Você está na página 1de 77

Curso de

Salgadinhos
 Introdução

 Profissão Salgadeira

 Materiais e Utensílios Básicos

 Receitas Completas

 Higiene e Cuidados

 Fritura Perfeita

 Embalagem e Armazenamento

 Padrão de Medidas dos Salgadinhos

 Como dar preço ao seu Produto


 Dicas de como começar um negócio de Salgados para Festa

 Sugestão de Cardápio

 Recheios Gourmet
Introdução

Os Salgadinhos pode-se dizer que é um produto legítimo com nacionalidade brasileira. Surgiu
como alternativa de lanche para ser vendidos aos operários das fábricas paulistanas.

Desde então os encontramos nos bares e até mesmo em casamentos ou coquetéis.

Com uma massa base para os salgados fritos podemos fazer diversos salgadinhos, como
coxinhas, rissoles, bolinha de queijo e muitos outros, combinados com variados recheios.

Aprenda a calcular o que você está gastando para dar o preço correto ao seu salgado.

No Curso de Salgadinhos você irá aprender a fazer o verdadeiro e original salgado brasileiro.
Profissão Salgadeira
Denominamos a profissão de quem faz ou produz os salgados de: Salgadeira. Tanto assado
como frito: Coxinha, Risoles ou Rissoles, Empadinha, Kibe, Pastelzinho, etc, ou seja, qualquer
tipo de salgado.

Podendo fornecer para Buffet's, Restaurantes, Lanchonetes, Centro de Eventos, Empresas,


Hotéis e em menor quantidade para consumidores.

Esta profissão está em grande crescimento pois podemos perceber o aumento de Casas de
Festas e Buffet's que necessitam do trabalho de uma Salgadeira.

Esta ocupação permite até mesmo o Cadastro no MEI - Micro Empreeendedor Individual. O que
trará a vantagem de benefícios como direito à aposentadoria ou a qualquer outro benefício como
licença-maternidade e auxílio-doença.
Para saber mais detalhes de como se Inscrever basta clicar: AQUI.
Veja a média Salarial de uma Salgadeira. Essa pesquisa foi realizada no ano de 2016, porém há
de se levar em consideração o reajuste anual. Segue abaixo:

Fonte: http://www.sine.com.br
Materiais
e Utensílios
Você deve prezar sobretudo por qualidade na hora de adquirir a matéria prima para fabricar os
salgados.
Por exemplo, se você optar por um produto inferior, como uma farinha ruim, provavelmente irá
influenciar no ponto de sua massa e até mesmo render menos salgados do que o esperado.
Para confeccionar os salgados você precisará de poucos utensílios, tais como:

Panela Grande: Existem várias marcas com uma ótima qualidade no


mercado. O fundo deve ser reforçado para distribuir bem o calor O seu
investimento será em média de: R$50,00. Hoje existem no mercado as
panelas que já vem com o cesto para escorrer.

Colher de Bambu: um material ecológico, resistente a odores e bactérias.


Bowl: Para você reservar os recheios.

Bacia: Esta bacia é mais indicada para 1k ou mais de


farinha de trigo, pois tem um bom espaço para misturar os
ingredientes.
Forma de Pastel: As forminhas são importante para que a
modelagem fique bem bonita e o salgado fique fechado
adequadamente.

Existem no mercado vários tamanhos, geralmente é vendido o kit.


O preço varia em torno de R$10,00
Forminha para Empada: É importante que você escolha um material de boa
qualidade para a durabilidade ser maior.Um kit com 100 unidades vai custar
em torno de R$ 45,00.

Rolo de Massa: Esse é o rolo mais indicado. Fabricado e material sintético


e atóxico, a massa não gruda pois é antiaderente, não pega cheiro e o
principal: impede proliferação de bactérias e fungos. O investimento é um
pouco mais alto, porém será útil e seguro trabalhar com este material. Você
irá investir por volta de R$100,00.
Escumadeira: Essa escumadeira é a ideal para a retirada de um maior número
de salgados da panela por vez. O Preço é de aproximadamente RS15,00.

Peneira ou Cesto: É essencial para a fritura ficar sequinha.


Você deve ter um cesto para o salgado descansar e depois
ir para o Papel toalha e terminar de sugar o excesso do
óleo para garantir um salgado sequinho e crocante. O
preço gira por volta de R$25,00.
Os ingredientes mais utilizados são:

 Farinha de Trigo
 Farinha de Rosca
 Óleo
 Ovo
 Manteiga
 Gordura Vegetal
 Creme de leite
 Cebola
 Tomate
 Cebolinha
 Alho
 Peito de Frango
 Carne Moída
 Caldo de Carne, Legumes ou Frango
 Queijo
 Presunto
 Palmito

Mantenha sempre um pequeno estoque dos materiais não perecíveis para não deixar faltar nada
no meio de uma produção. Verifique sempre as datas de validade. Os recheios devem ser
frescos, compre próximo a data da encomenda ou fabricação os ingredientes necessários.
Receitas Completas
Massa Cozida

Para fazer a Massa Cozida você vai Precisar de:

PS: Você irá utilizar esta massa para fazer Coxinha, Risoles e Bolinha de Queijo ou como base
para as Massas de Batata e Mandioca.

 1 litro de água do cozimento do Frango.


PS: Pegue a água que reservou para fazer o recheio do frango e complete até dar 1 litro.

Modo de Fazer (Veja o Video)


Caso você não tenha esse caldo faça com:

 1 litro de água;
 1 Tablete de Caldo Knor sabor Legumes ou galinha;
 Sal Óleo;
 1 colher de Manteiga;
Massa de Batata

Para fazer a Massa de Batata você vai Precisar de:

 750 gramas de Massa Cozida;


 1 k de Batata Cozida e Amassada.

PS: Como a massa de batata tem a consistência mais mole que a cozida ou de mandioca não é
indicado que se faça o risoles.

Modo de Fazer (Veja o Video)


Massa de Mandioca

Para fazer a Massa de Mandioca você vai Precisar de:

 750 gramas de Massa Cozida;


 1 k de Mandioca Cozida e Amassada.

Modo de Fazer (Veja o Video)


Massa Assados

Para fazer a Massa você vai Precisar de:

 2 ovos inteiros;
 1 cebola para deixar mais saborosa a massa;
 1 caldo de legumes Knor;
 3 colheres de sopa de açúcar;
 1/2 colher de sopa de sal;
 2 copos de água;
 1/2 copo de óleo 120ml
 3 colheres de sopa de fermento fresco biológico ou 2 envelopes de fermento em pó.
 1 1/2 de farinha de trigo.
Asse as esfihas no forno pré aquecido 10 min a 180º por 30 a 40 min. Essa Receita vai render por
volta de 150 esfihas pequenas tamanho festa e aproximadamente 25 Esfihas tamanho
lanchonete, se for enroladinho ou torta renderá 25 unidades tamanho lanchonete.

Modo de Fazer (Veja o Video)


Massa Podre (Empada)

Para fazer a massa da Empada você vai precisar de:

 500g g de Farinha
 250g de Manteiga Amolecida;
 1 ovo (opcional)

PS: Pode colocar 4 colheres de água ou leite na massa da empada se você quiser que ela fique
mais firme. Essa Receita vai render por volta de 50 mini empadas ou 25 (Tamanho festa)
e aproximadamente 40 (Tamanho Lanchonete).

Modo de Fazer (Veja o Video)


Massa Podre de Pastel Assado

Para fazer a massa do Pastel Assado você vai precisar de:

 500g de Farinha de Trigo, se necessário use mais até dar o ponto.


 250g de Manteiga;
 250g de Gordura Vegetal;
 2 ovos inteiros;
 1 Caixinha de Creme de Leite;
PS: No vídeo mostra 1 ovo porque fizemos menos massa.

Para pincelar você vai precisar de 2 gemas e um sazon de carne.

Modo de Fazer (Veja o Video)


Massa de Kibe

Para fazer o Kibe você vai precisar de:

 500 g pacote de Kibe


 1 litro de água fervente
PS: Reserve o Kibe com esta água e deixe hidratando por 40min.

Em um recipiente grande Coloque esta massa de Kibe e dê a liga com:

 1 maço de Hortelã (Processado com 2 Cebolas e 4 dentes de Alho);


 Suco de 1 limão;
 2 Claras de ovo;
 Sal à gosto;
 1 Copo de farinha de rosca.

Essa Receita vai render por volta de 100 mini kibes ou aproximadamente 40 Kibes (Tamanho
lanchonete).

Modo de Fazer (Veja o Video)


Higiene e Cuidados
Manter uma boa higiene em sua cozinha é extremamente importante. Pois qualquer tipo de
contaminação irá afetar o cliente que consumir o seu salgado.

Aconselhamos que tenha um uniforme para a produção dos salgados, o que chamamos de EPI
(Equipamento de Proteção Individual. São usados para a proteção e prevenção contra acidentes e
contaminação de alimentos.

Os equipamentos de proteção mais usados são, aventais ou jalecos, gorros ou tocas, bota
plástica ou sapato fechado. Caso haja alguma infecção respiratória ou simples gripe é sempre
bom usar uma máscara.
Uma cozinha quente e úmida e com qualquer resíduo de alimentos é um ambiente muito propício
para a proliferação de bactérias.

Para evitar a contaminação do alimento mantenha as unhas bem cortadas, sem qualquer tipo de
jóia e de preferência use luvas para mexer com a massa e modelagem dos salgados.
Quando não houver o contato direto com os alimentos, não haverá a necessidade de usar as
luvas, você pode fazer da seguinte maneira:

1º Lave as mãos e antebraços com água corrente;


2º Use sabonete líquido e espalhe na palma das mãos, dorso, entre os dedos, unhas e
antebraços;
3º Enxágue bem;
4º Agora enxugue bem as mãos com papel toalha ou uma toalha limpa exclusiva para as mãos;
5º Para garantir use álcool em gel 70.
Fritura
Perfeita
Esse momento pode parecer simples e fácil porém se não forem tomadas as devidas precauções
pode se tornar um momento muito estressante e perigoso.

Veja abaixo algumas dúvidas mais comuns:

Qual óleo devo usar?

O óleo mais indicado para fritar os salgadinhos é o óleo de milho, pois o óleo de soja queima
muito rápido. Vale a pena gastar um pouco mais comprando um óleo um pouco mais caro, pois
você não vai querer que os seus salgados fique com aquelas bolinhas escuras deixando a
apresentação comprometida.
Quando devo substituir o óleo?
Você pode reaproveitá-lo por até 3x no máximo.
Você não pode passar desse limite pois o óleo quando muito sujo ou velho demais provavelmente
irá influenciar no gosto do seu salgado.

Qual a quantidade de óleo ideal?

Isso varia de acordo com a panela que irá usar, mas lembre-se, para qualquer tamanho de
panela, o óleo sempre deverá cobrir os salgados.
Qual é a panela mais indicada?

A panela não deve ser muito grande e nem muita baixa. Recomenda-se que se coloque poucos
salgados, fritando-os aos poucos.
Para que se mantenha a temperatura constante e uniforme da panela, indica-se uma panela mais
grossa ou fundo mais grosso.
Recomendamos que use a maior boca do seu fogão para a temperatura se manter por igual.

Qual é a temperatura indicada?

Se o recheio do seu salgado ultrapassar o permitido ou a massa não estiver no ponto certo,
provavelmente seu salgado vai rachar ou até mesmo estourar. Além disso se o óleo não estiver
na temperatura adequada o seu salgado provavelmente irá ficar encharcado ou fritará muito
rápido deixando a parte interna fria. O ideal da temperatura do óleo é que esteja entre 180º a
190º, no caso dos salgados congelados.
Quando o óleo chegar a temperatura de 205º ele irá queimar, portanto você deve ficar atenta para
a chama do fogo que deve se manter na cor azulada.
Se você ainda não tem um termômetro culinário, basta jogar um palito novo dentro do óleo e
quando ele acender significa que o óleo está na temperatura ideal. Funciona também jogando um
alho, quando ele boiar é porque o óleo já está no ponto.
Geralmente o tempo para o óleo esquentar é de aproximadamente 10 minutos.

Como fazer o congelado?


Caso não dê o tempo para o descongelamento, não há problema, porém devem ser fritos em
pequenas quantidades, na temperatura ideal para que não queimem ou grudem.
IMPORTANTE:

 Nunca descarte o óleo velho no ralo da pia. Assim que ele esfriar leve até ao ponto mais
próximo de descarte de óleo ou coleta ou doe para a fabricação de sabão caseiro.

 Nunca molhar os salgados em água, é perigoso e pode ocorrer sérias queimaduras, pois a
água em contato com óleo quente faz com que o óleo espirre.
Embalagem

e Armazenamento
Qual embalagem devo usar?

Afinal, qual é o melhor tipo de embalagem que se deve usar para a entrega dos salgadinhos?

As embalagens devem ser bonitas e garantir que os salgadinhos fiquem bem acomodados de maneira
que não amassem. É muito importante que você apresente o seu produto da melhor maneira possível.

Use de preferência caixas para os salgadinhos de festa (buffet). Aquelas que cabem a quantidade exata
do cento do salgadinho.

Caso você ainda não tenha pensado em um logomarca para seu negócio, aí vai uma boa pedida. Pois o
nome que escolher para seu negócio precisa ser marcante para dar identidade e trazer reconhecimento
imediato.
Os seus salgados devem ter um diferencial e ser reconhecidos por um conjunto de fatores como:

Atendimento;
Apresentação;
Qualidade;
Sabor;
Pontualidade na Entrega;

Esses pontos devem ter ligação à sua marca, ou seja, as pessoas vão ver seu nome e vão se lembrar
do sabor delicioso dos salgadinhos "Donnalú", por exemplo.

Você portanto poderá imprimir tags ou adesivos que você mesmo poderá personalizar e colar ou
pendurar nas caixas de entrega.
Agora você deve pensar qual tipo de produto irá comercializar, salgados assados e fritos na hora,
congelados ou os ambos.

Cada tipo de produto final terá uma embalagem diferente.

Para os salgadinhos congelados você vai precisar de embalagens como estas:

Embalagem de Isopor

Para utilizar este tipo de embalagem, deve-se acomodar os salgados no pratinho de isopor de maneira
que os salgados já tenha sido congelados separadamente em uma forma por 2 a 3 horas no congelador,
para que na hora que você for passar e vedar o pratinho com o plástico filme, os salgadinhos não
fiquem amassados. Esta embalagem pode ser para vender ou consumo próprio.
Da mesma maneira você deverá proceder com qualquer tipo de embalagem para congelados.

Embalagem Plástica

Embalagem à vácuo
As 3 maneiras são muito boas e seguras, escolha a melhor para você.

As quantidades podem variar por exemplo de 08 unidades, 15 unidades


30 unidades ou 50 unidades.

Como são congelados, devem constar em uma etiqueta a data de fabricação, prazo de validade e
informações básicas nutricionais.

Para o salgadinho frito congelado você pode dar um prazo seguramente de 30 dias, para os salgados
crú você pode dar um prazo de 3 meses.
Para os salgados assados e fritos você poderá entregá-lo em caixas grandes de papelão como estas:

Esses modelos já personalizados você encontra em lojas


especializadas em embalagens ou até mesmo em sites. O
preço sai por volta de R$ 20,00 o pacote com 10 unidades.
As embalagens brancas podem ser personalizadas
com adesivos ou impressão. Um pacote com 25
unidades sai por volta de R$ 40,00.

As embalagens com um melhor preço são as de papelão cru. Dá


pra você fazer uma decoração simples com juta e deixar esta
caixa muito elegante também. Um pacote com 20 unidade sai
por volta de R$ 20,00.
Como são prontos para o consumo o ideal é que você forre as caixas com papel manteiga, papel toalha ou
alumínio, assim os salgados ainda chegarão mornos à festa, evitando a necessidade de esquentar. Caso
precise dê a dica de levar ao forno pré aquecido por alguns minutos antes de a cliente servir na sua festa.

Se na caixa você colocar algumas camadas de salgados lembre-se de colocar um plástico fino ou papel
manteiga entre elas.

A caixa também deve conter o adesivo de sua empresa, as informações de consumo, como fabricação e
validade, e também podem ser lacradas com um adesivo de segurança ou até mesmo com uma fita que
dará ainda mais charme ao seu produto.

Vale lembrar que esses produtos entregues prontos podem ser feitos até um dia antes da
comemoração, já que o prazo é de apenas mais um dia para consumo.
Padrão de Medidas

dos

Salgadinhos
O tamanho ou peso dos salgados é muito importante para você ter uma base, porém você pode
fazer do tamanho de sua escolha mas não deve fugir muito desse peso. Padronizar os tamanhos
vai deixar a sua apresentação muito mais bonita.

Veja abaixo o peso ideal:

Salgados Fritos
Tamanho lanchonete: 90g massa / 40g recheio
Tamanho Congelado: 40g massa / 20g recheio
Tamanho festa: 15g massa / 10g recheio
Tamanho de copo: 7g de massa/ 5g de recheio

Salgados Assados
Tamanho festa: 15g massa / 10g recheio
Tamanho lanchonete: 70g massa / 60g recheio

Empadinhas
Tamanho festa:20g massa / 8g recheio
Tamanho lanchonete: 100g massa / 50g recheio

Veja também uma calculadora em que você pode calcular todos os materiais e comes e bebes
servidos em uma festa por pessoa. Veja na área restrita do Curso.

O tamanho abaixo que mostramos é um exemplo apenas de coxinha, porém você pode se
orientar para os outros salgadinhos também.
Padrãp Lanchonete Padrão Congelado Padrão Festa Padrão Copo
Como dar preço ao

seu Produto
O seu trabalho é artesanal por isso não adianta comparar com o preço de salgados
industrializados feitos por maquinários.

Para obter o sucesso em seu negócio é fundamental a organização das finanças de sua
empresa.

Para você colocar um preço no seu produto é fácil, basta descobrir quanto custou a produção.
Para isso, você precisará entender esses fatores:

Custos Variáveis: São os custos que variam diretamente sobre suas vendas. Quanto mais você
vender, mais investimento $ terá que fazer. Esses custos podem ser considerados:
Custo da matéria prima: Os ingredientes usados para fabricar os seus Salgadinhos. Caso tenha
uma lanchonete, calcule em cima de um salgado, caso venda o cento do salgadinho calcule em
cima do cento. Ou seja quanto você gastou para produzir um salgado (lanchonete) ou quanto
você gastou para fazer 1 cento de salgado.

Você pode dividir em MASSA e RECHEIO.

Custo de Entrega: Se você usa o serviço de entrega, você também precisa somar esse gasto.

Custos Fixos: Esses gastos não variam como o anterior, permanecem o mesmo independente
do número de vendas. Podem ser considerados custos fixos:
Aluguel do comércio;
Funcionários;
Água;
Luz;
Gás;
Manutenção de Equipamento;
O seu salário: Importante para você não misturar com o dinheiro do negócio.

É sempre indicado que se revise os custos para conseguir economizar e assim poder cobrar
preço justo e obter um ganho justo.

Lucro: Você pode calcular 20% a 30% de lucro sobre o valor calculado nos gastos, fica a seu
critério.

Com o preço de venda estabelecido, faça pesquisa de mercado entre o seu preço de venda e o
valor cobrado pelos seus concorrentes. Isso irá indicar se o seu negócio está dentro da
competição no mercado ou se será preciso subir ou aumentar sua margem de lucro.
Muitos negócios tendem a fechar as portas pois não se diferenciam e cobram um valor abaixo do
que é aceitável. Não faça isso! Dê sempre preferência a qualidade e preço justo.

Lembre-se:

Você deve se diferenciar dos outros, isso é extremamente importante para você agregar ao seu
preço. Pois se você fizer um salgado "igual" ao dos outros, e ainda assim quiser cobrar mais que
os outros provavelmente as pessoas vão preferir o mais barato. Agora, se você der um diferencial
ao seu serviço, como novos sabores, salgados crocantes e sequinhos, sistema delivery de
entrega, apresentação perfeita da embalagem...aí sim você poderá sair na frente e conquistar seu
cliente.
Como começar um
negócio de salgados
para festa
O setor da alimentação é um dos poucos que não passam e nem passará por crise, pois todos
gostam de comer uma boa comida e não abrem mão de comerem em um bom lugar.

Um negócio para você faturar e lucrar mais é o ramo dos Salgadinhos. Pois você terá a opção de
fazer pra festas, fornecer congelado para mercados, receber encomendas, etc.

Porém você deve entender além de fazer os salgados também de como gerir seu negócio,
entendendo de finanças, para que assim você consiga ter resultados positivos lucrando
consideravelmente.

Abaixo separamos alguns passos que você deve seguir para caminhar para o sucesso.
1. Busca de conhecimento
Invista em cursos, pois em cada um você tira o melhor agregando valor para o seu serviço e
produto de qualidade que irá oferecer aos seus consumidores. A busca pelo conhecimento nunca
deve parar pois saber nunca é demais.

2. Utensílios de Qualidade

Você precisa investir em utensílios de qualidade para que não tenha a necessidade de fazer a
troca em um curto espaço de tempo. Os objetos devem estar localizados com fácil acesso. E
nunca esqueça que os utensílios para o seu trabalho é exclusivo para o seu trabalho.
3. Registro Empresarial

Para o seu negócio crescer além de sua cozinha você deverá ter um registro de CNPJ. A opção
mais adequada e indicada é que inicialmente você se torne um MEI, ou seja,
Microempreendedora Individual, o que gerará apenas uma taxa mensal para lhe garantir o direito
de aposentadoria, auxilio doença e outros benefícios. Além de permitir a emissão de nota fiscal.

4. Cálculos

Como você já aprendeu acima como calcular seus gastos e lucrar de forma justa sobre isto, ficará
muito fácil de ter em mãos todo esse controle financeiro.
Para comprar em atacado você também precisará fazer conta para ver se irá compensar o seu
investimento.
5. Divulgação

Um marketing bem pensado e planejado irá fazer seus negócio decolarem. Seja na internet ou por
meio de panfletagem ou até mesmo distribuição de cartões.

6. Entrega

A logística na sua entrega é um ponto essencial pois atraso pode acabar com uma festa fazendo
com que você perca totalmente a credibilidade.
Sugestão
de Cardápio
Segue abaixo as opções de Cardápio e o preço que você pode cobrar:

Salgados Congelados Preço do Cento:


Coxinha ................................37,00
Kibe ......................................37,00
Bolinho de Queijo...................37,00
Risólis....................................37,00

Salgados Fritos Preço Do Cento


Coxinha ................................39,00
Kibe .....................................39,00
Bolinho de Queijo..................39,00
Risólis ..................................39,00
Salgados Assados
Esfiha ...................................45,00
Enroladinho............................45,00
Torta......................................45,00
Empadinha= ..........................49,00
Pastel.....................................49,00

Deve ser levado em consideração que essa tabela é atualizada, esta é vigente do ano de 2016.
Recheios Gourmet
Recheio de Requeijão Caseiro

1 litro de leite integral


2 colheres de sopa de margarina
5 colheres de sopa de vinagre de álcool
Sal a gosto
1/2 xícara de chá de leite

Coloque o vinagre branco no leite que acabou de ferver. Espere alguns minutos e logo você verá
que o leite talhou. Coe bem esse leite talhado de maneira que você verá pedaçinhos formados.
Deixe essa mistura descansar na peneira até que fique bem sequinha. Leve ao liquidificador essa
mistura coada com a 1/2 xícara de leite morno, a margarina e o sal. Bata por uns minutos e está
pronto. Basta levar à geladeira por 1h. Ótimo recheio para sua bolinha de queijo.
Recheio de Catupiry Caseiro

 250 ml de leite integral


 3 fatias de mussarela
 1/2 colher de sopa de manteiga
 4 colher de sopa de amido de milho dissolvido
no leite
 Sal à gosto

Misture todos os ingredientes em uma panela e mexa até que engrosse bem. Desligue quando
chegar ao ponto que deseja.
Recheio de Milho com Provolone

 1 xícara (chá) de requeijão


 1/2 lata de milho verde
 1 xícara (chá) de queijo provolone ralado
 1 colher (chá) de orégano

Misture todos os ingredientes , não é necessário ir ao fogo. É ideal para rechear os salgados
fritos.
Recheio de Carne Seca

 1colher das de sopa de margarina


 1 colher das de sopa de óleo
 água filtrada para a dessalga da carne
 1 pimentão verde picado
 1 cebola picada
 1\2 kg de carne seca em cubos
 cheiro verde a gosto.

Escalde bem a carne para retirar o excesso de sal, vá trocando a água varias vezes até
dessalgar.
Desfie toda a carne manualmente ou com um mixer. Feito isso, ponha a carne em uma panela
novamente, para refogar bem com cebola e o restante dos ingredientes.
Recheio de Peito de Peru

 200 g de peito de peru defumado


 100 g de catupiry

Triture o peito de peru e misture com o catupiry. Conserve em geladeira antes de usá-lo.
Rende 300 g.
Recheio de Bacalhau

 250 g de bacalhau
 1 colher de sopa de azeite
 200 ml de leite de coco
 1 xícara de leite integral
 2 colheres de sopa de extrato de tomate
 1 cebola pequena picada
 1 colher de sopa de manteiga
 1 colher de chá de farinha de trigo
 pimenta do reino e sal a gosto.
Refogue a cebola e acrescente o bacalhau, acrescente o restante dos ingredientes exceto a
farinha. Deixe cozinhar por alguns minutos, acrescente a farinha já dissolvida em um pouco de
leite para não empelotar. Indicado para salgados fritos. Rende 400 g.

Recheio de Camarão

 250 g de camarão limpo


 300 ml de leite de coco
 1 xícara de leite integral
 1 colher de sobremesa de azeite
 1 colher de sopa de farinha de trigo
 1 cebola pequena picada
 1 tablete de caldo de camarão
 suco de limão
 coentro, pimenta do reino e sal a gosto.

Lave o camarão com o suco de limão. Escorra e triture-o em um processador ou liquidificador no


modo pulsar. Em uma panela refogue a cebola e acrescente o camarão e refogue por alguns
minutos. Acrescente a farinha já dissolvida em um pouco de leite para não empelotar. Indicado
para salgados fritos. Rende 400 g.

Recheio de Legumes

 300 g de batatas cozidas em cubos


 300 g de cenoura em pedacinhos e cozida
 200 g de requeijão
 1 cebola pequena ralada
 2 colheres das de sopa de azeitona picadinha ou milho
 queijo ralado para polvilhar
 1 colher das de sopa de margarina
 orégano e sal a gosto

Em uma panela refogue a cebola e acrescente o requeijão e os legumes e . Adicione o orégano, o


sal e as azeitonas. Rende 900 g.
Recheio de Atum

 1 lata de atum ralado


 1 cebola picada
 2 colheres de sopa de margarina
 2 colheres de sopa de extrato de tomate
 2 colheres de sopa de azeitonas picadas
 1 xícara de Champions picados
 Sal a gosto

Refogue a cebola na margarina. Acrescente o atum, o cogumelo,a azeitona,o sal e por último o
extrato de tomates. Refogue tudo e deixe esfriar. Esse recheio é indicado para empadas e rende
300 g.
Recheio de Frango Especial

 2 peitos de frango (500 gr ao todo)


 1 cebola cortada
 1 cenoura em rodelas
 1 pimentão verde pequeno
 1 dente de alho
 1 tablete de caldo de galinha
 1 colher das de sopa de molho inglês
 Sal a gosto
 1 colher das de sopa de margarina
 2 colheres das de sopa de óleo
Deixe a panela aquecer um pouco antes de começar a refogar os ingredientes. Feito isso, coloque
o óleo e a margarina. A crescente cebola, o alho, a cenoura, o pimentão, o caldo de galinha, o
molho inglês, e deixe refogar por alguns minutos. Adicione os cubos de frango e deixe refogar até
cozinhar bem. Aos poucos vá acrescentando 2 xícaras de água fervente e o sal.
Retire apenas os cubos de frango cozidos e desfie na batedeira ou na panela de pressão
balançando fortemente.
Esse recheio é ideal para ser usado em coxinhas mas, pode-se usar também em risoles e
bolinhas. Rende 600g.

PS: Se você quiser usar esse frango com os legumes, fica muito bom também, bata com mixer ou
liquidificador os legumes e acrescente o frango. Fica ótimo para rechear risoles, bolinha e
coxinha.
Nós da Equipe do Curso Salgadinhos desejamos SUCESSO à
você! Lembre-se, nunca pare de buscar conhecimento. Não
tenha medo do NOVO!
AVISO LEGAL

É proibida a reprodução deste material para fins de revenda ou comerciais sem a autorização por
escrito dos detentores dos direitos autorais.
Obs. Caso tenha adquirido este Livro Digital fora do Domínio cursocupcake.com, denuncie
imediatamente para o e-mail: contato@webhoje.com para que possamos tomar as medidas
cabíveis, garantindo assim um conteúdo atualizado e de qualidade.

WebHoje Internet, disponibilizado através da URL http://www.cursodesalgadinhos.com/ -


Todos os Direitos Reservados.

Imagens (Fonte): Shutterstock / Pinterest/ Reprodução.

Autor (a): Ludmila Monteiro