Você está na página 1de 2

A síndrome da adoração de celebridades – Ocultismo para jovens – Parte 3

Fãs do Tokio Hotel

Tragicamente, a maioria dos pais é ignorante quando se trata de perceber o poder transformador que a mídia popular
exerce sobre os seus filhos, e muitas vezes eles permanecem assim, até que seja tarde demais. A USA Weekend
Magazine realizou uma maciça pesquisa chamada “Teens & Celebrities Survey”, incluindo mais de 17.000
estudantes dos graus 6 a 12 (ensino fundamental do 6° ao 9° ano e ensino médio), que revelou algumas tendências
alarmantes, esse documento mostrou que muitos adolescentes são vulneráveis quando se trata de influência das
celebridades de Hollywood. A USA Weekend afirmou que "esta geração de adolescentes não está satisfeita com
apenas olhar para cartazes ou mesmo estar lado a lado com as suas estrelas favoritas - eles querem ser essas
pessoas."

Esse levantamento também constatou "que os adolescentes querem olhar e agir como pessoas famosas, e ainda que
tenha sido verdade através dos tempos, eles estão tomando medidas mais drásticas para fazê-lo. Cerca de 60% acha
que os adolescentes querem ter um piercing ou fazer uma tatuagem, porque uma celebridade possui. "A pesquisa
também constatou que 48% bebem bebidas alcoólicas, fumam cigarros 47%, 25% tem filhos, 58% tem tatuagens, e
cerca de 40% tomam medicamentos, tudo porque os seus ídolos jovens são assim.
As celebridades exercem uma influência considerável sobre as massas. Os psicólogos deram um nome para aquilo
que pode tornar-se uma condição potencialmente patológica: “síndrome da adoração de celebridades”. Uma
pesquisa constatou que, "Uma em cada três pessoas está tão obcecada com alguém famoso que ele ou ela fica
prejudicado(a), dizem os psicólogos. E uma em cada quatro está tão ocupada com o seu ídolo que a obsessão afeta
sua vida diária”.

Além disso, estudos têm revelado que em casos graves “as pessoas se tornam solitárias, impulsivas, anti-sociais e
problemáticas, com características acentuadas. Eles sentem que têm uma ligação especial com sua celebridade,
acreditam que sua celebridade os conhece e estão preparados para mentir ou mesmo morrer por seu herói."

Os psicólogos de hoje reconheceram que o culto a celebridade tomou o lugar da adoração a Deus para muitas
pessoas e que os adolescentes são mais suscetíveis à doença.

Verdade seja dita, não estamos lidando com um estado psicológico, nós estamos lidando com um enorme e perdido
estado espiritual, conhecido como idolatria. Esta condição é incentivada e propagada pelos meios das elites de
Hollywood e igualmente da indústria da música - e ambos estão efetivamente mudando a face da terra.
Tragicamente, milhões de jovens têm sido enganados pela ideia de que eles podem se tornar deuses e terem poderes
sobrenaturais com os quais eles podem dobrar e manipular a realidade para cumprir a vontade narcisista deles
através das intermináveis produções de Hollywood que glorificam o ocultismo.