Você está na página 1de 3

VOCÊ ME CONHECE?

Acredito que não!

Talvez você saiba um pouco da minha vida. Talvez você me conheça pelo professor que fui,
pelo personal que te ajudou, pelo massoterapeuta que te ajudou a relaxar, pelo cara que te fez
ter uma experiência com a hipnose surreal. Mas acredito que você não saiba quem EU SOU!

Bem, sendo assim, quero me apresentar pra você.

Meu nome é Kleverson Pereira Rocha Pita, tenho 34 anos, tenho algumas formações que, no
momento não vem ao caso, e fui criado em uma família um tanto quanto “diferente” mas não
tão diferente assim.

Bem, nunca fui motivado a comemorar meus feitos, a festejar meus resultados, não me
lembro de ter sido encorajado a me olhar no espelho e dizer a mim mesmo “eu sou foda!”. Na
verdade, sempre vi meus pais querendo serem os melhores no que eles faziam e me sentia
meio que “obrigado” a fazer o mesmo. Isso é ruim? Não! Ou SIM! Pois, na ânsia de fazer e dar
o meu melhor eu não percebia o quanto eu era bom no que fazia (seja lá o que fosse) pois
sempre acreditei que poderia ter sido um pouco melhor.

Enfim, eu me sentia obrigado a ser O MELHOR! Não melhor do que ninguém, mas sempre
melhor que eu mesmo! O que aconteceu comigo?

Quando você sente a necessidade de ser o melhor você não aceita suas falhas, você não
entende que você pode errar. E eu errei. Nossa, como eu errei! E foi num desses erros que eu
entrei em depressão pela primeira vez. Talvez você até já conheça essa história, por isso
mesmo vou te poupar de ouvi-la novamente. E depois de um tempo entrei em depressão
novamente. E mais uma vez, por muito pouco, não entrei novamente num processo
depressivo.

E nessas idas e vindas ao fundo do poço e à luz do túnel eu pude perceber muitas coisas na
minha vida, dentre elas eu pude descobrir a minha MISSÃO nesta vida. A minha missão de
ajudar as pessoas a irem mais alto do que elas acreditam serem capazes de chegar. Irem mais
alto do que jamais eu fui.

Se eu tiver que culpar alguém por cada momento ruim que eu vivi eu preciso também culpar
essa mesma pessoa pelas coisas boas que vivi! Se eu tiver que culpar meu pai por ele não estar
presente na minha vida, por ele jamais ter me olhado e me dado a atenção que sempre
busquei, eu preciso também culpá-lo por ter me tornado o homem que sou hoje. Porque foi
não alcançando aquilo que eu almejava sem alcançar, eu pude aprender a dar aos outros
aquilo que eu quis. Se eu tiver que culpar minha família por não me ensinar a vibrar pelas
minhas conquistas e celebrar minhas vitórias, eu preciso também culpar minha família por
aprender que eu não preciso da aceitação de ninguém e da permissão de ninguém para fazer o
que eu desejo. Se eu for culpar cada pessoa pelas coisas ruins que vivi com cada uma delas eu
devo também culpar por elas me ajudarem a hoje poder olhar no espelho e dizer pra mim
mesmo que eu sou foda! Porque elas me ensinaram a ser assim. Porquê no desejo de não me
parecer com elas eu posso ser melhor.
Mas, por quê Kleverson? Por que você está me mandando esse textão?

Porque talvez você esteja buscando explicações para as inúmeras frustrações ou sofrimentos
que você esteja assando. Talvez você não esteja encontrando solução para os seus inúmeros
problemas e dificuldades. E eu quero dizer pra você que não importa o que esteja te
acontecendo. *Você é maior que isso e você ainda tem muito a viver e aprender*.

Sei que sua vida não é esse mar de rosas e que nem tudo e azul pra você. Mas, entenda, tudo o
que te acontece ou aconteceu tem um propósito. O propósito de te tornar uma pessoa
melhor. O propósito de te fazer enxergar o quanto você tem um poder imenso dentro de você!

Talvez você, como eu, tenha pensando muitas vezes em acabar com a sua vida. Talvez a frase
que você mais repita para você seja *“EU QUERO SUMIR!”*, calma! Só mais um pouco de
paciência! Tudo vai se ajeitar. Possivelmente não da maneira que você imagina ou deseja, mas,
com certeza, de uma forma que te fará ser melhor e mais forte!

A vida nem sempre é como gostaríamos. Acredito até que *NUNCA* É como gostaríamos. Mas
eu sei que, se você tiver um pouquinho de paciência, um pouquinho só de perspicácia, se parar
um pouco de olhar para o problema, você irá olhar ao seu redor e perceber que todo o
sofrimento que você está passando não é à toa, e sim para te lapidar porque você irá se tornar
em um lindo diamante.

Mas, Kleverson, ainda não estou entendendo porque você está falando isso. É algum projeto
novo? É uma parte de um livro que você está escrevendo? É uma mensagem motivacional?

Minha resposta é um lindo e sonoro *NÃO!*

Não é nada disso!

Eu apenas quero te dizer hoje o quanto você é foda e talvez ainda não tenha se dado conta
disso.

Talvez sua família nunca tenha te dito isso, talvez o seu parceiro ou sua parceira nem sequer
diga o quanto você é lindo ou linda. Talvez você esteja se sentindo muito bem agora, ou talvez
se sentindo muito mal. Não importa! O que importa é que, independente disso tudo, eu
também quero te dizer isso!

Você é FODA! Você é MARAVILHOSO! Você e MARAVILHOSA! Você tem uma FORÇA INCRÍVEL
DENTRO DE VOCÊ!

*TOME POSSE DISSO!*

Eu sei que você tem muitas qualidades e muitos defeitos. Mas hoje quero que você olhe um
pouco para dentro de si e se pergunte *“QUAIS SÃO OS MEUS VALORES?”, “O QUE EU TENHO
FEITO POR MIM?”, “O QUANTO EU ESTOU CIENTE DO MEU PODER INTERIOR?”*

Tire um tempo para você e pense um pouco na sua vida. É sério que não tem saída para o que
você está passando? É sério que você não percebeu ainda o quanto você é PERFEITO ou
PERFEITA?
*A TRISTEZA E O SOFRIMENTO JAMAIS SERÁ MAIOR DO QUE VOCÊ PODE SUPORTAR!*

Você pode até pensar que não tem forças, mas, se buscar no fundo de si, se ressignificar as
coisas, você poderá transformar esse sofrimento em força e encontrará as respostas que você
precisa para sair do fundo do poço e alcançar novamente a luz.

*A MAIOR RECOMPENSA É A PESSOA EM QUEM VOCÊ SE TRANSFORMA!*

Olha bem pra dentro de você, olha bem pra tudo o que você viveu, se você tivesse apenas 24
horas de vida, como você gostaria de passar? Listando as coisas “ruins” que você passou ou
agradecendo e valorizando as pessoas que passaram por sua vida? Quais seriam suas
prioridades? Se você tivesse apenas 24 horas de vida, quais seriam as pessoas que você iria
procurar?

Mesmo que você acredite que as pessoas saibam o quanto elas são importantes para você,
que elas saibam o quanto você as ama, prefira sempre acreditar que elas ainda não o sabem e
que a sempre algo mais que você pode fazer!

Tem alguém a quem você deve agradecer pelo que você passou ou está passando? Tem
alguém a quem você pode agradecer por estar sempre ao seu lado te ajudando e te apoiando?
Tem alguém a quem você gostaria muito de fazer uma homenagem?

Não espera não. Faça isso! Pode ser agora ou daqui a pouco, mas não deixe de perceber que as
coisas que você não viveu ou as alegrias que você não teve foram apenas degraus para a
pessoa que você se tornou e o ser humano extraordinário que você é ou se tornará!

*SUA VIDA É UMA DÁDIVA!*

Você também pode gostar