiado, pois estava sob a influência de violenta
emoção.

Certo Errado

62)Q148621
Provas: FGV - 2012 - PC-MA - Delegado de Polícia
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Juca, transtornado, após ter flagrado seu pai praticando violência sexual com sua irmã de apenas 05 anos de idade,
que vem a falecer em razão da violência praticada, desfere uma facada contra a cabeça do seu genitor que também
vem a falecer. Após desferir o golpe contra seu pai, e certificar-se da morte deste, Juca foge levando o relógio que a
vítima usava na ocasião. O agressor sexual era solteiro e possuía somente estes dois filhos. Mais tarde, com a prisão
de Juca, o fato foi levado ao conhecimento da autoridade policial.
Com base no exposto, assinale a alternativa que apresenta a tipificação correta.
a) Juca deverá responder por homicídio qualificado pelo meio cruel (Art. 121, § 2º, III, do CP) e por furto simples (Art. 155,
do CP).
b) Juca deverá responder por homicídio privilegiado (Art. 121, § 1º, do CP) e por furto simples (Art. 155, do CP).
c) Juca não deverá responder por qualquer crime por ter agido escorado pela excludente de ilicitude da legítima defesa
de terceiro.
d) Juca deverá responder por homicídio privilegiado (Art. 121, § 1º, do CP).
e) Juca deverá responder por homicídio privilegiado (Art. 121, § 1º, do CP) e por roubo simples (Art. 157, do CP).

63)Q172841
Provas: CESPE - 2012 - PM-AL - Soldado Combatente da Polícia Militar
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Para recuperar parte de seu território de venda de drogas, Mauro decidiu matar André, traficante rival. Com esse fim,
Mauro entregou uma pistola de calibre .40 a Flávio, seu parceiro no tráfico, e o aconselhou que aguardasse André
em um beco, para atingi-lo sem que os demais membros do grupo rival percebessem sua presença. Flávio se
posicionou no local indicado e, com a aproximação de André, efetuou um disparo, que atingiu Joana, namorada de
André. Na fuga, Flávio foi avistado em via pública por policiais militares (PMs) e, durante a perseguição, atirou, com a
arma de fogo, na direção dos PMs, no intuito de atingi-los. No entanto, graças aos erros de pontaria, os tiros
atingiram apenas a viatura policial, danificando seu motor. Flávio descartou a pistola em uma lixeira e se refugiou em
uma residência, tendo sido preso pelos PMs, que o localizaram. Joana faleceu durante atendimento hospitalar.
Nessa situação hipotética,
a) Mauro deve responder pelo crime de homicídio contra André, sendo-lhe assegurada a redução de pena correspondente
ao fato de ter sido impelido por motivo de relevante valor social: o de livrar a sociedade de um traficante de drogas,
pessoa causadora de distúrbios sociais.
b) Mauro e Flávio devem responder pelo homicídio de Joana como se o crime tivesse sido praticado contra ela.
c) Mauro deve responder por homicídio contra André, a vítima pretendida, e Flávio, pelo homicídio praticado contra Joana,
a vítima atingida.
d) Flávio deve responder por crime de dano, em razão de ter danificado a viatura policial.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 1/32
e) Mauro deve responder pelo crime de homicídio por motivo torpe e pelo uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

64)Q145774
Provas: FCC - 2012 - DPE-PR - Defensor Público
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Pedro e João, irmãos, nadam em um lago, quando Pedro começa a se afogar. João permanece inerte, eximindo-se
de qualquer intervenção. Pedro vem a falecer por afogamento. A responsabilidade de João será
a) por crime de homicídio doloso qualificado, aplicando- se as regras da omissão imprópria.
b) por crime de homicídio culposo, aplicando-se as regras da omissão imprópria.
c) pelo crime de perigo, tipificado no art. 132, do Código Penal (perigo para a vida ou saúde de outrem).
d) por crime de omissão de socorro.
e) por crime de abandono de incapaz.

65)Q239933
Provas: FGV - 2012 - OAB - Exame de Ordem Unificado - VI - Primeira Fase - Reaplicação Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Grávida de nove meses, Maria se desespera e, visando evitar o nascimento de seu filho, toma um comprimido
contendo um complexo vitamínico, achando, equivocadamente, tratar- se de uma pílula abortiva. Ao entrar em trabalho
de parto, poucos minutos depois, Maria dá à luz um bebê saudável. Todavia, Maria, sob a influência do estado
puerperal, lança a criança pela janela do hospital, causando-lhe o óbito.
Com base no relatado acima, é correto afirmar que Maria praticou
a) crime de homicídio qualificado pela utilização de recurso que impediu a defesa da vítima.
b) em concurso material os crimes de aborto tentado e infanticídio consumado.
c) apenas o crime de infanticídio.
d) em concurso formal os crimes de aborto tentado e infanticídio consumado.

66)Q155759
Provas: CESPE - 2012 - TJ-AC - Técnico Judiciário - Auxiliar
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.

Com base na situação hipotética apresentada, julgue os itens seguintes, a respeito da aplicação da lei penal no
tempo e no espaço e dos crimes contra a vida
Mário praticou o crime de homicídio qualificado contra a esposa de Caio e o de infanticídio contra o recém-nascido.

Certo Errado

67)Q144512
Provas: CESPE - 2012 - TRE-RJ - Analista Judiciário - Área Administrativa Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos
Crimes Contra o Patrimônio. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
A respeito dos crimes contra a pessoa e contra o patrimônio, julgue os itens que se seguem.
Nos delitos de homicídio e de roubo, a pena será aumentada caso o crime tenha sido praticado com o emprego de
arma de fogo.

Certo Errado

68)Q172900
Provas: CESPE - 2012 - PM-AL - Oficial Combatente da Polícia Militar
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Nilo recusou-se a pagar a Henrique uma dívida no valor de mil reais decorrente da aquisição de drogas, razão por que
Henrique deu-lhe três tiros, provocando-lhe lesões que causaram a amputação de seu braço direito e a perda da
visão de seu olho esquerdo. Depois de vinte e cinco dias de internação, Nilo pediu a seu irmão Saulo que o colocasse
próximo ao aparelho fornecedor de oxigênio que o mantinha vivo, ocasião em que lhe disse que não queria

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 2/32
continuar a viver, pois sabia que, se saísse vivo do hospital, Henrique o mataria. Saulo moveu a cama hospitalar do
irmão para perto do aparelho de oxigênio e saiu do hospital.
Nilo, então, desligou o aparelho de oxigênio da fonte de energia elétrica, na tentativa de se matar. Minutos depois,
entretanto, Carlos, médico de plantão, reativou o aparelho, a tempo de salvar a vida de Nilo, que, em razão da falta
de oxigênio, sofreu sequelas neurológicas que ocasionaram a perda da fala e do controle de movimentos.
Com base na situação hipotética acima, assinale a opção correta à luz do Código Penal (CP).
a) Ao cobrar a dívida de Nilo usando de violência, Henrique cometeu tanto crime de homicídio tentado como de exercício
arbitrário das próprias razões.
b) Saulo cometeu crime de induzimento, instigação ou auxílio ao suicídio na forma consumada, ainda que sua ação não
tenha causado a morte de Nilo.
c) Tendo deixado de tomar os cuidados necessários à manutenção da vida de Nilo, o que caracteriza negligência, o
médico responsável por seu tratamento cometeu crime de homicídio culposo na modalidade tentada.
d) Henrique cometeu crime de lesão corporal gravíssima, uma vez que sua ação provocou a perda de membro e função
de Nilo.
e) Saulo cometeu crime de homicídio tentado.

69)Q144841
Provas: CESPE - 2012 - TJ-RR - Agente de Proteção
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.

Com base nessa situação hipotética, julgue os itens a seguir, que tratam dos crimes contra a vida e contra o
patrimônio.
Em decorrência das mortes dos policiais, Nero deverá responder pelo crime de duplo homicídio.

Certo Errado

70)Q144839
Provas: CESPE - 2012 - TJ-RR - Agente de Proteção
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.

Considerando a situação hipotética acima, julgue os itens que se seguem, a respeito de crimes contra a pessoa.
Como Augusto sofreu apenas lesão corporal leve quando atirou contra si, Severina não pode responder pelo crime de
instigação ao suicídio.

Certo
Errado

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 3/32
71)Q192048
Provas: FUJB - 2012 - MPE-RJ - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
João induziu José, portador de oligofrenia por idiotia, a cometer suicídio. Diante desse induzimento, José se atirou
de um prédio e milagrosamente sofreu apenas lesões corporais leves em razão da queda. João responderá pela
prática do crime de:
a) induzimento ao suicídio na modalidade consumada;
b) lesões corporais leves;
c) induzimento ao suicídio na modalidade tentada;
d) homicídio tentado.
e) nduzimento ao suicídio tentado, na forma qualifcada.

72)Q145547
Provas: FCC - 2012 - MPE-AP - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Em relação ao homicídio, é correto afirmar que
a) o privilégio da violenta emoção pode concorrer com as qualificadoras objetivas, não com as subjetivas.
b) as qualificadoras relativas aos motivos do crime não se comunicam aos coautores, mesmo que conheçam a
motivação.
c) premeditação constitui circunstância qualificadora.
d) o erro quanto à pessoa não isenta de pena, considerando-se ainda as condições e qualidades da vítima.
e) admite o perdão judicial, se privilegiado.

73)Q148464
Provas: MPE-SP - 2012 - MPE-SP - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida. Da Aplicação da Lei Penal Lei
temporária e excepcional
É INCORRETO afirmar:
a) O Código Penal Brasileiro adotou a teoria da actio libera in causa.
b) As leis temporárias e excepcionais são ultra-ativas.
c) No crime de apropriação indébita, o dolo do agente é subsequente à posse do bem.
d) O delito de lesão corporal seguida de morte, previsto no art. 129, § 3o , do Código Penal, contempla hipótese de crime
preterdoloso.
e) A imprudência, a negligência e a imperícia são modalidades da culpa consciente.

74)Q153881
Provas: FEC - 2012 - PC-RJ - Inspetor de Polícia - 6º Classe Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes
Contra a Pessoa. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida. Crimes Hediondos
De forma a castigar seu filho de treze anos por ter lido revistas de conteúdo homoerótico impróprio para sua idade,
José Haroldo decide colocar a cabeça do garoto na privada e puxar a descarga, colocar água fervente na região
genital, bem como lhe dá uma surra. O garoto é internado com fraturas nos braços e nas pernas, queimaduras de
segundo grau na região genital e nas coxas e rotura do baço. Ouvido em sede policial, José Haroldo confessa a
surra, informando ao delegado que não iria deixar o filho se tornar um pervertido, mesmo que tivesse que matá-lo. Na
hipótese, José Haroldo cometeu o crime de:
a) lesão corporal qualificada pela gravidade da lesão.
b) tortura, como aumento de pena por ter praticado o crime contra adolescente.
c) lesão corporal qualificada pela violência doméstica.
d) maus-tratos.
e) tortura simples, pois o crime foi praticado contra adolescente e não contra criança ou idoso.

75)Q150298
Provas: CESPE - 2012 - PC-AL - Delegado de Polícia
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Acerca dos crimes em espécie, julgue os itens seguintes.
Considere que José, penalmente imputável, horas após ter sido injustamente provocado por João, agindo sob
influência de violenta emoção, tenha desferido uma facada em João, o que resultou em sua morte. Nessa situação,
impõe-se em benefício de José, o reconhecimento do homicídio privilegiado.

Certo Errado

76)Q144835
Provas: CESPE - 2012 - TJ-RR - Agente de Proteção
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 4/32
Considerando a situação hipotética acima, julgue os itens que se seguem, a respeito de crimes contra a pessoa.
Além do crime de homicídio contra a esposa, Augusto cometeu o crime de suicídio.

Certo Errado

77)Q2644
Provas: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário - Segurança e Transporte Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
João, movido por motivo torpe, procurou Pedro, uma criança de nove anos de idade, e o agrediu a socos, pontapés e
pedradas, causando-lhe ferimentos graves. No mesmo contexto, vendo que Pedro continuava vivo, desferiu-lhe um
tiro na cabeça, ocasionando-lhe a morte.
João responderá por
a) infanticídio.
b) lesão corporal seguida de morte.
c) homicídio qualificado.
d) homicídio simples.
e) lesão corporal agravada.

78)Q194216
Provas: MPE-RS - 2011 - MPE-RS - Assessor - Direito
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra o Patrimônio. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Jonas, armado e acompanhado de outra pessoa não identificada, adentrou numa farmácia, localizada no centro de
Porto Alegre, para roubar. Enquanto o comparsa aguardava do lado de fora, rendeu o funcionário Hélvio. Jonas
anunciou o assalto, determinou que o funcionário abrisse a gaveta do caixa e lhe entregasse todo o dinheiro. Nesse
momento, Paulo, proprietário da farmácia, vendo que se tratava de um assalto, apanhou um telefone celular e
passou a fazer uma ligação. Jonas percebeu e, por isso, efetuou três disparos, acertando um deles em Paulo,
matando-o. Ato contínuo, temendo a chegada da Polícia, fugiu do local sem nada levar. Nesse caso, de acordo com
a jurisprudência amplamente dominante, Jonas deverá ser denunciado e condenado por
a) homicídio qualificado consumado e tentativa de roubo simples, em concurso material.
b) latrocínio tentado.
c) homicídio qualificado consumado.
d) latrocínio consumado.
e) homicídio qualificado consumado e tentativa de roubo simples, em concurso formal.

79)Q16093
Provas: MPE-SP - 2011 - MPE-SP - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Aquele que encoraja a gestante a praticar um aborto, acompanhando-a à clínica médica, mas sem participar
fisicamente das manobras abortivas, responde por:
a) participação em aborto provocado por terceiro, com o consentimento da gestante.
b) participação na modalidade própria do aborto consensual ou consentido.
c) participação na modalidade própria do chamado auto-aborto.
d) participação no aborto qualificado, desde que a vítima venha a sofrer lesão grave ou morte.
e) participação em aborto provocado por terceiro, sem o consentimento da gestante.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 5/32
80)Q54
Provas: PC-SP - 2011 - PC-SP - Delegado de Polícia
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
O aborto provocado pela gestante é crime
a) formal.
b) de mão própria.
c) de conduta vinculada.
d) de concurso necessário.
e) de mera conduta.

81)Q48
Provas: PC-SP - 2011 - PC-SP - Delegado de Polícia
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Tratando-se do crime de lesão corporal previsto no artigo 129, § 1°, inciso II, do CPB (perigo de vida), assinale a
alternativa correta
a) É uma figura típica exclusivamente culposa
b) É uma figura típica exclusivamente preterdolosa
c) O perigo de vida não deve necessariamente ser "concreto" para incidência da qualificadora.
d) O exame de corpo de delito (pericial) vítima é dispensável para a caracterização da qualificadora em questão
e) E hipótese que caracteriza a culpa consciente

82)Q40276
Provas: CESPE - 2011 - PC-ES - Perito Criminal Especial - Específicos CESPE - 2011 - PC-ES - Perito Criminal -
Específicos
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Acerca de diversos institutos de direito penal, cada um dos próximos itens apresenta uma situação hipotética,
seguida de uma assertiva a ser julgada.
Determinada mãe, sob influência do estado puerperal e com o auxílio de terceiro, matou o próprio filho, logo após o
parto. Nessa situação, considerando que os dois agentes são maiores e capazes e agiram com dolo, a mãe
responderá pelo delito de infanticídio; o terceiro, por homicídio.

Certo Errado

83)Q13495
Provas: TJ-DFT - 2011 - TJ-DF - Juiz
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Dos crimes contra a vida. Homicídio simples, privilegiado e qualificado (Art. 121, §§ 1º e 2º) Matar alguém; Pena -
Reclusão, de 6 (seis) a 20 (vinte) anos. Logo:
a) A causa especial de redução da pena, “sob o domínio de violenta emoção, logo em seguida à injusta provocação da
vítima”, prevista no §1º, do artigo 121, do Código Penal, é aplicável mesmo não estando o agente completamente
dominado pela emoção;
b) Ainda que o homicídio seja praticado friamente dias após a injusta provocação da vítima, a simples existência da
emoção por parte do acusado, é bastante para que o mesmo possa ser considerado privilegiado;
c) Configura traição que qualifica o homicídio a conduta do agente que de súbito ataca a vítima pela frente;
d) Configura traição que qualifica o homicídio a conduta do agente que colhe a vítima por trás, sem que esta tenha
qualquer visualização do ataque.

84)Q21924
Provas: MPE-PR - 2011 - MPE-PR - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Analise as assertivas relacionadas ao crime de homicídio (CP, art. 121, caput e §§), e assinale a
alternativa incorreta:
a) o homicídio doloso praticado contra pessoa maior de 60 (sessenta) anos constitui circunstância agravante prevista no
art. 61 do Código Penal, considerada na segunda fase de aplicação da pena;
b) a qualificadora da emboscada, como recurso que dificulta ou impossibilita a defesa da vítima, pode coexistir com as
qualificadoras do motivo torpe e do meio cruel;
c) na condenação por prática de homicídio duplamente qualificado, uma das circunstâncias qualificadoras pode ser
considerada na segunda fase de aplicação da pena, se também prevista como circunstância agravante, ou, caso não
haja tal previsão, na primeira fase de aplicação da pena, por ocasião da valoração das circunstâncias judiciais do art. 59
do Código Penal;
d) a condenação por prática de tentativa de homicídio simples pode resultar, conforme a hipótese concreta, em aplicação
de quantum de pena privativa de liberdade a ser cumprida no regime aberto, semi-aberto ou fechado;
e) o homicídio doloso e o homicídio culposo admitem causas de aumento de pena previstas na parte especial do Código
Penal, mas apenas o homicídio doloso admite a forma derivada do tipo privilegiado e apenas o homicídio culposo admite
o perdão judicial.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 6/32
85)Q29771
Provas: VUNESP - 2011 - TJ-SP - Juiz
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Analise as proposições que seguem e assinale a correta, inclusive, se o caso, consoante jurisprudência sumulada
dos Tribunais Superiores (STJ e STF).
a) Para praticar o aborto necessário, o médico não necessita do consentimento da gestante.
b) No caso do crime continuado, a prescrição é regulada pela pena imposta, computando-se o aumento decorrente da
continuidade.
c) A existência de circunstância atenuante autoriza a fixação da pena abaixo do mínimo legal.
d) Na fixação da pena, o juiz deve considerar condenação, ainda não transitada em julgado para o réu, como
circunstância judicial desfavorável, a título de maus antecedentes.
e) O agente que imputa a alguém fato ofensivo à sua reputação comete o crime de injúria.

86)Q19583
Provas: PUC-PR - 2011 - TJ-RO - Juiz
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Considera-se a vida humana como um direito fundamental garantido pela Constituição Federal ainda objeto de
proteção pela legislação penal vigente. Dado esse enunciado, assinale a única alternativa CORRETA.
a) Se o agente comete o crime de homicídio (simples ou qualificado) impelido por motivo de relevante valor social ou
moral, ou sob a influência de violenta emoção, logo em seguida a injusta provocação da vítima, o juiz pode reduzir a pena
de um sexto a um terço.
b) Aumentam-se da metade (1/2) até dois terços (2/3) as penas aplicadas ao crime de aborto, se este resultar à
gestante lesão corporal de natureza grave ou na hipótese de lhe sobrevir a morte.
c) A legislação penal vigente não permite a redução de pena em crimes de lesão corporal na hipótese de o agente ter
cometido o crime impelido por motivo de relevante valor social ou moral ou sob o domínio de violenta emoção, logo em
seguida à injusta provocação da vítima.
d) Aquele que expõe a perigo a vida ou a saúde de pessoa sob sua autoridade, guarda ou vigilância, para fim de
educação, ensino, tratamento ou custódia, quer privando-a a de alimentação ou cuidados indispensáveis, quer sujeitando-
a a trabalho excessivo ou inadequado, quer abusando de meios de correção ou disciplina responde pelo delito de
homicídio na forma omissiva.
e) O crime de perigo de contágio venéreo previst no artigo 130 do Código Penal é de ação penal pública condicionada à
representação do ofendido.

87)Q39411
Provas: CESPE - 2011 - TRE-ES - Analista Judiciário - Área Administrativa - Específicos Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Em cada um dos próximos itens, é apresentada uma situação hipotética seguida de uma assertiva a ser julgada no
que se refere aos institutos de direito penal.
Tendo a casa invadida, Braz e toda a sua família ficaram reféns de um assaltante, que se rendeu, após dois dias, aos
policiais que participaram das negociações para a sua rendição. Quando estava sendo algemado, o assaltante sorriu
ironicamente para Braz, que, sob o domínio de violenta emoção, sacou repentinamente a pistola do coldre de um dos
policiais e matou o assaltante. Nessa situação, a circunstância em que Braz cometeu o delito de homicídio constitui
causa de redução de pena.

Certo Errado

88)Q147232
Provas: MPDFT - 2011 - MPDFT - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Aprecie a seguinte situação hipotética e assinale a alternativa correta:
M.R.A. encontra-se ingerindo bebida alcoólica num bar, enquanto joga dominó com o amigo
R.F.B. Ambos se desentendem acerca da partida, entrando em luta corporal após R.F.B. lançar contra
M.R.A. o resto de pinga que havia em seu copo. M.R.A. deixa o local em direção ao seu veículo,
estacionado nas imediações, retornando cerca de 15 minutos após, desta feita armado com uma pistola .40,
com a qual dispara duas vezes, a curta distância e com ânimo homicida, acertando o braço de C.S.P., que por
ali passava, e o ombro de R.F.B., transfixando-o. Com o impacto do disparo, R.F.B. é lançado ao chão,
chocando a cabeça violentamente. R.F.B. morre no local, enquanto C.S.P. é socorrida, recuperando-se dias
após.
M.R.A. é preso em flagrante.
a) A conduta de M.R.A. subsume-se ao tipo penal do homicídio, mas está acobertada pela legítima defesa.
b) M.R.A. deverá responder pela prática de dois homicídios – um consumado e um tentado – em concurso formal
perfeito, bem como pelo porte não autorizado de arma de fogo de calibre permitido.
c) É compatível com a causa mortis o laudo de exame cadavérico que aponta ter o óbito advindo de ação de instrumento
contundente.
d) A ação de M.R.A. é típica, antijurídica e culpável, mas a pena deverá ser reduzida se se constatar que estava
embriagado por ocasião dos disparos.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 7/32
e) O laudo médico-legal, alusivo à lesão verificada no ombro de R.F.B., deverá registrar ação de instrumento perfurante.

89)Q40482
Provas: CESPE - 2011 - PC-ES - Escrivão de Polícia - Específicos
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Cada um dos próximos itens apresenta uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada, com relação
ao direito penal.
Juca, portador do vírus HIV, de forma consciente e voluntária, manteve relações sexuais com Jéssica, com o objetivo
de transmitir-lhe a doença e, ao fim, alcançou esse objetivo, infectando-a. Nessa situação, Juca incorreu na prática do
crime de perigo de contágio venéreo.

Certo Errado

90)Q29432
Provas: FCC - 2011 - TJ-AP - Titular de Serviços de Notas e de Registros
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
João, com a intenção de matar, golpeou José com uma faca, ferindo-o. Em condições normais, o ferimento teria
configurado apenas lesão corporal leve. No entanto, por ser a vítima diabética, a lesão se agravou e esta veio a
falecer em razão do ocorrido. Nesse caso,
João responderá por
a) homicídio doloso.
b) tentativa de homicídio.
c) lesões corporais graves.
d) lesões corporais leves.
e) homicídio culposo.

91)Q63765
Provas: FCC - 2010 - TJ-PI - Assessor Jurídico
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Do Crime
João, com intenção de matar, agrediu José a golpes de faca, ferindo-o no abdome. Atendido por terceiros, José foi
levado a um hospital. Quando estava sendo medicado, ocorreu um incêndio no hospital e José morreu queimado.
Nesse caso, João responderá por
a) lesões corporais leves.
b) lesões corporais graves.
c) homicídio doloso.
d) tentativa de homicídio.
e) homicídio culposo.

92)Q56006
Provas: FGV - 2010 - PC-AP - Delegado de Polícia
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra o Patrimônio. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
João e Marcos decidem furtar uma residência. Vigiam o local até que os proprietários deixem a casa. Tentam forçar
as janelas e verificam que todas estão bem fechadas, com exceção de uma janela no terceiro andar da casa. Usando
sua habilidade, João escala a parede e entra na casa, pedindo a Marcos que fique vigiando e avise se alguém
aparecer. Enquanto está pegando os objetos de valor, João escuta um barulho e percebe que a empregada tinha
ficado na casa e estava na cozinha bebendo água. João vai até a empregada (uma moça de 35 anos) e decide
constrangê-la, mediante grave ameaça, a ter conjunção carnal com ele.
Logo após consumar a conjunção carnal, com a empregada e deixá-la amarrada e amordaçada (mas sem sofrer
qualquer outro tipo de lesão corporal), João termina de pegar os objetos de valor e vai ao encontro de Marcos.
Ao contar o que fez a Marcos, este o chama de tarado e diz que nunca teria concordado com o que João fizera, mas
que agora uma outra realidade se impunha e era preciso silenciar a testemunha. Marcos retorna à casa e mesmo
diante dos apelos de João que tenta segurá-lo, utiliza uma pedra de mármore para quebrar o crânio da empregada.
Ambos decidem ali mesmo repartir os bens que pegaram na casa e seguir em direções opostas. Horas depois,
ambos são presos com os objetos.
Assinale a alternativa que identifica os crimes que cada um deles praticou.
a) João: furto qualificado e estupro. Marcos: furto qualificado e homicídio qualificado.
b) João: furto qualificado, estupro e homicídio simples. Marcos: furto qualificado, estupro e homicídio qualificado.
c) João: furto simples e estupro. Marcos: furto simples e homicídio qualificado.
d) João: furto simples, estupro e homicídio qualificado. Marcos: furto qualificado, estupro e homicídio simples.
e) João: furto qualificado e estupro. Marcos: furto simples e homicídio qualificado.

93)Q44619
Provas: FCC - 2010 - TRT - 8ª Região (PA e AP) - Analista Judiciário - Área Judiciária Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
No crime de homicídio,

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 8/32
a) não há incompatibilidade na coexistência de circunstâncias objetivas que qualificam o crime e as que o tornam
privilegiado.
b) há incompatibilidade na coexistência de quaisquer circunstâncias que qualificam o crime e as que o tornam
privilegiado.
c) não há incompatibilidade na coexistência de circunstâncias subjetivas que qualificam o crime e as que o tornam
privilegiado.
d) há incompatibilidade na coexistência de duas ou mais qualificadoras, ainda que objetivas.
e) não há incompatibilidade na coexistência de duas qualificadoras de natureza subjetiva.

94)Q44669
Provas: FCC - 2010 - TRT - 8ª Região (PA e AP) - Analista Judiciário - Execução de Mandados Disciplina: Direito
Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Pedro, a pedido de José que desejava suicidar-se, efetua disparo de arma de fogo contra o mesmo, causando-lhe a
morte. Pedro
a) responderá por homicídio doloso.
b) responderá por auxílio doloso ao suicídio.
c) não responderá por nenhum delito.
d) responderá por homicídio culposo.
e) responderá por auxílio culposo ao suicídio.

95)Q51905
Provas: FCC - 2010 - TRE-AC - Analista Judiciário - Área Judiciária
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Considere as hipóteses:
I. O agente deixa de prestar imediato socorro à vítima.
II. O delito é resultado da inobservância de regra técnica de profissão.
III. O crime é praticado contra pessoa menor de 14 anos ou maior de 60 anos.
IV.O agente foge para evitar prisão em flagrante.
V. O agente encontrava-se em estado de embriaguez preordenada.
De acordo com o Código Penal brasileiro, é qualificado o homicídio culposo nas hipóteses:
a) I, II e III.
b) I, II e IV.
c) I, II e V.
d) II, III e V.
e) III e IV.

96)Q140581
Provas: INSTITUTO CIDADES - 2010 - DPE-GO - Defensor Público
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Na situação de roubo, se ocorrer homicídio e subtração consumados, há latrocínio consumado e, se ocorrer
homicídio e subtração tentados, há latrocínio tentado. Nessas hipóteses, o entendimento é pacífico. Entretanto, no
caso de homicídio consumado e subtração tentada, há diversas correntes doutrinárias. Para o Supremo Tribunal
Federal, Súmula 610, há, nessa última hipótese,
a) tentativa de latrocínio.
b) homicidio consumado em concurso formal com tentativa de furto.
c) homicídio qualificado consumado em concurso material com tentativa de roubo.
d) latrocínio consumado.
e) somente homicidio qualificado.

97)Q190133
Provas: EsFCEx - 2010 - EsFCEx - Aluno - EsFCEx - Direito
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida. Concurso de Pessoas
Dois indivíduos desejando matar Tício a tiros de revólver, colocam-se de emboscada. Nenhum conhece o
comportamento do outro. Ambos disparam, ao mesmo tempo, contra à vítima que veio a falecer alvejada que fora
pelos tiros disparados por um dos revólveres. Não se apurou se os disparos partiram da arma de Mévio ou
Semprônio. Assinale abaixo a resposta correta.
a) Os dois devem ser absolvidos.
b) Os dois devem ser condenados por homicidio culposo.
c) Os dois devem ser condenados por tentativa de homicidio doloso.
d) Os dois devem ser condenados por homicídio doloso consumado.
e) Um deve ser condenado por homicídio doloso consumado e o outro por tentativa de homicídio doloso.

98)Q79681
Provas: CESPE - 2010 - MPE-SE - Promotor de Justiça

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 9/32
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Assinale a opção correta acerca do homicídio privilegiado.
a) A natureza jurídica do instituto é de circunstância atenuante especial.
b) Estando o agente em uma das situações que ensejem o reconhecimento do homicídio privilegiado, o juiz é obrigado a
reduzir a pena, mas a lei não determina o patamar de redução.
c) O relevante valor social não enseja o reconhecimento do homicídio privilegiado.
d) A presença de qualificadoras impede o reconhecimento do homicídio privilegiado.
e) A violenta emoção, para ensejar o privilégio, deve ser dominante da conduta do agente e ocorrer logo após injusta
provocação da vítima.

99)Q63766
Provas: FCC - 2010 - TJ-PI - Assessor Jurídico
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Antonio e sua mulher Antonia resolveram, sob juramento, morrer na mesma ocasião. Antonio, com o propósito de
livrar-se da esposa, finge que morreu. Antonia, fiel ao juramento assumido, suicida-se. Nesse caso, Antonio
responderá por
a) auxílio ao suicídio culposo.
b) homicídio doloso.
c) homicídio culposo.
d) induzimento ao suicídio.
e) tentativa de homicídio.

100) Q79682
Provas: CESPE - 2010 - MPE-SE - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Getúlio, a fim de auferir o seguro de vida do qual era beneficiário, induziu Maria a cometer suicídio, e, ainda,
emprestou- lhe um revólver para que consumasse o crime. Maria efetuou um disparo, com a arma de fogo
emprestada, na região abdominal, mas não faleceu, tendo sofrido lesão corporal de natureza grave.
Em relação a essa situação hipotética, assinale a opção correta.
a) Como o suicídio não se consumou, a conduta praticada por Getúlio é considerada atípica.
b) Apesar de a conduta praticada por Getúlio ser típica, pois configura induzimento, instigação ou auxílio ao suicídio,
ele é isento de pena, porque Maria não faleceu.
c) Getúlio deve responder por crime de induzimento, instigação ou auxílio ao suicídio, por uma única vez, com pena
duplicada pela prática do crime por motivo egoístico.
d) Getúlio deve responder por crime de lesão corporal grave.
e) Por ter induzido e auxiliado Maria a praticar suicídio, Getúlio deve responder por crime de induzimento, instigação
ou auxílio ao suicídio, por duas vezes em continuidade delitiva, com pena duplicada pela prática do crime por motivo
egoístico.

101) Q55992
Provas: FGV - 2010 - PC-AP - Delegado de Polícia
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Assinale a alternativa que não qualifica o crime de homicídio.
a) Emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura ou outro meio insidioso ou cruel.
b) Para assegurar a ocultação de outro crime.
c) Motivo fútil
d) Abuso de poder ou violação de dever inerente a cargo, ofício, ministério ou profissão.
e) Mediante dissimulação.

102) Q63767
Provas: FCC - 2010 - TJ-PI - Assessor Jurídico
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Maria e seu namorado João praticaram manobras abortivas que geraram a expulsão do feto. Todavia, em razão da
chegada de terceiros ao local e dos cuidados médicos dispensados, o neonato sobreviveu. Nesse caso, Maria e
João responderão por
a) tentativa de aborto.
b) crime de aceleração de parto.
c) tentativa de homicídio.
d) infanticídio.
e) tentativa de infanticídio.

103) Q47026
Provas: CESPE - 2010 - MPE-RO - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra o Patrimônio. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 10/32
Assinale a opção correta acerca dos crimes contra a vida e contra o patrimônio.
a) O pai que dolosamente matar o filho recém-nascido, após instigação da mãe, que está em estado puerperal,
responderá por homicídio e a mãe, partícipe, por infanticídio.
b) A conduta da gestante que, no intuito de provocar aborto, ingere substância que acredita ser abortiva, mas que não
tem esse efeito, caracteriza crime impossível por absoluta impropriedade do objeto.
c) A conduta do agente que, após subtrair os pertences da vítima, dispare contra a mesma, para assegurar a posse dos
bens, e fuja caracterizará roubo qualificado se a morte, em decorrência do pronto atendimento médico, não ocorrer.
d) Na hipótese de o agente, após subtrair os pertences da vítima mediante arma apontada para sua cabeça, deixá-la
presa em casa abandonada, caracteriza-se crime de extorsão qualificado pela restrição da liberdade, também conhecido
como sequestro-relâmpago.
e) A conduta do agente que, sob o domínio de violenta emoção, mata a esposa após flagrá-la traindo- o caracteriza
homicídio qualificado por motivo fútil.

104) Q27218
Provas: MPE-SP - 2010 - MPE-SP - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Assinale a alternativa incorreta:
a) no crime de homicídio, constitui causa especial de diminuição de pena a circunstância de ser praticado por motivo de
relevante valor social, que se refere aos interesses e anseios da vida em sociedade.
b) constitui crime de homicídio culposo, por excesso, a hipótese de o agente policial acabar por levar a vítima à morte,
após torturá-la para obter informação de que necessita.
c) o homicídio culposo na modalidade de imperícia consiste na prática de ação profissional ou técnica, por despreparo
ou falta de conhecimentos, de que resulta a morte da vítima.
d) o crime de maus tratos contra idoso (Estatuto do Idoso), expondo a perigo sua integridade e saúde física ou psíquica,
constitui modalidade típica de lei especial com figuras qualificadas pelo resultado.
e) constitui crime de violação de domicílio a entrada em aposento ocupado de habitação coletiva, pertencente a terceiro,
contra a vontade expressa ou tácita de quem de direito.

105) Q19760
Provas: FGV - 2010 - OAB - Exame de Ordem Unificado - II - Primeira Fase Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Arlete, em estado puerperal, manifesta a intenção de matar o próprio filho recém nascido. Após receber a criança no
seu quarto para amamentá-la, a criança é levada para o berçário. Durante a noite, Arlete vai até o berçário, e, após
conferir a identificação da criança, a asfixia, causando a sua morte. Na manhã seguinte, é constatada a morte por
asfixia de um recém nascido, que não era o filho de Arlete.
Diante do caso concreto, assinale a alternativa que indique a responsabilidade penal da mãe.
a) Crime de homicídio, pois, o erro acidental não a isenta de reponsabilidade.
b) Crime de homicídio, pois, uma vez que o art. 123 do CP trata de matar o próprio filho sob in? uência do estado
puerperal, não houve preenchimento dos elementos do tipo.
c) Crime de infanticídio, pois houve erro quanto à pessoa.
d) Crime de infanticídio, pois houve erro essencial.

106) Q57621
Provas: CESPE - 2010 - MPE-ES - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Acerca dos delitos previstos na parte especial do CP, assinale a opção correta.
a) Considere a seguinte situação hipotética.
Abel, com intenção apenas de lesionar, desferiu golpes de foice contra Bruno, decepando-lhe o braço esquerdo.
Nessa situação, Abel cometeu o delito de lesão corporal gravíssima qualificada pela perda de membro.
b) A figura do homicídio privilegiado compatibiliza-se com as qualificadoras de cunho objetivo, ocasião em que deve ser
considerada crime hediondo.
c) No homicídio, a incidência da qualificadora pelo fato de o delito ter sido praticado mediante paga ou promessa de
recompensa é circunstância de caráter objetivo e, portanto, comunicável aos partícipes.
d) No delito de homicídio, a discussão anterior entre autor e vítima, por si só, não implica o afastamento da qualificadora
referente ao motivo fútil, notadamente quando não restar incontroverso o verdadeiro motivo da animosidade.
e) O agente que praticar aborto ilícito consentido em mulher grávida de gêmeos responderá pelo delito de aborto em
concurso formal homogêneo, ainda que desconheça que se trate de gravidez gemelar.

107) Q83153
Provas: MPE-SC - 2010 - MPE-SC - Promotor de Justiça - Matutina Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes
Contra o Patrimônio. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida. Do Crime
Lei nº 9.503, de 23 de Setembro de 1997 (Código de Trânsito Brasileiro)
I - Segundo a Lei n. 8.072/90 o homicídio, tanto na sua modalidade simples quanto qualificada, quando praticado
em atividade típica de grupo de extermínio é crime hediondo.
II - A pena do crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor, pela Lei n. 9.503/97, é aumentada de
um terço à metade se o agente empreender velocidade acima da permitida, em patamar superior a 20% do limite

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 11/32
máximo permitido.
III - A omissão de socorro prevista no art. 304 da Lei 9.503/97 não é suprida pelo fato de terceiros terem prestado os
primeiros atendimentos à vítima.
IV - A pena do roubo (art. 157 do CP) é aumentada de um terço até metade se o crime for cometido contra a vítima
que esteja em serviço de transporte de valores e o agente conheça essa circunstância.
V - O crime de quadrilha, previsto no art. 288 do CP, por ser plurisubjetivo, não admite concurso de pessoas.
a) Apenas os itens I, III e IV estão corretos
b) Apenas os itens I, II, e III estão corretos.
c) Apenas os itens II, III, IV e V estão corretos.
d) Apenas os itens I, III, IV e V estão corretos.
e) Apenas os itens II, III e IV estão corretos.

108) Q42558
Provas: NUCEPE - 2010 - SEJUS-PI - Agente Penitenciário
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Levando-se em consideração o seguinte fato: ALTAMIR VALENTE, com dolo de homicídio, esfaqueou seu colega de
farra por motivo fútil, perfurando-lhe o intestino delgado, o qual recebeu atendimento médico e cirúrgico no HUT.
Apesar da excelência do tratamento, veio a óbito em decorrência das lesões, um mês após o fato. Dessa forma, é
CORRETO afirmar que o autor responderá por:
a) tentativa de homicídio(art. 121, combinado com art. 14, II, do Código Penal), haja vista o decurso de tempo entre a
conduta e o resultado;
b) lesão corporal seguida de morte(at. 129, § 3º, do Código Penal);
c) homicídio simples(art. 121, caput, do Código Penal);
d) homicídio qualificado(art. 121, §2º, II, do Código Penal);
e) homicídio culposo(art. 121, §3º, do Código Penal).

109) Q92111
Provas: CESPE - 2010 - TRE-BA - Analista Judiciário - Área Administrativa Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra o Patrimônio. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
A droga, ou conjunto de drogas, usada no golpe conhecido como boa-noite, Cinderela, se colocada em bebidas e
ingerida, pode deixar a pessoa semi ou completamente inconsciente, funcionando, normalmente, como um potente
sonífero.
Considerando, por hipótese, que Carlos tenha posto essa substância entorpecente na bebida de Maria e esta tenha
entrado em sono profundo, julgue os itens a seguir.
Carlos praticará o crime de roubo se, valendo-se do sono de Maria, intencionalmente subtrair-lhe, em seguida, seus
pertences.

Certo Errado

110) Q42490
Provas: UPENET - 2010 - SERES-PE - Agente Penitenciário
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Com relação aos crimes contra a vida, julgue as seguintes proposições.
I. O Supremo Tribunal Federal inadmite a coexistência de homicídio privilegiado (art. 121,
§1º, do CPB) e qualificado (art. 121, §2º, do CPB), pois são antitéticos em sua essência.
II. O agente que, desejando obter uma confissão, constrange a vítima, com o emprego de grave ameaça, causando-
lhe sofrimento físico, em razão do qual ela vem a falecer, pratica crime de tortura qualificada e não, de homicídio
qualificado.
III. O crime de induzimento, instigação ou auxílio ao suicídio (art. 122, do CPB) admite a coautoria e a participação.
IV.O aborto, nos casos de gestação decorrente de violência sexual, somente pode ser realizado por médico e
mediante alvará judicial.
São CORRETAS
a) I e II.
b) II e IV.
c) II, III e IV.
d) I, III e IV.
e) II e III.

111) Q44618
Provas: FCC - 2010 - TRT - 8ª Região (PA e AP) - Analista Judiciário - Área Judiciária Disciplina: Direito Penal -
Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Tendo em conta o tipo penal do crime de homicídio (art. 121 do Código Penal: "Matar alguém"), a mãe que
intencionalmente deixa de amamentar a criança, causando-lhe a morte por inanição, pratica um
a) crime culposo.
b) crime omissivo.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 12/32
c) crime sem resultado.
d) crime comissivo por omissão.
e) fato penalmente atípico.

112) Q140580
Provas: INSTITUTO CIDADES - 2010 - DPE-GO - Defensor Público
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
O homicídio é qualificado pela conexão quando é cometido
a) mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe.
b) por motivo fútil
c) com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia,tortura ou outro meio insidioso ou cruel, ou de que possa resultar
perigo comum.
d) à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do
ofendido.
e) para assegurar a execução, a ocultaçao, a impunidade ou vantagem de outro crime.

113) Q50949
Provas: MPE-PB - 2010 - MPE-PB - Promotor de Justiça
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Joana e Jasão, namorados, inconformados com o fato de suas famílias não admitirem o seu romance,
resolvem fazer um pacto de morte, optando por fazêlo por asfixia de gás carbônico. Combinam, então,
que Jasão deve abrir o bico de gás, enquanto Joana se responsabiliza pela vedação total do
compartimento por eles utilizado. A partir de tal caso empírico, analise as assertivas abaixo,
assinalando, em seguida, a alternativa que sobre elas contém o devido julgamento:
I - Se apenas Joana sobreviver, deverá responder pelo crime de homicídio qualificado consumado.
II - Se ambos sobreviverem, deverão responder por tentativa de homicídio.
III - Se apenas Jasão tivesse vedado o compartimento e aberto o bico de gás, responderia, na hipótese de
sobrevivência de ambos, por tentativa de homicídio, e Joana, nesse caso, responderia unicamente por instigação a
suicídio, desde que ocorresse lesão corporal grave do namorado.
a) Todas as assertivas estão corretas.
b) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
c) Apenas as assertivas I e III estão corretas.
d) Apenas as assertivas II e III estão corretas.
e) Não há assertiva correta.

114) Q87613
Provas: CESPE - 2010 - DPU - Defensor Público
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Dolo
No que se refere aos crimes contra a vida, às lesões corporais, aos crimes contra a honra e àqueles contra a
liberdade individual, julgue os seguintes itens.
Em se tratando de homicídio, é incompatível o domínio de violenta emoção com o dolo eventual.

Certo Errado

115) Q57112
Provas: VUNESP - 2009 - TJ-SP - Juiz
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Pode constituir exemplo de homicídio qualificado por motivo torpe o crime praticado
a) com o propósito de vingança.
b) por motivação insignificante.
c) com extrema crueldade contra a pessoa da vítima.
d) por vários agentes para subtrair bens de pessoa idosa.

116) Q70955
Provas: CESPE - 2009 - PC-RN - Agente de Polícia
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa. Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Manoel dirigia seu automóvel em velocidade compatível com a via pública e utilizando as cautelas necessárias
quando atropelou fatalmente um pedestre que, desejando cometer suicídio, se atirou contra seu veículo.
Com relação a essa situação hipotética, assinale a opção correta.
a) Manoel praticou homicídio culposo, uma vez que, ao dirigir veículo automotor, o condutor assume o risco de produzir o
resultado, nesse caso o atropelamento.
b) Manoel praticou lesão corporal seguida de morte, pois, ao dirigir, assumiu o risco de atropelar alguém, mas, como não
tinha intenção de matar, não responde pelo resultado morte.
c) Manoel praticou o crime de auxílio ao suicídio, posto que contribuiu para a conduta suicida da vítima.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 13/32
d) Manoel não praticou crime, posto que o fato não é típico, já que não agiu com dolo ou culpa em face da excludente de
ilicitude.
e) Manoel não praticou crime, na medida em que não houve previsibilidade na conduta da vítima.

117) Q77634
Provas: FCC - 2009 - DPE-MT - Defensor Público
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
João matou seu desafeto com vinte golpes de faca. Nesse caso,
a) responderá por crime de homicídio tentado e consumado em concurso material.
b) ocorreu concurso formal de infrações.
c) responderá por vinte crimes de homicídio em concurso material.
d) deve ser reconhecido o crime continuado.
e) responderá por um crime de homicídio.

118) Q77242
Provas: CESPE - 2009 - PC-PB - Agente de Investigação e Agente de Polícia Disciplina: Direito Penal - Assuntos:
Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Agentes de um distrito policial montaram barreira policial rotineira, com o objetivo de encontrar drogas ilícitas. Um
motociclista, ao passar pela barreira, não atendeu ao sinal de parada determinado por um agente, pois estava sem
capacete e não possuía licença para conduzir aquele veículo. Ato contínuo, três policiais efetuaram disparos de
pistola contra o motociclista, que faleceu em consequência das lesões provocadas pelos disparos.
Com referência a essa situação hipotética, assinale a opção correta.
a) Por agirem no estrito cumprimento do dever legal, os agentes não devem responder pela morte do motociclista.
b) Os policiais devem responder pelo crime de homicídio consumado.
c) Os policiais só iriam se beneficiar da excludente do estrito cumprimento do dever legal se a barreira tivesse sido
montada em local com altos índices de violência.
d) Por serem policiais, os agentes devem responder por tentativa de homicídio.
e) Por terem agido em legítima defesa, os agentes não devem responder pela morte do motociclista.

119) Q155396
Provas: MOVENS - 2009 - PC-PA - Escrivão de Polícia Civil
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida.
Considere que Antônio esteja infectado com o vírus H1N1, causador da infuenza 1, doença infecciosa aguda que vem
fazendo vítimas fatais pelo mundo. Querendo matar Bruno, espirrou perto de sua vítima no intuito de que Bruno se
contaminasse com o referido vírus e viesse a falecer em consequência da doença. Entretanto, Bruno sequer chegou
a contrair a gripe, por circunstâncias alheias à vontade de Antônio.
Com base nessa situação hipotética, assinale a opção correta.
a) Antônio cometeu o crime de tentativa de homicídio.
b) Antônio cometeu crime contra a incolumidade pública.
c) Antônio cometeu o crime de tentativa de lesão corporal.
d) A conduta de Antônio não é criminosa, por não estar prevista na lei.

120) Q85063
Provas: FCC - 2009 - MPE-SE - Técnico do Ministério Público – Área Administrativa
Disciplina: Direito Penal - Assuntos: Dos Crimes Contra a Pessoa - Contra a Vida. Concurso de crimes
O agente arremessou uma granada contra cinco pessoas, ocasionado-lhes a morte. Nesse caso, ocorreu
a) concurso formal de crimes.
b) crime de perigo concreto.
c) concurso material de crimes.
d) crimes continuados.
e) crime plurissubjetivo.

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 14/32
GABARITO:
61) Errado 76) Errado 91) D 106) D

62) D 77) C 92) A 107) A


63) E 78) D 93) A 108) D
64) D 79) B 94) A 109) Certo
65) C 80) B 95) B 110) E
66) Errado 81) B 96) D 111) D
67) Errado 82) Errado 97) C 112) E
68) B 83) D 98) E 113) A
69) Errado 84) A 99) D 114) Errado
70) Certo 85) A 100) C 115) A
71) D 86) E 101) D 116) E
72) A 87) Certo 102) A 117) E
73) E 88) C 103) A 118) B
74) B 89) Errado 104) B 119) A
75) Errado 90) A 105) C 120) A

https://www.aprovaconcursos.com.br/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Dos+Crimes+Contra+a+Pessoa+-+Contra+a+Vida./pagina/2/quantidad… 15/32