Você está na página 1de 39

Programação

OFICINA DE ELABORAÇÃO DE
ARTIGO CIENTÍFICO
Elaboração
Pesquisa e
Conhecimento do
Iniciação
Científico Artigo
Científica
Científico

MEDIADORA: CAROLINE KRAUS LUVIZOTTO


Apresentação

Caroline Kraus Luvizotto

 Doutora em Ciências Sociais pela Unesp

 Docente do Mestrado em Educação e do Mestrado em Meio


Ambiente e Desenvolvimento Regional da Unoeste

 Docente dos cursos de Pós-graduação Lato Sensu do


Univem

 Assessora AD-HOC da Editora da UEL


Contatos

Caroline Kraus Luvizotto

carol.luvizotto@hotmail.com

Currículo Lattes:
http://lattes.cnpq.br/2273673575861970

@carol_luvizotto

Blog: http://carolineluvizotto.wordpress.com
Agenda

2 3
1 4
Iniciando a Definição Levantamento
Pesquisa
Oficina de do tema e e seleção de
e
Elaboração problema fontes
Iniciação
de Artigo da bibliográficas
Científica
Científico pesquisa
Agenda

7
5 6 Dicas de
Estrutura do Normas da Redação e
artigo científico ABNT Prática
Científica
1. Pesquisa e
Iniciação Científica

Problema
de
Pesquisa

Busca por
fontes
reconhecidas
na área
2. Iniciando a Oficina de
Elaboração de Artigo Científico

Artigo Científico – Aspectos Formais

• O artigo científico é um texto que pode ser publicado em revista ou


em evento, ambos científicos. Deve demonstrar uma ideia original
e apresentar dados e análises.

• A proposta de artigo aqui apresentada e os exemplos de artigos


demonstrados segue os padrões mais comuns de publicação.
Eventualmente podem ser encontradas outras propostas.
2. Iniciando a Oficina de
Elaboração de Artigo Científico

Artigo Científico – Aspectos Formais

• Em geral, as revistas científicas exigem artigos de 15 a 25 páginas.

• Os eventos científicos podem estabelecer tamanhos diversos, que


variam de 6 a 25 páginas.

• Cada revista ou evento científico tem suas normas próprias e o


autor deve estar atento a elas, para que possa ter seu artigo
aceito.
2. Iniciando a Oficina de
Elaboração de Artigo Científico
Estrutura do Artigo Científico

ESTRUTURA ELEMENTO

PRÉ-TEXTUAIS Título
Autores e instituição
Resumo e palavras-chaves em português
Resumo e palavras-chaves em inglês
TEXTUAIS Introdução
Desenvolvimento (Revisão Bibliográfica; Seções do
Artigo)
Conclusão
PÓS-TEXTUAIS Referências
2. Iniciando a Oficina de
Elaboração de Artigo Científico

Exemplos de Artigos:

Ética e educação clássica: virtude e felicidade no justo meio

A questão da moralidade: da razão prática de Kant à ética


discursiva de Habermas
2. Iniciando a Oficina de
Elaboração de Artigo Científico

Exemplos de Artigos:

História e cultura afrobrasileiras no currículo de História do


6º ao 9º anos da rede oficial do Estado de São Paulo

Artigo: Websites educacionais: considerações sobre a


arquitetura da informação no processo de ensino-
aprendizagem
3. Definição do Tema
e Problema de Pesquisa

Problema
Metodologia do

Tema/Área de
de Pesquisa
Pesquisa
Funil

Objetivos

Artigo Científico
3. Definição do Tema
e Problema da Pesquisa

Atividade em
Metodologia do

Grupo
Funil

Praticando a Metodologia do
Funil
4. Levantamento e Seleção
de Fontes Bibliográficas

Utilizando a Internet

• Usando o Google e o Google Acadêmico


• Usando as Bibliotecas Digitais
• Usando as Bases de Dados Científicas

• Dica: Acesso a pesquisa facilitado pelo Blog Carol Luvizotto

http://carolineluvizotto.wordpress.com
5. Estrutura do Artigo
Científico

ESTRUTURA ELEMENTO

PRÉ-TEXTUAIS Título
Autores e instituição
Resumo e palavras-chaves em português
Resumo e palavras-chaves em inglês
TEXTUAIS Introdução
Desenvolvimento (Revisão Bibliográfica; Seções do
Artigo)
Conclusão
PÓS-TEXTUAIS Referências
5. Estrutura do Artigo
Científico

Título do Artigo

O título é o “cartão de apresentação” do artigo.

Ele expressa a delimitação e a abrangência temporal e espacial do


que se pretende pesquisar.

Desta maneira, recomenda-se que seja a última coisa a ser feita.


5. Estrutura do Artigo
Científico

Autores e Instituição

Nesta seção você apresenta o(s) nome(s) do(s) autor(es) do artigo


e a sua filiação, ou seja, a sua instituição de origem.

Dependendo das normas, também é apresentado o email de cada


autor.

Essas informações podem estar logo abaixo do nome do(s)


autor(es) ou em nota de rodapé
5. EstruturaExemplo:
do Artigo
Título
Científico
Gestão de Recursos Humanos: uma Metanálise de seus Efeitos
sobre Desempenho Organizacional

Autores e Instituição
Autor
Agostinha Mafalda Barra de Oliveira
E-mail: agostinhamafalda@ufersa.edu.br
Insituição Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA
Mossoró, RN, Brasil.
Alexandre José de Oliveira
E-mail: alexandreoliveira@ufersa.edu.br
Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA
Mossoró, RN, Brasil.
5. Estrutura do Artigo
Científico

O resumo apresenta a síntese do trabalho. Precisa ser claro e objetivo.


Em geral, pode ser apresentado de diversas formas, como por
exemplo:

• Até 10 linhas
• De 10 a 15 linhas
• De 150 a 300 palavras
• De 250 a 500 palavras
5. Estrutura do Artigo
Científico

• As palavras-chaves localizam o estudo no universo da pesquisa.


Devem ter relação direta com o tema.

• Pede-se de 3 a 5 palavras-chaves.

• O resumo e palavras-chaves devem ser traduzidos para o inglês.


5. Estrutura do Artigo
Científico

O resumo deve contemplar os seguintes itens:

• O que? (tema e problema da pesquisa)


• Para que? (objetivos)
• Como? (metodologia)
• Resultados alcançados (ou parciais)
• Conclusões (se houver)
5. Estrutura do Artigo
Científico

O resumo deve contemplar os seguintes itens:

• O que? (tema e problema da pesquisa)


• Para que? (objetivos)
• Como? (metodologia)
• Resultados alcançados (ou parciais)
• Conclusões (se houver)
5. Estrutura do Artigo
Científico
Tema e
problema
de
pesquisa
Introdução

1. Objetivos,
2. Justificativa
e
3. Metodologia
5. Estrutura do Artigo
Científico
Desenvolvimento
5. Estrutura do Artigo
Científico
Volte aos
Objetivos
Conclusão

Síntese
dos
resultados
Contribuição e
trabalhos
futuros (se
houver)
5. Estrutura do Artigo
Científico

Referências
As referências utilizadas para a elaboração do artigo e as fontes
documentais previamente identificadas que foram necessárias à
pesquisa devem ser indicadas em ordem alfabética e dentro das
normas técnicas (no Brasil as normas mais aceitas são as
estabelecidas pela ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas).
6. Normas da ABNT

Citação, Chamada e Referência

• Citação: transcrição literal ou não, de ideia ou informação colhida


em fonte externa, para sustentar, esclarecer ou ilustrar o texto;

• Chamada: informação que acompanha a citação, permitindo ao


leitor identificar a referência respectiva;

• Referência: conjunto de informações necessárias e suficientes para


a identificação precisa de obra utilizada na pesquisa.
FONTE: ARRABAL (s.d., p. 02), disponível em www.praticadapesquisa.com.br
6. Normas da ABNT

FONTE: ARRABAL (s.d., p. 02), disponível em www.praticadapesquisa.com.br


6. Normas da ABNT

Citação

• Citação Direta: Transcrição (cópia) literal de um texto ou parte


dele, conservando-se a grafia, pontuação, uso de maiúsculas e
idioma. É usada somente quando um pensamento significativo for
particularmente bem expresso, ou quando for absolutamente
necessário e essencial transcrever as palavras de um autor.

FONTE: ARRABAL (s.d., p. 02-03), disponível em www.praticadapesquisa.com.br


6. Normas da ABNT

Citação Direta com até 3 linhas:

FONTE: ARRABAL (s.d., p. 03), disponível em www.praticadapesquisa.com.br


6. Normas da ABNT

Citação Direta com mais de 3 linhas:

FONTE: ARRABAL (s.d., p. 03), disponível em www.praticadapesquisa.com.br


6. Normas da ABNT

Citação

• Citação Indireta: A citação indireta é redigida com base em ideias


obtidas nas fontes consultadas, mas com redação própria. É
importante destacar que o registro de uma ideia alheia, também
está sujeito a indicação da fonte consultada.

FONTE: ARRABAL (s.d., p. 05), disponível em www.praticadapesquisa.com.br


6. Normas da ABNT

FONTE: ARRABAL (s.d., p. 06), disponível em www.praticadapesquisa.com.br


6. Normas da ABNT

Chamada

• A chamada pode ser feita por autor (sistema alfabético) ou por


número (sistema numérico). O sistema escolhido deve ser usado
sistematicamente até o final.

Exemplo por autor:


• De acordo com Rodrigues (2010, p. 34) ... ou;

• (RODRIGUES, 2010, p. 34)


FONTE: ARRABAL (s.d., p. 06), disponível em www.praticadapesquisa.com.br
6. Normas da ABNT

Referência

• Deve considerar os elementos essenciais da obra:

• Autoria (SOBRENOME DO AUTOR, Prenomes.)


• Título da obra: subtítulo.
• Edição (se houver).
• Local:
• Editora,
• Ano.
FONTE: ARRABAL (s.d., p. 15), disponível em www.praticadapesquisa.com.br
6. Normas da ABNT

FONTE: ARRABAL (s.d., p. 15), disponível em www.praticadapesquisa.com.br


7. Dicas de Redação e
Prática Científica

• Dicas para melhorar a redação científica

• Artigo Científico e Monografia: Guia resumido de Redação


Científica

• Redação Científica: Dicas do Prof. Gilson Volpato

• Artigo: a pesquisa científica na área de ciências humanas e a


elaboração de artigo científico
7. Dicas de Redação e
Prática Científica
Blogs e Sites Interessantes:

• Redação Científica com Prof. Gilson Volpato


http://www.gilsonvolpato.com.br/

• Prática da Pesquisa com Prof. Alejandro Knaesel Arrabal


http://www.praticadapesquisa.com.br

• Blog Carol Luvizotto com Profa. Caroline Kraus Luvizotto


http://carolineluvizotto.wordpress.com/category/pesquisa-cientifica/

• Portal Pós-graduando.com http://www.posgraduando.com/


Programação
OFICINA DE ELABORAÇÃO DE
ARTIGO CIENTÍFICO

Elaboração
Pesquisa e
Conhecimento do
MEDIADORA: Iniciação KRAUS
CAROLINE LUVIZOTTO
Científico Artigo
Científica
Científico

Grata pela atenção!

Você também pode gostar