Você está na página 1de 8

Lista de Comprovação Marcação CE – Misturas Betuminosas

Designação do Cliente:
Âmbito da Certificação:
Coordenador Auditor Data
Referencial(ais) Normativo(s):
Tipo de Auditoria:

Rubrica do Auditor: Flávio muhale

MP 47 03 Entrada em vigor 2013-03-21 Elaborado- RSQ Aprovado – PI

Pág. 1 de 8
Lista de Comprovação Marcação CE – Misturas Betuminosas

Requisito Constatações/ Evidências


4.1 Controlo da Produção em Fábrica
O Controlo da Produção em Fábrica (CPF) consiste num controlo interno
e permanente do processo de produção?

Inclui os requisitos relativos aos ensaios para assegurar a conformidade


da mistura betuminosa com os desempenhos declarados no Ensaio de
Tipo?

O produtor implementou um sistema de CPF que cumpre com os


requisitos da presente Norma?

O produtor estabeleceu, documentou e mantém um sistema de CPF para


assegurar que os produtos colocados no mercado estão em conformidade
com as características declaradas?

O sistema de FPC consiste em procedimentos, inspecções e ensaios


regulares e/ou avaliações e utiliza os resultados para controlar as
matérias-primas e outros constituintes ou materiais recebidos, o
equipamento, o processo de produção e o produto?

O sistema de CPF controla a conformidade dos produtos até à formulação


das misturas documentadas de acordo com EN 13108-20?

O FPC integra o procedimento dos Ensaios de Tipo descrito na EN


13108-20 e prevê a sua repetição em intervalos não superiores a 5 anos
para confirmar a validação contínua da formulação da mistura?

Nota: Um sistema de FPC em conformidade com os requisitos da EN ISO


9001, e feito especificamente para os requisitos da mistura betuminosa é
considerado como satisfazendo os requisitos da presente Norma
Europeia.

4.2 Plano da qualidade


O produtor estabeleceu e mantém a sua política e procedimentos para o
CPF num plano da qualidade?

O plano da qualidade inclui meios para identificar e detalhar os processos


específicos que afectem directamente a qualidade e a conformidade do
produto, particularmente:
 estrutura organizacional do produtor relativa à conformidade e à
qualidade?
 controlo dos documentos?
 procedimentos de controlo dos materiais constituintes e do produto
fornecido pelo cliente?
 controlo do processo?
 requisitos para o manuseamento e armazenamento do produto?
 plano de manutenção e calibração da central?
 requisitos para inspecção e ensaio dos processos e produtos?
 procedimentos para tratamento de não conformidades?

O plano da qualidade incluir as frequências de inspecção e ensaio, tendo


em conta as frequências mínimas indicadas na secção 6 e no Anexo A?

Notas:
a) As frequências mínimas podem ser alteradas em caso de
desenvolvimento de um sistema de estatística alternativo aceitável.
b) O detalhe do plano da qualidade e dos procedimentos do Controlo
da Produção em Fábrica dependem da central e do processo.

MP 47 03 Entrada em vigor 2013-03-21 Elaborado- RSQ Aprovado – PI

Pág. 2 de 8
Lista de Comprovação Marcação CE – Misturas Betuminosas

Requisito Constatações/ Evidências


4.3 Organização
4.3.1 Responsabilidade e autoridade
A responsabilidade, a autoridade e as relações mútuas de todo o pessoal
que executa, e verifica as tarefas que afectam a conformidade e a
qualidade estão definidas no plano da qualidade, particularmente para o
pessoal com autoridade para:
 tomar medidas para prevenir a ocorrência de produtos não
conformes?
 identificar e registar problemas relacionados com a qualidade do
produto?

4.3.2 Representante da gestão


O produtor identificou a pessoa com a autoridade apropriada,
conhecimento e experiência para supervisionar o CPF e assegurar que os
requisitos do plano da qualidade são implementados e mantidos?

Nota: A mesma pessoa pode exercer tal supervisão sobre um conjunto de


centrais.

4.3.3 Auditorias internas


O produtor realiza auditorias internas para verificar se as actividades que
cumprem com as disposições planeadas e para determinar a eficácia do
sistema de CPF?

As auditorias são planeadas com base no estatuto e na importância da


actividade?

As auditorias e as acções de seguimento são realizadas de acordo com


os procedimentos documentados?

Os resultados das auditorias estão documentados e são apresentados ao


pessoal com responsabilidade na área auditada?

O pessoal de gestão responsável pela área identifica e implementa


atempadamente acções correctivas para as não conformidades
encontradas pela auditoria?

E são mantidos registos das acções tomadas?

4.3.4 Revisão pela gestão


O sistema de CPF é revisto pelo menos uma vez por ano pela gestão
para assegurar sempre a sua eficácia e adequabilidade?

E são mantidos registos destas revisões?

4.3.5 Serviços subcontratados


Quando se recorre a serviços subcontratados fora dos recursos do
produtor, são estabelecidas medidas de controlo?

E estas medidas de controlo estão integradas nos procedimentos de


controlo da qualidade do fabricante?

4.4 Controlo dos documentos


O produtor estabelece e mantém procedimentos documentados para
controlo de todos os documentos e dados relacionados com os requisitos
da presente Norma?

MP 47 03 Entrada em vigor 2013-03-21 Elaborado- RSQ Aprovado – PI

Pág. 3 de 8
Lista de Comprovação Marcação CE – Misturas Betuminosas

Requisito Constatações/ Evidências


5 Procedimentos de controlo
5.1 Materiais constituintes
O fornecimento de materiais constituintes assegura a manutenção dos
níveis de produção e de entrega planeados, sem prejuízo da
conformidade do produto?

A especificação e as tolerâncias de recepção dos materiais constituintes


necessárias para assegurar a conformidade com as especificações para
as misturas betuminosas são estabelecidas e comunicadas aos
fornecedores por meio de instruções escritas?

Os procedimentos de controlo permitem verificar se os fornecedores de


materiais são capazes de fornecer materiais de acordo com a qualidade
requerida?

Os diferentes tipos de materiais e granulometrias são transportados e


armazenados de forma a evitar a mistura, a contaminação e a
deterioração?

Os requisitos gerais desta secção são traduzidos em requisitos mais


detalhados e específicos da central?

Nota: O detalhe dos requisitos pode incluir:


 agregados;
 procedimentos de controlo dos agregados entregues num entreposto;
 procedimentos de controlo dos agregados transferidos de silos de
pedreira;
 requisitos para a etiquetagem dos silos e zonas de armazenamento;
 ligantes;
 requisitos para o aquecimento, controlo da temperatura e isolamento
dos tanques;
 requisitos para a etiquetagem dos tanques;
 requisitos para o controlo das entregas de ligantes nos tanques
correctos;
 requisitos de controlo dos aditivos, adições, fíleres e mistura
betuminosa recuperada.

5.2 Produto fornecido pelo cliente


No caso de qualquer material constituinte ser fornecido pelo cliente para
ser incorporado na mistura este é manuseado, armazenado e mantido
livre de contaminação?

5.3 Controlo do processo


O plano da qualidade inclui os seguintes itens:
a) descrição do fluxo de materiais e dos processos realizados, desde a
entrada na central até à entrega ao cliente (fluxograma)?
b) lista dos procedimentos pelos quais a conformidade com a
especificação é mantida, incluindo um procedimento de controlo das
amassaduras?
c) plano de monitorização do desempenho do processo (de acordo com
as frequências mínimas de inspecção indicadas no Quadro 1), e
registos do desempenho da central relativamente às tolerâncias
declaradas?

MP 47 03 Entrada em vigor 2013-03-21 Elaborado- RSQ Aprovado – PI

Pág. 4 de 8
Lista de Comprovação Marcação CE – Misturas Betuminosas

Requisito Constatações/ Evidências


5.4 Manuseamento, armazenamento e entrega
O plano da qualidade prevê procedimentos para assegurar que a mistura
betuminosa é manuseada, armazenada e, quando aplicável, entregue
com o mínimo de segregação ou degradação, e dentro dos limites de
temperatura especificados?

A mistura betuminosa é identificável e rastreável quanto aos seus dados


de produção?

O produtor mantém registos dos dados de produção relevantes, incluindo


a data e a hora de produção (p.e.: na guia de remessa)?

O plano da qualidade do produtor clarifica até que ponto se estende a sua


responsabilidade no manuseamento, armazenamento e entrega?

O plano da qualidade do produtor descreve as características de qualquer


sistema de armazenamento a quente e define o seu modo de
funcionamento?

O produtor assegurar, através de verificações, inspecções e registos, que


tais sistemas são utilizados de forma correcta e que as misturas
betuminosas mantêm a aptidão ao uso?

5.5 Manutenção e calibração da central


O plano da qualidade identifica os dispositivos de medição que requerem
calibração?

A frequência das calibrações cumpre com os requisitos indicados no


Quadro 2?

Os procedimentos de calibração estão estabelecidos, incluindo as


tolerâncias permitidas para que o equipamento se mantenha em
funcionamento?

O plano da qualidade indica a exactidão requerida para todas as


calibrações da central e identifica quais as que necessitam de ser
rastreadas aos padrões de referência nacionais (por ex., massa ou peso)?

A manutenção da central é efectuada de forma a assegurar a sua


capacidade de produção de misturas betuminosas de acordo com as
especificações e tolerâncias requeridas?

6 Inspecção e ensaio
6.1 Generalidades
Todo o pessoal, equipamento e instalações estão disponíveis para realizar
as inspecções e os ensaios requeridos?

As inspecções e os ensaios são efectuados pelo menos com a frequência


mínima indicada nos Quadros 3 a 8?

MP 47 03 Entrada em vigor 2013-03-21 Elaborado- RSQ Aprovado – PI

Pág. 5 de 8
Lista de Comprovação Marcação CE – Misturas Betuminosas

Requisito Constatações/ Evidências


6.2 Materiais Constituintes
Os materiais constituintes recebidos são inspeccionados e ensaiados
mediante a utilização de procedimentos detalhados no plano da qualidade
e de acordo com um plano em conformidade com os requisitos desta
secção, do Quadro 8 e do Anexo A?

Nota: Os resultados dos ensaios realizados pelo fornecedor poderão ser


utilizados, no caso do plano da qualidade do fornecedor estar referido, no
plano da qualidade do produtor.

As inspecções requeridas para os materiais armazenados são mantidas


para prevenir a não ocorrência de qualquer deterioração?

Os requisitos detalhados estão de acordo com:


 Quadro 3 - agregados;
 Quadro 4 - fíler;
 Quadro 5 - ligantes;
 Quadro 6 - aditivos;
 Quadro 7 - mistura betuminosa recuperada.

6.3 Mistura betuminosa acabada


As misturas betuminosas finais são inspeccionadas e ensaiadas utilizando
procedimentos detalhados no plano da qualidade e de acordo com um
programa conforme os requisitos desta secção, do Quadro 8 e do Anexo
A?

São mantidos os registos estatísticos apropriados de modo a monitorizar


e verificar a capacidade do processo e as características do produto?

7 Não conformidade
7.1 Generalidades
O produtor estabeleceu e mantém procedimentos documentados para
assegurar que a utilização e aplicação dos produtos não conformes com
os requisitos especificados, seja prevenida, tanto quanto possível?

Nota: A não conformidade pode surgir nas etapas seguintes:


a) em materiais constituintes armazenados;
b) no processamento do produto;
c) no manuseamento, armazenamento e entrega do produto.

Este controlo prevê a identificação, avaliação, segregação (quando


possível) e eliminação do produto não conforme?

Estão documentadas todas as acções?

Existe um sistema de notificação dos utilizadores afectados para quando


não tiver sido possível evitar a expedição do produto não conforme?

Em caso de identificação de um material, produto ou processo não


conforme, são identificadas e determinadas as causas da não
conformidade e implementada acção correctiva eficaz para evitar a
recorrência, de acordo com os procedimentos documentados no plano da
qualidade?

MP 47 03 Entrada em vigor 2013-03-21 Elaborado- RSQ Aprovado – PI

Pág. 6 de 8
Lista de Comprovação Marcação CE – Misturas Betuminosas

Requisito Constatações/ Evidências


7.2 Não conformidade do material constituinte
Em caso de material constituinte não conforme, as acções correctivas
envolvem uma das acções seguintes?
a) reprocessamento?
b) ajustamento do controlo do processo para tomar em consideração a
não conformidade do material constituinte?
c) rejeição e eliminação do material não conforme?

7.3 Não conformidade de mistura betuminosa (resultante da


inspecção na produção)
As misturas betuminosas não conformes são avaliadas e são seguidos
procedimentos para tomar acções correctivas?

Tais acções envolvem uma das acções seguintes?


a) aceitação da mistura betuminosa para expedição no seguimento de
um acordo do cliente em aceitar o produto não conforme?
b) redirecção para uma utilização alternativa, se a mistura betuminosa
produzida é de um tipo incorrecto?
c) rejeição da mistura betuminosa?
d) reprocessamento da mistura betuminosa para satisfazer as
especificações requeridas (ex., por reciclagem)?

7.4 Não conformidade de mistura betuminosa (resultante da


análise do produto acabado de acordo com o Anexo A)
O plano da qualidade identifica a acção que deve ser tomada no controlo
do processo quando é identificado um produto não conforme?

O plano da qualidade refere as circunstâncias sob as quais deve ser


notificado o cliente afectado pela não conformidade decorrente da análise
dos resultados?

8 Equipamento de inspecção, medição e ensaio


O produtor controla, calibra e mantém o equipamento de ensaio e
medição adequado?

O equipamento de ensaio está num estado de calibração e exactidão


coerente com a capacidade de medição requerida, para assegurar o
ensaio dos materiais constituintes recebidos e da mistura betuminosa
acabada?

A exactidão e a frequência de calibração estão de acordo com a Norma


de ensaio relevante?

O equipamento é utilizado de acordo com os procedimentos


documentados?

O equipamento está identificado de forma unívoca?

São mantidos os registos de calibração?

MP 47 03 Entrada em vigor 2013-03-21 Elaborado- RSQ Aprovado – PI

Pág. 7 de 8
Lista de Comprovação Marcação CE – Misturas Betuminosas

Requisito Constatações/ Evidências


9 Registos
Os resultados do CPF estão registados?

A localização, data e hora da amostragem, bem como os detalhes da


mistura betuminosa ou dos materiais constituintes ensaiados, estão
registados em conjunto com qualquer outra informação relevante?

Quando o material constituinte ou a mistura betuminosa examinada não


satisfazem os requisitos da especificação apropriada, os registos das
acções correctivas tomadas são conservados para assegurar que
qualidade da mistura é mantida?

Os registos são conservados e mantidos de tal forma que possam ser


recuperáveis e são guardados por um período mínimo de cinco anos ou
por outro período superior que possa ser exigido ao abrigo da legislação
dos Estados Membros?

10 Formação
O produtor estabeleceu e mantém os procedimentos necessários à
formação de todo o pessoal envolvido em actividades relacionadas com a
qualidade?

O pessoal que executa tarefas específicas tem qualificação e


competência adequadas, com base em habilitação académica, formação
ou experiência apropriadas, conforme exigido?

São mantidos registos da formação.

NOTA: Apesar de poder ser necessária a demonstração da formação


para a aplicação de «marcas de qualidade», a marcação regulamentar
apenas diz respeito à conformidade das características de desempenho
através da utilização de procedimentos documentados. Assim sendo,
apesar da marcação regulamentar poder exigir o recurso a pessoal
"competente", ela não requer especificamente a demonstração da
formação.

Marcação
Os produtos certificados encontram-se marcados com a Marcação CE de
acordo com o anexo ZA da norma aplicável (nos documentos que
acompanham o produto)?

(a verificar nas visitas de acompanhamento)

MP 47 03 Entrada em vigor 2013-03-21 Elaborado- RSQ Aprovado – PI

Pág. 8 de 8